Ditadura militar

1.458 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.458
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
112
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ditadura militar

  1. 1. DefiniçãoContexto Ideológico Análise Histórica
  2. 2. DefiniçãoDitadura militar, regime militar ou governo militar é uma formade governo onde o poder político é efetivamente controladopor militares. Como qualquer ditadura ou regime, ela pode seroficial ou não. Também existem formas mistas, onde o militarexerce uma influência muito forte, sem ser totalmentedominante.
  3. 3. Contexto Ideológico
  4. 4. Análise Histórica• Decretos polêmicos de João Goulart em março de 1964• Salvaguardas e a doutrina da segurança nacional• Golpe contra o governo de João Goulart• Governando por Atos Institucionais• Criação do SNI
  5. 5. Início da repressão• As associações civis contrárias ao regime eram consideradas inimigas do Estado• Censura
  6. 6. Papel do parlamento• O Congresso Nacional continuou aberto apenas para demonstrar aos outros países que havia normalidade política e administrativa e que, apesar do desmonte do Estado de Direito, a ditadura estava protegendo o país dos seus inimigos: os comunistas. Lei de Segurança Nacional No dia 3 de Março de 1967 é mandada cumprir a primeira Lei de Segurança Nacional do regime militar.
  7. 7. Linha Dura• Vieram as perseguições políticas, em missões organizadas pelos órgãos de segurança do governo.• forças de segurança x manifestantes pró-comunismo• Patrulhas ideológicas• Intensificação do Regime Militar
  8. 8. Torturas
  9. 9. Resistência• Atentado no Aeroporto Internacional dos Guararapes, em Recife, em 25 de julho de 1966.
  10. 10. No dia 26 de junho de 1968, cerca de cem mil pessoas ocuparamas ruas do centro do Rio de Janeiro e realizaram o mais importanteprotesto contra a ditadura militar
  11. 11. Estudantes e universidades• No dia 27 de Outubro de 1964, o Congresso Nacional extingue a União Nacional dos Estudantes (UNE) e todas as uniões de estudantes estaduais, aprovando a Lei Suplicy. O governo militar torna obrigatório o ensino do idioma inglês em todas as escolas públicas e privadas do Brasil, como resultado de negociações entre o Governo Federal e o governo dos Estados Unidos chamado na época de Acordo MEC-Usaid. Os EUA, maiores aliados da ditadura de direita no Brasil, passava a influenciar e infiltrar-se ainda mais a cultura no Brasil, com ações mútuas dos governos neste sentido. • Ocupação da Universidade de Brasília
  12. 12. Fim da Ditadura Militar• Nos últimos anos do governo militar, o Brasil apresenta vários problemas. A inflação é alta e a recessão também. Enquanto isso a oposição ganha terreno com o surgimento de novos partidos e com o fortalecimento dos sindicatos. Em 1984, políticos de oposição, artistas, jogadores de futebol e milhões de brasileiros participam do movimento das Diretas Já. O movimento era favorável à aprovação da Emenda Dante de Oliveira que garantiria eleições diretas para presidente naquele ano. Para a decepção do povo, a emenda não foi aprovada pela Câmara dos Deputados. No dia 15 de janeiro de 1985, o Colégio Eleitoral escolheria o deputado Tancredo Neves, que concorreu com Paulo Maluf, como novo presidente da República. Ele fazia parte da Aliança Democrática – o grupo de oposição formado pelo PMDB e pela Frente Liberal. Era o fim do regime militar. Porém Tancredo Neves fica doente antes de assumir e acaba falecendo. Assume o vice-presidente José Sarney. Em 1988 é aprovada uma nova constituição para o Brasil. A Constituição de 1988 apagou os rastros da ditadura militar e estabeleceu princípios democráticos no país.

×