LITERATURA MEDIEVAL

681 visualizações

Publicada em

Aborda os principais acontecimentos da literatura na Idade Média.

Publicada em: Carreiras
  • Seja o primeiro a comentar

LITERATURA MEDIEVAL

  1. 1. LITERATURA MEDIEVAL
  2. 2. Durante o período da Literatura na Idade Média nota-se a importância dada aos temas religiosos. Os textos e livros eram escritos principalmente por monges e integrantes do alto clero (bispos, arcebispos, papa). Como a maioria da população não sabia ler na Idade Média, esta literatura ficava restrita aos integrantes do clero e membros da nobreza.
  3. 3. GRANDE PARTE DA PRODUÇÃO DA LITERATURA MEDIEVAL FOI FEITA POR AUTORES NO ANONIMATO. ISSO SE DEVE A FALTA DE DOCUMENTOS DA ÉPOCA E A UMA INTERPRETAÇÃO DIFERENTE DO PAPEL DE AUTOR, QUE NÃO SE ASSEMELHA EM NADA COM O SIGNIFICADO ROMÂNTICO NA IDADE MODERNA. MUITOS ESCRITORES, POR TEREM A SOMBRA DE GRANDES ÍCONES LITERÁRIOS DA IGREJA E DA ANTIGUIDADE CLÁSSICA PESANDO SOBRE SI, APENAS CONTAVAM COM OUTRAS PALAVRAS AS HISTÓRIAS QUE SABIAM. PORÉM, AFIRMAVAM QUE ESTAVAM REESCREVENDO IDEIAS DE OUTRO AUTOR, O QUE TIRAVA A IMPORTÂNCIA DOS NOMES INDIVIDUAIS DOS ESCRITORES. MUITAS OBRAS IMPORTANTES DA ÉPOCA SÃO CONHECIDAS APENAS PELO TÍTULO.
  4. 4. PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS : 1. Influência da filosofia grega, principalmente dos filósofos Aristóteles e Platão. 2. Textos escritos em latim 3. Livros feitos à mão e copiados (reproduzidos) pelos monges copistas. 4. Usavam o pergaminho para escrever os textos. 5. Os livros eram ilustrados com iluminuras (desenhos feitos nas margens).
  5. 5.  TROVADORISMO O trovadorismo foi a primeira manifestação literária da língua portuguesa. Surgiu no século XII e destacou- se pelas cantigas de amor, de escárnio, de maldizer e de amigo. Os mais importantes trovadores deste período foram: Paio Soares de Taveirós, Dom Dinis e Dom Duarte.
  6. 6. CANTIGAS DE AMOR Eu-lirico masculino; cantiga lamentativa,amor platônico, mulher inatingível por ser casada; altamente respeitosa, idealiza a mulher. “ Conheço certo homem, ai formosa, Que por vossa causa vê chegada a sua morte; Vede quem é e lembrai-vos disso; Eu, minha senhora. Conheço certo homem que perto sente De si a morte chegada certamente; Vede quem é e tende-o em mente; Eu, minha senhora. Conheço certo homem, escutai isto: Que por vós morre e vós desejais que ele parta; Vede quem é e não vos esqueçais dele; Eu, minha senhora.’’
  7. 7. CANTIGAS DE ESCÁRNIO: LINGUAGEM MAIS VELADA, SÁTIRA INDIRETAS EM RELAÇÃO ÀS DE MALDIZER. CANTIGAS DE MALDIZER: SÁTIRAS DIRETAS, LITOTES OU AGRESSÃO DIRETA, LINGUAGEM DE BAIXO CALÃO. “Ai! dona feia! Fostes vos queixar Porque nunca vos louvei em meu trovar Mas, agora quero fazer um cantar Em que vos louvarei, todavia, E vide como vos quero louvar: Dona feia, velha e louca! Ai! dona feia! Que Deus me perdoe! Pois vós tendes tão bom coração Que eu vos louvarei por esta razão, Eu vos louvarei, todavia; E veja qual será a louvação: Dona feia, velha e louca! Dona feia, eu nunca vos louvei Em meu trovar, mas muito já trovei; Entretanto, farei agora um bom cantar em que vos louvarei todavia: e vos direi como louvarei: dona feia, velha e louca!’’
  8. 8. CANTIGAS DE AMIGO São mais espontâneas e menos elaboradas. A repetição pode virar refrão. O amado é tratado como “meu amigo”. O trovador imagina como são as emoções do eu-lírico feminino em suas relações amorosas. A mulher do povo chora a ausência do amado, que foi embora para cruzada, nos navios para as Índias, ou a abandonou para outra mulher. . “Ondas do mar de Vigo, Se vires meu namorado! Por Deus, (digam) se virá cedo! Ondas do mar revolto, Se vires meu amado! Por Deus, (digam) se virá cedo! Se vires meu amado Por quem tenho grande temor! Por Deus, (digam) se virá cedo!’’
  9. 9. PRINCIPAIS ESCRITORES MEDIEVAIS: - BOECIO - GEOFFREY CHAUCER - GIOVANNI BOCCACCIO - SANTO AGOSTINHO - SÃO TOMÁS DE AQUINO - PAIO SOARES DE TAVEIRÓS - DANTE ALIGHIERI
  10. 10. CURIOSIDADE - ROBIN HOOD, UM DOS MAIS CONHECIDOS HERÓIS MÍTICOS MEDIEVAIS, SURGIU NA LITERATURA POPULAR INGLESA EM 1375.
  11. 11. FONTES WWW.LITERATURAMEDIEVAL.COM/BRASILESCOLA.COM WWW.SUAPESQUISA.COM/IDADEMEDIA/LITERATURA_MEDIEVAL.HTM WWW.RECANTODASLETRAS.COM.BR/POESIAS

×