SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 18
Baixar para ler offline
 Período: 19 a 30 de setembro
 Dia da Mobilização Nacional: 24 de setembro
 Realização simultânea em todos os estados e
Distrito Federal
Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização
da Caderneta de Vacinação da Criança e do Adolescente
 Mais de 36 mil postos de vacinação
 350 mil profissionais de saúde e outras áreas
 Utilização de 42 mil veículos
Objetivos
 Reduzir o número de não vacinados
para as diferentes vacinas
 Aumentar a cobertura vacinal nas
crianças e adolescentes e melhorar a
homogeneidade
 Oportunizar o acesso às vacinas do
Calendário Nacional de Vacinação
Vacinação seletiva
Resgatar não vacinados ou completar
esquemas de vacinação
• Crianças menores de cinco anos de idade
(0 a 4 anos 11 meses e 29 dias)
• Crianças de nove anos
• Adolescentes de 10 a menores de 15
anos de idade (14 anos 11 meses e 29
dias).
Mudanças no Calendário Nacional de Vacinação
 Em 2016 importantes alterações ocorreram no Calendário Nacional de
Vacinação
 Muitas crianças e adolescentes podem estar com a caderneta de
vacinação incompleta
Vacina Esquema Vacinal O que mudou
Meningocócica C (conjugada) 3 meses, 5 meses
Reforço 12 meses
Reforço poderá ser administrado até os 4
anos de idade
Pneumocócica 10 valente 2 meses, 4 meses
Reforço 12 meses
Mudou de 3 para 2 doses. Reforço poderá
ser administrado até os 4 anos de idade
Poliomielite inativada 2 meses, 4 meses, 6
meses
Inclusão da 3ªdose aos 6 meses
Poliomielite oral Reforço 15 meses, 4
anos
Reforço será feito com VOPb, que passará a
estar disponível durante a campanha
HPV 2 doses Mudou de 3 para 2 doses. A proteção só
acontece com a segunda dose
Estratégia
 Em um único momento, são oferecidas
às crianças e aos adolescentes as vacinas
do Calendário Nacional de Vacinação
 Oportunidade para os pais ou
responsáveis atualizarem a caderneta de
vacinação dos seus filhos e protegê-los
contra as doenças imunopreveníveis
 Vacinação seletiva
 Os esquemas vacinais poderão ser
iniciados ou completados para uma
ou mais vacinas do Calendário
Nacional de Vacinação
Impacto da ação nacional
 Diminuir o risco de transmissão
das doenças imunopreveníveis
 Contribuir na redução da
incidência destas doenças
 Manter estas doenças
controladas, eliminadas ou
erradicadas
26,8 milhões de doses distribuídas
Distribuição das vacinas de rotina (setembro) e doses
extras para a multivacinação
Vacinas Doses enviadas
Hepatite A 553.171
VIP 2.435.140
Meningocócica C 1.992.310
Rotavírus
972.530
HPV 2.306.720
Pneumo 10 1.057.005
Febre amarela 2.178.300
Varicela 389.710
Pentavalente 1.551.260
Tetra viral 170.300
Dupla adulto 2.960.380
DTP 1.440.420
Tríplice viral 2.932.470
VOP 5.896.875
Total 26.836.591
2.572.330
7.829.596
2.138.595
10.408.138
3.887.932
Reforço de 19,2 milhões de doses
Doses extras para a multivacinação nacional
Vacinas Doses enviadas
Hepatite A 293.700
VIP 1.801.140
Meningocócica C 1.475.310
Rotavírus
542.030
HPV 2.286.720
Pneumo 10 447.833
Febre amarela 1.374.300
Varicela 202.300
Pentavalente 786.260
Tetra viral 92.700
Dupla adulto 2.194.380
DTP 595.420
Tríplice viral 2.097.870
VOP 5.045.875
Total
19.235.838
1.743.780
5.530.525
1.211.195
7.819.238
2.931.100
Vacinação para as crianças
Vacina Doses Doença que protege
BCG Dose única ao nascer Formas graves de tuberculose
Hepatite B Ao nascer Hepatite B
Penta 2 meses, 4 meses, 6 meses Difteria, tétano, coqueluche, hepatite B,
meningite e outras infecções.
Poliomielite inativada 2 meses, 4 meses, 6 meses Poliomielite
Poliomielite oral Reforço 15 meses, 4 anos Poliomielite
Rotavirus 2 meses, 4 meses Diarreia por Rotavírus
Pneumocócica 10
valente
2 meses, 4 meses
Reforço 12 meses
Meningites, pneumonias e otites causadas
por 10 sorotipos de pneumococos
Meningocócica C
(conjugada)
3 meses, 5 meses
Reforço 12 meses
Doença sistêmica causada pela Neisseria
meningitidis do soro grupo C
Febre Amarela 9 meses, 4 anos Febre Amarela
Tríplice viral 12 meses Sarampo, caxumba e rubéola
Hepatite A 15 meses Hepatite A
DTP Reforço 15 meses, 4 anos Difteria, tétano e coqueluche
Tetra viral 15 meses em crianças
vacinadas com D1 de tríplice
viral
Sarampo, caxumba, rubéola e varicela
Vacina Doses Doença que protege
dT Três doses a partir de sete anos de idade,
a depender da situação vacinal.
Difteria e tétano
dTpa Uma dose a cada gestação a partir da 27a
semana a 36a semana de gestação,
considerando o histórico vacinal contra
difteria e tétano (dT).
Difteria, tétano e coqueluch
Febre Amarela 2 doses a depender da situação vacinal. Febre Amarela
Hepatite B 3 doses a depender da situação vacinal. Hepatite B
HPV 2 doses Papilomavírus Humano
Tríplice Viral 2 doses a depender da situação vacinal. Sarampo, caxumba, rubéola
Vacinação para adolescentes
Avaliação das
coberturas vacinais
coberturas vacinais
Coberturas vacinais crianças <1 ano / 1 ano*, Brasil, 2011 a 2015
coberturas vacinais
Proporção de municípios com coberturas vacinais adequadas por tipo
de vacinas (Homogeneidade de coberturas vacinais), Brasil. 2011 a 2015
Vacina 2011 2012 2013 2014 2015
BCG 53,7 47,4 40,1 46,2 54,9
Poliomielite 71,2 57,5 44,7 51,2 62,7
DTP/Hib/HB 70,4 54,8 59,9 49,7 64,0
Rotavírus 58,0 52,7 44,7 50,6 71,0
Pneumocócica 47,0 49,3 56,8 48,8 60,7
Meningocócica C 72,4 52,2 64,1 50,0 65,5
Tríplice Viral 65,0 61,4 75,1 55,2 58,8
Fonte: MS/SVS/DEVIT/CGPNI/Sistema de informação do Programa Nacional de
Imunizações (http://pni.datasus.gov.br)
* NA = Não se Aplica ** Homogeneidade para hepatite B, calculada com a vacina
tetra/penta a partir de 2012
(1) vacina tetra até 2012 e penta a partir de 2013.. N= 5.570 municípios
coberturas vacinais
Coberturas vacinais por estratos em < 1 ano de um ano de
idade por tipo de vacinas, Brasil, 2015
coberturas vacinais
Campanha publicitária
Objetivo: sensibilizar e mobilizar a
população alvo a ser vacinada
Slogan: “Todo mundo unido fica mais
protegido”
Mídias: televisão, rádio, internet e
redes sociais
coberturas vacinais
Campanha publicitária
Obrigado!
Ricardo Barros
Ministro da Saúde

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a vacinacao-pdf.pdf

Guia Prático de Vacinas 2016/2017
Guia Prático de Vacinas 2016/2017Guia Prático de Vacinas 2016/2017
Guia Prático de Vacinas 2016/2017Creche Segura
 
Novo calendário da vacinação 2013
Novo calendário da vacinação 2013Novo calendário da vacinação 2013
Novo calendário da vacinação 2013Ismael Costa
 
Vacinação - calendário atualizado 2021 proposto pela SBP
Vacinação - calendário atualizado 2021 proposto pela SBP Vacinação - calendário atualizado 2021 proposto pela SBP
Vacinação - calendário atualizado 2021 proposto pela SBP Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Apresentação Calendário Vacinal 2016
Apresentação Calendário Vacinal 2016Apresentação Calendário Vacinal 2016
Apresentação Calendário Vacinal 2016imunizacao
 
Covid-19: Gestantes e Puérperas/Lactantes devem ser vacinadas imediatamente
Covid-19: Gestantes e Puérperas/Lactantes devem ser vacinadas imediatamente Covid-19: Gestantes e Puérperas/Lactantes devem ser vacinadas imediatamente
Covid-19: Gestantes e Puérperas/Lactantes devem ser vacinadas imediatamente Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Nota Técnica do Ministério da Saúde
Nota Técnica do Ministério da SaúdeNota Técnica do Ministério da Saúde
Nota Técnica do Ministério da SaúdeJornal do Commercio
 
VACINAS: calendário da Sociedade Brasileira de Pediatria - 2016
VACINAS: calendário da Sociedade Brasileira de Pediatria - 2016VACINAS: calendário da Sociedade Brasileira de Pediatria - 2016
VACINAS: calendário da Sociedade Brasileira de Pediatria - 2016Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Apresentacão multivacinação
Apresentacão multivacinaçãoApresentacão multivacinação
Apresentacão multivacinaçãoalinesousa2013
 
Folheto USF Descobrimentos sobre Vacinas Extra-PNV
Folheto USF Descobrimentos sobre Vacinas Extra-PNVFolheto USF Descobrimentos sobre Vacinas Extra-PNV
Folheto USF Descobrimentos sobre Vacinas Extra-PNVFrancisco Vilaça Lopes
 
Campanha nacional de vacinação contra a gripe começa dia 22
Campanha nacional de vacinação contra a gripe começa dia 22Campanha nacional de vacinação contra a gripe começa dia 22
Campanha nacional de vacinação contra a gripe começa dia 22Ministério da Saúde
 
Atualizaocalendarocriana2012e2013revisadojb 120118122055-phpapp02 (1)
Atualizaocalendarocriana2012e2013revisadojb 120118122055-phpapp02 (1)Atualizaocalendarocriana2012e2013revisadojb 120118122055-phpapp02 (1)
Atualizaocalendarocriana2012e2013revisadojb 120118122055-phpapp02 (1)Doreggae Dai
 
Vacinação.pptx
Vacinação.pptxVacinação.pptx
Vacinação.pptxrobekelly
 
Webpalestra_VacinaçãoAtençãoPrimária.pptx
Webpalestra_VacinaçãoAtençãoPrimária.pptxWebpalestra_VacinaçãoAtençãoPrimária.pptx
Webpalestra_VacinaçãoAtençãoPrimária.pptxShesterDamaceno1
 
Atualização calendário criança 2012 e 2013
Atualização calendário criança 2012 e 2013Atualização calendário criança 2012 e 2013
Atualização calendário criança 2012 e 2013Ministério da Saúde
 
Webpalestra_VacinaçãoAtençãoPrimária.pdf
Webpalestra_VacinaçãoAtençãoPrimária.pdfWebpalestra_VacinaçãoAtençãoPrimária.pdf
Webpalestra_VacinaçãoAtençãoPrimária.pdfadauto18
 
Slide Aula Imunização - Dr Claudio.pptx
Slide Aula Imunização - Dr Claudio.pptxSlide Aula Imunização - Dr Claudio.pptx
Slide Aula Imunização - Dr Claudio.pptxJssicaBizinoto
 
Calendário básico de vacinação da criança
Calendário básico de vacinação da criançaCalendário básico de vacinação da criança
Calendário básico de vacinação da criançaTati Garros
 

Semelhante a vacinacao-pdf.pdf (20)

Guia Prático de Vacinas 2016/2017
Guia Prático de Vacinas 2016/2017Guia Prático de Vacinas 2016/2017
Guia Prático de Vacinas 2016/2017
 
Guia prativo de vacinas
Guia prativo de vacinasGuia prativo de vacinas
Guia prativo de vacinas
 
Novo calendário da vacinação 2013
Novo calendário da vacinação 2013Novo calendário da vacinação 2013
Novo calendário da vacinação 2013
 
Vacinas - o que são?
Vacinas - o que são?Vacinas - o que são?
Vacinas - o que são?
 
Vacinação - calendário atualizado 2021 proposto pela SBP
Vacinação - calendário atualizado 2021 proposto pela SBP Vacinação - calendário atualizado 2021 proposto pela SBP
Vacinação - calendário atualizado 2021 proposto pela SBP
 
Apresentação Calendário Vacinal 2016
Apresentação Calendário Vacinal 2016Apresentação Calendário Vacinal 2016
Apresentação Calendário Vacinal 2016
 
Covid-19: Gestantes e Puérperas/Lactantes devem ser vacinadas imediatamente
Covid-19: Gestantes e Puérperas/Lactantes devem ser vacinadas imediatamente Covid-19: Gestantes e Puérperas/Lactantes devem ser vacinadas imediatamente
Covid-19: Gestantes e Puérperas/Lactantes devem ser vacinadas imediatamente
 
Nota Técnica do Ministério da Saúde
Nota Técnica do Ministério da SaúdeNota Técnica do Ministério da Saúde
Nota Técnica do Ministério da Saúde
 
VACINAS: calendário da Sociedade Brasileira de Pediatria - 2016
VACINAS: calendário da Sociedade Brasileira de Pediatria - 2016VACINAS: calendário da Sociedade Brasileira de Pediatria - 2016
VACINAS: calendário da Sociedade Brasileira de Pediatria - 2016
 
Apresentacão multivacinação
Apresentacão multivacinaçãoApresentacão multivacinação
Apresentacão multivacinação
 
Folheto USF Descobrimentos sobre Vacinas Extra-PNV
Folheto USF Descobrimentos sobre Vacinas Extra-PNVFolheto USF Descobrimentos sobre Vacinas Extra-PNV
Folheto USF Descobrimentos sobre Vacinas Extra-PNV
 
Campanha nacional de vacinação contra a gripe começa dia 22
Campanha nacional de vacinação contra a gripe começa dia 22Campanha nacional de vacinação contra a gripe começa dia 22
Campanha nacional de vacinação contra a gripe começa dia 22
 
Atualizaocalendarocriana2012e2013revisadojb 120118122055-phpapp02 (1)
Atualizaocalendarocriana2012e2013revisadojb 120118122055-phpapp02 (1)Atualizaocalendarocriana2012e2013revisadojb 120118122055-phpapp02 (1)
Atualizaocalendarocriana2012e2013revisadojb 120118122055-phpapp02 (1)
 
Vacinação.pptx
Vacinação.pptxVacinação.pptx
Vacinação.pptx
 
Webpalestra_VacinaçãoAtençãoPrimária.pptx
Webpalestra_VacinaçãoAtençãoPrimária.pptxWebpalestra_VacinaçãoAtençãoPrimária.pptx
Webpalestra_VacinaçãoAtençãoPrimária.pptx
 
Atualização calendário criança 2012 e 2013
Atualização calendário criança 2012 e 2013Atualização calendário criança 2012 e 2013
Atualização calendário criança 2012 e 2013
 
Webpalestra_VacinaçãoAtençãoPrimária.pdf
Webpalestra_VacinaçãoAtençãoPrimária.pdfWebpalestra_VacinaçãoAtençãoPrimária.pdf
Webpalestra_VacinaçãoAtençãoPrimária.pdf
 
Slide Aula Imunização - Dr Claudio.pptx
Slide Aula Imunização - Dr Claudio.pptxSlide Aula Imunização - Dr Claudio.pptx
Slide Aula Imunização - Dr Claudio.pptx
 
Calendário básico de vacinação da criança
Calendário básico de vacinação da criançaCalendário básico de vacinação da criança
Calendário básico de vacinação da criança
 
SES-MG realiza coletiva sobre Multivacinação e Sarampo
SES-MG realiza coletiva sobre Multivacinação e SarampoSES-MG realiza coletiva sobre Multivacinação e Sarampo
SES-MG realiza coletiva sobre Multivacinação e Sarampo
 

vacinacao-pdf.pdf

  • 1.
  • 2.  Período: 19 a 30 de setembro  Dia da Mobilização Nacional: 24 de setembro  Realização simultânea em todos os estados e Distrito Federal Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização da Caderneta de Vacinação da Criança e do Adolescente  Mais de 36 mil postos de vacinação  350 mil profissionais de saúde e outras áreas  Utilização de 42 mil veículos
  • 3. Objetivos  Reduzir o número de não vacinados para as diferentes vacinas  Aumentar a cobertura vacinal nas crianças e adolescentes e melhorar a homogeneidade  Oportunizar o acesso às vacinas do Calendário Nacional de Vacinação
  • 4. Vacinação seletiva Resgatar não vacinados ou completar esquemas de vacinação • Crianças menores de cinco anos de idade (0 a 4 anos 11 meses e 29 dias) • Crianças de nove anos • Adolescentes de 10 a menores de 15 anos de idade (14 anos 11 meses e 29 dias).
  • 5. Mudanças no Calendário Nacional de Vacinação  Em 2016 importantes alterações ocorreram no Calendário Nacional de Vacinação  Muitas crianças e adolescentes podem estar com a caderneta de vacinação incompleta Vacina Esquema Vacinal O que mudou Meningocócica C (conjugada) 3 meses, 5 meses Reforço 12 meses Reforço poderá ser administrado até os 4 anos de idade Pneumocócica 10 valente 2 meses, 4 meses Reforço 12 meses Mudou de 3 para 2 doses. Reforço poderá ser administrado até os 4 anos de idade Poliomielite inativada 2 meses, 4 meses, 6 meses Inclusão da 3ªdose aos 6 meses Poliomielite oral Reforço 15 meses, 4 anos Reforço será feito com VOPb, que passará a estar disponível durante a campanha HPV 2 doses Mudou de 3 para 2 doses. A proteção só acontece com a segunda dose
  • 6. Estratégia  Em um único momento, são oferecidas às crianças e aos adolescentes as vacinas do Calendário Nacional de Vacinação  Oportunidade para os pais ou responsáveis atualizarem a caderneta de vacinação dos seus filhos e protegê-los contra as doenças imunopreveníveis  Vacinação seletiva  Os esquemas vacinais poderão ser iniciados ou completados para uma ou mais vacinas do Calendário Nacional de Vacinação
  • 7. Impacto da ação nacional  Diminuir o risco de transmissão das doenças imunopreveníveis  Contribuir na redução da incidência destas doenças  Manter estas doenças controladas, eliminadas ou erradicadas
  • 8. 26,8 milhões de doses distribuídas Distribuição das vacinas de rotina (setembro) e doses extras para a multivacinação Vacinas Doses enviadas Hepatite A 553.171 VIP 2.435.140 Meningocócica C 1.992.310 Rotavírus 972.530 HPV 2.306.720 Pneumo 10 1.057.005 Febre amarela 2.178.300 Varicela 389.710 Pentavalente 1.551.260 Tetra viral 170.300 Dupla adulto 2.960.380 DTP 1.440.420 Tríplice viral 2.932.470 VOP 5.896.875 Total 26.836.591 2.572.330 7.829.596 2.138.595 10.408.138 3.887.932
  • 9. Reforço de 19,2 milhões de doses Doses extras para a multivacinação nacional Vacinas Doses enviadas Hepatite A 293.700 VIP 1.801.140 Meningocócica C 1.475.310 Rotavírus 542.030 HPV 2.286.720 Pneumo 10 447.833 Febre amarela 1.374.300 Varicela 202.300 Pentavalente 786.260 Tetra viral 92.700 Dupla adulto 2.194.380 DTP 595.420 Tríplice viral 2.097.870 VOP 5.045.875 Total 19.235.838 1.743.780 5.530.525 1.211.195 7.819.238 2.931.100
  • 10. Vacinação para as crianças Vacina Doses Doença que protege BCG Dose única ao nascer Formas graves de tuberculose Hepatite B Ao nascer Hepatite B Penta 2 meses, 4 meses, 6 meses Difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, meningite e outras infecções. Poliomielite inativada 2 meses, 4 meses, 6 meses Poliomielite Poliomielite oral Reforço 15 meses, 4 anos Poliomielite Rotavirus 2 meses, 4 meses Diarreia por Rotavírus Pneumocócica 10 valente 2 meses, 4 meses Reforço 12 meses Meningites, pneumonias e otites causadas por 10 sorotipos de pneumococos Meningocócica C (conjugada) 3 meses, 5 meses Reforço 12 meses Doença sistêmica causada pela Neisseria meningitidis do soro grupo C Febre Amarela 9 meses, 4 anos Febre Amarela Tríplice viral 12 meses Sarampo, caxumba e rubéola Hepatite A 15 meses Hepatite A DTP Reforço 15 meses, 4 anos Difteria, tétano e coqueluche Tetra viral 15 meses em crianças vacinadas com D1 de tríplice viral Sarampo, caxumba, rubéola e varicela
  • 11. Vacina Doses Doença que protege dT Três doses a partir de sete anos de idade, a depender da situação vacinal. Difteria e tétano dTpa Uma dose a cada gestação a partir da 27a semana a 36a semana de gestação, considerando o histórico vacinal contra difteria e tétano (dT). Difteria, tétano e coqueluch Febre Amarela 2 doses a depender da situação vacinal. Febre Amarela Hepatite B 3 doses a depender da situação vacinal. Hepatite B HPV 2 doses Papilomavírus Humano Tríplice Viral 2 doses a depender da situação vacinal. Sarampo, caxumba, rubéola Vacinação para adolescentes
  • 13. coberturas vacinais Coberturas vacinais crianças <1 ano / 1 ano*, Brasil, 2011 a 2015
  • 14. coberturas vacinais Proporção de municípios com coberturas vacinais adequadas por tipo de vacinas (Homogeneidade de coberturas vacinais), Brasil. 2011 a 2015 Vacina 2011 2012 2013 2014 2015 BCG 53,7 47,4 40,1 46,2 54,9 Poliomielite 71,2 57,5 44,7 51,2 62,7 DTP/Hib/HB 70,4 54,8 59,9 49,7 64,0 Rotavírus 58,0 52,7 44,7 50,6 71,0 Pneumocócica 47,0 49,3 56,8 48,8 60,7 Meningocócica C 72,4 52,2 64,1 50,0 65,5 Tríplice Viral 65,0 61,4 75,1 55,2 58,8 Fonte: MS/SVS/DEVIT/CGPNI/Sistema de informação do Programa Nacional de Imunizações (http://pni.datasus.gov.br) * NA = Não se Aplica ** Homogeneidade para hepatite B, calculada com a vacina tetra/penta a partir de 2012 (1) vacina tetra até 2012 e penta a partir de 2013.. N= 5.570 municípios
  • 15. coberturas vacinais Coberturas vacinais por estratos em < 1 ano de um ano de idade por tipo de vacinas, Brasil, 2015
  • 16. coberturas vacinais Campanha publicitária Objetivo: sensibilizar e mobilizar a população alvo a ser vacinada Slogan: “Todo mundo unido fica mais protegido” Mídias: televisão, rádio, internet e redes sociais