Amai os vossos inimigos

1.300 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.300
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
138
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
25
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Amai os vossos inimigos

  1. 1. =CLIQUE AO SEU TEMPO PARA MUDAR OS SLIDES=
  2. 2. JESUS NÃO PRETENDIA, AODIZER ESTAS PALAVRAS, QUESE DEVE TER PELO INIMIGO AMESMA TERNURA QUE SE TEMPOR UM IRMÃO OU AMIGO.A TERNURA PRESUPÕECONFIANÇA.ORA, NÃO SE PODE TERCONFIANÇA NAQUELE QUE SESABE QUE NOS QUER MAL.NÃO SE PODE TER PARA COM ELE ASEFUSÕES DA AMIZADE, DESDE QUE SESABE QUE É CAPAZ DE ABUSAR DELAS.ENTRE PESSOAS QUE DESCONFIAMUMA DAS OUTRAS, NÃO PODE HAVERIMPULSOS DE SIMPATIA EXISTENTESENTRE AQUELAS QUE COMUNGAM NOSMESMOS PENSAMENTOS.NÃO SE PODE,ENFIM,TER A MESMASATISFAÇÃO AOENCONTRAR UMINIMIGO, QUE SE TEMCOM UM AMIGO.
  3. 3. ESSE SENTIMENTO, POR OUTROLADO,RESULTA DE UMA LEI FÍSICA:A DA ASSIMILAÇÃO E REPULSÃO DOSFLUIDOS.O PENSAMENTO MALÉVOLO EMITEUMA CORRENTE FLUÍDICA QUECAUSA PENOSA IMPRESSÃO.O PENSAMENTO BENÉVOLOENVOLVE-NOS EM UM EFLÚVIOAGRADÁVEL.DAÍ A DIFERENÇA DE SENSAÇÕES QUESE EXPERIMENTA À APROXIMAÇÃO DEUM INIMIGO OU DE UM AMIGO.AMAR AOS INIMIGOS NÃO PODE, POIS,SIGNIFICAR QUE NÃO SE DEVE FAZERNENHUMA DIFERENÇA ENTRE ELES EOS AMIGOS.ESSE PRECEEITO PARECEDIFÍCIL E ATÉ MESMOIMPOSSÍVEL DE SEPRATICAR, PORQUEFALSAMENTE SUPOMOSQUE ELE PRESCREVEDARMOS A UNS E AOUTROS O MESMO LUGARNO CORAÇÃO
  4. 4. AMAR AOS INIMIGOS, NÃO É, POISTER POR ELES UMA AFEIÇÃO QUENÃO É NATURAL, UMA VEZ QUE OCONTATO COM UM INIMIGO FAZBATER O CORAÇÃO DE MANEIRAINTEIRAMENTE DIVERSA QUE O DEUM AMIGO.MAS, NÃO É LHES TER ÓDIO, NEMRANCOR OU DESEJO DE VINGANÇA.É PERDOÁ-LOS, SEM SEGUNDAINTENÇÃO E INCONDICIONALMENTE,PELO MAL QUE NOS FIZERAM.É NÃO OPORNENHUMOBSTÁCULO ÀRECONC ILIAÇÃO.É DESEJAR-LHES OBEM EM VEZ DOMAL.É ALEGRAR-NOS EMLUGAR DEABORRECER-NOSCOM O BEM QUELHES ATINGE.
  5. 5. É ESTENDER-LHES A MÃOPRESTATIVA EM CASO DENECESSIDADE.É ABSTER-NOS, POR ATOS EPALAVRAS, DE TUDO QUE POSSAPREJUDICÁ-LOS.É, ENFIM, PAGAR-LHES O MALCOM O BEM, SEM INTENÇÃO DEHUMILHÁ-LOSTODO AQUELE QUEASSIM FIZER, CUMPREAS CONDIÇÕES DOMANDAMENTO: “ AMAIAOS VOSSOS INIMIGOS.”
  6. 6. AMAR AOSINIMIGOS É UMABSURDO PARAOSINCRÉDULOS.TRECHO EXTRAIDO DO LIVRO“O EVANGELHO SEGUNDO OESPIRITISMO”, OBRA DEALLAN KARDEC.CAPÍTULO X I I – PAGINAS 174 E 175=EME EDITORA=-TRADUÇÃO DE J. HERCULANO PIRES-FORMATAÇÃO: ÉLIOSIMIONATOeliosimionato@gmail.com
  7. 7. AMAR AOSINIMIGOS É UMABSURDO PARAOSINCRÉDULOS.TRECHO EXTRAIDO DO LIVRO“O EVANGELHO SEGUNDO OESPIRITISMO”, OBRA DEALLAN KARDEC.CAPÍTULO X I I – PAGINAS 174 E 175=EME EDITORA=-TRADUÇÃO DE J. HERCULANO PIRES-FORMATAÇÃO: ÉLIOSIMIONATOeliosimionato@gmail.com

×