Marcos A. Silva
 Preparando os volumes de tratamento: 
 Margens – PTVs. 
 Órgãos de risco. 
 Tratamentos das ROIs. 
 Pontos de Referê...
 Preparando para o IMRT: 
 Definir campos e ângulos entre eles. 
 Verificar limitações físicas do aparelho. 
 Definir ...
 .
 .

 
Duplo Clique 
Aqui! 
Clique Botão 
Direito
 International Committee for Radiological 
Units. 
 ICRU 50 , 62 => 3DCRT 
 ICRU 83 => IMRT
 ICRU 50 , 62 => 3DCRT 
 Dose Uniforme no PTV ( -5% e +7%). 
 Curva de prescrição é D95%. 
 Dose de Referência fica no...
 ICRU 83 => IMRT 
 Distribuição de dose não uniforme. 
 Grande Variação dosimétrica. 
 Dose no isocentro fica sem sent...
 ICRU 83 => IMRT 
 Dose Máxima é definida como D2% 
 Dose Mínima no PTV é definida como D98% . 
 Dose média e dose mai...
 Homogeneity index: 
 HI = (D2% - D98% )/ D50% 
 HI => Optimized closed to 0.0
 Análise de alguns casos: 
 Pelve. 
 Cabeça e Pescoço. 
 Crânio (coplanar). 
 Crânio (todos os campos não coplanares)...
 Obrigado ! 
marcos.masilva@gmail.com
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
O controle de qualidade no imrt   CAT3D, analise e considerações
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O controle de qualidade no imrt CAT3D, analise e considerações

343 visualizações

Publicada em

Uso do CAT3D para planejamentos IMRT com Moduladores, passo a passo...

Publicada em: Saúde e medicina
1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
343
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O controle de qualidade no imrt CAT3D, analise e considerações

  1. 1. Marcos A. Silva
  2. 2.  Preparando os volumes de tratamento:  Margens – PTVs.  Órgãos de risco.  Tratamentos das ROIs.  Pontos de Referência.  Linhas de referência.  Operações entre ROIs: Adição e subtração. Duplicação de ROIs.
  3. 3.  Preparando para o IMRT:  Definir campos e ângulos entre eles.  Verificar limitações físicas do aparelho.  Definir tamanhos de campos adequados.  Campos paralelos e opostos, não são adequados.  Inicializar modulo IMRT.  Normalizar em 100% no isocentro de Tratamento.  Otimizar Moduladores.  Avaliar resultados.
  4. 4.  .
  5. 5.  .
  6. 6.
  7. 7.  Duplo Clique Aqui! Clique Botão Direito
  8. 8.  International Committee for Radiological Units.  ICRU 50 , 62 => 3DCRT  ICRU 83 => IMRT
  9. 9.  ICRU 50 , 62 => 3DCRT  Dose Uniforme no PTV ( -5% e +7%).  Curva de prescrição é D95%.  Dose de Referência fica no Isocentro.  Índice de Coformidade (CI)= TV/PTV
  10. 10.  ICRU 83 => IMRT  Distribuição de dose não uniforme.  Grande Variação dosimétrica.  Dose no isocentro fica sem sentido.  Consequências radiobiológicas, devido a grande heterogeneidade de dose, são incertas. ( 180 cGy - 250cGy).
  11. 11.  ICRU 83 => IMRT  Dose Máxima é definida como D2%  Dose Mínima no PTV é definida como D98% .  Dose média e dose mais provável são muito próximas no PTV, mas pode ser diferente em OARs.  Definição de Sub-volumes no PTV e é permitido superposição.  Distribuição de dose não uniforme.  Grande Variação dosimétrica.  Dose no isocentro fica sem sentido.
  12. 12.  Homogeneity index:  HI = (D2% - D98% )/ D50%  HI => Optimized closed to 0.0
  13. 13.  Análise de alguns casos:  Pelve.  Cabeça e Pescoço.  Crânio (coplanar).  Crânio (todos os campos não coplanares).
  14. 14.  Obrigado ! marcos.masilva@gmail.com

×