Escola de frankfurt 35 kn

386 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
386
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
156
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Escola de frankfurt 35 kn

  1. 1. ESCOLA DE FRANKFURT Gabriel Kinalski Gabriel Marini Rogério Palamar 35 TP
  2. 2. Criação da Escola de Frankfurt A Escola de Frankfurt foi fundada em 1924 por iniciativa de Félix Weil, filho de um grande negociante de grãos de trigo na Argentina. Antes dessa denominação tardia (só viria a ser adotada, e com reservas, por Horkheimer na década de 1950), cogitou-se o nome Instituto para o Marxismo, mas optou-se por Instituto para a Pesquisa Social.
  3. 3. Criação da Escola de Frankfurt ● Seja pelo anticomunismo reinante nos meios acadêmicos alemães nos anos 1920-1939, seja pelo fato de seus colaboradores não adotarem o espírito e a letra do pensamento de Marx e do marxismo da época, o Instituto recém-fundado preenchia uma lacuna existente na universidade alemã quanto à história do movimento trabalhista e do socialismo.
  4. 4. Características ● Refere-se a uma escola de teoria interdisciplinar neomarxista, particularmente associada com o Instituto para Pesquisa Social da Universidade de Frankfurt.
  5. 5. Características ● Desprezo pelo revolucionarismo material ou físico alheio as ações contínuas e culturais; ● Reinterpretação do marxismo e do mundo através da ideologia marxista; ● Critica ferrenha a alienação e imperialismo oriundos da cultura ocidental que inibia as classes menos favorecidas; ● Desenvolvimento do senso crítico e medidas para promover a quebra dos valores sociais já instaurados.
  6. 6. A Teoria Crítica ● O pensamento dos filósofos da Escola de Frankfurt têm em comum o direcionamento de suas críticas à ordem política e econômica do mundo. Essa ordem vigora aos moldes de um aparato tecnológico que, de certa forma, incide na sociedade o seu condicionamento padronizado, homogêneo e, sobretudo, sem a perspectiva de empreender a vida de cada indivíduo de forma autônoma.
  7. 7. Pesquisas ● Lowenthal notabilizou-se por suas análises da cultura de massa; ● Marcuse foi o membro da Escola de maior destaque na década de 60, com estudos sobre uma sociedade unidimensional que anula o espaço do pensamento crítico; ● Habermas, destaca-se com estudos sobre a opinião pública.
  8. 8. Principais Filósofos .
  9. 9. Max Horkheimer 6
  10. 10. Max Horkheimer ● Nasceu em 1885, Stuttgard, e faleceu em 1973. Como todos os intelectuais da Escola de Frankfurt, era judeu de origem-, ele próprio estava destinado a dar continuidade aos negócios paternos. Por intermédio de seu amigo Pollock, Horkheimer associou-se em 1923 à criação do Instituto para a Pesquisa Social, do qual foi diretor, em 1931 sucedendo o historiador austríaco Carl Grünberg.
  11. 11. Theodor Adorno ,
  12. 12. Theodor Adorno ● Theodor Wiesengrund Adorno nasceu em 1903 em Frankfurt- judeu assimilado. Cedo em sua vida intelectual, descobriu a obra de Kant por intermédio de seu amigo Kracauer, especialista em sociologia do conhecimento. Adorno vinha de um meio de musicistas e amantes de músicas e logo se orientou para a estética musical.
  13. 13. Theodor Adorno ● Com o fim da Guerra, Adorno é um dos que mais desejam o retorno a Frankfurt, tornando- se diretor-adjunto do Instituto Para Pesquisa Social e seu co-diretor em 1955, com a aposentadoria de Horkheimer, Adorno torna- se o novo diretor.
  14. 14. Herbert Marcuse 1
  15. 15. Herbert Marcuse ● Herbert Marcuse nasceu em Berlim numa família de judeus assimilados. Foi membro do Partido Sicial-Democráta Alemão entre 1917 e 1918, tendo participado de um Conselho de Soldados durante a revolução berlinence de 1919, na sequência da qual deixou o partido. Estudou filosofia em Berlim e Freiburg, onde conheceu os filósofos e professores de filosofia Husserl e Heidegger e se doutorou com a tese "Romance de artista".

×