“II FÓRUM NORDESTE 
LOGISTICA ADVB BA” 
20 a 22 de Agosto de 2014 
Instituto SENAI de Inovação em Logística 
ISI Logística...
LOGÍSTICA – Salvador/BA 
Inovação em Projetos e Operações Logísticas e Gestão 
da Cadeia de Suprimentos. 
INSTITUTO 
SENAI...
LOGÍSTICA – Salvador/BA 
Inovação em Projetos e Operações Logísticas e Gestão 
da Cadeia de Suprimentos. 
LABORATÓRIOS E P...
LOGÍSTICA – Salvador/BA 
Inovação em Projetos e Operações Logísticas e Gestão 
da Cadeia de Suprimentos. 
CLIENTES E PARCE...
LOGÍSTICA – Salvador/BA 
Inovação em Projetos e Operações Logísticas e Gestão 
da Cadeia de Suprimentos. 
IMAGENS 
INSTITU...
LOGÍSTICA – Salvador/BA 
Inovação em Projetos e Operações Logísticas e Gestão 
da Cadeia de Suprimentos. 
IMAGENS 
INSTITU...
LOGÍSTICA – Salvador/BA 
Inovação em Projetos e Operações Logísticas e Gestão 
da Cadeia de Suprimentos. 
IMAGENS 
INSTITU...
LOGÍSTICA – Salvador/BA 
Inovação em Projetos e Operações Logísticas e Gestão 
da Cadeia de Suprimentos. 
IMAGENS 
INSTITU...
“II FÓRUM NORDESTE 
LOGISTICA ADVB BA” 
20 a 22 de Agosto de 2014 
Cases 
Eng° Leonardo Sanches de Carvalho, M. Sc. 
NES /...
Cases de Sucesso 
Cliente 
Objetivo 
Serviços de consultoria especializada 
para a OXITENO, na área tecnológica 
de Logíst...
Cliente 
Objetivo 
Realização de estudo logístico para 
avaliação de custo (investimento e 
operacional) para o suprimento...
“II FÓRUM NORDESTE 
LOGISTICA ADVB BA” 
20 a 22 de Agosto de 2014 
Os Desafios da Logística Urbana 
Eng° Leonardo Sanches ...
É possível desenvolver cidades livres de carros?”
Curiosidade 
• Cidade 100% livre do carro!? 
– Afuá no Estado do Pará possui 36.000 habitantes e 
segundo o Denatran nenhu...
“Imobilidade” Urbana 
• Programa de Mobilidade Urbana do Governo Federal: 
– Objetivo: melhorar a mobilidade urbano nos gr...
“Imobilidade” Urbana 
Triste Exemplo: 
Atualmente, trazer um lápis da China 
custa alguns poucos centavos de 
Real. Porém,...
Desafio / Nova Fronteira 
• Logística Urbana – reproduzir os altos níveis de desempenho 
das operações globais de Logístic...
Evolução Histórica 
• Urbanismo – ciência que estuda as cidades. 
• Carta de Atenas (CIAM -1933) - divisão das cidades em ...
Trabalhos e Entidades Sobre o Tema 
• Chinitz (1960) – trabalho pioneiro; 
• Button e Pearman (1981) – carga urbana com fo...
Logística e Logística Urbana 
• Logística: 
“O processo de coordenar os fluxos de material, 
de informações e financeiro, ...
Os Problemas da Logística no Brasil 
• Excessiva dependência do transporte rodoviário; 
• Inspeções aduaneiras excessivame...
A Logística Urbana - Números 
• Logística de “última milha”; 
• Representam em média 28% do custo total com transporte; 
•...
A Logística Urbana - Problemas 
• Consumo de perecíveis - distribuição diária e fracionamento de 
entregas com menos espaç...
O Que Tem Sido Feito??? 
• Na perspectiva do setor privado: 
– reduzir o custo logístico total da cadeia de suprimentos; 
...
O Que Tem Sido Feito??? 
• Regulamentação / Legislação Vigente: 
– Criação do Ministério das Cidades e da SEMOB – Secretar...
Os Conflitos da Logística Urbana 
• As políticas públicas - quase toda regulamentação 
contraria a otimização pura da logí...
Modelos Integrados 
• Autopistas, Viadutos, Anéis Viários, etc; 
• Vias expressas/subterrâneas; 
• Corredores Urbanos de D...
Modelos Integrados 
• Entregas Noturnas; 
• Acréscimo de custos trabalhistas e ganhos de produtividade; 
• Desafio com os ...
Propostas Simplificadoras 
• Utilização de Modelagem e Simulação Computacional; 
• Revisão na distribuição dos pontos de ô...
Propostas Simplificadoras 
• Ciclovias / Sistema de Aluguel de Bicicletas 
• Pedágio Urbano – Portais (RFID) 
• Carros com...
Propostas Simplificadoras 
• Mini-Warehouse; 
• Exemplo: Tower 24 na Alemanha. 
• Rodízio de veículos; 
• Depende de melho...
Desafio da Logística Urbana 
A logística urbana traz complexidades que 
exigem INOVAÇÃO, INTEGRAÇÃO e um 
planejamento est...
Como Fazer??? 
Logística Urbana = INTEGRAÇÃO + INOVAÇÃO
Enrique Peñalosa 
Ex-prefeito de Bogotá entre 1998 e 2001 
Frases: 
•“Calçadas são um direito do cidadão. Ter carros estac...
Reflexão 
Hoje, no horário de pico em São Paulo, a 
velocidade média de um automóvel é menor 
que a velocidade das carroça...
Muito Obrigado! 
Eng. Leonardo Sanches de Carvalho, M. Sc. 
Núcleo Estratégico do SENAI 
SENAI CIMATEC – Salvador / BA 
le...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Inovação em Projetos e Operações Logísticas e Gestão da Cadeia de Suprimentos

629 visualizações

Publicada em

Eng° Leonardo Sanches de Carvalho, M. Sc

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
629
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
57
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Inovação em Projetos e Operações Logísticas e Gestão da Cadeia de Suprimentos

  1. 1. “II FÓRUM NORDESTE LOGISTICA ADVB BA” 20 a 22 de Agosto de 2014 Instituto SENAI de Inovação em Logística ISI Logística Eng° Leonardo Sanches de Carvalho, M. Sc. NES / SENAI-BA Salvador/BA
  2. 2. LOGÍSTICA – Salvador/BA Inovação em Projetos e Operações Logísticas e Gestão da Cadeia de Suprimentos. INSTITUTO SENAI DE INOVAÇÃO Instituto EMBRAPII Segmentos de Mercado Estratégicos para o ISI: Fase do ISI INAUGURADO Óleo & Gás, Mobilidade, Energia, Saúde, Eletroeletrônicos e Mineração. Portfólio de Serviços / Plataformas Tecnológicas: - Logística e Supply Chain; - Planejamento de Redes Logísticas; - Modelagem e Simulação de Sistemas Produtivos e Logísticos Complexos; - Lean Manufacturing; - Mobilidade Urbana; - Logística Verde; - Sistemas Integrados de Gestão; - Estudo de Gargalos Produtivos; - Simulação de Equipamentos Móveis Industriais; - Lean Logistics. Área / Equipe: - Área construída: Aprox. 2.000 m2. - Equipe atual: 13 pesquisadores/especialistas (Equipe Logística – 40 pessoas). - Equipe planejada: 30 pesquisadores/especialistas Site: O instituto faz parte do CAMPUS - SENAI CIMATEC Inaugurado em: Março 2014 (Centro de Referência em Logística). Investimento DR: R$ 20.000.000,00 Investimento BNDES: R$ 2.000.000,00 TOTAL: R$ 22.000.000,00
  3. 3. LOGÍSTICA – Salvador/BA Inovação em Projetos e Operações Logísticas e Gestão da Cadeia de Suprimentos. LABORATÓRIOS E PROJETOS INSTITUTO SENAI DE INOVAÇÃO InstiFtuatsoe E dMo BISRAI PII INAUGURADO Laboratórios Lab. de Movimentação e Armazenagem de Materiais; Lab. de Simulação Computacional; Lab. de Transportes, Roteirização e Mapeamento Digital; Lab. de Mobilidade (Logística Urbana); Lab. de Logística e Supply Chain; Lab. de Logística da Produção e Manufatura Enxuta; Lab. de Sistemas de Gestão Empresarial; Lab. de Simulação de Equipamentos Industriais. Lab. de Simulação de Operações Portuárias; Lab. de Unitização e Dinâmica de Cargas. Projetos (EMBRAPII) Fabrica Modelo (McKinsey/SENAI); E-Kanban (Projeto TOTVS). Simulação de Linhas de Produção Sanitária (DECA); Robot Port; …
  4. 4. LOGÍSTICA – Salvador/BA Inovação em Projetos e Operações Logísticas e Gestão da Cadeia de Suprimentos. CLIENTES E PARCEIROS INSTITUCIONAIS INSTITUTO SENAI DE INOVAÇÃO InstiFtuatsoe E dMo BISRAI PII INAUGURADO Clientes Parcerias Institucionais
  5. 5. LOGÍSTICA – Salvador/BA Inovação em Projetos e Operações Logísticas e Gestão da Cadeia de Suprimentos. IMAGENS INSTITUTO SENAI DE INOVAÇÃO InstiFtuatsoe E dMo BISRAI PII INAUGURADO
  6. 6. LOGÍSTICA – Salvador/BA Inovação em Projetos e Operações Logísticas e Gestão da Cadeia de Suprimentos. IMAGENS INSTITUTO SENAI DE INOVAÇÃO InstiFtuatsoe E dMo BISRAI PII INAUGURADO
  7. 7. LOGÍSTICA – Salvador/BA Inovação em Projetos e Operações Logísticas e Gestão da Cadeia de Suprimentos. IMAGENS INSTITUTO SENAI DE INOVAÇÃO InstiFtuatsoe E dMo BISRAI PII INAUGURADO
  8. 8. LOGÍSTICA – Salvador/BA Inovação em Projetos e Operações Logísticas e Gestão da Cadeia de Suprimentos. IMAGENS INSTITUTO SENAI DE INOVAÇÃO InstiFtuatsoe E dMo BISRAI PII INAUGURADO
  9. 9. “II FÓRUM NORDESTE LOGISTICA ADVB BA” 20 a 22 de Agosto de 2014 Cases Eng° Leonardo Sanches de Carvalho, M. Sc. NES / SENAI-BA Salvador/BA
  10. 10. Cases de Sucesso Cliente Objetivo Serviços de consultoria especializada para a OXITENO, na área tecnológica de Logística, com vistas à otimização do fluxo interno de carretas nas operações de carregamento e expedição de produtos. Resultados • Redução do contra-fluxo de carretas de 65% para 6%; • Minimização do risco de investimento em um projeto de alto valor; • Transferências simuladas e testadas de zonas de risco e/ou gargalos.
  11. 11. Cliente Objetivo Realização de estudo logístico para avaliação de custo (investimento e operacional) para o suprimento de biomassa (resíduo das florestas de eucalipto) na geração de energia à Braskem. . Cases de Sucesso Resultados • Definição do local das unidades de briquetagem; • Definição dos modais de transporte; • Definição dos equipamentos necessários; • Identificação de fontes alternativas de biomassa; • Análise financeira do projeto; • Viabilidade logística da operação.
  12. 12. “II FÓRUM NORDESTE LOGISTICA ADVB BA” 20 a 22 de Agosto de 2014 Os Desafios da Logística Urbana Eng° Leonardo Sanches de Carvalho, M. Sc. NES / SENAI-BA Salvador/BA
  13. 13. É possível desenvolver cidades livres de carros?”
  14. 14. Curiosidade • Cidade 100% livre do carro!? – Afuá no Estado do Pará possui 36.000 habitantes e segundo o Denatran nenhum carro registrado; – A cidade foi erguida a 1,2 m do chão, as avenidas são pontes e as ruas são palafitas que protegem a cidade na época das cheias; – A circulação de carros é proibida por lei; – Cidades com menos de 50 mil habitantes abrigam 36% da população brasileira.
  15. 15. “Imobilidade” Urbana • Programa de Mobilidade Urbana do Governo Federal: – Objetivo: melhorar a mobilidade urbano nos grandes centros, priorizando o deslocamento não motorizado e o transporte coletivo, reduzindo a emissão de poluentes, os acidentes e os congestionamentos. Além de honrar os compromissos com a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016 – “Não saiu do lugar!”; – Apenas 7,2% do orçamento do programa “Mobilidade Urbana e Trânsito” foram aplicados até o momento. (Contas Abertas, maio de 2014) – PIL (Programa de Investimentos em Logística lançado em 2012): previa-se a aplicação de R$79,5 bilhões em cinco anos e até o momento só foram aplicados 2,5%. (O Estado de São Paulo, agosto de 2014)
  16. 16. “Imobilidade” Urbana Triste Exemplo: Atualmente, trazer um lápis da China custa alguns poucos centavos de Real. Porém, distribuir esse mesmo lápis dentro da cidade de São Paulo custa QUATRO vezes mais!
  17. 17. Desafio / Nova Fronteira • Logística Urbana – reproduzir os altos níveis de desempenho das operações globais de Logística e SCM; • Inovação e adequação a nossa realidade social e econômica (regional); • “Fazer mais com menos”; • Soluções assertivas – simples, com alto desempenho, sustentáveis e inteligentes; • Integração Complexa – cidadão, comerciante, os governantes e o operador logístico; • Inovação Incremental ou Frugal.
  18. 18. Evolução Histórica • Urbanismo – ciência que estuda as cidades. • Carta de Atenas (CIAM -1933) - divisão das cidades em zonas. • Urbanismo Modernista (década de 30 a 80) – propõe a cidade ideal, para o homem ideal, cidade que priorizou o automóvel e que separou as funções urbanas entre si. • Mobilidade Urbana – Projeto de Lei Brasileiro • City Logistics (Modelo Europeu) – Anos 90: países como Alemanha, Holanda, Bélgica, Suíça e Dinamarca iniciaram projetos pilotos alternativos de distribuição urbana. – Taniguchi: city logistics inclui iniciativas de sistemas de informação avançados, cooperação em transporte e carga, terminais logísticos urbanos, sistemas subterrâneos de transporte de cargas, área de controle de acesso, entre outras. – Projeto City Freight (2002).
  19. 19. Trabalhos e Entidades Sobre o Tema • Chinitz (1960) – trabalho pioneiro; • Button e Pearman (1981) – carga urbana com foco em políticas públicas; • Ogden (1992) – voltado as questões estratégicas, táticas e operacionais; • Taniguchi (2001) – criador do termo City Logistics; • Comitê AT025 – Transportation Research Board; • Comitê Urban Goods Movement do FHWA USA; • European International Transport Forum; • City Logistics (grupo mundial); • GLOB-LOG (2003) - UFSC; Unicamp; PUC/RIO; IME; FIAT; • Logística Urbana (LOGPRO, 2012 / CNPq) – SENAI CIMATEC.
  20. 20. Logística e Logística Urbana • Logística: “O processo de coordenar os fluxos de material, de informações e financeiro, do fornecedor ao consumidor, de forma eficiente e efetiva, em consonância as necessidades dos clientes” (Carvalho, 2006). • Logística Urbana: Mesmo conceito para uma escala urbana.
  21. 21. Os Problemas da Logística no Brasil • Excessiva dependência do transporte rodoviário; • Inspeções aduaneiras excessivamente lentas e burocráticas; • Malha viária frágil (restrições de capacidade, manutenção deficiente, necessidade de ampliação); • Distorções dos fluxos logísticos por questões fiscais; • Ineficiência portuária; • Roubo de carga; • Interferência do transporte de cargas com fluxos urbanos – falta de anéis viários. Fonte: BID – Banco Interamericano de Desenvolvimento
  22. 22. A Logística Urbana - Números • Logística de “última milha”; • Representam em média 28% do custo total com transporte; • Representa a “cara” da empresa para o cliente; • O transporte comercial em ambiente urbano - 30% do volume de tráfego nas grandes cidades; • Responde por 20% e 35% das emissões de gases de efeito estufa; • Representa entre 15% e 20% dos acidentes gerados nas redes viárias urbanas; • Potencializada pelo crescimento do e-commerce.
  23. 23. A Logística Urbana - Problemas • Consumo de perecíveis - distribuição diária e fracionamento de entregas com menos espaços de armazenagem; • A interação entre veículos comerciais, privados e de transporte público gera congestionamentos e dificuldade de acesso; • Falta de locais apropriados para carga e descarga; • Políticas públicas - "janelas de entrega" cada vez menores restringem a mobilidade das mercadorias; • Veículos de transporte de mercadorias - importante fonte de poluição sonora e atmosférica; • Infraestruturas urbanas não estarem adaptadas ao tráfego de veículos pesados - desgaste prematuro; • Aumento da probabilidade de acidentes com outros veículos e/ou pedestres. Fonte: BID – Banco Interamericano de Desenvolvimento
  24. 24. O Que Tem Sido Feito??? • Na perspectiva do setor privado: – reduzir o custo logístico total da cadeia de suprimentos; – melhorar a competitividade através de estratégias eficientes de distribuição e armazenagem e gestão da cadeia de suprimentos de maneira integrada. • Por parte do setor público: – desenvolvimento das infraestruturas básicas (rodovias, ferrovias, hidrovias, portos e aeroportos); – e especializadas (terminais multimodais, plataformas logísticas, Centros de Distribuição e portos secos); – regulamentação e revisão/atualização de legislação vigente para questões logísticas.
  25. 25. O Que Tem Sido Feito??? • Regulamentação / Legislação Vigente: – Criação do Ministério das Cidades e da SEMOB – Secretaria Nacional de Transporte e de Mobilidade Urbana; – PNLT – Plano Nacional de Logística de Transportes; – Programa de Aceleração do Crescimento I; – Programa de Aceleração do Crescimento II; – PIL – Programa de Investimentos em Logística; – Políticas Municipais e Plano Diretores específicos dos grandes centros urbanos como: São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Porto Alegre, Curitiba, entre outras.
  26. 26. Os Conflitos da Logística Urbana • As políticas públicas - quase toda regulamentação contraria a otimização pura da logística empresarial; • Operações cooperadas podem reduzir custos, mas colocam em risco o diferencial competitivo; • Criação de regras com base em "modelos“ - nem sempre o que funciona numa cidade serve para outra; Modelos Integrados (Grandes Intervenções/ Custo Elevado) x / + Propostas Simplificadoras (Pequenas Intervenções / Baixo Custo)
  27. 27. Modelos Integrados • Autopistas, Viadutos, Anéis Viários, etc; • Vias expressas/subterrâneas; • Corredores Urbanos de Distribuição; • Sem parada ou transbordo, aliviando a pressão sobre vias urbanas comuns; • Viável quando existe fluxo de cargas constante; • Desenvolve atividades imobiliárias ao longo do corredor - arranjos produtivos de serviço logísticos. • Centros ou Plataformas Urbanas de Distribuição • Concentrar geradores de tráfego; • Redistribuição otimizada.
  28. 28. Modelos Integrados • Entregas Noturnas; • Acréscimo de custos trabalhistas e ganhos de produtividade; • Desafio com os clientes é a disponibilização de pessoal para recebimento ou confiança no entregador; • Segurança. • Operações Colaborativas de Transporte • Concorrência apenas na gôndola; • Logística deixa de ser diferencial competitivo. • Sistemas Integrados de Transporte Público Coletivo • Regulação / Interesses políticos. • Incentivos a produção de automóveis super compactos movidos a combustíveis alternativos e menos poluentes.
  29. 29. Propostas Simplificadoras • Utilização de Modelagem e Simulação Computacional; • Revisão na distribuição dos pontos de ônibus - Utilização de simulação computacional para análise da interferência dos pontos de ônibus no tráfego urbano. TCRP (Transit Cooperative Research Program) • Carona Solidária • Aplicativo para Smart Phone / Redes Sociais.
  30. 30. Propostas Simplificadoras • Ciclovias / Sistema de Aluguel de Bicicletas • Pedágio Urbano – Portais (RFID) • Carros com chip que poderiam ser detectados pelos portais. Transitar em locais críticos em determinados horários, significaria pagamento de taxa extra; • Medida não punitiva (opção do motorista); • Portais = foto sensores; • Cingapura tem desde 1975; • Rotatórias ao invés de cruzamentos • Decisão passa por Educação no Trânsito; • Semáforos inteligentes • A luz verde dos semáforos ficará acesa de acordo com o fluxo; • Câmeras com fibra ótica monitoram o tráfego • Acesso pela Internet para evitar congestionamentos.
  31. 31. Propostas Simplificadoras • Mini-Warehouse; • Exemplo: Tower 24 na Alemanha. • Rodízio de veículos; • Depende de melhor regulação e fiscalização. • Horários / Janelas de entregas; • Melhor regulação e fiscalização; • Segurança pública. • Regulação de acesso de veículos por tipo, volume, peso, etc; • Restrições de acessos exceto para veículos de carga. NÃO ESQUECER DA ADEQUAÇÃO AS PARTICULARIDADES! O QUE É BOM PARA MIM, PODE NÃO SER PARA VOCÊ!
  32. 32. Desafio da Logística Urbana A logística urbana traz complexidades que exigem INOVAÇÃO, INTEGRAÇÃO e um planejamento estratégico da perspectiva pública e privada. A resposta é INTEGRAÇÃO entre o setor público e o privado Þ INOVAÇÃO da logística da cidade Þ equilíbrio e a sustentabilidade econômica, social e ambiental.
  33. 33. Como Fazer??? Logística Urbana = INTEGRAÇÃO + INOVAÇÃO
  34. 34. Enrique Peñalosa Ex-prefeito de Bogotá entre 1998 e 2001 Frases: •“Calçadas são um direito do cidadão. Ter carros estacionados é uma decisão política. Estacionar não é um direito constitucional”. •“Tratar os engarrafamentos com vias maiores é como apagar fogo com gasolina”. •“A política de transporte público em cidades como Nova York e Londres pensa em como reduzir o número de carros. Em cidades como São Paulo ou Porto Alegre os secretários de Transporte sempre pensam em como facilitar a circulação de carros, o que não dá certo”. •“Em uma boa cidade, as pessoas estão do lado de fora, não em shopping centers. Em uma boa cidade, não vamos de carro comprar pão e leite. Somos pedestres, necessitamos caminhar”. •“Uma boa cidade não é aquela em que até os pobres andam de carro, mas aquela em que até os ricos usam transporte público. Cidades assim não são uma ilusão hippie. Elas já existem”.
  35. 35. Reflexão Hoje, no horário de pico em São Paulo, a velocidade média de um automóvel é menor que a velocidade das carroças em Paris no início do século XX. “Vivemos com a cabeça no ritmo da Internet, com o ouvido no celular, os olhos no Ipad e com os pés no ônibus ou no automóvel parados na avenida”. Prof. Dr. Orlando Fontes Lima Jr.
  36. 36. Muito Obrigado! Eng. Leonardo Sanches de Carvalho, M. Sc. Núcleo Estratégico do SENAI SENAI CIMATEC – Salvador / BA leonardo.carvalho@fieb.org.br www.senai.br/logistica www.sitedalogistica.com.br

×