SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
A Oração para um mundo melhor.
Procuramos mais uma vez falar em oração, espiritualidade ou vida interior e pode parecer dizer
sempre as mesmas coisas. De um ponto de vista totalmente materialista, pragmático ou racionalista a
palavra “oração” possa talvez não ter significado ou simplesmente não dizer nada.
Já ouvi diversas vezes da boca de tantas pessoas mais ou menos as seguintes perguntas : Com mais
de 2000 anos de cristianismo, por que o mundo não se transforma? Existe tanta fome, miserias e guerras?
Os cristãos não rezam de verdade ou Deus não escuta as suas preces?
São várias as questões que são levantadas para dizer que não faz sentido ou não adianta nada orar.
E realmente se não aprofundamos as motivações pelas quais rezamos e procuramos criar em nós mesmos
e transmitir aos outros uma consciência profunda de uma verdadeira responsabilidade que se traduza
numa vivência legítima de oração radicada no mistério de Cristo e da sua Igreja não podemos
compreender realmente porque rezamos além do exteriorismo de ritos ou do consolo psicológico, e tudo
parecerá simplesmente um motivo inútil ou tempo perdido.
Tanta gente pensa que orar é fazer uma espécie de mágica, acabo de orar e as coisas irão
acontecer do jeitinho que descrevi nas minhas orações. Porque na cabeça de algumas pessoas é com se na
oração, eu, apresento a minha lista das necessidades a Deus, e Ele tem que cumprir tudo exatamente
como lhe ordenei. Muita gente ainda pensa que as pessoas que rezam estão envolvidas dentro de uma
cápsula e nenhum mal pode atingí-las. Por exemplo nas familias de quem reza, não tem doenças, brigas,
nenhuma dificuldade.
Se você ainda pensa assim errou outra vez. As pessoas que se esforçam por viverem a oração são
seres humanos no meio das confusões do dia a dia, expostos a todas as fragilidadades, dificuldades que
qualquer uma pessoa está exposta.
Em modo prático que vantagem tem em praticar oração, em meditar, em cultivar uma vida
interior, se você é uma pessoa como todas as outras. Se gosta de orar só por interesse, para o seu impacto
não tem vantagem nenhuma.
Aí você me pergunta então porque você, reza?
Eu te respondo, porque a oração favorece o meu contato com Deus, e mesmo que Ele saiba todas
as coisas sobre mim, mas é melhor que eu mesmo, eu converso com Ele, num diálogo de amor, e cada vez
mais vou abrindo o meu coração para amar Ele e todos os seres humanos e nesse diálogo vou aprendendo
a orar melhor e a viver melhor vou conhecendo a mim mesmo e intensificando meu relacionamento com
Deus e com os outros. Ele vai me ensinando cada dia como posso ser uma pessoa melhor. Em cada
acontecimento, em cada fato, em cada dia da minha vida tenho uma lição completamente nova para
aprender. Quando penso que sei tudo Ele me surpreende! E sempre tem novidade.
Cada dia , tomo cuidado para que a oração não se torne monotona ou somente uma tarefa a cumprir,
mas, um relacionamento amoroso com Deus. Cada dia, tento sentir o amor Dele perto de mim.
Você me pergunta, isso è tao bonito sente essa consolaçao sempre, voce nao sente desanimo.
Eu te respondo sinto desanimo, sinto vontade de voltar atras, mas è Ele que me sustenta. Quando eu nao
falo com Ele é o Senhor que fala comigo, que se mostra sempre junto comigo, me falando de varias
maneiras.
A oração não é algo monótono! O orante não pode simplesmente viver uma pseudo-paz num
mundo dominado pelas de guerras, porque o orante é comprometido com a realidade se ele ora com a sua
vida, não pode estar tranquilo, e totalmente em harmonia, como se estivesse alienado, no meio da
violência. A oração é força para transformar a realidade. Força edificante para construir a paz e expressar a
não-violência, baseada nos caminhos da justiça e da fraternidade. A oração abate o muro do ódio e te
coloca mais perto de Deus, te coloca como operário para o Reino de Deus e a sua justiça.
Por que as pessoas orantes não agem somente buscando os seus próprios interesses, os seus
projetos, mas buscam ser sinais de Deus no meio do mundo, luzes que refletem a luz de Deus a
humanidade.
As pessoas de oração não fogem dos problemas e das dificuldades. Mas, Deus se torna a sua força
para enfrentá-los com calma e resolvê-los da melhor maneira possível. O mesmo Deus que ilumina os seus
olhos para que possam resolver as coisas com serenidade e sabedoria.
Para que possam ser imagem e semelhança de Deus, presença de Deus transformadora,
iluminadora e animadora da realidade mesmo as mais sofridas.
A pessoas orantes não se isolam, mesmo que o silêncio seja necessário. Porque o cristão não
somente busca Deus, mas é Deus que vem ao seu encontro. O amor de Deus é conhecido e vivenciado
também através da oração, e nos empurra ao encontro dos irmãos, principalmente daqueles mais dificéis
de se relacionar .
O amor de Deus que amacia os seus corações, assim podemos nos aproximar.
Se queremos um mundo, mais feliz, mais justo, solidário. Não basta somente aplicar as nossas forças,
devemos orar não para que o Reino de Deus caia pronto dos céus, mas que possamos entrar no espírito
desse Reino, amando-nos e abrindo-nos a Deus e aos irmãos.
Por isso, nós devemos orar, não uma oração alienada que nos isola do mundo e dos seus
problemas, mas uma oração que nos ajude a contemplar a realidade também com os seus problemas, e vê-
las com o olhar de Deus, isso é contemplação.
“ Quem ama reza, e quem reza ama: Oremos e amemos irmãos.”

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A Prece - Pai Nosso - Evangelização Espírita Infantil - Jesus
A Prece - Pai Nosso - Evangelização Espírita Infantil - JesusA Prece - Pai Nosso - Evangelização Espírita Infantil - Jesus
A Prece - Pai Nosso - Evangelização Espírita Infantil - JesusAntonino Silva
 
Pe.Cavalca-Leituras Junho 2013
Pe.Cavalca-Leituras Junho 2013Pe.Cavalca-Leituras Junho 2013
Pe.Cavalca-Leituras Junho 2013ensantidade
 
JORMI - Jornal Missionário nº 83
JORMI -  Jornal Missionário nº 83JORMI -  Jornal Missionário nº 83
JORMI - Jornal Missionário nº 83Almir Rodrigues
 
Usando a net com santidade e mais algumas coisas importantes para jovens e ad...
Usando a net com santidade e mais algumas coisas importantes para jovens e ad...Usando a net com santidade e mais algumas coisas importantes para jovens e ad...
Usando a net com santidade e mais algumas coisas importantes para jovens e ad...Adriano Silva
 
Lealdade e deslealdade resumo do livro.
Lealdade e deslealdade   resumo do livro.Lealdade e deslealdade   resumo do livro.
Lealdade e deslealdade resumo do livro.Gortz
 
Seminário Transformando Corações - presentação
Seminário Transformando Corações - presentaçãoSeminário Transformando Corações - presentação
Seminário Transformando Corações - presentaçãoDimas Queiroz Junior
 
(01) mensagem especial para abertura de célula
(01) mensagem especial para abertura de célula(01) mensagem especial para abertura de célula
(01) mensagem especial para abertura de célulaEduardo da Silva
 
A036 EAE DM - O SERMÃO DO MONTE 20170503
A036 EAE DM - O SERMÃO DO MONTE 20170503A036 EAE DM - O SERMÃO DO MONTE 20170503
A036 EAE DM - O SERMÃO DO MONTE 20170503Daniel de Melo
 
O Homem Livre e Responsável
O Homem Livre e ResponsávelO Homem Livre e Responsável
O Homem Livre e ResponsávelAndréia Gripp
 
Reconhece se o cristãos pelas suas obras
Reconhece se o cristãos pelas suas obrasReconhece se o cristãos pelas suas obras
Reconhece se o cristãos pelas suas obrasIzabel Cristina Fonseca
 
Aconselhados por deus lição 3
Aconselhados por deus   lição 3Aconselhados por deus   lição 3
Aconselhados por deus lição 3Silvana Mara
 
As principais característica
As principais característicaAs principais característica
As principais característicaBispo Junior
 
Estudo de celula
Estudo de celulaEstudo de celula
Estudo de celulajonasecj
 
Exame de consciência para adultos livreto
Exame de consciência para adultos livretoExame de consciência para adultos livreto
Exame de consciência para adultos livretoAlexandria Católica
 

Mais procurados (20)

Dicas de santidade
Dicas de santidadeDicas de santidade
Dicas de santidade
 
Vivendo em santidade
Vivendo em santidadeVivendo em santidade
Vivendo em santidade
 
A Prece - Pai Nosso - Evangelização Espírita Infantil - Jesus
A Prece - Pai Nosso - Evangelização Espírita Infantil - JesusA Prece - Pai Nosso - Evangelização Espírita Infantil - Jesus
A Prece - Pai Nosso - Evangelização Espírita Infantil - Jesus
 
Pe.Cavalca-Leituras Junho 2013
Pe.Cavalca-Leituras Junho 2013Pe.Cavalca-Leituras Junho 2013
Pe.Cavalca-Leituras Junho 2013
 
JORMI - Jornal Missionário nº 83
JORMI -  Jornal Missionário nº 83JORMI -  Jornal Missionário nº 83
JORMI - Jornal Missionário nº 83
 
Usando a net com santidade e mais algumas coisas importantes para jovens e ad...
Usando a net com santidade e mais algumas coisas importantes para jovens e ad...Usando a net com santidade e mais algumas coisas importantes para jovens e ad...
Usando a net com santidade e mais algumas coisas importantes para jovens e ad...
 
Santidade
SantidadeSantidade
Santidade
 
Lealdade e deslealdade resumo do livro.
Lealdade e deslealdade   resumo do livro.Lealdade e deslealdade   resumo do livro.
Lealdade e deslealdade resumo do livro.
 
Seminário Transformando Corações - presentação
Seminário Transformando Corações - presentaçãoSeminário Transformando Corações - presentação
Seminário Transformando Corações - presentação
 
Melhor amigo
Melhor amigoMelhor amigo
Melhor amigo
 
(01) mensagem especial para abertura de célula
(01) mensagem especial para abertura de célula(01) mensagem especial para abertura de célula
(01) mensagem especial para abertura de célula
 
Como Vencer o Pecado
Como Vencer o PecadoComo Vencer o Pecado
Como Vencer o Pecado
 
A036 EAE DM - O SERMÃO DO MONTE 20170503
A036 EAE DM - O SERMÃO DO MONTE 20170503A036 EAE DM - O SERMÃO DO MONTE 20170503
A036 EAE DM - O SERMÃO DO MONTE 20170503
 
O Homem Livre e Responsável
O Homem Livre e ResponsávelO Homem Livre e Responsável
O Homem Livre e Responsável
 
Reconhece se o cristãos pelas suas obras
Reconhece se o cristãos pelas suas obrasReconhece se o cristãos pelas suas obras
Reconhece se o cristãos pelas suas obras
 
Aconselhados por deus lição 3
Aconselhados por deus   lição 3Aconselhados por deus   lição 3
Aconselhados por deus lição 3
 
As principais característica
As principais característicaAs principais característica
As principais característica
 
Curso Lealdade e Deslealdade
Curso Lealdade e DeslealdadeCurso Lealdade e Deslealdade
Curso Lealdade e Deslealdade
 
Estudo de celula
Estudo de celulaEstudo de celula
Estudo de celula
 
Exame de consciência para adultos livreto
Exame de consciência para adultos livretoExame de consciência para adultos livreto
Exame de consciência para adultos livreto
 

Semelhante a A oração para um mundo melhor

01Por que muitas pessoas oram.docx
01Por que muitas pessoas oram.docx01Por que muitas pessoas oram.docx
01Por que muitas pessoas oram.docxCleberMantegaBatista
 
estudo vida de oração.pptx
estudo vida de oração.pptxestudo vida de oração.pptx
estudo vida de oração.pptxWalaceSantiago3
 
É possível ser santo
É possível ser santoÉ possível ser santo
É possível ser santojb1955
 
A oracao operdaoacuraumaampliacaodeumcursoemmilagres
A oracao operdaoacuraumaampliacaodeumcursoemmilagresA oracao operdaoacuraumaampliacaodeumcursoemmilagres
A oracao operdaoacuraumaampliacaodeumcursoemmilagresSandra Regina De Souza
 
A oracao operdaoacuraumaampliacaodeumcursoemmilagres
A oracao operdaoacuraumaampliacaodeumcursoemmilagresA oracao operdaoacuraumaampliacaodeumcursoemmilagres
A oracao operdaoacuraumaampliacaodeumcursoemmilagresAngela Venancio
 
Praticando os cinco tipos de oração
Praticando os cinco tipos de oraçãoPraticando os cinco tipos de oração
Praticando os cinco tipos de oraçãobaixarlivros1
 
2021 1º trimestre jovens lição 01
2021 1º trimestre jovens lição 012021 1º trimestre jovens lição 01
2021 1º trimestre jovens lição 01Joel Silva
 
Como ser fiel em tudo
Como ser fiel em tudoComo ser fiel em tudo
Como ser fiel em tudojb1955
 
13756599 a-pratica-da-presenca-de-deus
13756599 a-pratica-da-presenca-de-deus13756599 a-pratica-da-presenca-de-deus
13756599 a-pratica-da-presenca-de-deusAntonio Ferreira
 
13756599 a-pratica-da-presenca-de-deus
13756599 a-pratica-da-presenca-de-deus13756599 a-pratica-da-presenca-de-deus
13756599 a-pratica-da-presenca-de-deusAntonio Ferreira
 
13756599 a-pratica-da-presenca-de-deus
13756599 a-pratica-da-presenca-de-deus13756599 a-pratica-da-presenca-de-deus
13756599 a-pratica-da-presenca-de-deusAntonio Ferreira
 
Programa sugestivo 10 h jejum 2020
Programa sugestivo 10 h jejum 2020Programa sugestivo 10 h jejum 2020
Programa sugestivo 10 h jejum 2020WelesonFernandes1
 
Programa sugestivo 10 h jejum 2020
Programa sugestivo 10 h jejum 2020Programa sugestivo 10 h jejum 2020
Programa sugestivo 10 h jejum 2020Rogerio Sena
 
JORMI - Jornal Missionário n° 98
JORMI - Jornal Missionário n° 98JORMI - Jornal Missionário n° 98
JORMI - Jornal Missionário n° 98Almir Rodrigues
 

Semelhante a A oração para um mundo melhor (20)

Livro de Orações Diárias
Livro de Orações DiáriasLivro de Orações Diárias
Livro de Orações Diárias
 
01Por que muitas pessoas oram.docx
01Por que muitas pessoas oram.docx01Por que muitas pessoas oram.docx
01Por que muitas pessoas oram.docx
 
estudo vida de oração.pptx
estudo vida de oração.pptxestudo vida de oração.pptx
estudo vida de oração.pptx
 
É possível ser santo
É possível ser santoÉ possível ser santo
É possível ser santo
 
4 grau de oração capitulo 17 a 22
4 grau de oração   capitulo 17 a 224 grau de oração   capitulo 17 a 22
4 grau de oração capitulo 17 a 22
 
A oracao operdaoacuraumaampliacaodeumcursoemmilagres
A oracao operdaoacuraumaampliacaodeumcursoemmilagresA oracao operdaoacuraumaampliacaodeumcursoemmilagres
A oracao operdaoacuraumaampliacaodeumcursoemmilagres
 
A oracao operdaoacuraumaampliacaodeumcursoemmilagres
A oracao operdaoacuraumaampliacaodeumcursoemmilagresA oracao operdaoacuraumaampliacaodeumcursoemmilagres
A oracao operdaoacuraumaampliacaodeumcursoemmilagres
 
Praticando os cinco tipos de oração
Praticando os cinco tipos de oraçãoPraticando os cinco tipos de oração
Praticando os cinco tipos de oração
 
A prece
A preceA prece
A prece
 
2021 1º trimestre jovens lição 01
2021 1º trimestre jovens lição 012021 1º trimestre jovens lição 01
2021 1º trimestre jovens lição 01
 
Como ser fiel em tudo
Como ser fiel em tudoComo ser fiel em tudo
Como ser fiel em tudo
 
13756599 a-pratica-da-presenca-de-deus
13756599 a-pratica-da-presenca-de-deus13756599 a-pratica-da-presenca-de-deus
13756599 a-pratica-da-presenca-de-deus
 
13756599 a-pratica-da-presenca-de-deus
13756599 a-pratica-da-presenca-de-deus13756599 a-pratica-da-presenca-de-deus
13756599 a-pratica-da-presenca-de-deus
 
13756599 a-pratica-da-presenca-de-deus
13756599 a-pratica-da-presenca-de-deus13756599 a-pratica-da-presenca-de-deus
13756599 a-pratica-da-presenca-de-deus
 
Presenca de Deus
Presenca de DeusPresenca de Deus
Presenca de Deus
 
Programa sugestivo 10 h jejum 2020
Programa sugestivo 10 h jejum 2020Programa sugestivo 10 h jejum 2020
Programa sugestivo 10 h jejum 2020
 
Programa sugestivo 10 h jejum 2020
Programa sugestivo 10 h jejum 2020Programa sugestivo 10 h jejum 2020
Programa sugestivo 10 h jejum 2020
 
JORMI - Jornal Missionário n° 98
JORMI - Jornal Missionário n° 98JORMI - Jornal Missionário n° 98
JORMI - Jornal Missionário n° 98
 
Daniel
DanielDaniel
Daniel
 
Daniel
DanielDaniel
Daniel
 

Mais de Emerson Rodrigues

A verdadeira irma de santa isabel
A  verdadeira irma de santa isabelA  verdadeira irma de santa isabel
A verdadeira irma de santa isabelEmerson Rodrigues
 
Na ordem terceira e para a ordem terceira
Na ordem terceira e para a ordem terceiraNa ordem terceira e para a ordem terceira
Na ordem terceira e para a ordem terceiraEmerson Rodrigues
 
Uma familía franciscana nascida
Uma familía franciscana nascidaUma familía franciscana nascida
Uma familía franciscana nascidaEmerson Rodrigues
 
Frei cecilio maria cortinovis
Frei cecilio maria cortinovisFrei cecilio maria cortinovis
Frei cecilio maria cortinovisEmerson Rodrigues
 
Frei cecilio maria cortinovis
Frei cecilio maria cortinovisFrei cecilio maria cortinovis
Frei cecilio maria cortinovisEmerson Rodrigues
 
Primeiro estatuto da pequena companhia de santa isabel
Primeiro estatuto da pequena companhia de santa isabelPrimeiro estatuto da pequena companhia de santa isabel
Primeiro estatuto da pequena companhia de santa isabelEmerson Rodrigues
 
As irmãs internas na pequena fraternidade franciscana de santa isabel
As irmãs internas na pequena fraternidade franciscana de santa isabelAs irmãs internas na pequena fraternidade franciscana de santa isabel
As irmãs internas na pequena fraternidade franciscana de santa isabelEmerson Rodrigues
 
A pequena fraternidade franciscana de santa isabel da hungria
A pequena fraternidade franciscana de santa isabel da hungriaA pequena fraternidade franciscana de santa isabel da hungria
A pequena fraternidade franciscana de santa isabel da hungriaEmerson Rodrigues
 
A contribuição a mariologia da interpretação feminista
A contribuição a mariologia da interpretação feministaA contribuição a mariologia da interpretação feminista
A contribuição a mariologia da interpretação feministaEmerson Rodrigues
 

Mais de Emerson Rodrigues (13)

A verdadeira irma de santa isabel
A  verdadeira irma de santa isabelA  verdadeira irma de santa isabel
A verdadeira irma de santa isabel
 
O serviço da portaria
O serviço da portariaO serviço da portaria
O serviço da portaria
 
Na ordem terceira e para a ordem terceira
Na ordem terceira e para a ordem terceiraNa ordem terceira e para a ordem terceira
Na ordem terceira e para a ordem terceira
 
Uma familía franciscana nascida
Uma familía franciscana nascidaUma familía franciscana nascida
Uma familía franciscana nascida
 
Frei francisco sigrist
Frei francisco sigristFrei francisco sigrist
Frei francisco sigrist
 
Frei cecilio maria cortinovis
Frei cecilio maria cortinovisFrei cecilio maria cortinovis
Frei cecilio maria cortinovis
 
Frei cecilio maria cortinovis
Frei cecilio maria cortinovisFrei cecilio maria cortinovis
Frei cecilio maria cortinovis
 
Primeiro estatuto da pequena companhia de santa isabel
Primeiro estatuto da pequena companhia de santa isabelPrimeiro estatuto da pequena companhia de santa isabel
Primeiro estatuto da pequena companhia de santa isabel
 
As irmãs internas na pequena fraternidade franciscana de santa isabel
As irmãs internas na pequena fraternidade franciscana de santa isabelAs irmãs internas na pequena fraternidade franciscana de santa isabel
As irmãs internas na pequena fraternidade franciscana de santa isabel
 
A volta do principezinho
A volta do principezinhoA volta do principezinho
A volta do principezinho
 
A pequena fraternidade franciscana de santa isabel da hungria
A pequena fraternidade franciscana de santa isabel da hungriaA pequena fraternidade franciscana de santa isabel da hungria
A pequena fraternidade franciscana de santa isabel da hungria
 
Como testamento espiritual
Como testamento espiritualComo testamento espiritual
Como testamento espiritual
 
A contribuição a mariologia da interpretação feminista
A contribuição a mariologia da interpretação feministaA contribuição a mariologia da interpretação feminista
A contribuição a mariologia da interpretação feminista
 

Último

ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024LeonardoQuintanilha4
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoNilson Almeida
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptxPIB Penha
 
Oração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaOração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaNilson Almeida
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaRicardo Azevedo
 
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024thandreola
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfStelaWilbert
 
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxCelso Napoleon
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...M.R.L
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............MilyFonceca
 
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxBíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxViniciusPetersen1
 
Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.
Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.
Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.Priscilatrigodecamar
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - ApresentaçãoCurso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentaçãoantonio211075
 

Último (15)

ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
 
Oração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaOração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De Cássia
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
 
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
 
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxBíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
 
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
 
Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.
Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.
Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - ApresentaçãoCurso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
 

A oração para um mundo melhor

  • 1. A Oração para um mundo melhor. Procuramos mais uma vez falar em oração, espiritualidade ou vida interior e pode parecer dizer sempre as mesmas coisas. De um ponto de vista totalmente materialista, pragmático ou racionalista a palavra “oração” possa talvez não ter significado ou simplesmente não dizer nada. Já ouvi diversas vezes da boca de tantas pessoas mais ou menos as seguintes perguntas : Com mais de 2000 anos de cristianismo, por que o mundo não se transforma? Existe tanta fome, miserias e guerras? Os cristãos não rezam de verdade ou Deus não escuta as suas preces? São várias as questões que são levantadas para dizer que não faz sentido ou não adianta nada orar. E realmente se não aprofundamos as motivações pelas quais rezamos e procuramos criar em nós mesmos e transmitir aos outros uma consciência profunda de uma verdadeira responsabilidade que se traduza numa vivência legítima de oração radicada no mistério de Cristo e da sua Igreja não podemos compreender realmente porque rezamos além do exteriorismo de ritos ou do consolo psicológico, e tudo parecerá simplesmente um motivo inútil ou tempo perdido. Tanta gente pensa que orar é fazer uma espécie de mágica, acabo de orar e as coisas irão acontecer do jeitinho que descrevi nas minhas orações. Porque na cabeça de algumas pessoas é com se na oração, eu, apresento a minha lista das necessidades a Deus, e Ele tem que cumprir tudo exatamente como lhe ordenei. Muita gente ainda pensa que as pessoas que rezam estão envolvidas dentro de uma cápsula e nenhum mal pode atingí-las. Por exemplo nas familias de quem reza, não tem doenças, brigas, nenhuma dificuldade. Se você ainda pensa assim errou outra vez. As pessoas que se esforçam por viverem a oração são seres humanos no meio das confusões do dia a dia, expostos a todas as fragilidadades, dificuldades que qualquer uma pessoa está exposta. Em modo prático que vantagem tem em praticar oração, em meditar, em cultivar uma vida interior, se você é uma pessoa como todas as outras. Se gosta de orar só por interesse, para o seu impacto não tem vantagem nenhuma. Aí você me pergunta então porque você, reza? Eu te respondo, porque a oração favorece o meu contato com Deus, e mesmo que Ele saiba todas as coisas sobre mim, mas é melhor que eu mesmo, eu converso com Ele, num diálogo de amor, e cada vez mais vou abrindo o meu coração para amar Ele e todos os seres humanos e nesse diálogo vou aprendendo a orar melhor e a viver melhor vou conhecendo a mim mesmo e intensificando meu relacionamento com Deus e com os outros. Ele vai me ensinando cada dia como posso ser uma pessoa melhor. Em cada acontecimento, em cada fato, em cada dia da minha vida tenho uma lição completamente nova para aprender. Quando penso que sei tudo Ele me surpreende! E sempre tem novidade. Cada dia , tomo cuidado para que a oração não se torne monotona ou somente uma tarefa a cumprir, mas, um relacionamento amoroso com Deus. Cada dia, tento sentir o amor Dele perto de mim. Você me pergunta, isso è tao bonito sente essa consolaçao sempre, voce nao sente desanimo. Eu te respondo sinto desanimo, sinto vontade de voltar atras, mas è Ele que me sustenta. Quando eu nao falo com Ele é o Senhor que fala comigo, que se mostra sempre junto comigo, me falando de varias maneiras.
  • 2. A oração não é algo monótono! O orante não pode simplesmente viver uma pseudo-paz num mundo dominado pelas de guerras, porque o orante é comprometido com a realidade se ele ora com a sua vida, não pode estar tranquilo, e totalmente em harmonia, como se estivesse alienado, no meio da violência. A oração é força para transformar a realidade. Força edificante para construir a paz e expressar a não-violência, baseada nos caminhos da justiça e da fraternidade. A oração abate o muro do ódio e te coloca mais perto de Deus, te coloca como operário para o Reino de Deus e a sua justiça. Por que as pessoas orantes não agem somente buscando os seus próprios interesses, os seus projetos, mas buscam ser sinais de Deus no meio do mundo, luzes que refletem a luz de Deus a humanidade. As pessoas de oração não fogem dos problemas e das dificuldades. Mas, Deus se torna a sua força para enfrentá-los com calma e resolvê-los da melhor maneira possível. O mesmo Deus que ilumina os seus olhos para que possam resolver as coisas com serenidade e sabedoria. Para que possam ser imagem e semelhança de Deus, presença de Deus transformadora, iluminadora e animadora da realidade mesmo as mais sofridas. A pessoas orantes não se isolam, mesmo que o silêncio seja necessário. Porque o cristão não somente busca Deus, mas é Deus que vem ao seu encontro. O amor de Deus é conhecido e vivenciado também através da oração, e nos empurra ao encontro dos irmãos, principalmente daqueles mais dificéis de se relacionar . O amor de Deus que amacia os seus corações, assim podemos nos aproximar. Se queremos um mundo, mais feliz, mais justo, solidário. Não basta somente aplicar as nossas forças, devemos orar não para que o Reino de Deus caia pronto dos céus, mas que possamos entrar no espírito desse Reino, amando-nos e abrindo-nos a Deus e aos irmãos. Por isso, nós devemos orar, não uma oração alienada que nos isola do mundo e dos seus problemas, mas uma oração que nos ajude a contemplar a realidade também com os seus problemas, e vê- las com o olhar de Deus, isso é contemplação. “ Quem ama reza, e quem reza ama: Oremos e amemos irmãos.”