INOVAÇÃO,COLABORAÇÃO EAGIR COMUNICATIVO       Clóvis Montenegro de Lima              clovis.mlima@uol.com.br       Lidiane...
INTRODUÇÃO   Colaboração nos arranjos produtivos locais (APL);   Reorganização produtiva do capitalismo e a    generaliz...
PRODUÇÃO COLABORATIVA   As tecnologias intensificam o uso da informação na    produção. As mudanças decorrentes podem lib...
SOFTWARES LIVRES E INOVAÇÃO EM TIC   Características do processo inovativo : avanços    tecnológicos rentáveis, cumulativ...
AGIR COMUNICATIVO, ESFERA PÚBLICAPRODUTIVA E INOVAÇÃO   No agir orientado para o entendimento mútuo um    se motiva racio...
AGIR COMUNICATIVO, ESFERA PÚBLICAPRODUTIVA E INOVAÇÃO   A esfera pública é uma rede adequada para a    comunicação de con...
CONSIDERAÇÕES FINAIS   O território produtivo concretiza características    singulares, que podem ser canalizadas para a ...
CONSIDERAÇÕES FINAIS APL metáfora de esfera pública, além da metáfora  da rede, evidencia o componente político, além do ...
CONSIDERAÇÕES FINAIS   Isso facilita processos de aprendizagem coletiva e    difusão de conhecimento, o que pode refletir...
REFERÊNCIAS   BENKLER, Y. The wealth of networks: how social production    transforms markets and freedom. USA: Yale Univ...
REFERÊNCIAS   HARVEY, D. Condição pós-moderna: uma pesquisa sobre as    origens da mudança cultural. 11. ed. São Paulo: L...
INOVAÇÃO,COLABORAÇÃO EAGIR COMUNICATIVO       Clóvis Montenegro de Lima              clovis.mlima@uol.com.br       Lidiane...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Inovação, Colaboração e Agir Comunicativo

681 visualizações

Publicada em

Apresentação do artigo "Inovação, Colaboração e Agir Comunicativo", no Enanpad 2009.

RESUMO: Neste artigo discutem-se as relações entre agir comunicativo, colaboração e inovação em arranjos produtivos locais - APL de tecnologias de informação e comunicação - TIC. A discussão da colaboração nos APL é feita a partir da discussão sobre a emergência da produção colaborativa na sociedade da informação. A discussão da inovação em tecnologias de informação e comunicação parte das controvérsias em torno da produção de softwares livres para destacar as tensões entre cooperação e competição nos processos de inovação. A cooperação e a colaboração são evidenciadas como ferramentas importantes para o desenvolvimento tecnológico. Na discussão das relações entre agir comunicativo e inovação usa-se os conceitos de ética da discussão e esfera pública de Habermas como referência para pensar a inovação nos arranjos produtivos. Estes são esferas públicas produtivas e inovadoras, e as TIC potencializam nelas a colaboração. Conclui-se que a colaboração é importante para os processos de inovação e que a comunicação pode induzir e produzir colaboração e inovação nas organizações.

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
681
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Inovação, Colaboração e Agir Comunicativo

  1. 1. INOVAÇÃO,COLABORAÇÃO EAGIR COMUNICATIVO Clóvis Montenegro de Lima clovis.mlima@uol.com.br Lidiane Carvalho carvalho.ldn@gmail.com Helen Fischer Günther fghelen@yahoo.com.br
  2. 2. INTRODUÇÃO Colaboração nos arranjos produtivos locais (APL); Reorganização produtiva do capitalismo e a generalização das formas de trabalho imaterial; Controvérsias em torno da produção de softwares livres; Esfera pública produtiva.
  3. 3. PRODUÇÃO COLABORATIVA As tecnologias intensificam o uso da informação na produção. As mudanças decorrentes podem liberar potencial humano e social (Castells, 2001). Há nova forma de acumulação de riquezas, flexível e antagônica ao paradigma fordista: “produção flexível” (Harvey, 2002). A produção colaborativa é uma produção social, caracterizada pela descentralização do poder e pela utilização das motivações sociais para a produção e coordenação dos participantes (Benkler, 2006).
  4. 4. SOFTWARES LIVRES E INOVAÇÃO EM TIC Características do processo inovativo : avanços tecnológicos rentáveis, cumulatividade do processo técnico e apropriação privada (Dosi, 1984; Mendes e Buainain, 2007). Software livre se distingue pela forma de produzir, com a transparência do código-fonte e soluções não proprietárias. Software livre como “liberdade de os usuários executarem, copiarem, distribuírem, estudarem, modificarem e aperfeiçoarem o software” (Free Software Foundation).
  5. 5. AGIR COMUNICATIVO, ESFERA PÚBLICAPRODUTIVA E INOVAÇÃO No agir orientado para o entendimento mútuo um se motiva racionalmente pelo outro para uma ação de adesão; no agir estratégico um atua sobre o outro para ensejar a continuação desejada de uma interação (Habermas, 1989). A função coordenadora das ações na prática comunicativa cotidiana permite entender por que os problemas que devem ser resolvidos em argumentações requerem um esforço de cooperação e não podem ser resolvidos monologicamente.
  6. 6. AGIR COMUNICATIVO, ESFERA PÚBLICAPRODUTIVA E INOVAÇÃO A esfera pública é uma rede adequada para a comunicação de conteúdos, tomada de posição e opiniões e se reproduz através do agir comunicativo (Habermas, 1984). Função econômica e política da esfera pública produtiva (Bolaño; Brittos, 2003). APL como esferas públicas produtivas e ambientes informacionais que devem favorecer a comunicação entre os vários agentes de informação.
  7. 7. CONSIDERAÇÕES FINAIS O território produtivo concretiza características singulares, que podem ser canalizadas para a inovação e o desenvolvimento regional. As esferas públicas produtivas são também inovadoras, e as TIC potencializam nelas a cooperação produtiva e inovadora. A aglomeração espacial de empresas possibilita diversas vantagens competitivas na forma de externalidades positivas e da redução dos custos de transação nos processos de comunicação.
  8. 8. CONSIDERAÇÕES FINAIS APL metáfora de esfera pública, além da metáfora da rede, evidencia o componente político, além do econômico. Cooperação comunicativa é cooperação produtiva. Os APL de TIC apresentam dinâmicas organizacionais potencialmente favoráveis aos processos de inovação e propiciam as redes de cooperação, colaborando ativamente nas inovações produtivas. As redes configuram novas realidades sociais, que correspondem aos novos modos de produzir riqueza, diversificar culturas e viver bem.
  9. 9. CONSIDERAÇÕES FINAIS Isso facilita processos de aprendizagem coletiva e difusão de conhecimento, o que pode refletir em maiores taxas de inovação, ao lado de um desempenho econômico mais eficiente. Faz-se necessário refletir criticamente acerca da política de inovação de software por meio de patentes, fomentada atualmente pelo governo brasileiro. A questão é como organizar a cooperação produtiva?
  10. 10. REFERÊNCIAS BENKLER, Y. The wealth of networks: how social production transforms markets and freedom. USA: Yale University Press, 2006. CASTELLS, M. A sociedade em rede. 5. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2001. DOSI, G. Technical Change and Industrial Transformation. London: Macmillan, 1984. HABERMAS, J. Mudança estrutural da esfera pública. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1984. ____. Consciência moral e agir comunicativo. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1989. ____. Diagnóstico do tempo: seis ensaios. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2005.
  11. 11. REFERÊNCIAS HARVEY, D. Condição pós-moderna: uma pesquisa sobre as origens da mudança cultural. 11. ed. São Paulo: Loyola, 2002. LIMA, C. R. M.; SANTINI, R. M. Produção colaborativa na sociedade da informação. Rio de Janeiro: Epapers, 2008. MENDES, C. I. C.; BUAINAIN, A. M. Software Livre e Inovação Tecnológica. In: VIII Workshop de Software Livre (WSL). Porto Alegre (RS): FISL - Fórum Internacional de Software Livre, 2007.
  12. 12. INOVAÇÃO,COLABORAÇÃO EAGIR COMUNICATIVO Clóvis Montenegro de Lima clovis.mlima@uol.com.br Lidiane Carvalho carvalho.ldn@gmail.com Helen Fischer Günther fghelen@yahoo.com.br

×