SlideShare uma empresa Scribd logo
ONDAS
Ondas
 Sempre que se fala em ondas,
lembramo-nos das ondas do
mar.
 Existem muitas outras ondas
na natureza. O som, por
exemplo, é transmitido de um
lugar para outro por ondas
sonoras.
 A luz também viaja como uma
onda.
Ondas e Energia
 Embora as ondas do mar viajem milhares de
quilómetros, as moléculas de água não vão
muito longe.
“Onda” num estádio de futebol
 A energia é transmitida ao longo do estádio mas
as pessoas permanecem nos mesmos lugares
(apenas se levantam e se tornam a sentar).
Ondas e Energia
 Quando o baterista percute o címbalo, este vibra.
 A energia é transferida para as moléculas de ar
circundantes. O som chega aos teus ouvidos porque as
moléculas do ar vibram.
 As moléculas de ar não se movem do címbalo para os teus
ouvidos. Elas apenas vibram e transmitem essa vibração às
moléculas vizinhas.
Ondas e energia
 Uma ONDA é a propagação de uma
perturbação.
 Transporta energia mas não matéria.
Classificação das ONDAS quanto à sua
natureza.
◦ Ondas Mecânicas:
necessitam de um
meio material para se
propagarem.
Ex. Pulso numa corda,
ondas sonoras.
Classificação das ONDAS quanto à
sua natureza.
◦ Ondas Electromagnéticas:
propagam-se tanto no vazio
como num meio material.
Ex. Ondas de rádio, luz
visível, microondas, IV,UV...
Propagam-se no vazio à
mesma velocidade: 300 000
km/s
Classificação das ondas quanto à direcção
de vibração:
 Se sacudirmos para cima e para baixo as missangas de
um colar...
 Em que sentido se move cada uma das missangas?
a) Da esquerda para a direita
b) De baixo para cima
 Em que sentido é transferida a energia?
a) Da esquerda para a direita
b) De baixo para cima
ONDAS TRANSVERSAIS
 A perturbação dá-se na direcção perpendicular
à da propagação da onda;
 Exemplo: a onda que viaja ao longo de uma
corda quando é agitada numa das extremidades
(a onda viaja mas a corda não sai da nossa
mão).
ONDAS TRANSVERSAIS
 Uma onda num estádio de futebol é um exemplo de uma
onda transversal pois o movimento das partículas (as
pessoas) faz-se perpendicularmente à direcção de
propagação da onda.
ONDAS LONGITUDINAIS
 Se comprimirmos a mola...
 As espiras da mola movem-se na mesma direcção da
propagação da onda?
 Sim
 Não
ONDAS LONGITUDINAIS
•A perturbação dá-se na direcção da
propagação da onda.
Som: onda longitudinal
Som: onda longitudinal
 O som é uma onda longitudinal pois as
partículas deslocam-se para a frente e para trás
(passando pela posição de equilíbrio), na
direcção da onda que se propaga.
Moléculas de ar
Altifalante Ouvido
E as ondas na água? São transversais ou
longitudinais?
 Se prestares atenção, verificas que, à medida
que a onda progride na água, as partículas
realizam movimentos circulares no sentido
dos ponteiros do relógio.
Resumindo:
 As ondas podem ser:
 Ondas mecânicas - necessitam de um meio material para
se propagarem.
 Ondas electromagnéticas - propagam-se tanto no vazio
como num meio material.
 Ondas transversais - A perturbação dá-se na direcção
perpendicular à da propagação da onda.
 Ondas longitudinais - A perturbação dá-se na direcção
da propagação da onda.
Ondas sonoras
 As ondas sonoras são ondas
mecânicas longitudinais.
 Resultam da compressão e
rarefacção alternada das partículas
do meio.
Ondas sonoras
cristas
ventres
As ondas sonoras são também chamadas ondas de pressão.
Características das ondas
Uma onda sonora, ou qualquer outra onda, é
descrita pelas seguintes características físicas:
• Amplitude, A
• Frequência, f
• Comprimento de onda, 
• Velocidade, v
A amplitude (A) da onda é o valor
máximo de afastamento em relação à
posição de equilíbrio.
Amplitude
Amplitude
Amplitude
Amplitude grande
Amplitude pequena
Frequência
PERÍODO (T) – intervalo de tempo entre a emissão de dois
pulsos; só depende do período de oscilação da fonte emissora.
É o tempo de um ciclo completo. (Unidade SI: segundo)
FREQUÊNCIA (f) – número de oscilações por unidade
de tempo. Depende da frequência da fonte emissora.
(Unidade SI: Hz ou s-1)
Frequência
Comprimento de onda (λ = lambda) – distância entre dois
pontos com o mesmo afastamento em relação à posição de
equilíbrio. É a distância que a onda avança ao fim de um
período (depende do meio de propagação).
Comprimento de onda
Comprimento de onda
Gráfico do deslocamento em função do tempo
Gráfico do deslocamento em função da posição
Velocidade de propagação
T
v


Velocidade (m/s)
Comprimento de onda (m)
Período (s)
 As animações utilizadas foram retiradas
daqui:
 http://www.absorblearning.com/physics/a
bout.jsp
 http://paws.kettering.edu/~drussell/Dem
os.html

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a som-aula.ppt

Ondas
OndasOndas
2.ondas
2.ondas2.ondas
Ondulatoria 9 ano
Ondulatoria   9 anoOndulatoria   9 ano
Ondulatoria 9 ano
Lina Magalhaes
 
Ondas cris
Ondas crisOndas cris
Ondas cris
cristbarb
 
Física
FísicaFísica
Física
Glecycianne
 
Física
FísicaFísica
Física
Glecycianne
 
Som
SomSom
1 física - ondulatória
1   física - ondulatória1   física - ondulatória
1 física - ondulatória
Mário Siqueira
 
Ondulatória
OndulatóriaOndulatória
Ondulatória
Fabricio Scheffer
 
Ciências - Ondas
Ciências  - OndasCiências  - Ondas
Ciências - Ondas
canalestudodebosta
 
Ondas 01
Ondas 01Ondas 01
Ondas 01
Ondas 01Ondas 01
ONDULATÓRIA-AULAONLINEETIP.pptx
ONDULATÓRIA-AULAONLINEETIP.pptxONDULATÓRIA-AULAONLINEETIP.pptx
ONDULATÓRIA-AULAONLINEETIP.pptx
nathaliaroncada
 
Ondulatoria 3°ano
Ondulatoria   3°anoOndulatoria   3°ano
Física/Som
Física/SomFísica/Som
Física/Som
Dani Barbosa
 
Ondas - 9º ano - 2º trimestre.pptx
Ondas - 9º ano - 2º trimestre.pptxOndas - 9º ano - 2º trimestre.pptx
Ondas - 9º ano - 2º trimestre.pptx
FabioGama13
 
Ondulatória.pdf
Ondulatória.pdfOndulatória.pdf
Ondulatória.pdf
ssuser2a1a57
 
Ondas 2012
Ondas 2012Ondas 2012
Ondas 2012
Isabella Silva
 
Estudo das ondas - Apostila
Estudo das ondas - ApostilaEstudo das ondas - Apostila
Estudo das ondas - Apostila
Paulo Cezar Rangel de Lima
 
Ondulatoria
OndulatoriaOndulatoria
Ondulatoria
Rildo Borges
 

Semelhante a som-aula.ppt (20)

Ondas
OndasOndas
Ondas
 
2.ondas
2.ondas2.ondas
2.ondas
 
Ondulatoria 9 ano
Ondulatoria   9 anoOndulatoria   9 ano
Ondulatoria 9 ano
 
Ondas cris
Ondas crisOndas cris
Ondas cris
 
Física
FísicaFísica
Física
 
Física
FísicaFísica
Física
 
Som
SomSom
Som
 
1 física - ondulatória
1   física - ondulatória1   física - ondulatória
1 física - ondulatória
 
Ondulatória
OndulatóriaOndulatória
Ondulatória
 
Ciências - Ondas
Ciências  - OndasCiências  - Ondas
Ciências - Ondas
 
Ondas 01
Ondas 01Ondas 01
Ondas 01
 
Ondas 01
Ondas 01Ondas 01
Ondas 01
 
ONDULATÓRIA-AULAONLINEETIP.pptx
ONDULATÓRIA-AULAONLINEETIP.pptxONDULATÓRIA-AULAONLINEETIP.pptx
ONDULATÓRIA-AULAONLINEETIP.pptx
 
Ondulatoria 3°ano
Ondulatoria   3°anoOndulatoria   3°ano
Ondulatoria 3°ano
 
Física/Som
Física/SomFísica/Som
Física/Som
 
Ondas - 9º ano - 2º trimestre.pptx
Ondas - 9º ano - 2º trimestre.pptxOndas - 9º ano - 2º trimestre.pptx
Ondas - 9º ano - 2º trimestre.pptx
 
Ondulatória.pdf
Ondulatória.pdfOndulatória.pdf
Ondulatória.pdf
 
Ondas 2012
Ondas 2012Ondas 2012
Ondas 2012
 
Estudo das ondas - Apostila
Estudo das ondas - ApostilaEstudo das ondas - Apostila
Estudo das ondas - Apostila
 
Ondulatoria
OndulatoriaOndulatoria
Ondulatoria
 

Mais de Tatiane Fernandes

sistemaurinrio-230922200503-503b3c21.ppt
sistemaurinrio-230922200503-503b3c21.pptsistemaurinrio-230922200503-503b3c21.ppt
sistemaurinrio-230922200503-503b3c21.ppt
Tatiane Fernandes
 
302177gvhgvhggvhjhbjhjhbjbjbjhbjhvfcf0.ppt
302177gvhgvhggvhjhbjhjhbjbjbjhbjhvfcf0.ppt302177gvhgvhggvhjhbjhjhbjbjbjhbjhvfcf0.ppt
302177gvhgvhggvhjhbjhjhbjbjbjhbjhvfcf0.ppt
Tatiane Fernandes
 
858836jnljijliihuugyuftrtdtreserzexgfc8.ppt
858836jnljijliihuugyuftrtdtreserzexgfc8.ppt858836jnljijliihuugyuftrtdtreserzexgfc8.ppt
858836jnljijliihuugyuftrtdtreserzexgfc8.ppt
Tatiane Fernandes
 
16257hhfjshefhfhshuihfurhiufiesuhihfiuhksdjj62.ppt
16257hhfjshefhfhshuihfurhiufiesuhihfiuhksdjj62.ppt16257hhfjshefhfhshuihfurhiufiesuhihfiuhksdjj62.ppt
16257hhfjshefhfhshuihfurhiufiesuhihfiuhksdjj62.ppt
Tatiane Fernandes
 
AULA-14-E-15-PLATEdjdsjkjdsklLMINTOS.pptx
AULA-14-E-15-PLATEdjdsjkjdsklLMINTOS.pptxAULA-14-E-15-PLATEdjdsjkjdsklLMINTOS.pptx
AULA-14-E-15-PLATEdjdsjkjdsklLMINTOS.pptx
Tatiane Fernandes
 
326438njdfvmndbcbhddkdklspoeeudnncb1.ppt
326438njdfvmndbcbhddkdklspoeeudnncb1.ppt326438njdfvmndbcbhddkdklspoeeudnncb1.ppt
326438njdfvmndbcbhddkdklspoeeudnncb1.ppt
Tatiane Fernandes
 
u,d,ds,.s,d.s,.d,çwleç,,d,nit 5. Tapeworms.ppt
u,d,ds,.s,d.s,.d,çwleç,,d,nit 5. Tapeworms.pptu,d,ds,.s,d.s,.d,çwleç,,d,nit 5. Tapeworms.ppt
u,d,ds,.s,d.s,.d,çwleç,,d,nit 5. Tapeworms.ppt
Tatiane Fernandes
 
apresentaodourados10102007-090912180506-phpapp02.ppt
apresentaodourados10102007-090912180506-phpapp02.pptapresentaodourados10102007-090912180506-phpapp02.ppt
apresentaodourados10102007-090912180506-phpapp02.ppt
Tatiane Fernandes
 
Parasitologiuuhbbbggvhvhgcgfcgcia (2).pptx
Parasitologiuuhbbbggvhvhgcgfcgcia (2).pptxParasitologiuuhbbbggvhvhgcgfcgcia (2).pptx
Parasitologiuuhbbbggvhvhgcgfcgcia (2).pptx
Tatiane Fernandes
 
Sistematica classificacao e biodiversidade (2).pptx
Sistematica classificacao e biodiversidade (2).pptxSistematica classificacao e biodiversidade (2).pptx
Sistematica classificacao e biodiversidade (2).pptx
Tatiane Fernandes
 
aula18-1608272kklllllllllllllllljjjj30346.pptx
aula18-1608272kklllllllllllllllljjjj30346.pptxaula18-1608272kklllllllllllllllljjjj30346.pptx
aula18-1608272kklllllllllllllllljjjj30346.pptx
Tatiane Fernandes
 
aula01-introducaoamicrobiologia-120314115224-phpapp01 (2).pptx
aula01-introducaoamicrobiologia-120314115224-phpapp01 (2).pptxaula01-introducaoamicrobiologia-120314115224-phpapp01 (2).pptx
aula01-introducaoamicrobiologia-120314115224-phpapp01 (2).pptx
Tatiane Fernandes
 
laboratorios-11,l0604065424-phpapp01.pptx
laboratorios-11,l0604065424-phpapp01.pptxlaboratorios-11,l0604065424-phpapp01.pptx
laboratorios-11,l0604065424-phpapp01.pptx
Tatiane Fernandes
 
Proteina_aula1 (1).ppt
Proteina_aula1 (1).pptProteina_aula1 (1).ppt
Proteina_aula1 (1).ppt
Tatiane Fernandes
 
Grupo 7 - Dislipidemia.pptx
Grupo 7 - Dislipidemia.pptxGrupo 7 - Dislipidemia.pptx
Grupo 7 - Dislipidemia.pptx
Tatiane Fernandes
 

Mais de Tatiane Fernandes (15)

sistemaurinrio-230922200503-503b3c21.ppt
sistemaurinrio-230922200503-503b3c21.pptsistemaurinrio-230922200503-503b3c21.ppt
sistemaurinrio-230922200503-503b3c21.ppt
 
302177gvhgvhggvhjhbjhjhbjbjbjhbjhvfcf0.ppt
302177gvhgvhggvhjhbjhjhbjbjbjhbjhvfcf0.ppt302177gvhgvhggvhjhbjhjhbjbjbjhbjhvfcf0.ppt
302177gvhgvhggvhjhbjhjhbjbjbjhbjhvfcf0.ppt
 
858836jnljijliihuugyuftrtdtreserzexgfc8.ppt
858836jnljijliihuugyuftrtdtreserzexgfc8.ppt858836jnljijliihuugyuftrtdtreserzexgfc8.ppt
858836jnljijliihuugyuftrtdtreserzexgfc8.ppt
 
16257hhfjshefhfhshuihfurhiufiesuhihfiuhksdjj62.ppt
16257hhfjshefhfhshuihfurhiufiesuhihfiuhksdjj62.ppt16257hhfjshefhfhshuihfurhiufiesuhihfiuhksdjj62.ppt
16257hhfjshefhfhshuihfurhiufiesuhihfiuhksdjj62.ppt
 
AULA-14-E-15-PLATEdjdsjkjdsklLMINTOS.pptx
AULA-14-E-15-PLATEdjdsjkjdsklLMINTOS.pptxAULA-14-E-15-PLATEdjdsjkjdsklLMINTOS.pptx
AULA-14-E-15-PLATEdjdsjkjdsklLMINTOS.pptx
 
326438njdfvmndbcbhddkdklspoeeudnncb1.ppt
326438njdfvmndbcbhddkdklspoeeudnncb1.ppt326438njdfvmndbcbhddkdklspoeeudnncb1.ppt
326438njdfvmndbcbhddkdklspoeeudnncb1.ppt
 
u,d,ds,.s,d.s,.d,çwleç,,d,nit 5. Tapeworms.ppt
u,d,ds,.s,d.s,.d,çwleç,,d,nit 5. Tapeworms.pptu,d,ds,.s,d.s,.d,çwleç,,d,nit 5. Tapeworms.ppt
u,d,ds,.s,d.s,.d,çwleç,,d,nit 5. Tapeworms.ppt
 
apresentaodourados10102007-090912180506-phpapp02.ppt
apresentaodourados10102007-090912180506-phpapp02.pptapresentaodourados10102007-090912180506-phpapp02.ppt
apresentaodourados10102007-090912180506-phpapp02.ppt
 
Parasitologiuuhbbbggvhvhgcgfcgcia (2).pptx
Parasitologiuuhbbbggvhvhgcgfcgcia (2).pptxParasitologiuuhbbbggvhvhgcgfcgcia (2).pptx
Parasitologiuuhbbbggvhvhgcgfcgcia (2).pptx
 
Sistematica classificacao e biodiversidade (2).pptx
Sistematica classificacao e biodiversidade (2).pptxSistematica classificacao e biodiversidade (2).pptx
Sistematica classificacao e biodiversidade (2).pptx
 
aula18-1608272kklllllllllllllllljjjj30346.pptx
aula18-1608272kklllllllllllllllljjjj30346.pptxaula18-1608272kklllllllllllllllljjjj30346.pptx
aula18-1608272kklllllllllllllllljjjj30346.pptx
 
aula01-introducaoamicrobiologia-120314115224-phpapp01 (2).pptx
aula01-introducaoamicrobiologia-120314115224-phpapp01 (2).pptxaula01-introducaoamicrobiologia-120314115224-phpapp01 (2).pptx
aula01-introducaoamicrobiologia-120314115224-phpapp01 (2).pptx
 
laboratorios-11,l0604065424-phpapp01.pptx
laboratorios-11,l0604065424-phpapp01.pptxlaboratorios-11,l0604065424-phpapp01.pptx
laboratorios-11,l0604065424-phpapp01.pptx
 
Proteina_aula1 (1).ppt
Proteina_aula1 (1).pptProteina_aula1 (1).ppt
Proteina_aula1 (1).ppt
 
Grupo 7 - Dislipidemia.pptx
Grupo 7 - Dislipidemia.pptxGrupo 7 - Dislipidemia.pptx
Grupo 7 - Dislipidemia.pptx
 

som-aula.ppt

  • 2. Ondas  Sempre que se fala em ondas, lembramo-nos das ondas do mar.  Existem muitas outras ondas na natureza. O som, por exemplo, é transmitido de um lugar para outro por ondas sonoras.  A luz também viaja como uma onda.
  • 3. Ondas e Energia  Embora as ondas do mar viajem milhares de quilómetros, as moléculas de água não vão muito longe.
  • 4. “Onda” num estádio de futebol  A energia é transmitida ao longo do estádio mas as pessoas permanecem nos mesmos lugares (apenas se levantam e se tornam a sentar).
  • 5. Ondas e Energia  Quando o baterista percute o címbalo, este vibra.  A energia é transferida para as moléculas de ar circundantes. O som chega aos teus ouvidos porque as moléculas do ar vibram.  As moléculas de ar não se movem do címbalo para os teus ouvidos. Elas apenas vibram e transmitem essa vibração às moléculas vizinhas.
  • 6. Ondas e energia  Uma ONDA é a propagação de uma perturbação.  Transporta energia mas não matéria.
  • 7. Classificação das ONDAS quanto à sua natureza. ◦ Ondas Mecânicas: necessitam de um meio material para se propagarem. Ex. Pulso numa corda, ondas sonoras.
  • 8. Classificação das ONDAS quanto à sua natureza. ◦ Ondas Electromagnéticas: propagam-se tanto no vazio como num meio material. Ex. Ondas de rádio, luz visível, microondas, IV,UV... Propagam-se no vazio à mesma velocidade: 300 000 km/s
  • 9. Classificação das ondas quanto à direcção de vibração:  Se sacudirmos para cima e para baixo as missangas de um colar...  Em que sentido se move cada uma das missangas? a) Da esquerda para a direita b) De baixo para cima  Em que sentido é transferida a energia? a) Da esquerda para a direita b) De baixo para cima
  • 10. ONDAS TRANSVERSAIS  A perturbação dá-se na direcção perpendicular à da propagação da onda;  Exemplo: a onda que viaja ao longo de uma corda quando é agitada numa das extremidades (a onda viaja mas a corda não sai da nossa mão).
  • 11. ONDAS TRANSVERSAIS  Uma onda num estádio de futebol é um exemplo de uma onda transversal pois o movimento das partículas (as pessoas) faz-se perpendicularmente à direcção de propagação da onda.
  • 12. ONDAS LONGITUDINAIS  Se comprimirmos a mola...  As espiras da mola movem-se na mesma direcção da propagação da onda?  Sim  Não
  • 13. ONDAS LONGITUDINAIS •A perturbação dá-se na direcção da propagação da onda. Som: onda longitudinal
  • 14. Som: onda longitudinal  O som é uma onda longitudinal pois as partículas deslocam-se para a frente e para trás (passando pela posição de equilíbrio), na direcção da onda que se propaga. Moléculas de ar Altifalante Ouvido
  • 15. E as ondas na água? São transversais ou longitudinais?  Se prestares atenção, verificas que, à medida que a onda progride na água, as partículas realizam movimentos circulares no sentido dos ponteiros do relógio.
  • 16. Resumindo:  As ondas podem ser:  Ondas mecânicas - necessitam de um meio material para se propagarem.  Ondas electromagnéticas - propagam-se tanto no vazio como num meio material.  Ondas transversais - A perturbação dá-se na direcção perpendicular à da propagação da onda.  Ondas longitudinais - A perturbação dá-se na direcção da propagação da onda.
  • 17. Ondas sonoras  As ondas sonoras são ondas mecânicas longitudinais.  Resultam da compressão e rarefacção alternada das partículas do meio.
  • 18. Ondas sonoras cristas ventres As ondas sonoras são também chamadas ondas de pressão.
  • 19. Características das ondas Uma onda sonora, ou qualquer outra onda, é descrita pelas seguintes características físicas: • Amplitude, A • Frequência, f • Comprimento de onda,  • Velocidade, v
  • 20. A amplitude (A) da onda é o valor máximo de afastamento em relação à posição de equilíbrio. Amplitude Amplitude
  • 22. Frequência PERÍODO (T) – intervalo de tempo entre a emissão de dois pulsos; só depende do período de oscilação da fonte emissora. É o tempo de um ciclo completo. (Unidade SI: segundo) FREQUÊNCIA (f) – número de oscilações por unidade de tempo. Depende da frequência da fonte emissora. (Unidade SI: Hz ou s-1)
  • 24. Comprimento de onda (λ = lambda) – distância entre dois pontos com o mesmo afastamento em relação à posição de equilíbrio. É a distância que a onda avança ao fim de um período (depende do meio de propagação). Comprimento de onda
  • 26. Gráfico do deslocamento em função do tempo
  • 27. Gráfico do deslocamento em função da posição
  • 28. Velocidade de propagação T v   Velocidade (m/s) Comprimento de onda (m) Período (s)
  • 29.  As animações utilizadas foram retiradas daqui:  http://www.absorblearning.com/physics/a bout.jsp  http://paws.kettering.edu/~drussell/Dem os.html

Notas do Editor

  1. ONDAS
  2. ONDAS