Mkt content

281 visualizações

Publicada em

Uma discussão sobre o que é Marketing de Conteúdo

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
281
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
19
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mkt content

  1. 1. AVENIDA MOFARREJ, 348 – VILA LEOPOLDINA - CEP 05311-000 –SÃO PAULO –SP WWW.PLANOGESTAO.COM.BR – 11 3477.1993 | 11 3477.1983
  2. 2. MARKETING DE CONTEÚDO OU CONTENT MARKETING
  3. 3. Como se define: Marketing de conteúdo é uma forma de comercialização de produtos e/ou serviços direcionados a um público-alvo através da criação de conteúdo relevante e valioso que atrai, envolve e, possivelmente, estimula a ação do cliente, gerando uma maior venda.
  4. 4. Outra definição: O Marketing de Conteúdo tem como objetivo gerar mais tráfego para o site, eficiência de suporte e nas vendas, retenção e educação de clientes, treinar e desenvolver talentos na empresa e também atrair novos talentos.
  5. 5. Ou seja: Marketing de conteúdo é qualquer forma de marketing que envolva a criação e compartilhamento de conteúdo para adquirir e educar clientes.
  6. 6. Os números do Marketing de Conteúdo • Empresários não gastam mais de 25% de seu orçamento para marketing em conteúdo. • Conteúdos de mídias sociais impulsionam as vendas: 61% das companhias encontram consumidores via LinkedIn, 67% via Facebook e 53% via Twitter. • 78% dos Diretores de Marketing acham que conteúdo personalizado é o futuro do marketing. • 90% dos consumidores acham conteúdo personalizado útil. • 75% das pessoas não acreditam em anúncios.
  7. 7. • Conteúdo interessante é uma das 3 maiores razões pelas quais as pessoas seguem marcas nas mídias sociais • Blogs representam o 3º recurso digital mais influente (31%) na hora de fazer compras, atrás, apenas, de sites de varejo (56%) e de marcas (34%). • 60% dos consumidores se sentem mais confiantes a respeito de uma companhia depois de ler conteúdo personalizado em seu site. • 84% das pessoas de 25 a 34 anos abandonam um site favorito por causa de anúncios intrusivos e irrelevantes. Os números do Marketing de Conteúdo
  8. 8. • Blogs • Email Marketing • Newsletters • Video Marketing • Infográficos • E-books • Mídias Sociais • Webinários Os elementos do marketing de conteúdo
  9. 9. Estamos falando de Marketing Digital através de conteúdo . Foco • Relevante e valioso para o seu público alvo • Gere tráfego para o site • Suporte para área de vendas • Retenha clientes • Eduque clientes • Treine talentos • Atraia talentos • Que estimule a compra
  10. 10. . O Mercado: • Quantidade de players focado no ambiente digital • Quantidade de players focado em marketing de conteúdo digital • As self-services • Empresas tendem a administrar seu próprio conteúdo digital • Concorrência com agências de PR/Assessoria de Imprensa • Tendência de “comoditização”
  11. 11. . Como se diferenciar neste ambiente: • Experiência comprovada – Cases e Resultados • Métricas consistentes • Criatividade • Como sua própria marca é explorada • Alinhamento com as outras disciplinas do marketing
  12. 12. ALGUNS EXEMPLOS
  13. 13. BOLD CONTEÚDO . Exemplo 1: Conteúdo pode ser entretenimento, serviço, informação. Todas as formas são válidas, desde que façam a diferença na vida das pessoas.
  14. 14. CLICK SOCIAL MEDIA . Exemplo 2: Nos preocupamos muito com a experiência do usuário e é pensando nisso que criamos conteúdos e administramos campanhas nas redes sociais, te colocamos em contato com a mídia e te damos a saída em caso de crise. Estudamos os conteúdos que geram engajamento e realmente convertem.
  15. 15. ROCK CONTENT . Exemplo 3: Nós ajudamos empresas a criar uma estratégia completa de marketing de conteúdo. Nós produzimos conteúdo para sua empresa fidelizar clientes e vender mais
  16. 16. 220 CONTEÚDO . Exemplo 4: Produtora estratégica de conteúdo, apaixonada por inovar, propor o inusitado e realizar o aparentemente impossível. Acreditamos no poder de interação entre marcas e pessoas, que cria relacionamentos mais consistentes e sustentáveis..
  17. 17. BE GIANT . Exemplo 5: Tudo pelas ideias. Não importa a forma que elas terão.
  18. 18. REDWOOD . Exemplo 6: Nossa estratégia de produzir conteúdo criativo e entregar resultados para as marcas em diversos setores e através de múltiplos canais.
  19. 19. CONTEÚDO ONLINE . Exemplo 7: Somos especialistas no planejamento, gestão e produção de todo tipo de conteúdo e temos cases para compartilhar a nossa experiência com a sua empresa, enriquecendo concretamente o seu projeto.
  20. 20. • Poucas empresas dos setor digital fazem só conteúdo • Muitas produtores de conteúdo possuem estruturas super enxutas e trabalham em home office • Agências de Comunicação fazem produção de conteúdo para marcas além da comunicação corporativa • Agências de publicidade terceirizam produção de conteúdo, mas pressionam por preço • A criatividade não é foco na produção de conteúdo digital (ainda!) • As métricas ditam as regras Cenário:
  21. 21. • Diferenciar da concorrência? • Experiênciaé fator determinante? • Preço é fator determinante? • Onde está a criatividade? • As métricas/resultadosdos cases são determinantes? • SEO? Gestãode Crises? SAC? Monitoramento? Como:
  22. 22. KEITH BLANCHARD . Marketing de Conteúdo “Marketing de Conteúdo é o oposto de anúncio. É sobre engajar clientes com conteúdo que eles realmente desejam, de uma forma que sirva aos propósitos e ideais de sua marca, ao invés de apenas tentar incluir sua logomarca no campo visual deles. É sobre atingir exatamente a audiência que você deseja, e não atirar para todos os lados. É oferecer a experiência que seu público deseja, e não tentar chamá-los com uma oferta e iludi-los com sua proposta discrepante. Em resumo, é a evolução da publicidade para algo mais efetivo, mais eficiente e menos dissimulado.”
  23. 23. MARKETING DE CONTEÚDO ALÉM DO DIGITAL
  24. 24. Case VW A Volkswagen desenvolveu um Case brilhante com o nome de “The Fun Theory” (Teoria da diversão) onde transforma atividades monótonas ou que exigem esforços em algo criativo e divertido. Tudo de forma conectada com a marca.
  25. 25. Case Samsung No lançamento do aparelho Galaxy S4 a Samsung fez um Case muito interessante para divulgar uma nova função disponível no modelo. A função detecta a direção em que você olha e o Case desafiou pessoas a olharem fixamente para um painel por 60 minutos, sem desviar por um instante se quer. Quem conseguisse ganhava um aparelho.
  26. 26. Case IBM A IBM inovou e deu utilidade as suas publicidades pelas ruas de uma cidade. O Case com título de “Smart Ads For Smarter Cities” ganhou grandes repercussões por agregar interatividade de forma criativa com o público promovendo utilidade para solucionar problemas aparentes no local.
  27. 27. Case RedBull A Red Bull produz bebidas energéticas e nada melhor que associar a marca aos mais variados esportes. No entanto, a empresa impressionou o mundo ao treinar um paraquedista para saltar da estratosfera. Um dos Cases mais famosos e que gerou um resultado muito além do esperado pelos organizadores e produtores da ação de marketing.
  28. 28. AVENIDA MOFARREJ, 348 – VILA LEOPOLDINA - CEP 05311-000 –SÃO PAULO –SP WWW.PLANOGESTAO.COM.BR – 11 3477.1993 | 11 3477.1983 silvio@planogestao.com.br

×