SlideShare uma empresa Scribd logo

2 anos do Cadastro Positivo

Em apenas dois anos o Cadastro Positivo reduziu, em média, 10,4% nas taxas cobradas no crédito pessoal não consignado para novos tomadores de crédito. Nesse período, os birôs de crédito já contabilizaram a inclusão de cerca de 100 milhões de consumidores e empresas. Conheça outros ganhos da economia demonstrados no relatório Análise dos Efeitos do Cadastro Positivo, divulgado pelo Banco Central. ACESSE: https://anbc.org.br/estudos-e-conteudos/

1 de 1
Baixar para ler offline
ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS BUREAUS DE CRÉDITO
Em apenas o Cadastro Positivo reduziu, em média, nas taxas
dois anos 10,4%
cobradas no crédito pessoal não consignado para novos tomadores de crédito.
Nesse período, os birôs de crédito já contabilizaram a inclusão de cerca de 100
milhões de consumidores e empresas.
Conheça outros ganhos da economia demonstrados no relatório Análise dos
Efeitos do Cadastro Positivo, divulgado pelo Banco Central.
NÚMERO DE BENEFICIADOS
2017 - sem inclusão automática 2019 - com inclusão automática
6 milhões
AUMENTO NO NÚMERO DE CADASTRADOS
+16 vezes
CONSUMIDORES
41%
33%
26%
melhoraram a nota de crédito e
conseguiram melhor classificação de
risco
permaneceram na mesma faixa de
classificaçãodanotadecrédito
EMPRESAS
faixa de MENOR risco
se mantiveram na
de MAIOR risco
Migraram para a faixa
30%
Migraram para a faixa
de MENOR risco
50%
20%
INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS FOCADAS EM MPEs
88%
pretendem usar o Cadastro Positivo
nas suas análises de crédito
CONSULTAS - EMPRESAS NÃO FINANCEIRAS
60%
das consultas ao Cadastro Positivo de
consumidores foram realizadas por
empresas não financeiras
tiveramquedananotadecrédito
TOMADORES DE CRÉDITO
COM INFORMAÇÃO POSITIVA - PF e PJ
-10,4% de juros
-15,9% de juros
QUEDA NA TAXA DE JUROS ANUAL
31 p.p.
40 p.p.
www.anbc.org.br
(média de toda a amostra)
(para os 25% da amostra com a maior
variação da nota de crédito)
100 milhões
(média de toda a amostra)
(para os 25% da amostra com a maior
variação da nota de crédito)

Recomendados

BTC Daily Report A. 8.11.2022.pdf
BTC Daily Report A. 8.11.2022.pdfBTC Daily Report A. 8.11.2022.pdf
BTC Daily Report A. 8.11.2022.pdfBTC
 
BTC Daily Report Nov 21 Ar.pdf
BTC Daily Report Nov 21 Ar.pdfBTC Daily Report Nov 21 Ar.pdf
BTC Daily Report Nov 21 Ar.pdfBTC
 
Tex LIB 071 - Covjek bez lica
Tex LIB 071 - Covjek bez licaTex LIB 071 - Covjek bez lica
Tex LIB 071 - Covjek bez licaStripovizijacom
 
CSEC GEOGRAPHY PAST PAPER- PAPER 2- 2011
CSEC GEOGRAPHY PAST PAPER- PAPER 2- 2011CSEC GEOGRAPHY PAST PAPER- PAPER 2- 2011
CSEC GEOGRAPHY PAST PAPER- PAPER 2- 2011Oral Johnson
 
Pet 3 rb 2
Pet 3 rb 2Pet 3 rb 2
Pet 3 rb 2Ro Essop
 
Marti misterija lms 019 tajanstvena ubistva (nebody-bds & emeri)(7.3 mb)
Marti misterija lms 019   tajanstvena ubistva (nebody-bds & emeri)(7.3 mb)Marti misterija lms 019   tajanstvena ubistva (nebody-bds & emeri)(7.3 mb)
Marti misterija lms 019 tajanstvena ubistva (nebody-bds & emeri)(7.3 mb)zoran radovic
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

التجويد المصور أيمن رشدى سويد ج1
التجويد المصور أيمن رشدى سويد ج1التجويد المصور أيمن رشدى سويد ج1
التجويد المصور أيمن رشدى سويد ج1Safa Alyousif
 
023. ZAGOR - BANDA RAZROKOG
023. ZAGOR - BANDA RAZROKOG023. ZAGOR - BANDA RAZROKOG
023. ZAGOR - BANDA RAZROKOGTompa *
 
Tex LIB 085 - Blago izgubljenog grada.pdf
Tex LIB 085 - Blago izgubljenog grada.pdfTex LIB 085 - Blago izgubljenog grada.pdf
Tex LIB 085 - Blago izgubljenog grada.pdfStripovizijacom
 
VC - Dylan Dog - 123 - OSUDJEN NA ZEMLJU
VC - Dylan Dog - 123 - OSUDJEN NA ZEMLJUVC - Dylan Dog - 123 - OSUDJEN NA ZEMLJU
VC - Dylan Dog - 123 - OSUDJEN NA ZEMLJUStripovizijacom
 
فتاوی شامی مترجم جلد 04 .pdf
فتاوی شامی مترجم جلد 04 .pdfفتاوی شامی مترجم جلد 04 .pdf
فتاوی شامی مترجم جلد 04 .pdfFaizan ali Siddiqui
 
029 teks viler - teror u rio sonori
029   teks viler - teror u rio sonori029   teks viler - teror u rio sonori
029 teks viler - teror u rio sonorizoran radovic
 
0739. UTVARA U NOĆI
0739. UTVARA U NOĆI0739. UTVARA U NOĆI
0739. UTVARA U NOĆITompa *
 
Mutant Chronicles RPG Mishima Sourcebook
Mutant Chronicles RPG Mishima SourcebookMutant Chronicles RPG Mishima Sourcebook
Mutant Chronicles RPG Mishima Sourcebookkreuzvd
 
261653336 principios-basicos-da-musica-para-a-juventude-vol-01-maria-luiza-de...
261653336 principios-basicos-da-musica-para-a-juventude-vol-01-maria-luiza-de...261653336 principios-basicos-da-musica-para-a-juventude-vol-01-maria-luiza-de...
261653336 principios-basicos-da-musica-para-a-juventude-vol-01-maria-luiza-de...Leandro Silva
 
Mister No Libellus 88.pdf
Mister No Libellus 88.pdfMister No Libellus 88.pdf
Mister No Libellus 88.pdfStripovizijacom
 
Cpe5 Cambridge Proficiency book
Cpe5 Cambridge Proficiency bookCpe5 Cambridge Proficiency book
Cpe5 Cambridge Proficiency bookEmily Cakes
 
Suzuki violin method vol 03 - piano accompaniments
Suzuki violin method   vol 03 - piano accompanimentsSuzuki violin method   vol 03 - piano accompaniments
Suzuki violin method vol 03 - piano accompanimentsLoveis1able Khumpuangdee
 
ZS - 0389 - Zagor - LOV IZNENADJENJA
ZS - 0389 - Zagor - LOV IZNENADJENJAZS - 0389 - Zagor - LOV IZNENADJENJA
ZS - 0389 - Zagor - LOV IZNENADJENJAStripovizijacom
 
27 um ministerio para todo
27   um ministerio para todo27   um ministerio para todo
27 um ministerio para todoHezir Henrique
 
0397 Plavokosa Opasnost
0397  Plavokosa Opasnost0397  Plavokosa Opasnost
0397 Plavokosa OpasnostTompa *
 

Mais procurados (20)

التجويد المصور أيمن رشدى سويد ج1
التجويد المصور أيمن رشدى سويد ج1التجويد المصور أيمن رشدى سويد ج1
التجويد المصور أيمن رشدى سويد ج1
 
023. ZAGOR - BANDA RAZROKOG
023. ZAGOR - BANDA RAZROKOG023. ZAGOR - BANDA RAZROKOG
023. ZAGOR - BANDA RAZROKOG
 
Tex LIB 085 - Blago izgubljenog grada.pdf
Tex LIB 085 - Blago izgubljenog grada.pdfTex LIB 085 - Blago izgubljenog grada.pdf
Tex LIB 085 - Blago izgubljenog grada.pdf
 
VC - Dylan Dog - 123 - OSUDJEN NA ZEMLJU
VC - Dylan Dog - 123 - OSUDJEN NA ZEMLJUVC - Dylan Dog - 123 - OSUDJEN NA ZEMLJU
VC - Dylan Dog - 123 - OSUDJEN NA ZEMLJU
 
فتاوی شامی مترجم جلد 04 .pdf
فتاوی شامی مترجم جلد 04 .pdfفتاوی شامی مترجم جلد 04 .pdf
فتاوی شامی مترجم جلد 04 .pdf
 
029 teks viler - teror u rio sonori
029   teks viler - teror u rio sonori029   teks viler - teror u rio sonori
029 teks viler - teror u rio sonori
 
0739. UTVARA U NOĆI
0739. UTVARA U NOĆI0739. UTVARA U NOĆI
0739. UTVARA U NOĆI
 
M hərfi
M hərfiM hərfi
M hərfi
 
Mutant Chronicles RPG Mishima Sourcebook
Mutant Chronicles RPG Mishima SourcebookMutant Chronicles RPG Mishima Sourcebook
Mutant Chronicles RPG Mishima Sourcebook
 
261653336 principios-basicos-da-musica-para-a-juventude-vol-01-maria-luiza-de...
261653336 principios-basicos-da-musica-para-a-juventude-vol-01-maria-luiza-de...261653336 principios-basicos-da-musica-para-a-juventude-vol-01-maria-luiza-de...
261653336 principios-basicos-da-musica-para-a-juventude-vol-01-maria-luiza-de...
 
Quran with Tajwid Surah 74 ﴾القرآن سورۃ المدثر﴿ Al-Muddathir 🙪 PDF
Quran with Tajwid Surah 74 ﴾القرآن سورۃ المدثر﴿ Al-Muddathir 🙪 PDFQuran with Tajwid Surah 74 ﴾القرآن سورۃ المدثر﴿ Al-Muddathir 🙪 PDF
Quran with Tajwid Surah 74 ﴾القرآن سورۃ المدثر﴿ Al-Muddathir 🙪 PDF
 
128 veliki blek
128  veliki blek128  veliki blek
128 veliki blek
 
Mister No Libellus 88.pdf
Mister No Libellus 88.pdfMister No Libellus 88.pdf
Mister No Libellus 88.pdf
 
Cpe5 Cambridge Proficiency book
Cpe5 Cambridge Proficiency bookCpe5 Cambridge Proficiency book
Cpe5 Cambridge Proficiency book
 
Suzuki violin method vol 03 - piano accompaniments
Suzuki violin method   vol 03 - piano accompanimentsSuzuki violin method   vol 03 - piano accompaniments
Suzuki violin method vol 03 - piano accompaniments
 
ZS - 0389 - Zagor - LOV IZNENADJENJA
ZS - 0389 - Zagor - LOV IZNENADJENJAZS - 0389 - Zagor - LOV IZNENADJENJA
ZS - 0389 - Zagor - LOV IZNENADJENJA
 
Guia loroco
Guia lorocoGuia loroco
Guia loroco
 
27 um ministerio para todo
27   um ministerio para todo27   um ministerio para todo
27 um ministerio para todo
 
334 klan vokera
334  klan vokera334  klan vokera
334 klan vokera
 
0397 Plavokosa Opasnost
0397  Plavokosa Opasnost0397  Plavokosa Opasnost
0397 Plavokosa Opasnost
 

Semelhante a 2 anos do Cadastro Positivo

Panorama do crédito para o agronegócio
Panorama do crédito para o agronegócioPanorama do crédito para o agronegócio
Panorama do crédito para o agronegócioANBCBureausdeCrdito
 
Cai a intenção dos micro e pequenos empresários em tomar crédito nos próximos...
Cai a intenção dos micro e pequenos empresários em tomar crédito nos próximos...Cai a intenção dos micro e pequenos empresários em tomar crédito nos próximos...
Cai a intenção dos micro e pequenos empresários em tomar crédito nos próximos...SPC Brasil
 
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1Rozangela Silva
 
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1Rozangela Silva
 
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1Rozangela Silva
 
Número de empresas inadimplentes acelera em agosto e cresce 7,64%
Número de empresas inadimplentes acelera em agosto e cresce 7,64%Número de empresas inadimplentes acelera em agosto e cresce 7,64%
Número de empresas inadimplentes acelera em agosto e cresce 7,64%SPC Brasil
 
Aperfeçoamento do programa Super Simples
Aperfeçoamento do programa Super SimplesAperfeçoamento do programa Super Simples
Aperfeçoamento do programa Super SimplesRafael Wiethorn
 
Edição 144 (06 04 2017)
Edição 144  (06 04 2017)Edição 144  (06 04 2017)
Edição 144 (06 04 2017)FolhaNR
 
Dieese: Desempenho dos bancos em 2018
Dieese: Desempenho dos bancos em 2018Dieese: Desempenho dos bancos em 2018
Dieese: Desempenho dos bancos em 2018Miguel Rosario
 
40% dos micro e pequenos empresários estão pessimistas com o futuro da economia
40% dos micro e pequenos empresários estão pessimistas com o futuro da economia40% dos micro e pequenos empresários estão pessimistas com o futuro da economia
40% dos micro e pequenos empresários estão pessimistas com o futuro da economiaSPC Brasil
 
Microfinance India South Africa Brazil
Microfinance India   South Africa   BrazilMicrofinance India   South Africa   Brazil
Microfinance India South Africa Brazilsiqueiramt
 
Apresentação - Novo Fies - Juro zero para quem mais precisa (06/07/2017)
Apresentação - Novo Fies - Juro zero para quem mais precisa (06/07/2017)Apresentação - Novo Fies - Juro zero para quem mais precisa (06/07/2017)
Apresentação - Novo Fies - Juro zero para quem mais precisa (06/07/2017)Ministério da Economia
 

Semelhante a 2 anos do Cadastro Positivo (20)

Índice de Confiança do Empresário
Índice de Confiança do EmpresárioÍndice de Confiança do Empresário
Índice de Confiança do Empresário
 
Índice de Confiança do Consumidor
Índice de Confiança do ConsumidorÍndice de Confiança do Consumidor
Índice de Confiança do Consumidor
 
Indicador de Confianca do Empresario
Indicador de Confianca do EmpresarioIndicador de Confianca do Empresario
Indicador de Confianca do Empresario
 
Release #MelhorCredito
Release #MelhorCredito Release #MelhorCredito
Release #MelhorCredito
 
Panorama do crédito para o agronegócio
Panorama do crédito para o agronegócioPanorama do crédito para o agronegócio
Panorama do crédito para o agronegócio
 
Carta à equipe econômica
Carta à equipe econômicaCarta à equipe econômica
Carta à equipe econômica
 
Cai a intenção dos micro e pequenos empresários em tomar crédito nos próximos...
Cai a intenção dos micro e pequenos empresários em tomar crédito nos próximos...Cai a intenção dos micro e pequenos empresários em tomar crédito nos próximos...
Cai a intenção dos micro e pequenos empresários em tomar crédito nos próximos...
 
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
 
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
 
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
 
Número de empresas inadimplentes acelera em agosto e cresce 7,64%
Número de empresas inadimplentes acelera em agosto e cresce 7,64%Número de empresas inadimplentes acelera em agosto e cresce 7,64%
Número de empresas inadimplentes acelera em agosto e cresce 7,64%
 
Impactos da Economia no Varejo - Crédito e Inadimplência
Impactos da Economia no Varejo - Crédito e InadimplênciaImpactos da Economia no Varejo - Crédito e Inadimplência
Impactos da Economia no Varejo - Crédito e Inadimplência
 
Aperfeçoamento do programa Super Simples
Aperfeçoamento do programa Super SimplesAperfeçoamento do programa Super Simples
Aperfeçoamento do programa Super Simples
 
Edição 144 (06 04 2017)
Edição 144  (06 04 2017)Edição 144  (06 04 2017)
Edição 144 (06 04 2017)
 
Dieese: Desempenho dos bancos em 2018
Dieese: Desempenho dos bancos em 2018Dieese: Desempenho dos bancos em 2018
Dieese: Desempenho dos bancos em 2018
 
40% dos micro e pequenos empresários estão pessimistas com o futuro da economia
40% dos micro e pequenos empresários estão pessimistas com o futuro da economia40% dos micro e pequenos empresários estão pessimistas com o futuro da economia
40% dos micro e pequenos empresários estão pessimistas com o futuro da economia
 
Microfinance India South Africa Brazil
Microfinance India   South Africa   BrazilMicrofinance India   South Africa   Brazil
Microfinance India South Africa Brazil
 
NOVO FIES - JURO ZERO
NOVO FIES - JURO ZERONOVO FIES - JURO ZERO
NOVO FIES - JURO ZERO
 
Financiamento solar
Financiamento solar Financiamento solar
Financiamento solar
 
Apresentação - Novo Fies - Juro zero para quem mais precisa (06/07/2017)
Apresentação - Novo Fies - Juro zero para quem mais precisa (06/07/2017)Apresentação - Novo Fies - Juro zero para quem mais precisa (06/07/2017)
Apresentação - Novo Fies - Juro zero para quem mais precisa (06/07/2017)
 

Mais de ANBCBureausdeCrdito

Impacto do Cadastro Positivo para as Pessoas Jurídicas
Impacto do Cadastro Positivo para as Pessoas JurídicasImpacto do Cadastro Positivo para as Pessoas Jurídicas
Impacto do Cadastro Positivo para as Pessoas JurídicasANBCBureausdeCrdito
 
Impacto do Cadastro Positivo ICMS e IPVA
Impacto do Cadastro Positivo ICMS e IPVAImpacto do Cadastro Positivo ICMS e IPVA
Impacto do Cadastro Positivo ICMS e IPVAANBCBureausdeCrdito
 
Impacto do Cadastro Positivo por estado
Impacto do Cadastro Positivo por estadoImpacto do Cadastro Positivo por estado
Impacto do Cadastro Positivo por estadoANBCBureausdeCrdito
 
Impacto do Cadastro Positivo para as Pessoas Físicas
Impacto do Cadastro Positivo para as Pessoas FísicasImpacto do Cadastro Positivo para as Pessoas Físicas
Impacto do Cadastro Positivo para as Pessoas FísicasANBCBureausdeCrdito
 
Verdades e Mitos sobre o Cadastro Positivo
Verdades e Mitos sobre o Cadastro PositivoVerdades e Mitos sobre o Cadastro Positivo
Verdades e Mitos sobre o Cadastro PositivoANBCBureausdeCrdito
 
Setor de comércio e serviços e o crédito
Setor de comércio e serviços e o créditoSetor de comércio e serviços e o crédito
Setor de comércio e serviços e o créditoANBCBureausdeCrdito
 
Panorama do crédito para a indústria
Panorama do crédito para a indústriaPanorama do crédito para a indústria
Panorama do crédito para a indústriaANBCBureausdeCrdito
 
Ofício da Frente empresarial em defesa da LGPD e segurança jurídica
Ofício da Frente empresarial em defesa da LGPD e segurança jurídicaOfício da Frente empresarial em defesa da LGPD e segurança jurídica
Ofício da Frente empresarial em defesa da LGPD e segurança jurídicaANBCBureausdeCrdito
 
Case Midway (financeira Riachuelo)
Case Midway (financeira Riachuelo)Case Midway (financeira Riachuelo)
Case Midway (financeira Riachuelo)ANBCBureausdeCrdito
 

Mais de ANBCBureausdeCrdito (11)

Impacto do Cadastro Positivo para as Pessoas Jurídicas
Impacto do Cadastro Positivo para as Pessoas JurídicasImpacto do Cadastro Positivo para as Pessoas Jurídicas
Impacto do Cadastro Positivo para as Pessoas Jurídicas
 
Impacto do Cadastro Positivo ICMS e IPVA
Impacto do Cadastro Positivo ICMS e IPVAImpacto do Cadastro Positivo ICMS e IPVA
Impacto do Cadastro Positivo ICMS e IPVA
 
Impacto do Cadastro Positivo por estado
Impacto do Cadastro Positivo por estadoImpacto do Cadastro Positivo por estado
Impacto do Cadastro Positivo por estado
 
Impacto do Cadastro Positivo para as Pessoas Físicas
Impacto do Cadastro Positivo para as Pessoas FísicasImpacto do Cadastro Positivo para as Pessoas Físicas
Impacto do Cadastro Positivo para as Pessoas Físicas
 
Números do Cadastro Positivo
Números do Cadastro PositivoNúmeros do Cadastro Positivo
Números do Cadastro Positivo
 
Verdades e Mitos sobre o Cadastro Positivo
Verdades e Mitos sobre o Cadastro PositivoVerdades e Mitos sobre o Cadastro Positivo
Verdades e Mitos sobre o Cadastro Positivo
 
Práticas Lesivas ao Crédito
Práticas Lesivas ao CréditoPráticas Lesivas ao Crédito
Práticas Lesivas ao Crédito
 
Setor de comércio e serviços e o crédito
Setor de comércio e serviços e o créditoSetor de comércio e serviços e o crédito
Setor de comércio e serviços e o crédito
 
Panorama do crédito para a indústria
Panorama do crédito para a indústriaPanorama do crédito para a indústria
Panorama do crédito para a indústria
 
Ofício da Frente empresarial em defesa da LGPD e segurança jurídica
Ofício da Frente empresarial em defesa da LGPD e segurança jurídicaOfício da Frente empresarial em defesa da LGPD e segurança jurídica
Ofício da Frente empresarial em defesa da LGPD e segurança jurídica
 
Case Midway (financeira Riachuelo)
Case Midway (financeira Riachuelo)Case Midway (financeira Riachuelo)
Case Midway (financeira Riachuelo)
 

Último

ELETIVA II.pptxSEGUNDO ANO DO ENSINO MED
ELETIVA II.pptxSEGUNDO ANO DO ENSINO MEDELETIVA II.pptxSEGUNDO ANO DO ENSINO MED
ELETIVA II.pptxSEGUNDO ANO DO ENSINO MEDJoefersonDelfino2
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO INTEGRADA DA QUALIDADE ( QSSMA) - 51/2024
ATIVIDADE 1 - GESTÃO INTEGRADA DA QUALIDADE ( QSSMA) - 51/2024ATIVIDADE 1 - GESTÃO INTEGRADA DA QUALIDADE ( QSSMA) - 51/2024
ATIVIDADE 1 - GESTÃO INTEGRADA DA QUALIDADE ( QSSMA) - 51/2024DL assessoria 29
 
1) Explique o caminho percorrido pelo espermatozoide dentro do trato reprodut...
1) Explique o caminho percorrido pelo espermatozoide dentro do trato reprodut...1) Explique o caminho percorrido pelo espermatozoide dentro do trato reprodut...
1) Explique o caminho percorrido pelo espermatozoide dentro do trato reprodut...Prime Assessoria
 
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...Prime Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA SABERES DIGITAIS - 512024.pdf
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA SABERES DIGITAIS - 512024.pdfATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA SABERES DIGITAIS - 512024.pdf
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA SABERES DIGITAIS - 512024.pdfliliandlm20
 
Para melhor compreendermos as relações em sociedade e suas formas de organiza...
Para melhor compreendermos as relações em sociedade e suas formas de organiza...Para melhor compreendermos as relações em sociedade e suas formas de organiza...
Para melhor compreendermos as relações em sociedade e suas formas de organiza...AssessoriaAcadmicaDl
 
Em 26 de janeiro de 2024, a Agência Petrobras fez o seguinte comunicado: Petr...
Em 26 de janeiro de 2024, a Agência Petrobras fez o seguinte comunicado: Petr...Em 26 de janeiro de 2024, a Agência Petrobras fez o seguinte comunicado: Petr...
Em 26 de janeiro de 2024, a Agência Petrobras fez o seguinte comunicado: Petr...dl assessoria 8
 
f) No caso clínico relatado nesta atividade, o paciente apresentou atrofia mu...
f) No caso clínico relatado nesta atividade, o paciente apresentou atrofia mu...f) No caso clínico relatado nesta atividade, o paciente apresentou atrofia mu...
f) No caso clínico relatado nesta atividade, o paciente apresentou atrofia mu...Prime Assessoria
 
MAPA - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024
MAPA - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024MAPA - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024
MAPA - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024DL assessoria 27
 
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024DL assessoria 31
 
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024DL assessoria 30
 
Presente nas discussões de quase todas as áreas das atividades humanas, a Bio...
Presente nas discussões de quase todas as áreas das atividades humanas, a Bio...Presente nas discussões de quase todas as áreas das atividades humanas, a Bio...
Presente nas discussões de quase todas as áreas das atividades humanas, a Bio...dl assessoria9
 
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...Prime Assessoria
 
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.Prime Assessoria
 
a) Cite e Explique os princípios doutrinários/éticos e organizacionais que re...
a) Cite e Explique os princípios doutrinários/éticos e organizacionais que re...a) Cite e Explique os princípios doutrinários/éticos e organizacionais que re...
a) Cite e Explique os princípios doutrinários/éticos e organizacionais que re...Prime Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024AssessoriaDl1
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...DlAssessoriaacadmica2
 
EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 05-2024 - 17º SALÃO DO ARTESANATO - RAÍZES BR...
EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 05-2024 - 17º SALÃO DO ARTESANATO - RAÍZES BR...EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 05-2024 - 17º SALÃO DO ARTESANATO - RAÍZES BR...
EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 05-2024 - 17º SALÃO DO ARTESANATO - RAÍZES BR...AgnesVitoriano
 
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...dl assessoria 8
 
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024AaAssessoriadll
 

Último (20)

ELETIVA II.pptxSEGUNDO ANO DO ENSINO MED
ELETIVA II.pptxSEGUNDO ANO DO ENSINO MEDELETIVA II.pptxSEGUNDO ANO DO ENSINO MED
ELETIVA II.pptxSEGUNDO ANO DO ENSINO MED
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO INTEGRADA DA QUALIDADE ( QSSMA) - 51/2024
ATIVIDADE 1 - GESTÃO INTEGRADA DA QUALIDADE ( QSSMA) - 51/2024ATIVIDADE 1 - GESTÃO INTEGRADA DA QUALIDADE ( QSSMA) - 51/2024
ATIVIDADE 1 - GESTÃO INTEGRADA DA QUALIDADE ( QSSMA) - 51/2024
 
1) Explique o caminho percorrido pelo espermatozoide dentro do trato reprodut...
1) Explique o caminho percorrido pelo espermatozoide dentro do trato reprodut...1) Explique o caminho percorrido pelo espermatozoide dentro do trato reprodut...
1) Explique o caminho percorrido pelo espermatozoide dentro do trato reprodut...
 
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
 
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA SABERES DIGITAIS - 512024.pdf
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA SABERES DIGITAIS - 512024.pdfATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA SABERES DIGITAIS - 512024.pdf
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA SABERES DIGITAIS - 512024.pdf
 
Para melhor compreendermos as relações em sociedade e suas formas de organiza...
Para melhor compreendermos as relações em sociedade e suas formas de organiza...Para melhor compreendermos as relações em sociedade e suas formas de organiza...
Para melhor compreendermos as relações em sociedade e suas formas de organiza...
 
Em 26 de janeiro de 2024, a Agência Petrobras fez o seguinte comunicado: Petr...
Em 26 de janeiro de 2024, a Agência Petrobras fez o seguinte comunicado: Petr...Em 26 de janeiro de 2024, a Agência Petrobras fez o seguinte comunicado: Petr...
Em 26 de janeiro de 2024, a Agência Petrobras fez o seguinte comunicado: Petr...
 
f) No caso clínico relatado nesta atividade, o paciente apresentou atrofia mu...
f) No caso clínico relatado nesta atividade, o paciente apresentou atrofia mu...f) No caso clínico relatado nesta atividade, o paciente apresentou atrofia mu...
f) No caso clínico relatado nesta atividade, o paciente apresentou atrofia mu...
 
MAPA - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024
MAPA - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024MAPA - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024
MAPA - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024
 
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
 
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
 
Presente nas discussões de quase todas as áreas das atividades humanas, a Bio...
Presente nas discussões de quase todas as áreas das atividades humanas, a Bio...Presente nas discussões de quase todas as áreas das atividades humanas, a Bio...
Presente nas discussões de quase todas as áreas das atividades humanas, a Bio...
 
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...
 
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
 
a) Cite e Explique os princípios doutrinários/éticos e organizacionais que re...
a) Cite e Explique os princípios doutrinários/éticos e organizacionais que re...a) Cite e Explique os princípios doutrinários/éticos e organizacionais que re...
a) Cite e Explique os princípios doutrinários/éticos e organizacionais que re...
 
ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 
EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 05-2024 - 17º SALÃO DO ARTESANATO - RAÍZES BR...
EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 05-2024 - 17º SALÃO DO ARTESANATO - RAÍZES BR...EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 05-2024 - 17º SALÃO DO ARTESANATO - RAÍZES BR...
EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 05-2024 - 17º SALÃO DO ARTESANATO - RAÍZES BR...
 
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
 
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
 

2 anos do Cadastro Positivo

  • 1. ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS BUREAUS DE CRÉDITO Em apenas o Cadastro Positivo reduziu, em média, nas taxas dois anos 10,4% cobradas no crédito pessoal não consignado para novos tomadores de crédito. Nesse período, os birôs de crédito já contabilizaram a inclusão de cerca de 100 milhões de consumidores e empresas. Conheça outros ganhos da economia demonstrados no relatório Análise dos Efeitos do Cadastro Positivo, divulgado pelo Banco Central. NÚMERO DE BENEFICIADOS 2017 - sem inclusão automática 2019 - com inclusão automática 6 milhões AUMENTO NO NÚMERO DE CADASTRADOS +16 vezes CONSUMIDORES 41% 33% 26% melhoraram a nota de crédito e conseguiram melhor classificação de risco permaneceram na mesma faixa de classificaçãodanotadecrédito EMPRESAS faixa de MENOR risco se mantiveram na de MAIOR risco Migraram para a faixa 30% Migraram para a faixa de MENOR risco 50% 20% INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS FOCADAS EM MPEs 88% pretendem usar o Cadastro Positivo nas suas análises de crédito CONSULTAS - EMPRESAS NÃO FINANCEIRAS 60% das consultas ao Cadastro Positivo de consumidores foram realizadas por empresas não financeiras tiveramquedananotadecrédito TOMADORES DE CRÉDITO COM INFORMAÇÃO POSITIVA - PF e PJ -10,4% de juros -15,9% de juros QUEDA NA TAXA DE JUROS ANUAL 31 p.p. 40 p.p. www.anbc.org.br (média de toda a amostra) (para os 25% da amostra com a maior variação da nota de crédito) 100 milhões (média de toda a amostra) (para os 25% da amostra com a maior variação da nota de crédito)