SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
Baixar para ler offline
Formadora Dina Faneco Página 1
Curso de Formação: Técnico de Informática – Sistemas
Física – Movimento e Forças
Ficha formativa_9
Revisões
1. Um atleta percorreu, numa das provas de competição, 100 m em 15 s. Qual a rapidez média com que
correu?
2. Um ciclista percorre 10 km em 30 minutos.
2.1. Determine a sua rapidez média em unidades S.I.
2.2. Se mantiver essa rapidez média, que distância percorrerá em 45 minutos?
2.3. Se mantiver essa rapidez média, quanto tempo demorará a percorrer 400 m?
3. Um automobilista, às 12 h, entrou numa auto-estrada e retirou o seu título. Duas horas mais tarde,
tendo percorrido um troço de 300 km, parou na portagem para sair da auto-estrada. Este
automobilista podia ser multado por excesso de velocidade? Justifica.
Formadora Dina Faneco Página 2
4. Considere a tabela que contém os registos do movimento de um móvel, sempre no mesmo sentido.
4.1. Constrói o gráfico distância percorrida em função do tempo.
4.2. Determine a rapidez média com que o móvel fez o percurso, em unidades S.I.
4.3. Qual a rapidez média com que o móvel fez cada etapa do percurso? Justifica.
4.4. Constrói o gráfico velocidade vs tempo.
4.5. Como classifica este tipo de movimento? Justifica.
5. Um comboio vai de uma cidade A para uma cidade D, parando em duas estações intermediárias, B e
C. O gráfico seguinte estabelece a relação entre a distância percorrida pelo comboio e o tempo de
viagem, considerando uma trajetória retilínea.
5.1. Quanto tempo esteve o comboio parado
em cada cidade?
5.2. Quanto tempo demorou a viagem entre
a cidade A e a cidade D?
Formadora Dina Faneco Página 3
5.3. Qual a distância percorrida entre as cidades A e D?
5.4. Qual a distância percorrida entre as estações intermediárias B e C?
5.5. Calcula o valor da rapidez média em cada troço.
5.6. Calcula o valor da rapidez média para a viagem total (entre partir de A e parar em D).
6. O gráfico seguinte descreve o movimento de um automóvel, sempre no mesmo sentido.
6.1. Determina a aceleração média em cada
troço.
[0,4] s
[4,10] s
[10,18] s
[18,20] s
6.2. Classifica o tipo de movimento em cada troço.
Formadora Dina Faneco Página 4
6.3. Calcula a distância percorrida pelo automóvel em cada troço e na totalidade do percurso.
7. Classifica as seguintes afirmações como verdadeiras (V) ou falsas (F) e corrige as falsas.
A. O estado de repouso depende do referencialescolhido. _______
B. Se o deslocamento for nulo, a distância percorrida também é nula. _______
C. A unidade do Sistema Internacional do deslocamento é km/h. _______
D. A forma da trajetória descrita por um corpo em movimento depende do referencial escolhido.
______
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
8. Observa a figura 21 e indica:
8.1. Duas forças com a direção
vertical e linhas de ação
diferentes.
__________________________
8.2. As forças que têm direção
horizontal.
__________________________
8.3. Um par de forças com a mesma
direção e sentidos opostos.
__________________________
8.4. Duas forças com a mesma linha de ação.___________________________________________
8.5. As forças com a mesma intensidade. ______________________________________________
8.6. Duas forças em que a intensidade de uma das forças é dupla da intensidade da outra força.
_________________________________
Formadora Dina Faneco Página 5
9. Observa atentamente as figuras e indica a força que corresponde a cada uma das frases que se
seguem.
A. Força exercida pela parede na mão da menina. __________
B. Força exercida no solo pelo pé da menina. __________
C. Força exercida pelo rapaz A no cordel. __________
D. Força exercida pelo cordel na mão do rapaz B. __________
10. Desenha e carateriza completamente a força resultante (FR) dos seguintes conjuntos de forças:
10.1. Sistema A
10.2. Sistema B
Formadora Dina Faneco Página 6
10.3. Sistema C
11. Identifica as situações em que o atrito é útil e em que o atrito é prejudicial.
A. Um carro em movimento numa estrada. ________________________________
B. Um “tabogan” a deslizar na neve. _____________________________________
C. Sapatos num pavimento. ____________________________________________
D. Um pára-quedista em queda livre. ____________________________________
12. Um rapaz mede o seu peso (em Newton) em três situações.
12.1. Na primeira situação o rapaz está na Terra. Calcula a sua massa. ( P = m x g ) ( g = 10 m/s2
)
12.2. Determina a aceleração gravítica referente à segunda figura.
12.3. Que situação representa a terceira figura?
Bom trabalho

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Destaque (14)

Para que sirve el google doc
Para que sirve  el google docPara que sirve  el google doc
Para que sirve el google doc
 
La españa del siglo xviii
La españa del siglo xviiiLa españa del siglo xviii
La españa del siglo xviii
 
Recomanació naia
Recomanació naiaRecomanació naia
Recomanació naia
 
Estadistica
EstadisticaEstadistica
Estadistica
 
Osmi
OsmiOsmi
Osmi
 
Gonzalo de berceo
Gonzalo de berceoGonzalo de berceo
Gonzalo de berceo
 
Trabajo del lenguaje
Trabajo del lenguajeTrabajo del lenguaje
Trabajo del lenguaje
 
corel draw graphics suite x5
corel draw graphics suite x5corel draw graphics suite x5
corel draw graphics suite x5
 
Taller de..[1]
Taller de..[1]Taller de..[1]
Taller de..[1]
 
Góngora y quevedo
Góngora y quevedoGóngora y quevedo
Góngora y quevedo
 
Recomanacion iria
Recomanacion iriaRecomanacion iria
Recomanacion iria
 
RAS
RASRAS
RAS
 
Power pont asignaturas aleman
Power pont asignaturas alemanPower pont asignaturas aleman
Power pont asignaturas aleman
 
Monumento a sir walter scott
Monumento a sir walter scottMonumento a sir walter scott
Monumento a sir walter scott
 

Semelhante a Física Movimento Forças

Semelhante a Física Movimento Forças (20)

Movimento graficos
Movimento graficosMovimento graficos
Movimento graficos
 
Movimento graficos
Movimento graficosMovimento graficos
Movimento graficos
 
Proporcionalidade inversa
Proporcionalidade inversaProporcionalidade inversa
Proporcionalidade inversa
 
Ficha 1 fisica_1em
Ficha 1 fisica_1emFicha 1 fisica_1em
Ficha 1 fisica_1em
 
Correcção do Teste
Correcção do TesteCorrecção do Teste
Correcção do Teste
 
Enem 2° aplicação 2014
Enem 2° aplicação 2014Enem 2° aplicação 2014
Enem 2° aplicação 2014
 
Razão e proporção 1
Razão e proporção 1Razão e proporção 1
Razão e proporção 1
 
2 trabalho 1º bim
2 trabalho 1º bim2 trabalho 1º bim
2 trabalho 1º bim
 
Exercicios sobre Cinematica e Dinamica
Exercicios sobre Cinematica e DinamicaExercicios sobre Cinematica e Dinamica
Exercicios sobre Cinematica e Dinamica
 
2 trabalho 1º bim
2 trabalho 1º bim2 trabalho 1º bim
2 trabalho 1º bim
 
Resumo movimento uniforme
Resumo movimento uniformeResumo movimento uniforme
Resumo movimento uniforme
 
Simulado 2 _abril1398617914_exercicio
Simulado 2 _abril1398617914_exercicioSimulado 2 _abril1398617914_exercicio
Simulado 2 _abril1398617914_exercicio
 
Teste 12 12_07
Teste 12 12_07Teste 12 12_07
Teste 12 12_07
 
lista de exercícios de mru e mruv
 lista de exercícios de mru e mruv lista de exercícios de mru e mruv
lista de exercícios de mru e mruv
 
2° bimestre_1° avaliação_1° ano EJA_AM
2° bimestre_1° avaliação_1° ano EJA_AM2° bimestre_1° avaliação_1° ano EJA_AM
2° bimestre_1° avaliação_1° ano EJA_AM
 
Lista de exercícios 9° ano
Lista de exercícios 9° anoLista de exercícios 9° ano
Lista de exercícios 9° ano
 
Cinemática Vetorial
Cinemática VetorialCinemática Vetorial
Cinemática Vetorial
 
F
FF
F
 
2° Bimestre_1° Avaliação_1° Ano_C
2° Bimestre_1° Avaliação_1° Ano_C2° Bimestre_1° Avaliação_1° Ano_C
2° Bimestre_1° Avaliação_1° Ano_C
 
Exercicios de mru, mruv e leis de newton
Exercicios de mru, mruv e leis de newtonExercicios de mru, mruv e leis de newton
Exercicios de mru, mruv e leis de newton
 

Último

Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptxErivaldoLima15
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxalessandraoliveira324
 
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxAULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxrenatacolbeich1
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfpaulafernandes540558
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 

Último (20)

Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
 
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxAULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 

Física Movimento Forças

  • 1. Formadora Dina Faneco Página 1 Curso de Formação: Técnico de Informática – Sistemas Física – Movimento e Forças Ficha formativa_9 Revisões 1. Um atleta percorreu, numa das provas de competição, 100 m em 15 s. Qual a rapidez média com que correu? 2. Um ciclista percorre 10 km em 30 minutos. 2.1. Determine a sua rapidez média em unidades S.I. 2.2. Se mantiver essa rapidez média, que distância percorrerá em 45 minutos? 2.3. Se mantiver essa rapidez média, quanto tempo demorará a percorrer 400 m? 3. Um automobilista, às 12 h, entrou numa auto-estrada e retirou o seu título. Duas horas mais tarde, tendo percorrido um troço de 300 km, parou na portagem para sair da auto-estrada. Este automobilista podia ser multado por excesso de velocidade? Justifica.
  • 2. Formadora Dina Faneco Página 2 4. Considere a tabela que contém os registos do movimento de um móvel, sempre no mesmo sentido. 4.1. Constrói o gráfico distância percorrida em função do tempo. 4.2. Determine a rapidez média com que o móvel fez o percurso, em unidades S.I. 4.3. Qual a rapidez média com que o móvel fez cada etapa do percurso? Justifica. 4.4. Constrói o gráfico velocidade vs tempo. 4.5. Como classifica este tipo de movimento? Justifica. 5. Um comboio vai de uma cidade A para uma cidade D, parando em duas estações intermediárias, B e C. O gráfico seguinte estabelece a relação entre a distância percorrida pelo comboio e o tempo de viagem, considerando uma trajetória retilínea. 5.1. Quanto tempo esteve o comboio parado em cada cidade? 5.2. Quanto tempo demorou a viagem entre a cidade A e a cidade D?
  • 3. Formadora Dina Faneco Página 3 5.3. Qual a distância percorrida entre as cidades A e D? 5.4. Qual a distância percorrida entre as estações intermediárias B e C? 5.5. Calcula o valor da rapidez média em cada troço. 5.6. Calcula o valor da rapidez média para a viagem total (entre partir de A e parar em D). 6. O gráfico seguinte descreve o movimento de um automóvel, sempre no mesmo sentido. 6.1. Determina a aceleração média em cada troço. [0,4] s [4,10] s [10,18] s [18,20] s 6.2. Classifica o tipo de movimento em cada troço.
  • 4. Formadora Dina Faneco Página 4 6.3. Calcula a distância percorrida pelo automóvel em cada troço e na totalidade do percurso. 7. Classifica as seguintes afirmações como verdadeiras (V) ou falsas (F) e corrige as falsas. A. O estado de repouso depende do referencialescolhido. _______ B. Se o deslocamento for nulo, a distância percorrida também é nula. _______ C. A unidade do Sistema Internacional do deslocamento é km/h. _______ D. A forma da trajetória descrita por um corpo em movimento depende do referencial escolhido. ______ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ 8. Observa a figura 21 e indica: 8.1. Duas forças com a direção vertical e linhas de ação diferentes. __________________________ 8.2. As forças que têm direção horizontal. __________________________ 8.3. Um par de forças com a mesma direção e sentidos opostos. __________________________ 8.4. Duas forças com a mesma linha de ação.___________________________________________ 8.5. As forças com a mesma intensidade. ______________________________________________ 8.6. Duas forças em que a intensidade de uma das forças é dupla da intensidade da outra força. _________________________________
  • 5. Formadora Dina Faneco Página 5 9. Observa atentamente as figuras e indica a força que corresponde a cada uma das frases que se seguem. A. Força exercida pela parede na mão da menina. __________ B. Força exercida no solo pelo pé da menina. __________ C. Força exercida pelo rapaz A no cordel. __________ D. Força exercida pelo cordel na mão do rapaz B. __________ 10. Desenha e carateriza completamente a força resultante (FR) dos seguintes conjuntos de forças: 10.1. Sistema A 10.2. Sistema B
  • 6. Formadora Dina Faneco Página 6 10.3. Sistema C 11. Identifica as situações em que o atrito é útil e em que o atrito é prejudicial. A. Um carro em movimento numa estrada. ________________________________ B. Um “tabogan” a deslizar na neve. _____________________________________ C. Sapatos num pavimento. ____________________________________________ D. Um pára-quedista em queda livre. ____________________________________ 12. Um rapaz mede o seu peso (em Newton) em três situações. 12.1. Na primeira situação o rapaz está na Terra. Calcula a sua massa. ( P = m x g ) ( g = 10 m/s2 ) 12.2. Determina a aceleração gravítica referente à segunda figura. 12.3. Que situação representa a terceira figura? Bom trabalho