SlideShare uma empresa Scribd logo
GOIÁS e DF
Abril de 2016
Edição nº 20, ano 3
B r a s í l i a & E n t o r n o
Somos filiado a
Jornal de distribuição gratuita. Venda proibida.
Câmara de Corumbá
tem sede revitalizada
Página 11
De novo
prefeito?
Dívida da Prefeitura de Alexãnia com Previdência
dos Servidores já chega a R$ 1.344.199,57,
fora o parcelamento feito em 2014 em atraso.
Zé Diniz segue
reunindo
lideranças
Alaídes e Feipe do Mercado aderem ao grupo. Já são 9
partidos na base de sustentação de apoio a pré-
candidatura de Zé Diniz em Abadiânia.
Página 9
Colunistas
Nelma Santos .....................Página 2
Allysson S. Lima .................Página 2
Cristiano Castilho ...............Página 4
Mateus Henrique ................Página 5
Ismael Dutra .......................Página 5
Matheus Ramos ....................Página 8
Página 5
A Associação de Diabéticos e
Hipertensos de Alexânia – ADHA,
presidida por Dona Rose Mary,
está a disposição da sociedade.
AMAA apoia PEC que muda
regras para nomeação de
secretários e ministros
Ronaldo aumenta IPTU de
Alexânia em até 500%.
O povo não aguenta mais.
Pode pedir impeachment?
As coaches Aline Clarinda e
Juliana Tolentino apresentam
um workshop sobre inteligência
emocional dos relacionamentos
Página 2
Página 7Página 8
Página 7
Diretor responsável: Michael Laiso Felix (Reg. API nº 2359/09 - MTE 3354/GO) Revisor: Allysson Silva
Lima Representante Comercial: Marcos Morais (62) 9412-4943/ Criação do Projeto Visual:
GraficaeArte.com (André Duque de Dubke - 61/62 9232-8800).Novos Tempos Comunicação e
Publicidade ME (CNPJ 19.523.543/0001-11) / Tel: 62 9453-2388 / E-mail:
redacao.novostempos@gmail.com. Os ar gos assinadossão da responsabilidade de seus autores, não
refle ndonecessariamenteaopiniãodesteJornal.Tiragem:5.000exemplares.
2 Edição nº 20 - Abril de 2016
Artigo
Editorial
EXPEDIENTE
Por Dr. Allysson Silva Lima
Allysson Silva Lima é
advogado, pós graduado em
direito público e servidor
municipal de carreira. É
presidente da Associação de
Moradores e Amigos de
Alexânia - AMAA, e atua em
ações de interesse coletivo,
buscando sempre o melhor
pra a sociedade.
Grande parte dos que
receberam o Talão para o
pagamento do IPTU, no
inicio do mês de abril,
levou um grande susto em
razão do aumento dos
valorescobrados.
Existem casos em
que o valor do Imposto (de
2016), quando comparado
ao valor cobrado no
Exercício anterior (ano de
2015), foi elevado em
m a i s d e 5 0 0 %
(quinhentospor cento).
D e s s e m o d o , a
Associação de Moradores
e Amigos de Alexânia
(AMAA) encaminhou
expediente (Ofício nº.
010/2016) ao Prefeito
Municipal (aos cuidados
da Secretária Municipal
d e F i n a n ç a s e
Administração), com
cópia ao Presidente da
Câmara e ao Promotor de
O que houve com o valor do IPTU?
J u s t i ç a s o l i c i t a n d o
i n f o r m a ç õ e s s o b r e
“QUAIS FORAM OS
CRITÉRIOS ADOTADOS
P E L O M U N I C Í P I O
PARA A APURAÇÃO DO
VALOR DO IMPOSTO
S O B R E A
P R O P R I E D A D E
P R E D I A L E
TERRITORIAL URBANA
(IPTU) RELATIVO AO
EXERCÍCIODE2016”.
No mesmo Ofício, a
A M A A s o l i c i t o u ,
também, que fossem
R E V I S T O S O S
VALORES DO IPTU
C O B R A D O S N O
EXERCÍCIO DE 2016,
de modo que, enquanto a
R e v i s ã o n ã o s e
c o n c l u í s s e , f o s s e m
A D O T A D O S O S
MESMOS VALORES
C O B R A D O S N O
EXERCÍCIO DE 2015
nos casos em que aumento
no valor do Imposto for
s u p e r i o r a o I P C A
acumuladoem2015.
Em sua resposta
(Ofício nº. 008/2016 –
SEFAD), a Secretária
Municipal de Finanças e
Administração, em suma,
apontou “inexistir razão
p a r a r e v i s ã o a o
lançamento do tributo
municipal”, de modo que
“foram observadas as
disposições normativas
referentes ao assunto,
devendo prevalecer, dessa
forma, o lançamento e a
exigência do crédito
tributário em favor do
MunicípiodeAlexânia”.
D e f a t o , o
lançamento do IPTU do
Exercício de 2016 pode
a t é t e r s e g u i d o a s
disposições do Código
Tributário Municipal (Lei
C o m p l e m e n t a r n º .
006/2014) e da Planta de
Valores para o Exercício
d e 2 0 1 5 ( L e i
C o m p l e m e n t a r n º .
0 0 7 / 2 0 1 4 ) , a m b a s
aprovadas pelo Poder
Legislativo Municipal,
tendo em vista que o Novo
Código Tributário elevou
as alíquotas para lotes
vazios, passando de 2,0%
(imóveis no centro) ou
1 , 2 5 % ( d e m a i s
localidades)para2,5%.
E n t r e t a n t o ,
defendemos que tais
matérias, antes de sua
aprovação pela Egrégia
Casa de Leis, carecem de
amplo debate, inclusive
por meio da realização de
Audiências Públicas,
momento em que a
população (que sofre as
consequências) teria a
oportunidade de apresentar
suas considerações e
pontos devista.
Lastimavelmente,
tanto o Novo Código
Tributário Municipal
quanto a Planta de Valores
(para o Exercício de 2015)
foram aprovadas em
VOTAÇÃO ÚNICA,
pela Câmara Municipal,
em Sessão Extraordinária
r e a l i z a d a n o d i a
24/12/2014.
Desse modo, oAutor
d e s t a m a t é r i a , q u e
a t u a l m e n t e e s t á
Presidente da Associação
de Moradores e Amigos
de Alexânia (AMAA), ao
fazer uso da Tribuna
P o p u l a r d a C â m a r a
Municipal deAlexânia, na
Sessão Ordinária do dia
19/04/2016, defendeu que
os próximos Projetos de
Lei que tratem destas
m a t é r i a s f o s s e m
precedidos de Audiências
Públicas, antes de sua
aprovação pelo Plenário,
pois, desta forma, a
população alexaniense
teria a oportunidade de
manifestar-se na defesa de
seus direitoseinteresses.
Nelma dos Santos Pereira é
graduada em Relações
Públicas, gerente do Bistrô
Cambéba, esposa, mãe e avó
dedicada, preocupada com o
futuro de Alexânia que
deixará para sua neta.
Cansada de olhar
nossa cidade sendo
abandonada, a mercê de
pessoas que não se
i m p o r t a m c o m o
desenvolvimento, o bem
estar e melhoria de vida
da nossa gente, resolvi,
após muita conversa
com amigos, me lançar
como pré-candidata a
vereadora em Alexânia,
por ser esse o melhor
canal pra que meus
apelos por melhorias
sejamouvidos.
Eu e o povo de
nossa cidade, e vou mais
longe ainda, o povo
b r a s i l e i r o e s t á
decepcionado demais
com a “politicagem” que
e s t á h a b i t u a d o a
presenciar em todo ano
eleitoral. Estamos
c a n s a d o s d e v o t a r
confiando que algo
diferente irá acontecer, e
n a v e r d a d e n o s
deparamos novamente
Opinião Por Nelma dos Santos Pereira
com mais decepção. Mas
como me disseram muitos
d o s q u a i s m e
incentivaram a pré-
candidatura, não posso
desistir de minha cidade.
Sonho em ver nossa
cidade bonita, com asfalto
novo, e não com esse
bando de remendo mal
feito. Uma cidade com
sistema de esgoto e
tratamento do mesmo,
com ruas sinalizadas para
melhorar o fluxo de
trânsito, com redução dos
impostos municipais, ou
no mínimo com utilização
desses impostos para
melhorias em nossa
cidade, e na vida das
pessoas quemoramaqui.
Precisamos de uma
f r o t a d e ô n i b u s d e
qualidade e gratuita para
o s u n i v e r s i t á r i o s ,
precisamos de infra-
estrutura nos hospitais,
precisamos implantar
programas na educação
infantil (tenho um projeto
que é sonho de infância
nessa área). Sonho em ver
o nosso município como
referência em educação e
para isso precisamos
melhorar a vida do
professor, oferecendo
mais capacitação, mais
incentivos, mais liberdade
de expressão e ação, mais
benefícios e um salário
realmente digno. Os
professores são o esteio da
sociedade, e não entendo
o porquê de não serem
valorizadoscomotal!
São por esses e por
muitos outros projetos é
que me apresento como
p r é - c a n d i d a t a a
vereadora. As pessoas
dizem que um vereador
não pode fazer muita
coisa, que não tem poder
de tomar decisões. Sim,
eu sozinha não vou
conseguir fazer nada, mas
tenho um projeto de me
unir ao povo, pra que
Não podemos desistir de Alexânia
juntos possamos fazer as
coisas acontecerem
nesta cidade. Quem me
conhece sabe que eu vou
à luta e garanto que vou
levar o povo comigo
onde quer que eu vá e
unidos faremos com que
nossos direitos sejam
postos emprática.
O j o r n a l N o v o
Tempo chega em sua
vigésima edição com
algumas novidades. Além
de todo conteúdo de
qualidade e profissionalis-
mo, marca registrada de
nosso trabalho, tivemos a
necessidade de ampliar
nossas páginas, para
ampliara a disponibilida-
de de espaço para as
matérias e publicidades de
Corumbá de Goiás.
Também temos nesta
e d i ç ã o , u m e s p a ç o
dedicado a assuntos de
Cocalzinho de Goiás.
Desta forma, o jornal
Novo Tempo chega a
marca de quatro municípi-
os de atuação, e assim,
vamos seguindo nosso
objetivo de ampliar
horizontes, trazendo aos
nossos leitores informa-
çõesdetodaregião.
Mudamos também o
tipo de papel do jornal. O
modelo que usávamos, o
AP branco, mas por ser
um papel importando, e de
valor mais elevado,
poucos jornais o utiliza-
vam. Assim, as gráficas
que trabalhamos, optaram
por não mais trabalhar
c o m e s t e m a t e r i a l ,
obrigando ao Novo
Tempo a aderir ao papel
jornalcomum.
Em nada mudará a
qualidade do conteúdo do
E m n a d a m u d a r á a
qualidade do conteúdo do
Novo Tempo, que segue
dinâmicoeverdadeiro.
Cabe aqui registrar, a
mudança de um dos
maiores jornais de Goiás,
O Popular, que optou pelo
formato germânico, o
mesmo já utilizado pelo
N o v o Te m p o . E s t e
formato foi aderido pela
maioria dos jornais
europeus, por ser mais
versátil, de fácil manuse-
io. O leitor pode ler seu
jornal dentro do ônibus,
semincomodaro vizinho.
Qualidade e credibi-
lidade sempre foram
aspectos que pautaram
nosso trabalho nesses
mais de 2 anos de existên-
cia. Trouxemos para
Alexânia um visual limpo,
leve, além de conteúdo
sempre preocupado com a
veracidade das informa-
ções, deixando sempre à
disposição para quem
queira, a opção do direito
de resposta, caso alguém
se sinta ofendido com o
que é veiculado no jornal
NovoTempo.
Nessas 20 edições,
em apenas uma oportunida-
de nos foi solicitada um
espaço para responder
alguma crítica, e este foi
cedido de pronto, pois
nossotrabalho éimpessoal.
Edição nº 20 - Abril de 2016
DE GOIÁS
Pr. Heleno Ferreira
Pr. Luiz Vicente
Pr. Laercio e Esposa, Pra. Avenir e Esposo
Pra. Luzia
Pr. Heleno e Familia
Ebenezer e Rose
Antônia, Leandra e André Eládia, Silvia e família
Idenir e Moacir Jovens do Segue-meMariana e família
Nativa, Rosa do Baré e família
“Vocês não me verão subindo em palanques, pois
sou discreto quanto a política, mas não poderia
deixar de estar aqui esta noite e externar meu
apoio a Sra. Cida do Gelo»
Pastor Heleno
“Na Bíblia sagrada diz que o filho de Salomão
queria ser Rei, foi se aconselhar com os anciões
do pai dele. Disseram: Dá uma boa palavra para
o povo, e terás eles a seu lado para sempre! Vejo
que a Cida do Gelo é a exemplificação desse
trecho bíblico, e o faz, não só com palavras, mas
com ações, com a atenção que dá a todos e com o
carinho que tem para com os que a procuram!"
Pastor Luiz Vicente
“Estamos criando esta Frente Evangélica, por
vermos nela uma representante que tem ações
voltadas a pessoa humana, sabemos que Cida
respeita as pessoas, combate a corrupção e o mau
uso de dinheiro público."
Pastor Vilaris
“Faço das minhas, as palavras do Pastor Heleno,
mas no caso da Cida do Gelo, dou total apoio a
sua pré-candidatura!"
Pastora Luzia
“Apoio incondicionalmente o projeto Cida do
Gelo, pois vejo nela, a única pessoa capaz de
administrar esta cidade. Cida é uma pessoa do
bem, que respeita e pensa sempre no seu
semelhante."
Pastora Valdênia
Frente Evangélica é criada em de apoio
a pré-candidatura da Cida do Gelo
Em uma noite de
confraternização, onde
reuniram-se mais de trinta
pastores de várias deno-
minações evangélicas de
Alexânia, foi criada uma
Frente Evangélica com o
objetivo de contribuir na
c o n s t r u ç ã o d a p r é -
candidatura de Cida do
Gelo a prefeita de Alexâ-
nia.
O movimento espon-
tâneo dos religiosos foi
motivado pela necessida-
de identificada pelos
líderes, de buscar alterna-
tiva concreta para resgatar
a moralidade política e
socialdeAlexânia.
Segundo os líderes
evangélicos, a atual ges-
tão não tem realizado
trabalhos de valorização
da família.
Cida e sua equipe de
coordenação ouviram
atentamente todos os plei-
tos apresentados, e conta-
rão com representantes da
frente para a construção
de suas propostas que
serão apresentadas em
breve, para seu plano de
governo.
3
Cida do Gelo se reúne com Pastorais
A pré-candidata a
prefeitura de Alexânia
Cida do Gelo esteve em
encontro com amigos de fé
ligados a várias pastorais
da Igreja Católica. Cida
explanou sobre sua pré-
candidatura, apresentou
componentes da Comissão
Organizadora, pontuou
sobre detalhes do Progra-
ma de Governo, e recebeu
apoio para a jornada que se
iniciaemagosto.
Ficou o sentimento
de esperança num futuro
melhor, depois que Cida
apresentou suas ideias
para uma nova gestão
dinâmicaeeficiente.
Vários dos presen-
tes fizeram questão de
usar da palavra, e refor-
çarseu apoioa Cida:
"Na gestão da Cida
do Gelo, as crianças
vinham em primeiro
lugar, ela tem a sensibili-
dade e cuidado especial
para com as crianças. Na
creche nós duplicamos o
número de atendimentos,
e a Cida sempre falava
que as Creches são impor-
tantes não só para orien-
tação e cuidado com as
crianças, mas também
para que as mães possam
trabalhar e ajudar no
sustento de suas famílias.
Além de apoiar totalmen-
te nosso trabalho, Cida
iniciou a construção de
mais duas creches. Na
educação, Cida reformou
quinze das dezoito escolas
de Alexânia e atingimos
altos índices graças ao
apoio dado aos profissio-
nais da Educação" Simo-
nedo Ico
"A saúde hoje está
um caos, e isso me entris-
tece e me deixa indignada.
Tudo que avançamos
retrocederam, fecharam
postos de saúde, sucatea-
ram o hospital, tem dia
que nem papel higiênico
tem. A Cida foi responsá-
vel por trazer o SAMU,
mais uma Ambulância,
seis especialidades médi-
cas que não tínhamos,
construiu postos de saú-
de, criou vários progra-
mas de atendimento entre
outros avanços. Nós
tínhamos a melhor saúde
da região. Sei que ao cui-
dar da saúde das pessoas,
não podemos vê-los pura-
mente como pacientes,
mas temos que trata-los
como irmãos, e essa qua-
lidade vejo na Cida, o
respeito e amor ao próxi-
mo." Ana Maria do Hos-
pital
"A Cida sempre
investiu na juventude,
uma das maiores preocu-
pações dela é com a gera-
ção de empregos, ela diz
que é ruim para uma mãe
ver seu filho ser obrigado
a sair da cidade para con-
seguir emprego. Com a
instalação do Outlet Pre-
mium, no seu governo,
foram gerados mais de
cinco mil empregos dire-
tos e indiretos. A Cida é
sem dúvidas, uma das
maiores figuras políticas
de Alexânia nos últimos
tempos, com ela a política
se renovou e estará servi-
da por longos anos futu-
ros. E tudo isso graças a
sua acessibilidade para
com os cidadãos deAlexâ-
nia, principalmente para
com os jovens, que atra-
vés do Carisma e da Sim-
plicidade desta mulher,
tiveram a oportunidade
de se aproximar da vida
pública, dando assim suas
contribuições para escre-
ver, junto com a Cida de
Gelo um futuro melhor."
Alaor Bruno Oliveira,
ProfessoreTeólogo
INFORMATIVO DE ABRIL DE 2016
www.GraficaeArte.com-DUQUE61/629232.8800
Vo t a r e m u m a
eleição a níveis Munici-
pal, Estadual e Federal
nem sempre foi uma
tarefa fácil ou vista como
importante na cultura do
brasileiro. O voto na
História política do Brasil
foi uma verdadeira praça
de guerra, nota-se que
desde a primeira eleição
realizada em janeiro de
1532, na cidade de São
Paulo até as Diretas já que
marcou o fim do período
militar e o surgimento de
uma “nova” república no
Brasil, a História revela os
mais de 480 anos em que
eleger um candidato,
propor, instituir ou acabar
com um sistema político,
foram marcas de uma
sociedade despreparada
culturalmente e analfabe-
ta de suas instituições,
executiva, legislativa e
judiciária.
Outro ponto impor-
tante é que a fragilidade
dessa prática mundial não é
tão pensada e repensada em
nossa sociedade, outra
questão é que desde os
tempos da Grécia antiga até
as revoluções burguesas na
França e Inglaterra, sem se
esquecer também dos
grandes conflitos armados
que o mundo já conheceu,
pôde-se observar que a
causa central de tudo isso,
foi a liberdade democrática
ocasionada pelo voto,
assim que tal liberdade
sempre foi tirada de forma
leviana e sem nenhum
respaldo democrático,
podemos observar que o
preço pago foram milhões e
milhões devidas ceifadas.
Votar é e sempre será
u m a a ç ã o q u e p a r a
poucos, um momento
O voto do ponto de vista político-idiota
único e primordial para a
continuidade de tudo
aquilo que o ser humano
busca para sua sobrevi-
vência, já para outra
parcela, será apenas um
momento “alegórico” da
necessidade de conseguir
as migalhas provenientes
d a i g n o r â n c i a e d o
analfabetismo politico.
Muitos não fazem ideia,
no entanto, não elegemos
a p e n a s c o m o v o t o
eleitoral de tempos em
tempos, elegemos por
meios de escolhas do
nosso dia a dia, desde a
roupa que vestimos até a
pessoa pela qual escolhe-
mos para ser nosso (a)
parceiro, esta por trás
dessa escolha a eleição,
pois alguns de forma
introspectiva pensam e
repensam sobre a escolha
queestarápresteafazer.
Acredito que nos
tornamos sábios a partir
do momento em que
usamos a nossa capacida-
de de decidir de forma
política e não individua-
lista, vale uma reflexão a
parti da semântica de duas
palavras, primeiro a
palavra idiota vem do
g r e g o “ i d i ó t e s ” n a
acepção original, idiota
designava literalmente o
cidadão privado, alguém
que se dedicava apenas
aos assuntos particulares
em oposição ao cidadão
que ocupava algum cargo
público ou participava dos
a s s u n t o s d e o r d e m
pública, veja que o
“idiótes” era alguém
totalmente fechado para o
debate e consequente-
mente a construção de
valores para o bem
coletivo, seguindo a linha
semântica a outra palavra
é Política do Grego:
πολιτικός / politikos,
significa de, para, ou
relacionado a grupos que
integram a Pólis e buscam
por meio do debate
melhorar as condições de
vida da mesma, ou seja,
aquele que se preocupa
c o m o b e m p ú b l i-
co/coletivo.
Por fim, verifica-se
tanto no Brasil quanto no
mundo, somos cercados
por idiotas-políticos e
políticos-idiotas, endirei-
tar essa situação é quase
que impossível, quando
pensamos de forma idiota,
todavia, se você retrans-
mitir/reproduzir este texto
e tudo aquilo que é novo
quando o assunto é debate
politico, ai sim, já acredito
na renovação que pode-
mos acreditar, agora se
você pensa em ler apenas
pra si, corremos o risco de
vivermos mais 500 anos
lutandocontraaidiotice.
“O primeiro método
para estimar a inteligên-
cia de um governante é
olhar para os homens que
tem à sua volta.” (Nico-
lauMaquiavel).
Artigo Por Prof. Cristiano Castilho
C r i s t i a n o C a s t i l h o é
Graduado em História pelo
Centro Universitário de
Anápolis, Especialista em
Educação a Distância,
Especialista em Gênero e
Diversidade.
O suplente de Verea-
dor Dorivaldo Biam
Cardoso (PPS), pela Coli-
gação PPS / PTN / PSDC /
PT do B, tomou posse
como vereador na 8ª. Ses-
são Ordinária da Câmara
Municipal de Alexânia,
realizada aos 05 de abril,
em razão do licenciamen-
to do vereador Edvaldo
Rodrigues Farinha (PPS),
pormotivosdesaúde.
É importante ressal-
tar que o vereador Profes-
sor Dorivaldo representa
a classe dos servidores
públicos do Município, de
modo que, desde que foi
empossado no cargo, não
tem medido esforços na
defesa dos interesses dos
Professor Dorivaldo Biam
toma posse como vereador
servidores, em especial no
casodoAlexânia-Prev.
Além disso, o novo
Vereador tem apresentados
diversos Projetos de Lei e
Requerimentos de interes-
se da comunidade, desta-
cando-se Requerimento
para que se proceda com a
recuperação do asfalto da
Avenida Brasília, no tre-
cho que dá acesso ao Bata-
lhão da Polícia Militar e à
GaragemMunicipal.
Serra do Ouro recebe visita da
Câmara, em sessão itinerante
A comunidade do
Povoado da Serra do Ouro
(e imediações) recebeu,
no dia 12 de abril, Sessão
Itinerante da Câmara
MunicipaldeAlexânia.
ASessão foi realizada
nas dependências da Esco-
la Municipal Parque Alvo-
rada IV, gentilmente cedida
pelo Diretor José Maria, e
contou com presença da
comunidadelocal.
Durante a Sessão,
alguns dos moradores
fizeram uso da Tribuna
Popular, a exemplo da Srª.
Deusanir Maria e da
empresária Graça Segadi-
lha, oportunidade em que
reivindicaram melhorias
para o Povoado da Serra do
Ouro, em especial a pavi-
mentação asfáltica, a con-
clusão da reforma do Posto
de Saúde e a cobertura da
quadrapoliesportiva.
4 Edição nº 20 - Abril de 2016
5Edição nº 20 - Abril de 2016
Nas últimas Edições,
o Jornal Novo Tempo
publicou matéria intitula-
da “ALEXÂNIA-PREV
À B E I R A D E U M
COLAPSO”, oportuni-
dade em que foi trazido a
público o fato de que o
Poder Executivo não esta-
ria efetuando aos repasses
mensais ao Instituto, cau-
sando sérios prejuízos ao
ALEXÂNIA-PREV e,
por consequência, a todos
os servidores públicos
municipais.
É importante frisar
que oALEXÂNIA-PREV
é o órgão gestor do Regi-
me Próprio de Previdên-
cia Social dos Servidores
do Município de Alexâ-
nia, nos termos da Lei
Complementar Municipal
nº. 927/07, e alterações
posteriores.
Cada servidor efeti-
vo contribui para o Insti-
tuto mediante o desconto,
Alexânia-Prev: à beira ou
no centro do colapso?
mensal, de percentual
sobre o valor dos seus
vencimentos, o que cons-
titui a contribuição (parte)
funcional. Além da parte
funcional, o Município de
Alexânia também repassa
ao Instituto, mensalmen-
te, um percentual sobre os
vencimentos de cada ser-
vidor, o que constitui a
contribuição (parte)
patronal.
Assim, cabe ao
Poder Executivo Munici-
pal efetuar os repasses
mensais (parte funcional,
patronal e eventuais apor-
tes) ao ALEXÂNIA-
PREV mediante o paga-
mento de Guias, pois, se
assim não o fizer, o Muni-
cípio fica impedido de
obter o Certificado de
Regularidade Previden-
ciária (CRP), principal-
mente.
Passando ao atual
momento vivenciado pelo
ALEXÂNIA-PREV,apon-
te-se que uma das (famo-
sas) Leis de Murphy dita
que “Nada está tão ruim
quenãopossa piorar”.
Até parece que o
criador desta “Lei”, ao
escrevê-la, já imaginava a
situação caótica que pela
q u a l p a s s a r i a o
ALEXÂNIA-PREV, nos
tempos presentes, bem
como a ameaça da garan-
tia do direito de aposenta-
doria dos servidores
públicos.
Bem! Por força da
L e i M u n i c i p a l n º .
1.277/2014 foi autorizado
o parcelamento da parte
patronal e do aporte da
Folha do Tesouro Munici-
pal relativos às competên-
cias dos meses 07/2013 a
01/2014, em até 60 presta-
çõesmensais.
Considerando que o
Mandato do atual Prefeito
encerraria antes da data do
término do parcelamento
aprovado, e após caloro-
sas discussões na Câmara
Municipal, a promessa era
que o Prefeito quitaria
estes débitos até o final do
seu Mandato, ou seja, até
o dia 31 de dezembro de
2016. Entretanto, esta
promessa (que mais pare-
ce promessa eleitoral) não
foi cumprida pelo Prefei-
to.
E o que é pior: além
de não honrar com o par-
celamento aprovado pela
Lei nº. 1.277/2014, o Pre-
feito encaminhou à Câma-
ra Municipal o Projeto de
Lei nº. 006/2016, de 01 de
abril de 2016, solicitando
autorização para o parce-
lamento da parte patronal
e do aporte da Folha do
Tesouro Municipal das
competências de 04/2015
a 0 2 / 2 0 1 6 , e n t ã o ,
PASMEM, no valor de R$
1.344.199,57.
O Projeto de Lei
ainda está tramitando na
Câmara Municipal, de
modo que na Sessão Ordi-
nária realizada no dia
19/04/2016, o Presidente
do Conselho Municipal de
Previdência, Dr. Allysson
Silva Lima, informou aos
Vereadores e aos presen-
tes que teria levado ao
conhecimento do Ministé-
rio Público local a grave
situação vivenciada pelo
ALEXÂNIA-PREV, oca-
sionada pelo atraso nos
repasses do Chefe do
Poder Executivo ao Insti-
tuto. Acerca do Projeto de
Lei nº. 006/2016, o Dr.
Allysson manifestou-se
contrariamente à aprova-
ção do novo parcelamen-
to, tendo em vista que, nas
suas palavras, “já que o
Prefeito não está cum-
prindo sequer o parcela-
mento anterior, certamen-
te não cumprirá também
esteparcelamento”.
Em razão de pedido
de vista, o referido Projeto
de Lei está com sua trami-
tação paralisada até que os
dados necessários sejam
apresentados à Câmara
Municipal.
Prefeitura de Alexânia quer parcelar mais uma dívida da previdência, para além do seu mandato
Opinião Por Ismael Dutra
Naldim Magalhães consegue
apoios importantes
O Deputado Federal
Lucas Vergílio (SD/GO) e
o Presidente Estadual do
Solidariedade (SD)
A r m a n d o Ve r g i l i o
manifestaram apoio à pré-
candidatura de Naldim
Magalhães a Prefeito de
Alexânia, em recente
reunião na sede do
Partido,emGoiânia.
Em visita à ALEGO,
realizada no último dia
2 8 / 0 4 o D e p u t a d o
Estadual Marquinho
Palmerston (PSDB/GO)
também confirmou apoio
à pré-candidatura a
Prefeito de Naldim
Magalhães, bem como à
terceira via pela renova-
ção.
Durante o encontro
c o m o D e p u t a d o
Marquinho, o vereador
Naldim Magalhães,
acompanhado de outras
lideranças de Alexânia,
ratificou Ofício de sua
autoria, já entregue ao
Deputado em momento
anterior, onde solicita a
disponibilização de
emenda para a área de
saúde de Alexânia, o que
foi visto com bons olhos
peloDeputado.
O processo político
é de suma importância
para vida de uma socie-
dade, e isso todos nós
temos a plena convicção.
Contudo, infelizmente,
quem participa dos pro-
cessos que envolvem a
política, são pessoas que
tem algum envolvimen-
to direto ou indireto com
a atual gestão, ou alme-
jam participar da próxi-
ma. E isso acontece em
todas as esferas, munici-
pal,estadualefederal.
Eu sempre tive
curiosidade das coisas
que acontecem na políti-
ca, e sempre acompanhei
meus amigos políticos.
Não acompanhava dire-
tamente nas atividades
partidárias, mas estava
atendo ao que acontecia
nas rodas deconversas.
R e c e n t e m e n t e ,
cheguei a conclusão de
que para realmente con-
tribuir com o desenvol-
vimento da cidade, deve-
ria não só participar das
rodas de conversas sobre
política, mas entender
todo o processo de den-
tro. Assim, fiz minha
opção por um grupo
político que acredito ser
o mais coerente na cida-
de, neste momento, e
comecei a vivenciar a
vida política de perto,
participando de ativida-
des coletivas, reuniões,
atividades parlamenta-
Trabalhar para defender meu município
res e tudo que envolve o
trabalho daqueles que
dedicam sua vida pelo
público.
Como resultado
disso, tive várias boas
surpresas, e muitas
outras decepções. Políti-
ca é uma arte, e se dão
bem nela, aqueles que,
ou nascem com o Dom
da politicagem, ou se
entregam inteiramente,
num gesto de altruísmo
diferenciado.
Talvez eu não tenha
esse dom de nascença,
mas tenho me entregado
intensamente à tudo que
envolve o coletivo de
Alexânia, e espero, do
fundo do meu coração,
que os frutos desta dedi-
cação seja melhorias
paratodos.
* Ismael Dutra, 33
anos, comerciante, luta
p o r A l e x â n i a e s e u
desenvolvimento.
* Mateus Henrique,
19 anos, estudante de
d i r e i t o , p r e s i d e n t e
municipal do PMB.
Maxiley Rabelo, Deputado Lucas Vergílio, Vereador Naldim Magalhães e ???
Dorival Bian e Naldim Magalhães, Deputado Marquinho Palmerston, Allysson S. Lima e Edvaldo Farinha
6 Edição nº 20 - Abril de 2016
O Evangelho de São
João nos ensina que “Com
efeito, de tal modo Deus
amou o mundo, que lhe deu
seu Filho único, para que
todo o que nele crer não
pereça, mas tenha a vida
eterna”(cf.João 3,16).
A Via Sacra consiste
num exercício de piedade
onde os fieis percorrem
mentalmente, com Cristo,
os Seus sofrimentos a
carregar a cruz desde o
Tribunal de Pilatos até o
MonteCalvário.
Nesse sentido, cen-
tenas de fieis e espectado-
resacompanharamaence-
nação da Última Ceia e da
Via Sacra, realizada na
Sexta-Feira Santa, 25 de
março, no espaço da Igre-
ja Católica (Paróquia Ima-
c u l a d o C o r a ç ã o d e
Maria), promovida e orga-
nizada, em sua quase tota-
lidade, pelos jovens da
comunidade. Parabéns a
todosos participantes!
Texto:
AllyssonSilvaLima
Espetáculo da Via Sacra Encenada
Tradicional encenação emocionou a população Alexaniense pelo belo trabalho
Fotos:RicardoDhener
O Centro Espírita Eurípedes
Barsanulfo atende a
comunidade:
Terça-feira –
19hs: Palestra Publica
Quarta-feira –
19hs: Tratamento Espiritual
Sábados –
08hs: Campanha Auta de Souza
18hs: Escola de Estudos Espírita
Domingo –
09hs: Posto de Assistência Auta
de Souza (Escola Laura Barbosa -
Vila Geraldo Jaime)
Festival de caldos no Centro Espírita Euríedes Barsanulfo
No último dia 2 de
abril, foi realizado o 2º
Festival de Caldos do
Centro Espírita Eurípe-
des Barsanulfo. O festi-
val foi realizado no salão
deeventosdaLojaMaçô-
nica Justiça e União, na
cidade de Alexânia. O
evento teve por objetivo
arrecadar fundos para
auxiliar na reconstrução
do antigo Centro Espírita
Jesus de Nazaré, locali-
zado na rua 17. Com a
reforma concluída, todas
as atividades assistencia-
is, como evangelização de
crianças, jovens e adultos,
distribuição de sopa, dis-
tribuição de cestas de
verduras e frutas, festas
comemorativas (dia das
mães, Páscoa, dia das
crianças, Natal, entre
outras) que hoje é realiza-
da na Vila Geraldo Jaime
na Escola Municipal
Laura Barbosa, será trazi-
daparaestacasa.
*a partir de...R$60,00
com
Manhã.
café da
DIÁRIAS
Telefone: 62
3336-16763336-16763336-1676
POSTO 24 HORAS HOTEL RESTAURANTE E PUB
Ambiente
aconchegante
com música
ambiente e
iluminação
apropriada.
Servimos almoço das 11h às 14h.
Av. Brasília Qd. 07, Lt. 11 - Alexânia
LOJADE
CONVENIÊNCIA
E
HOTELHOTELHOTEL PUB à partir das 18h
PUB BAR
Petiscos, espaguete, drinks, cervejas premium,
licores, sucos naturais, vinhos e muito mais!
O melhor arroz, feijão,
bife e ovo do Brasil!!!
à vontade
As imagens deste anúncio
são meramente ilustrativas.
PUB à partir das 18h
Apartamentos
Seguros e Confortáveis.
H
O
T
E
L
R$ 12,90
Melhor
preço
da região
Diabetes Mellitus é uma
doença caracterizada pela
elevação da glicose no sangue
(hiperglicemia). Pode ocorrer
devido a defeitos na secreção
ou na ação do hormônio
insulina, que é produzido no
pâncreas, pelas chamadas células beta . A função
principal da insulina é promover a entrada de glicose
para as células do organismo de forma que ela possa
ser aproveitada para as diversas atividades celulares.
A falta da insulina ou um defeito na sua ação resulta
portanto em acúmulo de glicose no sangue, o que
chamamos dehiperglicemia.
ADHAASSOCIAÇÃO DOS DIABÉTICOS
E HIPERTENSOS DE ALEXANIA
A Associação dos
Diabéticos e Hipertensos
de Alexânia, ADHA, é
uma entidade que funcio-
na com a colaboração de
seus membros e de todos
aqueles que se dispõem de
seu tempo para trabalhar
em prol das pessoas que
sofrem com estas patolo-
gias.
A ADHA foi criada
em 2013, graças a luta e
dedicação de Dona Rose
Mary, que atualmente
presideaAssociação.
Depois de vários
anos de trabalhos dedica-
dos aos Diabéticos e
Hipertensos de Alexânia,
conseguimoscomaAdmi-
nistração Municipal a
cessão de uma sala para
montarmos nosso escritó-
rio, onde estamos aten-
dendo e cadastrando todos
Dedicação e amor ao próximo
os portadores das referi-
dasdoenças.
Ainda contando com
o auxílio de várias pesso-
as, realizamos várias reu-
niões para informar e
esclarecer alguns pontos
dos direitos dos nossos
associados e da população
que tem parentes e amigos
precisando de ajuda para
conseguir tratamento,
medicamentos, aparelhos
e com direito a todas as
inovações cientificas para
o melhoramento da vida
detodos os pacientes.
Entre os objetivos
daAssociação estão: Estar
sempre atenta e atuante na
área de prevenção e enca-
minhamento dos pacien-
tes para um atendimento
adequado, firmar parceri-
as com a Secretaria de
Saúde do Município, do
Estado e se possível do
Ministério da Saúde, de
acordo com a Lei nº
11.347/06, que dispõe
sobre a distribuição gra-
tuita e materiais necessá-
rios à sua aplicação e à
monitoração da glicemia
capilar aos portadores de
diabetes inscritos em pro-
gramas de educação para
diabéticos.
Moésio Nogueira
Vice -Presidente
O que é Diabetes?
Av. Brasília n.º 264 - Centro - Alexânia
Bebidas em Geral
C o m o p a r t e d o
programa de Coaching
Mulheres Incríveis, as
coaches, Aline Clarinda e
J u l i a n a To l e n t i n o ,
apresentaram neste último
dia 19 de abril, um
workshop na cidade de
Alexânia sobre inteligên-
c i a e m o c i o n a l n o s
relacionamentos.
Além das participan-
tes de Alexânia, o evento
contou com a presença de
mulheres de Brasília e
Goiânia, de variadas
idades e estado civis, que
puderam conhecer um
pouco sobre a Inteligência
Emocional e como ela
pode revolucionar os
relacionamentos profissi-
onaiseafetivos.
Desde o lançamento
do livro Inteligência
Emocional, do autor
a m e r i c a n o D a n i e l
Goleman, esse tema não
para de crescer e trazer
resultados positivos na
vida de milhares de
pessoas.
Descrita como a
capacidade de reconhecer
os próprios sentimentos e
dos outros, assim como a
capacidade de lidar com
Inteligência emocional é tema
de Workshop em Alexânia
eles, a Inteligência
Emocional ainda nos
possibilita a gerenciar
nossas emoções para lidar
efetivamente com as
situaçõesdavida.
O P r o g r a m a d e
Autodesenvolvimento,
Mulheres Incríveis,
continuará a trazer mais
temas importantes como
esseparaasmulheres.
C o m o j á d i z i a
Richard Bandler: Por“
que continuar sendo a
mesma pessoa de sempre,
se eu posso ser alguém
muitomelhor?”
Depoimentos de
algumas participantes:
“Confesso que me
surpreendi com a qualida-
de das informações, tudo
c o m e m b a s a m e n t o
científico, porém com
humor eclareza!Gostei!”
Ariana Abrantes,
Nutricionista
“Foi um encontro
que engrandece nossos
conhecimentos,gostei”
M a r t a D i a n a ,
ServidoraPública
“Aline e Juliana,
q u e ro a g r a d e c e r e
parabenizar pelo excelen-
tetrabalho.Adorei!”
T h a í s D u q u e ,
Profissional deModa
Ariana Abrantes, Alessandra Guimarães, Amanda Abrantes, Andreia Cândido,
Lucilene Lima, Mônica, Lucilene, Silvania Soares, Aline Clarinda, Marta Diana,
Idaslene Nunes, Juliana Tolentino, Cida do Gelo, Thaís Duque, Jesusana Nunes
A diretoria da ADHA presidida por Dona Rose Mary tem trabalhado duro pelo apoio ao diabético
7Edição nº 20 - Abril de 2016
8 Edição nº 20 - Abril de 2016
Pré candidato a prefeito lançaMarcão
seus projetos e propostas para avaliação,
acreditando no apoio da população,
visando uma grande gestão municipal
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
- Implantação de administra-
ções por regiões, interagindo
com Prefeito, Vereadores e
Secretários para efetiva
solução de problemas da
População local;
- Alocação de Recursos
Estaduais e Federais, através
de convênios públicos com a
g e s t ã o a d m i n i s t r a t i v a
municipal;
- Valorização do Funcionário
Público;
SAÚDE
- Construção de hospital geral
- Valorização e contratação de
médicos e profissionais da
saúde;
- Projeto carreta da mulher;
com exames preventivos de
câncer de colo do útero e de
mama;
- Projeto carreta da visão com
cirurgias de catarata;
- Implantação de CAPS –
Serviço de atenção a saúde
mental;
- Construção e conclusão de
unidades de saúde, unidade
de pronto atendimento (UPA);
EDUCAÇÃO
- Valorização dos professores
- Conclusão e reforma de
escolas;
- Programa de estágio
obrigatório após término do
ens. médio, junto às indústrias,
Bancos e demais empresas;
- Construção de escolas em
tempo integral e CAIC´s;
- Construção de campus
universitário ;
- Adequação do transporte
escolar e universitário;
- Implantação de quadras de
esporte em todas escolas
públicas com programa de
campeonatos estudantis em
todos os níveis;
SEGURANÇAPÚBLICA
- Valorização do policial militar
e civil;
- Criação de postos policiais
nos bairros;
- Criação de grupamento de
Bombeiros e Defesa Civil;
- Programa de combate ao uso
de drogas e entorpecentes;
- Programa de apoio na
aquisição de veículos e
equipamentos para segurança
pública ;
ESPORTE E LAZER
- Conclusão da reforma do
ginásio e estádio municipal;
- Construção de quadras de
esporte, pistas de skate e
campos de futebol nos bairros
- Investimento em eventos
festivos, tais como carnaval,
rodeio, reveilon, shows e etc;
- Investimento em campeona-
tos municipais – futebol
amador;
- Construção de academias da
melhor idade ao ar livre;
- R e e s t r u t u r a ç ã o d o
Thuthukas com a finalidade de
transformá-lo em um centro
esportivo p/ formação de
talentos em todas as modali-
dades: com implantação de
campos society sintético,
piscina semi-olimpica, pista de
atletismo, academia de artes
marciais, aulas de ballet, etc;
AÇÃO SOCIAL
- Implantação de centro de
reabilitação;
- Implantação de centro de
valorização da mulher;
- Programa de inclusão social;
- Construção de lar dos idosos;
- Construção e conclusão de
creches;
SETOR RURAL
- Construção e manutenção
das estradas vicinais;
- Construção de parque de
e x p o s i ç õ e s e f e i r a d e
produtores rurais;
- Construção de escolas
agrícolas;
INFRAESTRUTURA
- Pavimentação urbana,
ampliação do sistema de
a b a s t e c i m e n t o d ´ á g u a ,
implantação de sistema de
esgoto sanitário e águas
pluviais em todos os bairros do
município;
- Construção de parques
ecológicos;
- Infra-estrutura do setor
industrial a fim de atrair
indústrias e empresas que irão
gerar empregos e renda;
- Iluminação pública, duplica-
ção e construção de ciclovias
na GO 139 (Alexânia/Olhos
d´água);
- Construção de pórtico e
implantação de arborização e
jardinagem na entrada e saída
da cidade;
- Construção de Centro
Administrativo próximo ao
fórum com o intuito de
centralizar os Poderes
Executivo e Legislativo, e
Secretarias Municipais;
- Reestruturação no serviço de
limpeza urbana;
- Reestruturação no serviço de
energia elétrica;
TURISMO E CULTURA
- Investimento no setor
hoteleiro;
- Investimento na cultura e aos
artesãos, com cursos e centro
de exposição
- Asfalto nas estradas de
acesso a Corumbá IV visando
implantação do turismo local;
- Estruturação do turismo em
Olhos D´água com a implanta-
ção de pensões, feira de
artesanato e restaurantes;
TRANSPORTE
- Municipalização do trânsito,
Implantação de sinalização e
acessibilidade;
- Criação de transporte urbano
- circular;
- Implantação de passarela de
pedestres e retorno na BR 060
HABITAÇÃO;
- Construção de unidades
habitacionais e urbanização
dos bairros já habitados;
TRABALHO E RENDA
- Concursos públicos.
- Programa de microcrédito
para pequenos empresários
- Criar centros de capacitação,
profissionalizante e cooperativas;
- Apoio ao comercio local
através da implantação de
uma moeda social eletrônica
municipal que tem como
objetivo aquecer as vendas no
comércio e dar acesso livre a
eventos e descontos em
compras;
Está em tramitação no
Senado Federal Proposta de
Emenda à Constituição
(PEC) nº. 005/2015, capita-
n e a d a p e l o S e n a d o r
REGUFFE (S/Partido/DF) e
outros Senadores, que "Su-
prime o inciso I e o § 3º,
ambos do art. 56 da Consti-
tuição Federal, condiciona-
do a posse de Senadores,
Deputados Federais, Depu-
tados Estaduais e Vereado-
res em cargos do Poder
Executivo à renúncia ao
mandato e dá outras provi-
dências".
Caso a Proposta seja
aprovada, os Deputados
Federais ou Senadores per-
derão os seus respectivos
mandatos caso sejam inves-
tidos nos cargos de 1º. Esca-
lão do Poder Executivo (leia-
se: Ministros, Secretários de
Estado ou do Distrito Fede-
ral, e Secretários Municipais
de capitais, por exemplo), ou
forem investidos na chefia de
missão diplomática tempo-
rária.
O texto do Art. 56, I, §
3º., da Constituição Federal,
em pleno vigor, garante aos
Deputados Federais e Sena-
dores ocuparem cargos no
Poder Executivo (vide inciso
I, do Art. 56, da CF/88), sem
perderem os seus mandatos,
podendo, inclusive, optar pela
remuneraçãodomandato.
Via de regra, pelo
AMAA apoia PEC que exige dos parlamentares a renúncia
do mandato para assumir cargos no poder executivo
princípio da simetria, os
Deputados Estaduais, os
Deputados Distritais e os
Vereadores também não
perdem os seus mandatos
caso sejam investidos, por
exemplo, nos cargos de
Secretário de Estado, Distri-
talouMunicipal.
Um dos princípios
basilares da República Fede-
rativa do Brasil é o princípio
da harmonia e separação dos
Poderes, de modo que um
Poder não está acima nem
abaixo do outro, devendo a
convivência entre ambos se
dar de maneira harmônica,
pois um Poder garante o
equilíbrio e a existência do
outro.
Desse modo, enquanto
esta PEC não é aprovada (e
promulgada pela Mesa do
Congresso Nacional) a soci-
edade brasileira continuará
observando profundas inge-
rências, principalmente do
Poder Executivo sobre o
PoderLegislativo.
Esta situação pode ser
verificada, por exemplo,
quando um Vereador resolve
assumir uma Secretaria
Municipal (cargo de 1º.
Escalão do Poder Executi-
vo). Pela regra constitucio-
nal em vigor, seguida pelas
Constituições Estaduais (e
do Distrito Federal) e pelas
Leis Orgânicas dos Municí-
pios brasileiros, este Verea-
dor não perderá seu mandato
enquanto exercer o cargo de
Secretário Municipal, de
modo que será convocado o
seusuplente.
Até aí tudo bem, pelo
menos em tese! Contudo,
imaginemos como ficaria a
situação desse suplente de
Vereador, visto que o suplen-
te exercerá a vereança
enquanto o Vereador titular
estejaSecretário.
Apesar de ter suas
próprias convicções, bem
como ter recebido votos de
eleitores que confiaram na
sua plataforma de campanha,
o suplente, em tese, estará
sempre compelido a votar e
atuar, na Câmara Municipal,
de forma a agradar o Prefeito
e o Vereador titular, pois, do
contrário, o Vereador titular
poderá deixar a Secretaria a
qualquer momento e retornar
àvereança.
Trata-se de um exem-
plo hipotético do que pode
acontecer caso o Art. 56, I, §
3º., da Constituição Federal,
não sejam suprimidos por
EmendaàConstituição.
São por estas e outras
razões que a Associação de
Moradores e Amigos de
Alexânia (AMAA) decidiu
apoiar esta matéria, de modo
que os interessados em ade-
rir à PEC devem procurar a
sede da Associação (sediada
na Rua 28, Quadra 52, Setor
Central, em frente ao Salão
da Igreja Católica) e assinar
o M a n i f e s t o d e A p o-
i o / A d e s ã o à P E C n º .
005/2015.
ÉaAMAAemação!
Nos últimos anos o
que mais vem sendo
procurado pelos cidadãos é
a renovação política, deixar
de lado aqueles candidatos
q u e h á t a n t o s a n o s
insistentemente procuram
o voto e apoio para se
elegerem. O fato é que a
juventude está sendo muito
b e m a c e i t a n o m e i o
político, são vários jovens
vereadores, prefeitos,
deputados, etc.Atendência
é que nas próximas eleições
o número de jovens eleitos
seja ainda maior. A política
vem se tornando algo não
m a i s d i s t a n t e d o s
brasileiros, e o ingresso de
jovens e mulheres na
política aumenta cada vez
mais, um ponto positivo
para a política brasileira,
que ganha cada vez mais
com a pluralidade de
participantes.
Mas acontece que
Renovação Política não se
faz apenas com candidatos
de pouca idade e nem com
novatos, Renovação Política
se faz com candidatos que
mesmo não tão jovens
trazem dentro de si a virtude
de saber ouvir mais do que
falar, aquele que está aberto
a aprender e reconhecer seus
erros, de não caminhar à
frente ou acima de seu povo,
mas ao lado, em parceria,
Renovação política
Opinião
sendo conhecedor das
realidades do município,
estadooupaís.
Em nada valerá votar
em um candidato de idade
jovem, tendo o mesmo,
princípios ultrapassados,
inacessível e que apenas
quer usar da política o meio
para satisfazer seus anseios
particulares.
N ó s c i d a d ã o s
eleitores temos que estar
atentos, pois o simples e
importantíssimo ato de
depositar o valioso voto na
urna, poderá acarretar sérios
problemas para a nossa
sociedade como também
pode mudar a história do
lugar onde vivemos para
melhor. A participação da
juventude no meio político é
algo animador, é um sinal
positivo que temos pessoas
que se preocupam com o
país e querem contribuir
para melhorar cada vez
mais.
Por Matheus Ramos
Matheus Ramos, 20 anos, é
estudante de direito, presidente
da Juvenute do PSDB em Alexânia,
antenado na vida política da cidade.
Edição nº 20 - Abril de 2016 9
COCALZINHO
Deputado prestigia inauguraçãoRubens Otoni
de obras do Governo Federal em Cocalzinho
Avanços na saúde de Cocalzinho
Em meio à crise
política que o país vive, o
governo Federal não para,
e as obras que beneficiam
a população mais carente
tambémnão.
O d e p u t a d o
Rubens Otoni (PT-GO)
esteve no município de
Cocalzinho de Goiás,
que inaugurou somente
do mês de março, duas
Unidades Básicas de
Saúde – UBS. Essas
obras fazem parte do
conjunto de 5 unidades
que foram conquistadas
j u n t o a o G o v e r n o
Federal pela atual
administração e terá à
disposição dos morado-
res medicamentos e um
c o r p o t é c n i c o d e
profissionais qualifica.
No dia 01 de março,
foi inaugurada a UBS
denominada Eurípedes
F e r r e i r a G o m e s ,
carinhosamente conheci-
do como “Oripão”, nobre
cidadão de sua importante
contribuição no desenvol-
vimento do município de
CocalzinhodeGoiás.
O D i s t r i t o d e
Girassol teve sua primeira
Unidade Básica de Saúde
inaugurada no dia 18 do
mesmo mês. A UBS
atenderá boa parte do
Distrito com conforto,
qualidade e proporcionan-
do aos profissionais da
saúde um ambiente digno
de trabalho, além de
desafogararededesaúde.
O deputado Rubens
Otoni parabenizou a
administração local pelo
empenho na busca de
parcerias com o Governo
Federal, e disse estar
satisfeito de poder ter
contribuído com diálogo
que trouxe esses benefíci-
os paraacidade.
Zé Diniz segue acumulando forças
A ex-vice prefeita Alaídes Gomes declara apoio a pré-candidatura
de Zé Diniz, que segue reunindo lideranças em torno de seu nome.
Para se viabilizar
com um candidato forte
nas convenções partidári-
as de agosto, o pré-
candidato a prefeito tem
de trabalhar muito na
obtenção de apoios da
população e seus líderes.
E é nesse caminho que Zé
Diniz tem seguido nos
últimos anos, reunindo-se
com todas as esferas da
sociedade abadianense,
em busca de acumular o
apoio das principais lide-
rançasdo município.
Depois de consoli-
dar o apoio do Ex-prefeito
Itamar, em reunião que
contou com a presença de
v e r e a d o r e s , p r é -
candidatos a vereador,
lideranças comunitárias,
empresários em geral, Zé
Diniz recebeu a adesão de
mais uma grande lideran-
ça municipal a sua pré-
candidatura a prefeito de
Abadiânia. Alaides
Gomes, ex-prefeita de
grande carisma no muni-
cípio declarou publica-
mente que Zé Diniz tem
seu apoio como pré-
candidato a prefeito, e que
caminhará junto de seu
grupo, buscando resgatar
a dignidade do povo aba-
dianense, que tem sofrido
com a má gestão munici-
pal nos últimos três anos.
Estiveram presentes a
reunião, entre outros,
grandes lideranças evan-
gélicas, lideranças de
assentamentos, e o vice
presidente do PTC Edi-
valdo, os vereadores Cla-
rindo Borges, Asterio e
VicentedeMendonça.
O grupo de pessoas
que tem apoiado o Zé
Diniz em sua pré-
candidatura a prefeito é
ampliado a cada dia,
graças a credibilidade do
Diniz.
O e m p r e s á r i o
Felipe do Mercado, que
foi candidato a vice-
prefeito na última
eleição, garantiu em
reunião no dia 29 de abril
que a pré-candidatura de
Zé Diniz tem seu apoio,
independente do espaço
que venha a ocupar.
Estiveram presentes na
reunião os vereadores
Clarindo Borges, Bosco
Arantes e Zé Maria. O
grupo de apoio a Zé
Diniz já conta com 9
partidos: PPS, PP,
PRTB, PROS, PV, PTC,
DEM, PSD ePEN.
Além das reuniões
de apoio político que são
realizadas diariamente,
Zé Diniz tem trabalhado
Grupo forte se faz com verdade e compromisso
com seus colaboradores, na
elaboração de propostas
que farão parte de seu plano
de governo, caso seja
c o n fi r m a d o c o m o
candidato a prefeito. As
propostas seguem no
caminho de otimização dos
serviços públicos,
oferecendo ao cidadão um
atendimento de qualidade,
além da qualificação da
equipe técnica, para
obtenção de recursos
externos, junto ao Estado
eGovernoFederal.
ABADIÂNIA
10 Edição nº 20 - Abril de 2016 CORUMBÁ
INFLUENZA H1N1INFLUENZA H1N1INFLUENZA H1N1
Trabalhando pela SAÚDE da população.
CAMPANHA DE
CAMPANHA DE
CAMPANHA DE
VACINAÇÃO
VACINAÇÃO
VACINAÇÃO
CONTRA A
CONTRA A
CONTRA A
GRIPEGRIPEGRIPE
O vírus pode estar em vários lugares,
só que você não vê.
Procure a secretaria de saúde,
e informe-se sobre a
disponibilidade da vacina.
O vírus pode estar em vários lugares,
só que você não vê.
Procure a secretaria de saúde,
e informe-se sobre a
disponibilidade da vacina.
Lembrar de Benedito
Odilon Rocha é voar com
as asas da imaginação,
tendo como combustível a
prosa facilmente inteligí-
vel, os versos bem
elaborados, os registros de
um cronista de seu tempo.
E o tempo de poeta durou
todos os seus 74 anos, de 7
de abril de 1916 a 2 de
julhode1990.
Pioneiro da multimí-
dia: foi músico, professor,
político, gestor público,
contador, comerciante,
restaurador de pintura
sacra, cenógrafo, contista,
memorialista, ator de
teatro, compositor,
advogado, servidor
público, imortal de
academia, jornalista,
editor de jornal e, em
todos os lugares e oportu-
nidades,poeta.
Benedito venceu
duas eleições, para
prefeito de Corumbá e
para a cadeira 17 da
Academia Goiana de
Letras, cujo patrono é
MachadodeAssis.
Em comemoração à
marcante data de seu
centenário, a jornalista
O Brasil celebra o centenário e as poesias de Odilon Rocha
100 anos de puro talento goiano
Ana Cláudia Rocha, sua
filha, organizou no livro
“Memórias de Rocha” os
escritosdoesobreopai.
Neto de musicista,
filho da primeira grande
atriz de teatro de Goiás,
Benedito teve prole tão
numerosa quanto talento-
sa. Além de Maria Clara,
protagonista do premiado
“A filha”, também são de
sua lavra Hélio, Laíla,
R e y n a l d o , B e a t r i z ,
Edgard, Eduardo, Maria
das Graças, Paulo e Ana
Cláudia. São frutos de um
amor que rendeu belíssi-
mos versos: Benedito foi
casado por 51 anos com
Ana Vale e por tempo
ainda com a Corporação
13 de Maio, grupo
musicaldeCorumbá.
Para que este 2016
seja o ano em que o Brasil
elegeu prefeitos que no
futuro sejam corretamen-
te idolatrados como
Benedito Odilon Rocha,
um primeiro passo é
reconhecermos a impor-
t â n c i a d a p o e s i a .
Principalmente, da boa
p o e s i a , c o m o a d e
BeneditoOdilonRocha.
O lançamento do livro "Memórias de Rocha"
aconteceu no último dia 8 de abril, no Maison
Florancy com a presença de ilustres convidados do
cenário político local e nacional.
Corumbá destes meus
sonhos,
e dos meus primeiros dias
ainda sinto o calor
como raio de saudade
dentro do meu coração.
Os teus dias tão risonhos
Tem pra mim tanta alegria
até a lua com fulgor
Parece não ter vontade
de deixar este torrão.
Corumbá, eu quero ter (bis)
Sob o teu seu céu tão
brilhante
Feliz viver.
Vejo encantos primorosos
nas tuas verdes colinas
em tuas águas serenas
no teu céu onde o cruzeiro
cintilante sempre está
Em teus prados tão mimosos
marchetados de boninas
em tuas noites amenas
em teu luar tão fagueiro
tens luar tão fagueiro
tens encantos Corumbá!
Corumbá, eu quero ter (bis)
Sob o teu seu céu tão
brilhante
Feliz viver.
E quando teus horizontes
A frouxa luz do poente
se matizam de mil cores
de saudade fica presa
nossa alma juvenil.
Rendilhada de altos montes
tendo aos pés águas silentes
bela terra dos amores
Corumbá, és a princesa
Do ocidente do Brasil!
Corumbá, eu quero ter (bis)
Sob o teu seu céu tão
brilhante
Feliz viver.
Letra e música: Benedito
Odilon Rocha.
Hino de Corumbá de Goiás
Imagemdivulgação
Foto:RedesSociais
Célio Fleury, prefeito de Corumbá, no lançamento do livro em Goiânia
* Jornal Cerrado/Senador Wilder Morais
Edição nº 20 - Abril de 2016 11
PERÍODOS:
primeiro
segundo
terceiro
quarto
quinto
MÊS:
fevereiro
março
abril
maio
junho
DIAS:
22,23,24,25,26
07,08,09,10,11
04,05,06,07,08
02,03,04,05,06
06,07,08,09,10
HORÁRIO:
19h00
19h00
19h00
19h00
19h00
sexto
sétimo
oitavo
nono
décimo
agosto
setembro
outubro
novembro
dezembro
01,02,03,04,05
12,13,14,15,16
03,04,05,06,07
07,08,09,10,11
05,06,07,08,09
19h00
19h00
19h00
19h00
19h00
PERÍODOS: MÊS: DIAS: HORÁRIO:
Sessões Ordinárias da 4ª Sessão Legislativa / 2016
Câmara Municipal
VOCÊVOCÊVOCÊe
Esta
PARCERIAPARCERIAPARCERIA também
é de seu INTERESSEINTERESSEINTERESSE
Participar das sessões da Câmara é acima de tudo um ato
de cidadania. Muito além de fiscalizar, legislar e administrar,
aqui são debatidos assuntos de interesses coletivos, que
trazem melhorias para nosso município.
Representar você, cidadão, é uma tarefa que cabe a nós,
vereadores. Mas com sua participação, este torna-se mais fácil.
Venha participar de nossas sessões, e acompanhar como
acontece o progresso de .Corumbá de Goiás
Em 2016, as sessões se iniciam no mês de Fevereiro.
Corumbá de Goiás Câmara Municipal de Vereadores
Telefone: (62) 3338-1246 Praca Waldemar G Telles Qd 21, 83
Já havia tempo que o
prédio da Câmara Muni-
cipal de Corumbá de
Goiás não recebia um
cuidado especial com sua
aparência e estrutura. A
atual gestão da Câmara
entendeu que era necessá-
rio melhorar o ambiente
de atendimento à popula-
ção do município, que
precisa se sentir bem no
edifício que é de proprie-
dadedopovo.
Por estar localizada
no perímetro de tomba-
mento municipal e nacio-
nal, todas os reparos e
melhorias na estrutura do
prédio da Câmara atende-
ram as normas previstas
na legislação, observadas
pelo Instituto do Patrimô-
nio Histórico e Artístico
Nacional-IPHAN.
Foram realizados
serviços de impermeabili-
zação do telhado, dedeti-
zação do prédio, instala-
ção de rede trifásica, de
Revitalização do
prédio da Câmara
Depois de muito tempo a Câmara Municipal de
Corumbá de Goiás voltou a receber uma reforma
O patrimônio material
protegido pelo Iphan é
composto por um
conjunto de bens cultura-
is classificados segundo
sua natureza, conforme
os quatro Livros do
Tombo: arqueológico,
paisagístico e etnográfi-
co; histórico; belas artes;
e das artes aplicadas.
Os bens tombados de
natureza material podem
ser imóveis como os
cidades históricas, sítios
arqueológicos e paisagís-
ticos e bens individuais;
ou móveis, como
coleções arqueológicas,
acervos museológicos,
documentais, bibliográfi-
cos, arquivísticos,
videográficos, fotográfi-
cos e cinematográficos.
Patrimônio
Material
sistema de monitoramen-
to permanente, além da
instalação de mastro da
calçada em frente à Casa
de Leis, dando ampla
visão, em respeito aos
símbolos nacional, esta-
dualemunicipal.
Foi realizado tam-
bém a pintura do prédio.
Antes, nas cores azul del
rey, azul celeste e branco
gelo, hoje a Câmara pos-
sui as cores ocre, marrom
colonialebranconeve.
Ainda há outras ben-
feitorias a serem realiza-
das na fachada do prédio-
sede do Poder Legislativo
da Cidade de Corumbá de
Goiás, como a instalação
de letreiro, que trará a
denominação do imóvel
em questão, sendo: Câma-
ra Municipal de Corumbá
de Goiás, Vereador "Jair
Paiva", e serão realizadas
assim que houver uma
nova disponibilidade
financeira.
MUNICÍPIODECORUMBÁDEGOIÁS.
PODERLEGISLATIVO.
CONTASDEGESTÃO.
EXERCÍCIODE2015.
CONTASREGULARES.
Examinam-se no presente processo as Contas de Gestão do Sr.
FRANCISCO ALESSANDRO FERNANDES, gestor do Poder Legisla vo do
Município de CORUMBÁ DE GOIÁS, referentes ao exercício de 2015. A
análise e o julgamento das contas de gestão se fazem com fulcro na
Cons tuição Federal (§ 1º do art. 31 e inciso II do art. 71), na Cons tuição
do Estado de Goiás (inciso II do art. 26 c/c o § 4º, art. 80), na Instrução
Norma vaIN012/2014enaDecisãoNorma vaDN002/2016.
ACORDAM os Conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios do
Estado de Goiás, reunidos na Segunda Câmara, acolhendo as razões
expostasnovotodoRelatorem:
01.JULGARREGULARESasContasdeGestãorela vasaoexercíciode
2015, do Sr. FRANCISCO ALESSANDRO FERNANDES, Gestor do Poder
Legisla vodoMunicípiodeCorumbádeGoiás.
02. Destacar que a decisão proferida na presente prestação de contas
não elide a hipótese de instauração de outros procedimentos de
fiscalizaçãosobreatosespecíficosocorridosnomesmoperíodo.
03.Observa-sequenaaferiçãodaprestaçãodecontasosdocumentos
constantes do Balancete Físico e as informações apresentadas ao Sistema
de Controle de Contas Municipais foram considerados sob o aspecto da
veracidadeideológicapresumida
ÀSuperintendênciadeSecretaria,paraosfins.
TRIBUNALDECONTASDOSMUNICÍPIOS,14/04/2016.
As contas do presidente da Câmara Municipal de Corumbá de Goiás,
FranciscoAlessandro Fernandes, mais conhecido como Chico Vaca, relativas
ao exercício de 2015, foram aprovadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios
de Goiás, conforme publicação, com data de 25 de abril de 2016, no Diário
OficialdeContas.Vejaapublicaçãoabaixo:
Primeiro ano da gestão de Chico Vaca
é aprovado pelo Tribunal de Contas
MEDICAMENTOS COSMÉTICOS PERFUMARIA
62 3338-1482
DROGARIA SAÚDE
Mais
CORUMBÁ
12 Edição nº 20 - Abril de 2016 BRASÍLIA
Agricultura faz diagnóstico da
produção de milho na capital
Levantamento consiste em aplicação de
questionário e visita a campo para identificar
dificuldades dos agricultores. Objetivo é
auxiliar a elaboração de políticas públicas
Ádamo Araujo,
da Agência Brasília
Até o final de abril,
72 propriedades rurais
produtoras de milho rece-
berão a visita de equipes
da Expedição Safra-
Brasília. O projeto tem o
objetivo de reunir infor-
mações que ajudem a
fomentar a elaboração de
políticas públicas para o
setor e a melhorar a pres-
tação de assistência técni-
canaspróximassafras.
Para isso, será feito
um diagnóstico dos pro-
blemas enfrentados pelos
agricultores. Participam
da pesquisa técnicos da
Secretaria da Agricultura,
Abastecimento e Desen-
volvimento Rural, da
Empresa de Assistência
Técnica e Extensão Rural
(Emater), das Centrais de
Abastecimento do Distri-
to Federal (Ceasa-DF) e
da Empresa Brasileira de
Pesquisa Agropecuária
(Embrapa). A expedição
conta ainda com o apoio
da Companhia Nacional
d e A b a s t e c i m e n t o
(CONAB).
O levantamento
consiste em aplicação de
questionário com 35 per-
guntas e visitas a campo.
"Os dados nos darão sub-
sídios para o planejamen-
to de ações", explica o
secretário da Agricultura,
José GuilhermeLeal.
1. Rentabilidade: o lote é considera-
do uma das melhores aplicações do mer-
cado financeiro. Quem compra terra não
erra!
2. Segurança: um lote com docu-
mentos legais é um inves mento seguro.
Garan a de liquidez certa para o compra-
dor.
3. Poupança: quando o lote é parce-
la garante facilidade, para o comprador
poupar e garan a de estabilidade no dia
deamanhã.
Bons motivos para
comprar um lote
21 DE MAIO
1. Verifique sempre se o lote que
você vai comprar está registrado no cartó-
rioderegistroimóveisdesuacidade.
2. Vá sempre na secretaria de plane-
jamento e peça a cer dão nega va de
débitos municipais (IPTU, Taxas, etc.). Não
compreimóveiscomdívidas.
3. Evite surpresas desagradáveis,
peça sempre para um agrimensor conferir as
mediasdolotequevocêpretendecomprar.
4. Se o lote for desmembrado, veja
sempre se ele tem o decreto de autoriza-
ção da prefeitura e se está averbado junto
aocartórioderegistrodeimóveis.
5. A lei hoje determina que água, luz
e asfalto é obrigação de quem vende fazer!
Para isso, exija sempre de quem vende, o
decreto de caucionamento junto a prefei-
tura e averbação do CRI como garan as
legaisparaexecuçãodaobra.
6. Exija sempre de quem vende, as
cer dões nega vas municipais, estaduais
e federais, além de cer dão nega va
criminais. A apresentação destas cer dões
são sua garan a de transmissão do lote
semimpedimentos.
7. Negócio é negócio. Não deixe
nada pra depois, faça sempre o contrato de
imediato e registre no cartório para sua
segurança e outros não comprarem o
mesmoloteduasvezes.
8. Se todas essas etapas foram preen-
chidas, é só procurar um dos corretores cre-
denciadosàCITTIefazerumnegóciolegal!
Dicas para um
bom negócio
É um bairro planejado para Alexânia, que
pensa na qualidade de vida das pessoas, com
responsabilidadeparacomomeioambiente.
Esta é uma grande oportunidade para
quem pensa em inves r e fazer um bom negó-
cio, em uma cidade que se encontra no segun-
domaioreixocomercialdopaís.
Alexânia esta hoje entre as cidades com
maior capacidade para atrair inves dores no
Brasil. Por isso acreditamos na cidade e ofere-
cemos o Residencial Boa Vista como fonte
seguraparaseinves r.
A cidade mereceo crescimento sustentá-
velecomprome docomosocial.
Vem aí uma grande festa de lançamento,
e você que pensa em uma cidade melhor e é
empreendedor está convidado para um Coffee
Break para conhecer o bairro que cresce junto
comAlexânia.Dia21demaio,àpar rda9:30h.
Residencial Boa Vista – Alexânia
Venha fazer um
negócio legal!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Junta de Freguesia da Sé
Junta de Freguesia da SéJunta de Freguesia da Sé
Junta de Freguesia da Sé
radioff
 
Jornal PAIXAO PELA NOSSA TERRA, Vasco Cunha, Cartaxo 2013 (2)
Jornal PAIXAO PELA NOSSA TERRA, Vasco Cunha, Cartaxo 2013 (2)Jornal PAIXAO PELA NOSSA TERRA, Vasco Cunha, Cartaxo 2013 (2)
Jornal PAIXAO PELA NOSSA TERRA, Vasco Cunha, Cartaxo 2013 (2)
Vasco Cunha
 
Jornal Tribuna Regional Ed. 89
Jornal Tribuna Regional Ed. 89Jornal Tribuna Regional Ed. 89
Jornal Tribuna Regional Ed. 89
OrienteSP Soluções Digitais
 
O MELHOR DO SEU BAIRRO
O MELHOR DO SEU BAIRROO MELHOR DO SEU BAIRRO
O MELHOR DO SEU BAIRRO
Montero Netto Garcia
 
Jornal digital 4872_qua_09032016
Jornal digital 4872_qua_09032016Jornal digital 4872_qua_09032016
Jornal digital 4872_qua_09032016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal Maricá Info - Maio 2013
Jornal Maricá Info - Maio 2013Jornal Maricá Info - Maio 2013
Jornal Maricá Info - Maio 2013
maricainfo
 
Folha RN Edição 075
Folha RN Edição 075Folha RN Edição 075
Folha RN Edição 075
FolhaNR
 
Discurso psd xxxi aniversário município da amadora
Discurso psd xxxi aniversário município da amadoraDiscurso psd xxxi aniversário município da amadora
Discurso psd xxxi aniversário município da amadora
aamadoratemfuturo
 
Ermelino 171
Ermelino 171Ermelino 171
Ermelino 171
brunoebalto
 
Jornal Cidade - Lagoa da Prata - Nº 74 - 28/01/2016
Jornal Cidade - Lagoa da Prata - Nº 74 - 28/01/2016Jornal Cidade - Lagoa da Prata - Nº 74 - 28/01/2016
Jornal Cidade - Lagoa da Prata - Nº 74 - 28/01/2016
Jornal Cidade
 
Jornal Cidade - Ano II - Nº 36
Jornal Cidade - Ano II - Nº 36Jornal Cidade - Ano II - Nº 36
Jornal Cidade - Ano II - Nº 36
Jornal Cidade
 
Jornal Cidade - Ano I - Nº 18
Jornal Cidade - Ano I - Nº 18Jornal Cidade - Ano I - Nº 18
Jornal Cidade - Ano I - Nº 18
Jornal Cidade
 
Mr apresentação candidaturas 28 agosto 2013
Mr apresentação candidaturas 28 agosto 2013Mr apresentação candidaturas 28 agosto 2013
Mr apresentação candidaturas 28 agosto 2013
Manuela Ruivo
 
Jornal opção 194 online
Jornal opção 194 onlineJornal opção 194 online
Jornal opção 194 online
Alair Arruda
 
Jornal Cidade - Lagoa da Prata e região - Nº 135 - 28/FEV/2019
Jornal Cidade - Lagoa da Prata e região - Nº 135 - 28/FEV/2019Jornal Cidade - Lagoa da Prata e região - Nº 135 - 28/FEV/2019
Jornal Cidade - Lagoa da Prata e região - Nº 135 - 28/FEV/2019
Jornal Cidade
 
Boletim final psd_gaviao
Boletim final psd_gaviaoBoletim final psd_gaviao
Boletim final psd_gaviao
Paulo Matos
 
CULTURARTEEN 155 - Deputada Rosângela Zeidan
CULTURARTEEN 155 - Deputada Rosângela ZeidanCULTURARTEEN 155 - Deputada Rosângela Zeidan
CULTURARTEEN 155 - Deputada Rosângela Zeidan
Pery Salgado
 
Assembleia Municipal do Cartaxo, na Lapa
Assembleia Municipal do Cartaxo, na LapaAssembleia Municipal do Cartaxo, na Lapa
Assembleia Municipal do Cartaxo, na Lapa
Psd Cartaxo
 
Jornal opção 167 ed online
Jornal opção 167 ed onlineJornal opção 167 ed online
Jornal opção 167 ed online
Alair Arruda
 
Jornal digital 4709 seg-13072015
Jornal digital 4709 seg-13072015Jornal digital 4709 seg-13072015
Jornal digital 4709 seg-13072015
Jornal Correio do Sul
 

Mais procurados (20)

Junta de Freguesia da Sé
Junta de Freguesia da SéJunta de Freguesia da Sé
Junta de Freguesia da Sé
 
Jornal PAIXAO PELA NOSSA TERRA, Vasco Cunha, Cartaxo 2013 (2)
Jornal PAIXAO PELA NOSSA TERRA, Vasco Cunha, Cartaxo 2013 (2)Jornal PAIXAO PELA NOSSA TERRA, Vasco Cunha, Cartaxo 2013 (2)
Jornal PAIXAO PELA NOSSA TERRA, Vasco Cunha, Cartaxo 2013 (2)
 
Jornal Tribuna Regional Ed. 89
Jornal Tribuna Regional Ed. 89Jornal Tribuna Regional Ed. 89
Jornal Tribuna Regional Ed. 89
 
O MELHOR DO SEU BAIRRO
O MELHOR DO SEU BAIRROO MELHOR DO SEU BAIRRO
O MELHOR DO SEU BAIRRO
 
Jornal digital 4872_qua_09032016
Jornal digital 4872_qua_09032016Jornal digital 4872_qua_09032016
Jornal digital 4872_qua_09032016
 
Jornal Maricá Info - Maio 2013
Jornal Maricá Info - Maio 2013Jornal Maricá Info - Maio 2013
Jornal Maricá Info - Maio 2013
 
Folha RN Edição 075
Folha RN Edição 075Folha RN Edição 075
Folha RN Edição 075
 
Discurso psd xxxi aniversário município da amadora
Discurso psd xxxi aniversário município da amadoraDiscurso psd xxxi aniversário município da amadora
Discurso psd xxxi aniversário município da amadora
 
Ermelino 171
Ermelino 171Ermelino 171
Ermelino 171
 
Jornal Cidade - Lagoa da Prata - Nº 74 - 28/01/2016
Jornal Cidade - Lagoa da Prata - Nº 74 - 28/01/2016Jornal Cidade - Lagoa da Prata - Nº 74 - 28/01/2016
Jornal Cidade - Lagoa da Prata - Nº 74 - 28/01/2016
 
Jornal Cidade - Ano II - Nº 36
Jornal Cidade - Ano II - Nº 36Jornal Cidade - Ano II - Nº 36
Jornal Cidade - Ano II - Nº 36
 
Jornal Cidade - Ano I - Nº 18
Jornal Cidade - Ano I - Nº 18Jornal Cidade - Ano I - Nº 18
Jornal Cidade - Ano I - Nº 18
 
Mr apresentação candidaturas 28 agosto 2013
Mr apresentação candidaturas 28 agosto 2013Mr apresentação candidaturas 28 agosto 2013
Mr apresentação candidaturas 28 agosto 2013
 
Jornal opção 194 online
Jornal opção 194 onlineJornal opção 194 online
Jornal opção 194 online
 
Jornal Cidade - Lagoa da Prata e região - Nº 135 - 28/FEV/2019
Jornal Cidade - Lagoa da Prata e região - Nº 135 - 28/FEV/2019Jornal Cidade - Lagoa da Prata e região - Nº 135 - 28/FEV/2019
Jornal Cidade - Lagoa da Prata e região - Nº 135 - 28/FEV/2019
 
Boletim final psd_gaviao
Boletim final psd_gaviaoBoletim final psd_gaviao
Boletim final psd_gaviao
 
CULTURARTEEN 155 - Deputada Rosângela Zeidan
CULTURARTEEN 155 - Deputada Rosângela ZeidanCULTURARTEEN 155 - Deputada Rosângela Zeidan
CULTURARTEEN 155 - Deputada Rosângela Zeidan
 
Assembleia Municipal do Cartaxo, na Lapa
Assembleia Municipal do Cartaxo, na LapaAssembleia Municipal do Cartaxo, na Lapa
Assembleia Municipal do Cartaxo, na Lapa
 
Jornal opção 167 ed online
Jornal opção 167 ed onlineJornal opção 167 ed online
Jornal opção 167 ed online
 
Jornal digital 4709 seg-13072015
Jornal digital 4709 seg-13072015Jornal digital 4709 seg-13072015
Jornal digital 4709 seg-13072015
 

Destaque

Avaliação do aluno a favor ou contra a democratização do ensino
Avaliação do aluno a favor ou contra a democratização do ensinoAvaliação do aluno a favor ou contra a democratização do ensino
Avaliação do aluno a favor ou contra a democratização do ensino
jefc21
 
Constancia Partido Conservador
Constancia Partido ConservadorConstancia Partido Conservador
Constancia Partido ConservadorDPS
 
Pág.crianças 2 outubro2010
Pág.crianças 2 outubro2010Pág.crianças 2 outubro2010
Pág.crianças 2 outubro2010
mrvpimenta
 
Prueva slideshare
Prueva slidesharePrueva slideshare
Prueva slideshare
Hector Zamora
 
Auto jornaled 089.inddfinal_baixa
Auto jornaled 089.inddfinal_baixaAuto jornaled 089.inddfinal_baixa
Auto jornaled 089.inddfinal_baixa
mastermidia
 
Redes
RedesRedes
Slid rosi..
Slid rosi..Slid rosi..
Slid rosi..
rosefiuza
 
Outubro 2010
Outubro 2010Outubro 2010
Outubro 2010
Norton Tavares
 
Arogyasena - Adalat 10 Oct.10
Arogyasena - Adalat 10 Oct.10Arogyasena - Adalat 10 Oct.10
Arogyasena - Adalat 10 Oct.10Arogya Sena
 
F inscrição activar
F inscrição activarF inscrição activar
F inscrição activar
Activar
 
Desafio Linguístico I - Resultados
Desafio Linguístico I - ResultadosDesafio Linguístico I - Resultados
Desafio Linguístico I - Resultados
mundodecores
 
Madhura Resume
Madhura ResumeMadhura Resume
Madhura Resume
Madhura Mohan
 
Reportaje Dr. Gabriel Antoniol Telemedicina, experiencia "Cerro Largo"
Reportaje Dr. Gabriel Antoniol Telemedicina, experiencia "Cerro Largo"Reportaje Dr. Gabriel Antoniol Telemedicina, experiencia "Cerro Largo"
Reportaje Dr. Gabriel Antoniol Telemedicina, experiencia "Cerro Largo"
Secretaria Sutmts
 
PAGINAS NACIONALES E INTERNACIONALES
PAGINAS NACIONALES E INTERNACIONALESPAGINAS NACIONALES E INTERNACIONALES
PAGINAS NACIONALES E INTERNACIONALES
Gaby2904
 
Hojadetrabajoprevioaredaccinderesealiteraria 141103180209-conversion-gate01
Hojadetrabajoprevioaredaccinderesealiteraria 141103180209-conversion-gate01Hojadetrabajoprevioaredaccinderesealiteraria 141103180209-conversion-gate01
Hojadetrabajoprevioaredaccinderesealiteraria 141103180209-conversion-gate01
emire29
 
Competencias digitales del docente =)
Competencias digitales del docente =) Competencias digitales del docente =)
Competencias digitales del docente =)
karen919floresita
 
Hangout or not Hangout? Por que incluir os webinários na sua estratégia de ma...
Hangout or not Hangout? Por que incluir os webinários na sua estratégia de ma...Hangout or not Hangout? Por que incluir os webinários na sua estratégia de ma...
Hangout or not Hangout? Por que incluir os webinários na sua estratégia de ma...
Leila Adriano Ostoyke
 
Aprender y enseñar en colaboración
Aprender y enseñar en colaboraciónAprender y enseñar en colaboración
Aprender y enseñar en colaboración
Xiomara Gutierrez
 

Destaque (20)

Avaliação do aluno a favor ou contra a democratização do ensino
Avaliação do aluno a favor ou contra a democratização do ensinoAvaliação do aluno a favor ou contra a democratização do ensino
Avaliação do aluno a favor ou contra a democratização do ensino
 
Malos habitos
Malos habitosMalos habitos
Malos habitos
 
Constancia Partido Conservador
Constancia Partido ConservadorConstancia Partido Conservador
Constancia Partido Conservador
 
Pág.crianças 2 outubro2010
Pág.crianças 2 outubro2010Pág.crianças 2 outubro2010
Pág.crianças 2 outubro2010
 
Prueva slideshare
Prueva slidesharePrueva slideshare
Prueva slideshare
 
Auto jornaled 089.inddfinal_baixa
Auto jornaled 089.inddfinal_baixaAuto jornaled 089.inddfinal_baixa
Auto jornaled 089.inddfinal_baixa
 
Redes
RedesRedes
Redes
 
Slid rosi..
Slid rosi..Slid rosi..
Slid rosi..
 
Outubro 2010
Outubro 2010Outubro 2010
Outubro 2010
 
Arogyasena - Adalat 10 Oct.10
Arogyasena - Adalat 10 Oct.10Arogyasena - Adalat 10 Oct.10
Arogyasena - Adalat 10 Oct.10
 
F inscrição activar
F inscrição activarF inscrição activar
F inscrição activar
 
Desafio Linguístico I - Resultados
Desafio Linguístico I - ResultadosDesafio Linguístico I - Resultados
Desafio Linguístico I - Resultados
 
Madhura Resume
Madhura ResumeMadhura Resume
Madhura Resume
 
Reportaje Dr. Gabriel Antoniol Telemedicina, experiencia "Cerro Largo"
Reportaje Dr. Gabriel Antoniol Telemedicina, experiencia "Cerro Largo"Reportaje Dr. Gabriel Antoniol Telemedicina, experiencia "Cerro Largo"
Reportaje Dr. Gabriel Antoniol Telemedicina, experiencia "Cerro Largo"
 
PAGINAS NACIONALES E INTERNACIONALES
PAGINAS NACIONALES E INTERNACIONALESPAGINAS NACIONALES E INTERNACIONALES
PAGINAS NACIONALES E INTERNACIONALES
 
Dharmendra Gurme Article
Dharmendra Gurme ArticleDharmendra Gurme Article
Dharmendra Gurme Article
 
Hojadetrabajoprevioaredaccinderesealiteraria 141103180209-conversion-gate01
Hojadetrabajoprevioaredaccinderesealiteraria 141103180209-conversion-gate01Hojadetrabajoprevioaredaccinderesealiteraria 141103180209-conversion-gate01
Hojadetrabajoprevioaredaccinderesealiteraria 141103180209-conversion-gate01
 
Competencias digitales del docente =)
Competencias digitales del docente =) Competencias digitales del docente =)
Competencias digitales del docente =)
 
Hangout or not Hangout? Por que incluir os webinários na sua estratégia de ma...
Hangout or not Hangout? Por que incluir os webinários na sua estratégia de ma...Hangout or not Hangout? Por que incluir os webinários na sua estratégia de ma...
Hangout or not Hangout? Por que incluir os webinários na sua estratégia de ma...
 
Aprender y enseñar en colaboración
Aprender y enseñar en colaboraciónAprender y enseñar en colaboración
Aprender y enseñar en colaboración
 

Semelhante a JNT 20 ABRIL

Declaração de voto do PSD na Assembleia Municipal do Cartaxo, sobre o Orçam...
Declaração de voto do PSD na Assembleia Municipal do Cartaxo, sobre o Orçam...Declaração de voto do PSD na Assembleia Municipal do Cartaxo, sobre o Orçam...
Declaração de voto do PSD na Assembleia Municipal do Cartaxo, sobre o Orçam...
Psd Cartaxo
 
Pela Mudança
Pela MudançaPela Mudança
Pela Mudança
Amândio Silva
 
Jornal da Astral
Jornal da AstralJornal da Astral
Jornal da Astral
samvile
 
Jornal Cidade - Lagoa da Prata, Santo Antônio do Monte e região - Ano II Nº 41
Jornal Cidade - Lagoa da Prata, Santo Antônio do Monte e região - Ano II Nº 41Jornal Cidade - Lagoa da Prata, Santo Antônio do Monte e região - Ano II Nº 41
Jornal Cidade - Lagoa da Prata, Santo Antônio do Monte e região - Ano II Nº 41
Jornal Cidade
 
Jornal Cidade - Ano I - Nº 02
Jornal Cidade - Ano I - Nº 02Jornal Cidade - Ano I - Nº 02
Jornal Cidade - Ano I - Nº 02
Jornal Cidade
 
Cartão informativo “Amparo de Bolso” para fomento do turismo em Amparo
Cartão informativo “Amparo de Bolso” para fomento do turismo em AmparoCartão informativo “Amparo de Bolso” para fomento do turismo em Amparo
Cartão informativo “Amparo de Bolso” para fomento do turismo em Amparo
rcatanese
 
Catanese quinzenal 03
Catanese quinzenal 03Catanese quinzenal 03
Catanese quinzenal 03
rcatanese
 
Paraná Notícias
Paraná NotíciasParaná Notícias
Paraná Notícias
ParanNotcias1
 
Jornal Cidade - Ano I - Nº 07
Jornal Cidade - Ano I - Nº 07Jornal Cidade - Ano I - Nº 07
Jornal Cidade - Ano I - Nº 07
Jornal Cidade
 
Jornal Cidade - Lagoa da Prata e região - Nº 134 - 14/FEV/2019
Jornal Cidade - Lagoa da Prata e região - Nº 134 - 14/FEV/2019Jornal Cidade - Lagoa da Prata e região - Nº 134 - 14/FEV/2019
Jornal Cidade - Lagoa da Prata e região - Nº 134 - 14/FEV/2019
Jornal Cidade
 
Jornal Cidade - Ano I - Nº 20
Jornal Cidade - Ano I - Nº 20Jornal Cidade - Ano I - Nº 20
Jornal Cidade - Ano I - Nº 20
Jornal Cidade
 
Jornal Cidade - Ano I - Nº 13
Jornal Cidade - Ano I - Nº 13Jornal Cidade - Ano I - Nº 13
Jornal Cidade - Ano I - Nº 13
Jornal Cidade
 
ITA OLIVEIRA 17277 A SUA VEREADORA
ITA OLIVEIRA 17277 A SUA VEREADORA ITA OLIVEIRA 17277 A SUA VEREADORA
ITA OLIVEIRA 17277 A SUA VEREADORA
Ita Oliveira
 
Jornal paginas abertas 2
Jornal paginas abertas 2Jornal paginas abertas 2
Jornal paginas abertas 2
Olegário Balbino
 
Jornal Quinzenal n° 01
Jornal Quinzenal n° 01Jornal Quinzenal n° 01
Jornal Quinzenal n° 01
Rogerio Catanese
 
Informativo Semanal nº 01
Informativo Semanal nº 01 Informativo Semanal nº 01
Informativo Semanal nº 01
Rogerio Catanese
 
Catanese quinzenal 01
Catanese quinzenal 01Catanese quinzenal 01
Catanese quinzenal 01
Rogerio Catanese
 
Jornal Cidade - Ano I - Nº 10
Jornal Cidade - Ano I - Nº 10Jornal Cidade - Ano I - Nº 10
Jornal Cidade - Ano I - Nº 10
Jornal Cidade
 
Vereador Catanese solicita modernização e mais autonomia para as Sub-prefeitu...
Vereador Catanese solicita modernização e mais autonomia para as Sub-prefeitu...Vereador Catanese solicita modernização e mais autonomia para as Sub-prefeitu...
Vereador Catanese solicita modernização e mais autonomia para as Sub-prefeitu...
rcatanese
 
O Alterense 6
O Alterense 6O Alterense 6
O Alterense 6
Cdu Alter Do Chão
 

Semelhante a JNT 20 ABRIL (20)

Declaração de voto do PSD na Assembleia Municipal do Cartaxo, sobre o Orçam...
Declaração de voto do PSD na Assembleia Municipal do Cartaxo, sobre o Orçam...Declaração de voto do PSD na Assembleia Municipal do Cartaxo, sobre o Orçam...
Declaração de voto do PSD na Assembleia Municipal do Cartaxo, sobre o Orçam...
 
Pela Mudança
Pela MudançaPela Mudança
Pela Mudança
 
Jornal da Astral
Jornal da AstralJornal da Astral
Jornal da Astral
 
Jornal Cidade - Lagoa da Prata, Santo Antônio do Monte e região - Ano II Nº 41
Jornal Cidade - Lagoa da Prata, Santo Antônio do Monte e região - Ano II Nº 41Jornal Cidade - Lagoa da Prata, Santo Antônio do Monte e região - Ano II Nº 41
Jornal Cidade - Lagoa da Prata, Santo Antônio do Monte e região - Ano II Nº 41
 
Jornal Cidade - Ano I - Nº 02
Jornal Cidade - Ano I - Nº 02Jornal Cidade - Ano I - Nº 02
Jornal Cidade - Ano I - Nº 02
 
Cartão informativo “Amparo de Bolso” para fomento do turismo em Amparo
Cartão informativo “Amparo de Bolso” para fomento do turismo em AmparoCartão informativo “Amparo de Bolso” para fomento do turismo em Amparo
Cartão informativo “Amparo de Bolso” para fomento do turismo em Amparo
 
Catanese quinzenal 03
Catanese quinzenal 03Catanese quinzenal 03
Catanese quinzenal 03
 
Paraná Notícias
Paraná NotíciasParaná Notícias
Paraná Notícias
 
Jornal Cidade - Ano I - Nº 07
Jornal Cidade - Ano I - Nº 07Jornal Cidade - Ano I - Nº 07
Jornal Cidade - Ano I - Nº 07
 
Jornal Cidade - Lagoa da Prata e região - Nº 134 - 14/FEV/2019
Jornal Cidade - Lagoa da Prata e região - Nº 134 - 14/FEV/2019Jornal Cidade - Lagoa da Prata e região - Nº 134 - 14/FEV/2019
Jornal Cidade - Lagoa da Prata e região - Nº 134 - 14/FEV/2019
 
Jornal Cidade - Ano I - Nº 20
Jornal Cidade - Ano I - Nº 20Jornal Cidade - Ano I - Nº 20
Jornal Cidade - Ano I - Nº 20
 
Jornal Cidade - Ano I - Nº 13
Jornal Cidade - Ano I - Nº 13Jornal Cidade - Ano I - Nº 13
Jornal Cidade - Ano I - Nº 13
 
ITA OLIVEIRA 17277 A SUA VEREADORA
ITA OLIVEIRA 17277 A SUA VEREADORA ITA OLIVEIRA 17277 A SUA VEREADORA
ITA OLIVEIRA 17277 A SUA VEREADORA
 
Jornal paginas abertas 2
Jornal paginas abertas 2Jornal paginas abertas 2
Jornal paginas abertas 2
 
Jornal Quinzenal n° 01
Jornal Quinzenal n° 01Jornal Quinzenal n° 01
Jornal Quinzenal n° 01
 
Informativo Semanal nº 01
Informativo Semanal nº 01 Informativo Semanal nº 01
Informativo Semanal nº 01
 
Catanese quinzenal 01
Catanese quinzenal 01Catanese quinzenal 01
Catanese quinzenal 01
 
Jornal Cidade - Ano I - Nº 10
Jornal Cidade - Ano I - Nº 10Jornal Cidade - Ano I - Nº 10
Jornal Cidade - Ano I - Nº 10
 
Vereador Catanese solicita modernização e mais autonomia para as Sub-prefeitu...
Vereador Catanese solicita modernização e mais autonomia para as Sub-prefeitu...Vereador Catanese solicita modernização e mais autonomia para as Sub-prefeitu...
Vereador Catanese solicita modernização e mais autonomia para as Sub-prefeitu...
 
O Alterense 6
O Alterense 6O Alterense 6
O Alterense 6
 

JNT 20 ABRIL

  • 1. GOIÁS e DF Abril de 2016 Edição nº 20, ano 3 B r a s í l i a & E n t o r n o Somos filiado a Jornal de distribuição gratuita. Venda proibida. Câmara de Corumbá tem sede revitalizada Página 11 De novo prefeito? Dívida da Prefeitura de Alexãnia com Previdência dos Servidores já chega a R$ 1.344.199,57, fora o parcelamento feito em 2014 em atraso. Zé Diniz segue reunindo lideranças Alaídes e Feipe do Mercado aderem ao grupo. Já são 9 partidos na base de sustentação de apoio a pré- candidatura de Zé Diniz em Abadiânia. Página 9 Colunistas Nelma Santos .....................Página 2 Allysson S. Lima .................Página 2 Cristiano Castilho ...............Página 4 Mateus Henrique ................Página 5 Ismael Dutra .......................Página 5 Matheus Ramos ....................Página 8 Página 5 A Associação de Diabéticos e Hipertensos de Alexânia – ADHA, presidida por Dona Rose Mary, está a disposição da sociedade. AMAA apoia PEC que muda regras para nomeação de secretários e ministros Ronaldo aumenta IPTU de Alexânia em até 500%. O povo não aguenta mais. Pode pedir impeachment? As coaches Aline Clarinda e Juliana Tolentino apresentam um workshop sobre inteligência emocional dos relacionamentos Página 2 Página 7Página 8 Página 7
  • 2. Diretor responsável: Michael Laiso Felix (Reg. API nº 2359/09 - MTE 3354/GO) Revisor: Allysson Silva Lima Representante Comercial: Marcos Morais (62) 9412-4943/ Criação do Projeto Visual: GraficaeArte.com (André Duque de Dubke - 61/62 9232-8800).Novos Tempos Comunicação e Publicidade ME (CNPJ 19.523.543/0001-11) / Tel: 62 9453-2388 / E-mail: redacao.novostempos@gmail.com. Os ar gos assinadossão da responsabilidade de seus autores, não refle ndonecessariamenteaopiniãodesteJornal.Tiragem:5.000exemplares. 2 Edição nº 20 - Abril de 2016 Artigo Editorial EXPEDIENTE Por Dr. Allysson Silva Lima Allysson Silva Lima é advogado, pós graduado em direito público e servidor municipal de carreira. É presidente da Associação de Moradores e Amigos de Alexânia - AMAA, e atua em ações de interesse coletivo, buscando sempre o melhor pra a sociedade. Grande parte dos que receberam o Talão para o pagamento do IPTU, no inicio do mês de abril, levou um grande susto em razão do aumento dos valorescobrados. Existem casos em que o valor do Imposto (de 2016), quando comparado ao valor cobrado no Exercício anterior (ano de 2015), foi elevado em m a i s d e 5 0 0 % (quinhentospor cento). D e s s e m o d o , a Associação de Moradores e Amigos de Alexânia (AMAA) encaminhou expediente (Ofício nº. 010/2016) ao Prefeito Municipal (aos cuidados da Secretária Municipal d e F i n a n ç a s e Administração), com cópia ao Presidente da Câmara e ao Promotor de O que houve com o valor do IPTU? J u s t i ç a s o l i c i t a n d o i n f o r m a ç õ e s s o b r e “QUAIS FORAM OS CRITÉRIOS ADOTADOS P E L O M U N I C Í P I O PARA A APURAÇÃO DO VALOR DO IMPOSTO S O B R E A P R O P R I E D A D E P R E D I A L E TERRITORIAL URBANA (IPTU) RELATIVO AO EXERCÍCIODE2016”. No mesmo Ofício, a A M A A s o l i c i t o u , também, que fossem R E V I S T O S O S VALORES DO IPTU C O B R A D O S N O EXERCÍCIO DE 2016, de modo que, enquanto a R e v i s ã o n ã o s e c o n c l u í s s e , f o s s e m A D O T A D O S O S MESMOS VALORES C O B R A D O S N O EXERCÍCIO DE 2015 nos casos em que aumento no valor do Imposto for s u p e r i o r a o I P C A acumuladoem2015. Em sua resposta (Ofício nº. 008/2016 – SEFAD), a Secretária Municipal de Finanças e Administração, em suma, apontou “inexistir razão p a r a r e v i s ã o a o lançamento do tributo municipal”, de modo que “foram observadas as disposições normativas referentes ao assunto, devendo prevalecer, dessa forma, o lançamento e a exigência do crédito tributário em favor do MunicípiodeAlexânia”. D e f a t o , o lançamento do IPTU do Exercício de 2016 pode a t é t e r s e g u i d o a s disposições do Código Tributário Municipal (Lei C o m p l e m e n t a r n º . 006/2014) e da Planta de Valores para o Exercício d e 2 0 1 5 ( L e i C o m p l e m e n t a r n º . 0 0 7 / 2 0 1 4 ) , a m b a s aprovadas pelo Poder Legislativo Municipal, tendo em vista que o Novo Código Tributário elevou as alíquotas para lotes vazios, passando de 2,0% (imóveis no centro) ou 1 , 2 5 % ( d e m a i s localidades)para2,5%. E n t r e t a n t o , defendemos que tais matérias, antes de sua aprovação pela Egrégia Casa de Leis, carecem de amplo debate, inclusive por meio da realização de Audiências Públicas, momento em que a população (que sofre as consequências) teria a oportunidade de apresentar suas considerações e pontos devista. Lastimavelmente, tanto o Novo Código Tributário Municipal quanto a Planta de Valores (para o Exercício de 2015) foram aprovadas em VOTAÇÃO ÚNICA, pela Câmara Municipal, em Sessão Extraordinária r e a l i z a d a n o d i a 24/12/2014. Desse modo, oAutor d e s t a m a t é r i a , q u e a t u a l m e n t e e s t á Presidente da Associação de Moradores e Amigos de Alexânia (AMAA), ao fazer uso da Tribuna P o p u l a r d a C â m a r a Municipal deAlexânia, na Sessão Ordinária do dia 19/04/2016, defendeu que os próximos Projetos de Lei que tratem destas m a t é r i a s f o s s e m precedidos de Audiências Públicas, antes de sua aprovação pelo Plenário, pois, desta forma, a população alexaniense teria a oportunidade de manifestar-se na defesa de seus direitoseinteresses. Nelma dos Santos Pereira é graduada em Relações Públicas, gerente do Bistrô Cambéba, esposa, mãe e avó dedicada, preocupada com o futuro de Alexânia que deixará para sua neta. Cansada de olhar nossa cidade sendo abandonada, a mercê de pessoas que não se i m p o r t a m c o m o desenvolvimento, o bem estar e melhoria de vida da nossa gente, resolvi, após muita conversa com amigos, me lançar como pré-candidata a vereadora em Alexânia, por ser esse o melhor canal pra que meus apelos por melhorias sejamouvidos. Eu e o povo de nossa cidade, e vou mais longe ainda, o povo b r a s i l e i r o e s t á decepcionado demais com a “politicagem” que e s t á h a b i t u a d o a presenciar em todo ano eleitoral. Estamos c a n s a d o s d e v o t a r confiando que algo diferente irá acontecer, e n a v e r d a d e n o s deparamos novamente Opinião Por Nelma dos Santos Pereira com mais decepção. Mas como me disseram muitos d o s q u a i s m e incentivaram a pré- candidatura, não posso desistir de minha cidade. Sonho em ver nossa cidade bonita, com asfalto novo, e não com esse bando de remendo mal feito. Uma cidade com sistema de esgoto e tratamento do mesmo, com ruas sinalizadas para melhorar o fluxo de trânsito, com redução dos impostos municipais, ou no mínimo com utilização desses impostos para melhorias em nossa cidade, e na vida das pessoas quemoramaqui. Precisamos de uma f r o t a d e ô n i b u s d e qualidade e gratuita para o s u n i v e r s i t á r i o s , precisamos de infra- estrutura nos hospitais, precisamos implantar programas na educação infantil (tenho um projeto que é sonho de infância nessa área). Sonho em ver o nosso município como referência em educação e para isso precisamos melhorar a vida do professor, oferecendo mais capacitação, mais incentivos, mais liberdade de expressão e ação, mais benefícios e um salário realmente digno. Os professores são o esteio da sociedade, e não entendo o porquê de não serem valorizadoscomotal! São por esses e por muitos outros projetos é que me apresento como p r é - c a n d i d a t a a vereadora. As pessoas dizem que um vereador não pode fazer muita coisa, que não tem poder de tomar decisões. Sim, eu sozinha não vou conseguir fazer nada, mas tenho um projeto de me unir ao povo, pra que Não podemos desistir de Alexânia juntos possamos fazer as coisas acontecerem nesta cidade. Quem me conhece sabe que eu vou à luta e garanto que vou levar o povo comigo onde quer que eu vá e unidos faremos com que nossos direitos sejam postos emprática. O j o r n a l N o v o Tempo chega em sua vigésima edição com algumas novidades. Além de todo conteúdo de qualidade e profissionalis- mo, marca registrada de nosso trabalho, tivemos a necessidade de ampliar nossas páginas, para ampliara a disponibilida- de de espaço para as matérias e publicidades de Corumbá de Goiás. Também temos nesta e d i ç ã o , u m e s p a ç o dedicado a assuntos de Cocalzinho de Goiás. Desta forma, o jornal Novo Tempo chega a marca de quatro municípi- os de atuação, e assim, vamos seguindo nosso objetivo de ampliar horizontes, trazendo aos nossos leitores informa- çõesdetodaregião. Mudamos também o tipo de papel do jornal. O modelo que usávamos, o AP branco, mas por ser um papel importando, e de valor mais elevado, poucos jornais o utiliza- vam. Assim, as gráficas que trabalhamos, optaram por não mais trabalhar c o m e s t e m a t e r i a l , obrigando ao Novo Tempo a aderir ao papel jornalcomum. Em nada mudará a qualidade do conteúdo do E m n a d a m u d a r á a qualidade do conteúdo do Novo Tempo, que segue dinâmicoeverdadeiro. Cabe aqui registrar, a mudança de um dos maiores jornais de Goiás, O Popular, que optou pelo formato germânico, o mesmo já utilizado pelo N o v o Te m p o . E s t e formato foi aderido pela maioria dos jornais europeus, por ser mais versátil, de fácil manuse- io. O leitor pode ler seu jornal dentro do ônibus, semincomodaro vizinho. Qualidade e credibi- lidade sempre foram aspectos que pautaram nosso trabalho nesses mais de 2 anos de existên- cia. Trouxemos para Alexânia um visual limpo, leve, além de conteúdo sempre preocupado com a veracidade das informa- ções, deixando sempre à disposição para quem queira, a opção do direito de resposta, caso alguém se sinta ofendido com o que é veiculado no jornal NovoTempo. Nessas 20 edições, em apenas uma oportunida- de nos foi solicitada um espaço para responder alguma crítica, e este foi cedido de pronto, pois nossotrabalho éimpessoal.
  • 3. Edição nº 20 - Abril de 2016 DE GOIÁS Pr. Heleno Ferreira Pr. Luiz Vicente Pr. Laercio e Esposa, Pra. Avenir e Esposo Pra. Luzia Pr. Heleno e Familia Ebenezer e Rose Antônia, Leandra e André Eládia, Silvia e família Idenir e Moacir Jovens do Segue-meMariana e família Nativa, Rosa do Baré e família “Vocês não me verão subindo em palanques, pois sou discreto quanto a política, mas não poderia deixar de estar aqui esta noite e externar meu apoio a Sra. Cida do Gelo» Pastor Heleno “Na Bíblia sagrada diz que o filho de Salomão queria ser Rei, foi se aconselhar com os anciões do pai dele. Disseram: Dá uma boa palavra para o povo, e terás eles a seu lado para sempre! Vejo que a Cida do Gelo é a exemplificação desse trecho bíblico, e o faz, não só com palavras, mas com ações, com a atenção que dá a todos e com o carinho que tem para com os que a procuram!" Pastor Luiz Vicente “Estamos criando esta Frente Evangélica, por vermos nela uma representante que tem ações voltadas a pessoa humana, sabemos que Cida respeita as pessoas, combate a corrupção e o mau uso de dinheiro público." Pastor Vilaris “Faço das minhas, as palavras do Pastor Heleno, mas no caso da Cida do Gelo, dou total apoio a sua pré-candidatura!" Pastora Luzia “Apoio incondicionalmente o projeto Cida do Gelo, pois vejo nela, a única pessoa capaz de administrar esta cidade. Cida é uma pessoa do bem, que respeita e pensa sempre no seu semelhante." Pastora Valdênia Frente Evangélica é criada em de apoio a pré-candidatura da Cida do Gelo Em uma noite de confraternização, onde reuniram-se mais de trinta pastores de várias deno- minações evangélicas de Alexânia, foi criada uma Frente Evangélica com o objetivo de contribuir na c o n s t r u ç ã o d a p r é - candidatura de Cida do Gelo a prefeita de Alexâ- nia. O movimento espon- tâneo dos religiosos foi motivado pela necessida- de identificada pelos líderes, de buscar alterna- tiva concreta para resgatar a moralidade política e socialdeAlexânia. Segundo os líderes evangélicos, a atual ges- tão não tem realizado trabalhos de valorização da família. Cida e sua equipe de coordenação ouviram atentamente todos os plei- tos apresentados, e conta- rão com representantes da frente para a construção de suas propostas que serão apresentadas em breve, para seu plano de governo. 3 Cida do Gelo se reúne com Pastorais A pré-candidata a prefeitura de Alexânia Cida do Gelo esteve em encontro com amigos de fé ligados a várias pastorais da Igreja Católica. Cida explanou sobre sua pré- candidatura, apresentou componentes da Comissão Organizadora, pontuou sobre detalhes do Progra- ma de Governo, e recebeu apoio para a jornada que se iniciaemagosto. Ficou o sentimento de esperança num futuro melhor, depois que Cida apresentou suas ideias para uma nova gestão dinâmicaeeficiente. Vários dos presen- tes fizeram questão de usar da palavra, e refor- çarseu apoioa Cida: "Na gestão da Cida do Gelo, as crianças vinham em primeiro lugar, ela tem a sensibili- dade e cuidado especial para com as crianças. Na creche nós duplicamos o número de atendimentos, e a Cida sempre falava que as Creches são impor- tantes não só para orien- tação e cuidado com as crianças, mas também para que as mães possam trabalhar e ajudar no sustento de suas famílias. Além de apoiar totalmen- te nosso trabalho, Cida iniciou a construção de mais duas creches. Na educação, Cida reformou quinze das dezoito escolas de Alexânia e atingimos altos índices graças ao apoio dado aos profissio- nais da Educação" Simo- nedo Ico "A saúde hoje está um caos, e isso me entris- tece e me deixa indignada. Tudo que avançamos retrocederam, fecharam postos de saúde, sucatea- ram o hospital, tem dia que nem papel higiênico tem. A Cida foi responsá- vel por trazer o SAMU, mais uma Ambulância, seis especialidades médi- cas que não tínhamos, construiu postos de saú- de, criou vários progra- mas de atendimento entre outros avanços. Nós tínhamos a melhor saúde da região. Sei que ao cui- dar da saúde das pessoas, não podemos vê-los pura- mente como pacientes, mas temos que trata-los como irmãos, e essa qua- lidade vejo na Cida, o respeito e amor ao próxi- mo." Ana Maria do Hos- pital "A Cida sempre investiu na juventude, uma das maiores preocu- pações dela é com a gera- ção de empregos, ela diz que é ruim para uma mãe ver seu filho ser obrigado a sair da cidade para con- seguir emprego. Com a instalação do Outlet Pre- mium, no seu governo, foram gerados mais de cinco mil empregos dire- tos e indiretos. A Cida é sem dúvidas, uma das maiores figuras políticas de Alexânia nos últimos tempos, com ela a política se renovou e estará servi- da por longos anos futu- ros. E tudo isso graças a sua acessibilidade para com os cidadãos deAlexâ- nia, principalmente para com os jovens, que atra- vés do Carisma e da Sim- plicidade desta mulher, tiveram a oportunidade de se aproximar da vida pública, dando assim suas contribuições para escre- ver, junto com a Cida de Gelo um futuro melhor." Alaor Bruno Oliveira, ProfessoreTeólogo
  • 4. INFORMATIVO DE ABRIL DE 2016 www.GraficaeArte.com-DUQUE61/629232.8800 Vo t a r e m u m a eleição a níveis Munici- pal, Estadual e Federal nem sempre foi uma tarefa fácil ou vista como importante na cultura do brasileiro. O voto na História política do Brasil foi uma verdadeira praça de guerra, nota-se que desde a primeira eleição realizada em janeiro de 1532, na cidade de São Paulo até as Diretas já que marcou o fim do período militar e o surgimento de uma “nova” república no Brasil, a História revela os mais de 480 anos em que eleger um candidato, propor, instituir ou acabar com um sistema político, foram marcas de uma sociedade despreparada culturalmente e analfabe- ta de suas instituições, executiva, legislativa e judiciária. Outro ponto impor- tante é que a fragilidade dessa prática mundial não é tão pensada e repensada em nossa sociedade, outra questão é que desde os tempos da Grécia antiga até as revoluções burguesas na França e Inglaterra, sem se esquecer também dos grandes conflitos armados que o mundo já conheceu, pôde-se observar que a causa central de tudo isso, foi a liberdade democrática ocasionada pelo voto, assim que tal liberdade sempre foi tirada de forma leviana e sem nenhum respaldo democrático, podemos observar que o preço pago foram milhões e milhões devidas ceifadas. Votar é e sempre será u m a a ç ã o q u e p a r a poucos, um momento O voto do ponto de vista político-idiota único e primordial para a continuidade de tudo aquilo que o ser humano busca para sua sobrevi- vência, já para outra parcela, será apenas um momento “alegórico” da necessidade de conseguir as migalhas provenientes d a i g n o r â n c i a e d o analfabetismo politico. Muitos não fazem ideia, no entanto, não elegemos a p e n a s c o m o v o t o eleitoral de tempos em tempos, elegemos por meios de escolhas do nosso dia a dia, desde a roupa que vestimos até a pessoa pela qual escolhe- mos para ser nosso (a) parceiro, esta por trás dessa escolha a eleição, pois alguns de forma introspectiva pensam e repensam sobre a escolha queestarápresteafazer. Acredito que nos tornamos sábios a partir do momento em que usamos a nossa capacida- de de decidir de forma política e não individua- lista, vale uma reflexão a parti da semântica de duas palavras, primeiro a palavra idiota vem do g r e g o “ i d i ó t e s ” n a acepção original, idiota designava literalmente o cidadão privado, alguém que se dedicava apenas aos assuntos particulares em oposição ao cidadão que ocupava algum cargo público ou participava dos a s s u n t o s d e o r d e m pública, veja que o “idiótes” era alguém totalmente fechado para o debate e consequente- mente a construção de valores para o bem coletivo, seguindo a linha semântica a outra palavra é Política do Grego: πολιτικός / politikos, significa de, para, ou relacionado a grupos que integram a Pólis e buscam por meio do debate melhorar as condições de vida da mesma, ou seja, aquele que se preocupa c o m o b e m p ú b l i- co/coletivo. Por fim, verifica-se tanto no Brasil quanto no mundo, somos cercados por idiotas-políticos e políticos-idiotas, endirei- tar essa situação é quase que impossível, quando pensamos de forma idiota, todavia, se você retrans- mitir/reproduzir este texto e tudo aquilo que é novo quando o assunto é debate politico, ai sim, já acredito na renovação que pode- mos acreditar, agora se você pensa em ler apenas pra si, corremos o risco de vivermos mais 500 anos lutandocontraaidiotice. “O primeiro método para estimar a inteligên- cia de um governante é olhar para os homens que tem à sua volta.” (Nico- lauMaquiavel). Artigo Por Prof. Cristiano Castilho C r i s t i a n o C a s t i l h o é Graduado em História pelo Centro Universitário de Anápolis, Especialista em Educação a Distância, Especialista em Gênero e Diversidade. O suplente de Verea- dor Dorivaldo Biam Cardoso (PPS), pela Coli- gação PPS / PTN / PSDC / PT do B, tomou posse como vereador na 8ª. Ses- são Ordinária da Câmara Municipal de Alexânia, realizada aos 05 de abril, em razão do licenciamen- to do vereador Edvaldo Rodrigues Farinha (PPS), pormotivosdesaúde. É importante ressal- tar que o vereador Profes- sor Dorivaldo representa a classe dos servidores públicos do Município, de modo que, desde que foi empossado no cargo, não tem medido esforços na defesa dos interesses dos Professor Dorivaldo Biam toma posse como vereador servidores, em especial no casodoAlexânia-Prev. Além disso, o novo Vereador tem apresentados diversos Projetos de Lei e Requerimentos de interes- se da comunidade, desta- cando-se Requerimento para que se proceda com a recuperação do asfalto da Avenida Brasília, no tre- cho que dá acesso ao Bata- lhão da Polícia Militar e à GaragemMunicipal. Serra do Ouro recebe visita da Câmara, em sessão itinerante A comunidade do Povoado da Serra do Ouro (e imediações) recebeu, no dia 12 de abril, Sessão Itinerante da Câmara MunicipaldeAlexânia. ASessão foi realizada nas dependências da Esco- la Municipal Parque Alvo- rada IV, gentilmente cedida pelo Diretor José Maria, e contou com presença da comunidadelocal. Durante a Sessão, alguns dos moradores fizeram uso da Tribuna Popular, a exemplo da Srª. Deusanir Maria e da empresária Graça Segadi- lha, oportunidade em que reivindicaram melhorias para o Povoado da Serra do Ouro, em especial a pavi- mentação asfáltica, a con- clusão da reforma do Posto de Saúde e a cobertura da quadrapoliesportiva. 4 Edição nº 20 - Abril de 2016
  • 5. 5Edição nº 20 - Abril de 2016 Nas últimas Edições, o Jornal Novo Tempo publicou matéria intitula- da “ALEXÂNIA-PREV À B E I R A D E U M COLAPSO”, oportuni- dade em que foi trazido a público o fato de que o Poder Executivo não esta- ria efetuando aos repasses mensais ao Instituto, cau- sando sérios prejuízos ao ALEXÂNIA-PREV e, por consequência, a todos os servidores públicos municipais. É importante frisar que oALEXÂNIA-PREV é o órgão gestor do Regi- me Próprio de Previdên- cia Social dos Servidores do Município de Alexâ- nia, nos termos da Lei Complementar Municipal nº. 927/07, e alterações posteriores. Cada servidor efeti- vo contribui para o Insti- tuto mediante o desconto, Alexânia-Prev: à beira ou no centro do colapso? mensal, de percentual sobre o valor dos seus vencimentos, o que cons- titui a contribuição (parte) funcional. Além da parte funcional, o Município de Alexânia também repassa ao Instituto, mensalmen- te, um percentual sobre os vencimentos de cada ser- vidor, o que constitui a contribuição (parte) patronal. Assim, cabe ao Poder Executivo Munici- pal efetuar os repasses mensais (parte funcional, patronal e eventuais apor- tes) ao ALEXÂNIA- PREV mediante o paga- mento de Guias, pois, se assim não o fizer, o Muni- cípio fica impedido de obter o Certificado de Regularidade Previden- ciária (CRP), principal- mente. Passando ao atual momento vivenciado pelo ALEXÂNIA-PREV,apon- te-se que uma das (famo- sas) Leis de Murphy dita que “Nada está tão ruim quenãopossa piorar”. Até parece que o criador desta “Lei”, ao escrevê-la, já imaginava a situação caótica que pela q u a l p a s s a r i a o ALEXÂNIA-PREV, nos tempos presentes, bem como a ameaça da garan- tia do direito de aposenta- doria dos servidores públicos. Bem! Por força da L e i M u n i c i p a l n º . 1.277/2014 foi autorizado o parcelamento da parte patronal e do aporte da Folha do Tesouro Munici- pal relativos às competên- cias dos meses 07/2013 a 01/2014, em até 60 presta- çõesmensais. Considerando que o Mandato do atual Prefeito encerraria antes da data do término do parcelamento aprovado, e após caloro- sas discussões na Câmara Municipal, a promessa era que o Prefeito quitaria estes débitos até o final do seu Mandato, ou seja, até o dia 31 de dezembro de 2016. Entretanto, esta promessa (que mais pare- ce promessa eleitoral) não foi cumprida pelo Prefei- to. E o que é pior: além de não honrar com o par- celamento aprovado pela Lei nº. 1.277/2014, o Pre- feito encaminhou à Câma- ra Municipal o Projeto de Lei nº. 006/2016, de 01 de abril de 2016, solicitando autorização para o parce- lamento da parte patronal e do aporte da Folha do Tesouro Municipal das competências de 04/2015 a 0 2 / 2 0 1 6 , e n t ã o , PASMEM, no valor de R$ 1.344.199,57. O Projeto de Lei ainda está tramitando na Câmara Municipal, de modo que na Sessão Ordi- nária realizada no dia 19/04/2016, o Presidente do Conselho Municipal de Previdência, Dr. Allysson Silva Lima, informou aos Vereadores e aos presen- tes que teria levado ao conhecimento do Ministé- rio Público local a grave situação vivenciada pelo ALEXÂNIA-PREV, oca- sionada pelo atraso nos repasses do Chefe do Poder Executivo ao Insti- tuto. Acerca do Projeto de Lei nº. 006/2016, o Dr. Allysson manifestou-se contrariamente à aprova- ção do novo parcelamen- to, tendo em vista que, nas suas palavras, “já que o Prefeito não está cum- prindo sequer o parcela- mento anterior, certamen- te não cumprirá também esteparcelamento”. Em razão de pedido de vista, o referido Projeto de Lei está com sua trami- tação paralisada até que os dados necessários sejam apresentados à Câmara Municipal. Prefeitura de Alexânia quer parcelar mais uma dívida da previdência, para além do seu mandato Opinião Por Ismael Dutra Naldim Magalhães consegue apoios importantes O Deputado Federal Lucas Vergílio (SD/GO) e o Presidente Estadual do Solidariedade (SD) A r m a n d o Ve r g i l i o manifestaram apoio à pré- candidatura de Naldim Magalhães a Prefeito de Alexânia, em recente reunião na sede do Partido,emGoiânia. Em visita à ALEGO, realizada no último dia 2 8 / 0 4 o D e p u t a d o Estadual Marquinho Palmerston (PSDB/GO) também confirmou apoio à pré-candidatura a Prefeito de Naldim Magalhães, bem como à terceira via pela renova- ção. Durante o encontro c o m o D e p u t a d o Marquinho, o vereador Naldim Magalhães, acompanhado de outras lideranças de Alexânia, ratificou Ofício de sua autoria, já entregue ao Deputado em momento anterior, onde solicita a disponibilização de emenda para a área de saúde de Alexânia, o que foi visto com bons olhos peloDeputado. O processo político é de suma importância para vida de uma socie- dade, e isso todos nós temos a plena convicção. Contudo, infelizmente, quem participa dos pro- cessos que envolvem a política, são pessoas que tem algum envolvimen- to direto ou indireto com a atual gestão, ou alme- jam participar da próxi- ma. E isso acontece em todas as esferas, munici- pal,estadualefederal. Eu sempre tive curiosidade das coisas que acontecem na políti- ca, e sempre acompanhei meus amigos políticos. Não acompanhava dire- tamente nas atividades partidárias, mas estava atendo ao que acontecia nas rodas deconversas. R e c e n t e m e n t e , cheguei a conclusão de que para realmente con- tribuir com o desenvol- vimento da cidade, deve- ria não só participar das rodas de conversas sobre política, mas entender todo o processo de den- tro. Assim, fiz minha opção por um grupo político que acredito ser o mais coerente na cida- de, neste momento, e comecei a vivenciar a vida política de perto, participando de ativida- des coletivas, reuniões, atividades parlamenta- Trabalhar para defender meu município res e tudo que envolve o trabalho daqueles que dedicam sua vida pelo público. Como resultado disso, tive várias boas surpresas, e muitas outras decepções. Políti- ca é uma arte, e se dão bem nela, aqueles que, ou nascem com o Dom da politicagem, ou se entregam inteiramente, num gesto de altruísmo diferenciado. Talvez eu não tenha esse dom de nascença, mas tenho me entregado intensamente à tudo que envolve o coletivo de Alexânia, e espero, do fundo do meu coração, que os frutos desta dedi- cação seja melhorias paratodos. * Ismael Dutra, 33 anos, comerciante, luta p o r A l e x â n i a e s e u desenvolvimento. * Mateus Henrique, 19 anos, estudante de d i r e i t o , p r e s i d e n t e municipal do PMB. Maxiley Rabelo, Deputado Lucas Vergílio, Vereador Naldim Magalhães e ??? Dorival Bian e Naldim Magalhães, Deputado Marquinho Palmerston, Allysson S. Lima e Edvaldo Farinha
  • 6. 6 Edição nº 20 - Abril de 2016 O Evangelho de São João nos ensina que “Com efeito, de tal modo Deus amou o mundo, que lhe deu seu Filho único, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna”(cf.João 3,16). A Via Sacra consiste num exercício de piedade onde os fieis percorrem mentalmente, com Cristo, os Seus sofrimentos a carregar a cruz desde o Tribunal de Pilatos até o MonteCalvário. Nesse sentido, cen- tenas de fieis e espectado- resacompanharamaence- nação da Última Ceia e da Via Sacra, realizada na Sexta-Feira Santa, 25 de março, no espaço da Igre- ja Católica (Paróquia Ima- c u l a d o C o r a ç ã o d e Maria), promovida e orga- nizada, em sua quase tota- lidade, pelos jovens da comunidade. Parabéns a todosos participantes! Texto: AllyssonSilvaLima Espetáculo da Via Sacra Encenada Tradicional encenação emocionou a população Alexaniense pelo belo trabalho Fotos:RicardoDhener O Centro Espírita Eurípedes Barsanulfo atende a comunidade: Terça-feira – 19hs: Palestra Publica Quarta-feira – 19hs: Tratamento Espiritual Sábados – 08hs: Campanha Auta de Souza 18hs: Escola de Estudos Espírita Domingo – 09hs: Posto de Assistência Auta de Souza (Escola Laura Barbosa - Vila Geraldo Jaime) Festival de caldos no Centro Espírita Euríedes Barsanulfo No último dia 2 de abril, foi realizado o 2º Festival de Caldos do Centro Espírita Eurípe- des Barsanulfo. O festi- val foi realizado no salão deeventosdaLojaMaçô- nica Justiça e União, na cidade de Alexânia. O evento teve por objetivo arrecadar fundos para auxiliar na reconstrução do antigo Centro Espírita Jesus de Nazaré, locali- zado na rua 17. Com a reforma concluída, todas as atividades assistencia- is, como evangelização de crianças, jovens e adultos, distribuição de sopa, dis- tribuição de cestas de verduras e frutas, festas comemorativas (dia das mães, Páscoa, dia das crianças, Natal, entre outras) que hoje é realiza- da na Vila Geraldo Jaime na Escola Municipal Laura Barbosa, será trazi- daparaestacasa. *a partir de...R$60,00 com Manhã. café da DIÁRIAS Telefone: 62 3336-16763336-16763336-1676 POSTO 24 HORAS HOTEL RESTAURANTE E PUB Ambiente aconchegante com música ambiente e iluminação apropriada. Servimos almoço das 11h às 14h. Av. Brasília Qd. 07, Lt. 11 - Alexânia LOJADE CONVENIÊNCIA E HOTELHOTELHOTEL PUB à partir das 18h PUB BAR Petiscos, espaguete, drinks, cervejas premium, licores, sucos naturais, vinhos e muito mais! O melhor arroz, feijão, bife e ovo do Brasil!!! à vontade As imagens deste anúncio são meramente ilustrativas. PUB à partir das 18h Apartamentos Seguros e Confortáveis. H O T E L R$ 12,90 Melhor preço da região
  • 7. Diabetes Mellitus é uma doença caracterizada pela elevação da glicose no sangue (hiperglicemia). Pode ocorrer devido a defeitos na secreção ou na ação do hormônio insulina, que é produzido no pâncreas, pelas chamadas células beta . A função principal da insulina é promover a entrada de glicose para as células do organismo de forma que ela possa ser aproveitada para as diversas atividades celulares. A falta da insulina ou um defeito na sua ação resulta portanto em acúmulo de glicose no sangue, o que chamamos dehiperglicemia. ADHAASSOCIAÇÃO DOS DIABÉTICOS E HIPERTENSOS DE ALEXANIA A Associação dos Diabéticos e Hipertensos de Alexânia, ADHA, é uma entidade que funcio- na com a colaboração de seus membros e de todos aqueles que se dispõem de seu tempo para trabalhar em prol das pessoas que sofrem com estas patolo- gias. A ADHA foi criada em 2013, graças a luta e dedicação de Dona Rose Mary, que atualmente presideaAssociação. Depois de vários anos de trabalhos dedica- dos aos Diabéticos e Hipertensos de Alexânia, conseguimoscomaAdmi- nistração Municipal a cessão de uma sala para montarmos nosso escritó- rio, onde estamos aten- dendo e cadastrando todos Dedicação e amor ao próximo os portadores das referi- dasdoenças. Ainda contando com o auxílio de várias pesso- as, realizamos várias reu- niões para informar e esclarecer alguns pontos dos direitos dos nossos associados e da população que tem parentes e amigos precisando de ajuda para conseguir tratamento, medicamentos, aparelhos e com direito a todas as inovações cientificas para o melhoramento da vida detodos os pacientes. Entre os objetivos daAssociação estão: Estar sempre atenta e atuante na área de prevenção e enca- minhamento dos pacien- tes para um atendimento adequado, firmar parceri- as com a Secretaria de Saúde do Município, do Estado e se possível do Ministério da Saúde, de acordo com a Lei nº 11.347/06, que dispõe sobre a distribuição gra- tuita e materiais necessá- rios à sua aplicação e à monitoração da glicemia capilar aos portadores de diabetes inscritos em pro- gramas de educação para diabéticos. Moésio Nogueira Vice -Presidente O que é Diabetes? Av. Brasília n.º 264 - Centro - Alexânia Bebidas em Geral C o m o p a r t e d o programa de Coaching Mulheres Incríveis, as coaches, Aline Clarinda e J u l i a n a To l e n t i n o , apresentaram neste último dia 19 de abril, um workshop na cidade de Alexânia sobre inteligên- c i a e m o c i o n a l n o s relacionamentos. Além das participan- tes de Alexânia, o evento contou com a presença de mulheres de Brasília e Goiânia, de variadas idades e estado civis, que puderam conhecer um pouco sobre a Inteligência Emocional e como ela pode revolucionar os relacionamentos profissi- onaiseafetivos. Desde o lançamento do livro Inteligência Emocional, do autor a m e r i c a n o D a n i e l Goleman, esse tema não para de crescer e trazer resultados positivos na vida de milhares de pessoas. Descrita como a capacidade de reconhecer os próprios sentimentos e dos outros, assim como a capacidade de lidar com Inteligência emocional é tema de Workshop em Alexânia eles, a Inteligência Emocional ainda nos possibilita a gerenciar nossas emoções para lidar efetivamente com as situaçõesdavida. O P r o g r a m a d e Autodesenvolvimento, Mulheres Incríveis, continuará a trazer mais temas importantes como esseparaasmulheres. C o m o j á d i z i a Richard Bandler: Por“ que continuar sendo a mesma pessoa de sempre, se eu posso ser alguém muitomelhor?” Depoimentos de algumas participantes: “Confesso que me surpreendi com a qualida- de das informações, tudo c o m e m b a s a m e n t o científico, porém com humor eclareza!Gostei!” Ariana Abrantes, Nutricionista “Foi um encontro que engrandece nossos conhecimentos,gostei” M a r t a D i a n a , ServidoraPública “Aline e Juliana, q u e ro a g r a d e c e r e parabenizar pelo excelen- tetrabalho.Adorei!” T h a í s D u q u e , Profissional deModa Ariana Abrantes, Alessandra Guimarães, Amanda Abrantes, Andreia Cândido, Lucilene Lima, Mônica, Lucilene, Silvania Soares, Aline Clarinda, Marta Diana, Idaslene Nunes, Juliana Tolentino, Cida do Gelo, Thaís Duque, Jesusana Nunes A diretoria da ADHA presidida por Dona Rose Mary tem trabalhado duro pelo apoio ao diabético 7Edição nº 20 - Abril de 2016
  • 8. 8 Edição nº 20 - Abril de 2016 Pré candidato a prefeito lançaMarcão seus projetos e propostas para avaliação, acreditando no apoio da população, visando uma grande gestão municipal ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA - Implantação de administra- ções por regiões, interagindo com Prefeito, Vereadores e Secretários para efetiva solução de problemas da População local; - Alocação de Recursos Estaduais e Federais, através de convênios públicos com a g e s t ã o a d m i n i s t r a t i v a municipal; - Valorização do Funcionário Público; SAÚDE - Construção de hospital geral - Valorização e contratação de médicos e profissionais da saúde; - Projeto carreta da mulher; com exames preventivos de câncer de colo do útero e de mama; - Projeto carreta da visão com cirurgias de catarata; - Implantação de CAPS – Serviço de atenção a saúde mental; - Construção e conclusão de unidades de saúde, unidade de pronto atendimento (UPA); EDUCAÇÃO - Valorização dos professores - Conclusão e reforma de escolas; - Programa de estágio obrigatório após término do ens. médio, junto às indústrias, Bancos e demais empresas; - Construção de escolas em tempo integral e CAIC´s; - Construção de campus universitário ; - Adequação do transporte escolar e universitário; - Implantação de quadras de esporte em todas escolas públicas com programa de campeonatos estudantis em todos os níveis; SEGURANÇAPÚBLICA - Valorização do policial militar e civil; - Criação de postos policiais nos bairros; - Criação de grupamento de Bombeiros e Defesa Civil; - Programa de combate ao uso de drogas e entorpecentes; - Programa de apoio na aquisição de veículos e equipamentos para segurança pública ; ESPORTE E LAZER - Conclusão da reforma do ginásio e estádio municipal; - Construção de quadras de esporte, pistas de skate e campos de futebol nos bairros - Investimento em eventos festivos, tais como carnaval, rodeio, reveilon, shows e etc; - Investimento em campeona- tos municipais – futebol amador; - Construção de academias da melhor idade ao ar livre; - R e e s t r u t u r a ç ã o d o Thuthukas com a finalidade de transformá-lo em um centro esportivo p/ formação de talentos em todas as modali- dades: com implantação de campos society sintético, piscina semi-olimpica, pista de atletismo, academia de artes marciais, aulas de ballet, etc; AÇÃO SOCIAL - Implantação de centro de reabilitação; - Implantação de centro de valorização da mulher; - Programa de inclusão social; - Construção de lar dos idosos; - Construção e conclusão de creches; SETOR RURAL - Construção e manutenção das estradas vicinais; - Construção de parque de e x p o s i ç õ e s e f e i r a d e produtores rurais; - Construção de escolas agrícolas; INFRAESTRUTURA - Pavimentação urbana, ampliação do sistema de a b a s t e c i m e n t o d ´ á g u a , implantação de sistema de esgoto sanitário e águas pluviais em todos os bairros do município; - Construção de parques ecológicos; - Infra-estrutura do setor industrial a fim de atrair indústrias e empresas que irão gerar empregos e renda; - Iluminação pública, duplica- ção e construção de ciclovias na GO 139 (Alexânia/Olhos d´água); - Construção de pórtico e implantação de arborização e jardinagem na entrada e saída da cidade; - Construção de Centro Administrativo próximo ao fórum com o intuito de centralizar os Poderes Executivo e Legislativo, e Secretarias Municipais; - Reestruturação no serviço de limpeza urbana; - Reestruturação no serviço de energia elétrica; TURISMO E CULTURA - Investimento no setor hoteleiro; - Investimento na cultura e aos artesãos, com cursos e centro de exposição - Asfalto nas estradas de acesso a Corumbá IV visando implantação do turismo local; - Estruturação do turismo em Olhos D´água com a implanta- ção de pensões, feira de artesanato e restaurantes; TRANSPORTE - Municipalização do trânsito, Implantação de sinalização e acessibilidade; - Criação de transporte urbano - circular; - Implantação de passarela de pedestres e retorno na BR 060 HABITAÇÃO; - Construção de unidades habitacionais e urbanização dos bairros já habitados; TRABALHO E RENDA - Concursos públicos. - Programa de microcrédito para pequenos empresários - Criar centros de capacitação, profissionalizante e cooperativas; - Apoio ao comercio local através da implantação de uma moeda social eletrônica municipal que tem como objetivo aquecer as vendas no comércio e dar acesso livre a eventos e descontos em compras; Está em tramitação no Senado Federal Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº. 005/2015, capita- n e a d a p e l o S e n a d o r REGUFFE (S/Partido/DF) e outros Senadores, que "Su- prime o inciso I e o § 3º, ambos do art. 56 da Consti- tuição Federal, condiciona- do a posse de Senadores, Deputados Federais, Depu- tados Estaduais e Vereado- res em cargos do Poder Executivo à renúncia ao mandato e dá outras provi- dências". Caso a Proposta seja aprovada, os Deputados Federais ou Senadores per- derão os seus respectivos mandatos caso sejam inves- tidos nos cargos de 1º. Esca- lão do Poder Executivo (leia- se: Ministros, Secretários de Estado ou do Distrito Fede- ral, e Secretários Municipais de capitais, por exemplo), ou forem investidos na chefia de missão diplomática tempo- rária. O texto do Art. 56, I, § 3º., da Constituição Federal, em pleno vigor, garante aos Deputados Federais e Sena- dores ocuparem cargos no Poder Executivo (vide inciso I, do Art. 56, da CF/88), sem perderem os seus mandatos, podendo, inclusive, optar pela remuneraçãodomandato. Via de regra, pelo AMAA apoia PEC que exige dos parlamentares a renúncia do mandato para assumir cargos no poder executivo princípio da simetria, os Deputados Estaduais, os Deputados Distritais e os Vereadores também não perdem os seus mandatos caso sejam investidos, por exemplo, nos cargos de Secretário de Estado, Distri- talouMunicipal. Um dos princípios basilares da República Fede- rativa do Brasil é o princípio da harmonia e separação dos Poderes, de modo que um Poder não está acima nem abaixo do outro, devendo a convivência entre ambos se dar de maneira harmônica, pois um Poder garante o equilíbrio e a existência do outro. Desse modo, enquanto esta PEC não é aprovada (e promulgada pela Mesa do Congresso Nacional) a soci- edade brasileira continuará observando profundas inge- rências, principalmente do Poder Executivo sobre o PoderLegislativo. Esta situação pode ser verificada, por exemplo, quando um Vereador resolve assumir uma Secretaria Municipal (cargo de 1º. Escalão do Poder Executi- vo). Pela regra constitucio- nal em vigor, seguida pelas Constituições Estaduais (e do Distrito Federal) e pelas Leis Orgânicas dos Municí- pios brasileiros, este Verea- dor não perderá seu mandato enquanto exercer o cargo de Secretário Municipal, de modo que será convocado o seusuplente. Até aí tudo bem, pelo menos em tese! Contudo, imaginemos como ficaria a situação desse suplente de Vereador, visto que o suplen- te exercerá a vereança enquanto o Vereador titular estejaSecretário. Apesar de ter suas próprias convicções, bem como ter recebido votos de eleitores que confiaram na sua plataforma de campanha, o suplente, em tese, estará sempre compelido a votar e atuar, na Câmara Municipal, de forma a agradar o Prefeito e o Vereador titular, pois, do contrário, o Vereador titular poderá deixar a Secretaria a qualquer momento e retornar àvereança. Trata-se de um exem- plo hipotético do que pode acontecer caso o Art. 56, I, § 3º., da Constituição Federal, não sejam suprimidos por EmendaàConstituição. São por estas e outras razões que a Associação de Moradores e Amigos de Alexânia (AMAA) decidiu apoiar esta matéria, de modo que os interessados em ade- rir à PEC devem procurar a sede da Associação (sediada na Rua 28, Quadra 52, Setor Central, em frente ao Salão da Igreja Católica) e assinar o M a n i f e s t o d e A p o- i o / A d e s ã o à P E C n º . 005/2015. ÉaAMAAemação! Nos últimos anos o que mais vem sendo procurado pelos cidadãos é a renovação política, deixar de lado aqueles candidatos q u e h á t a n t o s a n o s insistentemente procuram o voto e apoio para se elegerem. O fato é que a juventude está sendo muito b e m a c e i t a n o m e i o político, são vários jovens vereadores, prefeitos, deputados, etc.Atendência é que nas próximas eleições o número de jovens eleitos seja ainda maior. A política vem se tornando algo não m a i s d i s t a n t e d o s brasileiros, e o ingresso de jovens e mulheres na política aumenta cada vez mais, um ponto positivo para a política brasileira, que ganha cada vez mais com a pluralidade de participantes. Mas acontece que Renovação Política não se faz apenas com candidatos de pouca idade e nem com novatos, Renovação Política se faz com candidatos que mesmo não tão jovens trazem dentro de si a virtude de saber ouvir mais do que falar, aquele que está aberto a aprender e reconhecer seus erros, de não caminhar à frente ou acima de seu povo, mas ao lado, em parceria, Renovação política Opinião sendo conhecedor das realidades do município, estadooupaís. Em nada valerá votar em um candidato de idade jovem, tendo o mesmo, princípios ultrapassados, inacessível e que apenas quer usar da política o meio para satisfazer seus anseios particulares. N ó s c i d a d ã o s eleitores temos que estar atentos, pois o simples e importantíssimo ato de depositar o valioso voto na urna, poderá acarretar sérios problemas para a nossa sociedade como também pode mudar a história do lugar onde vivemos para melhor. A participação da juventude no meio político é algo animador, é um sinal positivo que temos pessoas que se preocupam com o país e querem contribuir para melhorar cada vez mais. Por Matheus Ramos Matheus Ramos, 20 anos, é estudante de direito, presidente da Juvenute do PSDB em Alexânia, antenado na vida política da cidade.
  • 9. Edição nº 20 - Abril de 2016 9 COCALZINHO Deputado prestigia inauguraçãoRubens Otoni de obras do Governo Federal em Cocalzinho Avanços na saúde de Cocalzinho Em meio à crise política que o país vive, o governo Federal não para, e as obras que beneficiam a população mais carente tambémnão. O d e p u t a d o Rubens Otoni (PT-GO) esteve no município de Cocalzinho de Goiás, que inaugurou somente do mês de março, duas Unidades Básicas de Saúde – UBS. Essas obras fazem parte do conjunto de 5 unidades que foram conquistadas j u n t o a o G o v e r n o Federal pela atual administração e terá à disposição dos morado- res medicamentos e um c o r p o t é c n i c o d e profissionais qualifica. No dia 01 de março, foi inaugurada a UBS denominada Eurípedes F e r r e i r a G o m e s , carinhosamente conheci- do como “Oripão”, nobre cidadão de sua importante contribuição no desenvol- vimento do município de CocalzinhodeGoiás. O D i s t r i t o d e Girassol teve sua primeira Unidade Básica de Saúde inaugurada no dia 18 do mesmo mês. A UBS atenderá boa parte do Distrito com conforto, qualidade e proporcionan- do aos profissionais da saúde um ambiente digno de trabalho, além de desafogararededesaúde. O deputado Rubens Otoni parabenizou a administração local pelo empenho na busca de parcerias com o Governo Federal, e disse estar satisfeito de poder ter contribuído com diálogo que trouxe esses benefíci- os paraacidade. Zé Diniz segue acumulando forças A ex-vice prefeita Alaídes Gomes declara apoio a pré-candidatura de Zé Diniz, que segue reunindo lideranças em torno de seu nome. Para se viabilizar com um candidato forte nas convenções partidári- as de agosto, o pré- candidato a prefeito tem de trabalhar muito na obtenção de apoios da população e seus líderes. E é nesse caminho que Zé Diniz tem seguido nos últimos anos, reunindo-se com todas as esferas da sociedade abadianense, em busca de acumular o apoio das principais lide- rançasdo município. Depois de consoli- dar o apoio do Ex-prefeito Itamar, em reunião que contou com a presença de v e r e a d o r e s , p r é - candidatos a vereador, lideranças comunitárias, empresários em geral, Zé Diniz recebeu a adesão de mais uma grande lideran- ça municipal a sua pré- candidatura a prefeito de Abadiânia. Alaides Gomes, ex-prefeita de grande carisma no muni- cípio declarou publica- mente que Zé Diniz tem seu apoio como pré- candidato a prefeito, e que caminhará junto de seu grupo, buscando resgatar a dignidade do povo aba- dianense, que tem sofrido com a má gestão munici- pal nos últimos três anos. Estiveram presentes a reunião, entre outros, grandes lideranças evan- gélicas, lideranças de assentamentos, e o vice presidente do PTC Edi- valdo, os vereadores Cla- rindo Borges, Asterio e VicentedeMendonça. O grupo de pessoas que tem apoiado o Zé Diniz em sua pré- candidatura a prefeito é ampliado a cada dia, graças a credibilidade do Diniz. O e m p r e s á r i o Felipe do Mercado, que foi candidato a vice- prefeito na última eleição, garantiu em reunião no dia 29 de abril que a pré-candidatura de Zé Diniz tem seu apoio, independente do espaço que venha a ocupar. Estiveram presentes na reunião os vereadores Clarindo Borges, Bosco Arantes e Zé Maria. O grupo de apoio a Zé Diniz já conta com 9 partidos: PPS, PP, PRTB, PROS, PV, PTC, DEM, PSD ePEN. Além das reuniões de apoio político que são realizadas diariamente, Zé Diniz tem trabalhado Grupo forte se faz com verdade e compromisso com seus colaboradores, na elaboração de propostas que farão parte de seu plano de governo, caso seja c o n fi r m a d o c o m o candidato a prefeito. As propostas seguem no caminho de otimização dos serviços públicos, oferecendo ao cidadão um atendimento de qualidade, além da qualificação da equipe técnica, para obtenção de recursos externos, junto ao Estado eGovernoFederal. ABADIÂNIA
  • 10. 10 Edição nº 20 - Abril de 2016 CORUMBÁ INFLUENZA H1N1INFLUENZA H1N1INFLUENZA H1N1 Trabalhando pela SAÚDE da população. CAMPANHA DE CAMPANHA DE CAMPANHA DE VACINAÇÃO VACINAÇÃO VACINAÇÃO CONTRA A CONTRA A CONTRA A GRIPEGRIPEGRIPE O vírus pode estar em vários lugares, só que você não vê. Procure a secretaria de saúde, e informe-se sobre a disponibilidade da vacina. O vírus pode estar em vários lugares, só que você não vê. Procure a secretaria de saúde, e informe-se sobre a disponibilidade da vacina. Lembrar de Benedito Odilon Rocha é voar com as asas da imaginação, tendo como combustível a prosa facilmente inteligí- vel, os versos bem elaborados, os registros de um cronista de seu tempo. E o tempo de poeta durou todos os seus 74 anos, de 7 de abril de 1916 a 2 de julhode1990. Pioneiro da multimí- dia: foi músico, professor, político, gestor público, contador, comerciante, restaurador de pintura sacra, cenógrafo, contista, memorialista, ator de teatro, compositor, advogado, servidor público, imortal de academia, jornalista, editor de jornal e, em todos os lugares e oportu- nidades,poeta. Benedito venceu duas eleições, para prefeito de Corumbá e para a cadeira 17 da Academia Goiana de Letras, cujo patrono é MachadodeAssis. Em comemoração à marcante data de seu centenário, a jornalista O Brasil celebra o centenário e as poesias de Odilon Rocha 100 anos de puro talento goiano Ana Cláudia Rocha, sua filha, organizou no livro “Memórias de Rocha” os escritosdoesobreopai. Neto de musicista, filho da primeira grande atriz de teatro de Goiás, Benedito teve prole tão numerosa quanto talento- sa. Além de Maria Clara, protagonista do premiado “A filha”, também são de sua lavra Hélio, Laíla, R e y n a l d o , B e a t r i z , Edgard, Eduardo, Maria das Graças, Paulo e Ana Cláudia. São frutos de um amor que rendeu belíssi- mos versos: Benedito foi casado por 51 anos com Ana Vale e por tempo ainda com a Corporação 13 de Maio, grupo musicaldeCorumbá. Para que este 2016 seja o ano em que o Brasil elegeu prefeitos que no futuro sejam corretamen- te idolatrados como Benedito Odilon Rocha, um primeiro passo é reconhecermos a impor- t â n c i a d a p o e s i a . Principalmente, da boa p o e s i a , c o m o a d e BeneditoOdilonRocha. O lançamento do livro "Memórias de Rocha" aconteceu no último dia 8 de abril, no Maison Florancy com a presença de ilustres convidados do cenário político local e nacional. Corumbá destes meus sonhos, e dos meus primeiros dias ainda sinto o calor como raio de saudade dentro do meu coração. Os teus dias tão risonhos Tem pra mim tanta alegria até a lua com fulgor Parece não ter vontade de deixar este torrão. Corumbá, eu quero ter (bis) Sob o teu seu céu tão brilhante Feliz viver. Vejo encantos primorosos nas tuas verdes colinas em tuas águas serenas no teu céu onde o cruzeiro cintilante sempre está Em teus prados tão mimosos marchetados de boninas em tuas noites amenas em teu luar tão fagueiro tens luar tão fagueiro tens encantos Corumbá! Corumbá, eu quero ter (bis) Sob o teu seu céu tão brilhante Feliz viver. E quando teus horizontes A frouxa luz do poente se matizam de mil cores de saudade fica presa nossa alma juvenil. Rendilhada de altos montes tendo aos pés águas silentes bela terra dos amores Corumbá, és a princesa Do ocidente do Brasil! Corumbá, eu quero ter (bis) Sob o teu seu céu tão brilhante Feliz viver. Letra e música: Benedito Odilon Rocha. Hino de Corumbá de Goiás Imagemdivulgação Foto:RedesSociais Célio Fleury, prefeito de Corumbá, no lançamento do livro em Goiânia * Jornal Cerrado/Senador Wilder Morais
  • 11. Edição nº 20 - Abril de 2016 11 PERÍODOS: primeiro segundo terceiro quarto quinto MÊS: fevereiro março abril maio junho DIAS: 22,23,24,25,26 07,08,09,10,11 04,05,06,07,08 02,03,04,05,06 06,07,08,09,10 HORÁRIO: 19h00 19h00 19h00 19h00 19h00 sexto sétimo oitavo nono décimo agosto setembro outubro novembro dezembro 01,02,03,04,05 12,13,14,15,16 03,04,05,06,07 07,08,09,10,11 05,06,07,08,09 19h00 19h00 19h00 19h00 19h00 PERÍODOS: MÊS: DIAS: HORÁRIO: Sessões Ordinárias da 4ª Sessão Legislativa / 2016 Câmara Municipal VOCÊVOCÊVOCÊe Esta PARCERIAPARCERIAPARCERIA também é de seu INTERESSEINTERESSEINTERESSE Participar das sessões da Câmara é acima de tudo um ato de cidadania. Muito além de fiscalizar, legislar e administrar, aqui são debatidos assuntos de interesses coletivos, que trazem melhorias para nosso município. Representar você, cidadão, é uma tarefa que cabe a nós, vereadores. Mas com sua participação, este torna-se mais fácil. Venha participar de nossas sessões, e acompanhar como acontece o progresso de .Corumbá de Goiás Em 2016, as sessões se iniciam no mês de Fevereiro. Corumbá de Goiás Câmara Municipal de Vereadores Telefone: (62) 3338-1246 Praca Waldemar G Telles Qd 21, 83 Já havia tempo que o prédio da Câmara Muni- cipal de Corumbá de Goiás não recebia um cuidado especial com sua aparência e estrutura. A atual gestão da Câmara entendeu que era necessá- rio melhorar o ambiente de atendimento à popula- ção do município, que precisa se sentir bem no edifício que é de proprie- dadedopovo. Por estar localizada no perímetro de tomba- mento municipal e nacio- nal, todas os reparos e melhorias na estrutura do prédio da Câmara atende- ram as normas previstas na legislação, observadas pelo Instituto do Patrimô- nio Histórico e Artístico Nacional-IPHAN. Foram realizados serviços de impermeabili- zação do telhado, dedeti- zação do prédio, instala- ção de rede trifásica, de Revitalização do prédio da Câmara Depois de muito tempo a Câmara Municipal de Corumbá de Goiás voltou a receber uma reforma O patrimônio material protegido pelo Iphan é composto por um conjunto de bens cultura- is classificados segundo sua natureza, conforme os quatro Livros do Tombo: arqueológico, paisagístico e etnográfi- co; histórico; belas artes; e das artes aplicadas. Os bens tombados de natureza material podem ser imóveis como os cidades históricas, sítios arqueológicos e paisagís- ticos e bens individuais; ou móveis, como coleções arqueológicas, acervos museológicos, documentais, bibliográfi- cos, arquivísticos, videográficos, fotográfi- cos e cinematográficos. Patrimônio Material sistema de monitoramen- to permanente, além da instalação de mastro da calçada em frente à Casa de Leis, dando ampla visão, em respeito aos símbolos nacional, esta- dualemunicipal. Foi realizado tam- bém a pintura do prédio. Antes, nas cores azul del rey, azul celeste e branco gelo, hoje a Câmara pos- sui as cores ocre, marrom colonialebranconeve. Ainda há outras ben- feitorias a serem realiza- das na fachada do prédio- sede do Poder Legislativo da Cidade de Corumbá de Goiás, como a instalação de letreiro, que trará a denominação do imóvel em questão, sendo: Câma- ra Municipal de Corumbá de Goiás, Vereador "Jair Paiva", e serão realizadas assim que houver uma nova disponibilidade financeira. MUNICÍPIODECORUMBÁDEGOIÁS. PODERLEGISLATIVO. CONTASDEGESTÃO. EXERCÍCIODE2015. CONTASREGULARES. Examinam-se no presente processo as Contas de Gestão do Sr. FRANCISCO ALESSANDRO FERNANDES, gestor do Poder Legisla vo do Município de CORUMBÁ DE GOIÁS, referentes ao exercício de 2015. A análise e o julgamento das contas de gestão se fazem com fulcro na Cons tuição Federal (§ 1º do art. 31 e inciso II do art. 71), na Cons tuição do Estado de Goiás (inciso II do art. 26 c/c o § 4º, art. 80), na Instrução Norma vaIN012/2014enaDecisãoNorma vaDN002/2016. ACORDAM os Conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado de Goiás, reunidos na Segunda Câmara, acolhendo as razões expostasnovotodoRelatorem: 01.JULGARREGULARESasContasdeGestãorela vasaoexercíciode 2015, do Sr. FRANCISCO ALESSANDRO FERNANDES, Gestor do Poder Legisla vodoMunicípiodeCorumbádeGoiás. 02. Destacar que a decisão proferida na presente prestação de contas não elide a hipótese de instauração de outros procedimentos de fiscalizaçãosobreatosespecíficosocorridosnomesmoperíodo. 03.Observa-sequenaaferiçãodaprestaçãodecontasosdocumentos constantes do Balancete Físico e as informações apresentadas ao Sistema de Controle de Contas Municipais foram considerados sob o aspecto da veracidadeideológicapresumida ÀSuperintendênciadeSecretaria,paraosfins. TRIBUNALDECONTASDOSMUNICÍPIOS,14/04/2016. As contas do presidente da Câmara Municipal de Corumbá de Goiás, FranciscoAlessandro Fernandes, mais conhecido como Chico Vaca, relativas ao exercício de 2015, foram aprovadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios de Goiás, conforme publicação, com data de 25 de abril de 2016, no Diário OficialdeContas.Vejaapublicaçãoabaixo: Primeiro ano da gestão de Chico Vaca é aprovado pelo Tribunal de Contas MEDICAMENTOS COSMÉTICOS PERFUMARIA 62 3338-1482 DROGARIA SAÚDE Mais CORUMBÁ
  • 12. 12 Edição nº 20 - Abril de 2016 BRASÍLIA Agricultura faz diagnóstico da produção de milho na capital Levantamento consiste em aplicação de questionário e visita a campo para identificar dificuldades dos agricultores. Objetivo é auxiliar a elaboração de políticas públicas Ádamo Araujo, da Agência Brasília Até o final de abril, 72 propriedades rurais produtoras de milho rece- berão a visita de equipes da Expedição Safra- Brasília. O projeto tem o objetivo de reunir infor- mações que ajudem a fomentar a elaboração de políticas públicas para o setor e a melhorar a pres- tação de assistência técni- canaspróximassafras. Para isso, será feito um diagnóstico dos pro- blemas enfrentados pelos agricultores. Participam da pesquisa técnicos da Secretaria da Agricultura, Abastecimento e Desen- volvimento Rural, da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), das Centrais de Abastecimento do Distri- to Federal (Ceasa-DF) e da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). A expedição conta ainda com o apoio da Companhia Nacional d e A b a s t e c i m e n t o (CONAB). O levantamento consiste em aplicação de questionário com 35 per- guntas e visitas a campo. "Os dados nos darão sub- sídios para o planejamen- to de ações", explica o secretário da Agricultura, José GuilhermeLeal. 1. Rentabilidade: o lote é considera- do uma das melhores aplicações do mer- cado financeiro. Quem compra terra não erra! 2. Segurança: um lote com docu- mentos legais é um inves mento seguro. Garan a de liquidez certa para o compra- dor. 3. Poupança: quando o lote é parce- la garante facilidade, para o comprador poupar e garan a de estabilidade no dia deamanhã. Bons motivos para comprar um lote 21 DE MAIO 1. Verifique sempre se o lote que você vai comprar está registrado no cartó- rioderegistroimóveisdesuacidade. 2. Vá sempre na secretaria de plane- jamento e peça a cer dão nega va de débitos municipais (IPTU, Taxas, etc.). Não compreimóveiscomdívidas. 3. Evite surpresas desagradáveis, peça sempre para um agrimensor conferir as mediasdolotequevocêpretendecomprar. 4. Se o lote for desmembrado, veja sempre se ele tem o decreto de autoriza- ção da prefeitura e se está averbado junto aocartórioderegistrodeimóveis. 5. A lei hoje determina que água, luz e asfalto é obrigação de quem vende fazer! Para isso, exija sempre de quem vende, o decreto de caucionamento junto a prefei- tura e averbação do CRI como garan as legaisparaexecuçãodaobra. 6. Exija sempre de quem vende, as cer dões nega vas municipais, estaduais e federais, além de cer dão nega va criminais. A apresentação destas cer dões são sua garan a de transmissão do lote semimpedimentos. 7. Negócio é negócio. Não deixe nada pra depois, faça sempre o contrato de imediato e registre no cartório para sua segurança e outros não comprarem o mesmoloteduasvezes. 8. Se todas essas etapas foram preen- chidas, é só procurar um dos corretores cre- denciadosàCITTIefazerumnegóciolegal! Dicas para um bom negócio É um bairro planejado para Alexânia, que pensa na qualidade de vida das pessoas, com responsabilidadeparacomomeioambiente. Esta é uma grande oportunidade para quem pensa em inves r e fazer um bom negó- cio, em uma cidade que se encontra no segun- domaioreixocomercialdopaís. Alexânia esta hoje entre as cidades com maior capacidade para atrair inves dores no Brasil. Por isso acreditamos na cidade e ofere- cemos o Residencial Boa Vista como fonte seguraparaseinves r. A cidade mereceo crescimento sustentá- velecomprome docomosocial. Vem aí uma grande festa de lançamento, e você que pensa em uma cidade melhor e é empreendedor está convidado para um Coffee Break para conhecer o bairro que cresce junto comAlexânia.Dia21demaio,àpar rda9:30h. Residencial Boa Vista – Alexânia Venha fazer um negócio legal!