SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 62
CONTOS E CRÔNICAS PROFª. ENIR 2009 Histórias que a 5ª D conta ...
[object Object]
A vingança da múmia ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Certo dia eu estava dormindo,  e quando acordo... me deparo num mausoléu dentro de um cemitério e de repente... abre o caixão e dentro dele  sai uma múmia.
Fico desesperado e saio correndo e sinto uma pancada muito forte, quando olho era o Huck, que tinha me dado um socão na cara, então eu virei o super Fernando e chamei o meu mega sord,
e com o chute relâmpago  acabei com ele , fui para o meu quartel general mas tinha esquecido da múmia ... Já no meu quartel senti que tinha esquecido de algo...
Estranhamente as luzes começam a piscar e de repente.... Um apagão e ouço um sussurro demoníaco ao pé do ouvido dizendo:  _Você me paga ...
E no mesmo instante sinto cinco cortes no braço que queimam o sangue de todo o corpo, e sinto que o fogo do inferno corresse em minhas veias.
Em seguida a luz voltou e vejo escrito na parede “por ter me despertado do meu tumulo terá que vagar na terra até o fim dos tempos sem carne e com os ossos queimando como fogo que não cessa e nunca a consomem e no fim estará predestinado ao inferno”.
E  quase no mesmo instante vê a marca do mau marcada em seu braço e sente sua carne queimando e se consumindo  e em segundos consome quase todo seu corpo,  deixando apenas o esqueleto mas o fogo ainda não cessava.
E assim permaneceu até o fim dos tempos quando foi condenado ao inferno: o fogo que queima e nunca consome.
 
Os mistérios de Isabel ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
Era uma vez uma moça muito bondosa, ela se chamava Isabel. Ajudava as crianças e idosos, porém, os vizinhos a achavam um pouco estranha porque Isabel só saía antes do pôr do sol.
Estranha, porque Isabel trancava-se em sua casa fechava portas e janelas e escutava músicas que seus vizinhos não costumavam escutar. Acredite ela não era de se confiar.
Um belo dia Isabel saiu de sua casa então uma das crianças que ela ajudava perguntou: - Olá, Isabel porque você só sai antes do pôr do sol? - Ah! É porque eu não gosto de sair no escuro.
E então, Isabel foi a um orfanato e buscou uma criança para fazer uma magia muito poderosa para transmitir seus poderes para a criança. Logo depois, Isabel segurou a mão da garota e nunca mais viram Isabel e a criança por ali.
O acampamento do terror ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
Em dia de sexta-feira treze, uma turma de estudantes foi acampar. Logo que chegaram eles encontraram um galpão eles acharam que seria mais seguro e mais fácil mas ao  anoitecer eles ligaram as luzes e colocaram os
colchonetes para dormir, logo após isto eles começaram a contar histórias de terror depois de alguns minutos as luzes se apagaram eles pensaram que era brincadeira mas ouviram um grito.
Eles ligaram as lanternas e os professores fizeram uma contagem de alunos e viram que estava faltando um aluno e os professores foram atrás dele e pediram que eles não saíssem  do lugar.
Os professores foram e acharam o aluno que tinham ido  procurar no banheiro, ele gritou porque encostou em um cabo de eletricidade e tomou um choque.  eles voltaram para dormir.
Ao amanhecer,  tinha cinco colchonetes destruídos. Eles começaram  gritar e resolveram sair antes que acontecesse  mais alguma coisa, eles fizeram uma fila mas quando estavam chegando no ônibus
ouviram um grito e viram um... ou alguém com um capuz levando a última criança.E ninguém nunca mais voltou naquele acampamento. Essa é a historia do acampamento do terror.
 
O sonho estranho  ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
Um homem acorda e vê que está no meio de um deserto, ele caminhava e caminhava e parecia que nunca se movia do lugar. Ao passar um tempo ele foi descobrindo uma grande floresta e de repente ele encontra uma mulher e se apaixona e ela também se apaixona.
Com o passar do tempo o homem enjoa da mulher e vai para o meio do mato e encontra uma carrapata que começa a falar com ele. Ele disse: - Tá aí, um animalzinho de estimação.
Os dois se casaram tiveram lindos e saudáveis carrapatinhos e viveram com seus carrapatinhos felizes... Mas ele acordou e viu que tudo era um sonho só que a mulher estava na cama com os carrapatinhos e a carrapata.
A carrapata  reclama por causa da mulher que está na cama com ele. Ele diz: - Essa é a minha mulher o que posso fazer? A carrapata morre de desgosto.
 
Os mortos vivos AUTORES: JACSON GONÇALVES DOS SANTOS LUCAS VALENTIN DOS SANTOS JONATHAS RICARDO VIEDMA RECHELO JUNIOR
 
Numa noite, estavam dois jovens, Matheus e Bernardo, eles foram para um baile, e as mães deles estavam preocupadas, porque eles estavam demorando para chegar.
No caminho eles passaram no cemitério, e tinha uma bola que pertencia a um morto, e eles pegaram e começaram a jogar, e ai o morto saiu do caixão e eles começaram a correr, e o morto chamou os outros mortos para pegar eles, e os dois foram para casa do Matheus.
Ai os mortos foram para casa de Bernardo, e transformaram os pais dele em zumbi como eles. Então os zumbis transformaram todos da cidade e a cidade virou a cidade de zumbis.
Os pais de Matheus ficaram preocupados, porque eles não entendiam o que o Bernardo e o Matheus diziam, ai a mãe de Matheus olhou pela janela e viu um monte de zumbis. Com o susto Matheus acordou e sua mãe falou que era tudo um sonho...
Os ratos expulsos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
Em um campo,havia uma assembléia de gatos e outra de ratos.Os gatos  sempre falavam para o seu presidente:
-Senhor presidente,se o senhor não retirar os ratos do campo nós não iremos trabalhar mais no campo e iremos devorá-los, por que quando estamos trabalhando  os ratos ficam correndo pra lá e pra cá e como tem alguns gatos meio tontos;ficam correndo atrás desses ratos.É melhor dar um jeito nesses ratos imediatamente.
O senhor presidente pediu educadamente para os ratos saírem do campo.Os ratos  não obedeceram a ordem e continuaram lá.
Os gatos não estavam mais suportando aqueles ratos,e decidiram passar um trote  ligando para o telefone  dos ratos  dizendo com a voz disfarçada: - Ratos do campo corram estão  distribuindo queijo grátis na esquina venha depressa enquanto não acaba!
Os ratos foram correndo até a esquina sem pensar em nada.Quando eles saíram do campo os gatos atacaram os ratos e os coitados dos ratos morreram todos .  Moral: Nunca acredita em qualquer telefonema por que pode ser trote ou armadilha.
Um romance  ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
Numa bela tarde, um casal de namorados estavam sentados conversando. E Rafael disse: -Você me ama?Jéssica responde: -Claro.
-Você já me traiu? -Não, claro que não... Eles começam a se olhar... Na hora em que ia rolar um beijo a ex-namorada de Rafael aparece e manda um beijo para ele...
A namorada atual fica muito nervosa! E diz : -Você tá achando que é quem minha querida?O namorado é meu e não seu. A ex responde: -Olha é só um gesto carinhoso,não quero mais ele.O meu atual é muito melhor.
O menino responde: -Vocês não devem brigar.Eu amava a Gabriela,mas agora eu te, amo Jéssica! Jéssica achou aquilo tão lindo! -E acabou tascando um belo beijo em Rafael...
O menino responde: -Vocês não devem brigar.Eu amava a Gabriela,mas agora eu te, amo Jéssica! Jéssica achou aquilo tão lindo! -E acabou tascando um belo beijo em Rafael...
Uma princesa diferente  ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
Era uma vez,uma princesa que era diferente das outras princesas que não gostava de jóias, a princesa era muito simples,e mimada ,gostava de várias coisas como arrumar o cabelo, se maquiar, ela não gostava de pedir coisas para os pais dela.
Diferente de várias princesas,as outras princesas só pensavam em dinheiro e jóias e muitas mais coisas, como pedir dinheiro.
Um dia apareceu uma bruxa muito malvada que não gosta de princesa boazinha e mandou matar ela então ela decidiu se transformar em uma senhora boazinha para fingir que era amiga para matar ela.
Em certo dia ela acordou em uma casa muito suja e quando levantou ouviu um barulho estranho e foi olhar o que era.Quando ela entrou a bruxa mandou ela se sentar. Ela sentou e a bruxa foi pegar um copo de água envenenado ela tomou e ficou muito tonta e desmaiou.
A bruxa saiu correndo e chegou um príncipe e deu um  beijo  nela, ela  acordou e ele viveram felizes para sempre. A princesa era diferente mas o final é o mesmo.
Livro produzido nas aulas de Língua Portuguesa na E.E. Simon Bolivar – Diadema – São Paulo – Brasil sob a supervisão da Professora Enir Ester Portella Garcia.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (16)

Contos de terror - A Noiva da Morte
Contos de terror - A Noiva da MorteContos de terror - A Noiva da Morte
Contos de terror - A Noiva da Morte
 
Conto david machado
Conto david machadoConto david machado
Conto david machado
 
Revist'A Barata - 03
Revist'A Barata - 03Revist'A Barata - 03
Revist'A Barata - 03
 
A galinha que sabia ler
A galinha que sabia lerA galinha que sabia ler
A galinha que sabia ler
 
Mario de Andrade e Vestida de Preto
Mario de Andrade e Vestida de PretoMario de Andrade e Vestida de Preto
Mario de Andrade e Vestida de Preto
 
Pdf contos
Pdf contosPdf contos
Pdf contos
 
Rosa Branca e Rosa Vermelha
Rosa Branca e Rosa VermelhaRosa Branca e Rosa Vermelha
Rosa Branca e Rosa Vermelha
 
Mascotes da turma - 4.º A
Mascotes da turma - 4.º AMascotes da turma - 4.º A
Mascotes da turma - 4.º A
 
Reescrita de Contos
Reescrita de ContosReescrita de Contos
Reescrita de Contos
 
Monteiro lobato -_Negrinha
Monteiro lobato -_NegrinhaMonteiro lobato -_Negrinha
Monteiro lobato -_Negrinha
 
A tal noite
A tal noiteA tal noite
A tal noite
 
Contos africanos
Contos africanosContos africanos
Contos africanos
 
Lendas e causos
Lendas e causosLendas e causos
Lendas e causos
 
O ultimo bondinho
O ultimo bondinhoO ultimo bondinho
O ultimo bondinho
 
A Gente é Só Amigo
A Gente é Só AmigoA Gente é Só Amigo
A Gente é Só Amigo
 
A borboleta e o cavalhinho
A borboleta e o cavalhinhoA borboleta e o cavalhinho
A borboleta e o cavalhinho
 

Semelhante a Histórias que a 5ª D conta

Semelhante a Histórias que a 5ª D conta (20)

Projeto contos de arrepiar...
Projeto contos de arrepiar...Projeto contos de arrepiar...
Projeto contos de arrepiar...
 
Ficha de leitura sobre felicidade clandestina
Ficha de leitura sobre felicidade clandestinaFicha de leitura sobre felicidade clandestina
Ficha de leitura sobre felicidade clandestina
 
Apresentação das leituras autónomas dos alunos do 2º ciclo
Apresentação das leituras autónomas dos alunos do 2º cicloApresentação das leituras autónomas dos alunos do 2º ciclo
Apresentação das leituras autónomas dos alunos do 2º ciclo
 
Blog
BlogBlog
Blog
 
Livrinho 4ªF
Livrinho 4ªFLivrinho 4ªF
Livrinho 4ªF
 
Livro das Histórias Populares
Livro das Histórias PopularesLivro das Histórias Populares
Livro das Histórias Populares
 
Histórias em família
Histórias em famíliaHistórias em família
Histórias em família
 
Aprendendo
 Aprendendo Aprendendo
Aprendendo
 
Lasanha Assassina
Lasanha AssassinaLasanha Assassina
Lasanha Assassina
 
Os contos do 5.º E
Os contos  do 5.º EOs contos  do 5.º E
Os contos do 5.º E
 
Trabalho de Marcus Vinicius Rodrigues dos Reis
Trabalho de Marcus Vinicius Rodrigues dos ReisTrabalho de Marcus Vinicius Rodrigues dos Reis
Trabalho de Marcus Vinicius Rodrigues dos Reis
 
HistóRias Que A 5ª A Conta VersãO Anterior Power Point
HistóRias Que A 5ª A Conta   VersãO Anterior Power PointHistóRias Que A 5ª A Conta   VersãO Anterior Power Point
HistóRias Que A 5ª A Conta VersãO Anterior Power Point
 
Anexo planejamento - Merces
Anexo planejamento - MercesAnexo planejamento - Merces
Anexo planejamento - Merces
 
.
..
.
 
Cão raivoso stephen king
Cão raivoso stephen kingCão raivoso stephen king
Cão raivoso stephen king
 
Livro lendas
Livro lendasLivro lendas
Livro lendas
 
Livro lendas
Livro lendasLivro lendas
Livro lendas
 
Livrinho 4ªG
Livrinho 4ªGLivrinho 4ªG
Livrinho 4ªG
 
Projeto rosa e lilás 2º d
Projeto rosa e lilás   2º dProjeto rosa e lilás   2º d
Projeto rosa e lilás 2º d
 
As nossas histórias
As nossas históriasAs nossas histórias
As nossas histórias
 

Último

Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...Dirceu Resende
 
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAMarcio Venturelli
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 
Apostila e caderno de exercicios de WORD
Apostila e caderno de exercicios de  WORDApostila e caderno de exercicios de  WORD
Apostila e caderno de exercicios de WORDRONDINELLYRAMOS1
 
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdfFrom_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdfRodolpho Concurde
 
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)Alessandro Almeida
 

Último (7)

Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
 
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
 
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
 
Apostila e caderno de exercicios de WORD
Apostila e caderno de exercicios de  WORDApostila e caderno de exercicios de  WORD
Apostila e caderno de exercicios de WORD
 
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdfFrom_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
 
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
 

Histórias que a 5ª D conta

  • 1. CONTOS E CRÔNICAS PROFª. ENIR 2009 Histórias que a 5ª D conta ...
  • 2.
  • 3.
  • 4. Certo dia eu estava dormindo, e quando acordo... me deparo num mausoléu dentro de um cemitério e de repente... abre o caixão e dentro dele sai uma múmia.
  • 5. Fico desesperado e saio correndo e sinto uma pancada muito forte, quando olho era o Huck, que tinha me dado um socão na cara, então eu virei o super Fernando e chamei o meu mega sord,
  • 6. e com o chute relâmpago acabei com ele , fui para o meu quartel general mas tinha esquecido da múmia ... Já no meu quartel senti que tinha esquecido de algo...
  • 7. Estranhamente as luzes começam a piscar e de repente.... Um apagão e ouço um sussurro demoníaco ao pé do ouvido dizendo: _Você me paga ...
  • 8. E no mesmo instante sinto cinco cortes no braço que queimam o sangue de todo o corpo, e sinto que o fogo do inferno corresse em minhas veias.
  • 9. Em seguida a luz voltou e vejo escrito na parede “por ter me despertado do meu tumulo terá que vagar na terra até o fim dos tempos sem carne e com os ossos queimando como fogo que não cessa e nunca a consomem e no fim estará predestinado ao inferno”.
  • 10. E quase no mesmo instante vê a marca do mau marcada em seu braço e sente sua carne queimando e se consumindo e em segundos consome quase todo seu corpo, deixando apenas o esqueleto mas o fogo ainda não cessava.
  • 11. E assim permaneceu até o fim dos tempos quando foi condenado ao inferno: o fogo que queima e nunca consome.
  • 12.  
  • 13.
  • 14.  
  • 15. Era uma vez uma moça muito bondosa, ela se chamava Isabel. Ajudava as crianças e idosos, porém, os vizinhos a achavam um pouco estranha porque Isabel só saía antes do pôr do sol.
  • 16. Estranha, porque Isabel trancava-se em sua casa fechava portas e janelas e escutava músicas que seus vizinhos não costumavam escutar. Acredite ela não era de se confiar.
  • 17. Um belo dia Isabel saiu de sua casa então uma das crianças que ela ajudava perguntou: - Olá, Isabel porque você só sai antes do pôr do sol? - Ah! É porque eu não gosto de sair no escuro.
  • 18. E então, Isabel foi a um orfanato e buscou uma criança para fazer uma magia muito poderosa para transmitir seus poderes para a criança. Logo depois, Isabel segurou a mão da garota e nunca mais viram Isabel e a criança por ali.
  • 19.
  • 20.  
  • 21. Em dia de sexta-feira treze, uma turma de estudantes foi acampar. Logo que chegaram eles encontraram um galpão eles acharam que seria mais seguro e mais fácil mas ao anoitecer eles ligaram as luzes e colocaram os
  • 22. colchonetes para dormir, logo após isto eles começaram a contar histórias de terror depois de alguns minutos as luzes se apagaram eles pensaram que era brincadeira mas ouviram um grito.
  • 23. Eles ligaram as lanternas e os professores fizeram uma contagem de alunos e viram que estava faltando um aluno e os professores foram atrás dele e pediram que eles não saíssem do lugar.
  • 24. Os professores foram e acharam o aluno que tinham ido procurar no banheiro, ele gritou porque encostou em um cabo de eletricidade e tomou um choque. eles voltaram para dormir.
  • 25. Ao amanhecer, tinha cinco colchonetes destruídos. Eles começaram gritar e resolveram sair antes que acontecesse mais alguma coisa, eles fizeram uma fila mas quando estavam chegando no ônibus
  • 26. ouviram um grito e viram um... ou alguém com um capuz levando a última criança.E ninguém nunca mais voltou naquele acampamento. Essa é a historia do acampamento do terror.
  • 27.  
  • 28.
  • 29.  
  • 30. Um homem acorda e vê que está no meio de um deserto, ele caminhava e caminhava e parecia que nunca se movia do lugar. Ao passar um tempo ele foi descobrindo uma grande floresta e de repente ele encontra uma mulher e se apaixona e ela também se apaixona.
  • 31. Com o passar do tempo o homem enjoa da mulher e vai para o meio do mato e encontra uma carrapata que começa a falar com ele. Ele disse: - Tá aí, um animalzinho de estimação.
  • 32. Os dois se casaram tiveram lindos e saudáveis carrapatinhos e viveram com seus carrapatinhos felizes... Mas ele acordou e viu que tudo era um sonho só que a mulher estava na cama com os carrapatinhos e a carrapata.
  • 33. A carrapata reclama por causa da mulher que está na cama com ele. Ele diz: - Essa é a minha mulher o que posso fazer? A carrapata morre de desgosto.
  • 34.  
  • 35. Os mortos vivos AUTORES: JACSON GONÇALVES DOS SANTOS LUCAS VALENTIN DOS SANTOS JONATHAS RICARDO VIEDMA RECHELO JUNIOR
  • 36.  
  • 37. Numa noite, estavam dois jovens, Matheus e Bernardo, eles foram para um baile, e as mães deles estavam preocupadas, porque eles estavam demorando para chegar.
  • 38. No caminho eles passaram no cemitério, e tinha uma bola que pertencia a um morto, e eles pegaram e começaram a jogar, e ai o morto saiu do caixão e eles começaram a correr, e o morto chamou os outros mortos para pegar eles, e os dois foram para casa do Matheus.
  • 39. Ai os mortos foram para casa de Bernardo, e transformaram os pais dele em zumbi como eles. Então os zumbis transformaram todos da cidade e a cidade virou a cidade de zumbis.
  • 40. Os pais de Matheus ficaram preocupados, porque eles não entendiam o que o Bernardo e o Matheus diziam, ai a mãe de Matheus olhou pela janela e viu um monte de zumbis. Com o susto Matheus acordou e sua mãe falou que era tudo um sonho...
  • 41.
  • 42.  
  • 43. Em um campo,havia uma assembléia de gatos e outra de ratos.Os gatos sempre falavam para o seu presidente:
  • 44. -Senhor presidente,se o senhor não retirar os ratos do campo nós não iremos trabalhar mais no campo e iremos devorá-los, por que quando estamos trabalhando os ratos ficam correndo pra lá e pra cá e como tem alguns gatos meio tontos;ficam correndo atrás desses ratos.É melhor dar um jeito nesses ratos imediatamente.
  • 45. O senhor presidente pediu educadamente para os ratos saírem do campo.Os ratos não obedeceram a ordem e continuaram lá.
  • 46. Os gatos não estavam mais suportando aqueles ratos,e decidiram passar um trote ligando para o telefone dos ratos dizendo com a voz disfarçada: - Ratos do campo corram estão distribuindo queijo grátis na esquina venha depressa enquanto não acaba!
  • 47. Os ratos foram correndo até a esquina sem pensar em nada.Quando eles saíram do campo os gatos atacaram os ratos e os coitados dos ratos morreram todos . Moral: Nunca acredita em qualquer telefonema por que pode ser trote ou armadilha.
  • 48.
  • 49.  
  • 50. Numa bela tarde, um casal de namorados estavam sentados conversando. E Rafael disse: -Você me ama?Jéssica responde: -Claro.
  • 51. -Você já me traiu? -Não, claro que não... Eles começam a se olhar... Na hora em que ia rolar um beijo a ex-namorada de Rafael aparece e manda um beijo para ele...
  • 52. A namorada atual fica muito nervosa! E diz : -Você tá achando que é quem minha querida?O namorado é meu e não seu. A ex responde: -Olha é só um gesto carinhoso,não quero mais ele.O meu atual é muito melhor.
  • 53. O menino responde: -Vocês não devem brigar.Eu amava a Gabriela,mas agora eu te, amo Jéssica! Jéssica achou aquilo tão lindo! -E acabou tascando um belo beijo em Rafael...
  • 54. O menino responde: -Vocês não devem brigar.Eu amava a Gabriela,mas agora eu te, amo Jéssica! Jéssica achou aquilo tão lindo! -E acabou tascando um belo beijo em Rafael...
  • 55.
  • 56.  
  • 57. Era uma vez,uma princesa que era diferente das outras princesas que não gostava de jóias, a princesa era muito simples,e mimada ,gostava de várias coisas como arrumar o cabelo, se maquiar, ela não gostava de pedir coisas para os pais dela.
  • 58. Diferente de várias princesas,as outras princesas só pensavam em dinheiro e jóias e muitas mais coisas, como pedir dinheiro.
  • 59. Um dia apareceu uma bruxa muito malvada que não gosta de princesa boazinha e mandou matar ela então ela decidiu se transformar em uma senhora boazinha para fingir que era amiga para matar ela.
  • 60. Em certo dia ela acordou em uma casa muito suja e quando levantou ouviu um barulho estranho e foi olhar o que era.Quando ela entrou a bruxa mandou ela se sentar. Ela sentou e a bruxa foi pegar um copo de água envenenado ela tomou e ficou muito tonta e desmaiou.
  • 61. A bruxa saiu correndo e chegou um príncipe e deu um beijo nela, ela acordou e ele viveram felizes para sempre. A princesa era diferente mas o final é o mesmo.
  • 62. Livro produzido nas aulas de Língua Portuguesa na E.E. Simon Bolivar – Diadema – São Paulo – Brasil sob a supervisão da Professora Enir Ester Portella Garcia.