DEUS EM MINHA CASAJUNHO – 2013Pe. Flávio Cavalca de Castro, redentoristaflcastro@redemptor.com.brQUANDO TUDO PARECE TÃO DI...
Tendo contado sua entrada solene em Jerusalém, e a expulsão dos mercado-res do Templo, Marcos traz pergunta dos adversário...
para minha felicidade, enquanto felicidade possível nesta vida. E mais, prepa-rou-nos felicidade eterna. A parábola é clar...
Evangelho (Mc 12,28b-34) “Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração,de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e ...
controle de tudo, e cuidais que livremente vamos tomando os rumos previstospor vós. Levai-me como quiserdes; basta-me sabe...
11 ─ Terça-feira ─ Santos: Barnabé, Paula Frassinetti, ParísioEvangelho (Mt 10,7-13) “Caminhando anunciai: ─ O Reino dos C...
Senhor, foi bom que me lembrastes essa falha que muitas vezes me escapa.Hoje perdoo a todos que me magoaram de qualquer mo...
car a comparação à mulher que lhe perfumara os pés, o Mestre surpreendeu-nos com a frase: “Seus muitos pecados são perdoad...
OraçãoSenhor Jesus, exigis muito de mim, exigis um amor que por mim mesmo nãoconseguirei jamais. Para amar com ensinais te...
Temos necessidade de bens materiais. Por isso mesmo temos obrigação deprocurar moderadamente o necessário para nós e para ...
Senhor Jesus, creio que sois o Filho de Deus, nosso Salvador e única espe-rança. Agradeço o dom da fé que me une a vós, e ...
26 ─ Quarta-feira ─ Santos: Antelmo, Sálvio, RodolfoEvangelho (Mt 7,15-20) “Cuidado com os falsos profetas. Eles vêm até v...
Senhor, acho muito bonito o “sermão da montanha”, mas reconheço que aindanão estou vivendo tudo que ensinastes. Já era tem...
ocupeis o primeiro lugar em meu amor, mesmo que tenha de deixar tudo.Amém.─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Pe.Cavalca-Leituras Junho 2013

676 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Pe.Cavalca-Leituras Junho 2013

  1. 1. DEUS EM MINHA CASAJUNHO – 2013Pe. Flávio Cavalca de Castro, redentoristaflcastro@redemptor.com.brQUANDO TUDO PARECE TÃO DIFÍCILNão precisa muito tempo para perceber que,mesmo iluminados pela fé e vivendo na ami-zade de Deus, nem sempre a vida é fácil. Lu-tamos com dificuldades enfrentadas tambémpelos que não se deixam transformar pelagraça.É bom lembrar que Jesus não veio para resol-ver nossas necessidades naturais, nem pararesolver todos os nossos problemas. Viveunossa vida e uniu-nos a si para que soubés-semos viver bem e na paz mesmo no meiodas dificuldades. Com sua ajuda, podemosvencer tudo. Alegramo-nos quando tudo vaibem, mas não deixamos de confiar nelequando tudo parece tão difícil. Com eleaprendemos a ter no fundo do coração umafelicidade que nada nem ninguém nos pode ti-rar: a certeza de sermos filhos de Deus, ama-dos, protegidos e chamados para uma vida deeterna felicidade.Oração da manhã para todos os diasSenhor meu Deus, mais um dia está começando. Agradeço a vida que se re-nova para mim, os trabalhos que me esperam, as alegrias e também os pe-quenos dissabores que nunca faltam. Que tudo quanto viverei hoje sirva parame aproximar de vós e dos que estão ao meu redor.Creio em vós, Senhor. Eu vos amo e tudo espero de vossa bondade.Fazei de mim uma bênção para todos que eu encontrar. Amém.As reflexões seguintes supõem que vocêantes leu o texto evangélico indicado.1 ─ Sábado ─ Santos Justino, Cândida, HerculanoEvangelho (Mc 11,27-33) “─ Com que autoridade fazes essas coisas? Quemte deu autoridade para fazer isso?”
  2. 2. Tendo contado sua entrada solene em Jerusalém, e a expulsão dos mercado-res do Templo, Marcos traz pergunta dos adversários de Jesus. Contestamsua autoridade de Mestre e de pretenso Messias. A pergunta continua impor-tante para nós: por que acreditamos em Jesus? Por que o reconhecemos comoSalvador? Porque acreditamos que ele é Deus, o Filho de Deus Encarnado.OraçãoSenhor Jesus, creio em vós, ponho em vós toda a minha confiança, reconheçoque dependo totalmente de vós. Isso porque conquistastes meu coração, e medestes o dom da fé. Creio que sois o Filho de Deus, meu salvador. Aumentaiminha fé, ajudai-me a me unir sempre mais a vós, para viver como vivestes eme ensinastes. Quero que ocupeis o primeiro lugar em minha vida. Amém.2 ─ 9º Domingo do Tempo Comum ─ Santos: Marcelino, Pedro, ErasmoEvangelho (Lc 7,1-10) “Não Te incomodes, Senhor; não mereço que entresem minha casa... Mas dize uma palavra e o meu servo será curado.”Lucas procura mostrar que a salvação é oferecida também aos não judeus.Aqui introduziu a figura de um oficial do exército romano: um não judeu e, piorainda, comandante de invasores. Mesmo assim era boa pessoa, tinha ajudadoa construir a sinagoga e cuidava de um servo doente. E mais: era um homemde fé tinha confiança no poder de Jesus, e era humilde, não se consideravadigno da atenção do Mestre. Penso que, entre outras coisas, Lucas queria en-sinar-nos a não julgar as pessoas a partir de preconceitos e rótulos. Mesmoentre os que não fazem parte de nossa comunidade cristã, mesmo entre osque nos parecem muito longe do evangelho podemos encontrar honestidade ebondade, o que mostra que Deus está trabalhando secretamente em seu cora-ção.OraçãoSenhor, creio que vossa graça age no coração de todos, mesmo daqueles queme parecem muito longe de vós. Sois muito mais poderoso, muito mais gene-roso do que posso imaginar. E por isso eu vos louvo e bendigo, e agradeçotudo que fazeis para nos levar, a mim e a eles, à felicidade e à paz. Ajudai-me,Senhor, a fazer o que possa para que cheguem a vós esses que me parecemtão longe. Ajudai-me pelo menos a não fazer nada que lhes torne mais difícil ocaminho até vós. Aumentai sua sede de verdade e de amor, fortalecei-os nasdificuldades, doenças e provações. E perdoai minha arrogância e a facilidadecom que os julgo e condeno. Aumentai meu amor, para que os saiba acolherquando baterem à porta. Amém.3 ─ Segunda-feira ─ Santos: Carlos Lwanga, Clotilde, OlíviaEvangelho (Mc 12,1-12) “Um homem plantou uma vinha, cercou-a, fez um la-gar e construiu uma torre de guarda...”Mais que esse homem que montou cuidadosamente sua vinha, Deus planejoutudo para nossa felicidade. Se eu fosse olhar para minha vida, veria inúmerossinais de sua preocupação e de seu carinho comigo. Não deixou faltar nada
  3. 3. para minha felicidade, enquanto felicidade possível nesta vida. E mais, prepa-rou-nos felicidade eterna. A parábola é clara: como devo corresponder a isso?OraçãoSenhor, reconheço que tudo recebo de vossa bondade, e creio que, se não meintrometo, sempre dirigis meus passos pelo melhor caminho. Agradeço todo ocuidado que tendes comigo, todas as facilidades que me destes para vos co-nhecer e amar. Perdoai meus descuidos e minhas tantas ingratidões. Confioem vossa imensa misericórdia. Não me abandoneis apesar de tudo. Amém.4 ─ Terça-feira ─ Santos: Filipe, Quintino, Daciano, SaturninaEvangelho (Mc 12,13-17) “As autoridades mandaram alguns fariseus e algunspartidários de Herodes, para apanharem Jesus em alguma palavra.”Os adversários de Jesus não estavam interessados em ouvi-lo, e menos aindaestavam dispostos a aceitar suas ideias. Para ouvir Jesus, para entender e as-similar suas palavras, tenho de apresentar-me diante dele sem ideias precon-cebidas. Do contrário, serei bem capaz de aguar o evangelho, de virá-lo noavesso, transformando-o em aprovação tolerante da vida que já vou levando.OraçãoSenhor Jesus, abri meus ouvidos, iluminai meu coração, preparai-me para aco-lher vossa palavra. Sem essa ajuda de vossa graça nada posso aprender, nemposso ser discípulo vosso. Fazei-me atento aos irmãos que me ensinam vossojeito de viver, dai-me humildade e docilidade. E, quando me parecerem pesa-das demais vossas propostas, aumentai minha coragem para vos seguir.Amém.5 ─ Quarta-feira ─ São BonifácioEvangelho (Mc 12,18-27) “Vieram ter com Jesus alguns saduceus, os quaisafirmam que não existe ressurreição e lhe propuseram este caso...”Os saduceus eram judeus observantes da Lei, mas que não acreditavam quena pessoa humana houvesse algo de espiritual. Por isso não acreditavam quehouvesse vida depois da morte. A resposta de Jesus vai mais longe do queeles esperavam: Se acreditamos na existência de um Deus que nos ama, nãosomos simples seres materiais, existe em nós um espírito que vive para sem-pre.OraçãoSenhor, eu vos agradeço porque me destes uma inteligência capaz de vos co-nhecer, e assim me fizestes capaz de vos amar. Por amor me criastes paraesta vida e para uma vida para sempre, para além da morte, na felicidade ple-na. É isso que dá todo o sentido para minha vida, e para meu relacionamentocom os outros. Bendito seja esse amor imenso que tendes por nós todos.Amém.6 ─ Quinta-feira ─ Santos: Norberto, Marcelino Champagnat, Paulina
  4. 4. Evangelho (Mc 12,28b-34) “Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração,de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e com toda a tua força!”Jesus é muito claro ao dizer o que é o mais importante em nossa vida, o objeti-vo que nunca podemos abandonar. O mais importante é amar a Deus, colocá-lo antes de tudo e de todos, colocá-lo no centro de nossa vida, dar-lhe prefe-rência em tudo. Não podemos colocar ninguém antes dele. Aliás, nem mesmopodemos amar alguém se não colocamos Deus em primeiro lugar em nossoamor.OraçãoSenhor, quero hoje renovar minha escolha, quero reafirmar que vos quero co-locar em primeiro lugar em minha vida, quero que isso oriente todas as minhasdecisões. Sabeis, porém, como sou volúvel. Ajudai-me a vos ser fiel, a procurarem tudo guiar-me por vós. Perdoai-me, porque tantas vezes vos deixei de ladoe corri atrás de ilusões. Tomai conta de mim e guardai-me só para vós. Amém.7 ─ Sexta-feira ─ Santos: Ana, Antônio GianelliEvangelho (Lc 15,3-7) “Haverá no céu mais alegria por um só pecador que seconverte, do que por noventa e nove justos que não precisam de conversão.”O modo de falar de Jesus é tão forte que poderíamos quase pensar que poucolhe importa a bondade dos santos. Era seu jeito incisivo de dizer que se impor-ta muitíssimo com a conversão de cada um de nós. Se todo o céu se alegracom nossa conversão, quanto maior deve ser nossa alegria quando Deus nosdá a graça de voltar para ele, de reencontrar a felicidade em seus braços dePai.OraçãoSenhor meu Deus, continuamente estais a minha procura, como se para vósninguém fosse mais importante do que eu. Acompanhais cada um de meuspassos, e, quando me afasto, tudo fazeis para me trazer de volta. Agradeçotanta bondade, e peço que me ajudeis a nunca mais vos deixar. Se vos ale-grais com minha volta, quero dar-vos a alegria de minha fidelidade. Amém.8 ─ Sábado ─ Santos: Efrém, Salustiano, ClodolfoEvangelho (Lc 2,41-51) “Jesus respondeu: ─ Não sabeis que devo estar nacasa de meu Pai?” Eles não compreenderam as palavras que lhes dissera.”A reação de Maria, depois de procurar tanto o Menino, é muito compreensível.Além da preocupação materna, porém, suas palavras manifestam outra inquie-tação, a de quem procura compreender as mensagem de Deus nos aconteci-mentos. Nós também muitas vezes ficamos sem compreender o que Deus es-pera de nós. Só nos resta deixar-nos levar dóceis pelos caminhos de seu amor.OraçãoSenhor, é isso, nem sempre compreendo logo o que esperais de mim, e pare-cem-me complicados demais os caminhos que ides traçando. Confio em vós, esei que mais tarde muita coisa ficará mais clara para mim. Afinal, vós tendes o
  5. 5. controle de tudo, e cuidais que livremente vamos tomando os rumos previstospor vós. Levai-me como quiserdes; basta-me saber quanto me amais. Amém.9 ─ 10º Domingo do Tempo Comum ─ Santos: Bv. José de Anchieta, Ricar-do, DianaEvangelho (Lc 7,11-17) “Jesus aproximou-se e tocou no caixão; e os que otransportavam pararam. Disse Jesus: ─ Jovem, Eu te digo: levanta-te.”Jesus viu aquela viúva que chorava levando seu filho único para a sepultura.Jesus, no seu coração humano, sofreu com a dor daquela mulher. Disse-lhe oque lhe poderíamos dizer: “Não chores”. Além disso, nada poderíamos fazer.Ele, porém, podia. Sem se importar com a impureza legal trazida pelo contatocom um cadáver, fez que o enterro parasse. Falou, não ao cadáver, mas aoque estava morto: ─ Jovem, Eu te digo: levanta-te. Da palavra de Deus surgiuo universo e a vida. A palavra de Jesus salva e restitui a vida. Nesse seu poderdivino pomos nossa confiança. Se Jesus não fosse o Filho de Deus, se fosseapenas grande profeta, não teria muita importância para nós. Poderíamos atéadmirá-lo, mas não colocar nossa vida em suas mãos.OraçãoSenhor Jesus, creio que sois o Filho de Deus, sois Deus como o Pai e o Espíri-to Santo, na unidade de natureza e na trindade de pessoas. Tudo existe, euexisto porque nos fizestes existir. Para vós me criastes e em vós, só na uniãoconvosco posso encontrar felicidade. Vossa palavra de vida libertou-me damorte do mal, e por vossa palavra continuo a viver a vida nova. Ponho em vóstoda a minha confiança, de vós tudo espero. Renovo minha confiança na vossapromessa de me dar uma vida que dure para sempre na mais perfeita felicida-de. Enquanto esse dia não chega, ajudai-me a cumprir com minha vida a tarefaque me destinastes, e que meus anos, muitos ou poucos, sejam intensos ebem vividos. Amém.10 ─ Segunda-feira ─ Santos: Getúlio, Itamar, LucilianoEvangelho (Mt 5,1-12) “Felizes os misericordiosos, porque alcançarão miseri-córdia.”A palavra grega para misericórdia é a origem de nossa palavra esmola. Miseri-cordioso é quem se condói com o sofrimento dos outros, com suas dores, po-brezas ou tristezas. Essa compaixão mostra que estamos ligados com eles,participamos de seus sentimentos. Pois bem, Jesus diz que somos felizes sesomos misericordiosos, porque Deus vai do mesmo modo condoer-se de nós.OraçãoSenhor, reconheço que nem sempre sou misericordioso, e muitas vezes nempercebo o sofrimento de meus irmãos. Dai-me um pouco de vossa misericór-dia, para eu compreender as dores dos outros e participar de sua caminhada.Ensinai-me o que fazer na prática para os ajudar. E que eu não me esqueçaque o perdão é inseparável da misericórdia, misericórdia que espero de vós.Amém.
  6. 6. 11 ─ Terça-feira ─ Santos: Barnabé, Paula Frassinetti, ParísioEvangelho (Mt 10,7-13) “Caminhando anunciai: ─ O Reino dos Céus aí está!”O discípulo que anuncia o Reino de Deus ─ a presença do poder de Deus quesalva ─ não pode ficar esperando que o venham procurar. Ele é que tem de ir,caminhar, procurar, encontrar que precisa de salvação. Não pode estabelecer-se, montar um guichê de atendimento. Deve estar sempre aprendendo lingua-gem nova, criando novos contatos, tentando estar sempre conectado com to-dos.OraçãoSenhor, o evangelista diz (Mc 3,14) que escolhestes apóstolos que estivessemconvosco, não para ficar, mas para ser enviados. Ajudai-me a estar de fatoconvosco, e dai-me coragem para sair pelos caminhos, dizendo que a felicida-de e a salvação aí estão, porque estais conosco. Dai-me a alegria de vossaamizade para que, antes de eu falar, todos vejam que é bom estar convosco.Amém.12 ─ Quarta-feira ─ Santos: Onofre, Olímpio, IolandaEvangelho (Mt 5,17-19) “Porém, quem praticar e ensinar os mandamentos se-rá considerado grande no Reino dos Céus."Podemos entender que mandamentos não são apenas as obrigações, mastambém as orientações e promessas que nos vêm de Deus. Quem procura vi-ver esses mandamentos e os ensina a outros está em paz com Deus, está vi-vendo sob sua influência salvadora. Podemos fazer muitas coisas para ajudar ahumanidade, o melhor que podemos fazer é ensinar a todos o caminho dobem.OraçãoSenhor, ajudai-me a assimilar vossos mandamentos, a viver do jeito novo quenos ensinais. Isso não é fácil, porque o pecado deixou marcas em mim. Purifi-cai-me dessas marcas, dessas más inclinações, desses apegos que me afas-tam de vós. Mudai meu coração, inclinai-o para os vossos caminhos. E dai-mea perseverança, para que nunca eu vos abandone com fiz tantas vezes. Amém.13 ─ Quinta-feira ─ Santo Antônio de Pádua e de LisboaEvangelho (Mt 5,20-26) “Se estás levando tua oferta ao altar, te lembras queteu irmão tem alguma coisa contra ti ... vai primeiro reconciliar-te com ele.”Essa frase de Jesus já me perturbou muitas vezes quando tudo parecia ir tãobem, ou até quando estava rezando. Na entrada de antigas igrejas havia umafonte para a purificação de quem ia orar. Acho que na entrada de minha oraçãoeu deveria criar uma sala de reconciliação. Isto é, uns instantes para me lem-brar de tudo que me separa de meus irmãos, para me reconciliar com eles.Oração
  7. 7. Senhor, foi bom que me lembrastes essa falha que muitas vezes me escapa.Hoje perdoo a todos que me magoaram de qualquer modo, e peço que osabençoeis. São tantos os que ofendi, que não tenho como procurá-los um porum. Tocai seu coração, e dai-lhes a graça de me perdoar, para que possamosde novo viver reconciliados e abençoados como vossos filhos e filhas. Amém.14 ─ Sexta-feira ─ Santos: Rufino, Eliseu, DignaEvangelho (Mt 5,27-32) “Se o teu olho direito é para ti ocasião de pecado, ar-ranca-o e joga-o para longe de ti!”Jesus insistia que o pecado não está somente na ação, mas também e até ini-cialmente na intenção, no pensamento, na vontade. O pecado nasce e mora nocoração. Por isso mesmo temos de ter uma atitude de prevenção, vigiando eafastando tudo que nos pode afastar de Deus. No estilo oriental, Jesus diziaisso de forma contundente: se for preciso, temos da sacrificar até olhos emãos.OraçãoSenhor meu Deus, depois de tantos anos procurando seguir por vossos cami-nhos, ainda há sementes más que tentam germinar em meu coração. Ajudai-me a ser vigilante, dai firmeza a minha vontade, para deixar tudo que me possaafastar de vós. Aumentai minha sabedoria de vida para não me deixar enredar,para prever as consequências de minhas decisões. Confio em vós. Amém.15 ─ Sábado ─ Santos: Bv. Albertina BerkenbrockEvangelho (Mt 5,33-37) “Seja o vosso ‘sim’: ‘sim’; e o vosso ‘não’: ‘não’. Tudoo que for além disso vem do Maligno.”Jesus não proibiu o juramento reservado para casos solenes, mas claramentedesaconselhou seu uso aos discípulos. Entre eles deve reinar a verdade e atransparência, uma total confiança mútua, que dispensa garantias. Ao que pa-rece, não é isso que está acontecendo entre nós, e não só em nossos negóciosprofanos. Alguma coisa está faltando para sermos de fato comunidade cristã.OraçãoSenhor, aos outros e a mim dai sinceridade transparente e total respeito à ver-dade. Ajudai-nos a evitar linguagem ambígua para enganar os irmãos, e a es-perteza das manobras ocultas para os dominar. Quero ser fiel aos meus com-promissos e promessas até nas pequenas coisas, até no horário combinado.De modo especial hoje, Senhor, renovo meu compromisso convosco. Amém.16 ─ 11º Domingo do Tempo Comum ─ Santos: Julita, AurelianoEvangelho (Lc 7,36–8,3) “Um credor tinha dois devedores... Como não tinhamcom que pagar, perdoou a ambos. Qual deles ficará mais seu amigo?”Falando ao fariseu que o convidara, Jesus fala de dois devedores que têm su-as dívidas perdoadas. E perguntou qual deles ficaria mais agradecido ao ben-feitor. A resposta foi a esperada: o que teve perdoada a dívida maior. Ao apli-
  8. 8. car a comparação à mulher que lhe perfumara os pés, o Mestre surpreendeu-nos com a frase: “Seus muitos pecados são perdoados porque muito amou;mas aquele a quem pouco se perdoa, pouco ama.” O devedor da parábola amana medida da dívida perdoada ─ a mulher é perdoada na medida de seu amor.Vamos notar bem isso: se queremos ser perdoados, temos de amar muito oSenhor. Por outro lado: se tanto perdão já recebemos dele, temos de amá-lomais do que os santos que não precisaram de tanto perdão... O único jeito éamar.OraçãoSenhor, eu não saberia dizer quantas vezes já procurei vosso perdão. E tenhoconfiança que essas infinitas vezes já me perdoastes, puramente por amor,sem merecimento nenhum de minha parte. Diante de tanta misericórdia, só vosposso dar uma resposta de amor maior. Mas, para mais amar, preciso que meajudeis a mais vos amar. Aumentai meu amor, Senhor. Se me ajudais a muitovos amar, estarei cada vez mais unido a vós, cada vez mais purificado de mi-nhas misérias e fraquezas. Isso porque vosso perdão não é apenas desculpade meus pecados, mas purificação e renovação, renascimento pela participa-ção na vossa vida divina. Não permitais que, tendo sido tão amado e tão per-doado, eu ainda vos abandone. Amém.17 ─ Segunda-feira ─ Santos: Ismael, Manuel, RainérioEvangelho (Mt 5,38-42) “Ouvistes o que foi dito: ─ Olho por olho e dente pordente! Eu, porém, vos digo: ─ Não enfrenteis quem é malvado!”Um dos textos antigos dizia: “Se houver dano grave, então pagará vida por vi-da, olho por olho, dente por dente, pé por pé, queimadura por queimadura, feri-da por ferida, golpe por golpe.” (Ex 21,23) A proposta de Jesus é que se vençao mal pelo bem; que, em vez de tentar destruir o malvado, se tente conquistá-lopelo amor, atraindo-o para que aceite a proposta de vida nova do evangelho.OraçãoSenhor, a dificuldade que tenho de aceitar essa idéia mostra como ainda estoulonge de abraçar plenamente o evangelho. Perdoai-me o desejo de vingançaque me vem quando vejo certas maldades violentas. Hoje venho pedir por to-dos esses que se deixam levar pela maldade. Abrandai-lhes o coração, paraque se convertam a vós. E fazei-nos crer afinal na força da fraternidade.Amém.18 ─ Terça-feira ─ Santos: Amando, Isabel, MarinaEvangelho (Mt 5,43-48) “Assim, vos tornareis filhos do vosso Pai que está noscéus... Sede perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito.”Disse Jesus que devemos amar, querer o bem até dos que não nos amam,mas querem nosso mal. Insiste que só assim seremos filhos de nosso “Pai queestá nos céus”. Se lhe perguntássemos até que onde deve chegar nosso amor,sua resposta é de novo muito clara e quase nos espanta. Nosso amor deve sersem limites, tão grande quanto ao amor do próprio Deus, nosso Pai nos céus.
  9. 9. OraçãoSenhor Jesus, exigis muito de mim, exigis um amor que por mim mesmo nãoconseguirei jamais. Para amar com ensinais tenho de enfrentar muitos senti-mentos profundamente arraigados em mim. Já que quereis que eu ame tanto,dai-me um coração novo capaz de o fazer, aumentai em mim o dom da carida-de que nos leva a amar como vós sabeis amar. Assim será possível. Amém.19 ─ Quarta-feira ─ Santos: Romualdo, Gervásio, JulianaEvangelho (Mt 6,1-6.16-18) “Ficai atentos para não praticar a vossa justiça nafrente dos homens, só para serdes vistos por eles.”Para bem interpretar essa frase de Jesus, é bom notar o “só” incluído nessatradução. O motivo de nossas boas ações não pode ser a ostentação, a procu-ra da consideração ou do elogio humano. Isso não impede que façamos o bemàs claras: “Que vossa luz brilhe diante dos homens, para que eles vejam asboas obras que fazeis, e louvem vosso Pai de vocês que está no céu." (Mt5,16)OraçãoSenhor, se não me cuido, a vaidade acaba orientando minha vida, e passo ame preocupar só com as aparências. Purificai minhas intenções, para que mi-nhas ações todas sejam para vos louvar e ajudar meus irmãos. Ajudai-me aevitar erros e desvios, que afastem ainda mais de vós os que ainda não vosamam. Mas que, com simplicidade, eu lhes mostre como é bom fazer o bem.Amém.20 ─ Quinta-feira ─ Santos: Florentina, Silvério, MiquelinaEvangelho (Mt 6,7-15) “Venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim naterra como nos céus.”Um bom comentarista diz que no Pai Nosso não pedimos que Deus nos ajudea aceitar e a cumprir sua vontade; não estamos fazendo um ato de conformi-dade. Estamos sim, pedindo que se concretize plenamente “no céu e na terra”seu misericordioso projeto de renovação e de salvação. Reconhecemos quedele dependemos sempre e em tudo, reconhecemos que só ele nos pode sal-var.OraçãoSenhor, sois meu Pai porque me amais e por isso me destes a vida. Quereis obem e a paz de todos nós, na união e na fraternidade. Todo o bem nos quises-tes dar pela nossa união a Jesus, pela nossa participação em sua vida divina.Nós vos suplicamos: vencei nossas resistências, dobrai nossos corações, paraque em nós se realize vosso plano de amor, de paz e de salvação. Amém.21 ─ Sexta-feira ─ Santos: Luís Gonzaga, Demétria, AlbanoEvangelho (Mt 6,19-23) “Onde está o teu tesouro, aí estará também o teu co-ração.”
  10. 10. Temos necessidade de bens materiais. Por isso mesmo temos obrigação deprocurar moderadamente o necessário para nós e para os que dependem denós. Essa é uma exigência da justiça e mais ainda da caridade. Jesus ensinaque não podemos, porém, colocar os bens materiais como o primeiro objetivode nossa vida. Temos de dar sempre preferência aos bens superiores e eter-nos.OraçãoSenhor, agradeço minha saúde e minhas forças, e os bens materiais e culturaisque colocais a minha disposição. Ajudai-me a usar bem de tudo isso para afelicidade minha e de meus irmãos. Dai-me prudência, moderação e capacida-de de partilha. Não permitais que as preocupações materiais me sufoquem,impedindo que eu me abra para as riquezas espirituais e culturais. Amém.22 ─ Sábado ─ Santos: Paulino, João Fisher, Tomás MoroEvangelho (Mt 6,24-34) “Não vos preocupeis com vossa vida, com o que have-reis de comer ou beber; nem com vosso corpo, com o que havereis de vestir.”Jesus não diz que as coisas materiais são desnecessárias. Tanto que logo adi-ante diz: “Vosso Pai, que está nos céus, sabe que precisais de tudo isso”. Duascoisas ele nos ensina. Primeira, que não nos devemos preocupar demais coma procura desses bens. E que sejamos esforçados e prudentes nessa procura,sem nunca deixar de confiar em Deus que nos ama e se preocupa conosco.OraçãoSenhor, em tudo dependemos de vós para viver, trabalhar e sonhar. Confio queme amais e cuidais de mim. Mas sei também que quereis meu trabalho pruden-te na procura do necessário. Aumentai minha confiança na vossa providênciaque cuida de mim, minha coragem para o trabalho, e minha sabedoria paratomar decisões. Cuidai de mim, para que esteja sempre livre para vós. Amém.23 ─ 12º Domingo do Tempo Comum ─ Santos: José Cafasso, Edeltrudes,AgripinaEvangelho (Lc 9,18-24) “─ Quem as multidões dizem que Eu sou? ... ─ E vós,quem dizeis que Eu sou?”Lucas coloca sua narrativa num contexto de oração. Certamente tendo oradopelos discípulos, Jesus queria levá-los a dar um passo a mais em seu com-promisso com ele. Perguntou-lhes primeiro o que o povo pensava dele. Pelaresposta vemos que o tinham em grande consideração. Mas, e eles, tendoconvivido com ele mais tempo e mais de perto, que opinião tinham eles? Quemresponde é Pedro, e não sei se podemos dizer que falava em nome de todos.Talvez já estivesse um pouco à frente dos outros na fé, e reconheceu Jesuscomo o Messias enviado por Deus. Cada um de nós tem sua caminhada pes-soal na fé. Na medida de nossa união com Deus e de nossa compreensão desuas propostas, podemos e devemos ajudar nossos irmãos em seu caminho.Oração
  11. 11. Senhor Jesus, creio que sois o Filho de Deus, nosso Salvador e única espe-rança. Agradeço o dom da fé que me une a vós, e dá sentido e esperança paraminha vida. Sem nenhum merecimento meu, vós me colocastes em condiçõesfavoráveis, que me tornaram mais fácil vos conhecer e amar. Por isso mesmotenho mais obrigação de ajudar outros a se encontrar convosco, a vos reco-nhecer e seguir como seu Salvador. Ajudai-me para que, por minha vida, eumostre a todos como é bom estar convosco. Iluminai-me, para que vos conhe-ça mais profundamente. Inspirai-me palavras certas para falar de vós, e ajudarquem ainda tem dúvidas sobre vós. Tende compaixão daqueles que ainda nãosentiram necessidade de vós, abri seu coração para que tenham vida. Amém.24 ─ Segunda-feira ─ Natividade de S. João Batista ─ Santos: Fausto, FirmoEvangelho (Lc 1,57-66.80) “Queriam dar ao menino o nome de seu pai, Zaca-rias. A mãe, porém disse: ─ Não! Ele vai chamar-se João.”O nome, principalmente quando dado por Deus, indicava o que a pessoa de-veria ser. Na língua hebraica “Zacarias” quer dizer “Javé lembrou-se”. Deus,porém, dissera que o menino devia ser “João”, que significa “Javé foi bondoso”.Bela a missão do filho de Isabel: anunciar para todos a bondade e a misericór-dia de Deus. Talvez afinal, de certo modo, todos devamos ser “João” ou “Joa-na”.OraçãoSenhor, não importa o nome que tenho, o certo é que me destes a vida tendoem vista um lugar especial para mim no mundo, e uma tarefa exatamente paramim. Não quero falhar no cumprimento de minha missão na vida. Ajudai-me,pois, com vossa graça bondosa, ensinando-me o jeito certo de falar sobre vós,e mais ainda o jeito certo de viver para ter a felicidade que nos ofereceis.Amém.25 ─ Terça-feira ─ Santos: Próspero, Luano, AdalbertoEvangelho (Mt 7,6.12-14) “Não deis aos cães as coisas santas, nem atireisvossas pérolas aos porcos; para que não as pisem e, voltando-se contra vós,vos despedacem.”Palavras de Jesus que podem parecer estranhas e duras. Não sabemos emque contexto exatamente ele as proferiu. Mas podemos interpretá-las comoaviso de prudência a nós que queremos ser apóstolos. Não podemos quererque as pessoas se convertam de uma hora para outra. Temos de preparar oterreno, inclusive com muita oração, e encontra o melhor jeito de os evangeli-zar.OraçãoSenhor, dai-me um zelo muito grande, uma grande vontade de vos fazer co-nhecido de todos. Mas, dai-me também paciência para esperar a hora e o lugarcerto, a sabedoria das palavras justas, e um pouco de vossa capacidade deatração. Que seu seja prudente e compreensivo, que mais ofereça solução doque imponha obrigações. E fazei que os ame, sem nunca os condenar. Amém.
  12. 12. 26 ─ Quarta-feira ─ Santos: Antelmo, Sálvio, RodolfoEvangelho (Mt 7,15-20) “Cuidado com os falsos profetas. Eles vêm até vósvestidos com peles de ovelha, mas por dentro são lobos ferozes.”Sem falar de outros setores, temos hoje uma infinidade de profetas e profetisasensinando como viver, o que é certo e o que é errado. Há até os que dizem quenão existe certo ou errado. Jesus diz como saber quem anuncia o bem e a ver-dade: ver se são bons e felizes os que seguem suas ideias, examinar quais sãopara a sociedade os resultados práticos do modo de vida que eles propõem.OraçãoSenhor Jesus, não viestes ensinar uma teoria, mas uma prática de vida, umcaminho que faça a felicidade nossa e dos outros agora e para sempre. Eu vosagradeço porque me arrastais em vosso seguimento, e estou feliz convosco.Dai-me a perseverança na fé, apesar de tantas vozes que me querem atrairpara outros caminhos. Fazei que eu seja árvore de bons frutos para todos.Amém.27 ─ Quinta-feira ─ Nossa Senhora do Perpétuo SocorroEvangelho (Mt 7,21-29) “Nem todo aquele que diz: ‘Senhor, Senhor’, entraráno Reino dos Céus, mas o que põe em prática a vontade de meu Pai.”Jesus não nos ensina apenas uma doutrina sobre Deus, ou uma teoria sobrenossa vida. Ensina e torna possível para nós um modo novo de nos relacionarcom Deus e um jeito diferente de viver. Não basta decorar sua lição, é precisoviver como ele ensinou, ainda que tenhamos de caminhar passo a passo, len-tamente, á medida que ele nos ilumina e ajuda, mas avançando sempre.OraçãoSenhor, reconheço que sou muito bom em teoria, sei repetir quase tudo quenos ensinastes. Na prática, porém, na vida, sou apenas principiante não muitoaplicado. Vinde em meu auxílio, para que afinal me converta de fato para vós,que viva como ensinais. Não leveis em conta as tantas vezes que vos deixeipara seguir minhas más inclinações. Quero viver, Senhor, e não só saber.Amém.28 ─ Sexta-feira ─ Santo IrineuEvangelho (Mt 8,1-4) “Tendo Jesus descido do monte, numerosas multidões oseguiam.”Mateus de 5,1 até 7,29 apresenta-nos o “Sermão da Montanha”, como que umapanhado geral do Evangelho. Começa dizendo que, vendo a multidão subiu auma montanha e começou a ensinar. Agora diz que, ao descer da montanhaJesus era seguido por muita gente. Entendo que muitos aceitaram sua palavrae começavam a viver como ele ensinava. Tenho de ver se estou entre esses.Oração
  13. 13. Senhor, acho muito bonito o “sermão da montanha”, mas reconheço que aindanão estou vivendo tudo que ensinastes. Já era tempo de eu ser de fato um se-guidor vosso. Perdoai-me e dai-me a graça de levar mais a sério meu compro-misso de discípulo. Quero seguir-vos, quero ter vosso modo de pensar e deviver. Mais uma vez eu vou tentar ser um discípulo mais fiel e coerente. Amém.29 ─ Sábado ─ Santos: Anastácio, Judite, EmaEvangelho (Mt 8,5-17) “Muitos virão sentar-se à mesa no Reino dos Céus, jun-to com Abraão, Isaac e Jacó, enquanto os herdeiros do Reino serão jogadospara fora.”Essas palavras de Jesus chocaram seus ouvintes, e também me obrigam apensar seriamente em minha vida. Eu que sou privilegiado de tantos modos,como estou correspondendo à graça de Deus? Diante de tanta bondade comi-go, tenho de ter muito mais generosidade em minha vida, e estar muito maisdisponível para ajudar o próximo. Está na hora de eu tomar afinal uma decisão.OraçãoSenhor, atrai para vós todos que ainda não vos conhecem, ou que vos aban-donaram depois de algum trecho do caminho. Abri-lhes as portas de vossaIgreja, para que descubram como é bom morar em vossa casa. Porém, não vosesqueçais de mim e de outros que tentamos acompanhar vossos passos. Nãopermitais que sejamos omissos e tíbios, ingratos a vosso grande amor. Amém.30 ─ Domingo ─ Ss. Pedro e Paulo ─Evangelho (Mt 16,13-19) "Tu és feliz, Simão, filho de Jonas, porque não foi umser humano que te revelou isso, mas o meu Pai que está no céu.”No tempo de Jesus, como hoje, havia muitos modos de o entender. Havia osque admiravam sua sabedoria, os que aceitavam sua maneira de falar sobreDeus, os que aceitavam suas propostas de vida, e outros que não o aceitavamde modo nenhum. Somente aos poucos é que seus discípulos, iluminados pelodom da fé, começaram a vê-lo de um modo especial, como um salvador envia-do por Deus, pelo menos como um homem especial, acima dos outros. Ajuda-dos pela graça divina, pelo menos depois dos encontros com o Ressuscitadoeles chegaram, como Tomé (Jo 20,28, a reconhecê-lo como “Senhor e Deus”.Isso é Jesus para nós, Senhor e Deus, de quem recebemos a vida, que nosune a si para nos fazer gratuitamente participantes de sua vida divina.OraçãoSenhor Jesus, aceito o testemunho de Pedro e dos outros apóstolos, e tambémde todos aqueles irmãos que me precederam na vossa Igreja. Creio que soismeu Senhor e meu Deus. Não é a sabedoria nem o conhecimento humano queme levam a acreditar em vós, mas o dom da fé que derramais em meu cora-ção. Aumentai minha fé, para que me inspire em todos momentos de minhavida, e influencie em todas as minhas decisões. Dai-me uma fé coerente, queme afaste de todos os compromissos com o mal e a mentira. Dai-me uma féalegre, que ajude a olhar o mundo com esperança, e não se deixe vencer pelasdificuldades. Senhor, coloco em vossas mãos toda a minha vida, quero que
  14. 14. ocupeis o primeiro lugar em meu amor, mesmo que tenha de deixar tudo.Amém.─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─ ─

×