25 de Abril A revolução dos cravos
Antes do 25 de Abril   <ul><li>Antes do dia 25 e Abril de 1974, Portugal vivia na tristeza e no medo. </li></ul><ul><li>Du...
PIDE <ul><li>A PIDE foi criada em 20 de Outubro de 1945, substituindo a policia de vigilância e defesa do Estado. </li></u...
<ul><li>00:20 horas </li></ul><ul><li>A transmissão da canção &quot; Grândola Vila Morena &quot; de José Afonso, no progra...
<ul><li>As forças paramilitares leais ao regime começam a render-se: a Legião Portuguesa é a primeira. </li></ul><ul><li>D...
<ul><li>25 de Abril - 19:30 horas </li></ul><ul><li>Rendição de Marcelo Caetano. A chaimite BULA entra no Quartel para ret...
 
Trabalho realizado por: <ul><li>- Diogo Galvão nº 7  </li></ul><ul><li>- João Fernandes nº 11 </li></ul><ul><li>Paulo Pere...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

25 De Abril

1.967 visualizações

Publicada em

acontecimentos ocorridos no 25 de Abril

Publicada em: Educação, Turismo, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.967
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
39
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

25 De Abril

  1. 1. 25 de Abril A revolução dos cravos
  2. 2. Antes do 25 de Abril <ul><li>Antes do dia 25 e Abril de 1974, Portugal vivia na tristeza e no medo. </li></ul><ul><li>Durante mais de 40 anos, Portugal era governado por Salazar numa ditadura. </li></ul><ul><li>Não havia democracia e não se realizavam eleições livres. </li></ul><ul><li>Havia censura com tudo o que podia ter haver com falar mal do governo </li></ul>
  3. 3. PIDE <ul><li>A PIDE foi criada em 20 de Outubro de 1945, substituindo a policia de vigilância e defesa do Estado. </li></ul><ul><li>Apresenta-se como um organismo autónomo da Policia Judiciaria. </li></ul><ul><li>PIDE era uma policia que vigiava, prendia e torturava que tivesse ideias contrarias ao governo, PIDE cuja principal função era a repressão de qualquer forma de oposição ao estado de Oliveira Salazar. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>00:20 horas </li></ul><ul><li>A transmissão da canção &quot; Grândola Vila Morena &quot; de José Afonso, no programa Limite da Rádio Renancença, é a senha escolhida pelo MFA, como sinal confirmativo de que as operações militares estão em marcha e são irreversíveis. </li></ul><ul><li>Das 00:30 às 16:00 horas </li></ul><ul><li>Ocupação de pontos estratégicos considerados fundamentais. </li></ul><ul><li>Forças da Escola Prática de Cavalaria de Santarém estacionam no Terreiro do Paço. </li></ul><ul><li>As forças paramilitares leais ao regime começam a render-se: a Legião Portuguesa é a primeira. </li></ul><ul><li>Desde a primeira hora o povo vem para a rua para expressar a sua alegria. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>As forças paramilitares leais ao regime começam a render-se: a Legião Portuguesa é a primeira. </li></ul><ul><li>Desde a primeira hora o povo vem para a rua para expressar a sua alegria. </li></ul><ul><li>25 de Abril - 16:30 horas </li></ul><ul><li>Expirado o prazo inicial para a rendição anunciado por megafone pelo Capitão Salgueiro Maia, e após algumas diligências feitas por mediadores civis, Marcelo Caetano faz saber que está disposto a render-se. </li></ul><ul><li>17:45 horas: </li></ul><ul><li>Spínola, mandatado pelo MFA entra no Quartel do Carmo para negociar a rendição do Governo. </li></ul><ul><li>O Quartel do Carmo hasteia a bandeira branca. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>25 de Abril - 19:30 horas </li></ul><ul><li>Rendição de Marcelo Caetano. A chaimite BULA entra no Quartel para retirar o ex-presidente do Conselho. </li></ul><ul><ul><li>20:00 horas </li></ul></ul><ul><li>20:00: Disparos de elementos da PIDE/DGS sobre manifestantes que começavam a afluir à sede daquela polícia na Rua António Maria Cardoso, fazem quatro mortos e 45 feridos. </li></ul>
  7. 8. Trabalho realizado por: <ul><li>- Diogo Galvão nº 7 </li></ul><ul><li>- João Fernandes nº 11 </li></ul><ul><li>Paulo Pereira nº 18 </li></ul><ul><li>Professora: </li></ul><ul><li>Conceição mestre </li></ul>

×