Maricá 199 anos.comMaricá, maio de 2013 - ANO 1 - Nº 003 | 10.000 exemplares | Distribuição GratuitaMaricá 199 anos2RP Gal...
Carta do Leitor2 Maricá, maio de 2013 - ANO I - Nº 003 contato@maricainfo.comEXPEDIENTEDiretor Responsável: João HenriqueF...
3 Maricá, maio de 2013 - ANO I - Nº 003 contato@maricainfo.comRJ 106: A imagem da imprudência Edemilson dos Santos Menezes...
DORMIUQ u a s e s e m t e m p o p a r ad e s c a n s a r, o v e r e a d o rChiquinho tem sido flagradotirando um chochilin...
Parabéns povo de Maricá. No dia 26a nossa cidade completa 199 anos deemancipação.Vamos unir esforçospara que no próximo an...
8Maricá, maio de 2013 - ANO I - Nº 003www.maricainfo.comPatrocínio de R$ 3 milhões para a Grande Rio causa revolta em Mari...
Pousada Vovó Bellinambkfoto.wix.com/mb21 21bookcasamentos15 anosinfantilcomposites8256-2058 9692-7199TIM VIVO9Maricá, maio...
www.maricainfo.comMaricá recebe delegacia do SindSdC(Mdpr(acSEgcOs Atletas de Maricá são destaqcidade de Maricá tem se des...
Por João Henriquejoao@maricainfo.com.brossa equipe de reportagemfoi, em 25 de abril, até oshopping Céu Aberto, conhecidoco...
Avó é morta a tiros no meio da ruacontato@maricainfo.comoradores contactaram a Polícia Militar (Destacamento de São Josédo...
Jornal Maricá Info - Maio 2013
Jornal Maricá Info - Maio 2013
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jornal Maricá Info - Maio 2013

1.212 visualizações

Publicada em

Edição impressa do Jornal Maricá Info - Nº 003 - MAIO 2013

Confira as notícias da cidade com imparcialidade, qualidade e profissionalismo no Jornal Maricá Info.

www.maricainfo.com

Publicada em: Notícias e política
6 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.212
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
58
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
6
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal Maricá Info - Maio 2013

  1. 1. Maricá 199 anos.comMaricá, maio de 2013 - ANO 1 - Nº 003 | 10.000 exemplares | Distribuição GratuitaMaricá 199 anos2RP Galvão2RP GalvãoCOMÉRCIO - IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO LTDA2634-8888C o n s t r u ç ã oRod. Amarl Peixoto, Km 21,5São José do Imbassaí - MaricáRJ 106A imagem daImprudênciaSão José doImbassaíComerciantes denunciam:Prostituição, Abandono,Sujeira e DrogasAtenção estudantesvejam como recadastrarseu Rio CardCamelódromo de MaricáRecadastramento Rio CardPÁGINA 10Os Atletasde Maricásão destaqueem campeonatosestaduaisFoto:MarcoBechkertPÁGINA 8 PÁGINA 3O Melhor para suaTerra de beleza e caosDistribuidora de FerroExecuçãoemMaricáPÁGINA 11PÁGINA 11OsR$ 3.000.000,00da Grande Riojá está na mídiaPÁGINA 12PÁGINA 8PÁGINAS 5-6-7Passarelas emMaricáEstão fazendoPÁGINA 4
  2. 2. Carta do Leitor2 Maricá, maio de 2013 - ANO I - Nº 003 contato@maricainfo.comEXPEDIENTEDiretor Responsável: João HenriqueFotojornalismo: Marco BechkertColaboradores: Bruno Barcia, Fabiano Novaes, JorgeBulcão, Adriano Marçal.Impressão: Arete Editorial S/A.Diagramador: Marco BechkertTiragem: 10.000 exemplaresCentral de Jornalismo: Av. Maricá (Antiga Est. de Ferro)Nº 5, Loja 1, São José do Imbassaí, Maricá - RJE-Mail: contato@maricainfo.comTEL: (21) 7744-0670 | ID 106*99721EDITORIALãe Siná prevê o futuro em sua bola de cristal e seintitula a nova profetisa de Maricá.Mãe Siná previu essa semana que Duque de Caxiasserá um reduto Eleitoral para candidatos(as) de Maricá, etudo isso esta sendo unido pelo samba. E ainda prevê mais.Disse para você leitor guardar o jornal e aguardar acontagem de votos para deputado(a) estadual de Duque deCaxias e verá que teve candidato(a) que precisou ampliarseu território,já que aqui na cidade,mais uma vez,não teriavotos suficientes para se eleger.Inesperadamente Mãe Siná teve sua visãointerrompida quando ouviu o caminhão de lixo passando,enão havia retirado o lixo naquele dia. Ela lamenta não terprevisto isso e desabafa «Quando o caminhão de lixo vaipassar? Isso nem eu consigo prever...»MBola de CristalColunaá viram a obra que estão fazendo lá na prefeitura,jogando poeira de cimento em cima dos contribuintes edos funcionários?O barulho dos martelos e das cerras são um verdadeiroabsurdo, nem sei como os funcionários conseguem trabalharassim.Pra explicar ao atendente o que eu queria, tive que dizer aosberros e ele também! Porque não fazem a obra nos fins desemana ou depois do expediente?A poeira deve estar chegando até nos computadores eimpressoras,causando prejuízo.Voltei pra casa,pensei,vou resolver por telefone...E quem disseque atendiam? Dava sinal de "temporariamente fora deoperação".Falta de respeito total com quem paga um imposto caro e aindatem que pagar 5 reais do carnê de IPTU! Cadê a Justiça?Romunildo,por emailTotal falta de respeito do prefeitoMULTIMÍDIAEm nosso site, além de textos, produzimos conteúdomultimídia como entrevistas e reportagens em vídeo.Confira! www.maricainfo.comO Maricá Info completa, no mês de maio, três (3) anosdesde a sua criação como um blog na internet. São trêsanos de qualidade na informação que levamos até você,leitor, para que fique com nenhuma ou pouquíssimadúvida em relação ao que noticiamos.Três anos de luta pela democracia e liberdade deexpressão, de luta por uma cidade melhor, deinvestigações, de pesquisa, de melhoria em nossoconteúdo, de crescimento em número de leitores eacessos na internet e de crescimento de nossa equipe.Emtrês anos muita coisa mudou principalmente o MaricáInfo, que deixou uma plataforma de blog e agora é umsite e um jornal estruturado, com credibilidade por serum veículo de informação imparcial.Após quase três anos, colocamos nas ruas a versãoimpressa de nosso noticiário. Com 10 mil exemplares e,agora, com 12 páginas coloridas no formato tablóide, oMaricá Info é distribuído gratuitamente de Itaipuaçu aJaconé mensalmente. Com a grande aceitação, estamoscrescendo,por isso adicionamos uma página.Somos um veículo de comunicação de utilidade pública,que utiliza a verdade como ferramenta para a construçãode nossa credibilidade e da nossa marca perante asociedade. O Maricá Info só tem a agradecer a suaparticipação e colaboração. Agradecemos claro a quemapoiou desde o nosso começo esse veículo que preza pelaqualidade da informação.PARTICIPE! DENUNCIE! Aqui Você Tem Vozcontato@maricainfo.comMarica Info | Notícias em Primeiro LugarTrês anos de qualidade na informaçãoJ
  3. 3. 3 Maricá, maio de 2013 - ANO I - Nº 003 contato@maricainfo.comRJ 106: A imagem da imprudência Edemilson dos Santos Menezes, 45, maisconhecido como Bujão,morador do bairroMumbuca, seguia para seu trabalhoquando foi atingido na manhã da terça-feira (30) pelo veículo Fiat Strada, deDuque de Caxias, no acostamento darodovia Amaral Peixoto (RJ106) nosentido Região dos Lagos.Edemilson, que é pedreiro, teve a suabicicleta arremessada a metros deFerido no acostamento da RJ 106Morte no acostamento da Rodovia.Na segunda-feira (29/04),um atropelamentodeixou um homem gravemente ferido narodovia Amaral Peixoto (RJ-106) na alturado KM18, próximo ao Manu ManuelaVillage.Ao retornar da pescaria em sua bicicleta, omorador de Inoã, Douglas Oliveira dosSantos, 19, mais conhecido como Barriga,foi abalroado no acostamento da pistasentido Niterói.distância. Os socorristas chegaram momentos após o acidente, mas o pedreironão resistiu aos ferimentos e morreu, ainda no acostamento. Logo após,diversos amigos da vítima chegaram ao local. Edemilson era muito querido noseu bairro.As imagens são fortes, mas a intenção é chamar a atenção de você, motorista,para que tenha noção do que a falta de atenção ou impudência pode fazer.De acordo com um jovem que estava com Douglas,o pneu da bicicleta em que eleestava furou e a vítima parou para verificar. O motorista do veículo Gol acertouBarriga, que foi jogado violentamente em um matagal na beira da esquecidarodoviaAmaral Peixoto.A vítima sofreu diversos ferimentos e foi encaminhada para o HospitalMunicipal Conde Modesto Leal pelo Corpo de Bombeiros.Os médicos do SAMU(Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) realizaram o primeiroatendimento ao acidentado.SOLICITE A SUA!cada dia a violência aumentaem Maricá, mas mesmo assim,o número de policiais na cidadecontinua o mesmo há pelo menos 10anos.A p o p u l a ç ã o d e M a r i c á e s t áaumentando cerca de dez mil habitantesa cada ano. A estatística mostra que osregistros policiais aumentaram, porémassistimos à inércia e ao descaso doEstado. Isso faz com que a segurança deuma cidade inteira esteja em risco e apopulação se sinta cada vez mais refémdo medo.Os crimes aumentaram muito desdeque o Estado começou a implantar asUPPs. A política estadual de marcar amancha criminal e fazer com que ela sedesloque, realmente funciona. Observa-se, neste caso, que onde foi instaladaUPP e o policialmento foi reforçado(capital e seus arredores) os índices decriminalidade diminuíram, pois asmanchas criminais se deslocaram paraas cidades vizinhas. Sem a principalfonte mantenedora (o tráfico de drogas),observa-se a mudança de modalidadecriminosa, como assaltos e furtos, quevão crescendo a cada dia em cidadescomo Maricá.O que assusta o morador é a violênciautilizada por estes marginais em suasnovas modalidades, pois eles não secontentam em apenas levar o bem daspessoas e acabam em certos casosretirando suas vidas.O Maricá Info esteve presente nareunião do Conselho Comunitário deSegurança Pública, que há muito tempovem defendendo o aumento do efetivopolicial da cidade. Contribuimos cominformações sobre o aumento dosassaltos na RJ-106, que hoje forma umgrande corredor que facilita a fuga doscriminosos, muitos oriundos de SãoGonçalo. Estes passeiam escolhendosuas vítimas no trecho entre Inoã eParque Nanci.O comandante da 4ª Cia ressaltou, aoMaricá Info, a necessidade de açõesconjuntas com o BPRv, como bloqueiosde contingências em áreas estratégicasde entrada e fuga destes marginais.Ainda, destacou que o aumento deefetivo e um bom planejamento sãofundamentais para a diminuição daviolência e aumento da confiança dapopulação nas ações policiais.Em Maricá, sofre com a fragilidade dopoliciamento preventivo, a cidade tem oaumento populacional e comercialNFoto:MarcoBechkertEfetivo policial em Maricá é o mesmo há 10 anoscomum é a imprudência e falta deatenção dos motoristas e, por partedo governo, a falta de fiscalizaçãopara inibir esse tipo de tragédia.Outra situação é a questão dosradares, que visam arrecadar e nãoeducar ou sinalizar, pois, em plenoperímetro urbano, há radares comlimite de velocidade a 80 km/h.Além disso, há radares malsinalizados, que não cumprem suafunção de ajudar os pedestres aatravessar a rodovia. A AmaralPeixoto (RJ 106) não oferecequalquer segurança para seustranseuntes.a edição passada, o MaricáInfo trouxe a primeira dasérie de matérias sobre a RJ 106,onde denunciamos o descaso com arodovia que corta a nossa cidade eapontamos as más condições emque ela se encontra, a falta defiscalização e a imprudência. Nosdias 29 e 30 de abril, dois acidentescom as mesmas característicasocorreram em Maricá. Duaspessoas atropeladas em plenoa c o s t a m e n t o d a R j 1 0 6 .O que as duas notícias têm emPor Marco BechkertPor Fabiano Novaesmarco@maricainfo.com.brfabiano.novaes@maricainfo.com.brAconstante e o efetivo policial de 10 anosatrás. O Estado e o Município não sefalam e nem projetam melhorias nestaárea. O Secretário Municipal deSegurança ocupa um cargo meramentepolítico e, apesar de querer apresentarum bom trabalho, é limitado. O cabo daPMERJ e atual secretário pode ter umaboa experiência profissional, mas o fatode não ter uma boa articulação com oEstado e as indiferenças por não ser umcoronel podem prejudicar suas ações.Soma-se a isso que, diferentemente dossecretários anteriores, este nem foidispensado da sua função no Estado etem que acumular funções.Enquanto os responsáveis pelasegurança pública ignorarem os dadostécnicos e priorizarem aspectospolíticos, a violência continuarácrescendo. A população sofre e sofrerácom este descaso.
  4. 4. DORMIUQ u a s e s e m t e m p o p a r ad e s c a n s a r, o v e r e a d o rChiquinho tem sido flagradotirando um chochilinho nassessões da câmara.zzZZzzZ!!SAÚDEO Hospital Municipal anda acada dia pior. Não há gestão quedê jeito no problema doatendimento. Agora, pacientesrelatam que os aparelhos demedir pressão estão marcandoerrado. O caso é grave, já quepode emitir um diagnóstico deuma doença que não existe.ENSINO TÉCNICOFoi assinado pela Prefeitura epela IFF (Instituto FederalFluminense), o termo deconcessão de área onde umaunidade de escola técnica seráerguida, no bairro Ubatiba àsmargens da RJ114.ASFALSONa Avenida Antônio Callado( A n t i g a R u a 1 0 7 ) , e mCordeirinho, o asfalto colocadohá sete meses já está sedesfazendo. Além de buracos, oasfalto cedeu onde passammanilhas.Na mesma avenida (Antiga Rua107) em Cordeirinho, ospedestres estão correndo umsério perigo. É que o asfalto feitoda Avenida Central até a praçade Bambuí, não há qualquerquebra-molas e os motoristasnão respeitam os limites develocidade.No começo de abril um ônibusda Viação Nossa Senhora doAmparo perdeu o controle aatingiu a praça no centro deBambuí. Felizmente ninguémficou ferido.4 Maricá, maio de 2013 - ANO I - Nº 003 contato@maricainfo.com2RP Galvão2RP GalvãoCOMÉRCIO - IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO LTDA2634-8888Rod. Amarl Peixoto, Km 21,5São José do Imbassaí - Maricá12 Xsem jurosRECADASTRAMENTOOs estudantes da rede públicaque usam o bilhete únicod e v e r ã o r e a l i z a r orecadastramento até o dia 18 dejunho. Agora, as máquinas deleituras dos cartões terão leitorbiométrico,para evitar fraudes.raças ao sucesso da primeira mobilização dacidadania, realizada em Itaipuaçu pelo Governodo Estado e a Prefeitura no dia 27 de abril, a SecretariaMunicipal de Assistência Social confirmou a realizaçãode uma nova ação no dia 22 de junho,na Escola MunicipalLúcio Thomé Guerra Feteira, em Cordeirinho, das 9h às16h. O encontro ocorreu no Ciep 259 – Profª Maria deAmparo Rangel Souza,com os colaboradores do evento eo Governo do Estado.A secretária municipal de Assistência Social, LauraMaria Vieira da Costa, confirmou que serão oferecidosdiversos serviços gratuitos, como a emissão dedocumentos básicos (registro civil, CPF, certificado dereservista, carteira de trabalho, título de eleitor, entreoutros). Além disso, será possível efetuar a inscrição emcursos e em programas sociais como o CadÚnico(Cadastro Único para Programas Sociais), Bolsa Família,RioCard especial e sênior e se cadastrar para vagas deemprego por intermédio do Sine (Serviço Nacional deEmprego). As equipes dos CRAS (Centro de Referênciade Assistência Social) e do CREAS (Centro de ReferênciaEspecializado de Assistência Social) estarão,respectivamente, fazendo inscrições para oficinas ecursos realizados nos centros do município e prestandoesclarecimentos quanto a denúncias de direitos violados.“Nosso objetivo é superar o evento anterior, ampliando ohorário de atendimento e viabilizando a oferta de novosserviços. Pretendemos frequentemente realizar essaação em bairros populosos ou de difícil acesso”, destacoua secretária, marcando para o dia 27 de maio um novoencontro com o Governo do Estado e colaboradores paradefinir os detalhes de organização da ação que serárealizada em Cordeirinho.A representante da Secretaria de Estado de AssistênciaSocial e Direitos Humanos e gestora do projeto“Erradicação do Subregistro Civil de Nascimento eAmpliação do Acesso à documentação Básica no Estadodo Rio de Janeiro”, Tula Vieira Brasileiro, elogiou ocomprometimento dos profissionais envolvidos na ação.“Foi muito prazeroso participar desta ação e esperamoster o mesmo sucesso em Cordeirinho. Para isso,precisamos da colaboração e envolvimento de todos paracaptar as pessoas que ainda não possuam registro civilpossibilitando à população acesso a documentaçãobásica”,enfatizouTula.Próxima ação da cidadania será realizada em CordeirinhoalavrP# ASoucalavrP# ASoucEstado constrói mais passarelas a pedido do Deputado Hélcio ÂngeloDeputado Estadual Hélcio Ângelo (PSD)fez indicação legislativa e o trecho daRJ-106 em Maricá receberá maispassarelas.pós a mobilização popular edo Deputado Estadualrecém-empossado, Hélcio Ângelo(PSD), uma passarela está sendoconstruída na rodovia AmaralPeixoto (RJ106) na altura da UPA deInoã e outra também seráconstruída no KM 30,5 da RJ-106,no bairro Flamengo.A moradora do loteamentoChácaras de Inoã, Gisele Lima, 40,disse que já não terá motivos para searriscar na perigosa rodovia.“Muitos atravessam aqui por nãoterem alternativa. Os carros passamem alta velocidade e o túnel é longee bem perigoso.”Há urgente necessidade de umapassarela no local, já que foiinstalada a UPA (Unidade de ProntoAtendimento) em Inoã. Isso fez comque o Deputado Estadual HélcioÂngelo (PSD) fizesse a indicaçãolegislativa (Nº 1322/2012) ainda noano passado, quando assumiu pelaprimeira vez a cadeira.Muito além.De acordo com Hélcio Ângelo, alémda passarela de Inoã, o Governo doEstado irá colocar a iluminação emtoda a rodovia Amaral Peixoto notrecho que corta Maricá,entre oKM15 e o KM41 da RJ106. Outraspassarelas foram indicadas pelodeputado para serem construídas.O Deputado Hélcio Ângeloconversou com a nossa equipe dereportagem e declarou que oGoverno do Estado irá construiruma clínica da família em Itaipuaçu,além de ter dezenas de quilômetrosde asfalto para pavimentar as ruasda cidade,como já tem sido feito.Hélcio Ângelo se candidatou em2010, após ter criado o movimentoPassarelas Já em Maricá, quecobrava a instalação de maispassarelas na rodovia AmaralPeixoto (RJ-106).ALocais que receberão passarelasPassarela em Inoã (KM17) – Entre a Tubarão Show e o CIEPPassarela no Manu Manuela (KM30,5)Passarela no Marine (KM22) – Caic Elomir SilvaPassarela em Itapeba (KM 27)Passarela na segunda entrada de Maricá,no Flamengo (KM29,5)Passarela na entrada de Ponta Negra (KM41)R$R$16,9933,90Retirando no localem dinheiroM2Un.a partir dePorcelanatoG
  5. 5. Parabéns povo de Maricá. No dia 26a nossa cidade completa 199 anos deemancipação.Vamos unir esforçospara que no próximo aniversárionossa cidade possa oferecer maisqualidade de vida para todos.5 Maricá, maio de 2013 - ANO I - Nº 003 contato@maricainfo.como dia 26 de maio de 2013, a cidade de Maricá completa o aniversário de 199 anos de emancipação Política Administrativa. Para isso, oMaricá Info preparou uma reportagem sobre os acontecimentos históricos, desde o início de seu povoamento até os dias de hoje. Areportagem também aborda o que é belo e o que é caos em Maricá.Vereador Aldair de Linda Deputado Hélcio AngeloMarcelo DelaroliTenho o orgulho de representar opovo de Maricá como vereador.Parabenizo a cidade pelos seus199 anos de muitas vitórias econquistas. Agora vamos juntosconstruir uma Maricá melhor.Irmãos e Irmãs de Maricá. É com muitoorgulho que eu parabenizo a minhacidade pelos seus 199 anos deemancipação. São quase dois séculos deconquistas nesse terra abençoada porDeus, que ainda tem o que se conquistar,e eu me sinto privilegiado por fazerparte dessa história. Parabéns Maricá!Vereador Robson DutraVereador Adelso PereiraFabiano NovaesMensagens de 199 anosComo representante de Maricá naALERJ, parabenizo o povo daminha linda cidade por mais umano de emancipação. ParabénsMaricá pelos seus 199 anos,vamos juntos lutar por umacidade melhor para todos.Maricá completa 199 anos.Parabéns!Vamos juntos refletirsobre o que queremos para asnossas famílias. Fiquem comDeus.Parabéns Maricá!São 199 anos de história. Que os anosvindouros tragam muitas alegrias,progresso e não acabem simplesmenteem samba. A construção de umacidade melhor depende daparticipação de cada cidadão lutandopelos seus direitos. Não desistajamais!Parabéns Maricá, 199 anos de emancipaçãoHá pouco mais de 50 km do Rio de Janeiro, Maricá é um paraísonatural. São 46 quilômetros de praias, seis lagoas, canais e rios,cachoeiras, trilhas, serras e muita natureza. Entretanto, Maricá vem,ao longo dos anos, perdendo a sua área verde e preservada, como aárea de restinga.A cidade possui todos os potenciais para o crescimento do turismo naregião, porém falta infraestrutura. Faltam hotéis, ruas pavimentadase acessos aos pontos turísticos sinalizados, profissionaisqualificados e incentivos ao comércio.Ela é bela. Maricá agrega todos os fatores positivos ao turismo. Já foimoradia da cantora Maysa, do educador Darcy Ribeiro e do grandegênio da arquitetura, Oscar Niemeyer. Charles Darwin tambémpassou por Maricá. Ele dormiu em uma fazenda em Itaipuaçu e fezdiversas anotações sobre a cidade.Muitos não sabem, mas Darcy Ribeiro escreveu o livro “O PovoBrasileiro”em sua casa de praia em Cordeirinho.A cidade serviu e, ainda serve, de inspiração a muitos artistas locais ede outras cidades, que sempre vem à Maricá relaxar e desfrutar desuas lindas serras,praias,rios ou lagoas.Quem está em Maricá não pode perder os cenários como o de cima daPedra do Elefante (Alto Mourão), assim como a vista da Serra doCamburi, o canal e a praia de Ponta Negra, o pôr-do-sol na lagoa deAraçatiba, a lagoa de Guarapina, a calmaria da cachoeira doEspraiado,entre tantos outros pontos turísticos.Conheça as belezas de Maricá e saiba das notícias em tempo real nonosso site:www.maricainfo.com/conheca-maricaN
  6. 6. 8Maricá, maio de 2013 - ANO I - Nº 003www.maricainfo.comPatrocínio de R$ 3 milhões para a Grande Rio causa revolta em Maricápós a Câmara Municipalaprovar o subsídio de R$ 3milhões para a Acadêmicos doGrande Rio, escola de samba deDuque de Caxias que apresentará noCarnaval do Rio de Janeiro em 2014o enredo“Verdes Olhos Sobre O MarNo Caminho: Maricá”,moradores dediversos bairros da cidademostraram a sua indignação empublicações na internet e ementrevistas para jornais, como foinoticiado pelo Jornal EXTRA no dia28 de abril,um domingo.— A prefeitura só abre o bolso paracoisas que não melhoram em nada avida da população — disse amoradora Jana Maria Cardoso,de 56anos,ao Jornal Extra.As reclamações são muitas, mas aindignação é a mesma. Por queinvestir em uma escola de sambapara mostrar a cidade,se Maricá nãotem condições para receber muitosturistas?A Dª Gisele Isabel, 54 anos, declarouque a cidade tem condições deaparecer bem na mídia nacional sefor destaque positivo em algumacoisa, mas nunca é. “Maricá é umacidade abandonada por todos osnossos governantes. Moramos emruas esburacadas, não temosatendimento médico, coleta de lixo enem saneamento básico, somosdeixados de lado.”Desabafou.As reclamações de que a cidade nãotem estrutura não são novidades.Na cidade falta água, saneamentobásico (apenas 5% tem), segurança,saúde, pavimentação, lazer, cultura emuito mais.“Enquanto desfila mazelas, Maricápatrocina Grande Rio.”Foi com essa chamada que o jornalEXTRA de Domingo, dia 28/04,noticiou a revolta da população emrelação ao patrocínio aprovado portodos os vereadores e pelo prefeitoWashington Quaquá (PT).Maricá será destaque no carnavalque abordará os ilustres visitantesque aqui estiveram como onaturalista inglês e autor da Teoriada Evolução, Charles Darwin. Istoabrirá as portas da cidade parainvestidores e milhões de turistas,que irão assistir ao desfile daagremiação caxiense, transmitidointernacionalmente para mais de 200países pela Rede Globo deTelevisão.Legalidade.A Ouvidoria do Ministério Públicorecebeu diversas representaçõescontra o subsídio para a escola desamba de Caxias, porém nãoconstatou irregularidades no ato, porisso não poderá ingressar com umaação civil pública. O órgão informou,no entanto, que, se o municípioalegar falta de recursos para obras ouserviços básicos, poderá pedir oimediato cancelamento do acordocom a agremiação e os responsáveisp o d e r ã o s e r p u n i d o s p o rimprobidade administrativa.Arazemos uma série de reportagens sobre os bairros de Maricá. De Itaipuaçu aJaconé, nossa equipe enfrentou buracos, lama e muita poeira para noticiarcomo está cada canto da cidade. A terceira matéria é sobre o bairro de São José doImbassaí. Berço do primeiro povoado de Maricá, o local sofre com a grande falta deinfraestrutura.Falta água, saneamento básico, segurança, iluminação pública, pavimentação, saúdee muito mais. Mesmo com dois PSFs (Programa Saúde da Família), moradoresreclamam que faltam condições de atendimento, e a espera é longa para conseguiragendar uma consulta.Outro grande problema é a falta de segurança pública. Casas estão sendo roubadas epedestres assaltados constantemente no bairro. “Só na última semana, foram trêscasas arrombadas na minha rua.” - Disse o morador do Jardim 26 de maio, JoséPereira, 60 anos. O baixo efetivo policial é o principal causador do aumento dacriminalidade, segundo moradores. O técnico de informática, Allan Freitas, disse ànossa reportagem que quase não vê viatura da polícia rodando pelo bairro. “Aquiquase não passa polícia. No meu loteamento está tendo muito assalto e casasarrombadas.Há três semanas,saí no portão de casa e encontrei um homem tremendo.Ele tinha acabado de ser assaltado no ponto de ônibus.”No Manu Manuela e no Marine as obras recomeçaram. Encontramos homens daPrefeitura realizando a limpeza da Avenida 1 no Manu Manuela e funcionários daSecretaria de Obras trabalhando na pavimentação da Estrada Real,no Marine.A grande reivindicação de quem mora no Manu Manuela é a manutenção das ruas.Eles comentam que se o local ficar abandonado por mais de dois meses, os problemasde sempre irão continuar.A Associação de Moradores e Amigos do Manu Manuela Village tem reivindicado,mas nem sempre consegue trazer benefícios para o loteamento.A AMA já conseguiua pavimentação da entrada, a reforma da praça e construção da quadra poliesportiva,além de ter instalado um sistema de monitoramento com câmeras infra-vermelhopara aumentar a segurança.No Jardim Ouromar, quando chove é muita lama e crateras que se abrem pelas ruas.O mesmo problema se repete na Lagoa dasAmendoeiras.O Centro de S. J. do Imbassaí é uma bagunça, comenta a estudante, Patrícia Coutinho.“A rua é estreita e os carros não respeitam os pedestres.Nos finais de semana isso aquipiora,o mercado fica cheio e os carros param no meio da rua.Uma bagunça.”No loteamento Walmar, os buracos formam crateras. Os moradores reivindicam amanutenção das ruas e a passagem da Patrol.“As ruas são esburacadas, a coleta delixo é precária e não temos água.”- Comentou a costureira Dª Maria Anizete Macedo,63 anos. Dª Maria disse também à nossa equipe que não se preocupa com asfalto,quer apenas que,na sua rua,ela consiga andar,principalmente quando chove.Na Avenida Um do Jardim Ouro Mar, os moradores cansaram de esperar e fizeram opróprio sistema de esgoto e manilhamento da rua.No Jardim 26 de maio, os roubos às residências são freqüentes e os meliantes estãoroubando até as igrejas do loteamento.Nossa equipe esteve no local e encontrou umaequipe da Prefeitura de Maricá trabalhando na pavimentação das ruas da localidade.O loteamento São Francisco também sofre com a falta de infraestrutura. O local estácom ruas esburacadas e quando chove enche tudo. Isso porque, com característicasde um vale, as águas da chuva descem da Pedra dos Macacos e ali se acumulam.MARICÁ INFO NO SEU BAIRRO: Confira todas as reportagens dos bairros deMaricá no nosso site: www.maricainfo.comEm São José do Imbassaí falta água, saneamento, segurança e muito maisT
  7. 7. Pousada Vovó Bellinambkfoto.wix.com/mb21 21bookcasamentos15 anosinfantilcomposites8256-2058 9692-7199TIM VIVO9Maricá, maio de 2013 - ANO I - Nº 003www.maricainfo.comReacende o debate sobre a maioridade penal no Brasiltrabalhadores, que lutam todo o diapara viver com dignidade.O debate reacendeu e as autoridadesestão sendo pressionadas para que osjovens infratores cumpram uma penamaior no caso de crimes consideradosde extrema gravidade. A presidentaDilma Rousseff (PT) é contra aredução da maioridade penal, já ogovernador de São Paulo, GeraldoAlckmin (PSDB), é a favor,porém,nãosabe explicar como seria feito com apopulação carcerária que superlota ospresídios de todo o Brasil."A Constituição prevê que aresponsabilidade penal é aplicada apartir dos 18 anos, e isso é um direitoconsagrado", disse o Ministro daJustiça José Eduardo Cardoso, queassegurou que, com a "realidadecarcerária" do país, só seria "agravadoo problema", pois segundo sua opiniãoas prisões são "escolas do crime".A Ordem dos Advogados do Brasil(OAB) se somou à polêmica econsiderou que reduzir a idade deresponsabilidade penal de 18 a 16 anosnão servirá para dar fim à violência.De acordo com o presidente da OAB,o Brasil, jovens com idadeabaixo de 18 anos sãoconsiderados inimputáveis e somenterespondem criminalmente pelo quefazem nos termos do Estatuto daCriança e Adolescente (ECA). Odebate sobre a redução da maioridadepenal foi reacendido após crimesbrutais que chocaram o país.Recentemente, um menor que iriacompletar 17 anos havia assaltadopassageiros em um ônibus da linha369 (Bangu-Carioca) e estuprou umamulher no Rio de Janeiro, se entregouna 33ª DP (Realengo) e alegou que éusuário de cocaína e roubou pararealizar a sua festa de aniversário. Eledisse que estava sob efeito de drogasquando cometeu o crime e que estáarrependido.O caso mais grave foi o assassinato deuma dentista em São Paulo, queimadaviva por um jovem de 17 anos duranteo assalto, porque só tinha R$ 30 em suaconta bancária.Dias antes, dois menores de 14 e 15anos mataram uma mulher de 70 anosa facadas quando tentavam roubar umcarro. Em março, um homem foiassassinado na porta de sua casa porum ladrão que dias depois completou18 anos. Só por isso, se condenado,passará no máximo três anos em umcentro de reeducação. Os casosaconteceram em São Paulo, porém,crimes acontecem em todo Brasiltodos os dias praticados por menores.Em Maricá, os menores traficam eassaltam, são detidos e ficam poucot e m p o c u m p r i n d o p e n asocioeducativa. Depois, quandomaiores de idade, voltam às ruas paraaterrorizar estudantes eNOVO HOSPITALAs obras do novo hospital,segundo a prefeitura de Maricá,já começaram. Mas não é o queconstatamos. No local, há aterroe vacas tomando sol. O valorinvestido passa da casa dos R$10milhões.MEIOAMBIENTEA Câmara Municipal votará umprojeto de lei que altera oslimites da porção marinha doRefúgio de Vida SilvestreMunicipal das Serras de Maricá,ISTO É, irão alterar parapermitir a instalação do Porto deJaconé e o Emissário Submarinodo COMPERJ, que jogará todoos dejetos na Praia de Itaipuaçu.JMJ 2013Maricá receberá no mês de julho,cerca de 4 mil jovens peregrinos,oriundos de diversas partes dem u n d o p a r a a S e m a n aMissionária, que antecede oencontro no Rio de Janeiro.Os jovens ficariam hospedadosnas casas de voluntários,mas atéagora, não há casas suficientespara hospedar todo mundo.E agora?CEMITÉRIO DE MARICÁO Cemitério Municipal deMaricá continua com caixões eossos largados a céu aberto ecom lagoas de chorume.Mesmo após a reportagem daTVBandeirantes comprovar odescaso e filmar a prisão doadministrador do local, ocemitério está do mesmo jeito,sem licença ambiental.Foto:JorgeLuisEstradaLópezMarcusVinícius Furtado, a redução damaioridade penal“seria um retrocessopara o país e transformaria os jovensem criminosos sujeitos à crueldadedas prisões".Para Furtado, "aumentar o número depresos só serviria para aumentar asuperpopulação dos presídios, masnão teria efeitos reais sobre ainsegurança e até poderia agravá-la nofuturo, quando esses menoresvoltarem à liberdade após terempassado pelo sistema penitenciário”.Até famosos entraram no debate,como a apresentadora Xuxa, quedeclarou que pessoalmente apoiaria"parcialmente" a redução da idadepenal.«Cada caso é um caso, mas eu achoque há alguns que a gente deveriaestudar porque eles (adolescentes)cometem o crime sabendo que não vaiacontecer nada porque são demenor", disse a "rainha dosbaixinhos".E você o que acha?Deixe sua mensagem em nosso site.www.maricainfo.com.brPrefeitura de Maricá anuncia a criação da moeda social Mumbucam uma audiência pública realizada naquinta-feira (18/04), a Prefeitura deMaricá anunciou a criação da moeda socialMumbuca. Segundo os idealizadores, irá aquecera economia da cidade,que teve uma redução nesteano em comparação ao mesmo período do anopassado, visto que a arrecadação de ISS (ImpostoSobre Serviços) caiu.Uma lei será criada e a moeda passará a circularna cidade como uma alternativa ao Real. Osecretário de Direitos Humanos, Miguel Moraes,explicou os detalhes da moeda. Esclareceu, porexemplo, que cada “mumbuca” valerá um Real(R$1,00) e que a nova moeda não será obrigatória,mas uma opção para incrementar o comércio dacidade. E ressaltou que a sociedade civil, atravésde um conselho, terá participação ativa noprojeto.Veja a reportagem completa em nosso site:http://bit.ly/moedamumbucaNalavrP# ASoucalavrP# ASoucSEGURANÇA PÚBLICAA cada dia aumenta o número depessoas vítimas de assaltos emMaricá. É que a bandidagemoriunda da capital e da baixadamigra para a cidade e faz a festaaqui pelo baixo efetivo dacidade. São cerca de 30 policiaispor dia para mais de 130 milhabitantes.Assim não dá!Por João Henriquejoao@maricainfo.com.brEfotografiacomarte
  8. 8. www.maricainfo.comMaricá recebe delegacia do SindSdC(Mdpr(acSEgcOs Atletas de Maricá são destaqcidade de Maricá tem se destacado no cenário dosesportes como a natação e o jiu-jitsu. Os atletas dacidade vêm, a cada competição, conquistando mais títulos edestacando a cidade no cenário nacional dos esportes.A atleta Mariane Nunes venceu no final de abril o FJJD-RIO(Estadual Rio 2013 - 1ª Etapa do Ranking Rio 2013)disputado na Tijuca, assim como Mayssa Bastos, atleta daequipe J.COURT/GFTEAM.No dia 11 de maio, as atletas voltaram ao tatame e MarianeNunes venceu na categoria adulto meio pesado – faixa roxapor W.O e conquistou a medalha de ouro. Após a primeiraluta de Mariane no absoluto, no qual conquistou a medalhade prata, ela foi penalizada equivocadamente pelaarbitragem em três pontos e não venceu a última luta, quevalia a medalha de ouro.As meninas de ouro, como são conhecidas na cidade, estãosempre conqdificuldades epaga-se umahospedagem enem patrocínioNataçãoOs irmãos Prepresentandopaís, porém, cOs atletas partEstadual deFABERJ (entAbertas no Esjuvenil, já Marcategoria, apódo Canto.A
  9. 9. Por João Henriquejoao@maricainfo.com.brossa equipe de reportagemfoi, em 25 de abril, até oshopping Céu Aberto, conhecidocomo o Camelódromo de Maricá,para conferir as condições detrabalho dos comerciantes do locale encontrou o abandono econdições insalubres para otrabalho.De acordo com a comercianteLucília, o estado de trabalho éprecário no Camelódromo.“A gentedepende aqui de um banheiro, oscomerciantes daqui não deixam agente usar. Passamos muitasdificuldades aqui”.Ela ainda denunciou que, pela faltade estrutura, lonas são utilizadasnas barracas, e as mesmasacumulam água que são um grandefoco do mosquito da Dengue.“Aquitodo mundo pegou dengue” -concluiu.Dulcinéia, também comerciante doShopping, comentou que ascondições de trabalho são ruins,devido à falta de investimentopúblico.“Aqui é péssimo, porque quando eleentrou da primeira vez pra prefeito,tratou de organizar isso aqui para agente e não preparou nada, quandochove não tem como trabalhar.”11Maricá, maio de 2013 - ANO I - Nº 003www.maricainfo.comAbandono no Camelódromo de MaricáEm relação à segurança e àutilização do local durante a noite,outro comerciante, que não quis seridentificado, denuncia o uso deentorpecentes e a prostituição nocamelódromo da cidade. “De noiteisso aqui serve para as meninas seprostituírem e consumirem drogas.Vai fazer sete anos que estamos aquie está piorando a cada dia.Tem diaque tiramos pouco, tem dia que nãotiramos nada.”Em sua cartilha com promessas decampanha em 2008, o prefeitoWashington Quaquá (PT) jáafirmava que havia um projeto paraa revitalização e reforma do lugar eque o valor, de R$ 300 mil, tinha sidoconseguido pelo Deputado FederalChico Dângelo,também do PT.Porém,mesmo com essa verba,até omomento, cinco anos depois, nadafoi feito para a tristeza doscomerciantes da localidade.Com pesquisas e investigação feitaspelo Maricá Info, tivemos acesso acartilha mostrando como ficaria ocamelódromo, e também tivemosacesso ao projeto feito pelaPrefeitura.Veja o vídeo com a reportagem emn o s s o c a n a l n o Yo u t u b e :http://youtube.com/MaricaInfoNMiss Maricá Latina 2013 será dia 30 de JunhoA Miss Maricá representará o município no concurso estadual que serárealizado em agosto no Rio de Janeiro.Halana Magalhães (19), atual Miss Maricá, passará sua coroa a mais belajovem de Maricá de 2013.As inscrições encerram dia 8 de junho. O evento é realizado pela PRProduções e tem o apoio do Maricá Info e com patrocínio daViação NossaSenhora doAmparo e Leamington Modas.Maiores informações: (21) 9281-4037Foto: Marco BechkertOs ensaios para o concurso Miss Maricá Latina 2013 começam dia 8 dejunho e a grande final acontecerá no dia 30 de junho, domingo, às 19 horasno Espaço Cultural VOVÓ BELLINA em São José do Imbassaí.As candidatas deverão ter de 17 a 27 anos e as inscrições poderão ser feitasna lojaANGEL MODAS no centro de Maricá (ao lado do Bobs).HalanaMagalhãesMiss MaricáLatina2012/2013Foto: Paula Karina
  10. 10. Avó é morta a tiros no meio da ruacontato@maricainfo.comoradores contactaram a Polícia Militar (Destacamento de São Josédo Imbassaí - 12º Batalhão da Polícia Militar, 4ª Companhia deMaricá) alegando terem ouvido tiros nas proximidades da Rua do Bonfim.Deslocando-se para o local,a Polícia encontrou o corpo da Sra.Elza FerreiraLemos (50 anos). Conhecida como“Loura”, foi morta na rua de sua casa porvolta das 22h desta quinta-feira,09/05.“Loura“ voltava para casa quando foi interceptada por seu executor. Marcasda ação no local mostram que a mesma tentou fugir e conseguiu correr porcerca de 30 metros antes de ser atingida por diversos tiros. Já no chão, aindarecebeu 4 tiros na face e veio a falecer a 10 metros do portão de sua casa.Moradores relatam que a violência tem aumentado nos últimos anos e queesse crime pode estar relacionado com o tráfico de drogas na região.Jaqueline, filha da vítima, muito abalada com o ocorrido, lamenta e fala quesua mãe a ajudava muito e era muito presente na vida dela e dos netos.MExecutado na esquina de casa12 Maricá, maio de 2013 - ANO I - Nº 003or volta das 19h desta segunda-feira (29), o comerciante Naldo Silvade Souza, de 31 anos, foi executado a tiros quase em frente ao portãode sua casa, na esquina da rua 34 com 49 no Jardim Atlântico em Itaipuaçu.A ocorrência foi atendida pelo DPO (Destacamento de PoliciamentoOstensivo) de Itaipuaçu da 4ª Cia de Policia (Maricá).A vítima que tem um comércio de peças usadas (ferro-velho), na cidade deSão Gonçalo, retornava de seu trabalho e, quase em frente à sua casa, foiabordado por um veículo Gol branco que rondava o local desde às 16h.Naldo foi assassinado com cinco disparos de arma de fogo.Não se sabe se Naldo saiu do seu veículo (FIAT Punto, placa KXT-6959) oufoi retirado pelos seus executores. No local, testemunhas ouviram 5 tiros,sendo que um atingiu sua mão e outro suas costas. A vítima não resistiu efaleceu no local. Até a saída de nossa equipe do local, os policiaisaguardavam a perícia chegar.Os moradores comentaram que ele residia ali, não mais que 4 anos. Naldodeixa esposa e um casal de filhos.Foto: Marco BechkertP

×