Campos santos santos_movimentum_v4_n.2_2_2009

613 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
613
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Campos santos santos_movimentum_v4_n.2_2_2009

  1. 1. A IMPORTÂNCIA DA PESQUISA CIENTÍFICA NA FORMAÇÃO PROFISSIONALDOS ALUNOS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA DO UNILESTEMGFernando Guerra Grossi CamposGraduado do Curso de Educação Física do Centro Universitário do Leste De Minas Gerais –Unilestemg.fernando_maiden_@hotmail.comRaquel Fortes SantosGraduada do Curso de Educação Física do Centro Universitário do Leste de Minas Gerais –Unilestemg.Rachel_Fortes@Hotmail.ComFlávia Costa Pinto e SantosMestre em Educação Física pela Universidade Católica de Brasília – UCB. Docente do Curso deEducação Física do UnilesteMG.br.flavia@gmail.comRESUMOA pesquisa científica está presente em todos os currículos das universidades,demonstrando assim sua importância no meio profissional. O mercado de trabalhoestá exigindo cada vez mais do profissional, que já não basta este terconhecimentos teóricos e sim na realização de uma prática que busca a produçãode novas ideais e conhecimentos. Esse estudo teve como objetivo pesquisar aimportância da pesquisa científica na formação do profissional do curso de educaçãofísica. A pesquisa teve um caráter exploratório e descritivo, além de uma avaliaçãoquantitativa dos dados. Para a coleta dos mesmos foi utilizado um questionáriocontendo questões objetivas. Foram consultados 25 alunos do 8º período do cursode Educação Física do Centro Universitário do Leste de Minas Gerais – UnilesteMG. Buscou-se obedecer aos cuidados éticos de acordo com a resolução 196/96 doConselho Nacional. Concluiu-se, portanto que os alunos possuem um conceito aindaincompleto sobre pesquisa, observou-se que apesar desse conhecimento restrito osalunos demonstraram interesse pela área, apesar da maioria ter realizado apenasum projeto de pesquisa durante todo o curso.Palavras – Chave: Pesquisa Científica. Educação Física. Formação Profissional.ABSTRACTThe scientific research is present in all the resumes of the universities, thusdemonstrating its importance in the half professional. The work market is demandingeach time more than the professional, who already is not enough this to havetheoretical knowledge and yes in the accomplishment of one she practices that shesearches the production of new ideals and knowledge. This study it had as objectiveto search the importance of the scientific research in the formation of the professionalof the course of physical education. The research had a exploratory character anddescriptive, beyond a quantitative evaluation of the data, for the collection of thesame ones a questionnaire was used contends objective questions. They had been
  2. 2. consulted 25 pupils of 8º period of the course of Physical Education of the UniversityCenter of the East of Minas Gerais - Unileste MG. One searched in accordance withto obey the ethical cares resolution 196/96 of the National Advice. It was noticed,therefore that the pupils still possess an incomplete concept on research, it wasobserved that although this restricted knowledge the pupils had demonstratedinterest for the area, although the majority to have all carried through only one projectof research during the course.Key Words: Scientific research. Physical education. Professional formationINTRODUÇÃO A pesquisa científica está tomando o seu espaço nos cursos de educaçãosuperior em diversas universidades. Esta tem sido considerada um lugar em que sevivencia a cultura universal e que tem por finalidade o ensino, a pesquisa e aextensão, sendo organizada para a formação de profissionais que atuarão nasociedade (RODRIGUES, 2006). Nos dias atuais a globalização, o mercado cadavez mais competitivo e as novas tecnologias, estão exigindo do profissional não só oconhecimento teórico, mas uma prática baseada na reprodução e produção deconhecimentos. Segundo Rodrigues (2006) tal reprodução e produção devem seracompanhadas de uma análise crítica, reflexiva e criativa para que os profissionaisformados possam ingressar na sociedade de maneira competente e atuante. A pesquisa científica tem por objetivo contribuir com a evolução dos sabereshumanos em todos os setores, sendo sistematicamente planejada e executadaatravés de rigorosos critérios de processamento das informações. Os trabalhos degraduação devem produzir ciência, ou dela derivar, ou acompanhar seu modelo detratamento (FONTE, 2004). No campo da Educação Física, a ciência se fazpresente, segundo Betti (2005) “tal área de atuação não se caracteriza, apenas, como uma ciência específica, mas como uma área acadêmica – profissional com necessidades e características próprias, que se vale das diversas ciências e da filosofia para construir seus objetos de reflexão e direcionar sua intervenção pedagógica”. Segundo o mesmo autor a Educação Física recorreu à fundamentação e aométodo científico para legitimar suas práticas pedagógicas profissionais bemsucedidas. A elaboração de uma pesquisa cientifica é um critério de qualidade naformação do graduando em educação física e de qualquer curso de qualquerfaculdade, sendo considerada na maior parte das instituições de ensino superior umprocesso obrigatório, como é o caso do UnilesteMG, instituição do leste de MinasGerais na qual foi desenvolvida esta investigação A formação profissional de um estudante de educação física está pautada emdiversos fatores como a qualidade do currículo escolar, a prática do aluno,conhecimentos teóricos e a capacidade de produção de conhecimento. SegundoBenites e Souza Neto (2005) a formação profissional (das ciências da educação eda ideologia pedagógica): é um conjunto de saberes adquiridos pela instituição deformação e que vão se incorporando à prática e atuação docente. É o saber quevem das ciências da educação que dão um caráter clássico e científico aosprofessores e se apresentam como doutrinas e concepções advindas de reflexões 2 MOVIMENTUM - Revista Digital de Educação Física - Ipatinga: Unileste-MG - V.4 - N.2 – Ago./Dez. 2009.
  3. 3. sobre a prática educativa. Para Silva (2003) algumas formas de se abordar o temada formação profissional é por meio do posicionamento a respeito da finalidade doscursos de graduação em relação ao papel que o graduado em Educação Física deveexercer na sociedade. Outro ponto levantado por Barros (1995) é o curso deeducação física visto apenas como licenciatura, o que muitas vezes fazia com queao alunos perdessem o interesse pelo curso. O reconhecimento de que a EducaçãoFísica, simplesmente entendida como licenciatura, não mais atendia asnecessidades da sociedade brasileira por serviços especializados nesta área, é umdesses aspectos. Outro ponto significativo foi a identificação da Educação Físicacomo área de estudo acadêmico, resultante da experiência como departamentoacadêmico nas universidades e especialmente dos programas de mestrado na área(BARROS, 1995). Segundo Steinhilber (2002 apud SILVA 2003) o objetivo da formação e docurrículo em Educação Física está no estudo do Ser Humano, como sujeitoengajados em atuações motoras requisitadas na vida diária e em outrasperformances que produzam valores estéticos, ou que sirvam de expressões danatureza física e competitiva de uma pessoa. Na universidade o aluno irá se deparar com diversos campos de atuação naqual deverá ser versátil e criativo. Segundo Rodrigues (2006) na universidade oaluno desenvolverá conteúdos teórico-práticos necessários a sua formaçãoprofissional e intelectual, cabendo-lhe não só a reter esses conteúdos, mas tambémproduzir conhecimento. O autor relata também que os profissionais de nível superiore produtores de conhecimentos deverão ter responsabilidade e competência quelhes permitam entrar no complexo cenário do mundo contemporâneo. Esse trabalhotem uma relevância tanto social quanto científica, pois busca contribuir para aprodução de material científico, para que possa ser utilizado para demais pesquisa,e buscar conscientizar os estudante/futuros profissionais para a importância dapesquisa científica tanto para a sociedade quanto para o crescimento profissional epessoal. Quanto à relevância acadêmica esta consiste na produção de novosconhecimentos, sendo que este estudo possa ser utilizado para contribuir parademais pesquisas na área da Educação física. A relevância social caracteriza pelorespaldo adquirido pelos cursos de educação física na sociedade, que ampliando oseu conhecimento e sua forma de produzir ciência, o profissional de educação físicanão será visto apenas como professor, mas como um profissional capaz de atuar emdiversas áreas da sociedade e do mercado atual. Dessa forma o presente trabalho tem por objetivo investigar a importância queos estudantes do último ano do curso de educação física de uma instituição deensino superior atribuem à pesquisa científica em sua própria formação profissional.METODOLOGIA A pesquisa teve um caráter exploratório, descritivo e quanti-qualitativo. A pesquisa exploratória visa proporcionar maior familiaridade com o problemacom vistas a inseri-lo explicitamente ou a construir hipóteses, envolvendolevantamento bibliográfico; entrevistas com pessoas que tiveram experiênciaspráticas com o problema pesquisado e análise de exemplos que estimulem acompreensão (GIL, 1991 apud SILVA; MENEZES, 2005). 3 MOVIMENTUM - Revista Digital de Educação Física - Ipatinga: Unileste-MG - V.4 - N.2 – Ago./Dez. 2009.
  4. 4. A pesquisa descritiva visa descrever as características de determinadapopulação ou fenômeno ou o estabelecimento de relações entre variáveis. Envolvemo uso de técnicas padronizadas de coleta de dados: questionário e observaçãosistemática. Assume, em geral, a forma de levantamento (GIL, 1991 apud SILVA;MENEZES, 2005). A pesquisa quantitativa considera que tudo pode ser quantificável, o quesignifica traduzir em números opiniões e informações para inseri-las e analisá-las.(SILVA; MENEZES, 2005) e a pesquisa qualitativa considera que há uma relaçãodinâmica entre o mundo real e o sujeito, isto é, um vínculo indissociável entre omundo objetivo e a subjetividade do sujeito que não pode ser traduzido em números.(SILVA; MENEZES, 2005). Para a coleta de dados foi utilizado um questionário elaborado pelospesquisadores contendo questões objetivas (Apêndice A). De um universo de 25alunos do 8º período do curso de educação física do UnilesteMG selecionadosaleatoriamente. Os dados foram colocados em forma de tabelas e/ou gráficos etambém foi realizada uma análise de conteúdo das questões. Buscou-se obedecer aos cuidados éticos de acordo com a resolução 196/96do Conselho Nacional, que estabelece a total integridade dos participantes dapesquisas, estes tiveram participação voluntária e anônima, preservando aidentidade e qualquer risco físico e psicológico aos mesmos. Tiveram, também, atotal liberdade de recusar e/ou abandonar a participação no processo de aplicaçãodos instrumentos de investigação.ANÁLISE E DISCUSSÃO DOS RESULTADOS A pesquisa tem uma importante contribuição na formação de qualquerprofissional de nível superior e até mesmo de nível médio e fundamental. Nessetrabalho foi avaliada a importância da investigação científica para os alunos do cursode educação física, assim foram avaliadas algumas variáveis como: Conceito depesquisa científica, nível de interesse dos alunos pela área, número de projetosrealizados, importância da pesquisa científica na formação do profissional deeducação física, maior contribuição da pesquisa científica na ampliação dosconhecimentos profissionais e na formação de habilidades profissionais. Os dadosabaixo foram analisados em conformidade com as variáveis supracitadas. Tabela1: conceito de pesquisa científica Porcentagem ( %) Produção de conhecimento 28 Elaboração de projeto de 32 pesquisa Conceder respostas a uma 12 hipótese inicial Estudo específico de um 28 assunto Nenhuma das alternativas - Outros - Na Tabela 1; 32% dos alunos entrevistados têm como conceito de pesquisaelaboração de projetos científicos, 28% responderam que é produção de 4 MOVIMENTUM - Revista Digital de Educação Física - Ipatinga: Unileste-MG - V.4 - N.2 – Ago./Dez. 2009.
  5. 5. conhecimento e estudo específico de um assunto e apenas 12% disseram que éconceder respostas a uma hipótese inicial. De acordo com Fonte (2004) a pesquisa científica poderá ser classificadacomo a realização de um objeto de investigação planejada, desenvolvida e redigidaconforme normas metodológicas consagradas pela ciência. No entanto os trabalhos de graduação e de pós-graduação, para seremconsiderados como sendo pesquisas científicas, devem produzir ciência, ou deladerivar, ou acompanhar seu modelo de tratamento. Pesquisa, também, pode ser considerada “um conjunto de procedimentossistemáticos, baseado no raciocínio lógico, que tem por objetivo encontrar soluçõespara problemas propostos, mediante a utilização de métodos científicos”(ANDRADE, 2003 apud FONTE, 2004). O que se pode notar é que pesquisa não éapenas a construção de um projeto de pesquisa como foi apresentado pelos alunos,mas sim produção de conhecimento e possibilidade de respostas a problemasiniciais. Nota-se, portanto, que apesar da maioria dos alunos considerarem a pesquisacientífica como a construção de projeto de pesquisa, outros responderam que éprodução de conhecimento e respostas a uma hipótese. Pode-se perceber que os alunos têm a visão distorcida sobre o conceito depesquisa, pois entendem pesquisa parcialmente (32%), como sendo apenas oprojeto de pesquisa, que é um planejamento da mesma, mas não contém ainda suaconclusão, segundo Silva (2007) o ato de pesquisar requer um planejamentominucioso das etapas a serem observadas, como: seleção do tema de pesquisa,definição do problema a ser investigado, processo de coleta, análise e tratamentodos dados, e apresentação dos resultados. Outros (28%) consideram ser o estudode um assunto específico e produção de conhecimento, o que não se confirma naliteratura, que aponta a interdisciplinaridade de investigações científica de acordocom Araújo e Salgues (2008): “a pesquisa interdisciplinar surge, no contexto universitário, como sendo uma possibilidade de superação da dicotomia ensino-pesquisa, um passo a mais no sentido da interdisciplinaridade. Não é agrupando os saberes, em forma de disciplinas, mas reunindo as atividades dos docentes, pela prática do trabalho cooperativo, juntos em torno de um mesmo problema de pesquisa, que os conhecimentos integrados e interdisciplinares serão produzidos”. Tabela2: Nível de interesse pela área de pesquisa. Porcentagem ( %) Sem interesse 4 Médio interesse 24 Interessado 48 Muito interesse 24 A Tabela 2 vem mostrar o nível de interesse dos alunos pela área depesquisa, conforme os dados levantados, 48% deles se mostrar interessados, 24%possuem médio interesse e muito interesse e apenas 4% não mostram interessealgum. O interesse pela área da pesquisa aparece como sendo maioria, mas aindaexiste um pouco de desinteresse por parte dos alunos. Segundo Silva (2007), sabe-se que nos últimos anos, educadores vêmencontrando grandes dificuldades em trabalhar com a pesquisa na área educacional.Um dos motivos dessas dificuldades poderá ser a falta de aprimoramento no estudode pesquisa e como inseri-la no processo educacional e em sua prática pedagógica, 5 MOVIMENTUM - Revista Digital de Educação Física - Ipatinga: Unileste-MG - V.4 - N.2 – Ago./Dez. 2009.
  6. 6. o que pode muitas vezes gerar o desinteresse por essa área. A autora tambémaponta que “O ato de pesquisar requer um planejamento minucioso das etapas aserem observadas, como: seleção do tema de pesquisa, definição do problema a serinvestigado, processo de coleta, análise e tratamento dos dados, e apresentaçãodos resultados”, o que pode ser uma tarefa muito difícil e complexa para os alunos, oque gera ainda um desinteresse maior. Tabela3: número de projetos de pesquisas realizados. Porcentagem ( %) Nenhum projeto de pesquisa 4 Um projeto 84 Dois projetos 12 Três ou mais projetos - O número de projetos já realizados pelos alunos é analisado na Tabela 3, emconformidade com os resultados apresentados 84% dos alunos já participaram pelomenos de um projeto de pesquisa, sendo que 12% já realizaram dois projetos eapenas 4% nunca realizam uma pesquisa científica. Isso retrata a pouca experiênciados alunos em pesquisa. Observa-se que a maioria dos alunos realizaram apenasum projeto de pesquisa durante todo o período de graduação, isso mostra que estáhavendo pouco incentivo e interesse pela área da pesquisa por parte doseducadores. “Acredita-se que o professor deve aprimorar-se quanto às estratégias de trabalho que devem ser abordadas no ensino da pesquisa, tais como apresentar vários pontos para que o aluno possa despertar quanto ao interesse pela aula e pelo objeto que deverá investigar” ( SILVA, 2007). Tabela 4: a importância da pesquisa científica na formação do profissional de educação física. Nível de importância 1 2 3 Nenhuma importância - - - Pode contribuir para ampliação do conhecimento 56% 16% 12% Aquisição de habilidades como escrita, leitura e 24% 20% 8% interpretação. Facilidade na elaboração de propostas e projetos 20% 32% 20% de intervenção social Outras importâncias - - - OBS: A questão possibilitou mais de uma opção de resposta. A Tabela 4 representa a importância da pesquisa científica na formação doprofissional de educação física. Nesta tabela as alternativas permitiram mais de umaresposta pelos alunos, e elas foram colocados por ordem de interesse, sendo o nível1 maior importância, o nível 2 media importância e o nível 3 menor importância.Esse tipo de alternativas é valido também para as questões 5 e 6 que virão a seguir. Nessa tabela 56% dos alunos responderam que a pesquisa científica podecontribuir para a ampliação do conhecimento, sendo classificada pela maioria comoa alternativa de maior importância na formação profissional, 20% dos alunosresponderam como sendo de menor importância a facilidade na elaboração depropostas e projetos de intervenção social. A pesquisa científica compreende umprocesso que tem início na observação e na formulação de hipóteses explicativas a 6 MOVIMENTUM - Revista Digital de Educação Física - Ipatinga: Unileste-MG - V.4 - N.2 – Ago./Dez. 2009.
  7. 7. respeito do observado. E que prossegue, de acordo com uma metodologiaadequada, com a coleta de dados que, depois de reunidos e organizados, serãoanalisados a partir de um referencial teórico específico com a finalidade de seextraírem conclusões que irão transformar o conhecimento já existente, ampliando,aprofundando ou simplesmente, modificando-o (MEYERS; GROSSEN, 1974 apudYAMAMOTO, 1995). Tabela 5: a maior contribuição da pesquisa científica na ampliação dos conhecimentos profissionais. Nível de importância 1 2 3 Conhecimento acerca das disciplinas – conteúdos 56% 20% - específicos Conhecimentos a respeito do contexto – sociedade e 40% 16% 8% mundo Conhecimento pedagógico 8% 16% 24% Outros conhecimentos - - - OBS: A questão possibilitou mais de uma opção de resposta. A Tabela 5 é semelhante à tabela 4. Nesta tabela é apresentada acontribuição da pesquisa científica na ampliação dos conhecimentos profissionais,quanto a este fator 56% elegeram como sendo de maior importância o nível deconhecimento acerca das disciplinas relacionadas aos conteúdos específicos, e 24%colocaram o conhecimento pedagógico como a menor importância. Segundo Silva (2007) a pesquisa leva a um conhecimento, sendo esseaprofundado, ser capaz de contribuir para o desenvolvimento e, conseguintementepara o conhecimento e compreensão do mundo em que o aluno se insere. Logopode-se falar em pesquisa enquanto processo, procurando sempre obter algo quefavoreça o desenvolvimento cognitivo, pois contribui para crescimento eaprendizagem do “sujeito”. A pesquisa científica possibilita, o aguçamento dacapacidade reflexiva via conhecimento filosófico, ético e estético e o domínioinstrumental da investigação. Ela deve, portanto “abrir a mente” dos graduandospara o mundo da ciência, o que implica não apenas o domínio da metodologia dapesquisa, mas também o desenvolvimento de uma visão sistêmica (TANI, 1999apud BOTELHO; OLIVEIRA, 2006). Tabela 6: maior contribuição da pesquisa científica na formação de habilidades profissionais. Nível de importância 1 2 3 Auxilio nas atividades de planejamento das atividades 16% 12% 24% profissionais Incremento na habilidade de comunicação no âmbito 16% 24% 12% profissional Melhora na habilidade de gestão e organização no 24% 12% 8% trabalho Incentivação ao desenvolvimento profissional 8% 4% - Habilidade de auto – reflexão 36% 12% 8% Outras habilidades - - - OBS: A questão possibilitou mais de uma opção de resposta. 7 MOVIMENTUM - Revista Digital de Educação Física - Ipatinga: Unileste-MG - V.4 - N.2 – Ago./Dez. 2009.
  8. 8. A Tabela 6 mostra a contribuição da pesquisa científica na formação dehabilidades profissionais. Quanto a estas habilidades os 36% dos alunosresponderam como sendo de maior importância a habilidade de auto – reflexão,ainda no nível de maior importância apareceu com 24% a melhora na habilidade degestão e organização no trabalho. Quanto ao nível de menor importância, com 24%das respostas vem o auxílio nas atividades de planejamento das atividadesprofissionais. A produção de conhecimento científico através da pesquisa perpassapor um questionamento de um problema e a solução do mesmo. A pesquisa pode contribuir na formação de habilidades profissionais. SegundoDemo (2005) o questionamento compreende-se a referência à formação do sujeitocompetente, no sentido de ser capaz de, tomando consciência crítica, formular eexecutar projetos próprios de vida no contexto histórico. De acordo com Tani (1999apud BOTELHO; OLIVEIRA, 2006) a iniciação científica possibilita um treinamentointelectual para a aplicação do método científico no desafio ao mundo desconhecidopara obter conhecimentos. Ela estimula e aperfeiçoa a atitude investigativa edesenvolve o raciocínio, tanto dedutivo quanto intuitivo.CONCLUSÃO A pesquisa científica é de extrema importância na formação profissional dequalquer aluno. O que muitas vezes se pode observar é uma falha no sistemaeducacional que não estimula seus alunos a investigarem e a produziremconhecimento. Nessa pesquisa pode-se observar que a maior parte dos alunos vê àpesquisa como elaboração de projeto de pesquisa, sendo que este conceito vaimuito além. A pesquisa científica é uma forma de produzir conhecimento eestabelecer respostas a hipóteses e problemas iniciais, sendo muitas vezes umprocesso complexo e que exige habilidades específicas. Observou-se no estudo também que a maior parte dos alunos realizouapenas um projeto de pesquisa durante todo o curso, mas demostraram-seinteressados pela área de pesquisa. Segundo os alunos entrevistados a importância da pesquisa na formação doprofissional busca contribuir para ampliação do conhecimento: conhecimento acercadas disciplinas, conteúdos específicos, habilidade de auto–reflexão e melhora nahabilidade de gestão e organização no trabalho. Assim pode-se dizer que os alunosestão cientes da importância e da contribuição da pesquisa em sua formação, massão pouco estimulados a produzi-la durante seu curso. A educação física passou por várias transformações em seus currículosdurante esses anos. Antes o profissional de educação física era representado pelafigura do professor e os currículos eram direcionados para a área de licenciatura, oque muitas vezes desestimulavam os alunos. Assim a os cursos de Educação Físicabuscou legitimar essa prática pedagógica através da utilização de métodoscientíficos e a fundamentação teórica para ganhar respaldo no meio acadêmico,científico e na sociedade. 8 MOVIMENTUM - Revista Digital de Educação Física - Ipatinga: Unileste-MG - V.4 - N.2 – Ago./Dez. 2009.
  9. 9. REFERÊNCIASARAÚJO.F.R.de.S, SALGUES.L.J.de.V. A problemática da interdisciplinaridade noscursos de graduação em administração: proposta para reflexão teórica.2006.disponível emwww.ead.fea.usp.br/Semead/8semead/resultado/trabalhosPDF/64.pdf.Acesso em: 13 de novembro de 2008BARROS.J.M.de.C. Educação Física na UNESP de Rio Claro: Bacharelado eLicenciatura. Motriz – Volume 1, Número 1, 71-80, junho/1995.BENITES.L.C, SOUZA NETO.S.de. Educação física e formação profissional. Revistadigital Efdesportes – Buenos Aires, 2005. disponível em :www.efdeportes.com/efd81/efprof.htm, acesso em: 10 de outubro 2008;BETTI.M. Educação física como prática científica e prática pedagógica: reflexão aluz da filosofia da ciência. Revista Brasileira de Educação Física e Esportes. SãoPaulo V.19 n.3, Julho/setembro 2005;BOTELHO.R.G; OLIVEIRA.C.da.C.de. Iniciação científica e formação deProfessores na universidade do estado do rio de janeiro: a produção na área daeducação física. Revista Brasileira de Educação Física, Esporte, Lazer e Dança, v.1, n. 2, p. 34-52, jun. 2006;DEMO. P. Educar pela pesquisa. 7.ed – Campinas São Paulo: autores associados,2005;FONTE.N.N.da. Pesquisa científica: o que é e como se faz. [S.L:s.ed,s.d], 2004;RODRIGUES.A.de.J. Metodologia Científica: completo e essencial para a vidauniversitária. São Paulo :Avercamp , 2006.SILVA.S.A.P.dos.S. Formação profissional em educação física e esporte no Brasil:proposta de mudança. Revista Digital EfDesportes, Buenos Aires, n.58, 2003;disponível em: www.efdeportes.com/efd58/mudanca.htm, acesso em: 10 de outubro2008SILVA,E.L.DA; MENEZES. E.M. Metodologia da pesquisa e elaboração dedissertação, UFSC, 4. ed. Ver. Atual. Florianópolis 2005;SILVA.S.G.de. A contribuição da pesquisa no desenvolvimento da aprendizagem dacriança nas séries iniciais. INAES, Instituto Natalense de Educação Superior, 2007.disponível em: www.ipeprn.edu.br/ief/07.pdf. acesso em: 12 de novembro de 2008;YAMAMOTO.K. Sobre a Formação do Profissional em Pesquisa. RevistaIntegração:ensino, pesquisa e extensão. Ano I, n.º 1, Maio, 1995 APÊNDICE A 9 MOVIMENTUM - Revista Digital de Educação Física - Ipatinga: Unileste-MG - V.4 - N.2 – Ago./Dez. 2009.
  10. 10. QUESTIONÁRIO: A IMPORTÂNCIA DA PESQUISA CIENTÍFICA NA FORMAÇÃO PROFISSIONAL DOS ALUNOS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICADados pessoais:Idade: ( ) abaixo de 20 ( ) de 21 a 25 ( ) de 26 a 30 ( ) acima de 30 anos;Sexo: ( ) masculino ( ) femininoPeríodo: ( ) 7º período ( ) 8º períodoImportância da pesquisa científica:1 – O que você considera como sendo pesquisa científica?a) ( ) Produção de conhecimento;b) ( ) Elaboração de projetos de pesquisa;c) ( ) Conceder respostas a uma hipótese inicial;d) ( ) Estudo específico de um assunto;e) ( ) nenhuma das alternativas acima;f) ( ) Outros - Especificar__________________________________________________________________________________________________________________2 - Como você avalia o seu nível de interesse pela área de pesquisa: a) ( ) sem interesse b) ( ) médio interesse c) ( ) interessado d) ( ) muito interessado3 - De quantos projetos de pesquisa você já participou? a) ( ) nenhum projeto de pesquisa; b) ( )1 projeto de pesquisa; c) ( ) 2 projetos de pesquisa; d ( ) 3 ou mais projetos de pesquisa. 10 MOVIMENTUM - Revista Digital de Educação Física - Ipatinga: Unileste-MG - V.4 - N.2 – Ago./Dez. 2009.
  11. 11. 4 – Para você, qual a importância da pesquisa científica na sua formaçãoprofissional em educação física? Se sentir necessidade de marcar mais de umaalternativa, utilize a escala numerada (numere as 3 que são significativas com aescala 1 – maior importância; 2 – média importância; 3 – menor importante)a) ( ) nenhuma importânciab) ( ) pode contribuir para ampliação do conhecimento;c) ( ) aquisição de habilidades como escrita, leitura e interpretação;d) ( ) facilidades na elaboração de propostas e projetos de intervenção social;e) ( ) outras importâncias:________________________________________________________________________________________________________________5 - Assinale qual a maior contribuição da pesquisa científica na ampliação de seusconhecimentos profissionais. Se sentir necessidade de marcar mais de umaalternativa, utilize a escala numerada (numere as 3 que são significativas com aescala 1 – maior importância; 2 – média importância; 3 – menor importante)a) ( ) Conhecimentos acerca das disciplinas – conteúdos específicos;b) ( ) Conhecimentos a respeito do contexto – sociedade e mundo;c) ( ) Conhecimentos pedagógicos;d) ( ) Outros conhecimentos. Especificar: _________________________________________________________________________________________________6 - Assinale qual a maior contribuição da pesquisa científica na formação de suashabilidades profissionais. Se sentir necessidade de marcar mais de uma alternativa,utilize a escala numerada (numere as 3 que são significativas com a escala 1 –maior importância; 2 – média importância; 3 – menor importante)a) ( ) Auxílio nas atividades de planejamento das atividades profissionais;b) ( ) Incremento na habilidade de comunicação no âmbito profissional;c) ( ) Melhora na habilidade de avaliação nos processos de trabalho;d) ( ) Aumento das habilidades de gestão e organização no trabalho;e) ( ) Incentivo ao desenvolvimento profissional;f) ( ) Habilidade de auto-reflexão;g) ( ) Outras habilidades. Especificar: _________________________________ 11 MOVIMENTUM - Revista Digital de Educação Física - Ipatinga: Unileste-MG - V.4 - N.2 – Ago./Dez. 2009.

×