Unidade Curricular: Educação à Distância e E-learningDocente: Maria João GomesTrabalho realizado por: Rúben Diogo Alves Ba...
Fonte: Ribeiro, Ferreira &Carneiro 2011: 3
Falta deConsensoFonte: Ribeiro, Ferreira &Carneiro 2011: 6
Interação entre os participantes que acontece através dedispositivos móveis, tais como telemóveis, i-pods,laptops, rádio, ...
 Portabilidade Interacção social Sensibilidade ao contexto Conectividade Individualidade(Naismith 2004:9 in Moura & C...
Elimina as limitações na aprendizagem na sala de aula,dando acesso a materiais de ensino independentementedo local e do te...
Estas vantagens assentam em diferentes pressupostos:Interação ColaboraçãoCompromisso MotivaçãoAutonomia eflexibilidade
Facilitar a concepção de experiências de aprendizagemmediadas por tecnologias móveis, como o telemóvel,para promover o suc...
E-learning M-learningBaseia a sua intervenção emdocumento e aulas virtuaisMaior comunicação verbal e as aulassão em contex...
O M-learning deve obedecer a 4 critérios para que estejapresente nos contextos educativos Keegan (2005 inRibeiro, Ferreira...
Fonte: Ribeiro, Ferreira &Carneiro 2011: 23
 Moura, A. & Carvalho, A.A (2010). Enquadramentoteórico para a integração de tecnologias móveis emcontexto educativo. In ...
Rúben
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Rúben

207 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
207
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Rúben

  1. 1. Unidade Curricular: Educação à Distância e E-learningDocente: Maria João GomesTrabalho realizado por: Rúben Diogo Alves Barbosa A64970
  2. 2. Fonte: Ribeiro, Ferreira &Carneiro 2011: 3
  3. 3. Falta deConsensoFonte: Ribeiro, Ferreira &Carneiro 2011: 6
  4. 4. Interação entre os participantes que acontece através dedispositivos móveis, tais como telemóveis, i-pods,laptops, rádio, TV, telefone, fax
  5. 5.  Portabilidade Interacção social Sensibilidade ao contexto Conectividade Individualidade(Naismith 2004:9 in Moura & Carvalho 2010:1002)
  6. 6. Elimina as limitações na aprendizagem na sala de aula,dando acesso a materiais de ensino independentementedo local e do tempoRemove um pouco da formalidade da experiência deaprender
  7. 7. Estas vantagens assentam em diferentes pressupostos:Interação ColaboraçãoCompromisso MotivaçãoAutonomia eflexibilidade
  8. 8. Facilitar a concepção de experiências de aprendizagemmediadas por tecnologias móveis, como o telemóvel,para promover o sucesso educativo.
  9. 9. E-learning M-learningBaseia a sua intervenção emdocumento e aulas virtuaisMaior comunicação verbal e as aulassão em contexto realRelação entre aluno e professor nãoé instantâneaRelação entre aluno e professor éimediataNecessário calendarizar tarefas Processos espontâneo
  10. 10. O M-learning deve obedecer a 4 critérios para que estejapresente nos contextos educativos Keegan (2005 inRibeiro, Ferreira & Carneiro 2011: 13): Divulgação com menção expressa Deve fazer parte do pagamento de propinas Deve ser objeto de avaliação Necessidade de certificar e acreditar
  11. 11. Fonte: Ribeiro, Ferreira &Carneiro 2011: 23
  12. 12.  Moura, A. & Carvalho, A.A (2010). Enquadramentoteórico para a integração de tecnologias móveis emcontexto educativo. In In Fernando AlbuquerqueCosta, Guilhermina Lobato Miranda, João FilipeMatos, Isabel Chagas e Elisabte Cruz (orgs), Actas do IEncontro Internacional TIC e Educação; Lisboa;Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, pp.679-1001-1006. Ribeiro, A., Ferreira, E., & Carneiro, N. ( Novembro2011). Mobile learning. As Tecnologias Telemáticas e aAprendizagem. Mestrado Multimédia ISCIA.

×