O Papel DO TEXTO DE DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA NA FORMAÇÃO DO ALUNO ADOLESCENTE <br />
Existe uma falta de interesse quase unânime entre os educandos com relação à prática e a falta de diversificação dos diver...
A leitura é um pré-requisito extremamente importante e cada vez mais essencial para se obter êxito nas sociedades como um ...
O gênero linguístico a ser trabalhado com o educando, tem papel fundamental na formação do aluno adolescente, que deve ser...
Os estudantes que utilizam mais tempo para ler por prazer, lêem mais variedade de material e mostram uma atitude mais posi...
O texto científico provoca a curiosidade sobre os mais variados conhecimentos, fornece um conjunto de conhecimentos sistem...
Nesse contexto, entendemos que o texto de divulgação científica transpõe um discurso específico de uma esfera do campo cie...
Ressalte-se, ainda, que a ausência de domínio dos aspectos linguísticos e temáticos dos fatos científicos gera um grave pr...
Cabe, portanto, a todos os professores a tarefa de informar-se com relação às características discursivas e linguísticas d...
Temos revistas como Galileu, Ciência Hoje, Super-interessante, estas trazem temas bastante ricos e interessantes, que se u...
É importante ressaltar que o gênero textual tem um papel fundamental na formação do aluno adolescente e deve ser usado con...
Estando como um desafio para os docentes conduzir o educando a entender tudo que lêem e, também estar envolvido em todas a...
UNIVERSIDADE SALVADOR – UNIFACS<br />NÚCLEO DE PESQUISA E PROJETOS EM EDUCAÇÃO A DISTANCIA – NUPPEAD <br />CURSO DE LETRAS...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Slide de ppp3 apresentação e postagem final

911 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
911
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Slide de ppp3 apresentação e postagem final

  1. 1. O Papel DO TEXTO DE DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA NA FORMAÇÃO DO ALUNO ADOLESCENTE <br />
  2. 2. Existe uma falta de interesse quase unânime entre os educandos com relação à prática e a falta de diversificação dos diversos gêneros textuais, inclusive o de divulgação científica pelos alunos, aliada a inércia de professores presos a uma concepção estruturalista e normativista do ensino de língua portuguesa.<br />Não dando evidência a textos de divulgação científica, fazendo com que os alunos criem uma falsa ideia da importância da ciência, memorizando regras, escolarizando seus conhecimentos, gerando assim, um grave problema para os alunos que iniciam uma graduação, os quais não sabem lidar com conceitos científicos, possuindo inúmeras dificuldades de abstração, de relacionar conhecimentos, de reconhecer métodos de raciocínio, de argumentar com dados em bases de textos científicos.<br />
  3. 3. A leitura é um pré-requisito extremamente importante e cada vez mais essencial para se obter êxito nas sociedades como um todo, pois a participação plena dos indivíduos na vida moderna depende fundamentalmente de se acessar adequadamente, administrar, integrar, avaliar, interpretar e refletir sobre a informação escrita.<br />Um dos aspectos que afasta o aluno do interesse pelo texto científico é o fato de, na grande maioria dos casos, os alunos somente lerem textos didáticos preparados especialmente para situações escolarizadas. Isto faz com que o aluno crie uma falsa ideia da importância da ciência, escolarizando seus conhecimentos e afastando-os de situações reais e concretas.<br />
  4. 4. O gênero linguístico a ser trabalhado com o educando, tem papel fundamental na formação do aluno adolescente, que deve ser usado por todos os professores de diferentes áreas e que o hábito da leitura desse gênero se estende para além da escola, permitindo ao aluno interagir com outros sujeitos sociais por meio de cartas, sites e-mails específicos e ampliar seu domínio do tema lendo e pesquisando livros sugeridos para saber mais sobre o assunto discutido.<br />
  5. 5. Os estudantes que utilizam mais tempo para ler por prazer, lêem mais variedade de material e mostram uma atitude mais positiva para com a leitura tendem a ser melhores leitores, independente de seu entorno familiar e do nível socioeconômico de seu país.<br />
  6. 6. O texto científico provoca a curiosidade sobre os mais variados conhecimentos, fornece um conjunto de conhecimentos sistematizados, possibilita ao adolescente se apossar de uma incrível organização lógica do pensamento e oferece-lhe um conjunto precioso de ferramentas para a conquista do espaço físico e social.<br />
  7. 7. Nesse contexto, entendemos que o texto de divulgação científica transpõe um discurso específico de uma esfera do campo científico para a comunidade em geral, De modo que, é por meio deste que a sociedade entra em contato com as pesquisas que estão sendo realizadas e dos experimentos em andamento. Certamente, podemos inferir que compreender textos de diferentes gêneros é o caminho para aprender, de fato, os conteúdos de todas as áreas. <br />
  8. 8. Ressalte-se, ainda, que a ausência de domínio dos aspectos linguísticos e temáticos dos fatos científicos gera um grave problema para o educando que inicia a graduação. No geral, não sabem lidar com conceitos científicos, possuem inúmeras dificuldades de abstração, de relacionar conhecimentos, de reconhecer métodos de raciocínio, de argumentar com bases em dados científicos.<br />
  9. 9. Cabe, portanto, a todos os professores a tarefa de informar-se com relação às características discursivas e linguísticas do texto de divulgação científica e desenvolvê-las plenamente com seus alunos, utilizando-se especialmente de textos reais, como as mais variadas revistas e livros de divulgação científica escrita por jornalistas e autores especializados no campo ciência.<br />
  10. 10. Temos revistas como Galileu, Ciência Hoje, Super-interessante, estas trazem temas bastante ricos e interessantes, que se utilizam de vários recursos linguísticos que possibilitam uma assimilação melhor de temas complexos e sofisticados.<br />
  11. 11. É importante ressaltar que o gênero textual tem um papel fundamental na formação do aluno adolescente e deve ser usado continuamente por professores das mais diferentes áreas. Porém, é essencial que sejam trabalhados com os alunos seus aspectos discursivos e linguísticos, a fim de que o aluno possa instrumentalizar-se adequadamente para dominar e utilizar a linguagem científica em seu dia-a-dia. <br />O domínio de tais recursos permitirá um incrível aumento da capacidade de dominar conceitos, relacioná-los, organizá-los logicamente, perceber inadequações lógico-semânticas na construção do raciocínio, articular conhecimentos pertinentes às várias áreas do conhecimento.<br />
  12. 12. Estando como um desafio para os docentes conduzir o educando a entender tudo que lêem e, também estar envolvido em todas as disciplinas. Isso, porque é necessário enxergar os textos científicos como um constante processo de interação e não apenas como um sistema autônomo de conhecimento. Sendo assim, os alunos se aproximam dos contextos históricos, sociais, culturais e ideológicos no uso efetivo da linguagem dos textos de divulgação científica com o propósito de relacionar o passado, o presente e o futuro aos novos caminhos das práticas de linguagem vivenciadas no dia-a-dia do educando. Além disso, a familiarização dos jovens com os textos de divulgação científica vai criar motivação e prazer ao ato de ler. Isso porque, o educando se conscientiza de que adquirir conhecimento não é compreender a realidade retendo informação, mas se utilizando desta para desvendar o novo e avançar.<br />Pois quanto mais competente for o entendimento do mundo mais satisfatório será a ação do sujeito. <br />
  13. 13. UNIVERSIDADE SALVADOR – UNIFACS<br />NÚCLEO DE PESQUISA E PROJETOS EM EDUCAÇÃO A DISTANCIA – NUPPEAD <br />CURSO DE LETRAS PORTUGUÊS/ INGLÊS A DISTÂNCIA<br />3°SEMESTRE - 2011.2<br /> PROF. ANA CRISTINA<br /> <br />ALUNAS: <br /><ul><li>CÉLIA BASTOS DOS SANTOS BORGES
  14. 14. JOCI CONCEIÇÃO DO NASCIMENTO
  15. 15.  MARILU DE JESUS SENA
  16. 16. http://cidadeemletras.blogspot.com/2010/10/o-papel-do-texto-de-divulgacao.html</li>

×