Projeto Multidisciplinar IITEMA 2AtividadesInstruçõesA seguir você encontrará algumas questões para resolver individualmen...
pedagógica (AZEVEDO, 2010 p. 20). Sendo assim, embora se manifeste nosujeito da aprendizagem, nem sempre o problema de apr...
Os pais ou responsáveis preferiram que trabalhasse               0,61         0,34Outro motivo                            ...
09. (IF FARROPILHA, 2009 - adaptado). O fracasso escolar só existe no circuito dodesânimo, que castiga os alunos provenien...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Download Atividades 2 P.M

5.042 visualizações

Publicada em

TEMA 2
Projeto Multidisciplinar II

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.042
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3.716
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Download Atividades 2 P.M

  1. 1. Projeto Multidisciplinar IITEMA 2AtividadesInstruçõesA seguir você encontrará algumas questões para resolver individualmente e/ou emgrupo. Elas foram formuladas com base no assunto tratado na primeira parte docapítulo I do Livro-Texto (pp. 19-28). Discuta a temática abordada com seus colegas.Lembre-se de que algumas atividades deverão ser postadas no ambiente virtual deaprendizagem moodle. Fique atento às orientações do seu professor EAD.Ponto de PartidaVocê e seus colegas, com certeza, conhecem alguém que abandonou a escola. Qualfoi o motivo dessa desistência? Certamente, também, vocês sabem de “casos” depessoas que depois de vários anos voltam a estudar. O que leva essas pessoas aretomarem seus estudos? Compare sua resposta com o restante da sala.Resposta Pessoal. Espera-se que os(as) alunos(as) apontem alguns dosvários motivos que desencadeiam a desistência dos estudos como:problemas sociais (necessidade de gerar renda, dificuldade de acesso àescola, etc.), problemas familiares (pais com poucos anos de estudo quenão valorizam a educação, por exemplo), desinteresse (currículo semsignificado, professores descompromissados, falta de diálogo, entreoutros) para citar alguns. No que se refere a retomada dos estudostambém espera-se que os(as) alunos(as) apontem alguns dos váriosmotivos como: empregabilidade, necessidade de profissionalização,ascensão social, disponibilidade de recursos, entre outros.Agora é com você! Responda às questões a seguir para conferir o que aprendeu.01. “Dificuldades de aprendizagem” e “distúrbio de aprendizagem” podem serconsiderados sinônimos? Explique.Não. Os distúrbios de aprendizagem referem-se a patologias enquanto asdificuldades de aprendizagem estão relacionadas a pessoas sadias quenão apresentam um desempenho escolar satisfatório. Há diferenças,evidentemente, no que se refere à intervenção: no primeiro caso, estaprecisa focar o individuo e, no segundo caso, não pode estar focadasomente no sujeito, mas contextualizada.02. “Se um aluno apresenta dificuldades na sala de aula, é necessário investigar ocontexto da sala, as interações que ocorrem entre o aluno, seus colegas e seuprofessor. É preciso investigar, também, sua história pessoal e suas particularidadesde vida. Fechar a questão apenas com a criança é tornar a dificuldade escolar umproblema, na medida em que uma série de intervenções repetitivas, centralizadas, sóconseguem manter, quando não aumentar a dificuldade, tornando o desajuste aindamaior”. (AZEVEDO, 2010, pp. 26-27)Por que é importante considerar o contexto do sujeito para diagnosticar e intervir nasdificuldades de aprendizagem apresentadas? Justifique.As dificuldades de aprendizagem reportam-se a uma constelação defatores de natureza sociocultural e econômica, familiar, emocional e 1
  2. 2. pedagógica (AZEVEDO, 2010 p. 20). Sendo assim, embora se manifeste nosujeito da aprendizagem, nem sempre o problema de aprendizagem estáno sujeito. Não se pode esquecer também que as condições deaprendizagem decorrem não só das características do processo dedesenvolvimento do sujeito, como também das características daspráticas pedagógicas que lhe são oferecidas.03. No Livro-Texto aparece uma referência de que, até a década de 1980, no Brasil,grande parte das pesquisas que versavam sobre o fracasso escolar dos alunos dasséries iniciais do ensino era decorrente de problemas de ordem social(especialmente, nutricional). Azevedo classifica tais teorizações como preconceituosase distorcidas. Entretanto, a autora do Livro-Texto reconhece que “as criançasdesfavorecidas social, cultural e economicamente são, também, desfavorecidaspedagogicamente”. (AZEVEDO, p. 25). Posicione-se perante esse aparentecontrasenso apresentado por Azevedo (2010).É comprovado que as crianças desfavorecidas socialmente estão maissujeitas a sofrerem situações adversas em suas experiências escolares(acesso a instituições com menor qualidade de ensino: maiorabstencionismo dos professores, piores modelos de estimulação,motivação e orientação etc.) que podem desencadear atrasos no seudesenvolvimento escolar, mas tachar o desfavorecimento social como acausa do fracasso escolar seria um grande engodo. Ao circunscrever ofracasso escolar a problemas sociais (um fator externo à escola)desconsideraríamos todos os outros aspectos envolvidos(inclusive os do âmbito escolar) e também o fato de sujeitosdesfavorecidos socialmente apresentarem um bom desempenho escolare vice-versa (o que configuraria preconceito).04. Aponte ao menos três medidas que devem ser adotadas pela equipe escolar paracombater o “fantasma” do fracasso escolar de seus alunos. Compartilhe suaspropostas com os demais colegas de turma.ATIVIDADE AVALIATIVA05. O quadro apresentado a seguir foi compilado de uma pesquisa realizadarecentemente no Brasil, patrocinada pelo movimento “Todos Pela Educação (TPE)”,intitulada “Motivos da evasão escolar”.Quadro Geral dos Motivos para Evasão Motivos de Evasão 2004 2006Ajudar nos afazeres domésticos 2,96 3,68Trabalhar ou procurar trabalho 16,88 20,69Falta de transporte escolar 1,39 1,11Falta de dinheiro para se manter na escola 2,29 2,38Falta de documentação 0,74 1,03Não existir escola perto de casa 1,90 1,37Falta de vaga na escola 1,98 1,72Concluiu o curso ou a série desejada 3,31 5,51Não teve quem o(a) levasse 0,01 -Doença ou incapacidade 5,12 4,91Não quis frequentar a escola 40,58 33,59Expulsão da escola que frequentava - 0,49A escola próxima de casa não oferece curso mais elevado - 0,75Os pais ou responsáveis não quiseram que frequentasse 1,24 1,19 2
  3. 3. Os pais ou responsáveis preferiram que trabalhasse 0,61 0,34Outro motivo 20,77 21,24(Adaptado de NERI (2009) p. 22).De acordo com o quadro analisado, qual é o principal motivo da evasão escolar noPaís, recentemente? Comente.O principal motivo da evasão escolar no Brasil é o desinteresse dospróprios alunos, tanto é que a evasão aumenta conforme avançamos asséries especialmente ao considerarmos o ensino médio. A escola nãoatrai, principalmente, os jovens de baixa renda que não vêemperspectivas em continuar seus estudos, enfrentam dificuldades parafazê-lo (falta de transporte, necessidade de gerar renda, por exemplo) ouainda são atingidos por situações adversas em seu processo escolar(preconceito, professores desmotivados, violência, currículosdescontextualizados etc.).06. (SEE / MT, 2006). Não há como negar que a exclusão das crianças da escola, nasprimeiras séries, a repetência e a evasão podem se constituir como crimes sociais.Pode-se considerar como uma das causas deste quadro:a) A condição de pobreza em que se encontra uma grande parte da população.b) A precariedade dos conhecimentos que a família de muitos alunos apresenta.c) O despreparo da escola em lidar com as crianças que recebe.d) A indisposição dos alunos para a aprendizagem e estudo dos conteúdos.e) A indisciplina dos alunos facilmente verificada nas unidades escolares.07. (TRANSPETRO, 2006). Quando se pensa na educação de adultos no ambienteprofissional, não é possível deixar de considerar as condições psicológicas daaprendizagem, no que diz respeito à motivação. Sobre esta é correto afirmar que:a) Depende estritamente dos aspectos energético e teleológico para ser promovida,independente do aspecto genético.b) Conserva-se na fase adulta a necessidade de satisfação imediata dos impulsos,própria da infância, sem a qual o indivíduo tem prejudicada a capacidade de semotivar.c) Ocorre com maior facilidade em ambiente desprovido de estímulos externos, pois odespertar da motivação supõe plena liberdade de ação.d) Torna-se mais intensa quando o educador oferece informações sobreos resultados positivos do trabalho e propõe atividades de formadesafiadora.e) Envolve a aprendizagem de relações e conceitos, ao contrário do que ocorre naaprendizagem motora, que subsiste sem a motivação.08. (ENADE, 2008 - Pedagogia). A relação entre educação escolar e desigualdadesocial vem sendo estudada pela Sociologia há mais de um século. Diferentes autorese diversas correntes de pensamento explicam os complexos mecanismos dessarelação. Mesmo considerando as grandes diferenças existentes entre países eépocas, a escolarização progressiva da população:a) Vem acompanhada de um aumento das exigências educacionais domercado de trabalho.b) Garante empregabilidade compatível com o nível de instrução.c) Proporciona acesso ao mercado de trabalho devido à diminuição dacompetitividade.d) Está relacionada às crises econômicas e favorece o desemprego.e) Gera equanimidade entre segmentos sociais e diminuição de conflitos culturais. 3
  4. 4. 09. (IF FARROPILHA, 2009 - adaptado). O fracasso escolar só existe no circuito dodesânimo, que castiga os alunos provenientes dos setores populares. O fracasso seexpressa como repetência, desistência e baixo rendimento. É evidente que o fatorcausal do fracasso escolar, o fator comum que subjaz às suas três expressões, temrelação direta com a língua escrita, com a alfabetização inicial e com a compreensãoda leitura. Sobre o fracasso escolar, assinale a alternativa correta.a) O fracasso escolar é resultado de as pessoas falarem de modo inadequado ànorma culta.b) As crianças que mais repetem de ano são filhas de pais analfabetos que não seimportam com a fala acadêmica.c) A prevenção ao fracasso escolar passa pela promoção da aquisição euso eficiente da leitura e escrita; não se refere ao fracasso da criança,nem do professor, e muito menos dos pais, mas sim da própria escola edo seu sistema educacional.d) A responsabilidade é da direção escolar que solicita pouco alimento para o governo,pois crianças bem alimentadas e nutridas aprendem melhor e não fracassam naescola.e) O fracasso escolar ocorre devido à falta de profissionais qualificados.10. (Ministério Público/MG, 2002 - adaptado) De acordo com Bernard Charlot, paraanalisarmos o fracasso escolar, devemos levar em consideração, exceto:a) As posições de origem social, de deficiência e de causalidade.b) A singularidade e a história dos indivíduos.c) Sua atividade específica, suas práticas.d) A especificidade dessa atividade, que se desenvolve (ou não) no campo do saber.e) As posições de origem cultural, social e de causalidade.Anotações 4

×