Educação nos meios virtuais: Qual a posição dos pais quanto
comportamento dos filhos no facebook
Orientadora: Josiane Mach...
pois existem varias formas de conecta-se, não só pelo computador, e em outros lugares
não só em casa, como os pais imagina...
Referências bibliográficas:
http://www.amalgama.blog.br/06/2011/bauman-teorico-do-mundo-liquido/
http://www.verdadegospel....
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Educação nos meios virtuais

317 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
317
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Educação nos meios virtuais

  1. 1. Educação nos meios virtuais: Qual a posição dos pais quanto comportamento dos filhos no facebook Orientadora: Josiane Machado Alexandre Pesquisadores: Cristiane Lico, Marione Tainara da S. Pereira. O objetivo deste trabalho é tratar sobre a educação nos meios virtuais especificamente no facebook. A justifica para desenvolver uma pesquisa sobre este tema deve se a importância de supervisionar as ações dos jovens menores de idade na internet. Como metodologias pesquisamos sobre o assunto em livros e na internet, elaboramos um questionário para os pais e outro para os alunos .Como resultado obtivemos que existe uma diferença entre o discurso dos pai e na pratica, percebesse isto quando fazemos perguntas simples , como por exemplo , quantos amigos seu filho tem no facebook. Contudo concluímos que existe uma negligência por parte de algumas famílias, talvez pelo fato de não acreditarem no potencial formativo da internet, porque poderia utilizar de meios para bloquear sites com conteúdos inapropriados se e para controlar o tempo. Hoje em dia, os jovens estão cada vez mais conectados as redes sociais, principalmente ao facebook, que é a rede social mais acessada no Brasil. E existem muitos "perigos" na internet, muitas pessoas mal intencionadas, por isso nosso Objetivo foi verificar qual a posição dos pais quanto ao comportamento dos filhos no facebook. Existem muitos casos de pedofilia, aliciamento de menores de idade. Essas redes conhecem pessoas facilmente, é bastante utilizada no mundo todo, podem se comunicar rapidamente com o mundo todo em questão de minutos. Também há a questão que alguns menores acessam conteúdos inapropriados para sua idade, conteúdos pornográficos, além disso, ocorrem muitos casos de Bulliyng e racismo. Apesar de eles receberem a educação dos seus pais, a internet também tem um potencial formativo impressionante, pois esses jovens estão em plena formação de personalidade, e são muito influenciados pelos amigos. Foram elaborados questionários, onde foram entrevistadas 40 pessoas, que nela constaram que os pais acreditam que tem o total controle do que e seus filhos acessam, mas ao contrario do que acreditam, eles não tem conhecimento das ações de seus filhos,
  2. 2. pois existem varias formas de conecta-se, não só pelo computador, e em outros lugares não só em casa, como os pais imaginam, além do mais muitas vezes os computadores ficam no quarto dos filhos, e os pais não estão muitas vez monitorando que estão fazendo, por falta de tempo. Existem alguns meios que poderiam ser utilizados pelos pais, mas os mesmo não se beneficiam desses recursos, podemos dizer que existem uma negligência, por parte de algumas famílias, talvez não acreditarem no potencial que a internet tem de “formar a cabeça “dos jovens”“. A tecnologia tem seus pros e contras facilita muito a vida das Pessoas, mas os pais devem estar alerta e "educar" seus filhos para que não ocorram problemas mais graves do que muito tempo conectado, como processos judiciais por ações desses jovens, como postagens ofensivas. Por outro lado, a maioria dos jovens entrevistados, diz que não deixa seus pais acessarem seu facebook tranquilamente, que não falaram sua senha, porém acho que é importante que os pais supervisionem-nos e que é certo que o acessem, porque estão cientes da capacidade de informação da internet, entre tanto como diz o ditado popular "pimenta nos olhos dos outros é refresco", não gostam de ser vigiados. Quanto à questão do tempo que ficam conectados, a grande maioria passa mais de 3 horas conectados e seus pais não estão cientes disto, eles acham que os filhos ficam na internet é inferior do que realmente permanece. Foi questionado qual o conteúdo considerado pelos filhos pior e menos inapropriado por serem menores de idade, em primeiro lugar foi indicado conteúdos contendo sexo, e em ultimo conteúdos com palavrões. Entre tanto nesta questão de sites inapropriados, perguntamos se os pais tiveram que castigar os filhos por algum motivo, todos os pais tiveram que adverte seus filhos por motivos como excesso de tempo, conteúdos inapropriados, por exemplo. Contudo concluímos que a educação nos meios virtuais é algo muito novo para os pais, pois sua geração era diferente das dos seus filhos, eles já nasceram na "era da informação", por isso os jovens procuram sem estar ligados a esses meios virtuais.
  3. 3. Referências bibliográficas: http://www.amalgama.blog.br/06/2011/bauman-teorico-do-mundo-liquido/ http://www.verdadegospel.com/44-dos-pais-controlam-filhos-pelo-facebook-diz- pesquisa/http://tecnologia. uol.com. br/seguranca/ultnot/2009/02/09/ult6065u4.jhtm http://www.verdadegospel.com/44-dos-pais-controlam-filhos-pelo-facebook-diz- www.youtube.com/watch pesquisa/http://www.verdadegospel.com/44- dos-pais-controlam-filhos-pelo-facebook-diz-pesquisa/ www.youtube.com/watch?v=1miavuqhdwm

×