Rio+20 - Sustentabilidade e resíduos sólidos

903 visualizações

Publicada em

Apresentação realizada na Rio+20, dentro do projeto de sustentabilidade do Sebrae, juntamente com Julianna Antunes da Agência de Sustentabilidade.

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
903
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
147
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Rio+20 - Sustentabilidade e resíduos sólidos

  1. 1. TI VERDEe a destinação de resíduoseletrônicos:ganhos econômicos esocioambientais.
  2. 2. comunicação+design agência desustentabilidade
  3. 3. Política Nacional deRESÍDUOSSÓLIDOS
  4. 4. Política Nacional deRESÍDUOS SÓLIDOS
  5. 5. as mudanç e oportunidadações governamentais inclusão socialuma “nova” indústria novos hábitos da população
  6. 6. O que é LOGÍSTICAElaboração e execução de umprograma de treinamento emsustentabilidade visando àatualização/formação denegociadores sobre novosprocedimentos no relacionamentocom fornecedores da BR Foods. ?
  7. 7. Aplicações da Logística Reversa• Devolução do cliente por qualquer motivo;• Retorno para reparos ou serviços;• Contêineres retornáveis;• Retorno de produtos de leasing;• Final do ciclo de vida de um produto.
  8. 8. Aplicações da Logística Reversa• Devolução do cliente por qualquer motivo;• Retorno para reparos ou serviços;• Contêineres retornáveis;• Retorno de produtos de leasing;• Final do ciclo de vida de um produto.
  9. 9. RemanufaturaReciclagem
  10. 10. o PROBLEMAe o caminho para asolução. EXTRAÇÃO RECICLAGEM SISTEMA INDUSTRIAL PRODUTOR CONSUMIDOR RECICLADOR
  11. 11. COMÉRCIO INDÚSTRIA EEE BEM DE PÓS VENDA RESÍDUOS INDUSTRIAIS BEM DE PÓS CONSUMO GARANTIA/ FIM DE EM CONDIÇÕES EMBALAGEM COMERCIAL QUALIDADE VIDA ÚTIL DE USO EMPRESAS SEGREGADORAS SUBSTITUIÇAO VALIDADE ESTOQUE COMPONENTE DO PRODUTO TRIAGEM RETORNO AO CICLO DE NEGÓCIOS PROJETOS DESMANCHE REUSO SOCIAIS MERCADO DE BENS SECUNDÁRIOS DISPOSIÇÃO REMANUFATURA RECICLAGEM FINAL MERCADOSECUNDÁRIO USINAS RECICLADOR INCINERAÇÃO EXPORTAÇÃO LOCAL DE COMPONENTESa ecologia MERCADO SECUNDÁRIO DE MATÉRIA PRIMA RETORNO AO CICLO PRODUTIVOINDUSTRIAL
  12. 12. A IMPORTÂNCIA da logística reversa nos dias de hoje
  13. 13. ESCASSEZde matériaprima
  14. 14. Ciclo de vida de produtos eletrônicos cada vezMENORES
  15. 15. Muitos produtos podem ser REUTILIZADOS
  16. 16. Menor gasto energético na remanufatura
  17. 17. LEI
  18. 18. Logística direta Logística reversa Baseada nos princípios e leis ambientais,Baseada no lucro e otimização dos custos assim como lucro e otimização de custosA demanda do produto é mais simples de É mais complexo prever o retorno dose prever produtoOs tempos de processamento e as etapas O processo depende da condição desão bem definidas retorno do produto Os produtos são coletados em diferentesOs bens são transportados de uma localidades e direcionados a uma únicalocalidade para diversas outras instalaçãoVelocidade é uma vantagem competitiva Velocidade não é um fator crítico Grande variação de embalagem/falta deEmbalagem padrão para os produtos embalagemEstimativa de custos é mais simples, devido Complexidade na visualização ea sistemas de contabilidade determinação de fatores de custo
  19. 19. Logística direta Logística reversaGerenciamento consistente de inventário Gerenciamento de inventário inconsistente Dificuldade de prever determinadasAs implicações financeiras são claras implicações financeirasProcessos de alta visibilidade devido ao Falta de recursos dos sistemas informaçãorastreamento dos produtos em tempo real para rastreamento do produtoMudanças no ciclo de vida do produto mais Ajuste às mudanças do ciclo de vida dofáceis de gerenciar produto mais complexasImportância primária para a área de Importância primária para o processo de EOLmanufatura (remanufatura, reciclagem etc) Dificuldade em padronizar processos dada aProdutos e processos padronizados diversidade e condições dos produtos coletadosMAIS DETERMINISTA MAIS ESTOCÁSTICO
  20. 20. O impactoda logística reversa
  21. 21. as DIFICULDADES falta de cultura de reciclagem logistica suporte governamental tempo para resultados
  22. 22. Os desafios e asoportunidadesda Logística Reversa
  23. 23. Eficiência operacional
  24. 24. Redução decustos de produção
  25. 25. treinamento / qualificação inclusão digital remanufatura novas funções inovaçõesreuso.a primeira opção
  26. 26. fortalecimentode setores daeconomia
  27. 27. novosmercados
  28. 28. novos empregos
  29. 29. Controle daINFORMAÇÃO
  30. 30. Relacionamentomultistakeholders
  31. 31. Criação de PROCESSOS
  32. 32. tempo deciclo
  33. 33. gestão
  34. 34. COMPROMETIMENTO
  35. 35. EDUCAÇÃO
  36. 36. um movimento contínuo...
  37. 37. Como ajudamos nossos clientes atransformar o mundo?
  38. 38. TRANSIÇÃOpara um modelo de negócio sustentávelIMPRESCINDÍVEL TRANSFORMAÇÃO VISÃO Licença para Engajamento Benchmarking para operar interno a sustentabilidade
  39. 39. Como atuamos Estratégia Gestão da Mudança• Planejamento estratégico sustentável • Planejamento da mudança• Cenários de sustentabilidade • Comunicação da sustentabilidade• Inovação para a sustentabilidade • Engajamento de stakeholders Mudança SUSTENTABILIDADE Performance Valor Operação sustentável Programa de educação para a sustentabilidade• Gerenciamento da rotina de sustentabilidade • Formação de massa crítica• Processos sustentáveis para a sustentabilidade• Relacionamento com stakeholders
  40. 40. Dúvidas?
  41. 41. agenciadesustentabilidade.com.br sustentabilidadecorporativa.com 21 8515-8195 / 21 8114-3576 contato@agenciadesustentabilidade.com.br agência desustentabilidade
  42. 42. about.me/pbprado by3.com.br @pbpradocomunicação+design 21 7568-9178
  43. 43. riosoft.softex.br tirio.org.br sebrae.com.br

×