Brasil 
De 30 de agosto a 03 de setembro de 2010
Menos é mais
                                        
As notícias não páram de pipocar: a TAM vendendo
                   ...
Clipes Interativos
                                         A Banda Arcade Fire chamou a atenção nesta semana
            ...
Santo brigadeiro!
                                        Docinho democrático, sem maiores complicações, o
               ...
Surpresa viral
                                          
Neste ano, nada fez melhor dupla com o fator surpresa
          ...
Felicidade
                                      
A felicidade é tendência. Revistas como IstoÉ e Galileu
                ...
Este produto é distribuído gratuitamente pela Inspiral Consultoria e Gestão de Marcas. www.inspiral.com.br
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Weekly report 30 de agosto a 03 de setembro

1.268 visualizações

Publicada em

Nosso report semanal de inspiração para quem é apaixonado por inovação.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.268
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
654
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Weekly report 30 de agosto a 03 de setembro

  1. 1. Brasil De 30 de agosto a 03 de setembro de 2010
  2. 2. Menos é mais As notícias não páram de pipocar: a TAM vendendo bilhetes nas Casas Bahia em 12 vezes, o Carrefour recebendo linha de crédito para viagens da Caixa Econômica Federal, a Azul vendendo passagens no Magazine Luiza. Com a expectativa de novos 10,7 milhões de usuários nos aeroportos brasileiros, representantes das classes C e D, haverá a necessidade de investimento em infraestrutura de 5,5 bilhões, segundo a Infraero. E é só dar uma passeada pelos aeroportos para ver que algo já mudou por ali. Novos públicos estão invadindo as pontes aéreas e outros destinos e mudando o comportamento de quem já era acostumado ao vai e vêm nos aviões. Para evitar filas provocadas pelo novo público que ainda está conhecendo a dinâmica dos aeroportos, companhias aéreas perceberam crescimento significativo do web check in e aumentaram o número de tótens de auto- atendimento. Além disso, executivos diminuíram bagagens, até em viagens de longa distância, para evitar o despacho e demoras adicionais. Soluções alternativas como o check in via aplicativo do iPhone também colaboram para a comodidade de quem está percebendo que menos é mais para quem quer ganhar tempo. Imagens ilustrativas
  3. 3. Clipes Interativos A Banda Arcade Fire chamou a atenção nesta semana com o lançamento do clipe interativo “The Wilderness Downtown”. O vídeo usa HTML5 e foi desenvolvido para ser visto exclusivamente no navegador Google Chrome. Com doses de interatividade e nostalgia, o clipe acontece: você digita a sua cidade e a rua onde nasceu e o Google Maps e o Google Street são acionados e formam imagens em tempo real para o seu clipe personalizado. O resultado é surpreendente e cheio de emoção. Mas infelizmente só funciona para cidades nos EUA. Para quem pensa que no Brasil não temos nossos exemplos, o primeiro clipe interativo tupiniquim veio da dupla Zezé de Camargo e Luciano, onde se pode colocar uma foto pessoal que será reproduzida durante o clipe. Outros casos recentes são das bandas Caps Lock, que te dá o poder de escolher o final do clipe da música “Pode o sol sair” ou da paulista Ecos Falsos que dá a oportunidade de deixar a pessoa que estiver assistindo ao clipe de “Spam do amor”, participar e tocar a música com a banda. “É como um guitar hero a custo zero”dizem os artistas. Imagens ilustrativas
  4. 4. Santo brigadeiro! Docinho democrático, sem maiores complicações, o brigadeiro é lindo, delicioso e alguns acreditam até na sua função terapêutica. Brasileiríssimo e criado logo após a segunda guerra mundial devido ao racionamento de alguns ingredientes, ele está ficando tão importante que até ganhou ateliês especializados em degustação de brigadeiros gourmet, com produtos exclusivos como chocolate de origem misturados com técnicas de pâtisserie, e técnicas caseiras herdadas de avó e mãe. Recentemente a doceria Maria Brigadeiro inovou e criou uma embalagem especial para mulheres que sofrem de TPM. As pílulas? Brigadeiros sortidos. Uma onda de “brigadeirias” anda tomando conta de shoppings e cantinhos comerciais charmosos. Agora embalados para seduzir qualquer um, o brigadeiro pode virar febre no Brasil. Ou curar a febre de quem não resiste a ele! Imagens ilustrativas
  5. 5. Surpresa viral Neste ano, nada fez melhor dupla com o fator surpresa do que o Youtube. No início do ano, a Coca-Cola divulgou duas ações pelo canal: a Máquina da Felicidade e a Máquina da Amizade. Nas primeira, consumidores foram surpreendidos pela vending machine da bebida, que encantavam clientes com entregas acima das expectativas, flores, pizzas, sanduíches de metro, copos com gelo e dezenas de refrigerantes gratuitos. Na segunda, uma máquina de 3m de altura dava 2 refrigerantes pelo preço de 1, mas os botões só podiam ser acessados com a ajuda de amigos. As duas ações foram microscópicas no ambiente real perto da repercussão no ambiente virtual: quase 3 milhões de visualizações. No Brasil, para provar que “o sanduíche era feito na hora”, o Burguer King estampou na embalagem a foto dos clientes na hora do pedido de uma loja em São Paulo, registrou e publicou. A ação rodou o mundo. Na Copa foi a vez da seleção brasileira ser surpreendida pela TAM, que exibiu um filme feito colaborativamente com torcedores com palavras de incentivo para a seleção pelo YouTube. As vezes a estratégia é encantadora e e a consequência é ótima. Mas as vezes, como no caso da Copa, não. Imagens ilustrativas
  6. 6. Felicidade A felicidade é tendência. Revistas como IstoÉ e Galileu dedicaram suas capas na última semana a desvendar a felicidade e anunciar que os brasileiros nunca foram tão felizes. Será? Enquanto uma defende que o crescimento econômico faz o povo brasileiro mais feliz, a outra diz que para ser feliz não necessariamente é preciso ter dinheiro. Para os economistas é um consenso que exista uma relação entre o aumento de renda das pessoas e a sensação de bem-estar. E, de fato, os avanços na economia brasileira têm proporcionado mais otimismo à população. Nesse sentido, vivemos o ápice do bem- estar. Psicólogos, cientistas e economistas chegaram mesmo à conclusão de que sim, dinheiro traz felicidade. Mas não tanto quanto imaginamos. As mais recentes pesquisas mostram também que essa felicidade não depende de quanto dinheiro você tem na sua conta bancária, e sim do que você vai fazer com ele. Gastar com investimentos em boas experiências de vida, relacionamentos, uma boa refeição, ou um curso em uma cidade legal constroem o que chamamos de felicidade, e nos ajuda a estabelecer conexões pessoais. No dia 29 de outubro estréia “A Suprema Felicidade”, escrito e dirigido por Arnaldo Jabor, que provoca em seu Twitter: “felicidade é entrar num circuito comercial de sorrisos e festas e virar objeto de consumo.” Vamos assistir e decidir? Imagens ilustrativas
  7. 7. Este produto é distribuído gratuitamente pela Inspiral Consultoria e Gestão de Marcas. www.inspiral.com.br

×