Estragando a sua vida:uma     pequena fumaça  um GRANDE incêndio!
O TABACO é o nome comum  dado às plantas do gênero  Nicotiana L.  (Solanaceae), em particular  a N. tabacum, originárias  ...
Doenças associadas ao tabagismo                   incluem:               várias formas de    câncer, particularmente cânce...
Tabagismo passivo O tabagismo passivo (ou fumo passivo) refere-se ao ato de inalar a fumaça de qualquer substância fumíger...
O Fumo e a GravidezFumar durante a gravidez traz sérios  riscos. Abortos  espontâneos, nascimentos  prematuros, bebês de b...
Fumo na infância      Há um número imenso de criançasque são expostas ao cigarro em suaspróprias casas. O hábito de fumar ...
O cigarro é inimigo da boca!          •   No quesito saúde bucal, os efeitos do cigarro vão de              mau hálito à p...
Valorize aquilo que você tem de melhor:                             SUA VIDA!Organização: Jovens Talentos para a Ciência –...
Trabalho realizado pelos alunos JT:         Jessica Soares de Paula    José Júnior Guimarães de Sousa           Juliane de...
OBRIGADO!
Referências Bibliográficashttp://pt.wikipedia.org/wiki/cigarro 20-05-2011 – 14:15http://besblog.com.br 20-05-2011 – 14:30w...
 Apresentação tabagismo
 Apresentação tabagismo
 Apresentação tabagismo
 Apresentação tabagismo
 Apresentação tabagismo
 Apresentação tabagismo
 Apresentação tabagismo
 Apresentação tabagismo
 Apresentação tabagismo
 Apresentação tabagismo
 Apresentação tabagismo
 Apresentação tabagismo
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação tabagismo

27.456 visualizações

Publicada em

0 comentários
14 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
27.456
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
533
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1.036
Comentários
0
Gostaram
14
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação tabagismo

  1. 1. Estragando a sua vida:uma pequena fumaça um GRANDE incêndio!
  2. 2. O TABACO é o nome comum dado às plantas do gênero Nicotiana L. (Solanaceae), em particular a N. tabacum, originárias da América do Sul, das quais é extraída a substância chamada nicotina. Os povos indígenas da América utilizavam o tabaco com fins medicinais, em cerimônias. Foi levado para a Europa pelos espanhóis no início do século XVI. Era mascado, ou então aspirado sob a forma de rapé (depois de secar as suas folhas)
  3. 3. Doenças associadas ao tabagismo incluem: várias formas de câncer, particularmente câncer de pulmão, câncer dos rins , dalaringe, Cabeça, pescoço, mamas, bexi ga, esôfago, pâncreas e estômago.Há evidências de risco aumentado de leucemia, câncer de pele, fígado, colo uterino, intestinos, Vesícula biliar, adrenal, além de correlação com tumores infantis. Doenças cardiovasculares; acidentes vasculares cerebrais; doença vascular periférica; distúrbios respiratórios, como bronquite, doença pulmonar obstrutiva crônica e enfisema; tromboangeite obliterante; Impotência sexual; catarata; redução da memória e dificuldade de aprendizado em tabagistas adolescente
  4. 4. Tabagismo passivo O tabagismo passivo (ou fumo passivo) refere-se ao ato de inalar a fumaça de qualquer substância fumígera proveniente de um fumante, fazendo com que os malefícios do fumo ocorram mesmo em não-fumantes. Impacto à saúde De acordo com pesquisa realizada no Brasil pelo Instituto Nacional do Câncer, ao menos sete brasileiros que não fumam morrem a cada dia por doenças provocadas pela exposição passiva à fumaça do tabaco. Os não fumantes, que presenciam fumantes, ou passam tempos mesmo que esporadicos, proximo a esses, pode ter os seguintes sintomas: Coceira nos olhos; - Tosse interminente; - Odores na laringe; - Odores nos membros e vestes; - Trombose nas vias aeras; - Odores capilares; - Falta de apetite; - Falta de olfato; - Falta de paladar;
  5. 5. O Fumo e a GravidezFumar durante a gravidez traz sérios riscos. Abortos espontâneos, nascimentos prematuros, bebês de baixo peso, mortes fetais e de recém- nascidos, complicações com a placenta e episódios de hemorragia (sangramento) ocorrem mais freqüentemente quando a mulher grávida fuma. A gestante que fuma apresenta mais complicações durante o parto e têm o dobro de chances de ter um bebê de menor peso e menor comprimento, comparando-se com a grávida que não fuma.Tais agravos são devidos, principalmente, aos efeitos do monóxido de carbono e da nicotina exercidos sobre o feto, após a absorção pelo organismo materno. Um único cigarro fumado por uma gestante é capaz de acelerar, em poucos minutos, os batimentos cardíacos do feto, devido ao efeito da nicotina sobre o seu aparelho cardiovascular.
  6. 6. Fumo na infância Há um número imenso de criançasque são expostas ao cigarro em suaspróprias casas. O hábito de fumar dos paispode trazer consequências graves à saúdee à vida da criança. Além da criança ter mais chances dedesenvolver problemas, tais como:infecções respiratórias(bronquite, pneumonia,etc), menorestatura, retardo em seu desenvolvimentopsicomental e diminuição da capacidadevital e função pulmonar, o hábito de fumarde um adulto pode levar uma criança aimitá-lo. Tornando-se futuramente umadulto fumante.
  7. 7. O cigarro é inimigo da boca! • No quesito saúde bucal, os efeitos do cigarro vão de mau hálito à precoce perda dos dentes. Segundo uma pesquisa, quem fuma pode ficar desdentado antes da hora, especialmente se o viciado for do sexo feminino. Segundo o estudo, as mulheres fumantes têm 67% mais chances de perder seus dentes do que as não- fumantes. A saúde bucal dos fumantes é mais frágil porque o tabaco diminui a resposta imunológica a bactérias. O monóxido de carbono presente na fumaça que é ingerida pelo fumante reduz a concentração de oxigênio e inibe a movimentação de glóbulos brancos, reduzindo sua capacidade de destruir bactérias. Outros elementos químicos presentes na fumaça do cigarro podem diminuir ainda mais a resistência dos tecidos do periodonto (conjunto que sustenta os dentes). Esses elementos são absorvidos pelas raízes dos dentes. A falta de anticorpos também pode contribuir para que o fumante desenvolva halitose (mau hálito). Como se não bastasse, outros estudos também estão sendo feitos para demonstrar os danos causados pelo cigarro ao esmalte dos dentes, fazendo com que eles também, além das gengivas, fiquem escuros.
  8. 8. Valorize aquilo que você tem de melhor: SUA VIDA!Organização: Jovens Talentos para a Ciência – C.E.D.L.
  9. 9. Trabalho realizado pelos alunos JT: Jessica Soares de Paula José Júnior Guimarães de Sousa Juliane de Lima Souza Leon Lima e Silva Lucas Campos Crisostomo Lucas Tuzze de Oliveira Matheus Benásio Ribeiro Matheus Gonçalves Gabry Matheus Gomes Botagio Dias Patrick Soares Paula Machado de Araújo Rodolfo Gomes de Araújo Tamara Oliveira Candido Túlio da Silva Resende Vitor Melo Erse Cyrino Wellington Carreiro Campos Colaboradores: Cátia Dinis Carvalho Jardim Douglas de Rezende Medeiros Matheus Farinazzo CordeiroRachel de Fátima Araújo de Azevedo José Orientadora: Sandra Maria Gomes de Azevedo
  10. 10. OBRIGADO!
  11. 11. Referências Bibliográficashttp://pt.wikipedia.org/wiki/cigarro 20-05-2011 – 14:15http://besblog.com.br 20-05-2011 – 14:30www.euamoanatureza.com 23-05-2011 – 15:00www.fernandopaes.ppg.br 23-05-2011 – 15:16www.dcomercio.com.br/especiais 24-05-2011 – 14:28www.orientacoesmedicas.com.br/apagueocigarro3.as p 24-05-2011 – 14:45http://anamariaornellas.blogspot.com/2011/01/o- cigarro-pode-ser-extinto-ate-2050.html 25-05-2011 – 15:30

×