SlideShare uma empresa Scribd logo
30/01/15 1
REFERENCIAL
CARTESIANO
Aula 1
Professora Renata Dias Melo Varella
30/01/15 2
Introdução
No estudo da Matemática para se localizar os pontos
no plano é necessário utilizar o termo:
REFERENCIAL CARTESIANO
Y
X
30/01/15 3
REFERENCIAL CARTESIANO
O gráfico cartesiano possui dois eixos que são
perpendiculares entre si. Podemos visualizar
abaixo:
y
Eixo das ordenadas
x
Eixo das abcissas
O eixo vertical é denominado como eixo das ordenadas e o
sentido dele vai de baixo para cima.
O eixo horizontal é denominado como eixo das abcissas e o
sentido dele vai da esquerda para a direita.
O ponto de encontro desses dois eixos podemos denominar
como origem.
0 origem
30/01/15 4
REFERENCIAL CARTESIANO
Cada ponto que pertence ao plano podemos chamar
de par de números (a:b), e denominamos como
coordenadas do ponto.
a que é a primeira coordenada do ponto chamamos de
abcissa.
b que é a segunda coordenada do ponto chamamos
de ordenada.
y
xa
b (a,b)
30/01/15 5
REFERENCIAL CARTESIANO
Podemos exemplificar da seguinte forma: Dada a
figura abaixo, sendo o ponto A formado pela
abcissa 3 e sua ordenada 2. Podemos dizer que
suas coordenadas são 3 e 2 e podem se
representadas por:
A (3,2)
No gráfico:
0 1 2 3
1
2 A
30/01/15 6
CONCLUSÃO
Podemos dizer então que o chamado plano ou
referencial cartesiano baseia-se no encontro de
dois eixos, sendo estes eixos perpendiculares entre
si e sua junção será no ponto 0, que é a origem
destes dois pontos (x e y). O primeiro é o eixo das
abcissas e o segundo ponto é o eixo das
ordenadas.
30/01/15 7
REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA
CASTRO, Luiz Roberto da Silveira; DOLCE, Osvaldo;
GOULART, Márcio Cintra; IEZZI, Gelson;
MACHADO, Antonio dos Santos; MACHADO,
Nilson José; TEIXEIRA, José Carlos. Matemática.
São Paulo: Atual Editora LTDA, 1992. p. 1-4.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

10 ficha-referencial-cartesiano
10 ficha-referencial-cartesiano10 ficha-referencial-cartesiano
10 ficha-referencial-cartesiano
Cristina Monteiro
 
Referencial cartesiano
Referencial cartesianoReferencial cartesiano
Referencial cartesiano
José Américo Santos
 
Trabalho - Matemática (Gráfico Cartesiano)
Trabalho - Matemática (Gráfico Cartesiano)Trabalho - Matemática (Gráfico Cartesiano)
Trabalho - Matemática (Gráfico Cartesiano)
Carlos Vicente
 
Conjuntos MATEMÁTICA
Conjuntos MATEMÁTICAConjuntos MATEMÁTICA
Conjuntos MATEMÁTICA
M. Martins
 
Matrizes: abordagem histórica
Matrizes: abordagem históricaMatrizes: abordagem histórica
Matrizes: abordagem histórica
Micheline Salles
 
Matrizes
MatrizesMatrizes
Matrizes
Roberto Leal
 
Lista af2 - 3° bimestre - 8° ano - 2015
Lista   af2 - 3° bimestre - 8° ano - 2015Lista   af2 - 3° bimestre - 8° ano - 2015
Lista af2 - 3° bimestre - 8° ano - 2015
proffelipemat
 
Posicao relativa-de-rectas-e-planos2
Posicao relativa-de-rectas-e-planos2Posicao relativa-de-rectas-e-planos2
Posicao relativa-de-rectas-e-planos2
Edivaldo Silver
 
Cristina atividade5
Cristina atividade5Cristina atividade5
Cristina atividade5
Cristina Araujo
 
Geometria espacial
Geometria espacialGeometria espacial
Geometria espacial
José Miguel Dos Santos
 
Referencial cartesiano
Referencial cartesianoReferencial cartesiano
Referencial cartesiano
Carla Maia
 
Geometria de Posição
Geometria de PosiçãoGeometria de Posição
Geometria de Posição
Gabriela Maretti
 
Geometria espacial de posição
Geometria espacial de posiçãoGeometria espacial de posição
Geometria espacial de posição
Lucas pk'
 
Matrizes resumo
Matrizes resumoMatrizes resumo
Matrizes resumo
jackpage
 
Matrizes
MatrizesMatrizes
Matrizes
jackpage
 
Ficha trab rectas angulos
Ficha trab rectas angulosFicha trab rectas angulos
Ficha trab rectas angulos
Cristina Jesus
 
Gabriel e Erik
Gabriel e ErikGabriel e Erik
Gabriel e Erik
escolacaldas
 
Planos
PlanosPlanos

Mais procurados (18)

10 ficha-referencial-cartesiano
10 ficha-referencial-cartesiano10 ficha-referencial-cartesiano
10 ficha-referencial-cartesiano
 
Referencial cartesiano
Referencial cartesianoReferencial cartesiano
Referencial cartesiano
 
Trabalho - Matemática (Gráfico Cartesiano)
Trabalho - Matemática (Gráfico Cartesiano)Trabalho - Matemática (Gráfico Cartesiano)
Trabalho - Matemática (Gráfico Cartesiano)
 
Conjuntos MATEMÁTICA
Conjuntos MATEMÁTICAConjuntos MATEMÁTICA
Conjuntos MATEMÁTICA
 
Matrizes: abordagem histórica
Matrizes: abordagem históricaMatrizes: abordagem histórica
Matrizes: abordagem histórica
 
Matrizes
MatrizesMatrizes
Matrizes
 
Lista af2 - 3° bimestre - 8° ano - 2015
Lista   af2 - 3° bimestre - 8° ano - 2015Lista   af2 - 3° bimestre - 8° ano - 2015
Lista af2 - 3° bimestre - 8° ano - 2015
 
Posicao relativa-de-rectas-e-planos2
Posicao relativa-de-rectas-e-planos2Posicao relativa-de-rectas-e-planos2
Posicao relativa-de-rectas-e-planos2
 
Cristina atividade5
Cristina atividade5Cristina atividade5
Cristina atividade5
 
Geometria espacial
Geometria espacialGeometria espacial
Geometria espacial
 
Referencial cartesiano
Referencial cartesianoReferencial cartesiano
Referencial cartesiano
 
Geometria de Posição
Geometria de PosiçãoGeometria de Posição
Geometria de Posição
 
Geometria espacial de posição
Geometria espacial de posiçãoGeometria espacial de posição
Geometria espacial de posição
 
Matrizes resumo
Matrizes resumoMatrizes resumo
Matrizes resumo
 
Matrizes
MatrizesMatrizes
Matrizes
 
Ficha trab rectas angulos
Ficha trab rectas angulosFicha trab rectas angulos
Ficha trab rectas angulos
 
Gabriel e Erik
Gabriel e ErikGabriel e Erik
Gabriel e Erik
 
Planos
PlanosPlanos
Planos
 

Destaque

Fundamentos de mercadeo
Fundamentos de mercadeoFundamentos de mercadeo
Fundamentos de mercadeo
november29
 
Spiritual Security
Spiritual SecuritySpiritual Security
Spiritual Security
0ddj0bb
 
Actividades del Mes de Junio
Actividades del Mes de JunioActividades del Mes de Junio
Actividades del Mes de Junio
Esc. Gran Bretaña
 
Wohning tp2
Wohning tp2Wohning tp2
Wohning tp2
Erica Wohning
 
Folleto Postgrado Moda Retail Nov 2012
Folleto Postgrado Moda Retail Nov 2012Folleto Postgrado Moda Retail Nov 2012
Folleto Postgrado Moda Retail Nov 2012
gemmasolis
 
Marcadores sociales y_seo
Marcadores sociales y_seoMarcadores sociales y_seo
Marcadores sociales y_seo
Elena Andrés
 
Africa
 Africa Africa
Expocision 6
Expocision 6Expocision 6
Expocision 6
awesomepaps
 
Guión docente
Guión docenteGuión docente
Guión docente
pamelacardenasc
 
Lista de inscritos
Lista de inscritosLista de inscritos
Lista de inscritos
dlm1
 
La importancia de llamarse ernesto resumenes
La importancia de llamarse ernesto resumenesLa importancia de llamarse ernesto resumenes
La importancia de llamarse ernesto resumenes
Beatriz Juarez
 
Museo de la basura2
Museo de la basura2Museo de la basura2
Museo de la basura2
andres6312
 
Fotos Blog
Fotos BlogFotos Blog
Fotos Blog
chubycer1991
 
Catálogo Domoalert Security [Spanish]
Catálogo Domoalert Security [Spanish]Catálogo Domoalert Security [Spanish]
Catálogo Domoalert Security [Spanish]Domoalert
 
eyc
eyc eyc
eyc
basuratic
 
Daniel 4º consumo
Daniel 4º  consumoDaniel 4º  consumo
Daniel 4º consumo
eped3
 
Acxel
AcxelAcxel
Entrevista al dip. angulo en mvs
Entrevista al dip. angulo en mvsEntrevista al dip. angulo en mvs
Entrevista al dip. angulo en mvs
UNAM
 
Referencias
ReferenciasReferencias
Referencias
mcastrom264
 
Actividad Tic3
Actividad Tic3Actividad Tic3
Actividad Tic3
Audy Campo
 

Destaque (20)

Fundamentos de mercadeo
Fundamentos de mercadeoFundamentos de mercadeo
Fundamentos de mercadeo
 
Spiritual Security
Spiritual SecuritySpiritual Security
Spiritual Security
 
Actividades del Mes de Junio
Actividades del Mes de JunioActividades del Mes de Junio
Actividades del Mes de Junio
 
Wohning tp2
Wohning tp2Wohning tp2
Wohning tp2
 
Folleto Postgrado Moda Retail Nov 2012
Folleto Postgrado Moda Retail Nov 2012Folleto Postgrado Moda Retail Nov 2012
Folleto Postgrado Moda Retail Nov 2012
 
Marcadores sociales y_seo
Marcadores sociales y_seoMarcadores sociales y_seo
Marcadores sociales y_seo
 
Africa
 Africa Africa
Africa
 
Expocision 6
Expocision 6Expocision 6
Expocision 6
 
Guión docente
Guión docenteGuión docente
Guión docente
 
Lista de inscritos
Lista de inscritosLista de inscritos
Lista de inscritos
 
La importancia de llamarse ernesto resumenes
La importancia de llamarse ernesto resumenesLa importancia de llamarse ernesto resumenes
La importancia de llamarse ernesto resumenes
 
Museo de la basura2
Museo de la basura2Museo de la basura2
Museo de la basura2
 
Fotos Blog
Fotos BlogFotos Blog
Fotos Blog
 
Catálogo Domoalert Security [Spanish]
Catálogo Domoalert Security [Spanish]Catálogo Domoalert Security [Spanish]
Catálogo Domoalert Security [Spanish]
 
eyc
eyc eyc
eyc
 
Daniel 4º consumo
Daniel 4º  consumoDaniel 4º  consumo
Daniel 4º consumo
 
Acxel
AcxelAcxel
Acxel
 
Entrevista al dip. angulo en mvs
Entrevista al dip. angulo en mvsEntrevista al dip. angulo en mvs
Entrevista al dip. angulo en mvs
 
Referencias
ReferenciasReferencias
Referencias
 
Actividad Tic3
Actividad Tic3Actividad Tic3
Actividad Tic3
 

Semelhante a Referencial cartesiano

Referencial cartesiano
Referencial cartesianoReferencial cartesiano
Referencial cartesiano
diasvarella
 
10 ficha-referencial-cartesiano
10 ficha-referencial-cartesiano10 ficha-referencial-cartesiano
10 ficha-referencial-cartesiano
anabela explicaexplica
 
Xadrez e plano cartesiano
Xadrez e plano cartesianoXadrez e plano cartesiano
Xadrez e plano cartesiano
RIQOLIVER
 
3 Revisão plano cartetsiano.pdf
3 Revisão plano cartetsiano.pdf3 Revisão plano cartetsiano.pdf
3 Revisão plano cartetsiano.pdf
karfrio
 
Dicionário%20 matemático[1]
Dicionário%20 matemático[1]Dicionário%20 matemático[1]
Dicionário%20 matemático[1]
bibliotecaesla
 
Plano Cartesiano
Plano CartesianoPlano Cartesiano
Plano Cartesiano
José Eugênio Gimenez
 
Geoanalitica atualização1
Geoanalitica atualização1Geoanalitica atualização1
Geoanalitica atualização1
Secretaria da Educação Bahia
 
Construção de um plano cartesiano
Construção de um plano cartesianoConstrução de um plano cartesiano
Construção de um plano cartesiano
Marcossilva2905
 
Plano Cartesiano.pptx
Plano Cartesiano.pptxPlano Cartesiano.pptx
Plano Cartesiano.pptx
GleiceSouza31
 
Construção de um plano cartesiano
Construção de um plano cartesianoConstrução de um plano cartesiano
Construção de um plano cartesiano
Marcossilva2905
 
Construção de um plano cartesiano
Construção de um plano cartesianoConstrução de um plano cartesiano
Construção de um plano cartesiano
Marcossilva2905
 
Habilidade h28 definitiva
Habilidade h28 definitivaHabilidade h28 definitiva
Habilidade h28 definitiva
Ludz_Tamboro
 
Reta numérica (7 ano professor ryldon)
Reta numérica  (7 ano professor ryldon)Reta numérica  (7 ano professor ryldon)
Reta numérica (7 ano professor ryldon)
ryldon
 
Geometria analítica
Geometria analítica Geometria analítica
Geometria analítica
belchior123
 
Geometria espacial.pptx
Geometria espacial.pptxGeometria espacial.pptx
Geometria espacial.pptx
HelenMorgana
 
Geometria analítica
Geometria analíticaGeometria analítica
Geometria analítica
Kaline Andreza
 
Geometria analítica
Geometria analíticaGeometria analítica
Geometria analítica
Kaline Andreza
 
Apostila de geometria_analitica_filipe
Apostila de geometria_analitica_filipeApostila de geometria_analitica_filipe
Apostila de geometria_analitica_filipe
Everaldo Geb
 
06 retas-e-planos
06 retas-e-planos06 retas-e-planos
06 retas-e-planos
Juraci Sousa
 
06 retas-e-planos
06 retas-e-planos06 retas-e-planos
06 retas-e-planos
Ana Catarina Veríssimo
 

Semelhante a Referencial cartesiano (20)

Referencial cartesiano
Referencial cartesianoReferencial cartesiano
Referencial cartesiano
 
10 ficha-referencial-cartesiano
10 ficha-referencial-cartesiano10 ficha-referencial-cartesiano
10 ficha-referencial-cartesiano
 
Xadrez e plano cartesiano
Xadrez e plano cartesianoXadrez e plano cartesiano
Xadrez e plano cartesiano
 
3 Revisão plano cartetsiano.pdf
3 Revisão plano cartetsiano.pdf3 Revisão plano cartetsiano.pdf
3 Revisão plano cartetsiano.pdf
 
Dicionário%20 matemático[1]
Dicionário%20 matemático[1]Dicionário%20 matemático[1]
Dicionário%20 matemático[1]
 
Plano Cartesiano
Plano CartesianoPlano Cartesiano
Plano Cartesiano
 
Geoanalitica atualização1
Geoanalitica atualização1Geoanalitica atualização1
Geoanalitica atualização1
 
Construção de um plano cartesiano
Construção de um plano cartesianoConstrução de um plano cartesiano
Construção de um plano cartesiano
 
Plano Cartesiano.pptx
Plano Cartesiano.pptxPlano Cartesiano.pptx
Plano Cartesiano.pptx
 
Construção de um plano cartesiano
Construção de um plano cartesianoConstrução de um plano cartesiano
Construção de um plano cartesiano
 
Construção de um plano cartesiano
Construção de um plano cartesianoConstrução de um plano cartesiano
Construção de um plano cartesiano
 
Habilidade h28 definitiva
Habilidade h28 definitivaHabilidade h28 definitiva
Habilidade h28 definitiva
 
Reta numérica (7 ano professor ryldon)
Reta numérica  (7 ano professor ryldon)Reta numérica  (7 ano professor ryldon)
Reta numérica (7 ano professor ryldon)
 
Geometria analítica
Geometria analítica Geometria analítica
Geometria analítica
 
Geometria espacial.pptx
Geometria espacial.pptxGeometria espacial.pptx
Geometria espacial.pptx
 
Geometria analítica
Geometria analíticaGeometria analítica
Geometria analítica
 
Geometria analítica
Geometria analíticaGeometria analítica
Geometria analítica
 
Apostila de geometria_analitica_filipe
Apostila de geometria_analitica_filipeApostila de geometria_analitica_filipe
Apostila de geometria_analitica_filipe
 
06 retas-e-planos
06 retas-e-planos06 retas-e-planos
06 retas-e-planos
 
06 retas-e-planos
06 retas-e-planos06 retas-e-planos
06 retas-e-planos
 

Referencial cartesiano

  • 2. 30/01/15 2 Introdução No estudo da Matemática para se localizar os pontos no plano é necessário utilizar o termo: REFERENCIAL CARTESIANO Y X
  • 3. 30/01/15 3 REFERENCIAL CARTESIANO O gráfico cartesiano possui dois eixos que são perpendiculares entre si. Podemos visualizar abaixo: y Eixo das ordenadas x Eixo das abcissas O eixo vertical é denominado como eixo das ordenadas e o sentido dele vai de baixo para cima. O eixo horizontal é denominado como eixo das abcissas e o sentido dele vai da esquerda para a direita. O ponto de encontro desses dois eixos podemos denominar como origem. 0 origem
  • 4. 30/01/15 4 REFERENCIAL CARTESIANO Cada ponto que pertence ao plano podemos chamar de par de números (a:b), e denominamos como coordenadas do ponto. a que é a primeira coordenada do ponto chamamos de abcissa. b que é a segunda coordenada do ponto chamamos de ordenada. y xa b (a,b)
  • 5. 30/01/15 5 REFERENCIAL CARTESIANO Podemos exemplificar da seguinte forma: Dada a figura abaixo, sendo o ponto A formado pela abcissa 3 e sua ordenada 2. Podemos dizer que suas coordenadas são 3 e 2 e podem se representadas por: A (3,2) No gráfico: 0 1 2 3 1 2 A
  • 6. 30/01/15 6 CONCLUSÃO Podemos dizer então que o chamado plano ou referencial cartesiano baseia-se no encontro de dois eixos, sendo estes eixos perpendiculares entre si e sua junção será no ponto 0, que é a origem destes dois pontos (x e y). O primeiro é o eixo das abcissas e o segundo ponto é o eixo das ordenadas.
  • 7. 30/01/15 7 REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA CASTRO, Luiz Roberto da Silveira; DOLCE, Osvaldo; GOULART, Márcio Cintra; IEZZI, Gelson; MACHADO, Antonio dos Santos; MACHADO, Nilson José; TEIXEIRA, José Carlos. Matemática. São Paulo: Atual Editora LTDA, 1992. p. 1-4.