áFrica

2.044 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.044
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
64
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

áFrica

  1. 1.  53 países independentes; Cerca de 30 milhões de quilômetros quadrados; É o segundo continente mais populoso da Terra; É o terceiro continente mais extenso; 8 milhões de quilômetros quadrados correspondem ao deserto de Saara; Dos trinta países mais pobres do mundo, 21 são africanos; Abriga mais de mil línguas e dialetos diferentes com costumes, cultura e habito diversos; É um continente heterogêneo;
  2. 2.  Fertilidade- atributo essencial de homens e mulheres; As casas eram construídas de pedras ou de uma mistura de barro e olho de dendê; Variedade de ritos e cultos diferentes; Acreditavam em vida após a morte; As Iorubas veneravam divindades conhecidas como orixás que eram associados aos elementos da natureza; Os cultos aos orixás foram introduzidos ao Brasil durante o período colonial;
  3. 3.  O continente africanos é caracterizado por uma grande diversidade física, cultural e socioeconômico. Todas essas culturas sofreram influências de povos estrangeiros, com a chegada de muçulmanos e europeus,
  4. 4.  Banto significa seres humanos; Essa expressão refere-se aos conjuntos de povos africanos que fala que falam as línguas do grupo banto. Aproximadamente em 1000 a.C, os bantos começaram a migrar do centro-sul do continente onde atualmente encontra-se a Angola, Congo,Camarões,Gabão,Uganda,Na níbia, Zâmbia,Moçambique,e Zimbábue. Boa parte de milhões de africanos que vieram como escravos para o Brasil no século XVI pertenciam ao povo banto.
  5. 5.  Foi um dos maiores impérios formados no continente africano que se desenvolveu para fora das regiões litorâneas ou da África muçulmana. Sua área correspondia às atuais regiões de Mali e da Mauritânia, fazendo divisa com o imenso deserto do Saara. Desde já, percebemos a instigante história de um reino que prosperou mesmo não possuindo saídas para o mar e estando próximo a uma região considerada economicamente inviável.     
  6. 6.  Foi um estado africano localizado no Noroeste da África, perto do Rio Níger, e que teve seu domínio durante os séculos XIII e XIV. Foi um Império dentre três consecutivos que dominaram a região, e dentre eles, o Império de Mali foi o mais extenso territorialmente comparado com os outros dois, Songhai e Gana. Seguindo uma cronologia podemos enumerar o Império de Songhai como o primeiro império que obteve domínio sob a região do rio Niger, seguido pela Império de Gana que desapareceu por volta de 1076 quando foi imposto um governo de berberes e dos muçulmanos até que em 1240, o rei de Mali, Sundiata Keita, foi e os conquistou. Logo após essa decadência e essa conquista, ergueu-se o Império de Mali, que é considerado o maior o maior de todos os impérios medievais africanos.
  7. 7.  O império foi criado pelos Yoruba, no século XV e cresceu para se tornar um dos maiores estados do Oeste africano encontradas pelos exploradores coloniais. Aumentou a preeminência da riqueza adquirida através do comércio e da sua posse de uma poderosa cavalaria. A maioria dos escravos trazido para a Bahia eram de ascendência ioruba, cuja a influência na região podem ser vistas nos cultos afros - brasileiros , como o candomblé.  
  8. 8.  É conhecido como Império do Benim um antigo estado da África Ocidental que existiu de 1440 a 1897, onde hoje localiza-se a moderna República Federal da Nigéria. A capital O Eram inicialmente senhores da guerra, e com o tempo foram convertendo-se também em líderes espirituais (obas). A principal língua falada no Império era a língua edo, que subsiste ainda, falada por cerca de 1 milhão de falantes entre a população nigeriana.
  9. 9.  O Reino do Congo localizado no  sudoeste da África no território  que hoje corresponde ao  noroeste de Angola, a Cabinda.  Teve importante participação  no desenvolvimento do tráfico de  escravos. Durante seu processo de  expansão marítimo-comercial, os  portugueses abriram contato com  as várias culturas que já se  mostravam consolidadas pelo  litoral e outras partes do interior  do continente africano. 
  10. 10.  Apesar da riqueza do território, o escravismo se tornou fundamental para a economia africana.A escravidão era praticada na África antes mesmo da chegada do europeu ao continente. Do ponto de vista econômico, a escravidão foi uma forma eficiente de acumulação primitiva. No que diz respeito às pessoas foi uma violência irreparável, que pressupõe, dentre outros fatores, a existência de povos muito pobres, mão-de-obra excedente que possa ser explorada em benefício de outros, poucos. Assim, parte do atual contexto socio-econômico da África de miséria e exclusão, é consequência de fatos passados.
  11. 11.  A  região que contêm os países africanos situados ao sul  do deserto do Saara. Desde o século XIX, este território começou a  ser conhecido com a expressão África Negra pelos ocidentais,  descrevendo uma região habitada por indivíduos da raça negra que  não havia sido descoberta ainda, nem colonizada pelos europeus.  Este termo caiu em desuso e foi catalogado como pejorativo. Esta  região do globo é tida como o berço da humanidade. Desde o fim da era do gelo, o norte e a região sub-saariana  encontraram no deserto do Saara uma fronteira natural e quase  intransponível. O termo sub-saariano encontra um sinônimo em  África tropical, tentado destacar sua diversidade ecológica, ainda  que a parte austral tenha um clima totalmente diverso. É considerada por muitos como a região mais pobre do planeta,  nesta parte da África estão localizados os países (33 dos mais  pobres que existem) com grandes problemas estruturais sofrendo  os graves legados do colonialismo, do neocolonialismo, dos  conflitos étnicos e da instabilidade .
  12. 12.  O Norte da África, África do Norte, África setentrional ou África branca compreende a região do continente africano ao norte do Saara. Segundo algumas definições fazem parte: Egito, Líbia, Marrocos, Argélia, Tunísia, Mauritânia e Saara Ocidental(principalmente o centro-norte deste, que é parte integrante do Marrocos). A África do norte é marcada pelo predomínio da população árabe que chegou ao norte do continente durante o processo de expansão do islamismo, com o objetivo de difundir a fé muçulmana. Em termos de aspecto físico, os norte-africanos são aproximadamente 80% “caucasianos” com origem no Atlas, sendo supostamente considerados africanos de raça branca. Com raízes no Oriente Médio, a população do Norte de África tem a sua cultura também marcada por esta influência. As línguas dominantes são: árabe e as línguas berberes. A religião é, predominantemente, muçulmana, embora os povos do sul do Egito, Sudão e Etiópia sejam cristãos, principalmente da Igreja Copta.

×