SlideShare uma empresa Scribd logo

Carta à equipe econômica

O documento defende a expansão do crédito no Brasil através da implementação de um sistema de cadastro positivo. Ele argumenta que o cadastro positivo pode levar a uma redução da inadimplência, taxas de juros mais baixas e maior inclusão financeira de milhões de brasileiros. Adicionalmente, o documento discute como o cadastro positivo é compatível com a proteção de dados e promove a cidadania financeira.

1 de 8
Baixar para ler offline
Carta Aberta
Uma agenda positiva para inclusão financeira, redução
sustentável da inadimplência e expansão saudável
do mercado de crédito no Brasil
Porque o estímulo ao crédito deve ser uma prioridade
para o novo presidente da República
Dez/2018
Carta Aberta
Dez/2018
A maior crise econômica da história republicana do Brasil,
aliada à falta de planejamento do consumidor e à
ineficiência do atual modelo de concessão de crédito das
empresas credoras, que desconhecem o real nível de
endividamento das pessoas, levaram o número de
brasileiros incluídos na lista de inadimplentes a bater
recorde histórico, ultrapassando a casa dos 63 milhões.
As perdas de crédito agravam não somente os problemas
financeiros das organizações (bancos, financeiras, varejistas,
empresas prestadoras de serviços de utilidade pública,
empresas de telefonia e telecomunicações etc). Elas
também prejudicam o sono e a vida dessas famílias
inadimplentes, que representam cerca de 40% dos adultos
do país.
O que parece uma situação isolada, acaba prejudicando
todo o país. Afinal, hoje, no Brasil, pagamos juros mais
elevados também por conta desse nível de inadimplência.
De acordo com o Banco Central, mais da metade do spread
bancário (diferença entre a taxa de juros cobrada pelas
instituições financeiras e o custo de captação dos recursos)
se deve às dívidas não pagas.
Com isto, o problema afeta tanto os que não pagam suas
dívidas e ficam sem crédito na praça, quanto os que pagam
suas dívidas, mas são obrigados a arcar com taxas mais
elevadas para compensar os inadimplentes.
Apesar das saudáveis divergências entre os diferentes
candidatos a presidente, há consensos em relação a
desafios para a retomada do crescimento econômico, que
passa necessariamente pela expansão do mercado de
crédito. São eles:
Ë A necessidade de reequilibrar as contas públicas por
meio da redução de despesas e do crescimento da
economia, com geração de empregos e aumento da
arrecadação sem ampliação da carga tributária
Ë
Ë A importância de políticas públicas de longo prazo
para atrair o investimento privado e consolidar uma
economia de mercado
Ë
Ë A urgência da expansão do crédito com preço justo
Ë
Ë A premência de encaminhar uma solução para a
inadimplência, que atinge mais de 63 milhões de
brasileiros
INTRODUÇÃO
As entidades que formam a Frente do Cadastro Positivo
apontam a expansão sustentável do crédito como uma
solução para endereçar as principais questões de ordem
político-econômica relacionadas nas campanhas
presidenciais.
O crédito, afinal, é um importante propulsor do
desenvolvimento do mercado interno e da produção. O
aumento do volume de empréstimos aquece a demanda
doméstica e, assim, atua diretamente, e de forma positiva,
no desempenho do Produto Interno Bruto, que é a soma de
todos os bens e serviços produzidos no país. Ao fomentar o
consumo, o crédito induz o setor produtivo a investir e
fabricar mais bens e, por consequência, empregar mais
gente, aumentando a renda da população, que melhora seu
nível de vida ao elevar o padrão de consumo.
Mas tudo isto só funciona se o crédito for adequadamente
concedido, com o risco mais bem conhecido e
dimensionado. Se houver inadimplência elevada é péssimo
para o país, pois ela destrói valor e afeta a qualidade de vida
dos cidadãos e toda a cadeia produtiva. Portanto, empresas,
sociedade civil organizada e governos devem encarar o
grande desafio de promover melhores práticas de análise e
concessão de crédito, reduzir a assimetria de informações
mediante ferramentas como o Cadastro Positivo, e educar
financeiramente nossos consumidores. Já passamos da
hora de acelerar todos estes processos.
No Brasil, apesar da alta inadimplência, o crédito ainda é
pouco utilizado. Segundo o Banco de Compensações
Internacionais (BIS), o país apresentou no primeiro semestre
de 2016 endividamento do setor privado não financeiro de
aproximadamente 45% do PIB, nível bem inferior à média
mundial, o que mostra o potencial de crescimento do
crédito no país.
A o m e s m o t e m p o , a i n d a s e g u n d o o B I S , o
comprometimento da renda do brasileiro com o
pagamento de juros e amortização é muito superior à média
mundial. Entre outros motivos, devido a um spread bancário
extremamente elevado em relação ao mundo e aos países
vizinhos.
Como reverter a situação e estimular a expansão saudável
do mercado de crédito?
Como tornar o crédito um mecanismo de inclusão
financeira e, até mesmo, social?
PORQUE A EXPANSÃO DO
CRÉDITO É BOA PARA O BRASIL
Para baratear o crédito e democratizar o acesso a ele, a
principal ferramenta é a criação de um sistema de
informações positivas, o Cadastro Positivo, que já é adotado
em mais de 70 países.
Um cadastro rico em informações traz novos competidores
para o mercado de crédito, como as fintechs, amplia o
volume de financiamentos e permite diferenciar as taxas, de
modo que o bom pagador tenha taxas mais justas.
No Brasil, embora esteja em vigor desde 20113, o modelo
adotado desestimula a adesão dos consumidores. Com a
nova proposta que tramita no Congresso Nacional, de
inclusão automática de todos os CPFs, a previsão é que o
país rapidamente comece a perceber os benefícios que o
Cadastro Positivo pode oferecer:
Para a economia:
Ë aumento do PIB em 0,54% ao ano
Ë injeção de até R$ 1,1 trilhão no mercado
Ë R$ 790 bilhões de expansão no crédito a empresas de
todos os portes
§ R$ 550 bilhões, ou 8,4% do PIB, em expansão do
crédito para 4 milhões de micro e pequenas
empresas, que empregam a maior parcela da mão
de obra em todo o país
Ÿ
Para a sociedade:
Ë redução de até 45% na inadimplência, que atinge
cerca de 63 milhões de brasileiros
Ë inserção de cerca de 22 milhões de cidadãos, ou mais
de 10% da população brasileira, ao mercado de
crédito
Ë redução das taxas de juros pelo aumento da
competitividade entre os credores e pela concessão
de crédito baseada em dados positivos e não
negativos
Ÿ
Para o governo:
Ë aumento de até R$ 450 bilhões na arrecadação de
impostos e contribuições federais administradas
pela Receita Federal, sem alteração nas alíquotas dos
tributos
Ë incremento de R$ 205,7 bilhões na arrecadação de
ICMS e IPVA pelos estados brasileiros, devido ao
crescimento da atividade econômica
O CADASTRO POSITIVO É O CAMINHO
PARA O CRÉDITO RESPONSÁVEL
O crescimento do mercado de crédito no Brasil é compatível
com o respeito à privacidade de dados dos cidadãos, a
exemplo do que acontece em outros países que já adotam o
Cadastro Positivo com inclusão automática, como Estados
Unidos, Reino Unido, Bélgica e México.
A lei brasileira de proteção de dados se inspirou na
legislação europeia. O GDPR (General Data Protection
Regulation) representa o mais completo instrumento de
proteção de dados pessoais do mundo. De acordo com ele,
os consumidores não precisam dar autorização para que
seus dados sejam utilizados para fins de crédito. No artigo
23, alínea e, o GDPR define as exceções, assim como ocorre
na lei brasileira, para o uso dos dados pessoais de forma
automática ou compulsória.
No Brasil, embora a regra geral definida pela lei de proteção
de dados seja fundamentada na autorização do consumidor
(modelo opt-in), a própria legislação define exceções. No
artigo 7º, inciso X, o legislador cita expressamente que o
tratamento dos dados pessoais pode ser realizado para a
“proteção do crédito”.
Não se pode esquecer ainda que três das principais
legislações que fazem referência às relações de consumo,
incluindo as voltadas para o crédito, possuem a mesma
hierarquia no ordenamento jurídico. O Código de Defesa do
Consumidor, o Cadastro Positivo como existe hoje e a Lei
Geral de Proteção de Dados são leis ordinárias federais,
estando todas, é claro, abaixo da Constituição Federal. Entre
essas três, não há uma que regule a outra, que se
sobreponha à outra.
Os bancos de dados de proteção ao crédito não armazenam
informações sensíveis ou confidenciais. A privacidade dos
indivíduos está protegida, conforme a legislação prevê.
Informações como origem social, origem étnica, dados
referentes à saúde, dados biométricos e convicção religiosa
fazem parte dos chamados dados sensíveis ou
confidenciais, cuja definição é encontrada no artigo 5º,
inciso II, da lei de proteção de dados.
O CADASTRO POSITIVO E
A PROTEÇÃO DE DADOS
A existência de um contingente de mais de 63 milhões de
inadimplentes é um desafio para o país e para o governo
federal, inclusive porque o nível de endividamento tem
forte impacto negativo sobre o consumo e se reflete
diretamente no Produto Interno Bruto (PIB).
A busca de soluções que erradiquem esse mal é um dever da
sociedade. E o Cadastro Positivo é o caminho mais viável
para devolver condições de consumo a esse contingente de
pessoas de forma orgânica e gradual.
De um lado, porque a disponibilidade de informações
positivas reunidas na nota de crédito vai estimular a
concorrência na oferta de crédito, inclusive por meio das
fintechs. De outro, porque, com riscos menores, os credores
poderão praticar taxas mais justas. E finalmente, pelo
empoderamento do consumidor, que, com sua nota de
crédito, poderá escolher a organização que lhe oferece a
menor taxa.
Estudos do setor mostram que o Cadastro Positivo poderá
reduzir a inadimplência em até 45%, o que significaria a
expressiva diminuição de mais de 28 milhões no número de
inadimplentes.
Adicionalmente, o novo Cadastro Positivo será
extremamente benéfico ao consumidor, que ficará menos
propenso ao endividamento e mais estimulado a usar o
crédito de forma racional.
O Cadastro Positivo é uma medida inclusiva porque ajudará
quem está à margem do sistema de crédito por não ter
histórico creditício. Há muita gente sem comprovação de
renda, mas que tem contas mensais regulares de consumo,
como água, luz, telefone e gás. O Cadastro Positivo permite
calcular o comportamento e o potencial de consumo dessas
pessoas, que atualmente não têm comprovação de renda,
com base em seu padrão de consumo desses serviços
públicos.
No sistema atual, de adesão voluntária, os dados do
histórico de crédito, como pagamentos de contas e
empréstimos, ficam abertos a todos os consulentes - lojas,
bancos, financeiras, empresas de serviços públicos etc.
Com a nova lei esses dados entram automaticamente na
nota de crédito e a abertura de dados é feita pelo tomador
de crédito junto ao consulente.
Ë O sigilo bancário está garantido, pois apenas a nota
de crédito será disponibilizada e o consumidor é
quem autoriza a abertura de suas informações ao
credor
Ë
CRÉDITO ABUNDANTE E A
PREÇO JUSTO PARA TODOS
CONTROLE DO CONSUMIDOR
SOBRE SUAS INFORMAÇÕES
CADASTRO POSITIVO PARA
REDUZIR A INADIMPLÊNCIA

Recomendados

Panorama do crédito para o agronegócio
Panorama do crédito para o agronegócioPanorama do crédito para o agronegócio
Panorama do crédito para o agronegócioANBCBureausdeCrdito
 
Nordeste termina 2015 com o maior crescimento do número de inadimplentes
Nordeste termina 2015 com o maior crescimento do número de inadimplentesNordeste termina 2015 com o maior crescimento do número de inadimplentes
Nordeste termina 2015 com o maior crescimento do número de inadimplentesSPC Brasil
 
Número de empresas inadimplentes no Nordeste aumenta 17% em fevereiro
Número de empresas inadimplentes no Nordeste aumenta 17% em fevereiroNúmero de empresas inadimplentes no Nordeste aumenta 17% em fevereiro
Número de empresas inadimplentes no Nordeste aumenta 17% em fevereiroSPC Brasil
 
Inadimplência das empresas volta a crescer em março e registra alta de 7,04%
Inadimplência das empresas volta a crescer em março e registra alta de 7,04%Inadimplência das empresas volta a crescer em março e registra alta de 7,04%
Inadimplência das empresas volta a crescer em março e registra alta de 7,04%SPC Brasil
 
Dois milhões de brasileiros entram na lista de inadimplentes em 2015
Dois milhões de brasileiros entram na lista de inadimplentes em 2015Dois milhões de brasileiros entram na lista de inadimplentes em 2015
Dois milhões de brasileiros entram na lista de inadimplentes em 2015SPC Brasil
 
GRANDES BANCOS PRIVADOS DEVEM TER AVANÇO LENTO DO CRÉDITO, MAS ATIVOS MELHORA...
GRANDES BANCOS PRIVADOS DEVEM TER AVANÇO LENTO DO CRÉDITO, MAS ATIVOS MELHORA...GRANDES BANCOS PRIVADOS DEVEM TER AVANÇO LENTO DO CRÉDITO, MAS ATIVOS MELHORA...
GRANDES BANCOS PRIVADOS DEVEM TER AVANÇO LENTO DO CRÉDITO, MAS ATIVOS MELHORA...Andre Riva
 
Inadimplência registra queda pela primeira vez no ano.
Inadimplência registra queda pela primeira vez no ano.Inadimplência registra queda pela primeira vez no ano.
Inadimplência registra queda pela primeira vez no ano.SPC Brasil
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Número de empresas inadimplentes acelera em agosto e cresce 7,64%
Número de empresas inadimplentes acelera em agosto e cresce 7,64%Número de empresas inadimplentes acelera em agosto e cresce 7,64%
Número de empresas inadimplentes acelera em agosto e cresce 7,64%SPC Brasil
 
Cadastro Positivo pode ajudar consumidores a conseguirem mais crédito
Cadastro Positivo pode ajudar consumidores a conseguirem mais créditoCadastro Positivo pode ajudar consumidores a conseguirem mais crédito
Cadastro Positivo pode ajudar consumidores a conseguirem mais créditoSPC Brasil
 
Inandimplencia tem leve queda e as vendas já são as melhores do 2º semestre d...
Inandimplencia tem leve queda e as vendas já são as melhores do 2º semestre d...Inandimplencia tem leve queda e as vendas já são as melhores do 2º semestre d...
Inandimplencia tem leve queda e as vendas já são as melhores do 2º semestre d...SPC Brasil
 
Inadimplência registra alta de +0,72% e vendas, a primeira queda do ano.
Inadimplência registra alta de +0,72% e vendas, a primeira queda do ano.Inadimplência registra alta de +0,72% e vendas, a primeira queda do ano.
Inadimplência registra alta de +0,72% e vendas, a primeira queda do ano.SPC Brasil
 
Regularização de dívidas recua 8,72% na comparação anual
Regularização de dívidas recua 8,72% na comparação anualRegularização de dívidas recua 8,72% na comparação anual
Regularização de dívidas recua 8,72% na comparação anualSPC Brasil
 
Microcredito microfinanças do_gov_lula_01-09-05
Microcredito microfinanças do_gov_lula_01-09-05Microcredito microfinanças do_gov_lula_01-09-05
Microcredito microfinanças do_gov_lula_01-09-05Juliana Sarieddine
 
Id 052485 apresentação aos novos membros
Id 052485 apresentação aos novos membrosId 052485 apresentação aos novos membros
Id 052485 apresentação aos novos membrosAlex da Silva
 
Aperfeçoamento do programa Super Simples
Aperfeçoamento do programa Super SimplesAperfeçoamento do programa Super Simples
Aperfeçoamento do programa Super SimplesRafael Wiethorn
 
Inadimplência do consumidor cresce 4,47% e vendas caem 3,26%
Inadimplência do consumidor cresce 4,47% e vendas caem 3,26%Inadimplência do consumidor cresce 4,47% e vendas caem 3,26%
Inadimplência do consumidor cresce 4,47% e vendas caem 3,26%SPC Brasil
 
CAIXA promove nova redução de taxas de juros para pessoas físicas e jurídicas
CAIXA promove nova redução de taxas de juros para pessoas físicas e jurídicasCAIXA promove nova redução de taxas de juros para pessoas físicas e jurídicas
CAIXA promove nova redução de taxas de juros para pessoas físicas e jurídicasCAIXA Notícias
 
Crédito solidário microcrédito - Banco Fomento Paraná
Crédito solidário   microcrédito - Banco Fomento ParanáCrédito solidário   microcrédito - Banco Fomento Paraná
Crédito solidário microcrédito - Banco Fomento ParanáCambara Empreendedora
 
40% dos micro e pequenos empresários estão pessimistas com o futuro da economia
40% dos micro e pequenos empresários estão pessimistas com o futuro da economia40% dos micro e pequenos empresários estão pessimistas com o futuro da economia
40% dos micro e pequenos empresários estão pessimistas com o futuro da economiaSPC Brasil
 
Concentração da inadimplência por gênero, idade e valor da dívida
Concentração da inadimplência por gênero, idade e valor da dívidaConcentração da inadimplência por gênero, idade e valor da dívida
Concentração da inadimplência por gênero, idade e valor da dívidaSPC Brasil
 

Mais procurados (18)

Número de empresas inadimplentes acelera em agosto e cresce 7,64%
Número de empresas inadimplentes acelera em agosto e cresce 7,64%Número de empresas inadimplentes acelera em agosto e cresce 7,64%
Número de empresas inadimplentes acelera em agosto e cresce 7,64%
 
Release #MelhorCredito
Release #MelhorCredito Release #MelhorCredito
Release #MelhorCredito
 
Cadastro Positivo pode ajudar consumidores a conseguirem mais crédito
Cadastro Positivo pode ajudar consumidores a conseguirem mais créditoCadastro Positivo pode ajudar consumidores a conseguirem mais crédito
Cadastro Positivo pode ajudar consumidores a conseguirem mais crédito
 
Sbcs 14062011. r.kaufamnn
Sbcs   14062011. r.kaufamnnSbcs   14062011. r.kaufamnn
Sbcs 14062011. r.kaufamnn
 
Inandimplencia tem leve queda e as vendas já são as melhores do 2º semestre d...
Inandimplencia tem leve queda e as vendas já são as melhores do 2º semestre d...Inandimplencia tem leve queda e as vendas já são as melhores do 2º semestre d...
Inandimplencia tem leve queda e as vendas já são as melhores do 2º semestre d...
 
Sociedades Garantidoras de Crédito
Sociedades Garantidoras de Crédito Sociedades Garantidoras de Crédito
Sociedades Garantidoras de Crédito
 
Inadimplência registra alta de +0,72% e vendas, a primeira queda do ano.
Inadimplência registra alta de +0,72% e vendas, a primeira queda do ano.Inadimplência registra alta de +0,72% e vendas, a primeira queda do ano.
Inadimplência registra alta de +0,72% e vendas, a primeira queda do ano.
 
Regularização de dívidas recua 8,72% na comparação anual
Regularização de dívidas recua 8,72% na comparação anualRegularização de dívidas recua 8,72% na comparação anual
Regularização de dívidas recua 8,72% na comparação anual
 
Números do Cadastro Positivo
Números do Cadastro PositivoNúmeros do Cadastro Positivo
Números do Cadastro Positivo
 
Microcredito microfinanças do_gov_lula_01-09-05
Microcredito microfinanças do_gov_lula_01-09-05Microcredito microfinanças do_gov_lula_01-09-05
Microcredito microfinanças do_gov_lula_01-09-05
 
Pedaladas Fiscais
Pedaladas FiscaisPedaladas Fiscais
Pedaladas Fiscais
 
Id 052485 apresentação aos novos membros
Id 052485 apresentação aos novos membrosId 052485 apresentação aos novos membros
Id 052485 apresentação aos novos membros
 
Aperfeçoamento do programa Super Simples
Aperfeçoamento do programa Super SimplesAperfeçoamento do programa Super Simples
Aperfeçoamento do programa Super Simples
 
Inadimplência do consumidor cresce 4,47% e vendas caem 3,26%
Inadimplência do consumidor cresce 4,47% e vendas caem 3,26%Inadimplência do consumidor cresce 4,47% e vendas caem 3,26%
Inadimplência do consumidor cresce 4,47% e vendas caem 3,26%
 
CAIXA promove nova redução de taxas de juros para pessoas físicas e jurídicas
CAIXA promove nova redução de taxas de juros para pessoas físicas e jurídicasCAIXA promove nova redução de taxas de juros para pessoas físicas e jurídicas
CAIXA promove nova redução de taxas de juros para pessoas físicas e jurídicas
 
Crédito solidário microcrédito - Banco Fomento Paraná
Crédito solidário   microcrédito - Banco Fomento ParanáCrédito solidário   microcrédito - Banco Fomento Paraná
Crédito solidário microcrédito - Banco Fomento Paraná
 
40% dos micro e pequenos empresários estão pessimistas com o futuro da economia
40% dos micro e pequenos empresários estão pessimistas com o futuro da economia40% dos micro e pequenos empresários estão pessimistas com o futuro da economia
40% dos micro e pequenos empresários estão pessimistas com o futuro da economia
 
Concentração da inadimplência por gênero, idade e valor da dívida
Concentração da inadimplência por gênero, idade e valor da dívidaConcentração da inadimplência por gênero, idade e valor da dívida
Concentração da inadimplência por gênero, idade e valor da dívida
 

Semelhante a Carta à equipe econômica

Como Fazer os juros serem mais baixos no brasil - Febraban
Como Fazer os juros serem mais baixos no brasil - FebrabanComo Fazer os juros serem mais baixos no brasil - Febraban
Como Fazer os juros serem mais baixos no brasil - FebrabanÉdila F.
 
Governo Federal e Municípios - Revista municípios fortes, brasil sustentável
Governo Federal e Municípios - Revista municípios fortes, brasil sustentávelGoverno Federal e Municípios - Revista municípios fortes, brasil sustentável
Governo Federal e Municípios - Revista municípios fortes, brasil sustentávelSubchefia de Assuntos Federativos (SAF)
 
2561 07 itaú lucra r$ 7,12 bi no 1º semestre, mas fecha 9 …
2561 07 itaú lucra r$ 7,12 bi no 1º semestre, mas fecha 9 …2561 07 itaú lucra r$ 7,12 bi no 1º semestre, mas fecha 9 …
2561 07 itaú lucra r$ 7,12 bi no 1º semestre, mas fecha 9 …Seeb Friburgo
 
Inadimplência encerra abril com alta recorde de 8,60%
Inadimplência encerra abril com alta  recorde de 8,60%Inadimplência encerra abril com alta  recorde de 8,60%
Inadimplência encerra abril com alta recorde de 8,60%SPC Brasil
 
Análise: Transações financeiras no final do ano
Análise: Transações financeiras no final do anoAnálise: Transações financeiras no final do ano
Análise: Transações financeiras no final do anoMiti Inteligência
 
Mercado farmaceutico brasileiro
Mercado farmaceutico brasileiroMercado farmaceutico brasileiro
Mercado farmaceutico brasileiroLourdes Martins
 
Inadimplência do consumidor bate novo recorde em maio, dizem CNDL e SPC Brasil
Inadimplência do consumidor bate novo recorde em maio, dizem CNDL e SPC BrasilInadimplência do consumidor bate novo recorde em maio, dizem CNDL e SPC Brasil
Inadimplência do consumidor bate novo recorde em maio, dizem CNDL e SPC BrasilSPC Brasil
 
Publicação janeiro
Publicação janeiroPublicação janeiro
Publicação janeiroAbsolutaSN
 
Verdades e Mitos sobre o Cadastro Positivo
Verdades e Mitos sobre o Cadastro PositivoVerdades e Mitos sobre o Cadastro Positivo
Verdades e Mitos sobre o Cadastro PositivoANBCBureausdeCrdito
 
Apresentação – 20 mitos sobre a reforma da Previdência (08/05/2017)
Apresentação – 20 mitos sobre a reforma da Previdência (08/05/2017)Apresentação – 20 mitos sobre a reforma da Previdência (08/05/2017)
Apresentação – 20 mitos sobre a reforma da Previdência (08/05/2017)Ministério da Economia
 
Cartilha crédito procon campinas nov2013
Cartilha crédito procon campinas nov2013Cartilha crédito procon campinas nov2013
Cartilha crédito procon campinas nov2013igoregomes
 
Nota apoio pls283
Nota apoio pls283Nota apoio pls283
Nota apoio pls283igoregomes
 
Escorcha financeira inviabiliza a recuperação econômica do brasil
Escorcha financeira inviabiliza a recuperação econômica do brasilEscorcha financeira inviabiliza a recuperação econômica do brasil
Escorcha financeira inviabiliza a recuperação econômica do brasilFernando Alcoforado
 
Indicadores Econômicos - Agosto 2014
Indicadores Econômicos - Agosto 2014Indicadores Econômicos - Agosto 2014
Indicadores Econômicos - Agosto 2014SPC Brasil
 
TCC - O Mercado de Cartão de Crédito no Brasil e sua Influência na Baixa Renda
TCC - O Mercado de Cartão de Crédito no Brasil e sua Influência na Baixa RendaTCC - O Mercado de Cartão de Crédito no Brasil e sua Influência na Baixa Renda
TCC - O Mercado de Cartão de Crédito no Brasil e sua Influência na Baixa RendaGleice Zanettin Fernandes
 
Sebra - Acesso a Crédito
Sebra - Acesso a CréditoSebra - Acesso a Crédito
Sebra - Acesso a CréditoLuany Lima
 
Dicas para as contas inicio de ano
Dicas para as contas inicio de anoDicas para as contas inicio de ano
Dicas para as contas inicio de anoSPC Brasil
 

Semelhante a Carta à equipe econômica (20)

Como Fazer os juros serem mais baixos no brasil - Febraban
Como Fazer os juros serem mais baixos no brasil - FebrabanComo Fazer os juros serem mais baixos no brasil - Febraban
Como Fazer os juros serem mais baixos no brasil - Febraban
 
Governo Federal e Municípios - Revista municípios fortes, brasil sustentável
Governo Federal e Municípios - Revista municípios fortes, brasil sustentávelGoverno Federal e Municípios - Revista municípios fortes, brasil sustentável
Governo Federal e Municípios - Revista municípios fortes, brasil sustentável
 
Governo Federal e Municípios - Revista municípios fortes, brasil sustentável
Governo Federal e Municípios - Revista municípios fortes, brasil sustentávelGoverno Federal e Municípios - Revista municípios fortes, brasil sustentável
Governo Federal e Municípios - Revista municípios fortes, brasil sustentável
 
2561 07 itaú lucra r$ 7,12 bi no 1º semestre, mas fecha 9 …
2561 07 itaú lucra r$ 7,12 bi no 1º semestre, mas fecha 9 …2561 07 itaú lucra r$ 7,12 bi no 1º semestre, mas fecha 9 …
2561 07 itaú lucra r$ 7,12 bi no 1º semestre, mas fecha 9 …
 
Inadimplência encerra abril com alta recorde de 8,60%
Inadimplência encerra abril com alta  recorde de 8,60%Inadimplência encerra abril com alta  recorde de 8,60%
Inadimplência encerra abril com alta recorde de 8,60%
 
Análise: Transações financeiras no final do ano
Análise: Transações financeiras no final do anoAnálise: Transações financeiras no final do ano
Análise: Transações financeiras no final do ano
 
Mercado farmaceutico brasileiro
Mercado farmaceutico brasileiroMercado farmaceutico brasileiro
Mercado farmaceutico brasileiro
 
Inadimplência do consumidor bate novo recorde em maio, dizem CNDL e SPC Brasil
Inadimplência do consumidor bate novo recorde em maio, dizem CNDL e SPC BrasilInadimplência do consumidor bate novo recorde em maio, dizem CNDL e SPC Brasil
Inadimplência do consumidor bate novo recorde em maio, dizem CNDL e SPC Brasil
 
Publicação janeiro
Publicação janeiroPublicação janeiro
Publicação janeiro
 
Verdades e Mitos sobre o Cadastro Positivo
Verdades e Mitos sobre o Cadastro PositivoVerdades e Mitos sobre o Cadastro Positivo
Verdades e Mitos sobre o Cadastro Positivo
 
Apresentação – 20 mitos sobre a reforma da Previdência (08/05/2017)
Apresentação – 20 mitos sobre a reforma da Previdência (08/05/2017)Apresentação – 20 mitos sobre a reforma da Previdência (08/05/2017)
Apresentação – 20 mitos sobre a reforma da Previdência (08/05/2017)
 
Cartilha crédito procon campinas nov2013
Cartilha crédito procon campinas nov2013Cartilha crédito procon campinas nov2013
Cartilha crédito procon campinas nov2013
 
Nota apoio pls283
Nota apoio pls283Nota apoio pls283
Nota apoio pls283
 
Escorcha financeira inviabiliza a recuperação econômica do brasil
Escorcha financeira inviabiliza a recuperação econômica do brasilEscorcha financeira inviabiliza a recuperação econômica do brasil
Escorcha financeira inviabiliza a recuperação econômica do brasil
 
As reformas e a agenda parlamentar em 2020 - Marcos Mendes
As reformas e a agenda parlamentar em 2020 - Marcos MendesAs reformas e a agenda parlamentar em 2020 - Marcos Mendes
As reformas e a agenda parlamentar em 2020 - Marcos Mendes
 
Impactos da Economia no Varejo - Crédito e Inadimplência
Impactos da Economia no Varejo - Crédito e InadimplênciaImpactos da Economia no Varejo - Crédito e Inadimplência
Impactos da Economia no Varejo - Crédito e Inadimplência
 
Indicadores Econômicos - Agosto 2014
Indicadores Econômicos - Agosto 2014Indicadores Econômicos - Agosto 2014
Indicadores Econômicos - Agosto 2014
 
TCC - O Mercado de Cartão de Crédito no Brasil e sua Influência na Baixa Renda
TCC - O Mercado de Cartão de Crédito no Brasil e sua Influência na Baixa RendaTCC - O Mercado de Cartão de Crédito no Brasil e sua Influência na Baixa Renda
TCC - O Mercado de Cartão de Crédito no Brasil e sua Influência na Baixa Renda
 
Sebra - Acesso a Crédito
Sebra - Acesso a CréditoSebra - Acesso a Crédito
Sebra - Acesso a Crédito
 
Dicas para as contas inicio de ano
Dicas para as contas inicio de anoDicas para as contas inicio de ano
Dicas para as contas inicio de ano
 

Mais de ANBCBureausdeCrdito

Impacto do Cadastro Positivo para as Pessoas Jurídicas
Impacto do Cadastro Positivo para as Pessoas JurídicasImpacto do Cadastro Positivo para as Pessoas Jurídicas
Impacto do Cadastro Positivo para as Pessoas JurídicasANBCBureausdeCrdito
 
Impacto do Cadastro Positivo ICMS e IPVA
Impacto do Cadastro Positivo ICMS e IPVAImpacto do Cadastro Positivo ICMS e IPVA
Impacto do Cadastro Positivo ICMS e IPVAANBCBureausdeCrdito
 
Impacto do Cadastro Positivo por estado
Impacto do Cadastro Positivo por estadoImpacto do Cadastro Positivo por estado
Impacto do Cadastro Positivo por estadoANBCBureausdeCrdito
 
Impacto do Cadastro Positivo para as Pessoas Físicas
Impacto do Cadastro Positivo para as Pessoas FísicasImpacto do Cadastro Positivo para as Pessoas Físicas
Impacto do Cadastro Positivo para as Pessoas FísicasANBCBureausdeCrdito
 
Setor de comércio e serviços e o crédito
Setor de comércio e serviços e o créditoSetor de comércio e serviços e o crédito
Setor de comércio e serviços e o créditoANBCBureausdeCrdito
 
Panorama do crédito para a indústria
Panorama do crédito para a indústriaPanorama do crédito para a indústria
Panorama do crédito para a indústriaANBCBureausdeCrdito
 
Ofício da Frente empresarial em defesa da LGPD e segurança jurídica
Ofício da Frente empresarial em defesa da LGPD e segurança jurídicaOfício da Frente empresarial em defesa da LGPD e segurança jurídica
Ofício da Frente empresarial em defesa da LGPD e segurança jurídicaANBCBureausdeCrdito
 
Case Midway (financeira Riachuelo)
Case Midway (financeira Riachuelo)Case Midway (financeira Riachuelo)
Case Midway (financeira Riachuelo)ANBCBureausdeCrdito
 

Mais de ANBCBureausdeCrdito (9)

Impacto do Cadastro Positivo para as Pessoas Jurídicas
Impacto do Cadastro Positivo para as Pessoas JurídicasImpacto do Cadastro Positivo para as Pessoas Jurídicas
Impacto do Cadastro Positivo para as Pessoas Jurídicas
 
Impacto do Cadastro Positivo ICMS e IPVA
Impacto do Cadastro Positivo ICMS e IPVAImpacto do Cadastro Positivo ICMS e IPVA
Impacto do Cadastro Positivo ICMS e IPVA
 
Impacto do Cadastro Positivo por estado
Impacto do Cadastro Positivo por estadoImpacto do Cadastro Positivo por estado
Impacto do Cadastro Positivo por estado
 
Impacto do Cadastro Positivo para as Pessoas Físicas
Impacto do Cadastro Positivo para as Pessoas FísicasImpacto do Cadastro Positivo para as Pessoas Físicas
Impacto do Cadastro Positivo para as Pessoas Físicas
 
Práticas Lesivas ao Crédito
Práticas Lesivas ao CréditoPráticas Lesivas ao Crédito
Práticas Lesivas ao Crédito
 
Setor de comércio e serviços e o crédito
Setor de comércio e serviços e o créditoSetor de comércio e serviços e o crédito
Setor de comércio e serviços e o crédito
 
Panorama do crédito para a indústria
Panorama do crédito para a indústriaPanorama do crédito para a indústria
Panorama do crédito para a indústria
 
Ofício da Frente empresarial em defesa da LGPD e segurança jurídica
Ofício da Frente empresarial em defesa da LGPD e segurança jurídicaOfício da Frente empresarial em defesa da LGPD e segurança jurídica
Ofício da Frente empresarial em defesa da LGPD e segurança jurídica
 
Case Midway (financeira Riachuelo)
Case Midway (financeira Riachuelo)Case Midway (financeira Riachuelo)
Case Midway (financeira Riachuelo)
 

Último

MAPA - BEDU - MEDIDAS E AVALIAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - 51/2024
MAPA - BEDU - MEDIDAS E AVALIAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - 51/2024MAPA - BEDU - MEDIDAS E AVALIAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - 51/2024
MAPA - BEDU - MEDIDAS E AVALIAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - 51/2024DL assessoria 31
 
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...sdl192405
 
MAPA - DIDÁTICA - 51/2024MAPA - DIDÁTICA - 51/2024
MAPA - DIDÁTICA - 51/2024MAPA - DIDÁTICA - 51/2024MAPA - DIDÁTICA - 51/2024MAPA - DIDÁTICA - 51/2024
MAPA - DIDÁTICA - 51/2024MAPA - DIDÁTICA - 51/2024DL assessoria 30
 
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...sdl192405
 
MAPA - DIDÁTICA - 51/2024MAPA - DIDÁTICA - 51/2024
MAPA - DIDÁTICA - 51/2024MAPA - DIDÁTICA - 51/2024MAPA - DIDÁTICA - 51/2024MAPA - DIDÁTICA - 51/2024
MAPA - DIDÁTICA - 51/2024MAPA - DIDÁTICA - 51/2024DL assessoria 27
 
Em nossa disciplina Prática Pedagógica: Saberes Digitais, estamos imersos em ...
Em nossa disciplina Prática Pedagógica: Saberes Digitais, estamos imersos em ...Em nossa disciplina Prática Pedagógica: Saberes Digitais, estamos imersos em ...
Em nossa disciplina Prática Pedagógica: Saberes Digitais, estamos imersos em ...dl assessoria9
 
MAPA – SAUDE - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51/2024
MAPA – SAUDE - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51/2024MAPA – SAUDE - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51/2024
MAPA – SAUDE - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51/2024DassessoriaAa
 
ATIVIDADE 1 - MKT - GESTÃO DE CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO - 51/2024ESTÃO DE CANAIS...
ATIVIDADE 1 - MKT - GESTÃO DE CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO - 51/2024ESTÃO DE CANAIS...ATIVIDADE 1 - MKT - GESTÃO DE CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO - 51/2024ESTÃO DE CANAIS...
ATIVIDADE 1 - MKT - GESTÃO DE CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO - 51/2024ESTÃO DE CANAIS...Dl assessoria S3
 
Para melhor compreendermos as relações em sociedade e suas formas de organiza...
Para melhor compreendermos as relações em sociedade e suas formas de organiza...Para melhor compreendermos as relações em sociedade e suas formas de organiza...
Para melhor compreendermos as relações em sociedade e suas formas de organiza...dl assessoria9
 
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024dlalicia08
 
Comércio Exterior de Santa Catarina em 2023
Comércio Exterior de Santa Catarina em 2023Comércio Exterior de Santa Catarina em 2023
Comércio Exterior de Santa Catarina em 2023Henry Quaresma
 
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024leonardodl361
 
Bolsa de Valores Simples - www.bolsadevaloressimples.com.br
Bolsa de Valores Simples - www.bolsadevaloressimples.com.brBolsa de Valores Simples - www.bolsadevaloressimples.com.br
Bolsa de Valores Simples - www.bolsadevaloressimples.com.brPatriciagomes889620
 
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024dlalicia08
 
apresentação............................
apresentação............................apresentação............................
apresentação............................Judite Silva
 
Coloque-se na seguinte situação hipotética. Você, além professor(a) de Língua...
Coloque-se na seguinte situação hipotética. Você, além professor(a) de Língua...Coloque-se na seguinte situação hipotética. Você, além professor(a) de Língua...
Coloque-se na seguinte situação hipotética. Você, além professor(a) de Língua...dl assessoria S1
 
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024leonardodl361
 
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024dlalicia08
 
ORGANIZAÇÃO RACIONAL DO TRABALHO (ORT) A Organização Racional do Trabalho (OR...
ORGANIZAÇÃO RACIONAL DO TRABALHO (ORT) A Organização Racional do Trabalho (OR...ORGANIZAÇÃO RACIONAL DO TRABALHO (ORT) A Organização Racional do Trabalho (OR...
ORGANIZAÇÃO RACIONAL DO TRABALHO (ORT) A Organização Racional do Trabalho (OR...mariaclarinhaa2723
 
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...DL assessoria 31
 

Último (20)

MAPA - BEDU - MEDIDAS E AVALIAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - 51/2024
MAPA - BEDU - MEDIDAS E AVALIAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - 51/2024MAPA - BEDU - MEDIDAS E AVALIAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - 51/2024
MAPA - BEDU - MEDIDAS E AVALIAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA - 51/2024
 
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
 
MAPA - DIDÁTICA - 51/2024MAPA - DIDÁTICA - 51/2024
MAPA - DIDÁTICA - 51/2024MAPA - DIDÁTICA - 51/2024MAPA - DIDÁTICA - 51/2024MAPA - DIDÁTICA - 51/2024
MAPA - DIDÁTICA - 51/2024MAPA - DIDÁTICA - 51/2024
 
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
 
MAPA - DIDÁTICA - 51/2024MAPA - DIDÁTICA - 51/2024
MAPA - DIDÁTICA - 51/2024MAPA - DIDÁTICA - 51/2024MAPA - DIDÁTICA - 51/2024MAPA - DIDÁTICA - 51/2024
MAPA - DIDÁTICA - 51/2024MAPA - DIDÁTICA - 51/2024
 
Em nossa disciplina Prática Pedagógica: Saberes Digitais, estamos imersos em ...
Em nossa disciplina Prática Pedagógica: Saberes Digitais, estamos imersos em ...Em nossa disciplina Prática Pedagógica: Saberes Digitais, estamos imersos em ...
Em nossa disciplina Prática Pedagógica: Saberes Digitais, estamos imersos em ...
 
MAPA – SAUDE - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51/2024
MAPA – SAUDE - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51/2024MAPA – SAUDE - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51/2024
MAPA – SAUDE - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51/2024
 
ATIVIDADE 1 - MKT - GESTÃO DE CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO - 51/2024ESTÃO DE CANAIS...
ATIVIDADE 1 - MKT - GESTÃO DE CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO - 51/2024ESTÃO DE CANAIS...ATIVIDADE 1 - MKT - GESTÃO DE CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO - 51/2024ESTÃO DE CANAIS...
ATIVIDADE 1 - MKT - GESTÃO DE CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO - 51/2024ESTÃO DE CANAIS...
 
Para melhor compreendermos as relações em sociedade e suas formas de organiza...
Para melhor compreendermos as relações em sociedade e suas formas de organiza...Para melhor compreendermos as relações em sociedade e suas formas de organiza...
Para melhor compreendermos as relações em sociedade e suas formas de organiza...
 
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
 
Comércio Exterior de Santa Catarina em 2023
Comércio Exterior de Santa Catarina em 2023Comércio Exterior de Santa Catarina em 2023
Comércio Exterior de Santa Catarina em 2023
 
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024
 
Bolsa de Valores Simples - www.bolsadevaloressimples.com.br
Bolsa de Valores Simples - www.bolsadevaloressimples.com.brBolsa de Valores Simples - www.bolsadevaloressimples.com.br
Bolsa de Valores Simples - www.bolsadevaloressimples.com.br
 
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
 
apresentação............................
apresentação............................apresentação............................
apresentação............................
 
Coloque-se na seguinte situação hipotética. Você, além professor(a) de Língua...
Coloque-se na seguinte situação hipotética. Você, além professor(a) de Língua...Coloque-se na seguinte situação hipotética. Você, além professor(a) de Língua...
Coloque-se na seguinte situação hipotética. Você, além professor(a) de Língua...
 
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024
 
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
 
ORGANIZAÇÃO RACIONAL DO TRABALHO (ORT) A Organização Racional do Trabalho (OR...
ORGANIZAÇÃO RACIONAL DO TRABALHO (ORT) A Organização Racional do Trabalho (OR...ORGANIZAÇÃO RACIONAL DO TRABALHO (ORT) A Organização Racional do Trabalho (OR...
ORGANIZAÇÃO RACIONAL DO TRABALHO (ORT) A Organização Racional do Trabalho (OR...
 
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
 

Carta à equipe econômica

  • 1. Carta Aberta Uma agenda positiva para inclusão financeira, redução sustentável da inadimplência e expansão saudável do mercado de crédito no Brasil Porque o estímulo ao crédito deve ser uma prioridade para o novo presidente da República Dez/2018 Carta Aberta Dez/2018
  • 2. A maior crise econômica da história republicana do Brasil, aliada à falta de planejamento do consumidor e à ineficiência do atual modelo de concessão de crédito das empresas credoras, que desconhecem o real nível de endividamento das pessoas, levaram o número de brasileiros incluídos na lista de inadimplentes a bater recorde histórico, ultrapassando a casa dos 63 milhões. As perdas de crédito agravam não somente os problemas financeiros das organizações (bancos, financeiras, varejistas, empresas prestadoras de serviços de utilidade pública, empresas de telefonia e telecomunicações etc). Elas também prejudicam o sono e a vida dessas famílias inadimplentes, que representam cerca de 40% dos adultos do país. O que parece uma situação isolada, acaba prejudicando todo o país. Afinal, hoje, no Brasil, pagamos juros mais elevados também por conta desse nível de inadimplência. De acordo com o Banco Central, mais da metade do spread bancário (diferença entre a taxa de juros cobrada pelas instituições financeiras e o custo de captação dos recursos) se deve às dívidas não pagas. Com isto, o problema afeta tanto os que não pagam suas dívidas e ficam sem crédito na praça, quanto os que pagam suas dívidas, mas são obrigados a arcar com taxas mais elevadas para compensar os inadimplentes. Apesar das saudáveis divergências entre os diferentes candidatos a presidente, há consensos em relação a desafios para a retomada do crescimento econômico, que passa necessariamente pela expansão do mercado de crédito. São eles: Ë A necessidade de reequilibrar as contas públicas por meio da redução de despesas e do crescimento da economia, com geração de empregos e aumento da arrecadação sem ampliação da carga tributária Ë Ë A importância de políticas públicas de longo prazo para atrair o investimento privado e consolidar uma economia de mercado Ë Ë A urgência da expansão do crédito com preço justo Ë Ë A premência de encaminhar uma solução para a inadimplência, que atinge mais de 63 milhões de brasileiros INTRODUÇÃO
  • 3. As entidades que formam a Frente do Cadastro Positivo apontam a expansão sustentável do crédito como uma solução para endereçar as principais questões de ordem político-econômica relacionadas nas campanhas presidenciais. O crédito, afinal, é um importante propulsor do desenvolvimento do mercado interno e da produção. O aumento do volume de empréstimos aquece a demanda doméstica e, assim, atua diretamente, e de forma positiva, no desempenho do Produto Interno Bruto, que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país. Ao fomentar o consumo, o crédito induz o setor produtivo a investir e fabricar mais bens e, por consequência, empregar mais gente, aumentando a renda da população, que melhora seu nível de vida ao elevar o padrão de consumo. Mas tudo isto só funciona se o crédito for adequadamente concedido, com o risco mais bem conhecido e dimensionado. Se houver inadimplência elevada é péssimo para o país, pois ela destrói valor e afeta a qualidade de vida dos cidadãos e toda a cadeia produtiva. Portanto, empresas, sociedade civil organizada e governos devem encarar o grande desafio de promover melhores práticas de análise e concessão de crédito, reduzir a assimetria de informações mediante ferramentas como o Cadastro Positivo, e educar financeiramente nossos consumidores. Já passamos da hora de acelerar todos estes processos. No Brasil, apesar da alta inadimplência, o crédito ainda é pouco utilizado. Segundo o Banco de Compensações Internacionais (BIS), o país apresentou no primeiro semestre de 2016 endividamento do setor privado não financeiro de aproximadamente 45% do PIB, nível bem inferior à média mundial, o que mostra o potencial de crescimento do crédito no país. A o m e s m o t e m p o , a i n d a s e g u n d o o B I S , o comprometimento da renda do brasileiro com o pagamento de juros e amortização é muito superior à média mundial. Entre outros motivos, devido a um spread bancário extremamente elevado em relação ao mundo e aos países vizinhos. Como reverter a situação e estimular a expansão saudável do mercado de crédito? Como tornar o crédito um mecanismo de inclusão financeira e, até mesmo, social? PORQUE A EXPANSÃO DO CRÉDITO É BOA PARA O BRASIL
  • 4. Para baratear o crédito e democratizar o acesso a ele, a principal ferramenta é a criação de um sistema de informações positivas, o Cadastro Positivo, que já é adotado em mais de 70 países. Um cadastro rico em informações traz novos competidores para o mercado de crédito, como as fintechs, amplia o volume de financiamentos e permite diferenciar as taxas, de modo que o bom pagador tenha taxas mais justas. No Brasil, embora esteja em vigor desde 20113, o modelo adotado desestimula a adesão dos consumidores. Com a nova proposta que tramita no Congresso Nacional, de inclusão automática de todos os CPFs, a previsão é que o país rapidamente comece a perceber os benefícios que o Cadastro Positivo pode oferecer: Para a economia: Ë aumento do PIB em 0,54% ao ano Ë injeção de até R$ 1,1 trilhão no mercado Ë R$ 790 bilhões de expansão no crédito a empresas de todos os portes § R$ 550 bilhões, ou 8,4% do PIB, em expansão do crédito para 4 milhões de micro e pequenas empresas, que empregam a maior parcela da mão de obra em todo o país Ÿ Para a sociedade: Ë redução de até 45% na inadimplência, que atinge cerca de 63 milhões de brasileiros Ë inserção de cerca de 22 milhões de cidadãos, ou mais de 10% da população brasileira, ao mercado de crédito Ë redução das taxas de juros pelo aumento da competitividade entre os credores e pela concessão de crédito baseada em dados positivos e não negativos Ÿ Para o governo: Ë aumento de até R$ 450 bilhões na arrecadação de impostos e contribuições federais administradas pela Receita Federal, sem alteração nas alíquotas dos tributos Ë incremento de R$ 205,7 bilhões na arrecadação de ICMS e IPVA pelos estados brasileiros, devido ao crescimento da atividade econômica O CADASTRO POSITIVO É O CAMINHO PARA O CRÉDITO RESPONSÁVEL
  • 5. O crescimento do mercado de crédito no Brasil é compatível com o respeito à privacidade de dados dos cidadãos, a exemplo do que acontece em outros países que já adotam o Cadastro Positivo com inclusão automática, como Estados Unidos, Reino Unido, Bélgica e México. A lei brasileira de proteção de dados se inspirou na legislação europeia. O GDPR (General Data Protection Regulation) representa o mais completo instrumento de proteção de dados pessoais do mundo. De acordo com ele, os consumidores não precisam dar autorização para que seus dados sejam utilizados para fins de crédito. No artigo 23, alínea e, o GDPR define as exceções, assim como ocorre na lei brasileira, para o uso dos dados pessoais de forma automática ou compulsória. No Brasil, embora a regra geral definida pela lei de proteção de dados seja fundamentada na autorização do consumidor (modelo opt-in), a própria legislação define exceções. No artigo 7º, inciso X, o legislador cita expressamente que o tratamento dos dados pessoais pode ser realizado para a “proteção do crédito”. Não se pode esquecer ainda que três das principais legislações que fazem referência às relações de consumo, incluindo as voltadas para o crédito, possuem a mesma hierarquia no ordenamento jurídico. O Código de Defesa do Consumidor, o Cadastro Positivo como existe hoje e a Lei Geral de Proteção de Dados são leis ordinárias federais, estando todas, é claro, abaixo da Constituição Federal. Entre essas três, não há uma que regule a outra, que se sobreponha à outra. Os bancos de dados de proteção ao crédito não armazenam informações sensíveis ou confidenciais. A privacidade dos indivíduos está protegida, conforme a legislação prevê. Informações como origem social, origem étnica, dados referentes à saúde, dados biométricos e convicção religiosa fazem parte dos chamados dados sensíveis ou confidenciais, cuja definição é encontrada no artigo 5º, inciso II, da lei de proteção de dados. O CADASTRO POSITIVO E A PROTEÇÃO DE DADOS
  • 6. A existência de um contingente de mais de 63 milhões de inadimplentes é um desafio para o país e para o governo federal, inclusive porque o nível de endividamento tem forte impacto negativo sobre o consumo e se reflete diretamente no Produto Interno Bruto (PIB). A busca de soluções que erradiquem esse mal é um dever da sociedade. E o Cadastro Positivo é o caminho mais viável para devolver condições de consumo a esse contingente de pessoas de forma orgânica e gradual. De um lado, porque a disponibilidade de informações positivas reunidas na nota de crédito vai estimular a concorrência na oferta de crédito, inclusive por meio das fintechs. De outro, porque, com riscos menores, os credores poderão praticar taxas mais justas. E finalmente, pelo empoderamento do consumidor, que, com sua nota de crédito, poderá escolher a organização que lhe oferece a menor taxa. Estudos do setor mostram que o Cadastro Positivo poderá reduzir a inadimplência em até 45%, o que significaria a expressiva diminuição de mais de 28 milhões no número de inadimplentes. Adicionalmente, o novo Cadastro Positivo será extremamente benéfico ao consumidor, que ficará menos propenso ao endividamento e mais estimulado a usar o crédito de forma racional. O Cadastro Positivo é uma medida inclusiva porque ajudará quem está à margem do sistema de crédito por não ter histórico creditício. Há muita gente sem comprovação de renda, mas que tem contas mensais regulares de consumo, como água, luz, telefone e gás. O Cadastro Positivo permite calcular o comportamento e o potencial de consumo dessas pessoas, que atualmente não têm comprovação de renda, com base em seu padrão de consumo desses serviços públicos. No sistema atual, de adesão voluntária, os dados do histórico de crédito, como pagamentos de contas e empréstimos, ficam abertos a todos os consulentes - lojas, bancos, financeiras, empresas de serviços públicos etc. Com a nova lei esses dados entram automaticamente na nota de crédito e a abertura de dados é feita pelo tomador de crédito junto ao consulente. Ë O sigilo bancário está garantido, pois apenas a nota de crédito será disponibilizada e o consumidor é quem autoriza a abertura de suas informações ao credor Ë CRÉDITO ABUNDANTE E A PREÇO JUSTO PARA TODOS CONTROLE DO CONSUMIDOR SOBRE SUAS INFORMAÇÕES CADASTRO POSITIVO PARA REDUZIR A INADIMPLÊNCIA
  • 7. Ë O tomador de crédito (pessoa física ou jurídica) que não quiser fazer parte do cadastro poderá pedir sua exclusão a qualquer momento, de múltiplas formas Ë Ë Todas as instituições que integram o CP, como os gestores do banco de dados, fornecedores da informação e quem consulta, operarão conforme o Código de Defesa do Consumidor A cidadania confere aos cidadãos o direito de participar de decisões que afetam o bem-estar, em troca de comportamento responsável dentro da sociedade. Esta, por sua vez, passa pela crescente financeirização dos recursos econômicos, fundamentais para o bem-estar e prosperidade do cidadão. Assim, em uma sociedade financeirizada, se não somos cidadãos financeiros, não somos cidadãos. A cidadania financeira se materializa por meio de três estágios principais: Ë Inclusão financeira: processo que dá acesso e visibilidade do cidadão aos produtos e serviços da economia através do sistema financeiro. O Cadastro Positivo é um dos processos mais eficazes para essa inclusão Ë Ë Disponibilidade de Produtos e Serviços: oferta de produtos e serviços de acordo com a necessidade e acessibilidade do cidadão Ë Educação Financeira: arcabouço de conhecimento e boas práticas que vai propiciar a inclusão com comportamento financeiro responsável e sustentabilidade da cidadania Em suma, com a cidadania financeira as pessoas têm acesso a produtos e serviços financeiros adequados, bem como oportunidade, capacidade e confiança, além de apoio e conselho apropriados, para tomar decisões conscientes de suas circunstâncias financeiras. Consolidar esse arcabouço institucional é o que efetivamente irá permitir, a uma sociedade respeitadora dos valores democráticos, reencontrar o caminho do desenvolvimento econômico com inclusão social. Neste contexto, o setor de Bureaus de Crédito está comprometido em participar na melhoria socioeconômica do Brasil por meio de: Ë Promoção da disciplina do Crédito Ë Inclusão Financeira Ë Crédito Sustentável Ë Consumo Consciente A CAMINHO DA CIDADANIA FINANCEIRA
  • 8. I n i c i a t i v a