SlideShare uma empresa Scribd logo

Inandimplencia tem leve queda e as vendas já são as melhores do 2º semestre de 2013

O documento apresenta os dados do indicador de vendas e inadimplência no Brasil em setembro de 2013. A inadimplência registrou uma leve queda de -0,34% em comparação com setembro de 2012, enquanto o volume de vendas teve alta de 1,83%, o melhor resultado do segundo semestre. Já taxas de juros mais altas e inflação reduziram o poder de compra dos consumidores, mas a queda do câmbio e a mudança de estação impulsionaram as vendas.

1 de 11
Baixar para ler offline
1
Indicador de vendas
e de inadimplência
CNDL | SPC Brasil
Setembro de 2013
Presidentes
Roque Pellizzaro Junior (CNDL)
Roberto Alfeu Pena Gomes (SPC Brasil)
Outubro de 2013
2
Inadimplência registra leve queda de -0,34% e vendas
têm o melhor resultado do segundo semestre, diz SPC
Juros mais caros e inflação alta fizeram o brasileiro ter receio de atrasar parcelamentos
em setembro. Já recuo da taxa cambial e mudança de estação impulsionaram as vendas
A inadimplência do consumidor brasileiro no mês de setembro apresentou uma leve
retração de -0,34%, em comparação com o mesmo mês do ano passado. Já o
volume de vendas no comércio ─ seguindo a mesma base de comparação ─ saiu do
patamar de -0,62% em agosto e fechou o mês de setembro em +1,83%, a maior
alta registrada no segundo semestre de 2013. Os dados são do indicador mensal
calculado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e divulgado pela
Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). O indicador leva em
consideração mais de 150 milhões de consumidores cadastrados em 1,2 milhão de
pontos de vendas espalhados por todo o Brasil.
De acordo com os economistas da CNDL e do SPC Brasil, ainda que a inadimplência
sofra moderadas variações, o índice de calotes no comércio brasileiro vem
desacelerando desde março de 2013 e apresenta sinais de estabilidade. Na avaliação
da economista do SPC Brasil, Ana Paula Bastos, a retração de -0,34% reflete maior
cautela e disciplina do consumidor em relação aos compromissos adquiridos no
passado. “Os juros no Brasil estão ficando mais caros em função dos recentes
aumentos da taxa Selic. Além disso, a inflação persiste em ficar acima do centro da
meta estipulada pelo governo, diminuindo o poder de compra do consumidor. Tudo
isso faz com que o brasileiro dê mais valor ao dinheiro e tenha mais disciplina ao
pagar as prestações que assumiu”, explica Bastos.
Quando comparada com agosto deste ano, a inadimplência, que mede o atraso de
pagamentos superiores a 90 dias, avançou +0,72%. A projeção dos economistas
das entidades é de que a inadimplência comece a recuar com a proximidade das
festas de final de ano, período em que tradicionalmente há uma maior recuperação de
crédito por conta da entrada do décimo terceiro salário na economia brasileira. No
acumulado dos nove primeiros meses de 2013, comparado com igual período do ano
passado ─ de janeiro a setembro de 2012 ─ a inclusão de novos consumidores no
cadastro de inadimplentes do SPC Brasil cresceu +4,09%.
3
Vendas a prazo
Em relação às consultas ao banco de dados do SPC Brasil, que refletem o nível de
atividade no varejo para as compras parceladas, o mês de setembro registrou alta de
+1,83% frente ao mesmo período de 2012. Este é o melhor resultado desde maio
deste ano, quando o nível de atividade no comércio apresentou alta de +2,24%.
Segundo o presidente da CNDL, Roque Pellizzaro Junior, o recuo da taxa cambial em
setembro ─ depois das fortes altas registradas entre junho e agosto ─ somado à
recuperação dos níveis de confiança do consumidor, resultaram na retomada do bom
movimento nas lojas brasileiras. “Além disso, os índices recordes de empregabilidade
e os impactos positivos causados pelo programa Minha Casa Melhor, que já distribuiu
mais de R$ 1 bilhão em financiamentos de móveis e eletrodomésticos, também
contribuíram com esse desempenho”, avalia Pellizzaro Junior.
Já na comparação com agosto, o volume de vendas para compras a prazo e
pagamentos em cheque apresentou uma variação positiva de +1,32% e, no
acumulado do ano, alta de +4,42%. Para o presidente da CNDL, o aumento no
número de consultas na base de comparação mensal foi influenciado, principalmente,
pelo incremento nas vendas por conta das liquidações dos segmentos de vestuário e
calçados, em função da mudança de estação.
A pesquisa
O indicador SPC Brasil mede o atraso de pagamentos no comércio superiores a 90
dias. A base de dados é formada por mais de 150 milhões de consumidores
cadastrados em 800 mil pontos de vendas espalhados por todo Brasil.
Baixe o material completo em https://www.spcbrasil.org.br/imprensa
Informações à imprensa:
Guilherme de Almeida
(61) 3213-2030 | (61) 9536 9800 | (61) 3049-9550
guilherme.dealmeida@inpressoficina.com.br
Vinícius Bruno
(11) 3549-6800 Ramal: 2708 | (11) 9-4161-6181
vinicius.bruno@inpressoficina.com.br
4
Número de consultas realizadas junto ao SPC Brasil
Na comparação de Setembro/13 com Agosto /13, o número de consultas realizadas para
compras a prazo e pagamentos em cheque, de acordo com os dados do SPC Brasil,
apresentou um aumento de +1,32%. Apesar de o mês de agosto ser considerado uma forte
base de comparação, devido à comemoração do Dia dos Pais, setembro apresentou um
pequeno crescimento devido, principalmente, a um leve recuo na taxa de desemprego, de
5,6% em julho de 2013 para 5,3% em agosto de 2013, e ao crescimento de 1,87% na renda
dos consumidores.
Na comparação com o mesmo mês do ano anterior (Setembro /12), o número de consultas
apresentou crescimento +1,83% No acumulado do ano, crescimento foi de +4,42%. Esse
resultado deve-se à estabilidade na taxa de desemprego em 2013 (5,3% em ago.2013 –
5,3% ago.2012) e a um aumento na renda dos consumidores na ordem de 1,31% na
comparação de agosto de 2013 com mesmo mês do ano passado. E apesar de a taxa de
juros estar em patamares maiores, o crédito para pessoa física continua em expansão
(7,66% de agosto. 2013 em relação a agosto 2012) o que impacta positivamente nas
vendas.
Indicador de Consultas SPC Brasil Variação (%)
Set.13/ Ago.13 +1,32
Set.13/ Set.12 +1,83
Jan.13- Set.13 /Jan.13- Set.13 +4,42
5
Número de registros junto ao SPC Brasil
O número de registros junto ao SPC Brasil apresentou, na comparação com o mês
imediatamente anterior, um crescimento de +0,72% em Setembro/13. O resultado em
questão advém principalmente das pressões inflacionárias recentes, que reduz a capacidade de
pagamento dos consumidores, impactando positivamente no indicador de inadimplência.
Na comparação com o mesmo mês do ano anterior (Setembro/12) verificou-se uma queda de
-0,34%. Ainda que o aumento do nível de preços contribua para que os consumidores se
tornem inadimplentes, outros fatores como a estabilidade no mercado de trabalho (taxa de
desemprego ago.13: 5,3% / ago,12: 5,3%, segundo IBGE) e o crescimento do rendimento dos
trabalhadores (ago.13: R$1.883,00 / ago.12: R$1.858,74 - IBGE) contribuem para que muitas
famílias consigam organizar melhor suas dívidas, reduzindo assim o indicador de registros.
No acumulado do ano, o crescimento foi de +4,09%. O aumento da inflação ao longo do ano
de 2013 (set.12-ago.13: 6,09% / set.11-ago.12: 5,24%, segundo IBGE) somado ao aumento
da taxa básica de juros (SELIC set.13: 9,0% a.a./ set.12: 7,50% a.a., segundo BACEN)
contribuem para que muitos consumidores, sobretudo aqueles que não possuem o hábito de
realizar o planejamento financeiro, tenham maiores dificuldades em quitar as suas dívidas em
função desta redução da capacidade de pagamento, culminando em um crescimento da
inadimplência.
Registros SPC Brasil Variação (%)
Set.13/ Ago.13 +0,72
Set.13/ Set.12 -0,34
Jan.13- Set.13 /Jan.13- Set.13 +4,09
6
Número de cancelamentos de registros do SPC Brasil
No que diz respeito ao volume de cancelamento de registros, ou seja, pessoas que
regularizaram seus débitos junto ao SPC Brasil, observa-se em Setembro/13, uma queda de
-0,13%. Inflação em alta reduz a capacidade de pagamento dos consumidores à medida que
possui um efeito corrosivo sobre a renda, fazendo com que se torne mais difícil o pagamento
de dívidas.
Na comparação com o mesmo mês do ano anterior (Setembro/12), observou-se variação de
+0,18%. E no acumulado do ano, o crescimento foi de +3,03%. A combinação do aumento do
rendimento real dos trabalhadores (crescimento de 1,3% em relação a agosto de 2012) com a
estabilidade do mercado de trabalho (taxa de desemprego ago.13: 5,3% / ago,12: 5,3%,
segundo IBGE) contribuem para que as famílias tenham uma maior capacidade de se
organizarem financeiramente, corroborando para um aumento da recuperação de crédito em
ambas as bases de comparação.
Cancelamentos SPC Brasil Variação (%)
Set.13/ Ago.13 -0,13
Set.13/ Set.12 +0,18
Jan.13- Set.13 /Jan.13- Set.13 +3,03

Recomendados

Inadimplência registra alta de +0,72% e vendas, a primeira queda do ano.
Inadimplência registra alta de +0,72% e vendas, a primeira queda do ano.Inadimplência registra alta de +0,72% e vendas, a primeira queda do ano.
Inadimplência registra alta de +0,72% e vendas, a primeira queda do ano.SPC Brasil
 
Inadimplência registra queda pela primeira vez no ano.
Inadimplência registra queda pela primeira vez no ano.Inadimplência registra queda pela primeira vez no ano.
Inadimplência registra queda pela primeira vez no ano.SPC Brasil
 
Indicadores Econômicos - Agosto 2014
Indicadores Econômicos - Agosto 2014Indicadores Econômicos - Agosto 2014
Indicadores Econômicos - Agosto 2014SPC Brasil
 
Queda de 1,17% na inadimplência
Queda de 1,17% na inadimplênciaQueda de 1,17% na inadimplência
Queda de 1,17% na inadimplênciaSPC Brasil
 
Release indicadores cortes_2013_v2
Release indicadores cortes_2013_v2Release indicadores cortes_2013_v2
Release indicadores cortes_2013_v2SPC Brasil
 
Número de empresas inadimplentes acelera em agosto e cresce 7,64%
Número de empresas inadimplentes acelera em agosto e cresce 7,64%Número de empresas inadimplentes acelera em agosto e cresce 7,64%
Número de empresas inadimplentes acelera em agosto e cresce 7,64%SPC Brasil
 
Economia e E-commerce Brasileiros
Economia e E-commerce BrasileirosEconomia e E-commerce Brasileiros
Economia e E-commerce BrasileirosABComm Brasil
 
Inadimplência do consumidor bate novo recorde em maio, dizem CNDL e SPC Brasil
Inadimplência do consumidor bate novo recorde em maio, dizem CNDL e SPC BrasilInadimplência do consumidor bate novo recorde em maio, dizem CNDL e SPC Brasil
Inadimplência do consumidor bate novo recorde em maio, dizem CNDL e SPC BrasilSPC Brasil
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Inadimplência do consumidor cresce 4,47% e vendas caem 3,26%
Inadimplência do consumidor cresce 4,47% e vendas caem 3,26%Inadimplência do consumidor cresce 4,47% e vendas caem 3,26%
Inadimplência do consumidor cresce 4,47% e vendas caem 3,26%SPC Brasil
 
Vendas voltam a crescer após 5 meses - Agosto 2014
Vendas voltam a crescer após 5 meses - Agosto 2014Vendas voltam a crescer após 5 meses - Agosto 2014
Vendas voltam a crescer após 5 meses - Agosto 2014SPC Brasil
 
Calendário Econômico Pine: Cenas do próximo capítulo
Calendário Econômico Pine: Cenas do próximo capítuloCalendário Econômico Pine: Cenas do próximo capítulo
Calendário Econômico Pine: Cenas do próximo capítuloBanco Pine
 
Indicador de Vendas e Inadimplência
Indicador de Vendas e InadimplênciaIndicador de Vendas e Inadimplência
Indicador de Vendas e InadimplênciaSPC Brasil
 
Calendário Econômico Pine: Um mix de conjuntura
Calendário Econômico Pine: Um mix de conjunturaCalendário Econômico Pine: Um mix de conjuntura
Calendário Econômico Pine: Um mix de conjunturaBanco Pine
 
Crédito cada vez mais restrito faz inadimplência descer para 1,81% em fevereiro
Crédito cada vez mais restrito faz inadimplência descer para 1,81% em fevereiroCrédito cada vez mais restrito faz inadimplência descer para 1,81% em fevereiro
Crédito cada vez mais restrito faz inadimplência descer para 1,81% em fevereiroSPC Brasil
 
Vendas a prazo registram queda de 2,03% em março
Vendas a prazo registram queda de 2,03%  em marçoVendas a prazo registram queda de 2,03%  em março
Vendas a prazo registram queda de 2,03% em marçoSPC Brasil
 
Relatório da Inadimplência - Junho 2014
Relatório da Inadimplência - Junho 2014Relatório da Inadimplência - Junho 2014
Relatório da Inadimplência - Junho 2014SPC Brasil
 
Indicadores da Inadimplência de PJ
Indicadores da Inadimplência de PJIndicadores da Inadimplência de PJ
Indicadores da Inadimplência de PJSPC Brasil
 
Número de inadimplentes em dezembro cresce 3,45%
Número de inadimplentes em dezembro cresce 3,45%Número de inadimplentes em dezembro cresce 3,45%
Número de inadimplentes em dezembro cresce 3,45%SPC Brasil
 
Calendário Econômico Pine: Melhora (temporária) em junho
Calendário Econômico Pine: Melhora (temporária) em junhoCalendário Econômico Pine: Melhora (temporária) em junho
Calendário Econômico Pine: Melhora (temporária) em junhoBanco Pine
 
Número de empresas inadimplente cresce 7,44%
Número de empresas inadimplente cresce 7,44%Número de empresas inadimplente cresce 7,44%
Número de empresas inadimplente cresce 7,44%SPC Brasil
 
Calendário Econômico Pine: Um pouco de tudo
Calendário Econômico Pine: Um pouco de tudoCalendário Econômico Pine: Um pouco de tudo
Calendário Econômico Pine: Um pouco de tudoBanco Pine
 
Indicadores Dezembro de 2013
Indicadores Dezembro de 2013Indicadores Dezembro de 2013
Indicadores Dezembro de 2013SPC Brasil
 
Brasil tem 52 milhões de consumidores inadimplentes.
Brasil tem 52 milhões de consumidores inadimplentes.Brasil tem 52 milhões de consumidores inadimplentes.
Brasil tem 52 milhões de consumidores inadimplentes.SPC Brasil
 
PINE Agenda Economica - Cenário surpreendente, Selic cadente
PINE Agenda Economica - Cenário surpreendente, Selic cadentePINE Agenda Economica - Cenário surpreendente, Selic cadente
PINE Agenda Economica - Cenário surpreendente, Selic cadente24x7 COMUNICAÇÃO
 
Dois milhões de brasileiros entram na lista de inadimplentes em 2015
Dois milhões de brasileiros entram na lista de inadimplentes em 2015Dois milhões de brasileiros entram na lista de inadimplentes em 2015
Dois milhões de brasileiros entram na lista de inadimplentes em 2015SPC Brasil
 
Expectativa de vendas no Dia dos Pais - Pesquisa com Lojistas
Expectativa de vendas no Dia dos Pais - Pesquisa com LojistasExpectativa de vendas no Dia dos Pais - Pesquisa com Lojistas
Expectativa de vendas no Dia dos Pais - Pesquisa com LojistasCâmara De Dirigentes Lojistas
 
Como Fazer os juros serem mais baixos no brasil - Febraban
Como Fazer os juros serem mais baixos no brasil - FebrabanComo Fazer os juros serem mais baixos no brasil - Febraban
Como Fazer os juros serem mais baixos no brasil - FebrabanÉdila F.
 

Mais procurados (20)

Inadimplência do consumidor cresce 4,47% e vendas caem 3,26%
Inadimplência do consumidor cresce 4,47% e vendas caem 3,26%Inadimplência do consumidor cresce 4,47% e vendas caem 3,26%
Inadimplência do consumidor cresce 4,47% e vendas caem 3,26%
 
Vendas voltam a crescer após 5 meses - Agosto 2014
Vendas voltam a crescer após 5 meses - Agosto 2014Vendas voltam a crescer após 5 meses - Agosto 2014
Vendas voltam a crescer após 5 meses - Agosto 2014
 
Calendário Econômico Pine: Cenas do próximo capítulo
Calendário Econômico Pine: Cenas do próximo capítuloCalendário Econômico Pine: Cenas do próximo capítulo
Calendário Econômico Pine: Cenas do próximo capítulo
 
Indicador de Vendas e Inadimplência
Indicador de Vendas e InadimplênciaIndicador de Vendas e Inadimplência
Indicador de Vendas e Inadimplência
 
Calendário Econômico Pine: Um mix de conjuntura
Calendário Econômico Pine: Um mix de conjunturaCalendário Econômico Pine: Um mix de conjuntura
Calendário Econômico Pine: Um mix de conjuntura
 
Crédito cada vez mais restrito faz inadimplência descer para 1,81% em fevereiro
Crédito cada vez mais restrito faz inadimplência descer para 1,81% em fevereiroCrédito cada vez mais restrito faz inadimplência descer para 1,81% em fevereiro
Crédito cada vez mais restrito faz inadimplência descer para 1,81% em fevereiro
 
Vendas a prazo registram queda de 2,03% em março
Vendas a prazo registram queda de 2,03%  em marçoVendas a prazo registram queda de 2,03%  em março
Vendas a prazo registram queda de 2,03% em março
 
Relatório da Inadimplência - Junho 2014
Relatório da Inadimplência - Junho 2014Relatório da Inadimplência - Junho 2014
Relatório da Inadimplência - Junho 2014
 
Indicadores da Inadimplência de PJ
Indicadores da Inadimplência de PJIndicadores da Inadimplência de PJ
Indicadores da Inadimplência de PJ
 
Número de inadimplentes em dezembro cresce 3,45%
Número de inadimplentes em dezembro cresce 3,45%Número de inadimplentes em dezembro cresce 3,45%
Número de inadimplentes em dezembro cresce 3,45%
 
Calendário Econômico Pine: Melhora (temporária) em junho
Calendário Econômico Pine: Melhora (temporária) em junhoCalendário Econômico Pine: Melhora (temporária) em junho
Calendário Econômico Pine: Melhora (temporária) em junho
 
Número de empresas inadimplente cresce 7,44%
Número de empresas inadimplente cresce 7,44%Número de empresas inadimplente cresce 7,44%
Número de empresas inadimplente cresce 7,44%
 
Calendário Econômico Pine: Um pouco de tudo
Calendário Econômico Pine: Um pouco de tudoCalendário Econômico Pine: Um pouco de tudo
Calendário Econômico Pine: Um pouco de tudo
 
Indicadores Dezembro de 2013
Indicadores Dezembro de 2013Indicadores Dezembro de 2013
Indicadores Dezembro de 2013
 
Brasil tem 52 milhões de consumidores inadimplentes.
Brasil tem 52 milhões de consumidores inadimplentes.Brasil tem 52 milhões de consumidores inadimplentes.
Brasil tem 52 milhões de consumidores inadimplentes.
 
PINE Agenda Economica - Cenário surpreendente, Selic cadente
PINE Agenda Economica - Cenário surpreendente, Selic cadentePINE Agenda Economica - Cenário surpreendente, Selic cadente
PINE Agenda Economica - Cenário surpreendente, Selic cadente
 
Dois milhões de brasileiros entram na lista de inadimplentes em 2015
Dois milhões de brasileiros entram na lista de inadimplentes em 2015Dois milhões de brasileiros entram na lista de inadimplentes em 2015
Dois milhões de brasileiros entram na lista de inadimplentes em 2015
 
Expectativa de vendas no Dia dos Pais - Pesquisa com Lojistas
Expectativa de vendas no Dia dos Pais - Pesquisa com LojistasExpectativa de vendas no Dia dos Pais - Pesquisa com Lojistas
Expectativa de vendas no Dia dos Pais - Pesquisa com Lojistas
 
Clipping cnc 21012016 versão de impressão
Clipping cnc 21012016   versão de impressãoClipping cnc 21012016   versão de impressão
Clipping cnc 21012016 versão de impressão
 
Como Fazer os juros serem mais baixos no brasil - Febraban
Como Fazer os juros serem mais baixos no brasil - FebrabanComo Fazer os juros serem mais baixos no brasil - Febraban
Como Fazer os juros serem mais baixos no brasil - Febraban
 

Semelhante a Inandimplencia tem leve queda e as vendas já são as melhores do 2º semestre de 2013

Indicadores econômicos SPC Brasil | Julho 2014
Indicadores econômicos SPC Brasil | Julho 2014Indicadores econômicos SPC Brasil | Julho 2014
Indicadores econômicos SPC Brasil | Julho 2014SPC Brasil
 
Inadimplência fecha setembro com a menor alta do ano: 3,84%
Inadimplência fecha setembro com a menor alta do ano: 3,84%Inadimplência fecha setembro com a menor alta do ano: 3,84%
Inadimplência fecha setembro com a menor alta do ano: 3,84%SPC Brasil
 
Inadimplência abre 2014 com alta de 7,84%.
Inadimplência abre 2014 com alta de 7,84%.Inadimplência abre 2014 com alta de 7,84%.
Inadimplência abre 2014 com alta de 7,84%.SPC Brasil
 
Crescimento nas vendas - Outubro 2014
Crescimento nas vendas - Outubro 2014Crescimento nas vendas - Outubro 2014
Crescimento nas vendas - Outubro 2014SPC Brasil
 
Número de empresas inadimplentes aumenta 8,33% em maio na variação anual
Número de empresas inadimplentes aumenta 8,33% em maio na variação anualNúmero de empresas inadimplentes aumenta 8,33% em maio na variação anual
Número de empresas inadimplentes aumenta 8,33% em maio na variação anualSPC Brasil
 
Concentração da inadimplência por gênero, idade e valor da dívida
Concentração da inadimplência por gênero, idade e valor da dívidaConcentração da inadimplência por gênero, idade e valor da dívida
Concentração da inadimplência por gênero, idade e valor da dívidaSPC Brasil
 
Indicador CDNL - SPC Brasil - vendas e inadimplência Introdução julho2010
Indicador CDNL - SPC Brasil - vendas e inadimplência Introdução julho2010Indicador CDNL - SPC Brasil - vendas e inadimplência Introdução julho2010
Indicador CDNL - SPC Brasil - vendas e inadimplência Introdução julho2010SPC Brasil
 
Vendas a prazo registram menor crescimento anual para meses de janeiro
Vendas a prazo registram menor crescimento anual para meses de janeiroVendas a prazo registram menor crescimento anual para meses de janeiro
Vendas a prazo registram menor crescimento anual para meses de janeiroSPC Brasil
 
Inadimplência das empresas volta a crescer em março e registra alta de 7,04%
Inadimplência das empresas volta a crescer em março e registra alta de 7,04%Inadimplência das empresas volta a crescer em março e registra alta de 7,04%
Inadimplência das empresas volta a crescer em março e registra alta de 7,04%SPC Brasil
 
Renegociação de dívida - Agosto 2014
Renegociação de dívida - Agosto 2014Renegociação de dívida - Agosto 2014
Renegociação de dívida - Agosto 2014SPC Brasil
 
Regularização de dívidas em atraso cai 5,74% em setembro
Regularização de dívidas em atraso cai 5,74% em setembroRegularização de dívidas em atraso cai 5,74% em setembro
Regularização de dívidas em atraso cai 5,74% em setembroSPC Brasil
 
Inadimplência encerra abril com alta recorde de 8,60%
Inadimplência encerra abril com alta  recorde de 8,60%Inadimplência encerra abril com alta  recorde de 8,60%
Inadimplência encerra abril com alta recorde de 8,60%SPC Brasil
 
Inadimplência do consumidor em novembro registra alta de 3,37%
Inadimplência do consumidor em novembro registra alta de 3,37%Inadimplência do consumidor em novembro registra alta de 3,37%
Inadimplência do consumidor em novembro registra alta de 3,37%SPC Brasil
 
Número de empresas com contas em atraso cresce 9,57% em julho
Número de empresas com contas em atraso cresce 9,57% em julhoNúmero de empresas com contas em atraso cresce 9,57% em julho
Número de empresas com contas em atraso cresce 9,57% em julhoSPC Brasil
 
Vendas caem 0,37%no acumulado do ano.
Vendas caem 0,37%no acumulado do ano.Vendas caem 0,37%no acumulado do ano.
Vendas caem 0,37%no acumulado do ano.SPC Brasil
 
Dificuldade na recuperação de crédito reflete fraca atividade econômica
Dificuldade na recuperação de crédito reflete fraca atividade econômicaDificuldade na recuperação de crédito reflete fraca atividade econômica
Dificuldade na recuperação de crédito reflete fraca atividade econômicaSPC Brasil
 
52 milhões de brasileiros usam o cartão de crédito como forma de pagamento
52 milhões de brasileiros usam o cartão de crédito como forma de pagamento52 milhões de brasileiros usam o cartão de crédito como forma de pagamento
52 milhões de brasileiros usam o cartão de crédito como forma de pagamentoSPC Brasil
 
Inadimplência do consumidor sobe 2,83% e tem a maior alta para abril desde 2010
Inadimplência do consumidor sobe 2,83% e tem a maior alta para abril desde 2010Inadimplência do consumidor sobe 2,83% e tem a maior alta para abril desde 2010
Inadimplência do consumidor sobe 2,83% e tem a maior alta para abril desde 2010SPC Brasil
 
Número de inadimplentes cresce 6,58% em março, maior ritmo em 15 meses
Número de inadimplentes cresce 6,58% em março, maior ritmo em 15 mesesNúmero de inadimplentes cresce 6,58% em março, maior ritmo em 15 meses
Número de inadimplentes cresce 6,58% em março, maior ritmo em 15 mesesSPC Brasil
 
Número de empresas com contas em atraso cresce 7,46% em abril
Número de empresas com contas em atraso cresce 7,46% em abrilNúmero de empresas com contas em atraso cresce 7,46% em abril
Número de empresas com contas em atraso cresce 7,46% em abrilSPC Brasil
 

Semelhante a Inandimplencia tem leve queda e as vendas já são as melhores do 2º semestre de 2013 (20)

Indicadores econômicos SPC Brasil | Julho 2014
Indicadores econômicos SPC Brasil | Julho 2014Indicadores econômicos SPC Brasil | Julho 2014
Indicadores econômicos SPC Brasil | Julho 2014
 
Inadimplência fecha setembro com a menor alta do ano: 3,84%
Inadimplência fecha setembro com a menor alta do ano: 3,84%Inadimplência fecha setembro com a menor alta do ano: 3,84%
Inadimplência fecha setembro com a menor alta do ano: 3,84%
 
Inadimplência abre 2014 com alta de 7,84%.
Inadimplência abre 2014 com alta de 7,84%.Inadimplência abre 2014 com alta de 7,84%.
Inadimplência abre 2014 com alta de 7,84%.
 
Crescimento nas vendas - Outubro 2014
Crescimento nas vendas - Outubro 2014Crescimento nas vendas - Outubro 2014
Crescimento nas vendas - Outubro 2014
 
Número de empresas inadimplentes aumenta 8,33% em maio na variação anual
Número de empresas inadimplentes aumenta 8,33% em maio na variação anualNúmero de empresas inadimplentes aumenta 8,33% em maio na variação anual
Número de empresas inadimplentes aumenta 8,33% em maio na variação anual
 
Concentração da inadimplência por gênero, idade e valor da dívida
Concentração da inadimplência por gênero, idade e valor da dívidaConcentração da inadimplência por gênero, idade e valor da dívida
Concentração da inadimplência por gênero, idade e valor da dívida
 
Indicador CDNL - SPC Brasil - vendas e inadimplência Introdução julho2010
Indicador CDNL - SPC Brasil - vendas e inadimplência Introdução julho2010Indicador CDNL - SPC Brasil - vendas e inadimplência Introdução julho2010
Indicador CDNL - SPC Brasil - vendas e inadimplência Introdução julho2010
 
Vendas a prazo registram menor crescimento anual para meses de janeiro
Vendas a prazo registram menor crescimento anual para meses de janeiroVendas a prazo registram menor crescimento anual para meses de janeiro
Vendas a prazo registram menor crescimento anual para meses de janeiro
 
Inadimplência das empresas volta a crescer em março e registra alta de 7,04%
Inadimplência das empresas volta a crescer em março e registra alta de 7,04%Inadimplência das empresas volta a crescer em março e registra alta de 7,04%
Inadimplência das empresas volta a crescer em março e registra alta de 7,04%
 
Renegociação de dívida - Agosto 2014
Renegociação de dívida - Agosto 2014Renegociação de dívida - Agosto 2014
Renegociação de dívida - Agosto 2014
 
Regularização de dívidas em atraso cai 5,74% em setembro
Regularização de dívidas em atraso cai 5,74% em setembroRegularização de dívidas em atraso cai 5,74% em setembro
Regularização de dívidas em atraso cai 5,74% em setembro
 
Inadimplência encerra abril com alta recorde de 8,60%
Inadimplência encerra abril com alta  recorde de 8,60%Inadimplência encerra abril com alta  recorde de 8,60%
Inadimplência encerra abril com alta recorde de 8,60%
 
Inadimplência do consumidor em novembro registra alta de 3,37%
Inadimplência do consumidor em novembro registra alta de 3,37%Inadimplência do consumidor em novembro registra alta de 3,37%
Inadimplência do consumidor em novembro registra alta de 3,37%
 
Número de empresas com contas em atraso cresce 9,57% em julho
Número de empresas com contas em atraso cresce 9,57% em julhoNúmero de empresas com contas em atraso cresce 9,57% em julho
Número de empresas com contas em atraso cresce 9,57% em julho
 
Vendas caem 0,37%no acumulado do ano.
Vendas caem 0,37%no acumulado do ano.Vendas caem 0,37%no acumulado do ano.
Vendas caem 0,37%no acumulado do ano.
 
Dificuldade na recuperação de crédito reflete fraca atividade econômica
Dificuldade na recuperação de crédito reflete fraca atividade econômicaDificuldade na recuperação de crédito reflete fraca atividade econômica
Dificuldade na recuperação de crédito reflete fraca atividade econômica
 
52 milhões de brasileiros usam o cartão de crédito como forma de pagamento
52 milhões de brasileiros usam o cartão de crédito como forma de pagamento52 milhões de brasileiros usam o cartão de crédito como forma de pagamento
52 milhões de brasileiros usam o cartão de crédito como forma de pagamento
 
Inadimplência do consumidor sobe 2,83% e tem a maior alta para abril desde 2010
Inadimplência do consumidor sobe 2,83% e tem a maior alta para abril desde 2010Inadimplência do consumidor sobe 2,83% e tem a maior alta para abril desde 2010
Inadimplência do consumidor sobe 2,83% e tem a maior alta para abril desde 2010
 
Número de inadimplentes cresce 6,58% em março, maior ritmo em 15 meses
Número de inadimplentes cresce 6,58% em março, maior ritmo em 15 mesesNúmero de inadimplentes cresce 6,58% em março, maior ritmo em 15 meses
Número de inadimplentes cresce 6,58% em março, maior ritmo em 15 meses
 
Número de empresas com contas em atraso cresce 7,46% em abril
Número de empresas com contas em atraso cresce 7,46% em abrilNúmero de empresas com contas em atraso cresce 7,46% em abril
Número de empresas com contas em atraso cresce 7,46% em abril
 

Mais de SPC Brasil

SPC Brasil lança novo tipo de adesão ao Cadastro Positivo
SPC Brasil lança novo tipo de adesão ao Cadastro PositivoSPC Brasil lança novo tipo de adesão ao Cadastro Positivo
SPC Brasil lança novo tipo de adesão ao Cadastro PositivoSPC Brasil
 
Seis em cada dez brasileiros não sabem quanto devem
Seis em cada dez brasileiros não sabem quanto devemSeis em cada dez brasileiros não sabem quanto devem
Seis em cada dez brasileiros não sabem quanto devemSPC Brasil
 
Número de empresas inadimplentes no Nordeste aumenta 17% em fevereiro
Número de empresas inadimplentes no Nordeste aumenta 17% em fevereiroNúmero de empresas inadimplentes no Nordeste aumenta 17% em fevereiro
Número de empresas inadimplentes no Nordeste aumenta 17% em fevereiroSPC Brasil
 
Cadastro Positivo pode ajudar consumidores a conseguirem mais crédito
Cadastro Positivo pode ajudar consumidores a conseguirem mais créditoCadastro Positivo pode ajudar consumidores a conseguirem mais crédito
Cadastro Positivo pode ajudar consumidores a conseguirem mais créditoSPC Brasil
 
Nordeste termina 2015 com o maior crescimento do número de inadimplentes
Nordeste termina 2015 com o maior crescimento do número de inadimplentesNordeste termina 2015 com o maior crescimento do número de inadimplentes
Nordeste termina 2015 com o maior crescimento do número de inadimplentesSPC Brasil
 
36% dos consumidores fazem compras para aliviar o estresse
36% dos consumidores fazem compras para aliviar  o estresse36% dos consumidores fazem compras para aliviar  o estresse
36% dos consumidores fazem compras para aliviar o estresseSPC Brasil
 
40% dos micro e pequenos empresários estão pessimistas com o futuro da economia
40% dos micro e pequenos empresários estão pessimistas com o futuro da economia40% dos micro e pequenos empresários estão pessimistas com o futuro da economia
40% dos micro e pequenos empresários estão pessimistas com o futuro da economiaSPC Brasil
 
Com crise econômica, micro e pequeno empresário revela baixo interesse por to...
Com crise econômica, micro e pequeno empresário revela baixo interesse por to...Com crise econômica, micro e pequeno empresário revela baixo interesse por to...
Com crise econômica, micro e pequeno empresário revela baixo interesse por to...SPC Brasil
 
Quatro em cada dez micro e pequenos empresários estão fazendo promoções de Natal
Quatro em cada dez micro e pequenos empresários estão fazendo promoções de NatalQuatro em cada dez micro e pequenos empresários estão fazendo promoções de Natal
Quatro em cada dez micro e pequenos empresários estão fazendo promoções de NatalSPC Brasil
 
19,6 milhões de consumidores devem ir às compras de última hora neste Natal
19,6 milhões de consumidores devem ir às compras de última hora neste Natal19,6 milhões de consumidores devem ir às compras de última hora neste Natal
19,6 milhões de consumidores devem ir às compras de última hora neste NatalSPC Brasil
 
41% dos brasileiros que compram por impulso estão inadimplentes
41% dos brasileiros que compram por impulso estão inadimplentes41% dos brasileiros que compram por impulso estão inadimplentes
41% dos brasileiros que compram por impulso estão inadimplentesSPC Brasil
 
Para economizar, 31% dos brasileiros costumam participar de amigo secreto
Para economizar, 31% dos brasileiros costumam participar de amigo secretoPara economizar, 31% dos brasileiros costumam participar de amigo secreto
Para economizar, 31% dos brasileiros costumam participar de amigo secretoSPC Brasil
 
17% dos brasileiros ficaram com o nome sujo por causa das compras parceladas ...
17% dos brasileiros ficaram com o nome sujo por causa das compras parceladas ...17% dos brasileiros ficaram com o nome sujo por causa das compras parceladas ...
17% dos brasileiros ficaram com o nome sujo por causa das compras parceladas ...SPC Brasil
 
Vontade dos filhos influencia cinco em cada dez pais na hora de comprar prese...
Vontade dos filhos influencia cinco em cada dez pais na hora de comprar prese...Vontade dos filhos influencia cinco em cada dez pais na hora de comprar prese...
Vontade dos filhos influencia cinco em cada dez pais na hora de comprar prese...SPC Brasil
 
44% dos consumidores vão pesquisar se descontos da Black Friday são reais
44% dos consumidores vão pesquisar se descontos da Black Friday são reais44% dos consumidores vão pesquisar se descontos da Black Friday são reais
44% dos consumidores vão pesquisar se descontos da Black Friday são reaisSPC Brasil
 
Quatro em cada dez brasileiros pretendem usar parte do 13º salário para a com...
Quatro em cada dez brasileiros pretendem usar parte do 13º salário para a com...Quatro em cada dez brasileiros pretendem usar parte do 13º salário para a com...
Quatro em cada dez brasileiros pretendem usar parte do 13º salário para a com...SPC Brasil
 
47% dos inadimplentes desconhecem o valor de seus rendimentos mensais
47% dos inadimplentes desconhecem o valor de seus rendimentos mensais47% dos inadimplentes desconhecem o valor de seus rendimentos mensais
47% dos inadimplentes desconhecem o valor de seus rendimentos mensaisSPC Brasil
 
93% dos brasileiros pretendem presentear neste Natal, mas gasto médio por pre...
93% dos brasileiros pretendem presentear neste Natal, mas gasto médio por pre...93% dos brasileiros pretendem presentear neste Natal, mas gasto médio por pre...
93% dos brasileiros pretendem presentear neste Natal, mas gasto médio por pre...SPC Brasil
 
25% dos internautas que vivem fora do padrão de vida gastam mais do que podem...
25% dos internautas que vivem fora do padrão de vida gastam mais do que podem...25% dos internautas que vivem fora do padrão de vida gastam mais do que podem...
25% dos internautas que vivem fora do padrão de vida gastam mais do que podem...SPC Brasil
 
42% das mães passam menos de dez horas por semana com os filhos
42% das mães passam menos de dez horas por semana com os filhos42% das mães passam menos de dez horas por semana com os filhos
42% das mães passam menos de dez horas por semana com os filhosSPC Brasil
 

Mais de SPC Brasil (20)

SPC Brasil lança novo tipo de adesão ao Cadastro Positivo
SPC Brasil lança novo tipo de adesão ao Cadastro PositivoSPC Brasil lança novo tipo de adesão ao Cadastro Positivo
SPC Brasil lança novo tipo de adesão ao Cadastro Positivo
 
Seis em cada dez brasileiros não sabem quanto devem
Seis em cada dez brasileiros não sabem quanto devemSeis em cada dez brasileiros não sabem quanto devem
Seis em cada dez brasileiros não sabem quanto devem
 
Número de empresas inadimplentes no Nordeste aumenta 17% em fevereiro
Número de empresas inadimplentes no Nordeste aumenta 17% em fevereiroNúmero de empresas inadimplentes no Nordeste aumenta 17% em fevereiro
Número de empresas inadimplentes no Nordeste aumenta 17% em fevereiro
 
Cadastro Positivo pode ajudar consumidores a conseguirem mais crédito
Cadastro Positivo pode ajudar consumidores a conseguirem mais créditoCadastro Positivo pode ajudar consumidores a conseguirem mais crédito
Cadastro Positivo pode ajudar consumidores a conseguirem mais crédito
 
Nordeste termina 2015 com o maior crescimento do número de inadimplentes
Nordeste termina 2015 com o maior crescimento do número de inadimplentesNordeste termina 2015 com o maior crescimento do número de inadimplentes
Nordeste termina 2015 com o maior crescimento do número de inadimplentes
 
36% dos consumidores fazem compras para aliviar o estresse
36% dos consumidores fazem compras para aliviar  o estresse36% dos consumidores fazem compras para aliviar  o estresse
36% dos consumidores fazem compras para aliviar o estresse
 
40% dos micro e pequenos empresários estão pessimistas com o futuro da economia
40% dos micro e pequenos empresários estão pessimistas com o futuro da economia40% dos micro e pequenos empresários estão pessimistas com o futuro da economia
40% dos micro e pequenos empresários estão pessimistas com o futuro da economia
 
Com crise econômica, micro e pequeno empresário revela baixo interesse por to...
Com crise econômica, micro e pequeno empresário revela baixo interesse por to...Com crise econômica, micro e pequeno empresário revela baixo interesse por to...
Com crise econômica, micro e pequeno empresário revela baixo interesse por to...
 
Quatro em cada dez micro e pequenos empresários estão fazendo promoções de Natal
Quatro em cada dez micro e pequenos empresários estão fazendo promoções de NatalQuatro em cada dez micro e pequenos empresários estão fazendo promoções de Natal
Quatro em cada dez micro e pequenos empresários estão fazendo promoções de Natal
 
19,6 milhões de consumidores devem ir às compras de última hora neste Natal
19,6 milhões de consumidores devem ir às compras de última hora neste Natal19,6 milhões de consumidores devem ir às compras de última hora neste Natal
19,6 milhões de consumidores devem ir às compras de última hora neste Natal
 
41% dos brasileiros que compram por impulso estão inadimplentes
41% dos brasileiros que compram por impulso estão inadimplentes41% dos brasileiros que compram por impulso estão inadimplentes
41% dos brasileiros que compram por impulso estão inadimplentes
 
Para economizar, 31% dos brasileiros costumam participar de amigo secreto
Para economizar, 31% dos brasileiros costumam participar de amigo secretoPara economizar, 31% dos brasileiros costumam participar de amigo secreto
Para economizar, 31% dos brasileiros costumam participar de amigo secreto
 
17% dos brasileiros ficaram com o nome sujo por causa das compras parceladas ...
17% dos brasileiros ficaram com o nome sujo por causa das compras parceladas ...17% dos brasileiros ficaram com o nome sujo por causa das compras parceladas ...
17% dos brasileiros ficaram com o nome sujo por causa das compras parceladas ...
 
Vontade dos filhos influencia cinco em cada dez pais na hora de comprar prese...
Vontade dos filhos influencia cinco em cada dez pais na hora de comprar prese...Vontade dos filhos influencia cinco em cada dez pais na hora de comprar prese...
Vontade dos filhos influencia cinco em cada dez pais na hora de comprar prese...
 
44% dos consumidores vão pesquisar se descontos da Black Friday são reais
44% dos consumidores vão pesquisar se descontos da Black Friday são reais44% dos consumidores vão pesquisar se descontos da Black Friday são reais
44% dos consumidores vão pesquisar se descontos da Black Friday são reais
 
Quatro em cada dez brasileiros pretendem usar parte do 13º salário para a com...
Quatro em cada dez brasileiros pretendem usar parte do 13º salário para a com...Quatro em cada dez brasileiros pretendem usar parte do 13º salário para a com...
Quatro em cada dez brasileiros pretendem usar parte do 13º salário para a com...
 
47% dos inadimplentes desconhecem o valor de seus rendimentos mensais
47% dos inadimplentes desconhecem o valor de seus rendimentos mensais47% dos inadimplentes desconhecem o valor de seus rendimentos mensais
47% dos inadimplentes desconhecem o valor de seus rendimentos mensais
 
93% dos brasileiros pretendem presentear neste Natal, mas gasto médio por pre...
93% dos brasileiros pretendem presentear neste Natal, mas gasto médio por pre...93% dos brasileiros pretendem presentear neste Natal, mas gasto médio por pre...
93% dos brasileiros pretendem presentear neste Natal, mas gasto médio por pre...
 
25% dos internautas que vivem fora do padrão de vida gastam mais do que podem...
25% dos internautas que vivem fora do padrão de vida gastam mais do que podem...25% dos internautas que vivem fora do padrão de vida gastam mais do que podem...
25% dos internautas que vivem fora do padrão de vida gastam mais do que podem...
 
42% das mães passam menos de dez horas por semana com os filhos
42% das mães passam menos de dez horas por semana com os filhos42% das mães passam menos de dez horas por semana com os filhos
42% das mães passam menos de dez horas por semana com os filhos
 

Último

a) Cite e Explique os princípios doutrinários/éticos e organizacionais que re...
a) Cite e Explique os princípios doutrinários/éticos e organizacionais que re...a) Cite e Explique os princípios doutrinários/éticos e organizacionais que re...
a) Cite e Explique os princípios doutrinários/éticos e organizacionais que re...Prime Assessoria
 
Para melhor compreendermos as relações em sociedade e suas formas de organiza...
Para melhor compreendermos as relações em sociedade e suas formas de organiza...Para melhor compreendermos as relações em sociedade e suas formas de organiza...
Para melhor compreendermos as relações em sociedade e suas formas de organiza...AssessoriaAcadmicaDl
 
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024DL assessoria 30
 
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.Prime Assessoria
 
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...dl assessoria 8
 
1) Explique o caminho percorrido pelo espermatozoide dentro do trato reprodut...
1) Explique o caminho percorrido pelo espermatozoide dentro do trato reprodut...1) Explique o caminho percorrido pelo espermatozoide dentro do trato reprodut...
1) Explique o caminho percorrido pelo espermatozoide dentro do trato reprodut...Prime Assessoria
 
ELETIVA II.pptxSEGUNDO ANO DO ENSINO MED
ELETIVA II.pptxSEGUNDO ANO DO ENSINO MEDELETIVA II.pptxSEGUNDO ANO DO ENSINO MED
ELETIVA II.pptxSEGUNDO ANO DO ENSINO MEDJoefersonDelfino2
 
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024AaAssessoriadll
 
f) No caso clínico relatado nesta atividade, o paciente apresentou atrofia mu...
f) No caso clínico relatado nesta atividade, o paciente apresentou atrofia mu...f) No caso clínico relatado nesta atividade, o paciente apresentou atrofia mu...
f) No caso clínico relatado nesta atividade, o paciente apresentou atrofia mu...Prime Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA SABERES DIGITAIS - 512024.pdf
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA SABERES DIGITAIS - 512024.pdfATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA SABERES DIGITAIS - 512024.pdf
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA SABERES DIGITAIS - 512024.pdfliliandlm20
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO INTEGRADA DA QUALIDADE ( QSSMA) - 51/2024
ATIVIDADE 1 - GESTÃO INTEGRADA DA QUALIDADE ( QSSMA) - 51/2024ATIVIDADE 1 - GESTÃO INTEGRADA DA QUALIDADE ( QSSMA) - 51/2024
ATIVIDADE 1 - GESTÃO INTEGRADA DA QUALIDADE ( QSSMA) - 51/2024DL assessoria 29
 
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...Prime Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024AssessoriaDl1
 
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024DL assessoria 31
 
Em 26 de janeiro de 2024, a Agência Petrobras fez o seguinte comunicado: Petr...
Em 26 de janeiro de 2024, a Agência Petrobras fez o seguinte comunicado: Petr...Em 26 de janeiro de 2024, a Agência Petrobras fez o seguinte comunicado: Petr...
Em 26 de janeiro de 2024, a Agência Petrobras fez o seguinte comunicado: Petr...dl assessoria 8
 
EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 05-2024 - 17º SALÃO DO ARTESANATO - RAÍZES BR...
EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 05-2024 - 17º SALÃO DO ARTESANATO - RAÍZES BR...EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 05-2024 - 17º SALÃO DO ARTESANATO - RAÍZES BR...
EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 05-2024 - 17º SALÃO DO ARTESANATO - RAÍZES BR...AgnesVitoriano
 
MAPA - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024
MAPA - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024MAPA - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024
MAPA - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024DL assessoria 27
 
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...Prime Assessoria
 
Presente nas discussões de quase todas as áreas das atividades humanas, a Bio...
Presente nas discussões de quase todas as áreas das atividades humanas, a Bio...Presente nas discussões de quase todas as áreas das atividades humanas, a Bio...
Presente nas discussões de quase todas as áreas das atividades humanas, a Bio...dl assessoria9
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...DlAssessoriaacadmica2
 

Último (20)

a) Cite e Explique os princípios doutrinários/éticos e organizacionais que re...
a) Cite e Explique os princípios doutrinários/éticos e organizacionais que re...a) Cite e Explique os princípios doutrinários/éticos e organizacionais que re...
a) Cite e Explique os princípios doutrinários/éticos e organizacionais que re...
 
Para melhor compreendermos as relações em sociedade e suas formas de organiza...
Para melhor compreendermos as relações em sociedade e suas formas de organiza...Para melhor compreendermos as relações em sociedade e suas formas de organiza...
Para melhor compreendermos as relações em sociedade e suas formas de organiza...
 
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
 
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
 
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
 
1) Explique o caminho percorrido pelo espermatozoide dentro do trato reprodut...
1) Explique o caminho percorrido pelo espermatozoide dentro do trato reprodut...1) Explique o caminho percorrido pelo espermatozoide dentro do trato reprodut...
1) Explique o caminho percorrido pelo espermatozoide dentro do trato reprodut...
 
ELETIVA II.pptxSEGUNDO ANO DO ENSINO MED
ELETIVA II.pptxSEGUNDO ANO DO ENSINO MEDELETIVA II.pptxSEGUNDO ANO DO ENSINO MED
ELETIVA II.pptxSEGUNDO ANO DO ENSINO MED
 
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
 
f) No caso clínico relatado nesta atividade, o paciente apresentou atrofia mu...
f) No caso clínico relatado nesta atividade, o paciente apresentou atrofia mu...f) No caso clínico relatado nesta atividade, o paciente apresentou atrofia mu...
f) No caso clínico relatado nesta atividade, o paciente apresentou atrofia mu...
 
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA SABERES DIGITAIS - 512024.pdf
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA SABERES DIGITAIS - 512024.pdfATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA SABERES DIGITAIS - 512024.pdf
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA SABERES DIGITAIS - 512024.pdf
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO INTEGRADA DA QUALIDADE ( QSSMA) - 51/2024
ATIVIDADE 1 - GESTÃO INTEGRADA DA QUALIDADE ( QSSMA) - 51/2024ATIVIDADE 1 - GESTÃO INTEGRADA DA QUALIDADE ( QSSMA) - 51/2024
ATIVIDADE 1 - GESTÃO INTEGRADA DA QUALIDADE ( QSSMA) - 51/2024
 
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
 
ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
 
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
 
Em 26 de janeiro de 2024, a Agência Petrobras fez o seguinte comunicado: Petr...
Em 26 de janeiro de 2024, a Agência Petrobras fez o seguinte comunicado: Petr...Em 26 de janeiro de 2024, a Agência Petrobras fez o seguinte comunicado: Petr...
Em 26 de janeiro de 2024, a Agência Petrobras fez o seguinte comunicado: Petr...
 
EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 05-2024 - 17º SALÃO DO ARTESANATO - RAÍZES BR...
EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 05-2024 - 17º SALÃO DO ARTESANATO - RAÍZES BR...EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 05-2024 - 17º SALÃO DO ARTESANATO - RAÍZES BR...
EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 05-2024 - 17º SALÃO DO ARTESANATO - RAÍZES BR...
 
MAPA - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024
MAPA - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024MAPA - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024
MAPA - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024
 
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...
 
Presente nas discussões de quase todas as áreas das atividades humanas, a Bio...
Presente nas discussões de quase todas as áreas das atividades humanas, a Bio...Presente nas discussões de quase todas as áreas das atividades humanas, a Bio...
Presente nas discussões de quase todas as áreas das atividades humanas, a Bio...
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 

Inandimplencia tem leve queda e as vendas já são as melhores do 2º semestre de 2013

  • 1. 1 Indicador de vendas e de inadimplência CNDL | SPC Brasil Setembro de 2013 Presidentes Roque Pellizzaro Junior (CNDL) Roberto Alfeu Pena Gomes (SPC Brasil) Outubro de 2013
  • 2. 2 Inadimplência registra leve queda de -0,34% e vendas têm o melhor resultado do segundo semestre, diz SPC Juros mais caros e inflação alta fizeram o brasileiro ter receio de atrasar parcelamentos em setembro. Já recuo da taxa cambial e mudança de estação impulsionaram as vendas A inadimplência do consumidor brasileiro no mês de setembro apresentou uma leve retração de -0,34%, em comparação com o mesmo mês do ano passado. Já o volume de vendas no comércio ─ seguindo a mesma base de comparação ─ saiu do patamar de -0,62% em agosto e fechou o mês de setembro em +1,83%, a maior alta registrada no segundo semestre de 2013. Os dados são do indicador mensal calculado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e divulgado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). O indicador leva em consideração mais de 150 milhões de consumidores cadastrados em 1,2 milhão de pontos de vendas espalhados por todo o Brasil. De acordo com os economistas da CNDL e do SPC Brasil, ainda que a inadimplência sofra moderadas variações, o índice de calotes no comércio brasileiro vem desacelerando desde março de 2013 e apresenta sinais de estabilidade. Na avaliação da economista do SPC Brasil, Ana Paula Bastos, a retração de -0,34% reflete maior cautela e disciplina do consumidor em relação aos compromissos adquiridos no passado. “Os juros no Brasil estão ficando mais caros em função dos recentes aumentos da taxa Selic. Além disso, a inflação persiste em ficar acima do centro da meta estipulada pelo governo, diminuindo o poder de compra do consumidor. Tudo isso faz com que o brasileiro dê mais valor ao dinheiro e tenha mais disciplina ao pagar as prestações que assumiu”, explica Bastos. Quando comparada com agosto deste ano, a inadimplência, que mede o atraso de pagamentos superiores a 90 dias, avançou +0,72%. A projeção dos economistas das entidades é de que a inadimplência comece a recuar com a proximidade das festas de final de ano, período em que tradicionalmente há uma maior recuperação de crédito por conta da entrada do décimo terceiro salário na economia brasileira. No acumulado dos nove primeiros meses de 2013, comparado com igual período do ano passado ─ de janeiro a setembro de 2012 ─ a inclusão de novos consumidores no cadastro de inadimplentes do SPC Brasil cresceu +4,09%.
  • 3. 3 Vendas a prazo Em relação às consultas ao banco de dados do SPC Brasil, que refletem o nível de atividade no varejo para as compras parceladas, o mês de setembro registrou alta de +1,83% frente ao mesmo período de 2012. Este é o melhor resultado desde maio deste ano, quando o nível de atividade no comércio apresentou alta de +2,24%. Segundo o presidente da CNDL, Roque Pellizzaro Junior, o recuo da taxa cambial em setembro ─ depois das fortes altas registradas entre junho e agosto ─ somado à recuperação dos níveis de confiança do consumidor, resultaram na retomada do bom movimento nas lojas brasileiras. “Além disso, os índices recordes de empregabilidade e os impactos positivos causados pelo programa Minha Casa Melhor, que já distribuiu mais de R$ 1 bilhão em financiamentos de móveis e eletrodomésticos, também contribuíram com esse desempenho”, avalia Pellizzaro Junior. Já na comparação com agosto, o volume de vendas para compras a prazo e pagamentos em cheque apresentou uma variação positiva de +1,32% e, no acumulado do ano, alta de +4,42%. Para o presidente da CNDL, o aumento no número de consultas na base de comparação mensal foi influenciado, principalmente, pelo incremento nas vendas por conta das liquidações dos segmentos de vestuário e calçados, em função da mudança de estação. A pesquisa O indicador SPC Brasil mede o atraso de pagamentos no comércio superiores a 90 dias. A base de dados é formada por mais de 150 milhões de consumidores cadastrados em 800 mil pontos de vendas espalhados por todo Brasil. Baixe o material completo em https://www.spcbrasil.org.br/imprensa Informações à imprensa: Guilherme de Almeida (61) 3213-2030 | (61) 9536 9800 | (61) 3049-9550 guilherme.dealmeida@inpressoficina.com.br Vinícius Bruno (11) 3549-6800 Ramal: 2708 | (11) 9-4161-6181 vinicius.bruno@inpressoficina.com.br
  • 4. 4 Número de consultas realizadas junto ao SPC Brasil Na comparação de Setembro/13 com Agosto /13, o número de consultas realizadas para compras a prazo e pagamentos em cheque, de acordo com os dados do SPC Brasil, apresentou um aumento de +1,32%. Apesar de o mês de agosto ser considerado uma forte base de comparação, devido à comemoração do Dia dos Pais, setembro apresentou um pequeno crescimento devido, principalmente, a um leve recuo na taxa de desemprego, de 5,6% em julho de 2013 para 5,3% em agosto de 2013, e ao crescimento de 1,87% na renda dos consumidores. Na comparação com o mesmo mês do ano anterior (Setembro /12), o número de consultas apresentou crescimento +1,83% No acumulado do ano, crescimento foi de +4,42%. Esse resultado deve-se à estabilidade na taxa de desemprego em 2013 (5,3% em ago.2013 – 5,3% ago.2012) e a um aumento na renda dos consumidores na ordem de 1,31% na comparação de agosto de 2013 com mesmo mês do ano passado. E apesar de a taxa de juros estar em patamares maiores, o crédito para pessoa física continua em expansão (7,66% de agosto. 2013 em relação a agosto 2012) o que impacta positivamente nas vendas. Indicador de Consultas SPC Brasil Variação (%) Set.13/ Ago.13 +1,32 Set.13/ Set.12 +1,83 Jan.13- Set.13 /Jan.13- Set.13 +4,42
  • 5. 5 Número de registros junto ao SPC Brasil O número de registros junto ao SPC Brasil apresentou, na comparação com o mês imediatamente anterior, um crescimento de +0,72% em Setembro/13. O resultado em questão advém principalmente das pressões inflacionárias recentes, que reduz a capacidade de pagamento dos consumidores, impactando positivamente no indicador de inadimplência. Na comparação com o mesmo mês do ano anterior (Setembro/12) verificou-se uma queda de -0,34%. Ainda que o aumento do nível de preços contribua para que os consumidores se tornem inadimplentes, outros fatores como a estabilidade no mercado de trabalho (taxa de desemprego ago.13: 5,3% / ago,12: 5,3%, segundo IBGE) e o crescimento do rendimento dos trabalhadores (ago.13: R$1.883,00 / ago.12: R$1.858,74 - IBGE) contribuem para que muitas famílias consigam organizar melhor suas dívidas, reduzindo assim o indicador de registros. No acumulado do ano, o crescimento foi de +4,09%. O aumento da inflação ao longo do ano de 2013 (set.12-ago.13: 6,09% / set.11-ago.12: 5,24%, segundo IBGE) somado ao aumento da taxa básica de juros (SELIC set.13: 9,0% a.a./ set.12: 7,50% a.a., segundo BACEN) contribuem para que muitos consumidores, sobretudo aqueles que não possuem o hábito de realizar o planejamento financeiro, tenham maiores dificuldades em quitar as suas dívidas em função desta redução da capacidade de pagamento, culminando em um crescimento da inadimplência. Registros SPC Brasil Variação (%) Set.13/ Ago.13 +0,72 Set.13/ Set.12 -0,34 Jan.13- Set.13 /Jan.13- Set.13 +4,09
  • 6. 6 Número de cancelamentos de registros do SPC Brasil No que diz respeito ao volume de cancelamento de registros, ou seja, pessoas que regularizaram seus débitos junto ao SPC Brasil, observa-se em Setembro/13, uma queda de -0,13%. Inflação em alta reduz a capacidade de pagamento dos consumidores à medida que possui um efeito corrosivo sobre a renda, fazendo com que se torne mais difícil o pagamento de dívidas. Na comparação com o mesmo mês do ano anterior (Setembro/12), observou-se variação de +0,18%. E no acumulado do ano, o crescimento foi de +3,03%. A combinação do aumento do rendimento real dos trabalhadores (crescimento de 1,3% em relação a agosto de 2012) com a estabilidade do mercado de trabalho (taxa de desemprego ago.13: 5,3% / ago,12: 5,3%, segundo IBGE) contribuem para que as famílias tenham uma maior capacidade de se organizarem financeiramente, corroborando para um aumento da recuperação de crédito em ambas as bases de comparação. Cancelamentos SPC Brasil Variação (%) Set.13/ Ago.13 -0,13 Set.13/ Set.12 +0,18 Jan.13- Set.13 /Jan.13- Set.13 +3,03
  • 7. 7 Mês contra igual mês do ano anterior Período Vendas Inadimplência Set/13 1,83% -0,34% ago/13 -0,62 0,72% jul/13 0,82% -1,94% jun/13 0,67% 1,52% mai/13 2,24% 1,97% abr/13 7,34% 5,84% mar/13 12,38% 10,58% fev/13 11,23% 6,65% jan/13 3,88% 11,80% dez/12 5,37% 13,80% nov/12 8,26% 12,81% out/12 8,67% 12,48% set/12 5,61% 8,21% 8,21% 12,48% 12,81% 13,80% 11,80% 6,65% 10,58% 5,84% 1,97% 1,52% -1,94% 0,72% -0,34% set/12 out/12 nov/12 dez/12 jan/13 fev/13 mar/13 abr/13 mai/13 jun/13 jul/13 ago/13 set/13 Mês contra igual mês do ano anterior Vendas Inadimplência
  • 8. 8 Mês contra mês imediatamente anterior Período Vendas Inadimplência set/13 1,32% 0,72% ago/13 0,80% 1,34% jul/13 1,21% 0,73% jun/13 -3,74% 1,13% mai/13 1,59% 2,22% abr/13 1,10% 0,12% mar/13 10,22% 3,61% fev/13 -4,07% -1,03% jan/13 -24,53% -3,27% dez/12 32,28% -1,17% nov/12 -1,61% -0,30% out/12 5,60% 6,25% set/12 -6,60% -1,31% -1,31% 6,25% -0,30% -1,17% -3,27% -1,03% 3,61% 0,12% 2,22% 1,13% 0,73% 1,34% 0,72% set/12 out/12 nov/12 dez/12 jan/13 fev/13 mar/13 abr/13 mai/13 jun/13 jul/13 ago/13 set/13 Mês contra mês imediatamente anterior Vendas Inadimplência
  • 9. 9 COMO LIMPAR SEU NOME Informações úteis Procurar o SPC pessoalmente, portando:  Carteira de identidade;  CPF. Terceiros:  Procuração assinada pelo solicitante, constando o CPF e data de nascimento do solicitante, com firma reconhecida pelo cartório;  Xerox do CPF e identidade do solicitante;  Apresentação do documento de identidade original do procurador.  O lojista tem 24 horas, a contar da data da confirmação do pagamento, para solicitar a baixa junto a CDL.  A baixa é solicitada via internet, arquivo ou boleto próprio.  A CDL tem 24 horas para baixar o registro no seu banco de dados Quem tem o nome no SPC:  não pode comprar a prazo;  não pode ser avalista;  não consegue financiamento em bancos e instituições financeiras. Como o consumidor é notificado Recebe um comunicado do SPC da CDL. Ele tem 10 dias, a contar da data da emissão do comunicado, para quitar a dívida, caso contrário, o nome é incluído no cadastro do SPC.
  • 10. 10 Cuidados que os lojistas devem ter para evitar a inadimplência  Consultar sempre os cadastros de consumidores no SPC;  Evitar vender a prazos muito longos;  Solicitar sempre a apresentação de documentos de identidade do cliente;  Cobrar valor de entrada nos crediários e vendas a prazo;  Checar a assinatura de fatura dos cartões de crédito e cheques;  Não colocar o interesse da venda acima da cautela;  Fazer cadastro de clientes com referências e histórico de compras no estabelecimento. Cuidados que os consumidores devem ter para não ficarem inadimplentes  Privilegiar os pagamentos à vista;  Planejamento financeiro garante até a aposentadoria;  Planilha mensal dos gastos domésticos;  Nas compras a prazo prefira um número menor de prestações;  Somar os juros e calcular o preço final dos produtos comprados a prazo;  Não se ater ao valor da prestação e sim ao valor final do produto;  Manter sempre uma reserva financeira por segurança;  Evitar fazer transações contraindo empréstimos bancários;  Não comprometer toda a renda com compras, deixando uma reserva para eventualidades.
  • 11. 11 O QUE É E O QUE FAZER  Cadastro de Emitentes de Cheques sem fundos (CCF) do Banco Central: ocorre quando o cheque do correntista é devolvido duas vezes por falta de fundos. A primeira coisa a fazer é procurar a agência do banco que apresentou a ocorrência e solicitar informações sobre o número, o valor e a data do cheque. Depois, procurar a pessoa/empresa para quem foi emitido o cheque, regularizar o débito e recuperar o cheque. De posse dele, vá ao seu banco e prepare uma carta, junte o original recuperado e recolha as taxas de devolução do cheque. Entregue tudo ao banco, com protocolo. Peça ainda a comunicação da regularização ao Banco do Brasil, encarregado de atualizar o arquivo de CCF.  Título protestado: ocorre quando o consumidor deixa de pagar dívida e o credor protesta o débito em cartório. Dirija-se ao cartório que registrou o protesto e solicite os dados de quem o protestou. Regularize o débito com o credor e peça uma carta atestando que a dívida foi quitada. Reconheça a firma da pessoa/empresa, retorne ao cartório e peça o cancelamento do protesto.  Dívida vencida: o consumidor com dívida existente e vencida, ao ter seus dados cadastrados em lista de devedores, será comunicado via correio, com a identificação da empresa/instituição credora. Procure-a e faça o acerto.