Sondagem EVCOM de Jornalistas 2013

1.029 visualizações

Publicada em

Sondagem EVCOM de Jornalistas 2013. Estudo e análise dos resultados de pesquisa realizada com jornalistas para avaliar a relação entre repórteres, assessorias de imprensa e empresas.

  • Seja o primeiro a comentar

Sondagem EVCOM de Jornalistas 2013

  1. 1. PALESTRANTE Thiago Costa (thiago@evcom.com.br) Professor do curso de Publicidade e Propaganda Professor dos cursos de Pós Graduação em Marketing Coordenador do curso de Comunicação em Mídias Sociais Jornalista e Mestre em Tecnologias da Inteligência e Design Digital (PUC-SP) Especialista em Marketing (FAAP) Sócio-Diretor da EVCOM
  2. 2. O QUE ESTÁ ACONTECENDO? Jornalistas demitidos: mais de 2000 fora das redações desde o início de 2012.
  3. 3. O QUE ESTÁ ACONTECENDO? Veículos fechados: Jornal da Tarde, Marca, Alfa, Bravo!, Gloss, Lola, Men’s Health, Criativa...
  4. 4. O QUE ESTÁ ACONTECENDO? Multitarefa: o mesmo profissional gera conteúdo para jornal, rádio e internet.
  5. 5. O QUE ESTÁ ACONTECENDO? Mais conteúdo, maior volume de trabalho e menos pessoas para trabalhar.
  6. 6. E AS EMPRESAS? Aumento da pressão por resultados.
  7. 7. E AS EMPRESAS? Departamentos de Marketing/Comunicação enxutos.
  8. 8. E AS EMPRESAS? Desconhecimento do cenário.
  9. 9. E AS EMPRESAS? Estruturas viciadas: presos a padrões defasados.
  10. 10. CLIENTES X AGÊNCIAS Cliente: Trocas frequentes de fornecedor, porque ninguém se adequa ao nível de exigência.
  11. 11. CLIENTES X AGÊNCIAS Agências: Equipes estressadas com os clientes, causando alta rotatividade e baixo rendimento.
  12. 12. CLIENTES X AGÊNCIAS Cliente: Pressão por mais quantidade de resultados.
  13. 13. CLIENTES X AGÊNCIAS Agências: Falta de argumentos para justificar atividades e resultados para os clientes.
  14. 14. JÁ VIROU PIADA...
  15. 15. JÁ VIROU PIADA...
  16. 16. JÁ VIROU PIADA...
  17. 17. JÁ VIROU PIADA...
  18. 18. JÁ VIROU PIADA...
  19. 19. PESQUISA 318 respondentes 57% 43% Mulheres Homens
  20. 20. PESQUISA Os releases enviados pelas assessorias de imprensa são utilizados com frequência em suas reuniões de pautas? 44% Sim 56% Não
  21. 21. PESQUISA Do total de pautas que você fez no último mês, você diria que foram geradas por releases recebidos? 4% 15% 6% 29% 46% A menor parte Meio a meio Nenhuma A maioria Não sei dizer
  22. 22. PESQUISA Você dá mais atenção a e-mails direcionados especialmente para você? 13% 87% Sim Não
  23. 23. PESQUISA Você gosta de ser abordado no follow-up (ligações da assessoria)? 24% 76% Não Sim
  24. 24. PESQUISA Você prefere receber pautas exclusivas? 10% 90% Sim Não
  25. 25. PESQUISA Você gosta de releases longos e explicativos? 25% 33% 42% Não Não tenho tempo para ler Sim
  26. 26. PESQUISA Você dá preferência a pautas enviadas por assessores que você já conhece? 35% 65% Sim Não
  27. 27. PESQUISA O nome/marca da assessoria faz diferença na atenção que você dá à pauta? 32% 68% Não Sim
  28. 28. PESQUISA Para aceitar uma pauta você considera? 3% 2% 6% 20% 69% Considera as informações que recebeu por e-mail Prazo Relevância Exclusividade /Ineditismo Adequação ao veículo
  29. 29. PESQUISA O que faz uma pauta enviada por assessoria chamar a sua atenção e emplacar com os editores? 5% 23% 42% 30% O ineditismo do assunto Dados que contextualizem a pauta (como estatísticas, pesquisas) etc. Alguma curiosidade apresentada A notoriedade da empresa/especialista
  30. 30. PESQUISA Você está disponível para encontros de relacionamento com fontes? (almoços, eventos, viagens) 24% 76% Sim Não
  31. 31. PESQUISA Você costuma recorrer às redes sociais para procurar fontes ou pesquisar pautas? 32% 15% 53% Sim, às vezes Nunca Sim, com frequência
  32. 32. PESQUISA Qual rede social você mais utiliza? 17% 10% 4% 69% Facebook Todas com a mesma intensidade Twitter Linkedin
  33. 33. E AGORA, O QUE FAZER?
  34. 34. SOLUÇÕES O release está morto Não adianta perder tempo escrevendo textos imensos: ninguém lê! Viva o planejamento! É preciso trocar ideias, mergulhar no cliente de verdade Parceria é tudo Entre agência e cliente Entre ambos e os jornalistas
  35. 35. SOLUÇÕES Nem tudo é notícia. Mas tudo pode ser.  Depende do público alvo e do veículo  Pode não ser na imprensa, pode ser Comunicação Direta! Relacionamento = Experiência Não é caro Precisa de criatividade e empenho
  36. 36. Nós da EVCOM agradecemos sua atenção e esperamos ter ajudado a entender melhor o mundo das assessorias de imprensa. Se quiser saber mais, entre em contato conosco. Será um prazer atendê-lo! Av. Paulista, 2202 - Conj. 132 São Paulo - SP - CEP: 01310-300 + 55 (11) 3676-1637 + 55 (11) 3586-8539 + 55 (11) 3876-7086 www.evcom.com.br

×