Hipermída Adaptativa para avaliação

766 visualizações

Publicada em

Estudo de casos em HA em sistemas de avaliação mediados por computador.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
766
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
33
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Hipermída Adaptativa para avaliação

  1. 1. Hipermídia adaptativa para sistema de avaliação em cursos virtuais Autor: Wallace Vianna Orientador: André Monat Instituição: ESDI/UERJ PPDESDI - Programa de Pós-graduação ESDI Rio de Janeiro, agosto 2007
  2. 2. Sumário <ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>Estudo de caso1 </li></ul><ul><li>Estudo de caso2 </li></ul><ul><li>Esboço da proposta </li></ul><ul><li>Conclusões </li></ul><ul><li>Bibiografia </li></ul><ul><li>Agradecimentos </li></ul>
  3. 3. Introdução Esta pesquisa pretende desenvolver um sistema de avaliação para cursos virtuais, com uso hipermídia adaptativa. A tarefa a ser avaliada será uma etapa deste curso - a elaboração de ilustração com linhas de contorno, sem preenchimento. A hipótese a ser trabalhada é até que ponto o uso de sistemas adaptativos podem ter um impacto positivo no processo de avaliação, em cursos desta natureza se for elaborado durante o processo de aprendizagem e não ao final. A seguir iremos discorrer sobre dois estudos de caso, dentro da área de avaliação adaptativa <ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>Estudo de caso1 </li></ul><ul><li>Estudo de caso2 </li></ul><ul><li>Esboço da proposta </li></ul><ul><li>Conclusões </li></ul><ul><li>Bibliografia </li></ul><ul><li>Agradecimentos </li></ul>
  4. 4. Estudo de caso1(a) <ul><li>“ Uma Ferramenta Adaptativa de Avaliação da </li></ul><ul><li>Aprendizagem Baseada no Perfil Cognitivo e </li></ul><ul><li>Metacognitivo do Estudante”. </li></ul><ul><li>O trabalho afirma que o ensino e avaliação de modo </li></ul><ul><li>geral </li></ul><ul><li>são uniformes (presenciais) </li></ul><ul><li>não consideram conhecimento prévio (presenciais e virtuais) </li></ul><ul><li>não permitem ensino individual (presenciais) </li></ul><ul><li>permitem ensino individualizado mas não possuem avaliação adaptável do NAC - Nível de Aquisição de Conhecimento nem do KMA e KMB – conhecimento adquirido e desvio do aprendizado (virtuais) </li></ul><ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>Estudo de caso1 </li></ul><ul><li>Estudo de caso2 </li></ul><ul><li>Esboço da proposta </li></ul><ul><li>Conclusões </li></ul><ul><li>Bibliografia </li></ul><ul><li>Agradecimentos </li></ul>
  5. 5. Estudo de caso1(b) <ul><li>A base do sistema são as informações cognitivas </li></ul><ul><li>(NAC) e metacognitivas (KMA e KMB) do módulo </li></ul><ul><li>aprendiz. </li></ul><ul><li>A avaliação deve se dar da seguinte forma: </li></ul><ul><li>O aprendiz é avaliado para saber seu perfil inicial em cada item (conceito) do conhecimento em questão. </li></ul><ul><li>2) Essa avaliação inicial (metacognitiva) permite o aprendiz estimar seu próprio conhecimento da matéria. </li></ul><ul><li>3) Após essa avaliação (automática ou feita manualmente pelo professor) – o NAC do aprendiz naquele conhecimento é definido e o software sorteia as questões. </li></ul><ul><li>4) O aluno responde as questões sorteadas, e com base nos novos dados coletados uma avaliação final, adaptada, é exibida. </li></ul><ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>Estudo de caso1 </li></ul><ul><li>Estudo de caso2 </li></ul><ul><li>Esboço da proposta </li></ul><ul><li>Conclusões </li></ul><ul><li>Bibliografia </li></ul><ul><li>Agradecimentos </li></ul>
  6. 6. Estudo de caso1(c) <ul><li>Ao final um relatório é exibido ao aluno sobre </li></ul><ul><li>seu desempenho, com valores relativos a: </li></ul><ul><li>Nível metacognitivo inicial </li></ul><ul><li>Nível metacognitivo final </li></ul><ul><li>KMA e KMB </li></ul><ul><li>Tempo decorrido </li></ul><ul><li>Menor tempo de resposta </li></ul><ul><li>Maior tempo de resposta </li></ul><ul><li>Quantidade de questões sorteadas </li></ul><ul><li>Quantidade de acertos e erros </li></ul><ul><li>NAC </li></ul><ul><li>Encerramento antecipado por erros consecutivos </li></ul><ul><li>Encerramento antecipado por atingir meta de avaliação </li></ul><ul><li>Gráfico de desempenho </li></ul><ul><li>Análise do aluno (realista, pessimista e respostas em tempo hábil) </li></ul><ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>Estudo de caso1 </li></ul><ul><li>Estudo de caso2 </li></ul><ul><li>Esboço da proposta </li></ul><ul><li>Conclusões </li></ul><ul><li>Bibliografia </li></ul><ul><li>Agradecimentos </li></ul>
  7. 7. Estudo de caso2(a) “ Willow: Avaliação automática e adaptativa de textos com respostas livres” Os autores colocam que avaliações de múltipla escolha ou de preencher campos vazios não avalia o conhecimento do estudante completamente. Esta abordagem não pretende substituir professores ou esgotar o assunto, mas fornecer uma forma alternativa de avaliação, seja como filtragem, cruzamento de dados ou treinamento adicional. <ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>Estudo de caso1 </li></ul><ul><li>Estudo de caso2 </li></ul><ul><li>Esboço da proposta </li></ul><ul><li>Conclusões </li></ul><ul><li>Bibliografia </li></ul><ul><li>Agradecimentos </li></ul>
  8. 8. Estudo de caso2(b) <ul><li>No Willow o curso “textual” (idiomas, p.ex.) é organizado por assuntos (tópicos) que englobam coleções de perguntas. </li></ul><ul><li>O professor seleciona as perguntas (ou cria novas) e decide quais serão modificadas ou adicionadas. </li></ul><ul><li>O professor é solicitado a organizar o conteúdo por nível de conhecimento, faixa etária, tópicos e nível de dificuldade. </li></ul><ul><li>As respostas - ou referências - corretas podem ser gerenciadas manualmente ou por um “algoritmo genético”, que poupa o professor de escrever todas as respostas do curso. </li></ul><ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>Estudo de caso1 </li></ul><ul><li>Estudo de caso2 </li></ul><ul><li>Esboço da proposta </li></ul><ul><li>Conclusões </li></ul><ul><li>Bibliografia </li></ul><ul><li>Agradecimentos </li></ul>
  9. 9. Estudo de caso2(c) <ul><li>Inicialmente o aluno é avaliado com perguntas para respostas textuais. </li></ul><ul><li>O sistema captura as respostas e cria referências (palavras-chave) para medir o grau de conhecimento. </li></ul><ul><li>As palavras da resposta são destacadas em cor verde mostrando o grau de acerto. </li></ul><ul><li>Se o estudante erra, uma nova tela é apresentada com outras 3 questões, da mais básica à mais complexa, para guiá-lo à resposta correta. </li></ul><ul><li>Se ainda assim não acertar as respostas é apresentada outra pergunta dentro de seu nível de dificuldade, faixa etária etc. Uma ajuda será mostrada para ajudá-lo a responder a nova questão. </li></ul><ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>Estudo de caso1 </li></ul><ul><li>Estudo de caso2 </li></ul><ul><li>Esboço da proposta </li></ul><ul><li>Conclusões </li></ul><ul><li>Bibliografia </li></ul><ul><li>Agradecimentos </li></ul>
  10. 10. Estudo de caso2(d) <ul><li>À medida que o estudante responde mais questões, o Willow analisa as respostas do estudante comparando com termos ou expressões corretas extraídas das referências. </li></ul><ul><li>Cada termo corresponde a um conceito e possui um valor associado que é calculado pelo Willow para indicar o nível de conhecimento do estudante. </li></ul><ul><li>Assim se gera um mapa conceitual do alunos para o professor analisar o desempenho deste (o que não foi bem compreendido ou deve ser reforçado). </li></ul><ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>Estudo de caso1 </li></ul><ul><li>Estudo de caso2 </li></ul><ul><li>Esboço da proposta </li></ul><ul><li>Conclusões </li></ul><ul><li>Bibliografia </li></ul><ul><li>Agradecimentos </li></ul>
  11. 11. Esboço da proposta(a) Cenário: Avaliação adaptativa dentro de curso virtual (á distância) de Corel X3. Objetivo: desenvolver as competências de uso do software CorelDraw, para realização de ilustração Estratégia: ensino do software através da execução de partes da ilustração, da mais simples para a mais complicada. <ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>Estudo de caso1 </li></ul><ul><li>Estudo de caso2 </li></ul><ul><li>Esboço da proposta </li></ul><ul><li>Conclusões </li></ul><ul><li>Bibliografia </li></ul><ul><li>Agradecimentos </li></ul>
  12. 12. Esboço da proposta(b) <ul><li>Esquema diagramático da tarefa avaliada: </li></ul><ul><li>O aluno recebe um gabarito (imagem) sobre o qual irá traçar linhas soltas </li></ul><ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>Estudo de caso1 </li></ul><ul><li>Estudo de caso2 </li></ul><ul><li>Esboço da proposta </li></ul><ul><li>Conclusões </li></ul><ul><li>Bibliografia </li></ul><ul><li>Agradecimentos </li></ul>
  13. 13. Esboço da proposta(c) <ul><li>Se tiver mau desempenho nesta tarefa um exercício de reforço é proposto com ajuda teórica </li></ul><ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>Estudo de caso1 </li></ul><ul><li>Estudo de caso2 </li></ul><ul><li>Esboço da proposta </li></ul><ul><li>Conclusões </li></ul><ul><li>Bibliografia </li></ul><ul><li>Agradecimentos </li></ul>
  14. 14. Esboço da proposta(d) <ul><li>Se obtiver boa avaliação, o exercício prossegue do ponto onde foi interrompido até o final, onde será realizada avaliação final. </li></ul><ul><li>Caso obtenha mau desempenho em algumas tarefas isoladas, é proposto exercício de reforço e avaliação englobando apenas as tarefas deficientes (adaptatibilidade). </li></ul><ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>Estudo de caso1 </li></ul><ul><li>Estudo de caso2 </li></ul><ul><li>Esboço da proposta </li></ul><ul><li>Conclusões </li></ul><ul><li>Bibliografia </li></ul><ul><li>Agradecimentos </li></ul>
  15. 15. Conclusões <ul><li>A avaliação adaptativa depende </li></ul><ul><li>da modelagem do usuário que pode ser feita através de avaliações anteriores, correntes e posteriores a atividade. </li></ul><ul><li>do contexto (tarefa a ser avaliada). </li></ul><ul><li>do feedback (retorno de informações) sobre o conhecimento do aluno sobre a matéria e o aprendizado </li></ul><ul><li>da estruturação do curso se em conjunto da avaliação, não em separado. </li></ul><ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>Estudo de caso1 </li></ul><ul><li>Estudo de caso2 </li></ul><ul><li>Esboço da proposta </li></ul><ul><li>Conclusões </li></ul><ul><li>Bibliografia </li></ul><ul><li>Agradecimentos </li></ul>
  16. 16. Bibliografia <ul><li>Uma Ferramenta Adaptativa de Avaliação da AprendizagemBaseada no Perfil Cognitivo e Metacognitivo do Estudante , Claudio Cura, Danilo Nunes, Edson Pinheiro,Enio Bonano, Ricardo Mandaji , Enio Bonano, Ricardo Mandaji; Universidade Municipal de São Caetano do Sul, Brasil. Internet; acessado em junho de 2007 </li></ul><ul><li>Willow: automatic and adaptive assessment of students’ free-text answers; Diana Perez-Marin, Enrique Alfonseca, Pilar Rodriguiez, Ismael Pacual-Nieto. Internet, acessado em julho/2007 </li></ul><ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>Estudo de caso1 </li></ul><ul><li>Estudo de caso2 </li></ul><ul><li>Esboço da proposta </li></ul><ul><li>Conclusões </li></ul><ul><li>Bibliografia </li></ul><ul><li>Agradecimentos </li></ul>
  17. 17. Gratos pela atenção! <ul><li>Wallace Vianna [email_address] www.wallace.vianna.nom.br +55 0xx21 97043790 </li></ul><ul><li>André Monat [email_address] </li></ul>Sumário

×