Axila

1.367 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.367
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Axila

  1. 1. Axila. - Anatomia I -
  2. 2. Conceito:
  3. 3. Componentes:
  4. 4. Limites: Ápice Base Parede anterior Parede posterior Parede lateral Parede medial
  5. 5. Conteúdo:
  6. 6. Linfonodos Axilares
  7. 7. Peitorais; Subescapulares; Umerais; Centrais;
  8. 8. Identificação do linfonodo sentinela no câncer de mama Radiol Bras vol.37 no4 São Paulo July/Aug 2004 Afrânio Coelho- Oliveira Augusto César Peixoto Rocha Bianca Gutfilen Maria Carolina P. Pessoa Léa Mirian B. da Fonseca
  9. 9. Plexo braquial:
  10. 10. • Raízes do Plexo braquial; Divisões; Funções;
  11. 11. Localização do Plexo Braquial
  12. 12. Lesões
  13. 13. Artérias:
  14. 14. Localização das artérias:
  15. 15. Veias:
  16. 16. • Formada pela união da veia braquial e veia basílica na margem inferior do músculo redondo maior
  17. 17. • Termina na face lateral da 1ᵃ costela onde se torna veia subclávia • Recebe várias tributárias que geralmente correspondem a ramos da artéria axilar.
  18. 18. Aneurisma aterosclerótico da artéria axilar - Um caso clínico raro | R E S U M O | Os aneurismas da artéria axilar de origem aterosclerótica são raros, mas podem originar complicações vasculares e neurológicas graves no membro superior, pelo que o seu tratamento deve ser precoce. Apresentamos o caso clínico de um homem de 64 anos com aneurisma da artéria axilar direita. O doente tinha antecedentes de aneurisma da aorta torácica já excluído por via endovascular. Devido ao crescimento súbito do aneurisma com sintomas neurológicos, foi submetido a aneurismectomia total com interposição de prótese PTFE 8 não aneladada (axilo-axilar). O estudo histológico revelou tratar-se de um aneurisma de origem aterosclerótica. Em consulta de follow-up o doente apresenta melhoria clínica e prótese permeável. O presente caso clínico realça a importância e os bons resultados que o tratamento cirúrgico tem nestes doentes. Luís F. Antunes, Ana Baptista, Joana Moreira, Ricardo Pereira, Anabela Gonçalves, Gabriel Anacleto, João Alegrio, Manuel Fonseca, Óscar Gonçalves, Albuquerque Matos -Serviço de Angiologia e Cirurgia Vascular, Hospitais da Universidade de Coimbra
  19. 19. A-feixe nervoso; B-artéria axilar proximal: C-artéria axilar distal Aneurisma axilar Enxerto axilo-axilar com prótese PTFE 8 não anelada
  20. 20. Bibliografia: • Grupo: André Tavares; Carlos Krause; Gabriel Franco; Ivan Lipa; Pedro José Machado;  http://terapiadomovimento.blogspot.com.br/2010/09/reabilitacao-fisico-funcional-nas.html  http://pt.scribd.com/doc/94728125/vascularizacao-braco  Anatomia humana - Tomo II - L.Testut; A. Latarjet - 2ª Edicion - Editora Salvat (2008)  Tratado de anatomia topografica con aplicaciones medicoquirurgicas - L. Testut; O. Jacob - 8ª Edicion - Editora Salvat (1984)  http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-70942005000400006 • ↑ FLORES, Leandro Pretto. Estudo epidemiológico das lesões traumáticas de plexo braquial em adultos. Arq. Neuro-Psiquiatr., São Paulo, v. 64, n. 1, mar. 2006 . Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-282X2006000100018&lng=pt&nrm=iso>. acessos em 29 jun. 2010. doi: 10.1590/S0004-282X2006000100018. • ↑ Clínica Deckers. Lesão do Plexo Braquial (Ferroada). Acesso em 29 de junho de 2010

×