ANDRÉ LUIZ "Despertar da Ilusão"

2.720 visualizações

Publicada em

Palestra espírita "André Luiz "Despertar da Ilusão", elaborada por Jorge Luiz - Fortaleza - Ceará - Brasil.

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.720
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
49
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ANDRÉ LUIZ "Despertar da Ilusão"

  1. 1. “Despertarda Ilusão”
  2. 2. MUITO PRAZER! “André precisou, igualmente, cerrar a cortina sobre si mesmo.E por isso que não podemos apresentaro médico terrestre e autor humano, mas sim o novo amigo e irmão na eternidade.” (Espírito Emmanuel) Pedro Leopoldo, 3 de outubro de 1943(XAVIER, Fco. C. in “Nosso Lar”, ditado pelo Espírito André Luiz)
  3. 3. A VERDADEIRAIDENTIDADE DE ANDRÉ LUIZ CARLOS CHAGAS OSWALDO CRUZ MIGUEL COUTO FRANCISCO DE CASTRO
  4. 4. A VERDADEIRA IDENTIDADE DE ANDRÉ LUIZ“André Luiz é Faustino Esponsel.O médium Francisco C. Xavier me confirmara onome, mas considerou que a identidade deveria sermantida em segredo. Durante minhas pesquisasaconteceu o menos esperado: a família soube dosmeus passos e me procurou. (...).” (Luciano dos Anjos) http://www.institutoandreluiz.org/ca_o_verdadeiro_andre_luiz.html
  5. 5. Nome: Faustino Monteiro Esponsel Nascimento: 10.08.1888 Local: Rio de Janeiro (RJ) Desencarnação: 24.10.1931, no Rio de Janeiro (RJ) Formação: Formou-se em 1910 em farmácia e em Medicina pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro e era também sanitarista.Esposa: Odette Portugal Esponsel “Detinha” – (1900-1978).Filhos: nenhum.Esportista: Pres. do Flamengo – (1920-1922) (1924-1927). http://www.institutoandreluiz.org/ca_o_verdadeiro_andre_luiz.ht ml
  6. 6. “Despertarda Ilusão”
  7. 7. 1. PERTURBAÇÃO ESPÍRITA 2. A PRECE 3. CLARÊNCIO 4. MÉDICO ESPIRITUAL 5. SUICIDA“Todo o aparelho gástrico foi destruído àcusta de excessos de alimentação e bebidasalcoólicas, aparentemente sem importância.Devorou-lhe a sífilis energias essenciais.Como vê o suicídio é inevitável.”(XAVIER, Fco. C. in “Nosso Lar”, ditado pelo Espírito André Luiz)
  8. 8. 6. CÉU, INFERNO E JUÍZO FINAL“Não me defrontavam tribunais de tortura,nem me surpreendiam abismos infernais,contudo, benfeitores sorridentescomentavam-me as fraquezas como quecuida de uma criança desorientada, longe dasvistas paternas.” 6. A FÉ 7. A ORAÇÃO COLETIVA(XAVIER, Fco. C. in “Nosso Lar”, ditado pelo Espírito André Luiz)
  9. 9. “Nosso Lar” não é estância de espíritos propriamente vitoriosos, se conferirmos aotermo sua razoável acepção” (Clarêncio) (XAVIER, Fco. C. in “Nosso Lar”, ditado pelo Espírito André Luiz)
  10. 10. 8. UMBRAL “(...) funciona, portanto, como região destinada a esgotamento de resíduos mentais; uma espécie de zona purgatorial, onde se queima a prestações o material deteriorado das ilusões que a criatura adquiriu por atacado, menosprezando o sublime ensejo de uma existência terrena.”(XAVIER, Fco. C. in “Nosso Lar”, ditado pelo Espírito André Luiz)
  11. 11. (XAVIER, Fco. C. in “Nosso Lar”, ditado pelo Espírito André Luiz)
  12. 12. 9. ENCONTRO COM FAMILIARES“(...) primeiro desejar, segundo, saber desejar; e,terceiro, merecer, ou, por outros termos, vontade ativa,trabalho persistente e merecimento justo.” 10.REPERCUSSÕES PERISPIRÍTICAS“(...) entretanto, a causa dos seus males persistirá em simesmo, até que se desfaça dos germes de perversão dasaúde divina, que agregou ao seu corpo sutil pelodescuido moral e pelo desejo de gozar mais que osoutros.” (XAVIER, Fco. C. in “Nosso Lar”, ditado pelo Espírito André Luiz)
  13. 13. “Em narrativa vibrante, o autornos transmite suasobservações e descobertassobre a vida no MundoEspiritual, atuando com umrepórter que registra as suaspróprias experiências. NossoLar não é o Céu; é mais umhospital, uma escola, uma zonade trânsito. Mas nos permiteantever o Mundo Espiritual quenos aguarda, quandoabandonarmos o corpo carnalpela morte física.”
  14. 14. “Este livro revela que a mortefísica descortina a vidaespiritual em contínuaevolução. Relata asexperiências de váriosespíritos que reencarnaramcom trabalhos programados,necessários aos seus própriosaprimoramentos. Trata aindade temas como: culto doEvangelho no lar, osbenefícios da prática do bem,invigilância e medo da morte.”
  15. 15. “Neste livro, André Luiz desvenda ossegredos da reencarnação, revelandoa tarefa dos Espíritos missionáriosencarregados do processo dorenascimento. Em vinte capítulosdiscorre sobre a continuação doaprendizado na vida espiritual, operispírito como organização vivamoldando as células materiais, areencarnação orientada pelos EspíritosSuperiores e aspectos diversos dasmanifestações mediúnicas.”
  16. 16. “A morte não extingue a colaboraçãoamiga, o amparo mútuo, a intercessãoconfortadora, ou o serviço evolutivo. Asdimensões vibratórias do Universo sãoinfinitas, como infinitos são os mundosque povoam a Imensidade. Ninguémmorre. O aperfeiçoamento prossegue emtoda parte. A vida renova, purifica eeleva os quadros múltiplos de seusservidores, conduzindo-os, vitoriosa ebela, à União Suprema com aDivindade.”Esse é o relato de André Luiznessa obra.
  17. 17. “Nesta obra, o autor espiritual forneceesclarecimentos sobre as causas dodesequilíbrio da vida mental eapresenta os correspondentestratamentos espirituais. Sob formaromanceada, analisa temas comoaborto, epilepsia, esquizofrenia emongolismo, destacando o socorroimediato prestado aos necessitadospelos trabalhadores invisíveis, queevitam, o quanto possível, a loucura, osuicídio e os extremos desastresmorais.”
  18. 18. Nesta obra, o autor espiritual propiciao conhecimento dos processos da açãodos Espíritos infelizes, procurandoenvolver os homens em seusprocedimentos. O autor espiritualinforma sobre a intercessão realizadapelos Espíritos Superiores embenefício dos homens, dando provas damisericórdia divina que concede atodos abençoada oportunidade delibertação pelo estudo, pelo trabalho, epelo perseverante serviço no bem.”
  19. 19. “Renovando seu interesse em nossoaprimoramento íntimo, André Luiz revelaa comovente história de Amaro, Zulmira,Odila e outros personagens, recuandonos acontecimentos de suas anterioresexistências, desde a Guerra do Paraguaiaté os dias do Rio antigo. Em seuprefácio, Emmanuel nos assegura que“os quadros fundamentais da narrativanos são intimamente familiares” comoos desajustes familiares, a tormenta dociúme, as lutas cotidianas para aquisiçãodo progresso moral.”
  20. 20. “Neste livro, André Luiz analisa osvários aspectos da filtragemmediúnica, enaltecendo o esforço dosmédiuns fiéis ao mandato espiritualrecebido antes da reencarnação eadverte sobre os riscos dointercâmbio mal-conduzido entre osdois mundos. Trata da psicofonia, dosonambulismo, da possessão, daclarividência, da clariaudiência, dodesdobramento, da fascinação, dapsicometria e da mediunidade deefeitos físicos, entre outros temas.”
  21. 21. “Este livro apresenta o retrato espiritualda criatura ao desencarnar e demonstraque a vivência dos habitantes do Alémestá relacionada com sua condiçãomental. Numa linguagem romanceada,relata a história de personagens reaisque, desencarnados, deparam-se com oamparo dos amigos espirituais,incentivando-os à renovação pelo estudoe trabalho, preparando-os para reversua vida e desvendar as tramas dopassado, permitindo-lhes traçar novasdiretrizes de conduta.”
  22. 22. “O autor espiritual destina esta obraaos estudiosos, aliando os conceitosrígidos da ciência aos preceitosevangélicos, revividos no Espiritismo.Adentrando a Física e a Biologia,apresenta capítulos excelentes comofluido cósmico, evolução ehereditariedade, evolução e sexo,simbiose espiritual, alimentação dosdesencarnados, invasão microbiana eoutros. É um desafio ao intelecto dosconhecedores ou dos que pretendemser da Doutrina Espírita.”
  23. 23. “André Luiz oferece aos médiuns e estudiososdo lema os recursos para a compreensão decomplexas questões da Física e da Fisiologiaque inteligentemente vão sendo relacionadascom os inúmeros aspectos da mediunidade.Ressalta a importância da mediunidade comJesus, esclarecendo que, além dosconhecimentos necessários, surgem osimpositivos da disciplina e da responsabilidadecomo fatores de aprimoramento das criaturasque se devotam ao intercâmbio com o MundoMaior, dentro dos princípios do Evangelho à luzda Doutrina Espírita.”
  24. 24. “Neste livro, você vai encontraruma descrição das regiõesinferiores da esfera espiritual edo sofrimento a que se projeta aconsciência culpada, após amorte do corpo físico. O autorespiritual mostra-nos que aspossibilidades na atualexistência estão vinculadas àsações em existências passadas,do mesmo modo que as açõesna atualidade condicionarão aspossibilidades futuras.”
  25. 25. “O leitor encontrará neste livrorespostas às suas indagações sobreo relacionamento sexual humano, comas implicações na vida do EspíritoImortal, possibilitando-lhe que“aprenda com a biblioteca daexperiência”. “Sexo e destino, amor econsciência, liberdade ecompromisso, culpa e resgate, lar ereencarnação, constituem os temasdeste livro, nascido na forja darealidade cotidiana.”
  26. 26. “Uma existência é um ato. Um corpo – uma veste. Um século – um dia. Um serviço – uma experiência. Um triunfo – uma aquisição.Uma morte – um sopro renovador. Quantas existências, quantos corpos, quantos séculos, quantosserviços, quanto triunfos, quantas mortes necessitamos ainda. Espírito André Luiz

×