ECOLOGIA
Ecologia é a parte da Biologia que estuda os seres vivos no seu
relacionamento entre si e com o meio ambiente ond...
Outros conceitos utilizados em Ecologia:
Hábitat: é o tipo de local ou lugar físico normalmente
habitado pelos indivíduos ...
Estudo dos Ecossistemas
Componentes bióticos / biocenose / biota / comunidade:
– Produtores ou Autótrofos:
Tipos: Fotossin...
É uma série de sucessivas transferências pela qual passa a
matéria desde os produtores até os decompositores, tendo
como i...
Teia Alimentar
Níveis Tróficos
COMPONENTES DE UMA TEIA ALIMENTAR:
• PRODUTORES:   AUTÓTROFOS: FOTOSSINTETIZANTES
QUIMIOSSINTETIZANTES
• CONSUMIDORES:  ...
Dinâmica Energética de um Ecossistema
Fluxo de Matéria e de Energia
• Transferência de matéria e energia: PRODUTORES DECOM...
A energia, entretanto, não segue um
caminho cíclico. Ela é unidirecional, pois
se dispersa dos seres para o ambiente,
sob ...
Pirâmides Ecológicas
Representações gráficas das relações alimentares de uma
comunidade.
Os degraus de uma pirâmide poderã...
PIRÂMIDE DE ENERGIA
PIRÂMIDE DE BIOMASSA
PIRÂMIDE DE NUMEROS
Produtividade nos Ecossistemas
• Produtividade Primária: quantidade de energia que e
assimilada e convertida em matéria or...
• É a substituição seqüencial de espécies em uma comunidade; compreende
todas as etapas desde a colonização das espécies p...
Ciclos Biogeoquímicos
“Na Natureza, nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”.
O HOMEM AFETA O CICLO DA ÁGUA DE DUAS
FORMAS:
QUALITATIVAMENTE
QUANTITATIVAMENTE
A atividade respiratória dos seres
vivos e as combustões em geral,
lançam esse gás na atmosfera,
provocando poluição.
Dura...
DESTRUIÇÃO DA CAMADA DE
OZÔNIO
CAUSA: emissão de poluentes
(especialmente de CFC).
CONSEQUÊNCIA: Passagem de
radiação ultr...
- O nitrogênio é o gás mais abundante da atmosfera.
- O nitrogênio compõe proteínas, DNA, RNA, vitaminas, clorofila, ATP e...
N2 NH3 NO2 NO3
Bactérias
Biofixadoras Nitrosomonas sp. Nitrobacter sp.
Aula ecologia
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula ecologia

233 visualizações

Publicada em

Slide ecologia

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
233
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula ecologia

  1. 1. ECOLOGIA Ecologia é a parte da Biologia que estuda os seres vivos no seu relacionamento entre si e com o meio ambiente onde vivem. Etimologicamente, o nome vem do grego oikos, ‘casa, ambiente’, e logos, ‘estudo, tratado’. É O ESTUDO DOS ECOSSISTEMAS. Níveis de Organização: Célula Tecido Órgão Sistema Organismo População Comunidade Ecossistema Biosfera
  2. 2. Outros conceitos utilizados em Ecologia: Hábitat: é o tipo de local ou lugar físico normalmente habitado pelos indivíduos de uma espécie. Nicho Ecológico: é o ‘lugar funcional’ ocupado por uma espécie dentro do seu sistema. População: é um conjunto de indivíduos de uma mesma espécie que convivem numa área comum, mantendo ou não um certo isolamento em relação a grupos de outra região. Comunidade/Biocenoses: representa o conjunto de populações que habitam o mesmo ecossistema, mantendo entre si um relacionamento. ECOSSISTEMA: Biocenose (Fatores Bióticos) + Biótipo (Fatores Abióticos)
  3. 3. Estudo dos Ecossistemas Componentes bióticos / biocenose / biota / comunidade: – Produtores ou Autótrofos: Tipos: Fotossintetizantes (vegetais verdes ou clorofilados) e Quimiossintetizantes (nitrobacterias). – Consumidores: Tipos: Heterótrofos e Decompositores. Componentes abióticos: componentes físicos e químicos do ambiente. - Físicos: – Luz (Umbrófilas/Heliófilas) – Temperatura (Eurit./Estenotermicas e Homeot./Heterotermicas) – Água (Hidrófilas/Higrófilas/Xerófilas/Mesófilas) – Pressão – Chuvas – pH – Salinidade (Eurialinas/Estenoalinas) - Químicos: Nutrientes minerais
  4. 4. É uma série de sucessivas transferências pela qual passa a matéria desde os produtores até os decompositores, tendo como intermediários os consumidores. Componentes de uma cadeia alimentar: Produtores: seres autótrofos como os vegetais e as algas do fitoplâncton. Corresponde ao primeiro nível trófico. Consumidores: são os organismos heterótrofos. Os herbívoros, sendo os primeiros a consumir a matéria orgânica elaborada pelos produtores, são chamados de consumidores primários; seguidos dos consumidores secundários (nutrem-se de herbívoros), terciários, etc., formando o segundo, terceiro nível trófico. Decompositores: são bactérias e fungos; decompõem as proteínas e outros compostos orgânicos em uréia, amônia, nitratos, nitritos, nitrogênio livre, etc., devolvendo a matéria inorgânica ao meio abiótico. Cadeia Alimentar
  5. 5. Teia Alimentar
  6. 6. Níveis Tróficos
  7. 7. COMPONENTES DE UMA TEIA ALIMENTAR: • PRODUTORES:   AUTÓTROFOS: FOTOSSINTETIZANTES QUIMIOSSINTETIZANTES • CONSUMIDORES:   HETERÓTROFOS: HERBÍVOROS CARNÍVOROS ONÍVOROS • DECOMPOSITORES:   SAPRÓFAGOS: FUNGOS BACTÉRIAS
  8. 8. Dinâmica Energética de um Ecossistema Fluxo de Matéria e de Energia • Transferência de matéria e energia: PRODUTORES DECOMPOSITORES • A quantidade de energia disponível diminui à medida que é transferida de um nível trófico para outro. • Fluxo de energia é unidirecional.
  9. 9. A energia, entretanto, não segue um caminho cíclico. Ela é unidirecional, pois se dispersa dos seres para o ambiente, sob a forma de calor, não mais sendo recuperável pelos organismos. A matéria se mantém num ciclo interminável, ora passa por uma fase inorgânica, ora atravessa uma fase orgânica.
  10. 10. Pirâmides Ecológicas Representações gráficas das relações alimentares de uma comunidade. Os degraus de uma pirâmide poderão representar a quantidade de kilocalorias (energia) presente nos componentes de uma cadeia alimentar, a biomassa armazenada em cada nível trófico ou a número de indivíduos envolvidos na referida cadeia. Portanto existem: • PIRÂMIDES DE ENERGIA • PIRÂMIDES DE BIOMASSA • PIRÂMIDES DE NÚMEROS
  11. 11. PIRÂMIDE DE ENERGIA PIRÂMIDE DE BIOMASSA PIRÂMIDE DE NUMEROS
  12. 12. Produtividade nos Ecossistemas • Produtividade Primária: quantidade de energia que e assimilada e convertida em matéria orgânica pelos produtores. P.P.B.: síntese total de matéria orgânica P.P.L.: P.P.B. – Energia (Respiração) • Produtividade Secundária: quantidade de energia acumulada pelos heterotróficos. P.S.B.: armazenamento total P.S.L.: P.S.B. – Energia (Respiração)
  13. 13. • É a substituição seqüencial de espécies em uma comunidade; compreende todas as etapas desde a colonização das espécies pioneiras até o clímax. • As comunidades ou biocenoses estão continuamente sujeitas a modificações em função das alterações do meio ambiente. • Características de uma Sucessão: – Resposta as modificações nas condições ambientais locais; – Aumento da diversidade dos seres vivos e da biomassa; – Populações simples Populações Complexas; – Estágios iniciais: Atividade Autotrófica Atividade Heterotrófica Produtividade Bruta > Respiração – Estágios de Clímax: Equilíbrio P.B. = Respiração P.L. baixa = toda a produção esta sendo utilizada. – Durante uma sucessão há um aumento das relações interativas entre os seres vivos. • Tipos de Sucessão: Primária e Secundária Sucessão Ecológica
  14. 14. Ciclos Biogeoquímicos “Na Natureza, nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”.
  15. 15. O HOMEM AFETA O CICLO DA ÁGUA DE DUAS FORMAS: QUALITATIVAMENTE QUANTITATIVAMENTE
  16. 16. A atividade respiratória dos seres vivos e as combustões em geral, lançam esse gás na atmosfera, provocando poluição. Durante a fotossíntese, os organismos retiram CO2 do ambiente e desprendem oxigênio (O2).
  17. 17. DESTRUIÇÃO DA CAMADA DE OZÔNIO CAUSA: emissão de poluentes (especialmente de CFC). CONSEQUÊNCIA: Passagem de radiação ultravioleta pela atmosfera causando câncer de pele, catarata, destruição do plâncton. AQUECIMENTO GLOBAL “Efeito Estufa” CAUSA: emissão de poluentes derivados da queima de combustíveis fósseis. CONSEQUÊNCIA: os poluentes permitem a passagem de luz até a superfície terrestre mas, aprisiona o calor emanado por essa superfície, alterando a temperatura média do planeta.
  18. 18. - O nitrogênio é o gás mais abundante da atmosfera. - O nitrogênio compõe proteínas, DNA, RNA, vitaminas, clorofila, ATP e outros compostos orgânicos de grande importância. - Os únicos seres que fixam o nitrogênio são bactérias, cianobactérias e fungos por apresentarem enzimas apropriadas para essa função. Ciclo do Nitrogênio
  19. 19. N2 NH3 NO2 NO3 Bactérias Biofixadoras Nitrosomonas sp. Nitrobacter sp.

×