SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 26
Baixar para ler offline
HISTÓRIA  DA  LÍNGUA PORTUGUESA Fenómenos da Evolução Fonética  da Língua Portuguesa
FONEMA ,[object Object]
EVOLUÇÃO  ,[object Object],[object Object]
1. PRINCÍPIO DO MENOR ESFORÇO  ,[object Object],Princípios orientadores da Evolução Fonética
2. PRINCÍPIO DA LENTA EVOLUÇÃO ,[object Object],Princípios orientadores da Evolução Fonética
3. PRINCÍPIO DA INCONSCIÊNCIA ,[object Object],Princípios orientadores da Evolução Fonética
TRANSFORMAÇÕES FONÉTICAS QUEDA ADIÇÃO ALTERAÇÃO
QUEDA
AFÉRESE ,[object Object],[object Object]
SÍNCOPE ,[object Object],[object Object]
APÓCOPE ,[object Object],[object Object]
ADIÇÃO
PRÓTESE ,[object Object],[object Object]
EPÊNTESE ,[object Object],[object Object]
PARAGOGE ,[object Object],[object Object]
ALTERAÇÃO
ASSIMILAÇÃO ,[object Object],[object Object]
DISSIMILAÇÃO ,[object Object],[object Object]
NASALAÇÃO ,[object Object],[object Object]
DESNASALAÇÃO ,[object Object],[object Object]
VOCALIZAÇÃO ,[object Object],[object Object]
CONSONANTIZAÇÃO ,[object Object],[object Object]
SONORIZAÇÃO
PALATALIZAÇÃO ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
CONTRACÇÃO ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
METÁTESE ,[object Object],[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Oh! como se me alonga, de ano em ano
Oh! como se me alonga, de ano em anoOh! como se me alonga, de ano em ano
Oh! como se me alonga, de ano em anoHelena Coutinho
 
Fernando pessoa ortónimo
Fernando pessoa ortónimoFernando pessoa ortónimo
Fernando pessoa ortónimoAndré Andros
 
Cantigas de amigo - resumo
Cantigas de amigo - resumoCantigas de amigo - resumo
Cantigas de amigo - resumoGijasilvelitz 2
 
Heteronimo Alberto Caeiro
Heteronimo Alberto CaeiroHeteronimo Alberto Caeiro
Heteronimo Alberto CaeiroPedro Martins
 
Síntese fernando pessoa
Síntese fernando pessoaSíntese fernando pessoa
Síntese fernando pessoalenaeira
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 82
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 82Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 82
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 82luisprista
 
Contextualização fernando pessoa
Contextualização fernando pessoaContextualização fernando pessoa
Contextualização fernando pessoaAna Isabel Acciaioli
 
Ode Triunfal de Álvaro de Campos
Ode Triunfal de Álvaro de CamposOde Triunfal de Álvaro de Campos
Ode Triunfal de Álvaro de Camposguest3fc89a1
 
Lírica de Luís de Camões
Lírica de Luís de Camões Lírica de Luís de Camões
Lírica de Luís de Camões Lurdes Augusto
 
Aquela triste e leda madrugada - Luís de Camões ( Análise )
Aquela triste e leda madrugada - Luís de Camões ( Análise )Aquela triste e leda madrugada - Luís de Camões ( Análise )
Aquela triste e leda madrugada - Luís de Camões ( Análise )Nuno Eusébio
 
Valor modal das frases
Valor modal das frasesValor modal das frases
Valor modal das frasesnando_reis
 
Análise de poemas de Fernando Pessoa
Análise de poemas de Fernando PessoaAnálise de poemas de Fernando Pessoa
Análise de poemas de Fernando PessoaMargarida Rodrigues
 
Análise do poema: "O que há em mim é sobretudo cansaço" - Álvaro de Campos
Análise do poema: "O que há em mim é sobretudo cansaço" - Álvaro de CamposAnálise do poema: "O que há em mim é sobretudo cansaço" - Álvaro de Campos
Análise do poema: "O que há em mim é sobretudo cansaço" - Álvaro de CamposEscola Secundária de Santa Maria da Feira
 
Resumos de Português: Camões lírico
Resumos de Português: Camões líricoResumos de Português: Camões lírico
Resumos de Português: Camões líricoRaffaella Ergün
 
Regulação hormonal
Regulação hormonalRegulação hormonal
Regulação hormonalTânia Reis
 

Mais procurados (20)

Oh! como se me alonga, de ano em ano
Oh! como se me alonga, de ano em anoOh! como se me alonga, de ano em ano
Oh! como se me alonga, de ano em ano
 
Fernando pessoa ortónimo
Fernando pessoa ortónimoFernando pessoa ortónimo
Fernando pessoa ortónimo
 
Cantigas de amigo - resumo
Cantigas de amigo - resumoCantigas de amigo - resumo
Cantigas de amigo - resumo
 
Heteronimo Alberto Caeiro
Heteronimo Alberto CaeiroHeteronimo Alberto Caeiro
Heteronimo Alberto Caeiro
 
Síntese fernando pessoa
Síntese fernando pessoaSíntese fernando pessoa
Síntese fernando pessoa
 
áLvaro de campos
áLvaro de camposáLvaro de campos
áLvaro de campos
 
Camões lírico 2017
Camões lírico 2017Camões lírico 2017
Camões lírico 2017
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 82
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 82Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 82
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 82
 
Contextualização fernando pessoa
Contextualização fernando pessoaContextualização fernando pessoa
Contextualização fernando pessoa
 
Fernando Pessoa-Ortónimo
Fernando Pessoa-OrtónimoFernando Pessoa-Ortónimo
Fernando Pessoa-Ortónimo
 
Ode Triunfal de Álvaro de Campos
Ode Triunfal de Álvaro de CamposOde Triunfal de Álvaro de Campos
Ode Triunfal de Álvaro de Campos
 
Lírica de Luís de Camões
Lírica de Luís de Camões Lírica de Luís de Camões
Lírica de Luís de Camões
 
Aquela triste e leda madrugada - Luís de Camões ( Análise )
Aquela triste e leda madrugada - Luís de Camões ( Análise )Aquela triste e leda madrugada - Luís de Camões ( Análise )
Aquela triste e leda madrugada - Luís de Camões ( Análise )
 
Valor modal das frases
Valor modal das frasesValor modal das frases
Valor modal das frases
 
Análise de poemas de Fernando Pessoa
Análise de poemas de Fernando PessoaAnálise de poemas de Fernando Pessoa
Análise de poemas de Fernando Pessoa
 
Análise do poema: "O que há em mim é sobretudo cansaço" - Álvaro de Campos
Análise do poema: "O que há em mim é sobretudo cansaço" - Álvaro de CamposAnálise do poema: "O que há em mim é sobretudo cansaço" - Álvaro de Campos
Análise do poema: "O que há em mim é sobretudo cansaço" - Álvaro de Campos
 
Resumos de Português: Camões lírico
Resumos de Português: Camões líricoResumos de Português: Camões lírico
Resumos de Português: Camões lírico
 
Lírica camoniana
Lírica camonianaLírica camoniana
Lírica camoniana
 
Regulação hormonal
Regulação hormonalRegulação hormonal
Regulação hormonal
 
Atos de fala
Atos de falaAtos de fala
Atos de fala
 

Semelhante a Evolução fonética da língua portuguesa

Semelhante a Evolução fonética da língua portuguesa (20)

Hist Ling. Portug. - Fen. Foneticos
Hist Ling. Portug. - Fen. FoneticosHist Ling. Portug. - Fen. Foneticos
Hist Ling. Portug. - Fen. Foneticos
 
Histlinfenfoneticos 1223237520783897-9
Histlinfenfoneticos 1223237520783897-9Histlinfenfoneticos 1223237520783897-9
Histlinfenfoneticos 1223237520783897-9
 
Português
PortuguêsPortuguês
Português
 
Processos fonológicos (1)
Processos fonológicos (1)Processos fonológicos (1)
Processos fonológicos (1)
 
evoluofontica.ppt
evoluofontica.pptevoluofontica.ppt
evoluofontica.ppt
 
Apostila phonetics
Apostila   phoneticsApostila   phonetics
Apostila phonetics
 
Evoluofontica
EvoluofonticaEvoluofontica
Evoluofontica
 
Fonologia
FonologiaFonologia
Fonologia
 
Fonética e fonologia
Fonética e fonologia Fonética e fonologia
Fonética e fonologia
 
FONOLOGIA
FONOLOGIAFONOLOGIA
FONOLOGIA
 
Fonologia
FonologiaFonologia
Fonologia
 
Trabalho 0207
Trabalho 0207Trabalho 0207
Trabalho 0207
 
Iniciação à fonética e à fonologia.pptx 2
Iniciação à fonética e à fonologia.pptx  2Iniciação à fonética e à fonologia.pptx  2
Iniciação à fonética e à fonologia.pptx 2
 
Tecnica vocal - a fisiologia da voz - Claiton Lima
Tecnica vocal - a fisiologia da voz - Claiton LimaTecnica vocal - a fisiologia da voz - Claiton Lima
Tecnica vocal - a fisiologia da voz - Claiton Lima
 
Figuras de linguagem e efeitos de sentido..ppt
Figuras de linguagem e efeitos de sentido..pptFiguras de linguagem e efeitos de sentido..ppt
Figuras de linguagem e efeitos de sentido..ppt
 
Figuras de linguagem e efeitos de sentido..ppt
Figuras de linguagem e efeitos de sentido..pptFiguras de linguagem e efeitos de sentido..ppt
Figuras de linguagem e efeitos de sentido..ppt
 
Figuras de linguagem e efeitos de sentido..ppt
Figuras de linguagem e efeitos de sentido..pptFiguras de linguagem e efeitos de sentido..ppt
Figuras de linguagem e efeitos de sentido..ppt
 
Figuras de linguagem e efeitos de sentido.
Figuras de linguagem e efeitos de sentido.Figuras de linguagem e efeitos de sentido.
Figuras de linguagem e efeitos de sentido.
 
José Beniste - Dicionário Yorubá.pdf
José Beniste - Dicionário Yorubá.pdfJosé Beniste - Dicionário Yorubá.pdf
José Beniste - Dicionário Yorubá.pdf
 
Aula_2_sincrona.pptx
Aula_2_sincrona.pptxAula_2_sincrona.pptx
Aula_2_sincrona.pptx
 

Mais de ElisabeteMarques (13)

Categorias da narrativa 9º ano
Categorias da narrativa   9º anoCategorias da narrativa   9º ano
Categorias da narrativa 9º ano
 
Os pronomes pessoais complemento
Os pronomes pessoais complementoOs pronomes pessoais complemento
Os pronomes pessoais complemento
 
A palavra mágica correção pp 214 215
A palavra mágica correção pp 214   215A palavra mágica correção pp 214   215
A palavra mágica correção pp 214 215
 
Correção do guião das páginas 204 e 205
Correção do guião das páginas 204 e 205Correção do guião das páginas 204 e 205
Correção do guião das páginas 204 e 205
 
A aia resumo1
A aia   resumo1A aia   resumo1
A aia resumo1
 
O enforcado
O enforcadoO enforcado
O enforcado
 
O corregedor
O corregedorO corregedor
O corregedor
 
Judeu
JudeuJudeu
Judeu
 
Enforcado
EnforcadoEnforcado
Enforcado
 
Alcoviteira
AlcoviteiraAlcoviteira
Alcoviteira
 
A alcoviteira
A alcoviteiraA alcoviteira
A alcoviteira
 
Activa passiva
Activa   passivaActiva   passiva
Activa passiva
 
Resumo da história da língua
Resumo da história da línguaResumo da história da língua
Resumo da história da língua
 

Evolução fonética da língua portuguesa