Turma: 6º ano / 2013
Prof. Jáuna Cañizares
Chapéu
Lenço
•
Camisa

Cinto

Botas

Bombacha
•
Faixa

poncho

Boina
Faca
Espora

Poncho de chuva
Tirador
Sapatilha
CHERGÃO
CINCHA
SOBRE CINCHA

ESTRIBO

PELEGO
RABICHO
FREIO, RÉDIA E CABEÇADA
LAÇO

RELIO

CARONA

BUÇAL
BASTO

CABRESTO
“Ser gaucho é ser
Humilde em
ambições,
mas exagerado
em ideais
e paixões”
O guarda-roupa das prendas
Guarda roupa de prendas para vestir em três ocasiões
diferentes
PASSEIO
ATIVIDADES CAMPEIRAS

...
CHIRIPÁ
As danças gaúchas são as mais coreográficas danças
brasileiras e são marcadas pela influência das culturas
espanhola, port...
Anú

Caranguejo

Balaio

Chimarrita

Chula

chote

Maçanico
Pezinho

Milonga

Xote carreirinha

Vanera

Bugiu
O minuano que atravessa o Rio Grande do Sul no inverno, é
tão forte que congela os pampas e castiga os gaúchos, somente
co...
O CHARQUE
Antigamente, o atual território do Rio Grande do Sul era habitado pelos
índios, os guaranis, que viviam da caça ...
Prato característico do cardápio gaúcho. Nascido
da luta das estradas, seu sabor se confunde com o
prazer de viver nestes ...
MODO DE FAZER:
Dessalgue o charque já cortado em pequenos cubos,
sem fervê-lo, colocando-o numa vazilha com agua, que
dev...
CHURRASCO

PUCHERO

XIXU

ARROZ CO LEITE
Arroz de leite
TRABALHO REALIZADO PELOS ALUNOS DO 6º ANO
PESQUISA FEITA EM ALGUNS SITES NO LABORTÓRIO
DE INFORMÁTICA.
Apresentaçãogaucha
Apresentaçãogaucha
Apresentaçãogaucha
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentaçãogaucha

554 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
554
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentaçãogaucha

  1. 1. Turma: 6º ano / 2013 Prof. Jáuna Cañizares
  2. 2. Chapéu Lenço • Camisa Cinto Botas Bombacha •
  3. 3. Faixa poncho Boina Faca Espora Poncho de chuva Tirador Sapatilha
  4. 4. CHERGÃO CINCHA SOBRE CINCHA ESTRIBO PELEGO
  5. 5. RABICHO FREIO, RÉDIA E CABEÇADA LAÇO RELIO CARONA BUÇAL BASTO CABRESTO
  6. 6. “Ser gaucho é ser Humilde em ambições, mas exagerado em ideais e paixões”
  7. 7. O guarda-roupa das prendas Guarda roupa de prendas para vestir em três ocasiões diferentes PASSEIO ATIVIDADES CAMPEIRAS  O guarda-roupa das prendas  Guarda roupaSOCIAL de prendas para vestir em três ocasiões diferentes
  8. 8. CHIRIPÁ
  9. 9. As danças gaúchas são as mais coreográficas danças brasileiras e são marcadas pela influência das culturas espanhola, portuguesa e francesa. As danças gaúchas são legítimas expressões da alma gauchesca. É caracterizada por movimentos e sapateados fortes e até violentos. Em seus volteios exige grande esforço dos dançarinos, chegando em alguns casos, apresentar-se como um desafio de perícia, agilidade e audácia.
  10. 10. Anú Caranguejo Balaio Chimarrita Chula chote Maçanico
  11. 11. Pezinho Milonga Xote carreirinha Vanera Bugiu
  12. 12. O minuano que atravessa o Rio Grande do Sul no inverno, é tão forte que congela os pampas e castiga os gaúchos, somente com uma alimentação rica em calorias, repletas de carnes gordas, carreteiros bem fortes e sopas quentes, dão ânimo para enfrentar um frio tão intenso. O churrasco é o prato típico do gaúcho, presente nos finais de semana e em dias festivos. O arroz "carreteiro" também compõe a tradicional cozinha gaúcha. Outros pratos, como o feijão mexido (feijão misturado com farinha de mandioca), o quibebe (purê de moranga), a "roupa velha" ( sobras de carnes com ovos mexidos), o espinhaço de ovelha", o charque com mandioca, a paçoca de pinhão com carne assada, a couve refogada, o arroz com galinha, o "puchero" (cozido de carne com legumes) e o peixe, fazem parte da culinária rio-grandense. Além disso, os pratos feitos por gaúchos caçadores envolvem perdizes, patos e animais de médio porte, como a cutia e o capincho.
  13. 13. O CHARQUE Antigamente, o atual território do Rio Grande do Sul era habitado pelos índios, os guaranis, que viviam da caça e da pesca. Ocupavam as margens da lagoa dos Patos, o litoral norte e as bacias dos rios Jacuí e Ibicuí incluindo a região noroeste; os pampeanos, que ocupavam a região sul e sudoeste e os gês, talvez os mais antigos habitantes no lado oriental do rio Uruguai. Como tentativa de retirar os índios da mata para poder catequizá-los, os jesuítas introduziram no Estado o gado. Os índios passaram então a tomar conta do rebanho, que era criado solto, e comer sua carne tendo sempre farta comida a sua disposição e em troca aprendiam com os jesuítas a cultura européia e construíam casas, surgiram assim as Missões. Com a entrada dos tropeiros de São Paulo e Minas Gerais no Sul, os índios foram caçados e levados como escravos e os jesuítas voltaram para a Europa. O gado, como era criado solto, continuou a se reproduzir e se espalhar pelo sul do continente, pois não havia um predador para caçá-lo. Quando os tropeiros voltaram para o Rio Grande do Sul havia milhares desses animais, o gado selvagem. Começaram, então, a matá-los para extrairlhes o couro crú, que era levado e vendido nos outros Estados. Para conservarem a carne que sobrava e a usarem como alimento em suas longas viagens, os tropeiros começaram a conservá-la rolando-a em sal grosso para desidratá-la, surgindo assim, o charque.
  14. 14. Prato característico do cardápio gaúcho. Nascido da luta das estradas, seu sabor se confunde com o prazer de viver nestes pagos soberanos INGREDIENTES PARA 20 PESSOAS: 5 kg de charque*** (carne seca) de 1. com gordura; 1 kg de linguiça pura e maturada (opcional); 1,6 kg de arroz amarelão; 5 Cebolas grandes; 10 dentes de alho; 200 gr de toucinho ou bacon; Sal e pimenta.
  15. 15. MODO DE FAZER: Dessalgue o charque já cortado em pequenos cubos, sem fervê-lo, colocando-o numa vazilha com agua, que deverá ser trocada a cada duas horas; (+- 12 horas). Coloque o arroz de molho, sem lavá-lo. Corte a linguiça em rodelas, frite-as e reserve sem o excesso de gordura; De preferência numa panela de ferro ou outra de parede grossa, derreta o toucinho (bacon), e doure o alho e a cebola. Após, coloque o charque, a linguiça já frita (opcional) e a pimenta a gosto, acrescentando +- 1 litro de água. Deixe cozinhar no mínimo por 30 minutos, colocando em seguida o arroz. Verifique o sal e a água, completando-os se necessário. Sirva em seguida.
  16. 16. CHURRASCO PUCHERO XIXU ARROZ CO LEITE Arroz de leite
  17. 17. TRABALHO REALIZADO PELOS ALUNOS DO 6º ANO PESQUISA FEITA EM ALGUNS SITES NO LABORTÓRIO DE INFORMÁTICA.

×