Geografia bíblica conflitos no oriente médio

949 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
949
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
75
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Geografia bíblica conflitos no oriente médio

  1. 1. GEOGRAFIA BÍBLICA para compreender os conflitos do Oriente Médio www.uel.br/projeto/geografiadooriente Rosely Sampaio Archela roarchela@uel.br Mirian Vizintim Fernandes Barros vizintim@uel.br
  2. 2. OBJETIVOS DO CURSO Contribuir para uma melhor compreensão de questões relacionadas ao Oriente Médio, desde a Antigüidade até nossos dias Identificar os diversos povos que habitaram as regiões da Palestina na Antigüidade Relacionar o Mundo Bíblico, regiões do Mundo Antigo e configuração atual do Oriente Médio Compreender os domínios e impérios da Antigüidade em sua extensão e importância Analisar a luz da Bíblia, as características históricas do Oriente Médio, para compreender os conflitos atuais
  3. 3. Através da Geografia Bíblica ... Podemos localizar os relatos no espaço e no tempo Compreender as regiões nas quais ocorreram os fatos relatados na Bíblia Sociedades que viveram nestas épocas Lugares específicos indicados no texto bíblico e suas atuais localizações geográficas
  4. 4. Mundo Bíblico Corresponde a uma região que abrange os países atuais desde a Espanha até o Irã no sentido leste-oeste. Do norte da Turquia até o Iêmem e Egito no sentido norte-sul Na Antigüidade, estas regiões foram denominadas de MESOPOTÂMIA PÉRSIA ARMÊNIA ASIA MENOR MACEDÔNIA GRÉCIA CRETA ROMA SÍRIA FENÍCIA PALESTINA ARÁBIA EGITO ETIÓPIA LÍBIA
  5. 5. Mundo Bíblico Rússia Ucrânia Itália Hungria Romênia Bulgária Grécia Geórgia Turquia Armênia Azerbaijão Turcomenistão Chipre Líbano Síria Iraque Israel Tunísia Marrocos Usbequistão Afeganistão Irã Jordânia Líbia Argélia Paquistão Bahain Egito Qatar Emirados Arabes Unido Arábia Saudita Sudão Índia Iemem Omã
  6. 6. Oriente Médio Hoje Fatores que caracterizam o Oriente Médio como uma região estratégica para o mundo. - presença do petróleo na região - presença de armamento bélico - localização estratégica no globo terrestre - influência cultural e religiosa Causas dos conflitos que ocorrem no Oriente Médio. Religioso posse da terra palestinos e curdos político/econômicointeresses internacionais
  7. 7. Países do Oriente Médio PAÍS ÁREA (km2) AFEGANISTÃO ARÁBIA SAUDITA BAREIN CATAR CHIPRE EMIRADOS ÁRABES UNIDOS IÊMEN IRÃ IRAQUE ISRAEL JORDÂNIA KUWEIT LÍBANO OMÂ SÍRIA TURQUIA 652.225 2.240.000 POPULAÇÃO DENSIDADE APROXIMADA DEMOGRÁFICA Hab/Km2 20.500.000 31 16.500.000 7 RENDA PER CAPITA Dolar 7.150 625 11.437 9.251 77.700 500.000 520.000 756.000 1.700.000 800 45 82 22 8.640 11.340 9.820 9.656 536.869 1.648.000 438.317 21.946 97.740 17.818 10.452 300.000 185.180 779.452 13.000.000 63.200.000 18.900.000 5.400.000 4.400.000 1.800.000 2.900.000 1.700.000 13.800.000 58.600.000 24 38 43 246 45 101 277 6 74 75 270 1.780 3.125 16.180 1.520 9.650 3.350 9.000 1.120 3.130 Fonte: Almanaque Abril 2000
  8. 8. MESOPOTÂMIA Meso= entre; potamos=rio região caracterizada pela presença de dois grandes rios: Tigre e Eufrates Região fértil, propícia para a agricultura.
  9. 9. MESOPOTÂMIA Desde os montes da Armênia ao norte, na atual Turquia, até o Golfo Pérsico ao sul no Kuweit. É a terra dos primeiros dias da história bíblica e o berço da humanidade. De acordo com as características geográficas, históricas e arqueológicas, o surgimento do homem ocorreu na Mesopotâmia.
  10. 10. MESOPOTÂMIA: Assíria e Babilônia O Jardim do Éden existiu num local próximo às nascentes dos rios Tigre e Eufrates (Gênesis 2.1014). Alguns autores indicam a possibilidade de localização, próximo à foz desses rios região de Barein . O norte da Mesopotâmia é conhecido como Assíria e o sul como Babilônia ou Caldéia. As descobertas feitas pela arqueologia comprovam a existência de uma civilização com cerca de 5000 anos.
  11. 11. Ur dos caldeus "Ora, o Senhor disse a Abrão: Sai de tua terra, da tua parentela, e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei."Gênesis, 12:1 Atual Tal-al-Muqayyar no sul do Iraque, é o lugar de origem de Abraão, antes de seu deslocamento com a família para Harã (Gn 11, 31). Lugar em que ouviu a Palavra do Senhor que o convidava a deixar a sua terra e a pôrse a caminho do país que lhe haveria de ser indicado (Gn 12, 1-3). Com este convite, Abraão é constituído o instrumento de um desígnio de salvação que abrangeria todos os povos da Terra. A partir daí, a salvação de Deus começou a caminhar pelas estradas da história humana.
  12. 12. BABILÔNIA • Povamento da Babilônia na baixa Mesopotâmia, formado por dois grupos iniciais: sumérios e acádios. • Sumérios - primeiros habitantes da civilização babilônica. Viveram o seu grande momento durante o III milênio a.C. • Abraão emigrou desta região para dar origem ao povo judeu. • Hamurabi foi o fundador do primeiro Império Babilônico. Unificou os semitas e sumérios. Durante seu governo (1728 a.C.-1686 a.C.), cercou a capital com muralhas, restaurou templos importantes e outras obras públicas. Implantou um código de leis morais, o mais antigo da história. O Código de Hamurabi estabeleceu regras de vida. Determinou penas para as infrações, baseadas na lei do olho por olho, dente por dente. • A Babilônia foi um centro religioso e comercial de grande importância na Antigüidade.
  13. 13. Arqueologia También en este período se sigue usando el sistema cuneiforme, que comenzará a caer en desuso desde el tiempo de Alejandro Magno (336 a. C.); todavía algunos textos serán escritos en cuneiforme hasta el 40 a. C, siendo el último conocido un almanaque astronómico del 75 d. C. http://www.spbumag.nw.ru/2000/04/assiria.jpg La figura lateral muestra una roca basáltica en la que está labrada la descripción de la restauración de Babilonia, hacia el 670 a. C., realizada por el rey asirio Asarhaddón (681669 a. C.) http://www.proel.org/alfabetos/sumerio.html
  14. 14. Império Assírio 669-631 a.C • Senaqueribe transferiu a capital para Nínive, por volta de 704681 a.C, onde permaneceu até quando os caldeus destruíram a cidade. 2º Rei s , 19:36 • Sofonias, 2:13 "Ainda ele estenderá a mão contra o Norte, e destruirá a Assíria; e fará de Nínive uma desolação, terra árida como o deserto." http://www.ucm.es/info/antigua/roma5.jpg
  15. 15. BABILÔNIA muralhas com cerca de 100 metros de altura, eram equivalentes a um edifício de 34 andares e largura correspondente a de uma rua com capacidade para que dois carros pudessem andar lado a lado. Nabucodonozor rei da Babilônia Na batalha de Carquemis que ocorreu em 604 a.C., os egípcios foram derrotados pelos babilônicos, quando defendiam os assírios como relata 2 Reis 23:2930: Durante o reinado de Josias (em Judá, atual Israel) , Faraó Neco, rei do Egito, levou seu exército, até o rio Eufrates (norte da Síria) para ajudar o rei da Assíria. O rei Josias saiu para lutar em Meguido e foi morto na batalha... Judá (atual Israel) também passou a pagar tributos ao rei da Babilônia, Nabucodonosor, como relata 2 Reis 24.1.
  16. 16. Império Babilônico 612 - 539 a.C Os babilônicos conquistaram os assírios por volta do ano de 612 a.C., ano em que Nínive finalmente foi dominada. A partir daí, a Babilônia tornou-se um império em expansão. Sobre a expansão deste império Jeremias 25: 9 escreve ... tomarei a todas as famílias do Norte, diz o Senhor, como também a Nabucodonosor, rei de Babilônia, meu servo, e os trarei sobre esta terra, e sobre os seus moradores, e sobre todas estas nações em redor e os destruirei totalmente.
  17. 17. IMPÉRIO PERSA 550 - 486 a.C Pérsia Situada a nordeste do Golfo Pérsico e a sudeste da Babilônia. Os persas fundaram um império que se estendeu desde a Índia até o mar Egeu e Egito, em 500 a.C. Principais cidades: Pasárgada e Persépolis. Foi na Pérsia que ocorreram os fatos descritos no livro de Ester, Daniel 8.2 e Neemias 1.1.
  18. 18. Império Persa 550 - 486 a.C A conquista da Babilônia por Ciro, imperador persa, foi descrita cerca de 150 anos antes, pelo profeta Isaías (Is 44:28) http://www.ucm.es/info/antigua/persia.jpg
  19. 19. Império Romano 98 a.C - 117d.C http://www.ucm.es/info/antigua/roma5.jpg
  20. 20. ERA CRISTÃ Nascimento de Jesus Cumprimento de profecias bíblicas “E tu, Belém Efrata, posto que pequena para estar entre os milhares de Judá, de ti é que me sairá aquele que há de reinar em Israel, e cujas saídas são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade.” (Miquéias, 5:2 em 750 a.C.)
  21. 21. IMPÉRIO ROMANO Ano 70 Queda de Jerusalém Destruição do Templo Jerusalém é destruída, judeus são levados para Roma Começa a Diáspora 70 - 1948 Ano 73 Forte de Massada é capturado pelos romanos Fim da resistência dos judeus.
  22. 22. Expansão do Cristianismo Ásia e Europa Os discípulos espalham-se pelas regiões do Mediterrâneo, inclusive Roma, e fundam várias comunidades. Nos três primeiros séculos, os cristãos sofrem grandes perseguições, das autoridades religiosas do judaísmo e dos romanos. Durante o reinado dos imperadores Nero, Trajano, Marco Aurélio, Décio e Diocleciano, milhares de cristãos são mortos por se recusarem a adorar deuses impostos pelo império e a reconhecer a divindade do imperador. Em 313 o imperador Constantino converte-se ao cristianismo.
  23. 23. Historia dos judeus A história dos judeus está ligada a terra... ...a terra que passais a possuir é terra de montes e vales, da chuva dos céus beberás as águas; terra de que cuida o Senhor vosso Deus, seus olhos estão sobre ela continuamente...(Dt. 11:11-12)
  24. 24. TERRA PROMETIDA... É uma região banhada pelo Mediterrâneo a oeste, tendo ao norte Fenícia e Síria, a leste e sul a Arábia, e ao sul partes do Egito. A extensão da Terra Prometida a Abraão e a sua descendência, compreendia desde a divisa do Israel atual com o Egito, até o rio Eufrates na Síria atual (Gn 15.18; 13.14-18). Estas foram as fronteiras de Israel no tempo do rei Salomão por volta do ano 950 a.C.
  25. 25. ISRAEL... Vários nomes ao longo da história Terra Santa (Zacarias 2:12; Atos 7.33) Canaã (Gênesis 12:5; 13.12; Atos 13.19) Terra Prometida – porque Deus fez aliança com Abraão: a tua descendência dei esta terra, desde o rio do Egito até o grande Eufrates. Terra dos Hebreus (Gênesis 40.15) Terra de Judá, sul de Israel atual, referente à tribo de Judá (Rute 1.7) Terra de Israel (Ezequiel 11. 1620; Mateus 2. 20-21).
  26. 26. TERRA SANTA... A utilização dos nomes atuais não agrada a todos os povos ligados de alguma forma a esta região, devido às mudanças políticas e de fronteiras que ocorreram ao longo da história, sobretudo após 1948, com a criação do Estado de Israel.
  27. 27. PALESTINA / PELISTIM Palestina, não é nome bíblico Origina-se do nome:Terra dos Filisteus (Pelistim). Nome da província romana, por volta do século II d.C., durante o Império Romano. A Palestina é uma região geográfica que compreende os territórios entre a margem oeste do rio Jordão e o mar Mediterrâneo, ao sul do Líbano e a nordeste da península do Sinai. Dentro dela estão hoje o Estado de Israel e as áreas ocupadas por Israel.
  28. 28. Terra de vales e montes... http://www.gospelcom.net/rbc/dod/bvt /
  29. 29. JUDÉIA Belém Jerusalém http://www.gospelcom.net/rbc /
  30. 30. GALILÉIA VISTA DO MEGUIDO REGIÃO DA GALILÉIA VISTA DO MAR DA GALILÉIA http://www.gospelcom.net/rbc /
  31. 31. PERÉIA RIO JORDÃO VALE DO JORDÃO VISTA DO MAR MORTO VAL;E DO JORDÃO http://www.gospelcom.net/rbc /
  32. 32. FATOS HISTÓRICOS Saída de Abrão de Ur Promessa da Terra e da Herança Nascimento de Ismael e Profecias para os ismaelitas Nascimento de Isaque e Profecias para os israelitas Israel deixa de existir como país várias vezes, até se reestrurar recentemente (1948) como estava previsto na promessa feita a Abrão inicialmente
  33. 33. Deus, porém, disse a Abraão ... em Isaque será chamada a tua descendência. Mas também do filho desta serva farei uma nação, porquanto ele é da tua linhagem. Então se levantou Abraão de manhã cedo e, tomando pão e um odre de água, os deu a Agar, pondo-os sobre o ombro dela; também lhe deu o menino e despediu-a; e ela partiu e foi andando errante pelo deserto de Beer-Seba. E consumida a água do odre, Agar deitou o menino debaixo de um dos arbustos, e foi assentar-se a frente dele, a boa distância, como a de um tiro de arco; porque dizia: Que não veja eu morrer o menino. Assim sentada em frente dele, levantou a sua voz e chorou. Mas Deus ouviu a voz do menino; e o anjo de Deus, bradando a Agar desde o céu, disse-lhe: Que tens, Agar? não temas, porque Deus ouviu a voz do menino desde o lugar onde está. Ergue-te, levanta o menino e toma-o pela mão, porque dele farei uma grande nação. E abriu-lhe Deus os olhos, e ela viu um poço; e foi encher de água o odre e deu de beber ao menino. Deus estava com o menino, que cresceu e, morando no deserto, tornou-se flecheiro. Ele habitou no deserto de Parã; e sua mãe tomou-lhe uma mulher da terra do Egito. Genesis 21:12-21
  34. 34. ORIGEM DOS CONFLITOS •Presença judaica na Palestina, desde o segundo milênio antes de Cristo. •Ano 635 (Era Cristã) durante a expansão islâmica, a região da Palestina foi ocupada pelos árabes. •Século VII foi conquistada pelos muçulmanos e, durante os séculos seguintes, o controle da Palestina oscilou entre diferentes grupos até a incorporação da região pelo Império Otomano. •Século XIX, a maioria dos judeus concentrava-se no Leste Europeu e dedicavase ao comércio. •Com o desenvolvimento das burguesias nacionais e da Revolução Industrial, os judeus foram confinados a guetos, ocorrendo a emigração para a Europa Ocidental.
  35. 35. MOVIMENTO SIONISTA 1896 - o jornalista judeu Theodor Herzl, cria o movimento sionista, cujo objetivo é estabelecer um lar judeu na Palestina. Neste período, começam os choques entre judeus e árabes, que assistem os judeus conquistarem boa parte das terras boas para o cultivo. 1918, a Inglaterra fica judeus criam um responsável pela exército clandestino Palestina. Muitos judeus (Haganah) para compram terras e se proteger suas terras e, à estabelecem em núcleos medida que cresce a cada vez maiores. emigração judaica para a Palestina, aumentam os conflitos.
  36. 36. •1948, os ingleses deixam a administração da região para a Organização das Nações Unidas que, sob o comando do presidente norte-americano determina a divisão da Palestina em duas metades. Evolução das Fronteiras •Palestinos, que somavam 1.300.00 habitantes, ficaram com 11.500 km2 •Judeus, que eram 700.000, ficaram com um território maior (14.500 km2), apesar de serem em número menor. •Os judeus transformam suas terras áridas em produtivas. 1. O plano de partilha da ONU (1947) •A partir Geral da Organização das Naçõesse tornou aprova plano para Assembléia daí, o Oriente Médio Unidas (ONU) palco de partilha da Palestina, ou seja, a criação de Israele de um Estado palestino conflitos entre israelenses e palestinos. •1948 criação do Estado de Israel. Palestinos 2. 1949, depois da fundação •O motivo da guerra está muito além das diferenças reagem atacando Israel vence guerra com Jerusalém que, segundo a religiosas, passapaíses árabes que não aceitaram a criação do país e pelo controle de fronteiras, de expande fronteiras. Divisão de Jerusalém entre Israel e Jordânia ONU, deveria ser uma área terras e pelo domínio de regiões petrolíferas. livre.
  37. 37. Fronteiras após 1967 3. 1967, após a Guerra dos Seis Dias Israel conquista o deserto do Sinai, a faixa de Gaza (Egito), a Cisjordânia, Jerusalém Oriental (Jordânia) e as colinas do Golã (Síria) 4. Atualmente Após acordos de paz como o de Oslo (93) e de Wye Plantation (98), os palestinos controlam hoje dois terços da faixa de Gaza e 40% da Cisjordânia
  38. 38. PALESTINOS Habitantes de origem árabe da Palestina Herdeiros de Ismael (Gn. 21:18) Habitaram a Palestina durante a Diáspora dos judeus: 70-1947 Dominaram a região durante a expansão islâmica por volta do ano 630 1947- estabelecido pela ONU, o Plano de Partilha da Palestina entre árabes e judeus. A recusa de países árabes em aceitar a criação de uma nação judaica na região, provocou uma guerra que terminou em 1949 com o desaparecimento do Estado árabepalestino.
  39. 39. Palestinos na Cisjordânia A Declaração de Princípios de 1993, que surgiu dos acordos de paz assinados em Oslo, na Noruega, prevê a devolução gradual da administração civil e militar da Faixa de Gaza e da Cisjordânia à Autoridade Palestina. Na Cisjordânia, porém, a Autoridade Palestina não tem poder sobre áreas que abrigam assentamentos judeus. Os palestinos também não administram estradas e outras regiões que permanecem sob o controle de Israel porque foram qualificadas como áreas militares ou reservas naturais . http://www.bbc.co.uk/portuguese/especial/2001/meast_maps/8.shtml
  40. 40. Faixa de Gaza A Faixa de Gaza, uma das extensões de terra mais densamente povoadas do mundo, abriga cerca de 1,2 milhão de palestinos. Deste total, 33% vivem em acampamentos de refugiados patrocinados pela ONU. A Faixa de Gaza também tem 6.900 colonos judeus. As zonas controladas por Israel e os assentamentos ocupam 40% do território. Israel controla todas as fronteiras e as principais vias de acesso à região. http://www.bbc.co.uk/portuguese/especial/2001/meast_maps/8.shtml
  41. 41. PALESTINOS NO ORIENTE MÉDIO PAÍS Nº de palestinos Líbano Síria Jordânia Cisjordânia Gaza Israel 375.000 245.000 1.080.000 850.000 630.000 700.000 (com cidadania israelense) Egito Arábia Saudita Kuweit 33.000 75.000 300.000 % em relação à população total de cada país 8,3 5,4 30,0 88,0 99,8 15,0 0,07 0,7 17,0 DADOS DE 2000
  42. 42. PALESTINOS NO ORIENTE MÉDIO
  43. 43. Principais religiões O Oriente Médio é o ponto de convergência das três grandes religiões da atualidade: • cristianismo • judaísmo • islamismo Os conflitos políticos e religiosos só podem ser compreendidos à luz da realidade bíblica - histórica e geográfica.
  44. 44. JUDAÍSMO Primeira religião monoteista da história, estabelecido por volta do ano 1320 a.C. Tem o criador do universo como o único Deus. De acordo com a Bíblia, Deus firmou uma aliança com o patriarca Abraão, do qual o povo judeu é herdeiro e mantenedor. A base do judaísmo está firmada no Antigo Testamento da Bíblia e no Torá. O Torá referese ao Pentateuco – os cinco primeiros livros da Bíblia, Gênesis, Êxodo, Levitico, Números e Deuteronômio - revelados a Moisés no monte Sinai. Esta religião foi preservada, mesmo durante o longo tempo da diáspora, em que os judeus estiveram dispersos pelo mundo. Cerca de 1878 anos.
  45. 45. ISLAMISMO A religião islâmica teve início com Maomé, que viveu na região que hoje corresponde a Arábia Saudita, entre os anos de 570 e 632 d.C. Suas pregações tiveram início nas cidades de Meca e Medina. A palavra árabe islam, significa “resignação” ou “inteira submissão à vontade de Deus”. Muçulmano significa o “adepto de Maomé” (ou Muhammad); vem da palavra árabe muslim, que quer dizer “submetido ao islam”. As principais correntes do islamismo são a xiita e a sunita. Os xiitas são maioria no Irã e no Iraque. Atualmente, cerca de 8000 milhões de pessoas professam o islamismo.
  46. 46. MUÇULMANOS NO MUNDO http://www.maurinto.pro.br/atualidades/isla.htm
  47. 47. ARÁBIA SAUDITA MECA
  48. 48. Islamismo no Brasil O islamismo é a segunda maior religião do No Brasil há um milhão d por mundo. todo o território nacion Em todo o país existem mais de uma centena de mesquitas e edíficada As maiores comunidades na América Latina, a mesquita Brasil na avenida do Estado, C
  49. 49. CRISTIANISMO O conteúdo e a motivação cristã baseia-se na Bíblia que é a Palavra de Deus revelada ao homem e no sacrifício de Jesus Cristo para reconciliar o homem com Deus.
  50. 50. MOMENTO ATUAL Qual é a razão pela qual Israel chama a atenção de líderes mundiais e é o foco de notícias nos jornais diariamente? Profecias bíblicas referentes ao Final dos Tempos estão sendo cumpridas... Atualmente não se chega a um acordo sobre quem controlará quais áreas de Jerusalém. Provavelmente, alguém se apresentará oferecendo uma alternativa lógica.
  51. 51. O cenário parece estar pronto. Ferro contra ferro, todos voltados para Jerusalém, exatamente como profetizado na Bíblia. "Eis que farei de Jerusalém um cálice de tontear para todos os povos em redor, e também para Judá, durante o sítio contra Jerusalém. Naquele dia farei de Jerusalém uma pedra pesada para todos os povos; todos os que a erguerem se ferirão gravemente; e, contra ela, se ajuntarão todas as nações da terra. [Zacarias 12:2]
  52. 52. PROFECIAS BÍBLICAS .... Nova Ordem Mundial cumprimento de profecias Quando olhamos para a sociedade por meio da Bíblia, podemos compreender a razão de estarmos enfrentando os problemas atuais.
  53. 53. Descrição da visão do profeta Daniel por volta de 550a.C. sobre os Impérios Mundiais - cabeça da estátua de ouro (Império Babilônico) - peito e braços de prata (Império Persa) - ventre de bronze (Império Grego) - pernas de ferro (Império Romano) Daniel 2:31 - por último, pés em parte de ferro e em parte de barro (Anticristo)
  54. 54. PROFECIA BÍBLICA O Anticristo é uma pessoa que receberá poder no final dos tempos. Ele afirmará ser Jesus Cristo vindo uma segunda vez. "Ele é o líder da última forma de domínio mundial, e deverá ser de origem gentia, isto é, nãojudeu." (Ap 13:1; 17:15). Ele também surgirá do mundo nãojudeu (Dn 9:26-27).
  55. 55. ”Influência Mundial" controle político em Apocalipse 13:16, onde ele força tanto pequenos e grandes a receber a Marca da Besta. A palavra "grande" aqui significa literalmente aqueles que são poderosos politicamente. aspecto espiritual em forçar a todos a adorá-lo (Ap 13:8). ditadura econômica em (Ap 13:16-17), onde ninguém pode comprar ou vender nada sem essa Marca. http://www.espada.eti.br/ce1080.asp
  56. 56. Um novo céu e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe. (Ap 21:1) http://www.fourmilab.cg/cgi-bin/uncgi/Earth?imgsize=1024

×