ELEIÇÕES 
GOVERNAMENTAIS DO 
RIO GRANDE DO SUL 
COMPONENTES: 
Alisson de Goes 
Gabriel M. Zanatta
ELEIÇÕES: 
 As eleições estaduais no Rio Grande do Sul, em 2014, foram realizadas em 05 
de outubro (1º turno) e 26 de ou...
Principais candidatos ao governo: 
 Tarso Genro ( PT ) - Conta com o apoio dos seguintes 
partidos: PTB,PCdoB, PROS, PTC,...
1º turno 
40.4 
21.79 
VOTOS VALIDOS 
32.57 
4.72 
SARTORI TARSO ANA AMELIA VIEIRA DA CUNHA E OUTROS
2º Turno 
61.21 
38.79 
VOTOS 
SARTORI TARSO
JOSÉ IVO SARTORI (PMDB) 
 Natural de Farroupilha, Sartori nasceu em 25 de fevereiro de 1948. É formado 
em Filosofia pela...
PRINCIPAIS PROPOSTAS 
 Saúde 
Uma das propostas de Sartori é a implantação do programa Primeira Infância, 
que acompanha ...
 Segurança 
As apostas são de incentivar a criação de guardas municipais, investimentos 
nos setores de inteligência e ci...
 Educação 
A proposta do PMDB é de criar metas de qualidade de ensino nas escolas, mas 
também coloca que é "necessário c...
 Dívida 
Talvez o ponto mais polêmico de qualquer um dos planos de governo de 
ambos os candidatos que disputaram o gover...
Frases de grandes pensadores 
 “O meu ideal político é a democracia, para que todo o homem seja 
respeitado como indivídu...
Enfim... 
 ERRAR É HUMANO, CULPAR OS OUTROS É POLÍTICA.
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Eleições governamentais do rio grande do sul

433 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
433
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
278
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Eleições governamentais do rio grande do sul

  1. 1. ELEIÇÕES GOVERNAMENTAIS DO RIO GRANDE DO SUL COMPONENTES: Alisson de Goes Gabriel M. Zanatta
  2. 2. ELEIÇÕES:  As eleições estaduais no Rio Grande do Sul, em 2014, foram realizadas em 05 de outubro (1º turno) e 26 de outubro (2º turno), como parte das eleições gerais no Brasil. Como nenhum dos candidatos a governador obteve mais da metade dos votos válidos, um segundo turno foi realizado  Os eleitores aptos a votaram elegeram o Presidente da República, Governador do Estado e um Senador da República, além de 31 Deputados Federais e 55 Deputados Estaduais.
  3. 3. Principais candidatos ao governo:  Tarso Genro ( PT ) - Conta com o apoio dos seguintes partidos: PTB,PCdoB, PROS, PTC, PPL e PR.  Ana Amélia Lemos (PP) - Conta com o apoio dos seguintes partidos: PSDB, PRB, SD.  José Ivo Sartori (PMDB) - PSD, PSB, PPS, PSDC, PSL, PHS e PT do B.
  4. 4. 1º turno 40.4 21.79 VOTOS VALIDOS 32.57 4.72 SARTORI TARSO ANA AMELIA VIEIRA DA CUNHA E OUTROS
  5. 5. 2º Turno 61.21 38.79 VOTOS SARTORI TARSO
  6. 6. JOSÉ IVO SARTORI (PMDB)  Natural de Farroupilha, Sartori nasceu em 25 de fevereiro de 1948. É formado em Filosofia pela Universidade de Caxias do Sul (UCS) e foi professor universitário desta disciplina. Lecionou também História, Moral e Cívica e Organização Social e Política Brasileira. Sua carreira política começou em 1976, quando filiou-se ao PMDB e elegeu-se vereador em Caxias do Sul.  Por cinco vezes consecutivas, a partir de 1982, foi eleito deputado estadual. Durante o governo de Pedro Simon, foi secretário estadual do Trabalho e Bem- Estar Social, entre 1987 e 1988. Em 2002, elegeu-se deputado federal e, em 2004, venceu a eleição para a prefeitura de Caxias do Sul. Em 2008, foi reeleito.
  7. 7. PRINCIPAIS PROPOSTAS  Saúde Uma das propostas de Sartori é a implantação do programa Primeira Infância, que acompanha a vida de uma criança até a idade pré-escolar, projeto que foi implentado em Caxias do Sul, onde foi prefeito, e reduziu a mortalidade infantil. Outra ideia é a descentralização do acesso a médicos especialistas, que passaria a ser feito em macroregiões, com o objetivo de agilizar as consultas daqueles que vivem longe da capital. Aumentar os horários de atendimento nas Unidades Básicas de Saúde e Postos de Saúde também fazem parque do seu leque de mudanças, no entanto não deixa claro qual seria especificamente o novo horário de atendimento.
  8. 8.  Segurança As apostas são de incentivar a criação de guardas municipais, investimentos nos setores de inteligência e científicos da polícia e o aumento do efetivo da Brigada Militar (PM gaúcha) tirando policiais de funções administrativas para colocá-los no policiamento ostensivo nas ruas. Também está prevista entre as diretrizes de governo a implantação da "cultura da paz" nas escolas, como forma de ensinar às crianças respeito e convívio em grupo, e a criação de Parcerias-Público-Privadas (PPPs) para a reforma e construção de novos presídios.
  9. 9.  Educação A proposta do PMDB é de criar metas de qualidade de ensino nas escolas, mas também coloca que é "necessário corrigir o que está dando errado e incentivar o que está dando certo". Uma proposta curiosa é incentivar o ensino de alemão, italiano e espanhol, respectivamente, nas regiões que no passado receberam imigrantes desses países e nas cidades que fazem fronteira com o Uruguai e Argentina. Outro item é a valorização dos professores, que segundo Sartori, não se resume a questões salariais, e promete a implantação de um novo sistema de qualificação profissional permanente.
  10. 10.  Dívida Talvez o ponto mais polêmico de qualquer um dos planos de governo de ambos os candidatos que disputaram o governo do Rio Grande do Sul seja a dívida pública, que hoje passa de R$ 50 bilhões, o que já fez com que o Executivo recorresse ao saque de depósitos judiciais, além de engessar os investimentos. A proposta de Sartori é manter o pagamento em 13% da Receita Líquida Real (RLR), e tentar reduzir esse percentual, alongando ainda o prazo de pagamento e a redução do valor das prestações.
  11. 11. Frases de grandes pensadores  “O meu ideal político é a democracia, para que todo o homem seja respeitado como indivíduo e nenhum venerado.” – Albert Einstein  “O Demônio não soube o que fez quando criou o homem político; enganou-se, por isso, a si próprio.” – William Shakespeare  “A política tem a sua fonte na perversidade e não na grandeza do espírito humano.” – Voltaire
  12. 12. Enfim...  ERRAR É HUMANO, CULPAR OS OUTROS É POLÍTICA.

×