Textos estetica fisio_to

1.404 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.404
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
805
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Textos estetica fisio_to

  1. 1. Língua Portuguesa: Texto e Contexto Principais dúvidas nas redações Estética – Fisio - T.O – 25/02/2013
  2. 2. ORTOGRAFIAUSO DO S e Z Grafam-se com Z os derivados em –ZAL, - ZEIRO, -ZINHO, -ZINHA, -ZITO, -ZITA: • Cafezal; • Cafezeiro; • Cafezinho; • Avezinha; • Cãozito; • Avezita.
  3. 3. ORTOGRAFIAUSO DO S e ZGrafam-se com Z os substantivosabstratos em –EZA, derivados deadjetivos:• Pobre = pobreza;• Limpo = limpeza;• Frio = frieza.
  4. 4. ORTOGRAFIAUSO DO S e ZGrafam-se com Z os derivados de palavrascujo radical termina em Z:• Cruz = cruzeiro;• Raiz = enraizar;• Vazio = vazar.
  5. 5. ORTOGRAFIAUSO DO S e ZGrafam-se com Z os verbos formados como sufixo –IZAR e palavras cognatas:• Fertilizar;• Fertilizante;• Civilizar;• Civilização.
  6. 6. ORTOGRAFIAUSO DO MAS E MAISSe a relação for de adversidade,oposição, é “mas”: “Estudou muito, masnão passou”; “A equipe jogou bem, masnão venceu”; “Programa brasileiro éelogiado, mas o país não pode descuidar”.Note que “mas” pode ser substituído por“porém”: “Estudou muito, porém nãopassou”.
  7. 7. USO DO MAS E MAISSe a relação for de intensidade,quantidade, é “mais”: “Comproumais sorvete”; “A equipe precisa jogarmais no ataque”; “Ele é a pessoa maispreparada da empresa”.Note que “mais” pode ser substituídopor “menos”: “Comprou menossorvete”.
  8. 8. USO DO MAS E MAISSe a relação for de intensidade,quantidade, é “mais”: “Comproumais sorvete”; “A equipe precisa jogarmais no ataque”; “Ele é a pessoa maispreparada da empresa”.Note que “mais” pode ser substituídopor “menos”: “Comprou menossorvete”.
  9. 9. REPETIÇÃO DE TERMOSEvite repetir a mesma palavra, pois essapalavra vai ficar uma palavra repetitiva. Arepetição da palavra vai fazer com que apalavra repetida desqualifique o texto emque a palavra se encontra repetida.Procure os sinônimos =palavras de sentido parecido ouigual!
  10. 10. Quanto à estética, observe: a) Se a letra está legível: não quer dizer “letra bonita”, mas sim a preocupação de gerar entendimento para quem ler o texto.O QUE DEVO b) Se há paragrafação: disposição correta dos parágrafos.OBSERVAR NO Estes devem estar bem estruturados e delimitados por pontuação.MEU TEXTO? c) Se as margens estão regulares: as palavras devem ir até o fim da linha, a não ser que seja um poema. d) O travessão: se há o espaçamento devido antes da utilização deste. e) Se há rasuras: o melhor é que elas não existam! Mas caso ocorram, prefira riscar com um só risco o termo errado e colocá-lo entre parênteses. Coloque a palavra correta acima, ou continue a escrever normalmente, caso o erro aconteça no momento da escrita e na folha definitiva.
  11. 11. Quanto à gramática, observe: a) Ortografia: as palavras estão escritas da maneira correta?O QUE DEVO b) Pontuação: há vírgulas em excesso ou falta delas? Há vírgula onde deveria existir ponto final?OBSERVAR NO c) Concordância verbal e nominal: observe se todosMEU TEXTO? os verbos concordam com seus sujeitos e se os substantivos estão concordando com o artigo, numeral, pronome ou adjetivo que os acompanha. d) Regência verbal: veja se a regência do verbo está coerente com seu complemento. e) Colocação pronominal: os pronomes estão posicionados corretamente? Fique atento principalmente aos do caso oblíquo (me, te, se, o, os, a, as, lhe, lhes, nos e vos).
  12. 12. Quanto à estilística, observe:O QUE DEVO a) Repetição de palavras, com atenção especial aoOBSERVAR NO pronome “que” e também de ideias: empobrecem o texto.MEU TEXTO? b) Frases longas: deixam o texto confuso. c) Se há elementos conectivos: são essenciais para a coesão (mas, porém, contudo, entretanto, etc.) d) Emprego de palavras ou de argumentos em lugares errados.
  13. 13. Quanto à estrutura, observe:O QUE DEVO a) Se há uma ideia central que norteia o texto ou umOBSERVAR NO conflito básico a ser solucionado.MEU TEXTO? b) Se há uma sequência de fatos enquadrados em uma lógica-temporal. c) Se há presença dos aspectos do tipo de texto escolhido: dissertação (exposição e defesa de argumentos); narração (conflito e exposição da personagem); descrição (características do local e fatos relatados), e assim por diante.
  14. 14. VAMOS REPENSAR OS NOSSOS TEXTOS?
  15. 15. PARTE 1.Reescreva as palavras que estavamgrafadas incorretamente. Não tem nenhuma? Pule esta etapa
  16. 16. PARTE 1.Vamos entender as ideias de cada parágrafo denosso texto, desmembrando-o POR ARGUMENTO.EX:Acredito que isso ocorre pelo fato de que, hoje em dia, as pessoas são muitopráticas, óbvias e objetivas, não observam certos detalhes que não vão trazeralgo em troca.Andressa de Morais Silva – EstéticaArgumento 1: As pessoas são óbvias demaisArgumento 2: As pessoas só observam o que podetrazer em troca.
  17. 17. Vamos organizar nossos argumentos em mapas conceituais?

×