O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologias de operacionalização (Conclusão)
______________________...
- A BE identifica novos públicos e adequa a colecção
                                     B.1     Trabalho da BE ao serviç...
A.1.2 Parceria da BE com os docentes responsáveis         - A BE trabalha em colaboração com os docentes
                 ...
D.2.1 Liderança do professor bibliotecário na escola
                      3.2 Gestão
                          pedagógica...
- A BE apresenta um impacto considerável na maioria
                                                        A.2.4 Impacto ...
Bibliografia
- Guião da Sessão n.º 6 - http://forumbibliotecas.rbe.min-edu.pt/course/
- Textos disponibilizados na sessão:...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Quadro 6ª SessãO

366 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
366
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
179
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Quadro 6ª SessãO

  1. 1. O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologias de operacionalização (Conclusão) _____________________________________________________________________________________________________________________________ Modelo de Avaliação Externa da IGE Modelo RBE para a Auto-Avaliação da BE Tópicos Campos de análise descritores dos Domínio/Subdomínio Informação resultante da auto-avaliação da BE campos de análise A.2.5 Impacto da BE no desenvolvimento de valores e - A BE apresenta um óptimo impacto no desenvolvimento de valores e atitudes necessárias à atitudes indispensáveis à formação da cidadania formação de cidadãos. 1. Contexto e e à aprendizagem ao longo da vida. caracterização geral da escola - A BE envolve os pais/encarregados de educação no C.2.5 Abertura da BE à comunidade local. apoio às actividades da BE (Feira do Livro; Encontro com escritores; Exposições; Semana da Leitura...) - A BE é um Centro de Recursos Educativos ao dispor 1.1 Contexto físico D.1.3 Resposta da BE às necessidades da escola. de docentes e discentes que contribui para o sucesso e social educativo no processo ensino/aprendizagem. D.3.1 Planeamento/ gestão da colecção de acordo com a inventariação das necessidades curriculares e - No início de cada ano lectivo, a BE apela a uma visita dos utilizadores da escola de todos os docentes à biblioteca para se proceder ao levantamento de materiais em diferentes suportes que possam enriquecer o fundo documental e que D.3.2 Adequação dos livros e de outros recursos de sejam importantes para o sucesso educativo dos informação (no local e online) às necessidades alunos. curriculares e aos interesses dos utilizadores na escola. D.2.2 Adequação dos recursos humanos às 1.2 Dimensão e necessidades de funcionamento da BE na - O agrupamento tem quatro BES integradas na RBE. escola/agrupamento. condições Há um Professor bibliotecário responsável pela físicas da Escola coordenação da BE da Escola sede e uma Professora Bibliotecária responsável pela coordenação de três D.2.3 Adequação da BE em termos de espaço às BES nas escolas do 1º ciclo e JIS. necessidades da escola.
  2. 2. - A BE identifica novos públicos e adequa a colecção B.1 Trabalho da BE ao serviço da promoção da e as práticas às necessidades desses públicos (cursos leitura na escola/agrupamento CEF e EFA)- 1.3 Caracterização da população D.2.2 Adequação dos recursos humanos às necessidades de funcionamento da BE na - A BE alargou o seu horário de funcionamento. Na discente hora de almoço o serviço é assegurado por escola/agrupamento. professores colaboradores e/ou equipa da BE. D.2.1 Liderança do professor bibliotecário na escola. 1.4 Pessoal - A equipa da BE é constituída por professores docente D.2.2 Adequação dos recursos humanos às pertencentes a três Departamentos distintos, necessidades de funcionamento da BE na escola. nomeadamente o de Línguas, o de Ciências Sociais e Humanas e o de Artes e Expressões 1.5 Pessoal não - BE tem apenas uma funcionária a tempo inteiro. Na D.2.2 Adequação dos recursos humanos às hora de almoço o funcionamento é assegurado pelos docente necessidades de funcionamento da BE na escola. professores colaboradores ou pela equipa. 1.6 Recursos - Embora a BE não disponha de orçamento privativo, a D.1.2 Valorização da BE pelos órgãos de direcção, Direcção apoia financeiramente a maioria dos pedidos financeiros administração e gestão da escola efectuados pela BE. A.1.1 Cooperação da BE com as estruturas de - O PAA da BE está elaborado de acordo com as metas coordenação educativa e supervisão pedagógica e prioridades do Projecto Educativo. da escola. 2. O projecto 2.1 Prioridades e A.2. Promoção da literacia. - A BE dinamiza actividades de formação de educativo objectivos utilizadores. - A BE desenvolve um trabalho consistente ao serviço da promoção da leitura na escola/agrupamento em B. Leitura e literacia. articulação com os professores de Língua Portuguesa, responsáveis pelo Estudo Acompanhado, em colaboração com o PNL.
  3. 3. A.1.2 Parceria da BE com os docentes responsáveis - A BE trabalha em colaboração com os docentes pelas áreas curriculares não disciplinares (ACND) responsáveis pelas ACND. da escola - A BE contribui para a aquisição e desenvolvimento de A.1.4 Ligação da BE ao Plano Tecnológico da Educação métodos de trabalho e de estudo autónomos pelos (PTE) e a outros programas e projectos alunos. curriculares de acção, inovação pedagógica e formação existentes na escola - O Professor Bibliotecário pertence à equipa responsável pela implementação do PTE. A.1.6 Colaboração da BE com os docentes na - A BE desenvolve um trabalho consistente na 2.2 Estratégias e implementação do PNL. concretização das actividades curriculares planos de desenvolvidas no espaço da BE ou tendo por acção - A BE organiza fóruns de leitores e outras actividades base os seus recursos. que têm como objectivo a promoção da leitura - "Vamos formar uma corrente de livros". B.1 Trabalho da BE ao serviço da promoção da leitura na escola - Os recursos e espaço da BE são muito usados pelos B.2 Integração da BE nas estratégias e programas de docentes no desenvolvimento da sua actividade leitura ao nível da escola lectiva. - A BE dinamiza actividades livres, de carácter lúdico e cultural, que correspondem aos interesses dos alunos C.1.2 Dinamização de actividades livres, de carácter e professores: concursos de adivinhas; anedotas; lúdico e cultural na escola desafios matemáticos; efemérides; dramatizações... - A BE começa a parecer referenciada no PEA e RI, assumindo-se como uma mais valia para a D.1.1 Integração/acção da BE na escola escola/agrupamento. 3. A organização e 3.1 Estruturas de -O professor bibliotecário faz parte do Conselho gestão da escola Gestão Pedagógico. D.1.2 Valorização da BE pelos órgãos de direcção, administração e gestão da escola - Os órgãos de direcção reconhecem o valor da BE, garantindo as condições em termos de recursos humanos, equipamento e apoio financeiro.
  4. 4. D.2.1 Liderança do professor bibliotecário na escola 3.2 Gestão pedagógica - A equipa da BE é estável e responde às necessidades D.2.2 Adequação dos recursos humanos às de um bom funcionamento da BE. necessidades de funcionamento da BE na escola - A BE começa a implementar um sistema de auto- 3.3 Procedimentos avaliação contínuo e consistente. - Os instrumentos de recolha de informação são de auto D.1.4 Avaliação da BE na escola aplicados sistematicamente. avaliação - Os resultados são divulgados junto dos Órgãos de institucional Direcção e no Conselho Pedagógico. C.2.1 Envolvimento da BE em projectos da respectiva - A BE colabora em projectos da Escola - PAM, PES. escola ou desenvolvidos em parceria, a nível local ou mais amplo. - A BE envolve os pais/encarregados de educação na promoção da leitura - Semana da Leitura, Feira do Livro, Declamação de Poesia. 4.1 Articulação e C.2.4 Estímulo à participação e mobilização dos participação dos pais/encarregados de educação no domínio da - A BE participa em projectos/actividades com pais e E.E na vida promoção da leitura e do desenvolvimento de instituições locais - Exposições de fotografia, Encontro 4. Ligação à competências das crianças e jovens que de Teatro, promovido pela Junta de Freguesia. da escola comunidade frequentam a escola. - A BE participa em actividades de leitura e de escrita promovidas pela BM - Conto Andarilho, O Bicho dos C.2.5 Abertura da BE à comunidade local. Livros. - A BE promove actividades com a Escola Abel Salazar. C.2.3 Participação com outras escolas/agrupamentos e, 4.2 Articulação e eventualmente, com outras entidades (RBE, DRE, - O professor bibliotecário participa nas reuniões participação das CFAE) em reuniões da BM/SABE ou outro grupo concelhias de BES. autarquias de trabalho a nível concelhio ou interconcelhio. - O impacto da BE no desenvolvimento de valores e 5.1 Disciplina e A.2.5 Impacto da BE no desenvolvimento de valores e atitudes indispensáveis à formação da cidadania e à comportamento atitudes indispensáveis à formação da cidadania aprendizagem ao longo da vida foi reconhecido no 5. Clima e ambiente cívico e à aprendizagem ao longo da vida. inquérito realizado aos alunos pela equipa responsável educativos pela Avaliação Interna da escola. 5.2 Motivação e - A BE difunde a informação com o objectivo de D.3.5 Difusão da informação. divulgar recursos de informação e incentivar o seu empenho uso.
  5. 5. - A BE apresenta um impacto considerável na maioria A.2.4 Impacto da BE nas competências tecnológicas, das competências tecnológicas, digitais e de digitais e de informação dos alunos na escola informação dos alunos com reflexo nos resultados escolares. A.2.5 Impacto da BE no desenvolvimento de valores e - O impacto da BE no desenvolvimento de valores e 6.1 Resultados atitudes indispensáveis à formação da cidadania atitudes indispensáveis à formação da cidadania e à académicos e à aprendizagem ao longo da vida. aprendizagem ao longo da vida foi reconhecido no inquérito realizado aos alunos pela equipa 6. Resultados responsável pela Avaliação Interna da escola. académicos B.3 Impacto do trabalho da BE nas atitudes e - A BE tem promovido actividades, de forma competências dos alunos, no âmbito da leitura e da literacia. sistemática, que visam o desenvolvimento das competências leitora e de literacia dos alunos. - A BE tem um forte impacto no desenvolvimento de A.2.5 Impacto da BE no desenvolvimento de valores e 6.2 Resultados valores e atitudes, como o respeito pelo outro, a atitudes indispensáveis à formação da cidadania sociais da educação partilha de ideias, a preservação do equipamento, o e à aprendizagem ao longo da vida. trabalho de grupo... A.2.3 Promoção do ensino em contexto de - É um desafio que se coloca à escola em geral e que a competências tecnológicas e digitais na escola BE ajudará a concretizar-se. Os professores responsáveis pelas TIC já iniciaram uma Acção de Formação para os docentes da Escola. A.2.1 Organização de actividades de formação de 7. Outros elementos utilizadores na escola - A BE tem difundido as potencialidades das relevantes para ferramentas Web 2.0. caracterização - Os alunos requisitam muitos livros para leitura geral da escola D.3.3 Uso da colecção pelos utilizadores da escola / domiciliária. No entanto, a variedade de títulos para o agrupamento. 3º ciclo não é muita. Será um ponto a melhorar. - A informatização da colecção é um ponto fraco da D.3.4 Organização da informação. Informatização da BE. Porém, há a possibilidade da BM implementar um colecção. catálogo online de todas as bibliotecas do concelho. Notas explicativas: 1-Os factores críticos de sucesso de cada subdomínio permitem encaixar cada subdomínio nos respectivos tópicos dos campos de análise propostos pela IGE às escolas. Assim, face a cada tópico descritor dos campos de análise analisei os factores críticos de cada subdomínio que poderiam responder em termos de avaliação. 2- Apresentam-se aqui aspectos pontuais que, não cabendo nos tópicos propostos, podem mostrar a boa prestação da BE e da escola ao nível da formação dos alunos e da comunidade.
  6. 6. Bibliografia - Guião da Sessão n.º 6 - http://forumbibliotecas.rbe.min-edu.pt/course/ - Textos disponibilizados na sessão: “Tópicos para apresentação da escola: campos de análise de desempenho”, ME/IGE e “Quadro de Referência para a avaliação de escolas e agrupamentos”, ME/IGE. Braga, 05 de Dezembro de 2009 António José Roque Salgado

×