PNEU É FUNDAMENTAL
INDÚSTRIA BRASILEIRA DE PNEUMÁTICOS 26,2 mil 100 mil   empregos       empregos    diretos        indiretosDesenvolvimento ...
CONSEQUÊNCIA INEVITÁVEL
PNEU               Mas pode...INSERVÍVEL         Ocupar volume em                   aterros e rios                   Entup...
COMO CUIDARDESSA QUESTÃO                       ?1999CONAMA:Resolução 258/99ANIP: Programa Nacional de Coletae Descarte de ...
LOGÍSTICA REVERSA DO PNEU INSERVÍVELCriação de pontos de coletaTrituração do materialDestinação para outras indústrias Até...
COMORECICLANIP                          ESTRUTURAREntidade sem fins lucrativos                                    MELHOR E...
ESTREITAMENTO DE    PARCERIAS PARAEVOLUÇÃO CONTÍNUA       DO PROCESSO       Sociedade          civil             Entidades...
R TE                     T RANSPO                  DEP O NT O D                           Valorizaçã STINO                ...
DESTINAÇÕES         REUTILIZAÇÃO DEAMBIENTALMENTE       MATÉRIA-PRIMAADEQUADAS         Artefatos                  de Borra...
REFERÊNCIAMUNDIAL EMPROGRAMADE PÓS-CONSUMO ELOGÍSTICA REVERSA
CRESCIMENTO           DO PROGRAMA       PONTOS DE COLETA                             2012                          (maio) ...
>365 dias do anoDia ou noiteChuva ou solDe norte a sul do paísDezenas de caminhões
De 1999 atémaio de 2012400 milhõesde pneus coletadosUS$ 175 milhõesde investimentos
DIÁLOGO ESTABELECIDOCOM O GOVERNO     Resolução do      IBAMA       CONAMA              Julho de 2011  atualizada em 2009
RECONHECIMENTO na Categoria “Economia”
NOVOSDESAFIOSFomentar novas destinaçõesTornar o pneu um resíduode valor positivoMais responsabilidadecompartilhada
NOSSAAMBIÇÃO   Ser referência para o mundo na   contribuição para o desenvolvimento   sustentável de uma nação
RECICLANIPContribuindo para colocar       o Brasil no caminho       da sustentabilidade
Reciclanip - Eugenio Deliberato
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Reciclanip - Eugenio Deliberato

1.029 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Reciclanip - Eugenio Deliberato

  1. 1. PNEU É FUNDAMENTAL
  2. 2. INDÚSTRIA BRASILEIRA DE PNEUMÁTICOS 26,2 mil 100 mil empregos empregos diretos indiretosDesenvolvimento econômico
  3. 3. CONSEQUÊNCIA INEVITÁVEL
  4. 4. PNEU Mas pode...INSERVÍVEL Ocupar volume em aterros e rios Entupir redes de esgotoNão é tóxico Ser foco para mosquito daNão é inflamável dengue
  5. 5. COMO CUIDARDESSA QUESTÃO ?1999CONAMA:Resolução 258/99ANIP: Programa Nacional de Coletae Descarte de Pneus Inservíveis
  6. 6. LOGÍSTICA REVERSA DO PNEU INSERVÍVELCriação de pontos de coletaTrituração do materialDestinação para outras indústrias Até 2006 220 pontos de coleta 611 mil toneladas de pneus coletados
  7. 7. COMORECICLANIP ESTRUTURAREntidade sem fins lucrativos MELHOR ESSEFortalecimento das iniciativas deColeta e Destinação de Pneus PROGRAMA?InservíveisRealiza a gestão da logísticareversa do produto
  8. 8. ESTREITAMENTO DE PARCERIAS PARAEVOLUÇÃO CONTÍNUA DO PROCESSO Sociedade civil Entidades públicas
  9. 9. R TE T RANSPO DEP O NT O D Valorizaçã STINO o energét E COLETA Reutilizaç ão de ma ica téria-prim a
  10. 10. DESTINAÇÕES REUTILIZAÇÃO DEAMBIENTALMENTE MATÉRIA-PRIMAADEQUADAS Artefatos de Borracha 8,5% VALORIZAÇÃO Asfalto ENERGÉTICA 2,0% Cimenteiras Construção Civil 63,4% 1,5% Siderúrgica Pisos/ Gramados 7,0% 10,5% Pirolise Laminação 0,1% 7,0%
  11. 11. REFERÊNCIAMUNDIAL EMPROGRAMADE PÓS-CONSUMO ELOGÍSTICA REVERSA
  12. 12. CRESCIMENTO DO PROGRAMA PONTOS DE COLETA 2012 (maio) 2006 220 743VOLUME COLETADO (toneladas) 2012 (maio)2006611 2,0mi
  13. 13. >365 dias do anoDia ou noiteChuva ou solDe norte a sul do paísDezenas de caminhões
  14. 14. De 1999 atémaio de 2012400 milhõesde pneus coletadosUS$ 175 milhõesde investimentos
  15. 15. DIÁLOGO ESTABELECIDOCOM O GOVERNO Resolução do IBAMA CONAMA Julho de 2011 atualizada em 2009
  16. 16. RECONHECIMENTO na Categoria “Economia”
  17. 17. NOVOSDESAFIOSFomentar novas destinaçõesTornar o pneu um resíduode valor positivoMais responsabilidadecompartilhada
  18. 18. NOSSAAMBIÇÃO Ser referência para o mundo na contribuição para o desenvolvimento sustentável de uma nação
  19. 19. RECICLANIPContribuindo para colocar o Brasil no caminho da sustentabilidade

×