O que é o autismo?
Existem meninos e meninas que não vêemo mundo como tu. Enão estamos a falarde não vercomo
os cegos,mas ...
 Dificuldadeem relacionar-secomas outras pessoas: a maiorpartedascrianças
autistas não gostamdeserolhadas nos olhos,nemqu...
alteraçõesna suarotina. Se estão habituados a acordara uma determinadahora,tomaro pequeno-
almoço e depois brincar, não go...
Muitas vezes,reúne-seuma equipa deespecialistas devárias áreas para determinarse a criança é
autista.Esta equipapodeserfor...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Autismo

131 visualizações

Publicada em

O que é o autismo e carateristicas

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
131
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Autismo

  1. 1. O que é o autismo? Existem meninos e meninas que não vêemo mundo como tu. Enão estamos a falarde não vercomo os cegos,mas simdenão interpretar as coisascomo tu fazes, denão conseguirassociar alguéma chorarà dor ou tristeza, ou umriso à alegria,de não conseguircomunicarporquenão ligaas palavras ao que elas querem dizer. Estes meninossão autistas. Se calharconheces algumoutens umcolegana escolaqueé autista. Estes meninosprecisamde ajuda parafazer coisasqueparati são simples,não porquenão se consigammexerou falar, mas porque o cérebro deles não é capaz deprocessara informação necessáriaparafazerestas coisas. Mas existemdiversosníveisde autismo, e osmeninoscomum autismo ligeiro,podem, comajudae apoio,aprendera fazerquase tudo e levarumavida normal. Queres sabermais sobre o autismo?Como podes ajudare percebermelhor Aqui estão alguns brevesdadosquevão ajudar-tena tuaaventura e a respondera algumas questões. Mas não te esqueças:são apenas algunsdados.Vaisterdeprocurar nanet para encontrarestodas as respostas na tua aventura. Sabias que: As criançasautistas,tal como todas as crianças,são diferentesno comportamento e habilidades. Todas as crianças comautismo têmsintomas diferentes,o quetornadifícil diagnosticaro autismo. Um sintomapodeser fácilde vernuma criança e não severnoutra. Estes são algunsdos sintomas mais comuns nascriançasautistas:
  2. 2.  Dificuldadeem relacionar-secomas outras pessoas: a maiorpartedascrianças autistas não gostamdeserolhadas nos olhos,nemque lhestoqueme preferemficar sozinhas.  Dificuldadesem falar e comunicar: cerca de4 em cada 10 criançasautistas não conseguemfalar. Outrassofremde outro problema,chamado deefeito eco, porqueapenas repetemo quelhes foi dito.  Não gostam de mudanças:as crianças comautismo gostamde rotinas, o quesignifica fazeremsempreas mesmas coisas damesma maneira. Podemreagirmuito mal quando alguémlhealteram as rotinas,porquedeixamde sabercomo fazeras coisas. Pronto para saber mais? Imagina a seguintehistória:o Luísfoi à casa do seu amigo Diogo,ondeconheceu o irmão dequatro anos do Diogo,chamado Gil. “Olá”disseo Luís ao Gil comum sorriso. OGil olhouparao Luíse não disse nada.Depoisvoltoua brincar com umbrinquedo velho semdaratenção ao Luís.OLuís disseao Diogo:“acho que o teuirmão não gosta demim”.“Não é culpa tua”disseo Diogo, “eleé autista.” O Luís quis saber maissobreo autismo para ajudaro irmão do Diogo.Etu, queres sabermais? O que é o autismo? O autismo altera a formacomo vemos e experienciamos o mundo.Umacriançaautistanão interpreta as coisas ou ossentimentos como tu. Édifícil paraum miúdo autistarelacionar-secomoutros miúdos ouexpressar-seatravésde palavras.Os miúdos autistas normalmente isolam-senummundo deles e precisamdeajuda para comunicar. O autismo provocareacçõesdiferentesao quese passa à volta.Sonsque para ti são normaispodem incomodar umautista, ao ponto deos levara taparos ouvidos. Atéa sensação de ser tocado, como por exemplo quando te encostas a um amigo, podesermuito desconfortável para ummiúdo autista. Crianças comautismo têmmaisdificuldade,ounão conseguem,associar coisas. Por exemplo, quando alguém sorri,tu sabes queessa pessoaestá contenteou está seramigável. Masum miúdo com autismo terádificuldadeemassociaro sorriso a um estado emocional dapessoa. O mesmo se passacomas palavras.Um miúdo autistatemdificuldadeemligaras palavrasao seu significado.Imaginao queserá tentar perceber o queosteus amigos estão a dizerse não souberes o que as palavras significam.Émuito frustranteparaumacriança tentar dizer qualquercoisae não encontraras palavras certas. Porisso às vezes os autistas têmacessos demuito mau humor. Não é por mal... é apenasfrustração. Se conheces, oujá vistealgummiúdo autista, devesterreparado queparecemtercomportamentos estranhos.Podemestarsemprea baterpalmas, a repetiras mesmas palavrassemparar, ter birras ruidosas oubrincarapenas com o mesmo brinquedo.A maioriados autistasmão gostamde
  3. 3. alteraçõesna suarotina. Se estão habituados a acordara uma determinadahora,tomaro pequeno- almoço e depois brincar, não gostamde trocar a ordem das actividades.Porexemplo acordar,brincar e depois tomaro pequeno-almoço. Gostamde seguirrotinas, que são sempre iguais.Éa maneiraque eles encontraramdeorganizar ummundo queé diferente do nosso.Equemdiz a rotina, diz também a forma como osobjectosou brinquedosdevemserarrumadosda maneira deles. Eficammuito chateadosse alguémmudaressa ordem. Quando ummiúdo temautismo,o cérebro dele temdificuldadeemrealizarum trabalho muito importante:queo mundo façasentido. Oteu cérebro estásemprea interpretaros cheiros, os sons, as imagens e todasas sensações quechegamatravés doscinco sentidos.Se o teucérebro não conseguir interpretarestassensações, vais ter dificuldades emandar,falar,ir à escola, relacionares-tecom outras pessoas e fazeres as coisas normais do quotidiano. O autismo podeserligeiro,afectando apenasparte davidaquotidiana,ousermais profundo, tornando a pessoamuito maisdependentedos outros. O que causa o autismo? O autismo afectacercade 1 em cada150miúdos, mas ninguémsabe ainda quala causa. Alguns cientistas pensamqueexistemcriançascommaiorprobabilidadede terautismo porque já existeou existiualguémautistana família. Estaé umaexplicação genética. Masexistemcrianças que são autistas semnunca ter havido ninguémautistana família. O cérebro humano é muito complicado, por isso determinara causa exactado autismo é muito difícil. O cérebro tem maisde 100 biliões (lestebem... biliões) de células nervosas, chamadas neurónios. Cada neurónio podeter centenas oumilharesde ligações que levammensagensa outros neurónios ou células nervosas.Asligações e osmensageiros químicos,chamados neurotransmissores, permitem aos neuróniosem váriaspartes do cérebro –as partesqueajudama ver, sentir, mexer,recordare muito mais- a trabalharememconjunto. Por algumarazão,algumas destes neuróniose ligações numacriançacomautismo não se desenvolveramcorrectamenteou ficaramdanificadas. Normalmenteestes problemas acontecemnas partes do cérebro ligadas á comunicação,emoçõese sentidos. Como é diagnosticado o autismo Perceberse umacriança é autista podeserdifícil. Normalmente,são ospaisos primeirosa suspeitar que algo se passa.Talvez a criançajá tenhaidadeparacomeçara falar e não o faz, talvez não demonstreinteressepelasoutras pessoas outemcomportamentosestranhos.Oproblemaé queo autismo não é a únicaexplicação para estes problemas.Umacriançacomproblemasde audição tambémvai ter dificuldadeem aprender a falar. A juntara isto,os testede laboratório normalmentetambém são normais emcriançasautistas.No entanto, os médicosfazemestestestespara excluiroutrasdoenças ouproblemas. Estestesteincluem análises ao sangue, urina,audição,ondas cerebrais,testedeQI (quocientede inteligência,emborao resultado destes testenão seja conclusivo).
  4. 4. Muitas vezes,reúne-seuma equipa deespecialistas devárias áreas para determinarse a criança é autista.Esta equipapodeserformada porpediatras, neurologistas pediátricos, especialistas em desenvolvimento infantile terapia da fala, psicólogos e psiquiatrasinfantis, etc.Esta equipa vai estudarcomo a criançabrinca,aprende,comunica e se comporta. As informaçõesdadas pelospais tambémsão estudadas. Depois deteremtodaestainformação, osespecialistaspodemdecidirse a criança temautismo ououtro problema. Como podemos tratar o autismo? Infelizmentenão existecura para o autismo, mas os médicos, terapeutas,paise professorespodem ajudaras criançascomautismo a ultrapassaroua ajustarem-seàs dificuldades. Quanto maiscedo a criança começara terapia parao autismo melhor. As criançassão diferentese têmnecessidades diferentes,masaprendera comunicaré um primeiro passo fundamental. Aprendera falarpode sercomplicado paraas criançasautistas,mas não é impossível.Muitos miúdosautistas percebemmelhoras palavrasquando as vêem, porisso os terapeutas ensinamosmiúdosa comunicarcoma ajuda deimagens oumesmo com linguagem gestual (não confundascoma língua gestual dossurdos,aqui falamos mesmo degestos,alguns mais simples,como o apontar,outrosmaiscomplexos). Estemétodo ajuda osmiúdos autistasa aprender outras coisase muitosacabam mesmo poraprendera falar. Os terapeutas tambémensinamcoisas que tupodesacharsimplese banais,mas quefazem toda a diferençana qualidadede vida deum autista.Porexemplo, cumprimentaruma pessoa, seguir direcções, escovarosdentes, comer sozinho,etc.Existemtambémterapiasprópriaspara crianças autistas quesão mais activase têmdificuldade estarsossegadas ou controlar o mau-humor.Epor vezes,têmmesmo detomarmedicamentosparacontrolaro temperamento e comportamento. Crianças comautismo ligeiro podemmesmo ir à escola normalmente,masa maioriaprecisa deuma escolaespecial,mais calma, com professores especiais. Viver com o autismo Muitas criançascomautismo ligeiro vão crescere sercapazesde viverema suavidade formaquase autónoma.Mas aquelescomautismos maisprofundosvão sempreprecisarde ajuda.Mas não te esqueças,todas as crianças autistaspodemter uma vidafeliz setiveremo apoio e amordos pais, irmãos,família, médicos, professores e colegas.

×