SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
BOLETIM INFORMATIVO
IGREJA SEDE
Rua Paschoal de Luca, 636 - Jd. Nova Itália - Limeira - SP.
:: Domingo: Escola Bíblica às 9h | Culto às 19h.
:: Terça-Feira: Grupos de estudos nos lares às 20h.
:: Quinta-Feira: Estudo Bíblico às 19h30min.
CONGREGAÇÃO NO JARDIM LAGOA NOVA
Rua Arthur Jurgensen, 209 - Jd. Lagoa Nova.
:: Domingo: Escola Bíblica às 9h30min |Culto às 19h.
:: Quarta-Feira: Estudo Bíblico às 19h30min.
:: Pela Liderança | Crianças | Adolescentes | Jovens | Famílias da
Igreja;
:: Pela EBD | Equipe de Música | Grupo Êxodus | Grupo da Cape-
lania;
:: Saúde: Luís Paulo (recuperando cirurgia) | Jair Pizoli | Sebasti-
ão Silva (câncer, pai da Suzana) | Margarida | Gilmar | Presb.
Edson Divino (de Goiânia) | Pastor Ronei | Lavínia | Ironi Palma
| Alexandre (patrão do Cicinho, tratamento médico) | Cristina
Blair | Maud | Delminda | Raquel (mãe do Alexandre) | Celenir
e Pr. Edival
:: Drogas: Kaique e Wesley | André (primo do pastor) | Eder
(sobrinho do Jair);
:: Outros: Jane e família (luto) | Presb. Alexandre e família | Wil-
lian e família | Pastor Osni e família | Guilherme (filho da Cleusa)
| Nair Verissimo | Ariel | Adalberto, Sandra e Jessica.
PASTOR
:: Rev. Ronei Ap. Pascoto................ 3038.1547 | 9.8115.6510
pr.roney.ipc@gmail.com
PRESBÍTEROS
:: Paulo de Lima........................ 3453.5040 | 9.8893.9737 (OI)
:: Ocimar Scaglia........................ (19) 3532.3525 | 9.9766.2629 (VIVO)
:: Adelson Rodrigues.................. 9.9146.9312 (CLARO)
:: Alexandre Rodrigues (em disponibilidade)
:: Assunção Dácio (em disponibilidade)
:: Lívio Palma (em disponibilidade)
DIÁCONOS
:: Adalberto M. Junior................ 9.7116.8854
:: Rodrigo Venâncio................... 9.9206.3540 (CLARO)
:: Ruller Dias............................... 9.8215.4778 (TIM)
:: Valdemir Carvalho.................. 9.8763.0886 (OI)
:: Willian Frank (em disponibilidade)
:: Mário Rosendo (em disponibilidade)
:: Moizés V. Olívio (em disponibilidade)
:: Wilson Palma (em disponibilidade)
Querido visitante, seja bem-vindo em nosso meio. Nos sentimos gratos
com a sua presença e rogamos a bênção de Deus sobre a sua vida. À
todo aquele que busca um sentido para a vida, esta igreja estende as
suas mãos e os acolhe em nome de Jesus Cristo.
Avisos, sugestões e pedidos de oração para o boletim falar com o
Presbítero Adelson até a sexta-feira de cada semana.
Celular | WhatsApp: 9.9146.9312 | E-mail: boletim.ipclimeira@gmail.com
LIDERANÇA
ANIVERSARIANTES
EDITORIAL
HORÁRIOS
Site oficial: ipcb.org.br
Veja esse boletim online: www.facebook.com/ipclimeira
PEDIDOS DE ORAÇÃO
DIÁCONO DE PLANTÃO: Novembro: Valdemir | Dezembro: Rodrigo
Janeiro
:: 07 - Cida Rosa
:: 14 - Viviele
:: 21 - Mesa Diaconal
:: 28 - Dayane
CAFÉ E COMUNHÃO
ESCALAS
Congregação - Dezembro
:: 03 - Marisa
:: 10 - Eliana
:: 17 - Viviane
:: 24 -
:: 31 -
Dezembro
:: 03 - Valéria
:: 10 - Cristina
:: 17 - Mesa Diaconal
:: 24 - Vivian
:: 31 - Thaís
31 DEZ/17
PASTORAL
Rev. Ericson Liberato Martins
ENTRE O ANTES E O DEPOIS
“Seja a vossa vida sem avareza. Contentai-vos com as coisas
que tendes; porque ele tem dito: De maneira alguma te deixa-
rei, nunca jamais te abandonarei. Assim, afirmemos confian-
temente: O Senhor é o meu auxílio, não temerei; que me po-
derá fazer o homem?” Hebreus 13:5-6
Todos os dias são novos dias porque, a cada dia, as
pessoas têm experiências e se deparam com novas responsa-
bilidades.
Enquanto o saudosismo e ressentimento prendem
as pessoas passado, a ansiedade as prende no futuro. Ambos
extremos negligenciam o presente que deve ser vivido tanto
com maturidade pelas lições extraídas do passado, quanto
com a esperança naquilo que fora prometido por Deus. Pen-
sando nisto, quero destacar pelo menos dois ensinos da Pala-
vra de Deus em Hebreus 13:5-6 que jamais mudarão:
Contentamento (v. 5). O contentamento é um im-
portante ensino das Escrituras (1 Tm 6:6). No princípio o ho-
mem pecou por não se contentar com as virtudes recebidas.
A repercussão deste pecado afetou de tal forma a humanida-
de que agora ela pratica a idolatria por não se contentar com
o único Deus. O autor de Hebreus recomenda que a vida de-
ve ser vivida sem avareza, a qual é um forte apego nas coisas
materiais ao ponto de sentir-se seguro com elas e não por
Deus. Como uma pequena moeda posta sobre os olhos impe-
de-nos de ver o Sol, assim a avareza nos impede de progredir
na vida cristã, tendo em vista aquilo que Deus já tem dado. O
CASAMENTO
:: 20/12 - Paulo e Márcia
LEITURA DA BÍBLIA
NASCIMENTO
:: 01/12 - Presb. Adelson
:: 02/12 - Sandra
:: 04/12 - Vinicius S. Silva
:: 11/12 - Helena Pizoli
:: 13/12 - Alice
:: 20/12 - Wellington S. Silva
:: 24/12- Isac C.R. Junior
:: 25/12 - Nair Veríssimo
:: 25/12 - Alessandra Lima
pensamento do autor é “se tivermos Deus, teremos tudo que
precisamos”. Não quer dizer que devemos desistir de traba-
lhar, mas que possamos desistir de confiar nas coisas para
confiarmos muito mais no Deus provedor. Por isto ele cita um
texto do Pentateuco: “De maneira alguma, te deixarei, nunca
jamais te abandonarei” (cf. Dt 31:6- 8). Sofremos no presente
por pensarmos que nossas necessidades mais significativas
são materiais, enquanto nossa precisão mais profunda é de
confiança em Deus acima de todas estas coisas. Quando acei-
tamos esta verdade descobrimos que contentamento não é
almejar o que não temos, mas nos alegrar por aquilo que já
temos. Isto produz gratidão, louvor e honra a Deus. Obter
coisas materiais é uma legítima necessidade humana. A reali-
zação de anseios faz bem, contudo, confiar em Deus e descan-
sar nos Seus cuidados e promessas é a verdadeira segurança
do crente!
Testemunho firme (v. 6). Não sabemos precisamente
que experiências nos confrontarão no próximo ano, mas se há
algo que precisamos afirmar confiantemente é: “Deus nunca
nos abandonará. Ele não desistirá de nós!” Quando nos sentir-
mos sem forças, amedrontados diante de uma adversidade ou
tentação, afirmemos confiantemente: “O Senhor é o meu au-
xílio, não temerei...” (Hb 13:6 cf. Js 1:5). Esta afirmação não
pode ser fruto de técnicas da programação neolinguística da
Psicologia, de energias do Espiritismo, do positivismo da Filo-
sofia ou da confissão positiva da Teologia da Prosperidade...
demasiadamente praticadas em festas de fim de ano por di-
versos segmentos da sociedade; deve ser fruto de uma firme
confiança pessoal em Deus, por conhecê-Lo. Quando apreen-
demos esta verdade, não murmuramos por aquilo que deixa-
mos de conquistar, nem tememos o que está por vir porque
“Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas
tribulações” (Sl 46:1). Deus é fiel e é Ele quem dá garantias
(“ele tem dito”, v. 5), para confiarmos e vivermos contentes.
Entre o antes e o depois estamos no presente com
as verdades bíblicas para observamos e guardarmos. Os anos
mudam, mas a Palavra do Senhor permanece (Is 40:8; Mc
13:31). Portanto, o presente é o dia chamado “hoje”, tempo
de sermos contentes e confiarmos no Senhor!
..:: GRUPO FAMILIAR::..
Encerramos por esse ano as atividades dos Grupos Fa-
miliar.
Que Deus continue a abençoar a todos e que nós continuemos a
orar, agradecendo a Deus por tudo o que Ele tem feito em nos-
sas vidas.
=====================================================
A estultícia do homem perverte o seu caminho, mas é
contra o SENHOR que o seu coração se ira. Provérbios 19.3
"De quem é a culpa?" Esta é uma das primeiras perguntas
que se faz quando as coisas não vão bem. Isto é uma tendência do
nosso coração pecaminoso: buscar responsabilizar os outros por
aquilo que acontece conosco.
É verdade que algumas vezes somos prejudicados por
ações e palavras de outras pessoas, porém não é disso que o texto
de hoje trata. Ele destaca o fato de que nossa loucura, falta de sabe-
doria e desobediência aos princípios que Deus estabeleceu em sua
Palavra corrompem o nosso caminho, trazendo problemas. Quando
os princípios estabelecidos por Deus em sua Palavra não são segui-
dos, é isto o que acontece.
Pais não seguem os princípios na educação dos filhos, côn-
juges não seguem em seu relacionamento, profissionais em seu tra-
balho, etc. e, então, quando as coisas não caminham como o deseja-
do, culpa-se outro alguém. Salomão nos diz no texto que, por fim,
acaba-se responsabilizando Deus; Ele não foi fiel, não usou de mise-
ricórdia, tem prazer no sofrimento do homem, etc.
O homem, então, tem uma dificuldade muito grande de
reconhecer suas responsabilidades, e essa dificuldade é tão grande
que não se contenta em responsabilizar pessoas, chegando a res-
ponsabilizar até mesmo a Deus. Mas não se pode esquecer que so-
mos os maiores responsáveis pelas coisas que acontecem na nossa
vida! Deus nos deu prescrições e nos ordenou que as cumpríssemos,
porém nossa rebeldia nos leva a agir de forma contrária ao que Deus
estabeleceu.
Diante disso, precisamos primeiro aprender a sermos obe-
dientes, a buscarmos entender mais das coisas de Deus e a cumpri-
las; em segundo lugar, precisamos aprender a assumir as responsa-
bilidades das decisões que tomamos, das escolhas que fazemos, dos
momentos em que deixamos de cumprir com a Palavra de Deus.
Quando as coisas não forem bem, e verificarmos que nos-
sa rebeldia as tem provocado, reconheçamos nossas faltas diante
de Deus e, arrependidos, supliquemos o Seu perdão.
Rev. Welerson Alves Duarte
AVISOSPASTORAL DEVOCIONAL EM FAMÍLIA
GLÓRIAS A MIM E LOUVADO SEJA EU!?!
“Assim diz o Senhor dos Exércitos: Castigarei Amaleque pelo que fez
a Israel: ter-se oposto a Israel no caminho, quando este subia do
Egito” (v. 2) 1 Samuel 15:1-23
Essas palavras do profeta Samuel a Saul revelaram a von-
tade objetiva de Deus com relação aos amalequitas, um povo des-
cendente de Amaleque e neto de Esaú. Este foi o primeiro povo que
atacou Israel no deserto, fazendo isso de maneira traiçoeira (Ex 17:8
-14 e Nm14:43- 45). Este povo era foco de constantes conflitos com
Israel. Deus determinou punição capital para toda aquela nação.
Considerado esse rápido contexto chegamos a uma ques-
tão crucial, apresentada por Samuel em resposta a desobediência de
Saul: “Tem, porventura, o SENHOR tanto prazer em holocaustos e
sacrifícios quanto em que se obedeça à sua palavra?”. Tal pergunta
confrontou o argumento que Saul elaborara para justificar sua atitu-
de rebelde. Certa frase afirma com propriedade: “A Bíblia não nos
dá sugestões, nos dá ordens”. Bem, então, o que Deus requer? A
resposta está no texto: “Eis que o obedecer é melhor...”
Há diversos aspectos que identificam o porquê da desobe-
diência de Saul neste episódio, mas destacarei apenas uma: o desejo
de auto exaltação em detrimento do culto a Deus. Veja o que está
escrito: “Madrugou Samuel para encontrar a Saul pela manhã; e
anunciou-se àquele: Já chegou Saul ao Carmelo, e eis que levantou
para si um monumento...” (v 12). O texto afirma que o profeta Sa-
muel “madrugou” a fim de ir ao encontro de Saul e levar-lhe um
inquietante recado de Deus. O texto declara que Saul já havia saído,
mais cedo ainda, NÃO PARA PRESTAR CULTO A DEUS, mas para
levantar um monumento em louvor de sua pessoa.
A que ponto chegou Saul? Estava tão entorpecido pela
soberba e engano! Acreditou que seu plano e justiça seriam melhor
que a de Deus. Certo disso, diante do profeta, teve a petulância de
afirmar: “Executei a palavra do Senhor.” Insensato! Mas o que se
pode esperar de alguém tão orgulhoso assim?
Jesus, o padrão para todos os reis e governantes do passa-
do, presente e futuro, jamais buscou se exaltar a despeito da vonta-
de do Pai, pelo contrário, preferiu obedecer até às últimas conse-
quências. Foi por causa dessa obediência do Filho de Deus que her-
damos a redenção.
Apresse-se você também, hoje ainda, para prestar o seu
culto a Deus como a mais importante de todas as práticas, não ape-
nas neste novo ano, mas durante toda sua existência.
Rev. Natsan P. Matias

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

LBJ - LIÇÃO 1 - A INSTITUIÇÃO DA FAMÍLIA_2016 2 TRI
LBJ - LIÇÃO 1 - A INSTITUIÇÃO DA FAMÍLIA_2016 2 TRILBJ - LIÇÃO 1 - A INSTITUIÇÃO DA FAMÍLIA_2016 2 TRI
LBJ - LIÇÃO 1 - A INSTITUIÇÃO DA FAMÍLIA_2016 2 TRINatalino das Neves Neves
 
13 espiritualidade na familia
13   espiritualidade na familia13   espiritualidade na familia
13 espiritualidade na familiaPIB Penha
 
A FamíLia Cristã
A FamíLia CristãA FamíLia Cristã
A FamíLia Cristãrenaapborges
 
19 revisao e avaliacao do curso
19   revisao e avaliacao do curso19   revisao e avaliacao do curso
19 revisao e avaliacao do cursoPIB Penha
 
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
3 casamento sob a otica de deus
3   casamento sob a otica de deus3   casamento sob a otica de deus
3 casamento sob a otica de deusPIB Penha
 
Familia, criação de deus.
Familia, criação de deus.Familia, criação de deus.
Familia, criação de deus.Josias Alixandre
 
2013 1 tri - lição 4 - a família sob ataque
2013   1 tri - lição 4 - a família sob ataque2013   1 tri - lição 4 - a família sob ataque
2013 1 tri - lição 4 - a família sob ataqueNatalino das Neves Neves
 
E Por Falar em Namoro... Como Está Seu Relacionamento com Deus?
E Por Falar em Namoro... Como Está Seu Relacionamento com Deus?E Por Falar em Namoro... Como Está Seu Relacionamento com Deus?
E Por Falar em Namoro... Como Está Seu Relacionamento com Deus?Jonas Martins Olímpio
 
LBJ LIÇÃO 11 - A FAMÍLIA SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUS
LBJ LIÇÃO 11 - A FAMÍLIA SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUSLBJ LIÇÃO 11 - A FAMÍLIA SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUS
LBJ LIÇÃO 11 - A FAMÍLIA SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUSNatalino das Neves Neves
 
2. o plano de deus para a familia
2. o plano de deus para a familia2. o plano de deus para a familia
2. o plano de deus para a familiaPIB Penha
 
Estudo bíblico para jovens - namoro noivado e casamento
Estudo bíblico para jovens -  namoro noivado e casamentoEstudo bíblico para jovens -  namoro noivado e casamento
Estudo bíblico para jovens - namoro noivado e casamentoR Gómez
 
Adolescentes Cristãos - Como devem ser?
Adolescentes Cristãos - Como devem ser?Adolescentes Cristãos - Como devem ser?
Adolescentes Cristãos - Como devem ser?Márcio Pereira
 

Mais procurados (20)

Edicao setembro 2021 via web
Edicao setembro 2021  via webEdicao setembro 2021  via web
Edicao setembro 2021 via web
 
Edição outubro de 2021 via web
Edição outubro de 2021 via webEdição outubro de 2021 via web
Edição outubro de 2021 via web
 
SUA FAMILIA MUDARÁ QUANDO VOCÊ MUDAR
SUA FAMILIA MUDARÁ QUANDO VOCÊ MUDARSUA FAMILIA MUDARÁ QUANDO VOCÊ MUDAR
SUA FAMILIA MUDARÁ QUANDO VOCÊ MUDAR
 
LBJ - LIÇÃO 1 - A INSTITUIÇÃO DA FAMÍLIA_2016 2 TRI
LBJ - LIÇÃO 1 - A INSTITUIÇÃO DA FAMÍLIA_2016 2 TRILBJ - LIÇÃO 1 - A INSTITUIÇÃO DA FAMÍLIA_2016 2 TRI
LBJ - LIÇÃO 1 - A INSTITUIÇÃO DA FAMÍLIA_2016 2 TRI
 
Boletim pg out/10 - n15
Boletim pg   out/10 - n15Boletim pg   out/10 - n15
Boletim pg out/10 - n15
 
13 espiritualidade na familia
13   espiritualidade na familia13   espiritualidade na familia
13 espiritualidade na familia
 
A FamíLia Cristã
A FamíLia CristãA FamíLia Cristã
A FamíLia Cristã
 
19 revisao e avaliacao do curso
19   revisao e avaliacao do curso19   revisao e avaliacao do curso
19 revisao e avaliacao do curso
 
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
 
Edição julho 2021 via web
Edição julho 2021  via webEdição julho 2021  via web
Edição julho 2021 via web
 
3 casamento sob a otica de deus
3   casamento sob a otica de deus3   casamento sob a otica de deus
3 casamento sob a otica de deus
 
Boletim iecjc 2014 02 23
Boletim iecjc 2014 02 23Boletim iecjc 2014 02 23
Boletim iecjc 2014 02 23
 
Familia, criação de deus.
Familia, criação de deus.Familia, criação de deus.
Familia, criação de deus.
 
2013 1 tri - lição 4 - a família sob ataque
2013   1 tri - lição 4 - a família sob ataque2013   1 tri - lição 4 - a família sob ataque
2013 1 tri - lição 4 - a família sob ataque
 
E Por Falar em Namoro... Como Está Seu Relacionamento com Deus?
E Por Falar em Namoro... Como Está Seu Relacionamento com Deus?E Por Falar em Namoro... Como Está Seu Relacionamento com Deus?
E Por Falar em Namoro... Como Está Seu Relacionamento com Deus?
 
LBJ LIÇÃO 11 - A FAMÍLIA SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUS
LBJ LIÇÃO 11 - A FAMÍLIA SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUSLBJ LIÇÃO 11 - A FAMÍLIA SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUS
LBJ LIÇÃO 11 - A FAMÍLIA SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUS
 
2. o plano de deus para a familia
2. o plano de deus para a familia2. o plano de deus para a familia
2. o plano de deus para a familia
 
Estudo bíblico para jovens - namoro noivado e casamento
Estudo bíblico para jovens -  namoro noivado e casamentoEstudo bíblico para jovens -  namoro noivado e casamento
Estudo bíblico para jovens - namoro noivado e casamento
 
Adolescentes Cristãos - Como devem ser?
Adolescentes Cristãos - Como devem ser?Adolescentes Cristãos - Como devem ser?
Adolescentes Cristãos - Como devem ser?
 
LBJ LIÇÃO 12 - A FAMÍLIA DE JESUS
LBJ LIÇÃO 12 - A FAMÍLIA DE JESUSLBJ LIÇÃO 12 - A FAMÍLIA DE JESUS
LBJ LIÇÃO 12 - A FAMÍLIA DE JESUS
 

Semelhante a Boletim IPC Limeira 31/12/17

Boletim 636 - 07/07/19
Boletim 636 - 07/07/19Boletim 636 - 07/07/19
Boletim 636 - 07/07/19stanaami
 
Boletim Jovem Novembro 2014
Boletim Jovem Novembro 2014Boletim Jovem Novembro 2014
Boletim Jovem Novembro 2014willams
 
Boletim 617 - 24/02/19
Boletim 617 - 24/02/19Boletim 617 - 24/02/19
Boletim 617 - 24/02/19stanaami
 
Lição das boas aventuranças
Lição das boas aventurançasLição das boas aventuranças
Lição das boas aventurançasTia Pri Infantil
 
Boletim 631 - 02/06/19
Boletim 631 - 02/06/19Boletim 631 - 02/06/19
Boletim 631 - 02/06/19stanaami
 
Boletim 711 - 13/12/20
Boletim 711 - 13/12/20Boletim 711 - 13/12/20
Boletim 711 - 13/12/20stanaami
 
Boletim Jovem Junho 2014
Boletim Jovem Junho 2014Boletim Jovem Junho 2014
Boletim Jovem Junho 2014willams
 
SEJA CRISTÃO UM RAMO FRUTÍFERO
SEJA CRISTÃO UM RAMO FRUTÍFEROSEJA CRISTÃO UM RAMO FRUTÍFERO
SEJA CRISTÃO UM RAMO FRUTÍFEROClaudio Marcio
 
3-Crescimento Espiritual.pdf
3-Crescimento Espiritual.pdf3-Crescimento Espiritual.pdf
3-Crescimento Espiritual.pdffernando pereira
 
livreto de por do sol 2024 livreto de por do sol 2024
livreto de por do sol 2024 livreto de por do sol 2024livreto de por do sol 2024 livreto de por do sol 2024
livreto de por do sol 2024 livreto de por do sol 2024oselybsantos
 
Marcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa MaduraMarcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa Maduraguestc5d870
 
Viver sem preocupação
Viver sem preocupaçãoViver sem preocupação
Viver sem preocupaçãoDennis Edwards
 
12 dias de_clamor_no_ano_de_2014
12 dias de_clamor_no_ano_de_201412 dias de_clamor_no_ano_de_2014
12 dias de_clamor_no_ano_de_2014Ivanildo Amorim
 

Semelhante a Boletim IPC Limeira 31/12/17 (20)

Boletim 636 - 07/07/19
Boletim 636 - 07/07/19Boletim 636 - 07/07/19
Boletim 636 - 07/07/19
 
Boletim Jovem Novembro 2014
Boletim Jovem Novembro 2014Boletim Jovem Novembro 2014
Boletim Jovem Novembro 2014
 
Boletim 617 - 24/02/19
Boletim 617 - 24/02/19Boletim 617 - 24/02/19
Boletim 617 - 24/02/19
 
Boletim IPC Limeira 07/01/2018
Boletim IPC Limeira 07/01/2018Boletim IPC Limeira 07/01/2018
Boletim IPC Limeira 07/01/2018
 
Boletim IPC Limeira 261117
Boletim IPC Limeira 261117Boletim IPC Limeira 261117
Boletim IPC Limeira 261117
 
Lição das boas aventuranças
Lição das boas aventurançasLição das boas aventuranças
Lição das boas aventuranças
 
Boletim 570
Boletim 570Boletim 570
Boletim 570
 
Boletim 631 - 02/06/19
Boletim 631 - 02/06/19Boletim 631 - 02/06/19
Boletim 631 - 02/06/19
 
Boletim IPC Limeira 240917
Boletim IPC Limeira 240917Boletim IPC Limeira 240917
Boletim IPC Limeira 240917
 
Boletim 711 - 13/12/20
Boletim 711 - 13/12/20Boletim 711 - 13/12/20
Boletim 711 - 13/12/20
 
Boletim IPC LIMEIRA 300717
Boletim IPC LIMEIRA 300717Boletim IPC LIMEIRA 300717
Boletim IPC LIMEIRA 300717
 
Boletim Jovem Junho 2014
Boletim Jovem Junho 2014Boletim Jovem Junho 2014
Boletim Jovem Junho 2014
 
Boletim IPC Limeira 090717
Boletim IPC Limeira 090717Boletim IPC Limeira 090717
Boletim IPC Limeira 090717
 
SEJA CRISTÃO UM RAMO FRUTÍFERO
SEJA CRISTÃO UM RAMO FRUTÍFEROSEJA CRISTÃO UM RAMO FRUTÍFERO
SEJA CRISTÃO UM RAMO FRUTÍFERO
 
3-Crescimento Espiritual.pdf
3-Crescimento Espiritual.pdf3-Crescimento Espiritual.pdf
3-Crescimento Espiritual.pdf
 
Grandesoracoes pg
Grandesoracoes pgGrandesoracoes pg
Grandesoracoes pg
 
livreto de por do sol 2024 livreto de por do sol 2024
livreto de por do sol 2024 livreto de por do sol 2024livreto de por do sol 2024 livreto de por do sol 2024
livreto de por do sol 2024 livreto de por do sol 2024
 
Marcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa MaduraMarcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa Madura
 
Viver sem preocupação
Viver sem preocupaçãoViver sem preocupação
Viver sem preocupação
 
12 dias de_clamor_no_ano_de_2014
12 dias de_clamor_no_ano_de_201412 dias de_clamor_no_ano_de_2014
12 dias de_clamor_no_ano_de_2014
 

Mais de Adelson R. Dos Santos

Mais de Adelson R. Dos Santos (20)

Boletim IPC Limeira 11/02/18
Boletim IPC Limeira 11/02/18Boletim IPC Limeira 11/02/18
Boletim IPC Limeira 11/02/18
 
Boletim IPC Limeira 04/02/18
Boletim IPC Limeira 04/02/18Boletim IPC Limeira 04/02/18
Boletim IPC Limeira 04/02/18
 
Boletim IPC Limeira 28/01/18
Boletim IPC Limeira 28/01/18Boletim IPC Limeira 28/01/18
Boletim IPC Limeira 28/01/18
 
Boletim IPC Limeira 14/01/18
Boletim IPC Limeira 14/01/18Boletim IPC Limeira 14/01/18
Boletim IPC Limeira 14/01/18
 
Boletim IPC Limeira 241217
Boletim IPC Limeira 241217Boletim IPC Limeira 241217
Boletim IPC Limeira 241217
 
BoletimIPC Limeira 171217
BoletimIPC Limeira 171217BoletimIPC Limeira 171217
BoletimIPC Limeira 171217
 
Boletim IPC Limeira 03/12/17
Boletim IPC Limeira 03/12/17Boletim IPC Limeira 03/12/17
Boletim IPC Limeira 03/12/17
 
Boletim IPC Limeira 051117
Boletim IPC Limeira 051117Boletim IPC Limeira 051117
Boletim IPC Limeira 051117
 
Boletim IPC Limeira 291017
Boletim IPC Limeira 291017Boletim IPC Limeira 291017
Boletim IPC Limeira 291017
 
Boletim IPC Limeira 221017
Boletim IPC Limeira 221017Boletim IPC Limeira 221017
Boletim IPC Limeira 221017
 
Boletim IPC Limeira 151017
Boletim IPC Limeira 151017Boletim IPC Limeira 151017
Boletim IPC Limeira 151017
 
Boletim IPC Limeira 081017
Boletim IPC Limeira 081017Boletim IPC Limeira 081017
Boletim IPC Limeira 081017
 
Boletim IPC Limeira 011017
Boletim IPC Limeira 011017Boletim IPC Limeira 011017
Boletim IPC Limeira 011017
 
Boletim IPC Limeira 170917
Boletim IPC Limeira 170917Boletim IPC Limeira 170917
Boletim IPC Limeira 170917
 
Boletim IPC Limeira 100917
Boletim IPC Limeira 100917Boletim IPC Limeira 100917
Boletim IPC Limeira 100917
 
Boletim IPC Limeira 030917
Boletim IPC Limeira 030917Boletim IPC Limeira 030917
Boletim IPC Limeira 030917
 
Boletim IPC LIMEIRA 270817
Boletim IPC LIMEIRA 270817Boletim IPC LIMEIRA 270817
Boletim IPC LIMEIRA 270817
 
Boletim IPC LIMEIRA 200817
Boletim IPC LIMEIRA 200817Boletim IPC LIMEIRA 200817
Boletim IPC LIMEIRA 200817
 
Boletim IPC LIMEIRA 130817
Boletim IPC LIMEIRA 130817Boletim IPC LIMEIRA 130817
Boletim IPC LIMEIRA 130817
 
Boletim IPC LIMEIRA 060817
Boletim IPC LIMEIRA 060817Boletim IPC LIMEIRA 060817
Boletim IPC LIMEIRA 060817
 

Último

Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo DiaSérie: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo DiaDenisRocha28
 
Oração dos Fiéis Festa da Palavra Catequese
Oração dos  Fiéis Festa da Palavra CatequeseOração dos  Fiéis Festa da Palavra Catequese
Oração dos Fiéis Festa da Palavra Catequeseanamdp2004
 
10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José OperárioNilson Almeida
 
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .natzarimdonorte
 
Material sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadoMaterial sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadofreivalentimpesente
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxCelso Napoleon
 
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............Nelson Pereira
 
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxGestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxSebastioFerreira34
 
AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de Deus
AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de DeusAULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de Deus
AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de DeusFilipeDuartedeBem
 
A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptx
A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptxA CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptx
A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptxPIB Penha
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EMicheleRosa39
 
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).natzarimdonorte
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...silvana30986
 
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdfAS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdfnatzarimdonorte
 

Último (15)

Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo DiaSérie: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
 
Oração dos Fiéis Festa da Palavra Catequese
Oração dos  Fiéis Festa da Palavra CatequeseOração dos  Fiéis Festa da Palavra Catequese
Oração dos Fiéis Festa da Palavra Catequese
 
10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário
 
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.pptFluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
 
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
 
Material sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadoMaterial sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significado
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
 
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
 
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxGestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
 
AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de Deus
AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de DeusAULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de Deus
AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de Deus
 
A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptx
A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptxA CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptx
A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptx
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
 
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
 
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdfAS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
 

Boletim IPC Limeira 31/12/17

  • 1. BOLETIM INFORMATIVO IGREJA SEDE Rua Paschoal de Luca, 636 - Jd. Nova Itália - Limeira - SP. :: Domingo: Escola Bíblica às 9h | Culto às 19h. :: Terça-Feira: Grupos de estudos nos lares às 20h. :: Quinta-Feira: Estudo Bíblico às 19h30min. CONGREGAÇÃO NO JARDIM LAGOA NOVA Rua Arthur Jurgensen, 209 - Jd. Lagoa Nova. :: Domingo: Escola Bíblica às 9h30min |Culto às 19h. :: Quarta-Feira: Estudo Bíblico às 19h30min. :: Pela Liderança | Crianças | Adolescentes | Jovens | Famílias da Igreja; :: Pela EBD | Equipe de Música | Grupo Êxodus | Grupo da Cape- lania; :: Saúde: Luís Paulo (recuperando cirurgia) | Jair Pizoli | Sebasti- ão Silva (câncer, pai da Suzana) | Margarida | Gilmar | Presb. Edson Divino (de Goiânia) | Pastor Ronei | Lavínia | Ironi Palma | Alexandre (patrão do Cicinho, tratamento médico) | Cristina Blair | Maud | Delminda | Raquel (mãe do Alexandre) | Celenir e Pr. Edival :: Drogas: Kaique e Wesley | André (primo do pastor) | Eder (sobrinho do Jair); :: Outros: Jane e família (luto) | Presb. Alexandre e família | Wil- lian e família | Pastor Osni e família | Guilherme (filho da Cleusa) | Nair Verissimo | Ariel | Adalberto, Sandra e Jessica. PASTOR :: Rev. Ronei Ap. Pascoto................ 3038.1547 | 9.8115.6510 pr.roney.ipc@gmail.com PRESBÍTEROS :: Paulo de Lima........................ 3453.5040 | 9.8893.9737 (OI) :: Ocimar Scaglia........................ (19) 3532.3525 | 9.9766.2629 (VIVO) :: Adelson Rodrigues.................. 9.9146.9312 (CLARO) :: Alexandre Rodrigues (em disponibilidade) :: Assunção Dácio (em disponibilidade) :: Lívio Palma (em disponibilidade) DIÁCONOS :: Adalberto M. Junior................ 9.7116.8854 :: Rodrigo Venâncio................... 9.9206.3540 (CLARO) :: Ruller Dias............................... 9.8215.4778 (TIM) :: Valdemir Carvalho.................. 9.8763.0886 (OI) :: Willian Frank (em disponibilidade) :: Mário Rosendo (em disponibilidade) :: Moizés V. Olívio (em disponibilidade) :: Wilson Palma (em disponibilidade) Querido visitante, seja bem-vindo em nosso meio. Nos sentimos gratos com a sua presença e rogamos a bênção de Deus sobre a sua vida. À todo aquele que busca um sentido para a vida, esta igreja estende as suas mãos e os acolhe em nome de Jesus Cristo. Avisos, sugestões e pedidos de oração para o boletim falar com o Presbítero Adelson até a sexta-feira de cada semana. Celular | WhatsApp: 9.9146.9312 | E-mail: boletim.ipclimeira@gmail.com LIDERANÇA ANIVERSARIANTES EDITORIAL HORÁRIOS Site oficial: ipcb.org.br Veja esse boletim online: www.facebook.com/ipclimeira PEDIDOS DE ORAÇÃO DIÁCONO DE PLANTÃO: Novembro: Valdemir | Dezembro: Rodrigo Janeiro :: 07 - Cida Rosa :: 14 - Viviele :: 21 - Mesa Diaconal :: 28 - Dayane CAFÉ E COMUNHÃO ESCALAS Congregação - Dezembro :: 03 - Marisa :: 10 - Eliana :: 17 - Viviane :: 24 - :: 31 - Dezembro :: 03 - Valéria :: 10 - Cristina :: 17 - Mesa Diaconal :: 24 - Vivian :: 31 - Thaís 31 DEZ/17 PASTORAL Rev. Ericson Liberato Martins ENTRE O ANTES E O DEPOIS “Seja a vossa vida sem avareza. Contentai-vos com as coisas que tendes; porque ele tem dito: De maneira alguma te deixa- rei, nunca jamais te abandonarei. Assim, afirmemos confian- temente: O Senhor é o meu auxílio, não temerei; que me po- derá fazer o homem?” Hebreus 13:5-6 Todos os dias são novos dias porque, a cada dia, as pessoas têm experiências e se deparam com novas responsa- bilidades. Enquanto o saudosismo e ressentimento prendem as pessoas passado, a ansiedade as prende no futuro. Ambos extremos negligenciam o presente que deve ser vivido tanto com maturidade pelas lições extraídas do passado, quanto com a esperança naquilo que fora prometido por Deus. Pen- sando nisto, quero destacar pelo menos dois ensinos da Pala- vra de Deus em Hebreus 13:5-6 que jamais mudarão: Contentamento (v. 5). O contentamento é um im- portante ensino das Escrituras (1 Tm 6:6). No princípio o ho- mem pecou por não se contentar com as virtudes recebidas. A repercussão deste pecado afetou de tal forma a humanida- de que agora ela pratica a idolatria por não se contentar com o único Deus. O autor de Hebreus recomenda que a vida de- ve ser vivida sem avareza, a qual é um forte apego nas coisas materiais ao ponto de sentir-se seguro com elas e não por Deus. Como uma pequena moeda posta sobre os olhos impe- de-nos de ver o Sol, assim a avareza nos impede de progredir na vida cristã, tendo em vista aquilo que Deus já tem dado. O CASAMENTO :: 20/12 - Paulo e Márcia LEITURA DA BÍBLIA NASCIMENTO :: 01/12 - Presb. Adelson :: 02/12 - Sandra :: 04/12 - Vinicius S. Silva :: 11/12 - Helena Pizoli :: 13/12 - Alice :: 20/12 - Wellington S. Silva :: 24/12- Isac C.R. Junior :: 25/12 - Nair Veríssimo :: 25/12 - Alessandra Lima
  • 2. pensamento do autor é “se tivermos Deus, teremos tudo que precisamos”. Não quer dizer que devemos desistir de traba- lhar, mas que possamos desistir de confiar nas coisas para confiarmos muito mais no Deus provedor. Por isto ele cita um texto do Pentateuco: “De maneira alguma, te deixarei, nunca jamais te abandonarei” (cf. Dt 31:6- 8). Sofremos no presente por pensarmos que nossas necessidades mais significativas são materiais, enquanto nossa precisão mais profunda é de confiança em Deus acima de todas estas coisas. Quando acei- tamos esta verdade descobrimos que contentamento não é almejar o que não temos, mas nos alegrar por aquilo que já temos. Isto produz gratidão, louvor e honra a Deus. Obter coisas materiais é uma legítima necessidade humana. A reali- zação de anseios faz bem, contudo, confiar em Deus e descan- sar nos Seus cuidados e promessas é a verdadeira segurança do crente! Testemunho firme (v. 6). Não sabemos precisamente que experiências nos confrontarão no próximo ano, mas se há algo que precisamos afirmar confiantemente é: “Deus nunca nos abandonará. Ele não desistirá de nós!” Quando nos sentir- mos sem forças, amedrontados diante de uma adversidade ou tentação, afirmemos confiantemente: “O Senhor é o meu au- xílio, não temerei...” (Hb 13:6 cf. Js 1:5). Esta afirmação não pode ser fruto de técnicas da programação neolinguística da Psicologia, de energias do Espiritismo, do positivismo da Filo- sofia ou da confissão positiva da Teologia da Prosperidade... demasiadamente praticadas em festas de fim de ano por di- versos segmentos da sociedade; deve ser fruto de uma firme confiança pessoal em Deus, por conhecê-Lo. Quando apreen- demos esta verdade, não murmuramos por aquilo que deixa- mos de conquistar, nem tememos o que está por vir porque “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações” (Sl 46:1). Deus é fiel e é Ele quem dá garantias (“ele tem dito”, v. 5), para confiarmos e vivermos contentes. Entre o antes e o depois estamos no presente com as verdades bíblicas para observamos e guardarmos. Os anos mudam, mas a Palavra do Senhor permanece (Is 40:8; Mc 13:31). Portanto, o presente é o dia chamado “hoje”, tempo de sermos contentes e confiarmos no Senhor! ..:: GRUPO FAMILIAR::.. Encerramos por esse ano as atividades dos Grupos Fa- miliar. Que Deus continue a abençoar a todos e que nós continuemos a orar, agradecendo a Deus por tudo o que Ele tem feito em nos- sas vidas. ===================================================== A estultícia do homem perverte o seu caminho, mas é contra o SENHOR que o seu coração se ira. Provérbios 19.3 "De quem é a culpa?" Esta é uma das primeiras perguntas que se faz quando as coisas não vão bem. Isto é uma tendência do nosso coração pecaminoso: buscar responsabilizar os outros por aquilo que acontece conosco. É verdade que algumas vezes somos prejudicados por ações e palavras de outras pessoas, porém não é disso que o texto de hoje trata. Ele destaca o fato de que nossa loucura, falta de sabe- doria e desobediência aos princípios que Deus estabeleceu em sua Palavra corrompem o nosso caminho, trazendo problemas. Quando os princípios estabelecidos por Deus em sua Palavra não são segui- dos, é isto o que acontece. Pais não seguem os princípios na educação dos filhos, côn- juges não seguem em seu relacionamento, profissionais em seu tra- balho, etc. e, então, quando as coisas não caminham como o deseja- do, culpa-se outro alguém. Salomão nos diz no texto que, por fim, acaba-se responsabilizando Deus; Ele não foi fiel, não usou de mise- ricórdia, tem prazer no sofrimento do homem, etc. O homem, então, tem uma dificuldade muito grande de reconhecer suas responsabilidades, e essa dificuldade é tão grande que não se contenta em responsabilizar pessoas, chegando a res- ponsabilizar até mesmo a Deus. Mas não se pode esquecer que so- mos os maiores responsáveis pelas coisas que acontecem na nossa vida! Deus nos deu prescrições e nos ordenou que as cumpríssemos, porém nossa rebeldia nos leva a agir de forma contrária ao que Deus estabeleceu. Diante disso, precisamos primeiro aprender a sermos obe- dientes, a buscarmos entender mais das coisas de Deus e a cumpri- las; em segundo lugar, precisamos aprender a assumir as responsa- bilidades das decisões que tomamos, das escolhas que fazemos, dos momentos em que deixamos de cumprir com a Palavra de Deus. Quando as coisas não forem bem, e verificarmos que nos- sa rebeldia as tem provocado, reconheçamos nossas faltas diante de Deus e, arrependidos, supliquemos o Seu perdão. Rev. Welerson Alves Duarte AVISOSPASTORAL DEVOCIONAL EM FAMÍLIA GLÓRIAS A MIM E LOUVADO SEJA EU!?! “Assim diz o Senhor dos Exércitos: Castigarei Amaleque pelo que fez a Israel: ter-se oposto a Israel no caminho, quando este subia do Egito” (v. 2) 1 Samuel 15:1-23 Essas palavras do profeta Samuel a Saul revelaram a von- tade objetiva de Deus com relação aos amalequitas, um povo des- cendente de Amaleque e neto de Esaú. Este foi o primeiro povo que atacou Israel no deserto, fazendo isso de maneira traiçoeira (Ex 17:8 -14 e Nm14:43- 45). Este povo era foco de constantes conflitos com Israel. Deus determinou punição capital para toda aquela nação. Considerado esse rápido contexto chegamos a uma ques- tão crucial, apresentada por Samuel em resposta a desobediência de Saul: “Tem, porventura, o SENHOR tanto prazer em holocaustos e sacrifícios quanto em que se obedeça à sua palavra?”. Tal pergunta confrontou o argumento que Saul elaborara para justificar sua atitu- de rebelde. Certa frase afirma com propriedade: “A Bíblia não nos dá sugestões, nos dá ordens”. Bem, então, o que Deus requer? A resposta está no texto: “Eis que o obedecer é melhor...” Há diversos aspectos que identificam o porquê da desobe- diência de Saul neste episódio, mas destacarei apenas uma: o desejo de auto exaltação em detrimento do culto a Deus. Veja o que está escrito: “Madrugou Samuel para encontrar a Saul pela manhã; e anunciou-se àquele: Já chegou Saul ao Carmelo, e eis que levantou para si um monumento...” (v 12). O texto afirma que o profeta Sa- muel “madrugou” a fim de ir ao encontro de Saul e levar-lhe um inquietante recado de Deus. O texto declara que Saul já havia saído, mais cedo ainda, NÃO PARA PRESTAR CULTO A DEUS, mas para levantar um monumento em louvor de sua pessoa. A que ponto chegou Saul? Estava tão entorpecido pela soberba e engano! Acreditou que seu plano e justiça seriam melhor que a de Deus. Certo disso, diante do profeta, teve a petulância de afirmar: “Executei a palavra do Senhor.” Insensato! Mas o que se pode esperar de alguém tão orgulhoso assim? Jesus, o padrão para todos os reis e governantes do passa- do, presente e futuro, jamais buscou se exaltar a despeito da vonta- de do Pai, pelo contrário, preferiu obedecer até às últimas conse- quências. Foi por causa dessa obediência do Filho de Deus que her- damos a redenção. Apresse-se você também, hoje ainda, para prestar o seu culto a Deus como a mais importante de todas as práticas, não ape- nas neste novo ano, mas durante toda sua existência. Rev. Natsan P. Matias