SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
Baixar para ler offline
Diferentes culturas do Mundo Trabalho realizado por: Ana Rita, nº 2                                               Juliana, nº 13
Introdução Neste trabalho, pretendemos explorar as diferentes culturas das tribos de variadas regiões do mundo. Vestuário, alimentação e tradições são algumas das características que os distinguem. Iremos também conhecer diversas tribos diferentes e investigar a expressão:  “O que para nós poderá ser estranho, para eles é completamente normal”
A Diversidade Cultural A diversidade cultural entre os povos sempre foi motivo de curiosidade para os chamados “povos civilizados”.  A atracção por plumagens, pinturas corporais, rituais, danças ancestrais, hábitos "primitivos" e costumes da floresta, levou o mundo a ter uma paternal simpatia para com as tradições e as sabedorias destes povos.
Plumagens As vestimentas adornados de plumas são geralmente utilizadas em ocasiões especiais como os rituais.  O uso de plumas na arte dá-se de dois modos:  .Colagem de penas no corpo;  .Decoração de artefactos como por exemplo as máscaras, colares, etc.  
Pinturas Corporais A pintura corporal para estes povos têm sentidos diversos, não somente na vaidade, ou na busca pela estética perfeita, mas pelos valores que são considerados e transmitidos através desta arte.  Entre muitas tribos a pintura corporal é utilizada como uma forma de distinguir os grupos sociais dentro de uma determinada sociedade, embora exista tribos que utilizam a pintura corporal segundo suas preferências. Os materiais utilizados normalmente são tintas como:  . O urucu que produz o vermelho;  . O genipapo da qual se adquire uma coloração azul marinho quase preto;   . O pó de carvão que é utilizado no corpo;   . O calcário da qual se extrai a cor branca.
Tintas Urucu Pintura com Genipapo Calcário Pó - de - carvão
Rituais
Musica e Dança Cada tribo tem seus  próprio instrumentos,  havendo também os  instrumentos que são utilizados em diferentes tribos no entanto de diferentes formas como é o caso do maracá ou chocalho, onde em determinadas sociedades o uso do mesmo acontece em cerimonias religiosas, já outras tribos é utilizado para marcar ritmo junto a um cântico, por exemplo.   A dança junto destes povos se difere da nossa por não dançarem em pares, a não ser por poucas excepções. A dança pode ser realizada por um único indivíduo ou por grupos. A musica e a dança estão frequentemente associadas aos índios e a sua cultura, varia de tribo para tribo.  Em muitos povos a importância que a musica tem na representação de ritos e mitos é muito grande.
Instrumentos Musicais São amantes da música, que praticam em festas de plantação e de colheita, nos ritos da puberdade e nas cerimonias de guerra e religiosas. Os instrumentos musicais são: toró (flauta de taquara), boré (flauta de osso), o mimbi (buzina) e o uaí (tambor de pele e de madeira).
Teatro Entre várias tribos de índios é possível observar algumas representações, partes de rituais, que poderiam facilmente evoluir no sentido de um teatro.  Muitas são representações sem palavras apenas gestos. Outros rituais são cantados e muitos se dão na forma de diálogo.
Alimentação Principais alimentos consumidos por estas tribos: ,[object Object],Pratos típicos da culinária: ,[object Object],Nota: A alimentação depende do local onde vivem.
Alimentação  Pirão Tapioca Beiju Capivara Porco-do-Mato Macaco
Habitações Oca é uma habitação típica destes povos. A palavra tem sua origem na família linguística tupi-guarani.  As ocas são construídas coletivamente, ou seja, com a participação de vários integrantes da tribo. São grandes, podendo chegar até 40 metros de comprimento. Seu tamanho é justificado, pois várias famílias de índios habitam uma mesma oca. Internamente este tipo de habitação não possui divisões. São instaladas na parte interna da oca diversas redes, que os índios usam para dormir.  A estrutura das ocas são bastante resistente, pois elas são construídas com a utilização de troncos de árvores. A cobertura é feita de folhas de palmeiras ou palha. Uma oca pode durar mais de 20 anos.  As ocas não possuem janelas, porém, a ventilação ocorre através das portas e dos frizos entre os troncos das paredes. Costumam apresentar de uma a três portas apenas.  Curiosidade:   - Uma oca de tamanho grande pode levar de 10 a 15 dias para ser construída, com o trabalho de 20 a 30 índios.
Oca e o seu interior
Crenças Estas tribos acreditam que tudo tem  vida,  as árvores, a água, as pedras,  etc.  Para certas tribos, alguns dos seres que fazem parte do mundo sobrenatural habitam as águas, os rios e as matas. A mitologia indígena, que consta de uma série de lendas tidas como fatos dos tempos lendários ou mitológicos, traz a explicação para os vários fenómenos da vida e da natureza, como a própria vida, a morte, a existência do bem e do mal, a dor e o sofrimento, e também explica a génese de todas as coisas.
A relação entre o natural e o espiritual é tão grande que a origem das doenças, por exemplo, é sempre considerada espiritual.  Sempre que alguém adoece, um pajé* entra em acção para apaziguar o espírito causador da enfermidade. O mesmo acontece com as actividades de caça e pesca e com o plantio de roças. É necessário guardar os tabus para favorecer os espíritos e conseguir sucesso nos empreendimentos. *Pajés - São Curandeiros, tidos por muitos,  como portadores de poderes ocultos ou  orientadores espirituais
Curiosidade Pele pintada de vermelho e cabeças parcialmente raspadas, os seus arcos e flechas apontadas em direcção a um helicóptero, esta é a reacção desta tribo que nunca teve interacção com outros povos.
O aparente nervosismo mostrado por essas pessoas é perfeitamente compreensível. Eles são membros de uma das últimas tribos indígenas que ainda não tiveram contato com a civilização moderna. E vivem na Amazónia, na fronteira com o Peru.
MirianRoss, da SurvivalInternational, uma organização que visa proteger os indígenas que ainda não tiveram contato connosco, diz: “Essas fotos são a evidência de que tribos intocadas ainda existem. O mundo precisa acordar para isso, e entender que o território deles está protegido por acordos de leis internacionais. Do contrário, em breve eles serão extintos.”
Conclusão Neste trabalho tivemos a oportunidade de investigar melhor a expressão que nos causava duvidas, vimos que estas tribos não se vestem como nós, não vivem em casas como nós, não comem as mesmas refeições e alimentos que nós e não têm a mesma religião que nós, mas não é por termos culturas diferentes que não deixamos de ser todos iguais. Pelo que estivemos a investigar, estes povos são muito pobres tendo então de produzir o seu próprio alimento, mas a sua pobreza não é um obstáculo para serem felizes e viverem em paz.
FIM

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Racismo trabalho
Racismo trabalhoRacismo trabalho
Racismo trabalhoPTAI
 
Aula revolução industrial
Aula revolução industrialAula revolução industrial
Aula revolução industrialMarcos Azevedo
 
Revolução Industrial
Revolução IndustrialRevolução Industrial
Revolução Industrialjoana71
 
A vida humana no paleolítico
A vida humana no paleolíticoA vida humana no paleolítico
A vida humana no paleolíticoDouglas Barraqui
 
A vida humana no paleolitico 6-ano
A vida humana no paleolitico 6-anoA vida humana no paleolitico 6-ano
A vida humana no paleolitico 6-anoLucas Degiovani
 
Vantagens e desvantagens da globalização
Vantagens e desvantagens da globalizaçãoVantagens e desvantagens da globalização
Vantagens e desvantagens da globalizaçãoZé Stinson
 
Cultura indiana
Cultura indiana Cultura indiana
Cultura indiana kyzinha
 
Slide do descobrimento do brasil
Slide do descobrimento do brasilSlide do descobrimento do brasil
Slide do descobrimento do brasilLAERCIO BORGES
 
CLC Urbanismo e Mobilidade DR 4 Migrações
CLC Urbanismo e Mobilidade DR 4 MigraçõesCLC Urbanismo e Mobilidade DR 4 Migrações
CLC Urbanismo e Mobilidade DR 4 MigraçõesFernando de Sá
 
A Diversidade Cultural
A Diversidade CulturalA Diversidade Cultural
A Diversidade Culturaljuliana_f
 
A Revolução Científica
A Revolução CientíficaA Revolução Científica
A Revolução CientíficaRui Neto
 

Mais procurados (20)

Racismo trabalho
Racismo trabalhoRacismo trabalho
Racismo trabalho
 
A Diversidade Cultural
A Diversidade CulturalA Diversidade Cultural
A Diversidade Cultural
 
Aula revolução industrial
Aula revolução industrialAula revolução industrial
Aula revolução industrial
 
Revolução Industrial
Revolução IndustrialRevolução Industrial
Revolução Industrial
 
A vida humana no paleolítico
A vida humana no paleolíticoA vida humana no paleolítico
A vida humana no paleolítico
 
RELIGIÕES DO MUNDO.
RELIGIÕES DO MUNDO.RELIGIÕES DO MUNDO.
RELIGIÕES DO MUNDO.
 
A vida humana no paleolitico 6-ano
A vida humana no paleolitico 6-anoA vida humana no paleolitico 6-ano
A vida humana no paleolitico 6-ano
 
Cultura
CulturaCultura
Cultura
 
Vantagens e desvantagens da globalização
Vantagens e desvantagens da globalizaçãoVantagens e desvantagens da globalização
Vantagens e desvantagens da globalização
 
Pobreza
PobrezaPobreza
Pobreza
 
Cultura indiana
Cultura indiana Cultura indiana
Cultura indiana
 
Slide do descobrimento do brasil
Slide do descobrimento do brasilSlide do descobrimento do brasil
Slide do descobrimento do brasil
 
CLC Urbanismo e Mobilidade DR 4 Migrações
CLC Urbanismo e Mobilidade DR 4 MigraçõesCLC Urbanismo e Mobilidade DR 4 Migrações
CLC Urbanismo e Mobilidade DR 4 Migrações
 
Independência do Brasil
Independência do BrasilIndependência do Brasil
Independência do Brasil
 
Pré História - Ensino Médio
Pré História - Ensino MédioPré História - Ensino Médio
Pré História - Ensino Médio
 
A união europeia
A união europeiaA união europeia
A união europeia
 
Cultura
CulturaCultura
Cultura
 
Pré História
Pré   História Pré   História
Pré História
 
A Diversidade Cultural
A Diversidade CulturalA Diversidade Cultural
A Diversidade Cultural
 
A Revolução Científica
A Revolução CientíficaA Revolução Científica
A Revolução Científica
 

Semelhante a Diferentes culturas do mundo exploradas

A Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos - Professor Fabrí...
A Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos - Professor Fabrí...A Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos - Professor Fabrí...
A Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos - Professor Fabrí...henriquecorreia39
 
A Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos===.doc
A Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos===.docA Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos===.doc
A Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos===.dochenriquecorreia39
 
História da Arte: Arte e cultura indígena brasileira
História da Arte: Arte e cultura indígena brasileiraHistória da Arte: Arte e cultura indígena brasileira
História da Arte: Arte e cultura indígena brasileiraRaphael Lanzillotte
 
Arte Indígena Brasileira
Arte Indígena BrasileiraArte Indígena Brasileira
Arte Indígena BrasileiraAndrea Dressler
 
Cultura dos povos - Sensibilização - Culturalidade
Cultura dos povos - Sensibilização - CulturalidadeCultura dos povos - Sensibilização - Culturalidade
Cultura dos povos - Sensibilização - CulturalidadeMargit Didjurgeit
 
Arte indígena brasileira
Arte indígena brasileiraArte indígena brasileira
Arte indígena brasileiraCarol Mendoza
 
Texto arte indigena
Texto arte indigenaTexto arte indigena
Texto arte indigenaLaís Paiva
 
Povos indígenas
Povos indígenasPovos indígenas
Povos indígenasNael.Passos
 
Psicologia duas sociedades
Psicologia   duas sociedadesPsicologia   duas sociedades
Psicologia duas sociedadesfergwen
 
Arte indígina sled novo 4ª etapa
 Arte indígina sled novo 4ª etapa Arte indígina sled novo 4ª etapa
Arte indígina sled novo 4ª etapaMarcy Pinheiro
 
Os Indígenas Hoje
Os Indígenas HojeOs Indígenas Hoje
Os Indígenas HojeGelson Rocha
 
Artes visuais indígenas
Artes visuais indígenasArtes visuais indígenas
Artes visuais indígenasSarah Reinoso
 
POWER POINT
POWER POINT POWER POINT
POWER POINT vaccilla
 
Arte Indígena Rituais Música e Dança.ppt
Arte Indígena Rituais Música e Dança.pptArte Indígena Rituais Música e Dança.ppt
Arte Indígena Rituais Música e Dança.pptsezinho1
 
Arte Indígena Rituais Música e Dança.ppt
Arte Indígena Rituais Música e Dança.pptArte Indígena Rituais Música e Dança.ppt
Arte Indígena Rituais Música e Dança.pptPriscillaPorto7
 

Semelhante a Diferentes culturas do mundo exploradas (20)

A Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos - Professor Fabrí...
A Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos - Professor Fabrí...A Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos - Professor Fabrí...
A Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos - Professor Fabrí...
 
A Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos===.doc
A Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos===.docA Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos===.doc
A Arte Indígena Brasileira - Atividade 1.2 - Arte - 6º Anos===.doc
 
Dia do indio
Dia do indioDia do indio
Dia do indio
 
História da Arte: Arte e cultura indígena brasileira
História da Arte: Arte e cultura indígena brasileiraHistória da Arte: Arte e cultura indígena brasileira
História da Arte: Arte e cultura indígena brasileira
 
Arte e cultura indgena
Arte e cultura indgenaArte e cultura indgena
Arte e cultura indgena
 
Indígenas
IndígenasIndígenas
Indígenas
 
Arte Indígena Brasileira
Arte Indígena BrasileiraArte Indígena Brasileira
Arte Indígena Brasileira
 
Cultura dos povos - Sensibilização - Culturalidade
Cultura dos povos - Sensibilização - CulturalidadeCultura dos povos - Sensibilização - Culturalidade
Cultura dos povos - Sensibilização - Culturalidade
 
Arte indígena brasileira
Arte indígena brasileiraArte indígena brasileira
Arte indígena brasileira
 
Texto arte indigena
Texto arte indigenaTexto arte indigena
Texto arte indigena
 
arte indígena
arte indígena arte indígena
arte indígena
 
Povos indígenas
Povos indígenasPovos indígenas
Povos indígenas
 
Psicologia duas sociedades
Psicologia   duas sociedadesPsicologia   duas sociedades
Psicologia duas sociedades
 
Prova 9ano ensino religioso 2b pet 2
Prova 9ano ensino religioso 2b pet 2Prova 9ano ensino religioso 2b pet 2
Prova 9ano ensino religioso 2b pet 2
 
Arte indígina sled novo 4ª etapa
 Arte indígina sled novo 4ª etapa Arte indígina sled novo 4ª etapa
Arte indígina sled novo 4ª etapa
 
Os Indígenas Hoje
Os Indígenas HojeOs Indígenas Hoje
Os Indígenas Hoje
 
Artes visuais indígenas
Artes visuais indígenasArtes visuais indígenas
Artes visuais indígenas
 
POWER POINT
POWER POINT POWER POINT
POWER POINT
 
Arte Indígena Rituais Música e Dança.ppt
Arte Indígena Rituais Música e Dança.pptArte Indígena Rituais Música e Dança.ppt
Arte Indígena Rituais Música e Dança.ppt
 
Arte Indígena Rituais Música e Dança.ppt
Arte Indígena Rituais Música e Dança.pptArte Indígena Rituais Música e Dança.ppt
Arte Indígena Rituais Música e Dança.ppt
 

Mais de anocas_rita

Planetas e pequenos corpos do sistema solar
Planetas e pequenos corpos do sistema solarPlanetas e pequenos corpos do sistema solar
Planetas e pequenos corpos do sistema solaranocas_rita
 
The triumph of english
The triumph of englishThe triumph of english
The triumph of englishanocas_rita
 
Gerard dipardieu
Gerard dipardieuGerard dipardieu
Gerard dipardieuanocas_rita
 
Fluxo de energia
Fluxo de energia Fluxo de energia
Fluxo de energia anocas_rita
 
Ciencias 8ºano - 3º teste
Ciencias   8ºano - 3º testeCiencias   8ºano - 3º teste
Ciencias 8ºano - 3º testeanocas_rita
 
Saude e bem estar
Saude e bem estarSaude e bem estar
Saude e bem estaranocas_rita
 
Acne na adolescência
Acne na adolescênciaAcne na adolescência
Acne na adolescênciaanocas_rita
 
Evolução Musical
Evolução MusicalEvolução Musical
Evolução Musicalanocas_rita
 
Ser poeta - Florbela Espanca
Ser poeta - Florbela EspancaSer poeta - Florbela Espanca
Ser poeta - Florbela Espancaanocas_rita
 
Fisica e Quimica 7º Ano - Materiais
Fisica e Quimica 7º Ano - MateriaisFisica e Quimica 7º Ano - Materiais
Fisica e Quimica 7º Ano - Materiaisanocas_rita
 
Mulheres no afeganistão
Mulheres no afeganistãoMulheres no afeganistão
Mulheres no afeganistãoanocas_rita
 
Ciencias 8ºano - 3º teste
Ciencias   8ºano - 3º testeCiencias   8ºano - 3º teste
Ciencias 8ºano - 3º testeanocas_rita
 

Mais de anocas_rita (15)

Planetas e pequenos corpos do sistema solar
Planetas e pequenos corpos do sistema solarPlanetas e pequenos corpos do sistema solar
Planetas e pequenos corpos do sistema solar
 
The triumph of english
The triumph of englishThe triumph of english
The triumph of english
 
O hinduísmo
O hinduísmoO hinduísmo
O hinduísmo
 
Gerard dipardieu
Gerard dipardieuGerard dipardieu
Gerard dipardieu
 
Fluxo de energia
Fluxo de energia Fluxo de energia
Fluxo de energia
 
Ciencias 8ºano - 3º teste
Ciencias   8ºano - 3º testeCiencias   8ºano - 3º teste
Ciencias 8ºano - 3º teste
 
Saude e bem estar
Saude e bem estarSaude e bem estar
Saude e bem estar
 
Acne na adolescência
Acne na adolescênciaAcne na adolescência
Acne na adolescência
 
Evolução Musical
Evolução MusicalEvolução Musical
Evolução Musical
 
Ser poeta - Florbela Espanca
Ser poeta - Florbela EspancaSer poeta - Florbela Espanca
Ser poeta - Florbela Espanca
 
Fisica e Quimica 7º Ano - Materiais
Fisica e Quimica 7º Ano - MateriaisFisica e Quimica 7º Ano - Materiais
Fisica e Quimica 7º Ano - Materiais
 
Mulheres no afeganistão
Mulheres no afeganistãoMulheres no afeganistão
Mulheres no afeganistão
 
Peso e massa
Peso e massaPeso e massa
Peso e massa
 
Inglês
InglêsInglês
Inglês
 
Ciencias 8ºano - 3º teste
Ciencias   8ºano - 3º testeCiencias   8ºano - 3º teste
Ciencias 8ºano - 3º teste
 

Diferentes culturas do mundo exploradas

  • 1. Diferentes culturas do Mundo Trabalho realizado por: Ana Rita, nº 2 Juliana, nº 13
  • 2. Introdução Neste trabalho, pretendemos explorar as diferentes culturas das tribos de variadas regiões do mundo. Vestuário, alimentação e tradições são algumas das características que os distinguem. Iremos também conhecer diversas tribos diferentes e investigar a expressão: “O que para nós poderá ser estranho, para eles é completamente normal”
  • 3. A Diversidade Cultural A diversidade cultural entre os povos sempre foi motivo de curiosidade para os chamados “povos civilizados”. A atracção por plumagens, pinturas corporais, rituais, danças ancestrais, hábitos "primitivos" e costumes da floresta, levou o mundo a ter uma paternal simpatia para com as tradições e as sabedorias destes povos.
  • 4. Plumagens As vestimentas adornados de plumas são geralmente utilizadas em ocasiões especiais como os rituais. O uso de plumas na arte dá-se de dois modos: .Colagem de penas no corpo; .Decoração de artefactos como por exemplo as máscaras, colares, etc.  
  • 5. Pinturas Corporais A pintura corporal para estes povos têm sentidos diversos, não somente na vaidade, ou na busca pela estética perfeita, mas pelos valores que são considerados e transmitidos através desta arte. Entre muitas tribos a pintura corporal é utilizada como uma forma de distinguir os grupos sociais dentro de uma determinada sociedade, embora exista tribos que utilizam a pintura corporal segundo suas preferências. Os materiais utilizados normalmente são tintas como: . O urucu que produz o vermelho; . O genipapo da qual se adquire uma coloração azul marinho quase preto; . O pó de carvão que é utilizado no corpo; . O calcário da qual se extrai a cor branca.
  • 6. Tintas Urucu Pintura com Genipapo Calcário Pó - de - carvão
  • 8. Musica e Dança Cada tribo tem seus próprio instrumentos, havendo também os instrumentos que são utilizados em diferentes tribos no entanto de diferentes formas como é o caso do maracá ou chocalho, onde em determinadas sociedades o uso do mesmo acontece em cerimonias religiosas, já outras tribos é utilizado para marcar ritmo junto a um cântico, por exemplo. A dança junto destes povos se difere da nossa por não dançarem em pares, a não ser por poucas excepções. A dança pode ser realizada por um único indivíduo ou por grupos. A musica e a dança estão frequentemente associadas aos índios e a sua cultura, varia de tribo para tribo. Em muitos povos a importância que a musica tem na representação de ritos e mitos é muito grande.
  • 9. Instrumentos Musicais São amantes da música, que praticam em festas de plantação e de colheita, nos ritos da puberdade e nas cerimonias de guerra e religiosas. Os instrumentos musicais são: toró (flauta de taquara), boré (flauta de osso), o mimbi (buzina) e o uaí (tambor de pele e de madeira).
  • 10. Teatro Entre várias tribos de índios é possível observar algumas representações, partes de rituais, que poderiam facilmente evoluir no sentido de um teatro. Muitas são representações sem palavras apenas gestos. Outros rituais são cantados e muitos se dão na forma de diálogo.
  • 11.
  • 12. Alimentação Pirão Tapioca Beiju Capivara Porco-do-Mato Macaco
  • 13. Habitações Oca é uma habitação típica destes povos. A palavra tem sua origem na família linguística tupi-guarani. As ocas são construídas coletivamente, ou seja, com a participação de vários integrantes da tribo. São grandes, podendo chegar até 40 metros de comprimento. Seu tamanho é justificado, pois várias famílias de índios habitam uma mesma oca. Internamente este tipo de habitação não possui divisões. São instaladas na parte interna da oca diversas redes, que os índios usam para dormir. A estrutura das ocas são bastante resistente, pois elas são construídas com a utilização de troncos de árvores. A cobertura é feita de folhas de palmeiras ou palha. Uma oca pode durar mais de 20 anos. As ocas não possuem janelas, porém, a ventilação ocorre através das portas e dos frizos entre os troncos das paredes. Costumam apresentar de uma a três portas apenas. Curiosidade:  - Uma oca de tamanho grande pode levar de 10 a 15 dias para ser construída, com o trabalho de 20 a 30 índios.
  • 14. Oca e o seu interior
  • 15. Crenças Estas tribos acreditam que tudo tem vida, as árvores, a água, as pedras, etc. Para certas tribos, alguns dos seres que fazem parte do mundo sobrenatural habitam as águas, os rios e as matas. A mitologia indígena, que consta de uma série de lendas tidas como fatos dos tempos lendários ou mitológicos, traz a explicação para os vários fenómenos da vida e da natureza, como a própria vida, a morte, a existência do bem e do mal, a dor e o sofrimento, e também explica a génese de todas as coisas.
  • 16. A relação entre o natural e o espiritual é tão grande que a origem das doenças, por exemplo, é sempre considerada espiritual. Sempre que alguém adoece, um pajé* entra em acção para apaziguar o espírito causador da enfermidade. O mesmo acontece com as actividades de caça e pesca e com o plantio de roças. É necessário guardar os tabus para favorecer os espíritos e conseguir sucesso nos empreendimentos. *Pajés - São Curandeiros, tidos por muitos, como portadores de poderes ocultos ou orientadores espirituais
  • 17. Curiosidade Pele pintada de vermelho e cabeças parcialmente raspadas, os seus arcos e flechas apontadas em direcção a um helicóptero, esta é a reacção desta tribo que nunca teve interacção com outros povos.
  • 18. O aparente nervosismo mostrado por essas pessoas é perfeitamente compreensível. Eles são membros de uma das últimas tribos indígenas que ainda não tiveram contato com a civilização moderna. E vivem na Amazónia, na fronteira com o Peru.
  • 19. MirianRoss, da SurvivalInternational, uma organização que visa proteger os indígenas que ainda não tiveram contato connosco, diz: “Essas fotos são a evidência de que tribos intocadas ainda existem. O mundo precisa acordar para isso, e entender que o território deles está protegido por acordos de leis internacionais. Do contrário, em breve eles serão extintos.”
  • 20. Conclusão Neste trabalho tivemos a oportunidade de investigar melhor a expressão que nos causava duvidas, vimos que estas tribos não se vestem como nós, não vivem em casas como nós, não comem as mesmas refeições e alimentos que nós e não têm a mesma religião que nós, mas não é por termos culturas diferentes que não deixamos de ser todos iguais. Pelo que estivemos a investigar, estes povos são muito pobres tendo então de produzir o seu próprio alimento, mas a sua pobreza não é um obstáculo para serem felizes e viverem em paz.
  • 21. FIM