Histologia I 
Tecido Sanguíneo
O sangue (originado pelo tecido hemocitopoiético) é um 
tecido altamente especializado, formado por alguns tipos de 
célul...
Plaquetas 
Plaquetas são restos celulares originados da 
fragmentação de células gigantes da medula óssea, conhecidas 
com...
Da mesma forma, se tivermos menos plaquetas do que o 
normal, teremos problema de coagulação do sangue, levando a 
casos d...
Glóbulos vermelhos 
Os eritrócitos, também designados como hemácias ou glóbulos 
vermelhos dão a cor vermelha característi...
As hemácias vivem em nosso organismo por até 120 dias. 
Isso significa que no decorrer de uma vida são produzidas e 
destr...
Glóbulos brancos 
Glóbulos brancos, também chamados de leucócitos (do grego, 
leukós = branco), são células sanguíneas env...
Essa ação pode ser percebida através do aumento do tamanho 
de gânglios, sobretudo os localizados logo abaixo da pele, que...
Tipos de leucócitos 
- Neutrófilos (granulócito) - fagocitose 
- Eosinófilos (granulócito) - fagocitose 
- Basófilos (gran...
Hematopoese 
A hematopoese, também conhecida 
como hemocitopoese ou hematopoiese é o processo de renovação 
celular do san...
Na vida pós-natal, os eritrócitos, granulócitos, linfócitos, 
monócitos e plaquetas se originam a partir de células-tronco...
Bibliografia 
Texto y atlas de Histologia, Leslie P, Gartnet / J. I. Hiatt, 2° 
Edição.
Histologia - Sistema Sanguíneo
Histologia - Sistema Sanguíneo
Histologia - Sistema Sanguíneo
Histologia - Sistema Sanguíneo
Histologia - Sistema Sanguíneo
Histologia - Sistema Sanguíneo
Histologia - Sistema Sanguíneo
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Histologia - Sistema Sanguíneo

826 visualizações

Publicada em

Tecido sanguineo

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
826
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Histologia - Sistema Sanguíneo

  1. 1. Histologia I Tecido Sanguíneo
  2. 2. O sangue (originado pelo tecido hemocitopoiético) é um tecido altamente especializado, formado por alguns tipos de células, que compõem a parte figurada, dispersas num meio líquido – o plasma -, que corresponde à parte amorfa. Os constituintes celulares são: glóbulos vermelhos (também denominados hemácias ou eritrócitos); glóbulos brancos (também chamados de leucócitos). O plasma é composto principalmente de água com diversas substâncias dissolvidas, que são transportadas através dos vasos do corpo.
  3. 3. Plaquetas Plaquetas são restos celulares originados da fragmentação de células gigantes da medula óssea, conhecidas como megacariócitos. Possuem substâncias ativas no processo de coagulação sanguínea, sendo, por isso, também conhecidas como trombócitos (do grego, thrombos = coágulo), que impedem a ocorrência de hemorragias.
  4. 4. Da mesma forma, se tivermos menos plaquetas do que o normal, teremos problema de coagulação do sangue, levando a casos de trombocitopenia ou plaquetopenia. E se nossas plaquetas não estiverem funcionando de forma normal, podemos ter alguma doença como Doença de von Willebrand, Síndrome Scott, Trombastenia de Glanzmann e Síndrome de Bernard-Soulier.
  5. 5. Glóbulos vermelhos Os eritrócitos, também designados como hemácias ou glóbulos vermelhos dão a cor vermelha característica do sangue. Isso ocorre porque eles contêm um pigmento vermelho, denominado hemoglobina. E, como os eritrócitos estão presentes no sangue em muito maior quantidade que as outras células, incolores, todo o sangue parece ser vermelho.
  6. 6. As hemácias vivem em nosso organismo por até 120 dias. Isso significa que no decorrer de uma vida são produzidas e destruídas uma infinidade de eritrócitos, sendo que, a cada dia que passa morrem em média 20 mil hemácias por milímetro cúbico de sangue. Em sua fase terminal, a maioria dessas células estão localizadas no baço, órgão situado no lado esquerdo.
  7. 7. Glóbulos brancos Glóbulos brancos, também chamados de leucócitos (do grego, leukós = branco), são células sanguíneas envolvidas com a defesa do organismo. Essa atividade pode ser exercida por fagocitose ou por meio da produção de proteínas de defesa, os anticorpos. Costuma-se classificar os glóbulos brancos de acordo com a presença ou ausência, em seu citoplasma, de grânulos específicos, e agranulócitos, os que não contêm granulações específicas, comuns a qualquer célula.
  8. 8. Essa ação pode ser percebida através do aumento do tamanho de gânglios, sobretudo os localizados logo abaixo da pele, que revela a existência de infecções. O leucócito não é como as células normais do corpo, age como um organismo vivo independente e unicelular, com capacidade de locomoção e de capturar microrganismos por conta própria. Em uma pessoa sadia o número oscila entre 5 e 11 mil leucócitos por ml de sangue, já em uma situação de resposta a processos infecciosos esta quantidade pode triplicar para poder atacar com eficácia os microrganismos invasores. A secreção amarelada (pus) que aparece em lesões nos tecidos, tem em sua composição uma grande massa de leucócitos juntamente a outros resíduos.
  9. 9. Tipos de leucócitos - Neutrófilos (granulócito) - fagocitose - Eosinófilos (granulócito) - fagocitose - Basófilos (granulócito) - fagocitose - Monócitos (agranulócito) - fagocitose - Linfócitos (agranulócito) - defesa específica
  10. 10. Hematopoese A hematopoese, também conhecida como hemocitopoese ou hematopoiese é o processo de renovação celular do sangue por meio de processos mitóticos, pois estas células possuem vida muito curta. Esse processo ocorre nos órgão hemocitopoéticos (ou hematopoéticos). As primeiras células sanguíneas do embrião surgem muito precocemente, no mesoderma do saco vitelínico. Posteriormente, ofígado e o baço funcionam como órgãos hemocitopoéticos temporários. Entretanto, no segundo mês de vida intra-uterina, já é iniciado o processo de ossificação da clavícula e tem início a formação da medula óssea, que se torna cada vez mais importante como órgão hemocitopoético.
  11. 11. Na vida pós-natal, os eritrócitos, granulócitos, linfócitos, monócitos e plaquetas se originam a partir de células-tronco da medula óssea vermelha. Conforme o tipo de glóbulo formado, o processo recebe os seguintes nomes: eritropoese, granulocitopoese, linfocitopoese,monocitopoese e megacari ocitopoese. Muitos linfócitos são formados na medula óssea, porém existe proliferação dessas células nos órgãos linfáticos, a partir de linfócitos originados na medula óssea. As células sanguíneas passam por muitos estágios de diferenciação e maturação na medula óssea, antes de passarem para o sangue.
  12. 12. Bibliografia Texto y atlas de Histologia, Leslie P, Gartnet / J. I. Hiatt, 2° Edição.

×