Weekly report 12a18julho2010

289 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
289
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
59
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Weekly report 12a18julho2010

  1. 1. Brasil De 12 a 18 de julho
  2. 2. Jantares multisensoriais O que te emociona quando o assunto é comida? O cheiro? O apelo visual? O gosto de pratos que você amava comer quando era criança? Ou a genialidade com os ingredientes são criativamente misturados para criar sabores inesquecíveis? Há algum tempo os estrelados restaurantes europeus vêm explorando ao máximo os sentidos de quem está disposto a experimentar jantares realmente memoráveis. E agora o design e a tecnologia também entram na “brincadeira” para impressionar. Em parceria com o restaurante espanhol Arzak, a Philips Design criou uma linha de pratos conceituais que se iluminam a media que o alimento está sob a louça. Ela integra iluminação por condução, libera fragrâncias selecionadas, microvibrações e estímulos elétricos que afetam a comida e a experiência do jantar por completo de uma maneira súbita e emociona até os mais críticos. Imagens ilustrativas
  3. 3. Tramas em alta Imagens ilustrativas Muitos brasileiros torceram o nariz, mas o crochê definitivamente está em alta. O tom artesanal das peças vem sendo valorizado por nomes como Chanel, Missoni, Diane Von Furstenberg e Maison Martin Margiela nos últimos desfiles internacionais. E não foi só na moda: o crochê também caiu nas graças do design. Em Roma, a americana Magda Sayeg apresentou um Smart super charmoso todo coberto de crochê, sua marca registrada. Também estão em nosso radar bicicletas com a mesma estética em NY, e as capas para notebooks da americana Krochet Kids, que são feitas em Uganda. Já temos uma dica de como será o verão brasileiro.
  4. 4. E o sinal? Cadê? Essa semana o site Consumers Reports anunciou que desaconselha a compra do iPhone 4 pois, após testarem diversos aparelhos em condições especiais, concluiram que ele tem uma falha grave em seu design. Quando se segura o iPhone pelo seu canto inferior há uma brusca queda de sinal que pode interromper ligações. A Apple por sua vez aconselha os clientes a comprarem uma capinha ou segurar o celular de outra maneira. Vídeos na internet têm circulado com pessoas demonstrando quando o celular pára de pegar completamente e também como resolver o problema isolando a antena com fita crepe (!). O problema foi tão grave que as ações da empresa caíram quase oito por cento segundo a revista Wired depois de começarem os primeiros rumores sobre o pequeno defeito. Imagens ilustrativas
  5. 5. Isso não é normal A Webcitizen, o coletivo Cia de Foto e o jornal Estadão uniram-se em uma iniciativa muito especial, e tão urgente quanto: o site “Isso não é normal”. A ação coletiva tem como principal objetivo discutir os problemas do atual modelo urbano de São Paulo, que sofre com as mudanças climáticas, o consumo excessivo, a poluição, os sistemas de transporte, a alimentação, e o estilo de vida que não pode ser normal. O site é um convite a refletir e terá uma série também voltada as regiões Sul e Nordeste. Afinal, em tempos de desenvolvimento econômico, como será possível crescer em meio ao caos? Imagens ilustrativas
  6. 6. A história de um produto Fazer doações de coisas que você não usa mais é um gesto super bacana. Mas não seria mais bacana ainda para quem recebe essas peças que elas conhecessem a história daquele produto? De onde veio? Porque está ali? Uma ação colaborativa entre a institução Oxfam e a TOTeM (Tales of things and eletronic memory – a história das coisas e memória eletrônica) resolve esse problema! Eles apresentaram em um festival em Manchester o projeto Remember m e, onde quem doa conta a história do produto em um microfone e, esse arquivo de áudio é colocado na etiqueta desse produto que fica armazenado na loja da Oxfam. Por sua vez, os visitantes da loja utilizam seus smartphones com o aplicativo do projeto instalado para fazer a leitura da etiqueta que vai emitir o arquivo de áudio onde o ex dono daquele produto conta sua história. Doar está se tornando cada vez mais humano. E divertido. Imagens ilustrativas
  7. 7. Este produto é distribuído gratuitamente pela Inspiral Consultoria e Gestão de Marcas. www.inspiral.com.br

×