Portugues 13 tipos_texto

990 visualizações

Publicada em

tipos de texto

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
990
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
97
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Portugues 13 tipos_texto

  1. 1. Texto narrativo O texto narrativo narra factos ou acontecimentos. Localiza os acontecimentos no espaço (onde) e no tempo (quando), apresenta personagens e caracteriza-as. Está dividido em parágrafos (começam sempre numa nova linha e contêm uma ou mais frases que tratam do mesmo assunto) e em períodos (cada uma dessas frases, delimitadas por um ponto final, de interrogação, de exclamação ou reticências).
  2. 2. 1. Lê e identifica, no excerto, o espaço e tempo da ação, as personagens, o número de parágrafos e de períodos. Há muitos, muitos anos, talvez mais de duzentos mil milhões, a Grande Mãe de todas as coisas encarregou os Desenhadores de Estrelas de traçarem os planos originais do nosso planeta. A Terra estava destinada a ser para sempre um local de grande beleza, cujos habitantes viveriam permanentemente em estado de graça. Um estado de amor constante, por si próprios e pelos seus semelhantes, pelas árvores e rochedos, por todos os animais, desde o mais elegante cavalo à mais malcheirosa hiena, desde a mais bela e frondosa acácia à mais irritante urtiga, desde a mais imponente montanha ao mais insignificante grão de areia. Ana Zanatti, O Povo-Luz e os Homens-Sombra, Dom Quixote, 2007 Exercícios
  3. 3. Fábula A fábula é uma pequena história na qual as personagens são animais com características humanas. Na conclusão da história existe sempre uma lição de moral.
  4. 4. Exercícios 1. Lê e identifica: as personagens da história, as características humanas que os animais possuem, se o texto é narrativo ou poético. Era uma vez o Rato do Campo. Rato do Campo vivia no seu buraquinho junto à Seara Verde. Via nascer o Sol, sabia da mudança das estações do ano pelo frio ou calor que sentia, dava grandes passeios com os amigos . Era uma vez o Rato da Cidade. Rato da Cidade vivia no seu buraquinho junto ao fogão da cozinha da Casa Grande. Alice Vieira, Rato do Campo e Rato da Cidade, Caminho, 1992
  5. 5. Banda desenhada A banda desenhada conta uma história em vários quadradinhos (vinhetas), que combinam imagem e texto. Uma página de banda desenhada chama-se uma prancha. Cada linha de vinhetas ou quadradinhos chama-se tira.
  6. 6. Exercícios 1. Lê a banda desenhada e identifica o local e as personagens. 2. Identifica uma vinheta e uma tira nesta banda desenhada. 3. Descobre elementos que revelam comportamentos e estados de espírito das personagens.
  7. 7. Texto de tipo descritivo O texto de tipo descritivo caracteriza espaços, objetos e personagens ou situações. Por esse motivo, recorre a muitos adjetivos para os caracterizar.
  8. 8. Exercícios 1. Lê o texto e identifica os adjetivos e os nomes que qualificam. Isabel não tinha irmãos e por isso sabia brincar sozinha e conversar com as árvores, com as pedras e com as flores. Todos os dias ela percorria a quinta. No outono apanhava castanhas, esmagando com o pé os ouriços verdes. No inverno colhia violetas e camélias. Na primavera trepava Às cerejeiras para comer as primeiras cerejas doces, escuras e vermelhas. E também subia às árvores onde todos os anos havia ninhos, ninhos redondos feitos de ervas, folhas secas e penas e que tinham lá dentro quatro ovos verdes sarapintados de castanho. Sophia de Mello Breyner Andresen, A Floresta, Figueirinhas, 2004
  9. 9. Texto poético O texto poético é muito expressivo e musical, por vezes associado a mundos imaginários, e tem uma predominância de riqueza estética, utilizando recursos da linguagem verbal. Num poema: − Cada linha de um poema é um verso. − Cada conjunto de versos é uma estrofe. − Aos sons idênticos do final das estrofes chamamos rimas.
  10. 10. 1. Lê o poema. Identifica o número total de versos e de estrofes. As abelhas não fazem anos. Nenhuma viveu um ano para o poder fazer. Com um dia de vida qualquer abelha vai trabalhar. Com dois já pode namorar e com cinco casa e tem filhos. Com vinte dias de vida uma abelha está acabada: É uma avelha. Não fazem anos, as abelhas, mas fazem dias e às vezes mais de uma vez. Para elas todos os dias são dias de aniversário e nesses poucos dias passam anos, muitos anos. Álvaro Magalhães, O limpa-palavras e outros poemas, 3.ª ed. ASA, 2003 Exercícios
  11. 11. Texto dramático O texto dramático tem por objetivo ser representado por atores e tem um formato próprio que inclui: − sucessão de falas das personagens; − divisão em cenas ou atos; − didascálias: indicações sobre o cenário e guarda-roupa das personagens ou sobre os movimentos das personagens em palco, as atitudes que devem tomar, os gestos e a entoação da voz.
  12. 12. Exercícios 1. Lê o texto. Identifica as personagens, o número da cena e as falas das personagens, descreve o cenário e os movimentos e atitudes das personagens. Personagens (Por ordem de entrada em cena): Manuel , Búzio, Onda, Ti-João pescador, Peixe-dourado, Polvo, Menina e menino da escola, Maria, José e Três-reis-do-país-das-aves Cena Única Palco em total obscuridade. Há silêncio. As luzes acendem-se lentamente. Ouve-se música em que se distingue o marulhar das ondas. (…) A praia ocupa todo o palco. Num dos lados, há um barco dissimulado pelo cenário. Só se tornará visível no momento próprio (…) (Manuel, sentado na praia, canta.) (…) Búzio (Entra. Caminha devagar. Para a ouvir o resto da canção.) − Essa canção é tão triste. Por que não brincas como nos outros dias? Manuel − Olá, Búzio! Hoje não me apetece brincar. Búzio − Fizeram-te mal? Manuel − Não. Estou apenas muito triste. Maria Rosa Colaço, O Pássaro Branco, Paulinas Editora, 2007
  13. 13. Texto de tipo informativo (ou expositivo) O texto de tipo informativo apresenta informação clara e objetiva acerca de um assunto concreto.
  14. 14. Exercícios 1. Lê o texto e identifica sobre o texto nos informa. A Internet é um conjunto gigantesco de computadores de todo o mundo. Qualquer pessoa que tenha um computador ligado à Internet pode falar com outra que também esteja ligada. Os computadores estão ligados por uma enorme rede de cabos e satélites. A Internet – Aprende com o Rato, Texto Editora, 1999
  15. 15. Texto de tipo dialogal (ou conversacional) O texto de tipo dialogal (ou conversacional) apresenta, conforme o nome indica, uma conversa.
  16. 16. Entrevista A entrevista apresenta uma conversa entre duas ou mais pessoas, em que uma delas (o entrevistador) faz as perguntas e a(s) outra(s) responde(m). Ou seja, trata-se de uma sucessão de perguntas e respostas. A intervenção de cada uma das pessoas é assinalada usando um travessão e efetuando-se mudança de linha.
  17. 17. Exercícios 1. Lê a entrevista. À conversa com Manuel António Pina Quando andava no Secundário gostava da disciplina de Português? Sempre gostei muito de duas disciplinas: Português e Matemática. Mas todas as formas de conhecimento são maravilhosas. Só gostamos do que conhecemos, daquilo que não conhecemos não gostamos. Aos 13-14 anos gostava de ler enciclopédias, aprendia imenso. Maria José Gomes, 10 anos, Colégio Luso-Internacional do Porto Porque se dedicou à escrita para crianças? Publiquei o meu primeiro livro em 1973, tinha a minha filha mais velha três anos. Escrevi os dois primeiros contos desse livro ("O País das Pessoas de Pernas para o Ar"), a pensar concretamente nela. Ela era até personagem. Mas quando começo a escrever não sei se estou a escrever uma poesia, um livro infantil ou para adultos. A literatura infantil tem um tom diferente, mais ligeiro, mais leve, mais dançado. Normalmente são textos mais felizes, porque me divertem mais a fazer. Gosto de brincar com as palavras, é como se estivesse a brincar comigo mesmo. Daniela Vaz, Daniela Palma, Cristina Dias e Ana Rita Ribeiro 7.º ano, Escola Básica Integrada Patrício Prazeres, Lisboa
  18. 18. Sei que "O Tesouro" foi escrito para explicar à sua filha o conceito de liberdade. Inspira-se na sua família para escrever? A família faz parte da minha memória e imaginação. E os meus gatos também fazem parte da família. Tenho poemas sobre os meus gatos. O que é que eles pensarão de nós? Como nos verão? Diana Seara Faria Pinheiro Araújo, 9 anos, Colégio D. Diogo de Sousa, Braga Escreve textos dramáticos, narrativos e poéticos. Qual destes estilos literários lhe proporciona maior prazer? A poesia. Mas não é possível distinguir os géneros. Na vida somos muitas pessoas ao mesmo tempo: amigos, filhos, colegas, passageiros, na praia somos banhistas... Não é possível distinguir os géneros, é como na vida. Fazemos distinções para compreender melhor o mundo. Há zonas de fronteira que não são nem uma coisa nem outra. Diana Seara Faria Pinheiro Araújo, 9 anos, Colégio D. Diogo de Sousa, Braga http://aeiou.visao.pt/a-conversa-com-manuel-antonio-pina=f631362#ixzz1jiwR9I5X 2. Identifica o entrevistado, os entrevistadores e explica o que ficaste a saber sobre o entrevistado.
  19. 19. Carta A carta é uma forma de correspondência escrita que contém informação de interesse para o destinatário. Normalmente, começa com a informação do local e a data, seguindo-se a saudação inicial. Depois, pode conter vários parágrafos com assuntos diversos. Por fim, apresenta uma fórmula de despedida e a assinatura.
  20. 20. Geralmente, a carta é enviada dentro de um envelope, onde devem constar o nome e a morada do remetente (quem envia) e do destinatário (quem recebe). Deverá ser colocado um selo no canto superior direito.
  21. 21. Exercícios 1. Lê e identifica os seguintes aspetos: local e data, saudação inicial, assunto principal, outros assuntos, fórmula de despedida, assinatura. Figueira da Foz, 12 de agosto de 2013 Querida avó Quicas, Chegámos, na segunda-feira, à Figueira de Foz. Aqui está muito sol e muito calor. Na terça-feira, fomos dar um passeio pela serra e visitámos a Bandeira, que tem uma vista panorâmica sobre a praia e a serra. Foi muito divertido, porque fizemos um piquenique e andámos de burro. O meu pai deu um trambolhão, mas está tudo bem. Estamos a divertir-nos muito e em breve estaremos de volta. O Fofinho está bem? Tem comido os ossinhos que lhe deixei? Gosto muito de ti e estou com saudades tuas. Nas próximas férias tens de vir connosco. Beijos grandes Daniel

×