SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 1
O Realismo começou na França em 1857, com a publicação do romance Madame Bovary,
de Gustave Flaubert. Abandonando o idealismo romântico, os escritores realistas
propõem uma representação mais objetiva e fiel da vida social. Negam-se a
encarar a literatura apenas como uma forma de entretenimento e fazem dela um
instrumento de denúncia dos vícios e da corrupção da sociedade burguesa.

A sociedade nesse tepo era dividida em alta burguesia, media burguesia e baixa
burguesia, e o proletariado. As maquinas e os meios de produção fizeram crescer
a renda dos burgueses de classe alta, e fazia com que o emprego se tornasse
quezito de luxo. A europa esse tempo sofreu varias alterações, na economia,
sociedade, estudos, mas o idealismo realista, nao ajudou muito, ao contrario.
Com cotidiano muito massacrante,com altas carga horaria e baixo salario. A
democracia ganha força, e tambem os estudos. A população urbana almenta muito, e
o valor do proletariado cai mais ainda. E no periodo da segunda fase da
revolução industrial, aumentou mais ainda o valor que os estudos tinham.
Arquitetura tambem mudou !

O Brasil ainda tava muito diferente da europa, nem começado a industrialização,
com escravidão, monarquia e pais agrario. Ocorreram varias manifestações, mas
nenhuma surtiu efeito positivo. Era uma sociedade agricola, com cultura
cafeeira.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Fala sobre a sociedade na época do realismo

Os Miseráveis (Transposição Didática).
Os Miseráveis (Transposição Didática).Os Miseráveis (Transposição Didática).
Os Miseráveis (Transposição Didática).
Lucas Grima
 
Realismofinal 100118094323-phpapp01 (1)
Realismofinal 100118094323-phpapp01 (1)Realismofinal 100118094323-phpapp01 (1)
Realismofinal 100118094323-phpapp01 (1)
Silmara Braz
 
Período Literário Romantismo Português
Período Literário Romantismo PortuguêsPeríodo Literário Romantismo Português
Período Literário Romantismo Português
Jomari
 
Movimento Literário Realismo
Movimento Literário Realismo Movimento Literário Realismo
Movimento Literário Realismo
Allyne Alves
 
Bianca, allyne e letícia
Bianca, allyne e letíciaBianca, allyne e letícia
Bianca, allyne e letícia
Allyne Alves
 
A história do trabalho é tão antiga quanto à do homem
A história do trabalho é tão antiga quanto à do homemA história do trabalho é tão antiga quanto à do homem
A história do trabalho é tão antiga quanto à do homem
Betânia Pereira
 

Semelhante a Fala sobre a sociedade na época do realismo (20)

Realismo-e-Naturalimos-revisão- caracterizado o Romantismo.
Realismo-e-Naturalimos-revisão- caracterizado o Romantismo.Realismo-e-Naturalimos-revisão- caracterizado o Romantismo.
Realismo-e-Naturalimos-revisão- caracterizado o Romantismo.
 
Movimento Literário Realismo: Realismo, movimento literário compromissado em ...
Movimento Literário Realismo: Realismo, movimento literário compromissado em ...Movimento Literário Realismo: Realismo, movimento literário compromissado em ...
Movimento Literário Realismo: Realismo, movimento literário compromissado em ...
 
Realismo
RealismoRealismo
Realismo
 
Realismo
RealismoRealismo
Realismo
 
Realismo na França
Realismo na FrançaRealismo na França
Realismo na França
 
Os Miseráveis (Transposição Didática).
Os Miseráveis (Transposição Didática).Os Miseráveis (Transposição Didática).
Os Miseráveis (Transposição Didática).
 
contexto histórico
contexto históricocontexto histórico
contexto histórico
 
Realismofinal 100118094323-phpapp01 (1)
Realismofinal 100118094323-phpapp01 (1)Realismofinal 100118094323-phpapp01 (1)
Realismofinal 100118094323-phpapp01 (1)
 
Período Literário Romantismo Português
Período Literário Romantismo PortuguêsPeríodo Literário Romantismo Português
Período Literário Romantismo Português
 
Movimento Literário Realismo
Movimento Literário Realismo Movimento Literário Realismo
Movimento Literário Realismo
 
Movimento Literário Realismo
Movimento Literário Realismo Movimento Literário Realismo
Movimento Literário Realismo
 
Bianca, allyne e letícia
Bianca, allyne e letíciaBianca, allyne e letícia
Bianca, allyne e letícia
 
Movimento Literário Realismo
Movimento Literário Realismo Movimento Literário Realismo
Movimento Literário Realismo
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
2 az grupo-meninosdavila
2 az grupo-meninosdavila2 az grupo-meninosdavila
2 az grupo-meninosdavila
 
Realismo narturalismo 2016
Realismo narturalismo 2016Realismo narturalismo 2016
Realismo narturalismo 2016
 
A história do trabalho é tão antiga quanto à do homem
A história do trabalho é tão antiga quanto à do homemA história do trabalho é tão antiga quanto à do homem
A história do trabalho é tão antiga quanto à do homem
 
Realismo em portugal
Realismo em portugalRealismo em portugal
Realismo em portugal
 
Aula 06 naturalismo e realismo
Aula 06 naturalismo e realismoAula 06 naturalismo e realismo
Aula 06 naturalismo e realismo
 
12. SIMBOLISMO - EDIÇÃO 2021.pptx
12. SIMBOLISMO - EDIÇÃO 2021.pptx12. SIMBOLISMO - EDIÇÃO 2021.pptx
12. SIMBOLISMO - EDIÇÃO 2021.pptx
 

Mais de gil junior

Machado de assis breve biografia em 1ª pessoa
Machado de assis   breve biografia em 1ª pessoaMachado de assis   breve biografia em 1ª pessoa
Machado de assis breve biografia em 1ª pessoa
gil junior
 

Mais de gil junior (20)

Fuga das galinhas
Fuga das galinhasFuga das galinhas
Fuga das galinhas
 
Tensão superficial da água
Tensão superficial da águaTensão superficial da água
Tensão superficial da água
 
Sermão da sexagésima padre antonio vieira
Sermão da sexagésima   padre antonio vieiraSermão da sexagésima   padre antonio vieira
Sermão da sexagésima padre antonio vieira
 
Separação de gases
Separação de gasesSeparação de gases
Separação de gases
 
Ligas metlicas
Ligas metlicasLigas metlicas
Ligas metlicas
 
Leis de kepler
Leis de keplerLeis de kepler
Leis de kepler
 
Fermentação
FermentaçãoFermentação
Fermentação
 
Estilo arte gótica
Estilo arte góticaEstilo arte gótica
Estilo arte gótica
 
Cartas chilenas tomaz antonia gonzaga
Cartas chilenas   tomaz antonia gonzagaCartas chilenas   tomaz antonia gonzaga
Cartas chilenas tomaz antonia gonzaga
 
Arte na idade media
Arte na idade mediaArte na idade media
Arte na idade media
 
química - alimentos
química - alimentosquímica - alimentos
química - alimentos
 
Machado de assis breve biografia em 1ª pessoa
Machado de assis   breve biografia em 1ª pessoaMachado de assis   breve biografia em 1ª pessoa
Machado de assis breve biografia em 1ª pessoa
 
Tudo sobre Machado de Assis
Tudo sobre Machado de Assis Tudo sobre Machado de Assis
Tudo sobre Machado de Assis
 
Arte contemporânea
Arte contemporâneaArte contemporânea
Arte contemporânea
 
Trigonometria - questao respondida
Trigonometria - questao respondidaTrigonometria - questao respondida
Trigonometria - questao respondida
 
Revisão da história da arte
Revisão da história da arteRevisão da história da arte
Revisão da história da arte
 
Ptolomeu
PtolomeuPtolomeu
Ptolomeu
 
Fotossintese e respiração celular
Fotossintese e respiração celularFotossintese e respiração celular
Fotossintese e respiração celular
 
Tycho brahé e johannes kepler
Tycho brahé e johannes keplerTycho brahé e johannes kepler
Tycho brahé e johannes kepler
 
Macbeth
MacbethMacbeth
Macbeth
 

Fala sobre a sociedade na época do realismo

  • 1. O Realismo começou na França em 1857, com a publicação do romance Madame Bovary, de Gustave Flaubert. Abandonando o idealismo romântico, os escritores realistas propõem uma representação mais objetiva e fiel da vida social. Negam-se a encarar a literatura apenas como uma forma de entretenimento e fazem dela um instrumento de denúncia dos vícios e da corrupção da sociedade burguesa. A sociedade nesse tepo era dividida em alta burguesia, media burguesia e baixa burguesia, e o proletariado. As maquinas e os meios de produção fizeram crescer a renda dos burgueses de classe alta, e fazia com que o emprego se tornasse quezito de luxo. A europa esse tempo sofreu varias alterações, na economia, sociedade, estudos, mas o idealismo realista, nao ajudou muito, ao contrario. Com cotidiano muito massacrante,com altas carga horaria e baixo salario. A democracia ganha força, e tambem os estudos. A população urbana almenta muito, e o valor do proletariado cai mais ainda. E no periodo da segunda fase da revolução industrial, aumentou mais ainda o valor que os estudos tinham. Arquitetura tambem mudou ! O Brasil ainda tava muito diferente da europa, nem começado a industrialização, com escravidão, monarquia e pais agrario. Ocorreram varias manifestações, mas nenhuma surtiu efeito positivo. Era uma sociedade agricola, com cultura cafeeira.