Carnaval slides

8.733 visualizações

Publicada em

1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.733
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
18
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
223
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Carnaval slides

  1. 1. CARNAVALEDUCAR PARA APRENDER
  2. 2. Aspectos históricos do carnavalO Carnaval diz muito sobre a história do Brasil e da antigasociedade europeia. Segundo algumas correntes, o Carnaval teriacomo marco inicial os cultos agrários de povos antigos como osegípcios, persas, fenícios e gregos. As comemorações marcavamo início da primavera, quando os povos dançavam ao redor defogueiras, usando máscaras e adereços para a garantia de umaboa colheita. A festa só surgiu como verdadeira prática pagã (semcrença religiosa) no Império Romano. Depois, foi incorporada aocalendário católico pela Igreja e chegou ao Brasil junto à colôniaportuguesa. Aqui a comemoração foi encorpada pelasmanifestações culturais dos negros escravos, a grande massapopular no Brasil do século XIX.
  3. 3. Forma lúdicaAtividades relacionadas à expressãocorporal, como danças e manifestaçõesculturais, e trabalhos de leitura histórica eliterária são alguns exemplos de possíveisconteúdos para estudo e pesquisa. "Misturar ahistória ao lúdico fantasioso é um exercíciopossível", diz RosangelaFrancischini, coordenadora do Núcleo deEstudos Socioculturais da Infância eAdolescência da Universidade de Federal doRio Grande do Norte (UFRN). "O Carnavalpermite que as crianças aprendam de forma
  4. 4. Envolver a famíliaO período do Carnaval é bastante propício parapromover uma maior aproximação da escola e dafamília. Como uma pesquisa em família sobre a históriado Carnaval de suas épocas. A importância dessafesta.
  5. 5. Diferenças culturaisUm tema interessante para ser tratado nesseperíodo sãos as diferenças culturais. ExisteCarnaval em outros países? Como é a festa aoredor do mundo? As diferentes nacionalidades dospais (alunos, funcionários e professores da escola)contribuem para boas histórias. Os alunos ficamsabendo como são as comemorações emdiferentes países, tudo graças à participação dafamília dos alunos.
  6. 6. ReligiãoA história do Carnaval como conhecemos hoje estárelacionada à história do cristianismo. A festa antecede aquaresma, que é um período de 40 dias de sacrifício dentrodo calendário judaico-cristão. Porém, no Brasil, acomemoração ganhou contornos diferentes, relacionando-se às culturas populares indígenas e africanas desde aépoca do Império (século XIX). Rosangela Francischini, destaca que a festa é ligada aocalendário religioso, mas tem caráter profano. Esse vínculocom a religião permite uma abordagem do catolicismo e desuas influências no Brasil. "O Carnaval atual tem relaçãocom o passado, quando a Igreja Católica teve anecessidade de converter as manifestações pagãsrealizadas no Império Romano.
  7. 7. Folclore regionalNo período que antecede a festa, além do caráterpedagógico de se ensinar para os alunos o valor dadiversidade cultural brasileira, o Carnaval permite aexploração do folclore regional do país. Mencionar aexistência de manifestações como o maracatu, o frevo, obumba-meu-boi, o samba de roda e a festa de Parintins noAmazonas é proporcionar aos estudantes uma viagem pordiversos "Brasis". Faremos uma viagem sobre a festa decarnaval de Parintins, no Amazonas, a partir do tema "[Boi]Caprichoso versus [Boi] Garantido". "Encontramos umtema para estimular a pesquisa e transmitir a história daAmazônia para os alunos. Vamos tirar proveito da pesquisapedagogicamente, num trabalho multidisciplinar“.
  8. 8. Gêneros e sexualidadeA partir do caráter lúdico das fantasias, até mesmoquestões de gênero podem ser tratadas com osestudantes. Afinal, a divertida brincadeira de sefantasiar do outro sexo (menino como menina evice-versa) pode gerar debates interessantes sobreo papel e comportamento social do sexo alheio. "OCarnaval é a festa em que o invertido épermitido, ninguém censura. Nossos alunos sefantasiam com máscara, caricatura sem ofensa.Trabalhamos a questão de gênero e o combate àhomofobia em atividades lúdicas carnavalescas.
  9. 9. Música brasileira Chiquinha Gonzaga, Braguinha (tambémconhecido como João de Barro), Ary Barroso, NoelRosa, Lamartine Babo e Irmãos Valença sãoalguns dos mais importantes compositorespopulares do Brasil do século XX. O Carnaval éum bom período para apresentar artistas .
  10. 10. InterdisciplinaridadeNão é só história, religião ou música que podem ser abordados nocarnaval. a questão mercadológica e social do Carnaval é abordadaem aulas de matemática e filosofia. "Nas aulas dematemática, podemos trabalhar com cálculos usando os gastos deescolas de samba. Existe toda uma indústria por trás do carnaval quepoucas pessoas abordam.Em, arte podemos envolver colagem com elementos típicos doCarnaval (purpurina, serpentina, confete), vale explorar atransformação do espaço para alimentar a imaginação e a criatividadedas alunos. Como conteúdo das aulas, as marchinhas podem serutilizadas no processo de produção de texto. Também é possívelensinar e aprender literatura tendo como pano de fundo o Carnaval. Osmomentos de estudos literários podem ser transformados em aulas deestudo do gênero textual "marchinhas de carnaval".
  11. 11. Carnaval é!FoliaEntra ano a sai anoE o povo fica a contarO dia esperadoPra na folia brincar.Carnaval é festa tradicionalTodos fica a dançarAo som de marchinhasE não param de cantar.
  12. 12. JOÃO XXIIITEMA: EDUCAR PARA APRENDERTurmas:1º a/b 16/02/2012Prof.ª Lúcia

×